GOL vai cortar mais 200 voos no Brasil e abrir duas rotas internacionais

Denis Carvalho 25 · junho · 2013

Más notícias do lado da GOL Linhas Aéreas. Para compensar o prejuízo com alta do dólar a companhia anunciou que vai cortar mais 200 voos semanais de sua malha doméstica. A empresa há meses tem cortado e reestruturado seus voos, deixando de operar várias rotas, a fim de aumentar o lucro com cada decolagem e reduzir seu prejuízo operacional. Ainda com o objetivo de levar suas finanças para o azul, a GOL deve lançar mais duas rotas internacionais ainda este ano.

De acordo com o presidente Paulo Sérgio Kakinoff, só a alta do dólar vai custar R$ 900 milhões às empresas aéreas brasileiras este ano, se a moeda norte-americana ficar na casa dos R$ 2,25. Para minimizar o prejuízo sem comprometer rotas importantes, os cortes nos voos não serão lineares, ou seja, haverá dias da semana que serão menos afetados que outros.  A GOL tem 950 voos diários, incluindo rotas nacionais e internacionais, e um total de 6.650 mil voos por semana.

Kakinoff revelou que a GOL tem cerca de 55% de seus custos operacionais atrelados ao dólar, principalmente combustíveis (43%), que são precificados na moeda norte-americana, além das despesas com o leasing de aviões. Apesar das reduções, ele descartou novas demissões na empresa.

Ontem, a GOL soltou um comunicado aos acionistas informando que cortaria 9% de sua oferta doméstica, número pior que o previsto inicialmente. A expectativa anterior da empresa era de que a oferta de voos seria cortada em 7%. Ao mesmo tempo, a Gol reiterou sua meta de margem operacional entre 1% e 3%. “O ambiente externo evoluiu negativamente para a companhia”, disse Kakinoff. Após estes ajustes, o presidente da empresa disse que não estão previstos novos cortes na oferta de pessoas. Questionado se a empresa estuda emitir dívida para captar recursos, Kakinoff afirmou que a companhia tem 3 bilhões de reais em caixa e não estuda captar no exterior ou no Brasil neste momento.

Voos internacionais

O presidente da GOL revelou também que no segundo semestre a empresa deve anunciar “um ou dois” voos para algum destino nas Américas, com escala na República Dominicana. Segundo Kakinoff, a expansão das rotas externas é uma das formas de aumentar as receitas em dólar, hoje em apenas 8%. A meta da companhia é os voos internacionais cheguem a representar de 16% a 17% do faturamento da empresa.

O presidente destacou que os novos voos ainda não serão operados pela GOL Dominicana, subsidiária que a companhia brasileira planeja lançar no país caribenho, mas preferiu não adiantar os destinos das rotas, apenas mencionando que devem ser Estados Unidos ou América Central. A Gol possui dois voos próprios para os Estados Unidos, para as cidades de Miami e Orlando. O voo ligando São Paulo a Miami está operando com 100% de ocupação. Kakinoff informou ainda que o novo voo ligando o Brasil a Nigéria ainda está em estudos e que a GOL negocia acordos de condeshare com três companhias aéreas da Europa.

Com informações da GOL, O Estado de S. PauloVeja

Dica do leitor José Augusto

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Guilherme Ortale

    Vai adicionar Nova York e … ?

  • Sérgio Hizidi

    Bem que podia pegar Quito – Equador direto aproveitando o novo aeroporto de lá!

    Ninguém faz Quito direto

  • Marcos Sobral

    Este país está uma zona mesmo. A Gol tinha ficado com a parte boa da Varig e agora comprou a Webjet. Demitiu todo mundo da Webjet e agora cancela rotas. Na minha terra isto tem um nome: monopólio de mercado. Compra a concorrente e fecha ela aí pode pedir o preço que quiser para as rotas. E o CADE (Conselho de Defesa Econômica), provavelmente depois de um belo "toco" aprovou esta operação. Como havia dito: não tem mais jeito…

    • Marcos Adriano Nerin

      Gostaria muito de achar que você está enganado.

    • Kellen Souza

      E o pior ninguém faz nada… triste né!

  • Fabio Peixoto

    Na última semana, em vários momentos o destino "Nova York – Todos os aeroportos (NYC)" aparecia entre as opções no site da Gol, mas dava erro se selecionado.

