GOL nega, mas pode deixar de voar para os Estados Unidos após o Carnaval

Leonardo Cassol 6 · outubro · 2015

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Há uma especulação crescente no mercado aéreo sobre o fim das operações da GOL para os Estados Unidos em 2016. A empresa negou, mas o boato ganhou força com a retirada de todos os canais de venda dos voos que a empresa mantinha para Miami e Orlando. Os voos ficam indisponíveis a partir de 19 e 16 de fevereiro de 2016, respectivamente.

O fato é que hoje quem tentar comprar alguma passagem da GOL para os Estados Unidos a partir de 20 de fevereiro de 2016 vai encontrar apenas voos operados pela parceira Delta, via Atlanta ou Nova Iorque, com preços bem mais elevados do que os que vinham sendo praticados pela empresa brasileira em seus voos próprios. 

Gol738

Como nossos leitores têm acompanhado, os preços em dólar das passagens entre Brasil e Estados Unidos caiu consideravelmente nesse ano, com a crise econômica e a forte desvalorização do real. As companhias têm feito promoções muito agressivas para manter a taxa ocupação das aeronaves, em detrimento da receita. E, é claro, isso impacta todo o mercado, e com mais intensidade a GOL, que tem como foco o público que viaja a lazer e que procura preços mais atrativos. Além disso, a empresa utiliza nessas rotas as mesmas aeronaves que operam nos voos domésticos, concorrendo com aeronaves maiores e equipadas para voos de longa distância, que oferecem mais espaço e amenidades para os passageiros, como monitores individuais, encosto para os pés e poltronas mais confortáveis.

Questionada pelo Melhores Destinos, a GOL negou que esteja planejando deixar de voar para os Estados Unidos. Segundo a companhia, a única mudança prevista é a redução dos voos saindo do Rio de Janeiro. Na ocasião, a empresa solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) o cancelamento dos voos para a cidade americana saindo do Galeão (voos 7710/7711) e de Viracopos (voos 7712/7713) a partir do dia 25 de outubro. Ao mesmo tempo, também solicitou voos saindo de São Paulo (7720/7721) a Miami, com início na mesma data. Os voos do Rio de Janeiro foram substituídos por um voo semanal para Orlando, com parada em Punta Cana. A nova rota (voo 7650) será operada apenas aos sábados, com início no dia 1º de novembro, com saída do Galeão às 10h06 e chegada a Orlando às 21h25. No sentido inverso, o voo 7651 partirá de Orlando às 23h15 e chegará às 9h53 ao Rio de Janeiro.

Será uma nova reformulação das rotas internacionais? Ou de fato a empresa está planejando o fim das operações em aeronaves próprias para os Estados Unidos, direcionando sua demanda para os voos operados pela parceira Delta? Estão abertas as apostas! A nossa torcida é para que a empresa continue operando e fortalecendo sua presença internacional. Afinal, concorrência no setor aéreo é saudável e bem vinda para o consumidor.

Agradecemos a contribuição dos assíduos leitores Leandro Neves, John Doe  e Wólnei Franco.

Autor

Leonardo Cassol - Editor Editor e especialista em programas de fidelização do Melhores Destinos.