GOL imita TAM e passa a cobrar valor a mais pelos assentos na saída de emergência

Leonardo Marques 12 · junho · 2012

Desde sexta-feira estávamos buscando confirmar a informação de que a GOL seguiria os passos da TAM e passaria a cobrar um valor adicional para quem quiser viajar nas poltronas próximas às saídas de emergência. É o tal do assento conforto que a TAM cobra entre R$10 e R$30 nos voos nacionais. A GOL cobrará R$10.
Veja a informação que a GOL nos passou:

A partir do dia 21 desse mês, a GOL passará a comercializar a marcação de alguns assentos em suas aeronaves garantindo assim, mais espaço para viajar. Os clientes poderão adquirir, a partir de R$ 10, os assentos localizados nas saídas de emergência. Para quem voa com Tarifa Flexível ou Smiles Any Day esse novo produto estará disponível sem custos adicionais.

A companhia ressalta que para ocupar esses lugares, os passageiros devem estar aptos a seguir as instruções de segurança em caso de imprevistos, ler as regras, que estarão divulgadas no website da empresa, e concordar com elas.

Ainda ficaram faltando alguns esclarecimentos, mas vamos buscar junto à GOL e atualizaremos esse post amanhã.

Tudo indica que nas tarifas promocionais a GOL não permitirá mais a marcação de assentos, mesma prática adotada pela TAM.

Autor

Leonardo Marques - Diretor do Melhores Destinos
  • É memo? E vão dar desconto aos acentos a frente da saida de emergencia, que não reclinam porque atrás deles fica a saída de emergiencia?

  • PEDRÃO

    que absurdo…

  • Não vejo problema em cobrar a mais por assentos com mais espaço, DESDE QUE também cobrem MENOS por assentos que não reclinam. É a lógica, não?

  • Lumis

    Ridículo, ridículo. Agora só resta a Azul mesmo… Comprar passagem promocional e não saber se uma família vai viajar junta é PIADA!

  • FAB

    TAM é ''Etihad Crystal''não é 'TAM Cargo Fleet'

  • Nádia

    Eu acho muito sem sentido cobrar pela marcação de assento, ou não permiti-la. Oras, é uma questão de organização do voo. Que diferença vai fazer para a companhia? Essas companhias fazem tudo pra arrancar dinheiro do consumidor!

    Acho que é uma questão até de transparência com o consumidor, para evitar o overbooking. E além disso, se mesmo marcando assento no ato da compra acontece muita duplicidade, imagine só marcando na hora do check-in, na bagunça.

    É, daqui a pouco vão cobrar pela presença do piloto no avião. Se quer avião com piloto, paga.

    • Danilo Fernando

      Rá! Lembrei daquele filme: 'Apertem os cintos, o piloto sumiu!' Lembram?

  • João Carlos

    Então deviam dar um desconto para quem senta na fileira da frente da saída de emergencia e não pode reclinar seu encosto.

  • No auto Check-in da TAM, os assentos confortos sempre estão disponiveis para escolha. Ontem mesmo eu vim de Curitiba pra Sampa na primeira fila e nao paguei nada a mais. Deve ser falha de sistema deles… Sei la.

    • Roberta

      Realmente deve ter sido alguma falha so sistema pq nunca vejo disponivel o assento conforto nem no check in pelo tóten no aeroporto nem no web check in, justamente pq é necessario pagar a tal taxa

      • João L&uacute

        Acho que não é falha não…. deve ser vendido o número de poltronas da aeronave, caso ninguém reserve os 'assentos confortos', quem fizer o check-in por último vai pra esses assentos sem pagar nada a mais. pra empresa é melhor não pagar nada a mais do que ficar com assento vazio.

  • Toddy

    Mas não são esses os assentos que não deitam?

    • Danilo Fernando

      Não, são da fileira imediatamente da frente! A fileira próxima às saídas de emergência costuma ter mais espaço para as pernas, e a da frente não reclina o banco exatamente por isso.