    Grande chance de ser um dos dois novos destinos, mesmo porque a Gol já fez o teste na rota ao final de 2012, em voos exclusivos para clientes Smiles.

  • jonas88

    Tomara que fechem essa porcaria de companhia.

    Olha, como é que uma empresa que nem lanche serve consegue ter prejuízos? Fora que seus vôos estão sempre lotados!

    Ah, claro, vão chorar grana pro BNDES enquanto o dinheiro simplesmente some.

    E ainda pensam em abrir rotas internacionais? Com o serviço estrumolento que sempre prestam?

    Risos.

    • Michael

      Opa, sou cliente Smiles e tb não estou concordando com a Gol, mas não serve lanches e não tem outras ameninadades pois é low cost. Quem quer mais, paga mais.

      • Marcelo

        A GOL foi lançada como uma empresa de Low Cost no brasil, mas deixou de ser low cost no que diz respeito a tarifas praticadas há muito tempo. Hoje a herança low cost só existe nas amenidades. Viajo de TAM a maioria das vezes, com serviço de bordo relativamente melhor e com preços na maioria das vezes menor que o da GOL, e a TAM nunca se entitulou de low cost. GOL NÃO É LOW COST.

        • Robson Santos

          Concordo!

        • Thomas H.

          A Gol é low cost sim, pelo modelo adotado (serviço de bordo reduzido, escalas curtas, alta densidade de assentos, etc). Ela não é low fare…

    • maria martinele

      A GOL pode ter o nome que quiser. O que interessa é que seus preços, na maioria dos trechos, estão mai altos que as concorrentes. E me digam, quem vai viajar de Gol pagando mais que a Tam? Dessa forma, ela só tem uma saída…..vai quebrar……..estou há 3 dias pesquisando o trecho bsb/CGH para proxima semana….qual o maior preço???….GOL.

      Ela perdeu seu único atrativo…o preço..manteve apenas o título de LOW COST…isso não serve pra nada.

  • Alexandre Jose Hacke

    Boa noite,

    Imagina se agora com Copa das Confederações, Copa do Mundo no Ano que vem, não iria começar a choradeira….

    Imagina se uma CIA Aerea agora falar que está sem dinheiro e terá que fechar as portas?

    Os Pais vai emprestar todo o dinheiro que tem, e o que não tem pra não deixar isso acontecer…

    Com as CIAS Aéreas que temos hoje já está caótico de viajar, agora se uma inventar de fechar, como que irá ficar na Copa do Mundo onde a quantidade de passageiros tem de aumentar e muito.

    Neste momento irão se aproveitar da ocasião….

  • Michael

    O mais chato é que se o dólar tivesse baixado, não iam ficar mais barato as passagens.

  • Bruno Caporalini

    Num ponto tenho que concordar com as companhias aéreas… Os ventos não estão bons para elas… Se considerarmos que em pouco mais de um ano o dólar teve alta de 50 por cento e mais da metade dos custos deles estão atrelados à moeda americana, não fica fácil pra ninguém… É mais de 30 por cento de aumento nos custos, frente a um cenário que, se aumenta preço de passagem, diminui o número de passageiros.

    Ultimamente, as passagens tem voltado a ficar mais baratas para comprar com certa antecedência, não falo só de promoção, mas sim do rotineiro.

    E quem conhece um pouco do mercado de ações já percebeu que, tanto a Gol, como a TAM, estão desesperadas pra fechar o semestre um pouco melhor.. Tanto que passagens para o segundo semestre, mesmo em aeroportos como Congonhas, e para o ano que vem, em datas concorridíssimas como o Carnaval de Salvador, estão a preço de banana… Pelo mesmo motivo, arrecadar o que der conta, a Multiplus lançou a promoção de bônus para transferência de pontos vinda de bancos, que só vale até o último dia útil desse semestre. E vão empurrando o resultado contábil com a barriga…

    E olha, concordo que não está fácil, mas sou um crítico ferrenho da Gol, apesar de as coisas estarem mudando um pouco (disse um pouco) por lá… incrivelmente para melhor, pois o atendimento no aeroporto e aeronaves melhorou (cortesia, educação, preparo dos funcionários), mesmo com o atendimento da Central continuando horrível, e não tem atrasado como ocorria antigamente… Mas a Gol continua sendo a minha última opção para voar e o Smiles não mais verá meus pontos do cartão.