    • Danilo Fernando

      Essa fileira próxima da saída de emergência que tem mais espaó para as pernas, reclina o banco. 😉

  • Pra mim é um tiro no pé… É um serviço que poderia ser anunciado como diferencial, já que não gera custos pra companhia e arrecadação com pessoas que pagam para marcar o assento não deve ser lá tudo isso…

    Não é assim que empresas aéreas se tornarão rentáveis.

    Aproveito o post para relatar minha experiência recente com outra cia, a Passaredo, que está de parabéns! Tive um vôo cancelado por questões climáticas, não precisei nem pedir, me chamaram e ofereceram o voucher para tomar café da manhã, remarcaram meu vôo de forma bem flexível (na Gol já tive que fazer remarcação por incompetência da própria Gol e não tiveram a mesma flexibilidade) e foram super atenciosos. Parabéns Passaredo!

  • Demian

    Economia porca da Gol/Tam.

  • Brum

    Meu Deus, a crise na Gol é profunda mesmo!

    Daqui a pouco vão começar a cobrar pelo amendoim (ah eles já fazem isso..)

    • Igor – Poa

      30 gramas por R$ 5,00

  • Victor Peixoto

    Acho errada essa prática, claro que todos querem viajar com conforto, mas prefiro a segurança em primeiro lugar, agora, uma pessoa que não seja apta para operar a saída de emergência, vai sentar nela simplesmente por ter pago a mais, sendo que caso ela tenha consciência disso, vai ter jogado seu dinheiro fora e mudado de lugar e caso não, vai colocar em segurança a vida de todos no caso de uma emergência, mas é assim mesmo, essas empresas só querem lucrar e lucrar, o passageiro que aceite ou não viaje.

    • Danilo Fernando

      Acho que não muda nada! Quem é realmente apto em caso de emergência? Na TAM já era assim! Só tem quem vende por ter quem pague!

  • Jorg Bliesener

    Em consequencia, entendo que as poltronas antes da fileira de emergência (AQUELAS QUE NÃO RECLINAM) devem ser vendidos com um desconto de R$ 10.

    É isso?

  • Ana Bueno

    Vi essa notícia em vários sites mas em nenhum falava que a TAM já fazia isso. Fiquei com a impressão que a GOL tava inovando em algo ruim e vocês estão me dizendo que a TAM já fazia isso. Quem está falando a verdade, vocês ou todos os outros sites?

    • Não sou do MD, mas sua mensagem coloca uma dúvida tão forte no ar, que irei respondê-la.

      Ninguém está mentido, só que o resto da imprensa não é especializada, a maior parte não conhece bulhufas de aviação, a não ser aqueles procedimentos que todos devem observar, mesmo que sejam passageiros frequentes.. ehehehhehe. Daí, que em outras reportagens você possa não ter lido nada sobre a TAM já adotar tal prática.

      Se tem dúvidas sobre as informações aqui no site, procure no site da TAM ou no Google sobre o Assento Conforto.

      No Google poderá verificar que, inclusive, o PROCON já tentou impedir a cobrança pelo tal conforto, que acaba por implicar na assunção de responabilidades pelo passageiro. No caso da Gol é pior, pois além de ter de operar as saídas de emergências, a quantidade de comissários na aeronave agora é insuficiente…

      Bom, espaço de verdade e sem cobrar mais por isso, só na Avianca e na Passaredo (talvez na Azul/TRIP, mas nunca voei nestas empresas para poder confirmar)

      • Perfeito Bruno, assino embaixo. Nós estamos longe de sermos especialistas como muitos de nossos leitores, mas nos esforçamos para trazer a informação da forma mais completa possível. Mas, justiça seja feita, se você ler a matéria na Folha de S. Paulo eles publicaram um quadrinho demonstrando que a TAM já cobra e a Webjet cobrava, mas foi impedida por uma decisão judicial.

      • titobosco

        Na AZUL eles cobram, tem o tal Espaço Azul. alem de dar mais trabalho para o cliente ainda cobram mais…

    • Igor – Poa

      Deu pra ver que a Ana Bueno chegou agora no site.Comentário inútil!

  • Vinicio Brasil

    Se há cobrança para as poltronas conforto, por que não há desconto para as poltronas desconforto, que são as localizadas à frente das "conforto" pois não reclinam por questão de segurança ?

  • JORGE KRUG

    Que xinelagem. Quanto custará olhar para as "comissárias", mas que barbaridade, só falam em cobrar. Deveriam, isto sim, é rever os seus conceitos e deixar a ganância de lado e reduzirem os valores de suas tarifas para voarem com todos os assentos ocupados. Do jeito que a coisa vai, até 2014 só tem a piorar…

    • titobosco

      Cobrar olhar para as comissarias? Nem de graça. Na GOL pelo que tenho visto sao bem digamos humildes… Ja as da AZUL fitifiu com toda admiracao e cortesia 😉

  • Faz todo sentido mesmo… já tem vários meses que a TAM teve esse idéia 🙂 e agora a GOL foi na onda… certamente vem mais notícia nesse sentido por aí.

  • e a Avianca né…

  • Igor – Poa

    Sobre marcação de assento, Webjet voltou atrás na cobrança, a Gol vai retroceder agora.Só que me faltava! Tá cada dia pior.Pena que avianca ainda não tem sua frota toda de A318.

  • Alexandre

    A passaredo teve que voltar a trás por ordem judicial com relação a tarifa para assentos, poderiam colocar para todas as companhias aereas.Os gringos vão poder conhecer as empresas aereas "Low Cost" do Brasil na copa, seus preços e serviços.

  • Raphael

    Bom pessoal, sou um consumidor da companhia aerea TAM e sempre compro os assentos confortos, eles apenas estão disponíveis para vôos com mais de 2 hrs de duração, é um diferencial que considero super legal. Para as pessoas que acham que deva baixar os valores das passagens aereas, por favor né gente vamos por a mão na conciencia, estamos falando de empresas e não de ONGs ou orgãos Filantrópicos, quem quiser viajar de Belém a POA por R$ 200,00 ida e volta que vá a pé.

    Por isso que a GOL ta a MERDA que tá nem lanche é oferecido, depois que comprou a WEBJET o serviço piorou!

    Quer conforto? Pague por ele.

    • Andréia

      Na verdade não acho que deve-se pagar caro por passagens aéreas. Morei na Europa por 6 meses e meio e lá se viajava com a Ryanair por preços ridículos! cheguei a pagar 12 euros pra ir do sul da França pra Londres. É uma companhia sem muito luxo, estilo Webjet e com preços bem mais acessíveis. Lembro-me que a passagem mais cara que paguei foi de Marselha, na França para a Atenas ida e volta por 280 euros, algo assim, imagina! passagens no Brasil são sim, muito caras!

  • William Boscardini

    Olha, já faz uns meses desde que reparei que na hora de marcar assento na Gol, por mais que o voo estivesse praticamente vazio, os assentos da janela de emergência ficavam em cinza, como indisponíveis para marcação! Não vejo tanta diferença nem tanto motivo para alarde. Pessoas realmente altas precisam muito mais desses assentos e com certeza não se importarão em pagar R$10 a mais por ela.

  • Leandro

    A GOL quer ser a TAM?

  • Gabriel

    Acho engraçado o pessoal encher a boca pra falar mal do Brasil. Que é absurdo cobrar isso, como vamos sediar Copa do Mundo, bla bla bla. Nota-se que essas pessoas nunca saíram do país (ou nem mesmo pesquisaram companhias estrangeiras). Nos EUA isso é mais que normal (cobrança diferenciada por assentos na mesma classe) e em viagens domésticas a maioria das companhias cobra por qualquer mala despachada (não existe franquia).