  • Rone Cristian Abbad

    não ficou nem entre as 100 melhores cias aéreas do mundo!!!!

  • Marcelo Andreoti

    Não concordo com a farsa de que a GOL seja LOW COST. Essa desculpa para não servir lanche não cola. Nem me importo tanto com o lanche, mas tbm não aceito que seja para baixar o preço das passagens. A Avianca e a Azul tem preços parecidos nos meus destinos e oferecem serviços de qualidade. Navegantes, por exemplo, tinha preços bem melhores quando havia a webjet. A GOL a comprou e majorou os preços. Concordo plenamente com o Sr. Marcos Sobral. O CADE tinha que se manifestar.

  • Tatiana Pego

    A gol não se destaca em nada! é fato! A webjet tinha um serviço razoável a preço razoável. A gol foi lá e acabou com o sonho. Vao lá e corta os voos. Me digam.. há a quem recorrer? ou foi simples formalidades para o CADE aprovar a compra da webjet?( tipo vc é obrigado a manter as rotas por determinado tempo) É um absurdo! A tendencia é continuar caindo em qualidade, e se for só por isto está bom, que não caia em manutenção e aeronaves. ! LAMENTÁVEL!!!!!!

  • Lauro Kalil Lopes

    Isso já ta me cheirando à falência….

  • ANTONIO CARDOSO

    Para falar a verdade todas as companhia aérea Brasileiras estão tendo prejuízo.O céu está negro para todas.A Tam realmente tem trechos que os preços são melhores que Gol e Azul.

  • kenneth

    Para mim, a TAM e a GOL são exemplares perfeitos daquelas empresas que não t~em o mínimo respeito por seus clientes. O vôo atrasa 40 minutos e o comandante apenas diz que" a demora é em função da acomodação da bagagem nos porões" . vejam bem : o avião está todo OK, passageiros a bordo(Não há excesso de lotação em avião), e os caras não dão conta de colocar as bagagens em tempo?

    Em voos no Brasil não tenho como boicotar essas duas porcarias de companhias,pois é quase um duopólio que existe, mas em voos para o exterior me recuso a comprar um bilhete delas, mesmo que tenham preços melhores. Uma companhia que me "sacaneia" no Brasil não merece minha presença em voos internacionais. pago um pouco a mais mas vou em companhia que respeita o passageiro.

    • jonas88

      Não pego GOL em vôo internacional nem que tivesse transa liberada durante todo vôo(open transa), já que de bebidas certamente não tem.

      • Diego Lopes

        Cara, não fale merda.. Tu parece um morto de fome ou até mesmo um fresco.. Já andei em mais de 20cia, boas e ruins, mas não fico criticando o modelo da cia.. o meu objetivo na viagem é o passeio ou o trabalho e não a cia aérea!

        • jonas88

          Parabéns!

          Quer um presente?

          Cada um tem o serviço que deseja, e pra mim a GOL é um peido. Pra que vou pagar a GOL por mais e fazendo conexões onde o capiroto perdeu as botas se posso pagar o mesmo com uma melhor e que não faça paradas?

          O meu objetivo das viagens é beijar na boca.

  • Daniel Matos

    Mas se ela está cancelando rotas, está facilitando a concorrência que tem os mesmo voos nestas rotas. Seria o contrário do que você falou. Estaria facilitando o monopolio da concorrência, não dela.

  • Diego Lopes

    A grande merda da Tam é o Fidelidade.. sou muuuuuito mais o Smiles!

    Em relação à serviço de bordo me desculpem, ficar chorando por um lanchinho a mais é coisa de morto de fome..

    • jonas88

      O Smiles é uma delícia pra buscar tarifas né? Só que não. O da tam é muito melhor.