    Informem-se antes.

  • DanielSR

    Qual era a tarifa q vc comprou? Acho que se vc comprar a tarifa TOP esses assentos ficam disponíveis mesmo…

  • Alisson

    O espaço azul fica nas primeiras filas e não na saída de emergência.

  • DanielSR

    Vejo as pessoas reclamarem sobre a cobrança desses assentos na saída de emergência sem nem saber por que estão reclamando… Aposto que 90% das pessoas aqui não viajam nesses assentos. Escolhi 90% pq os 12 assentos na saída de emergência (isso quando é o 737-800 pq no 737-700 só tem 6) não representam mais do que 10% das poltronas disponíveis no avião. A primeira reação é reclamar. Qual é pessoal? Isso não fará diferença para 90% das pessoas. Até onde eu sei esses assentos não ficam disponíveis para check-in nos totens e nem na internet. Eu nunca enfrentei a mesma fila das pessoas que despacham bagagem só para poder marcar assento na saída de emergência e agora que tem q pagar que eu não vou mesmo. Não sou nenhuma girafa mas tb não sou baixinho. Tenho 1,81 de altura e dependendo do avião eu sofro com a distância entre as poltronas, mas prefiro marcar um corredor do que ficar sofrendo pra marcar a saída de emergência.

    • Jussara

      Mesmo não pedindo já voei muitas vezes na saída de emergência, parece que as pessoas não gostam muito de voar ali, então os assentos estavam sempre vazios e eu ia sozinha na fileira, mas nem acho tãão espaçosos assim, muito menos confortáveis.

  • David Pitombeira

    Leonardo, esse tipo de medida para arrecadar mais não tem impacto na imagem da companhia? Além disso, e mais grave, não é uma medida abusiva para os consumidores brasileiros?

    Explico melhor:

    Quando olho para as companhia "low coast" da Europa e EUA, tenho a sensação de que elas são mais focadas em passageiros de férias ou aventureiros que estão dispostos a tudo para pagar menos, até mesmo viajar em pé, como já propôs a Ryanair.

    Só que aqui no Brasil o lance é diferente. Quem faz ponte aérea ou superponte não tem escolha, basicamente é Tam e Gol. Só que na Europa e EUA isso é bem diferente. Por exemplo, no trecho NYC-WAS tem, pelo menos, 5 companhias que oferecem o serviço com a mesma quantidade de voos que as nossas companhias oferecem para CGH-SDU, só que com um serviço diferenciado. Que tem assentos pagos tb, é verdade, mas são só os primeiros. Se vc quer voar na janela ou corredor nas outras filas, fica livre para poder escolher.

    O que me soa abusivo é o passageiro ter que pagar para voar no assento do corredor, por exemplo.

    E aí, fico pensando: o que fazer? Boicotar as companhias com essas práticas? Mas como, se só elas oferecem o serviço? Infelizmente esse é o jeitinho brasileiro.

    Cadê a ANAC para cumprir o papel de agência reguladora? E o Procom? Tem que se manifestar tb.

  • Regis

    Eu gosto da idéia dos assentos conforto da TAM. Eu e minha esposa somos altos, e preferimos pagar por esses assentos num vôo que fizemos para a Alemanha. Assim tive a certeza que iríamos melhor acomodados, sem ter que gastar uma fortuna na classe executiva.

  • Bruno Arruda

    A taxa em si não é tão problemática, 10 reais não mata ninguém. O problema sério que vejo é o seguinte, para fazer checkin pagando não da pra fazer no totem então o checkin tem q ser feito no balcão, e o pior, mesmo sem ninguém ter pago pelos assentos, os comissários da TAM não deixam vc sentar na saída de emergência, eu tenho 1,90 e fico "no limite" do assento, tenho pena de pessoas mais altas ou mais "fofinhas" que têm q passar por um mega constrangimento e "implorar" pra nao voar torto :-/

    • Bruno Arruda

      Claro que da próxima vez q voar pela tam, como eu sempre embarco por último vou sentar la e dane-se hehehe

  • Ricardo

    Muito interessante esse título da matéria, pareec querer mostrar que a Gol copia todo mundo, quando na realidade a Gol foi a maior inovadora da aviação desde a sua criação, vocês compram passagens pela internet hoje graças a Gol que começou a fazer isso, e inúmeras outras coisas que a Gol inovou, agora vem dizer que copiou a TAM?? Isso é uma tendência de mercado e não cópia, a TAM cobra assistência para crianças viajando desacompanhadas a mais de 2 anos, a Gol não cobrava e nem por isso saia todo mundo falando mal da TAM com a facilidade que falam mal da Gol, a TAM tem serviço de bordo similar ao da Gol, torradas e geléia com suco, só porque vem dentro de uma embalagem diferente todo mundo acha que é muuuito melhor, a Gol está fazendo o que muitas outras cias não fizeram e acabaram quebrando, estão organizando a casa, cortando custos desnecessários e buscando crescer cada vez mais como sempre fez nos últimos anos! Não se enganem, a TAM também fez algumas coisas e vai continuar fazendo pois o que segura ela hoje são as operações internacionais, tá todo mundo acostumado a falar mal da Gol e ninguém olha pras mazelas da TAM, sempre que tem um problema em voo é da TAM, seja turbina desmontando, pousos de emergencia, brigas dentro do voo, até no caso do voo que botaram fogo no banheiro da TAM na hora da reportagem mostraram o checkin da Gol, parece perseguição isso…no final das contas apesar de tudo isso todo mundo ainda compra na Gol, pois sabe no fundo no fundo que ela é muito boa!

    • Ricardo, você está completamente enganado com relação ao nosso título! Nossa intenção foi justamente essa: mostrar que se a GOL vai cobrar agora, a TAM já cobra faz tempo! Enquanto outros sites apenas deram a mudança e apedrejaram a GOL, nós quisemos mostrar justamente o que você disse: A GOL vai cobrar, mas a TAM já cobra!

  • Murilo

    Mais o espaço azul não é saida de emergência e sim umas poltronas na frente que foram feitas com mais espaço ai sou totalmente a favor da azul pois eles abriram mão de colocar mais poltronas no avião por isso, já a saída de emergência é ridiculo pois primeiro nem todo mundo está apto a sentar nela e segundo você precisa pagar por ser o responsavel de abir a saída caso precise?

  • Murilo

    A diferença é só uma, lá nos eua já cheguei a voar São Francisco – NY um voo de 5 horas e meia por U$ 120 ou seja lá é barato e aqui é muito caro!

  • Christian Schneider

    É isso aí Gabriel! 90% dos comentários são equivocados e acabam por empobrecer a discussão acerca dos temas propostos. Denis, não seria o caso de rever os conceitos de mediação das postagens?

    Abraços

    • Em breve teremos uma alteração nesse sentido

      • Roberto Taboa&ccedil

        Desculpa, mas o blog é orientado a especialistas ou ao público, em geral? Se for ao público, creio que um sujeito leigo tem todo o direito de se equivocar num comentário… Ninguém é obrigado a dominar o assunto. Liberdade de expressão, né? 🙂

        Para não ficar parecendo um post mal-educado, quero dizer que gosto pra caramba do site! Verdadeiro serviço de utilidade pública 🙂

        Grande abraço.

      • Jussara

        É muito fácil falar que lá fora é assim e assado, mas estamos no Brasil, aqui as coisas são muito diferentes. Lá as cias low cost cobram por mala despachada e etc, mas as passagens são realmente baratas. E tudo tem dois lados: ao fim e ao cabo, quem precisa despachar acaba pagando o preço de uma passagem "normal", as restrições são bem grandes. Acho meio pedante ficar comparando o Brasil com a Europa ou os EUA. São realidades muito diferentes.