      Não são só os 20¢, amigo. Os espaços entre as poltronas são menores,…

  • Mauro Heleodoro

    A Gol tinha tudo para ser uma das maiores do Brasil hoje em dia, pelo menos comigo todos os trechos que pesquisei a Gol se mostrou a mais barata dentro as concorrentes, nunca tive problemas com a CIA, quanto cancelar as rotas nacionais,isso seria até perfeito, se o governo abrisse as pernas para as CIAS estrangeiras fazerem trechos domésticos, se na época de férias as cias aéreas do brasil não conseguem atender a demanda, imagina ano que vem na COPA, esse papo que a gol vai cancelar os voos por causa do preju é papo pra reestruturar a malha aérea para a COPA para quem comprou a passagem de um voo cancelado ficasse extremamente transtornado.

    • Mauro Heleodoro

      não,ficasse*

  • Wólnei Muniz

    ''..Kakinoff afirmou que a companhia tem 3 bilhões de reais em caixa..''

    Será que está tão ruim assim??

  • andre trindade

    Gol low cost? É low to client, isso sim

    • Viviane Costa

      A GOL foi lançada como Low-Cost, mas não é Low-Cost.

      Uma comparação prática é a Ryanair(low cost) e as outras cia aéreas européias.

      SE vc for procurar um vôo Rio X SP, achará os mesmos preços para Gol e outras cia. (R$207 Gol, R$205 Tam, R$265 Azul). Se a Gol tem serviço de bordo reduzido, escalas curtas, alta densidade de assentos,etc, deveria vender passagens por preços menores.

    • Thomas H.

      Vcs tao confundindo loe cost com low fare

  • andre trindade

    Dóllar agora vai virar desculpas para tudo. Abertura de mercado já !!!

  • andre trindade

    Abertura de mercado já !!!! Venham as Cias estrangeiras low cost de verdade.Brasil continental !!

    Desculpa agora vai ser o dóllar! Cias que praticamente cartelizam e dividem entre si todo o mercado nacional e ainda através de alianças, dominam as emissões brasileiras de voos internacionais, em um país continetal, com mais de 200 milhões e habitantes… Dizer que tem prejuízo só pode ser por gestão temerosa ou uma grande piada!

  • andre trindade

    Há algo de podre no reino da Dinamarca… ops… terra brasilis..Abertura de mercado já.que venhas as aéreas intern. low cost de verdade.

  • Edilson Carrogi

    Você está falando sério? E "monopólio da concorrência" é uma expressão emblemática…

  • Rubens Junior

    MD poderia listar alguns desses destinos, para gente não comprar e depois tenha sofrer com realocamento. Fala esse corte será partir de agosto, tem data definida, pois estava comprando viagem pra agosto, devido ótimo preço gol em relação aos concorrentes(diferença de 50%),porém agora fico pé atras, de comprar e depois deixar de operar.

    • A GOL ainda não revelou, acho que só vão divulgar quando forem cortar mesmo

  • Raphael Fanezze

    Quem aqui acredita que a GOL tem prejuízo, deve também acreditar em Papai Noel e no Bicho Papão! Qual empresa vai continuar aberta com milhões de prejuizo mensal??

  • Daniel Matos

    Não entendi, Edilson. Comentei isso pq ele levantou essa questão da compra da Webjet na noticia de cancelamento de rotas da Gol.

  • Nelson Bronca

    Eu só espero que avisem logo quais os vôos que serão alterados. Tenho uma passagem de Floripa prá SP, em agosto, comprada com antecipação por bom preço, para pegar um vôo internacional, tanto na ida quanto na volta. Se avisarem na última hora, não vou conseguir horário adequado e terei de comprar com outra empresa por preço certamente mais alto! E, claro, eles não querem nem saber, o problema não é deles.

  • Fabiane Matias C&aci

    Voo internacional da Gol tive uma experiência maravilhosa, realmente voo aqui no Brasil deixa um pouco a desejar, mas ainda prefiro a Gol do que a Tam.

    Viajo direto aqui no Brasil e a Tam nunca facilita pra quem compra pela net e precisa fazer alguma alteração. Fora as taxas altas

  • Marcos Sobral

    Desiste meu velho. Eu já fiz isso desde que li o comentário. Daqui a pouco ele vai dizer que em uma venda quem lucra é o comprador…

  • Daniel Matos

    hahaha ficou tosca mesmo a expressão. Mas o que eu quis dizer foi em relação ao trecho. Nesse caso a Gol estaria facilitando monopólio de uma empresa concorrente em um trecho específico que eles deixariam de operar.