  • Regis

    Ok, mas a culpa não é das companhias, e sim da absurda carga tributária em cima de tudo no Brasil. Metade do preço da querosene de aviação, por exemplo, é só imposto!

  • Ana Isabel

    Semana passada viajei na GOL, na saida de emergência, sem pagar a mais por isso. Nao sou super alta, mas num voo mais longo, pagaria feliz essa diferença.

  • DanielSR

    Então você entra nos 10%. Se você tem a impressão de que as pessoas não gostam de viajar naqueles assentos, esse é mais um motivo do excesso de reclamação das pessoas. De fato eu costumo ver uma ou outra poltrona vazia ali naquelas fileiras. Mais uma vez, acho que essa reclamação não faz sentido. Estão cobrando? Paga quem quer. Ponto final. Curiosidade: você marcou o assento pelo toten ou internet?

  • Denis

    Danilo, só uma correção, esses assentos imediatamente da frente, nao reclinam, pelo fato de logo atras ser a saida de emergencia, e numa emergencia, se as poltronas estiverem reclinadas, pode interfirir na evacuação da aeronave. ou seja, NAO É PRA DAR MAIS ESPAÇO PRA QUEM PAGA POR ISSO, e sim uma norma de segurança internacional.

  • Carlos

    O GOL será mais economia!Parece mais iqual como Webjet!Agora o webjet é o Gol velho sem nada,e Gol é webjet novo!

  • Adriano

    O cara não falou nada demais, apenas citou um fato ocorrido nos EUA. Não vejo motivo para moderações nesse tipo de comentário.

  • Adoro defensores (remunerados ou não) de empresas.

    "Isso é uma tendência de mercado e não cópia". Ah bom… tá explicado então. Pode cobrar mais pelo mesmo serviço tranquilo. Tá sussa…

    Porque a GOL é perfeita (inovadora, arrojadas e afins), a TAM, essa monstra cruel, que quer acabar com a nossa aviação. Tão tá, então, hein claudia…

  • Roberto, pode ficar tranquilo que essa liberdade de expressão é parte da essência do MD e nunca vai mudar! O que vamos alterar é a forma como os comentários são moderados. Em breve boas notícias…

  • Gustavo

    Mas o pior de tudo foi o que aconteceu comigo, comprei um voo da GOL CNF-BPS para este ultimo feriado com antecedencia, marquei minhas poltronas na primeira fila e, na hora da fila para o embarque a atendente da GOL anuncia que as poltronas dentro do aviao serao livres!

    Resultado – poltrona na ultima fileira do aviao. E adivinhem qual explicacao a GOL deu para tal fato!!? Nenhuma. E depois vieram vendendo o servico de bordo…

  • Wendel

    Corrigindo: o Espaço Azul é sim na saída de emergência. Tem as poltronas das 5 primeiras fileiras e a fileira 14, que é justamente a saída de emergência. Todas essas fileiras são Espaço Azul. Viajo quase todo mês com eles.

    Agora, uma coisa: a azul já tem um ótimo espaçamento entre as poltronas. o normal é 79 cm, o Espaço Azul é 86 cm. Na minha opinião é a melhor companhia aérea da atualidade. Apenas o programa de milhagem é uma porcaria, de resto ela é ótima: bom serviço de bordo, LCD individual com uns 6 canais, assentos de couro sintético com um ótimo espaçamento e boa pontualidade.

  • Marcos Mucillo Padil

    Pior são as últimas poltronas que também não reclinam, e no desembarque temos que esperar todos descerem quando não saem pela porta traseira. Essas também deveriam receber desconto.

    • debora

      Fora que fica colado no banheiro e quando dão descargas levamos um super susto

    • Karl

      Pior são as "poltronas" da WebJet… nenhuma reclina 🙂

  • Cris

    Cobranca injusta, na nossa sociedade fala-se tanto em direitos iguais, racismo, etc… isto é preconceito contra os altos… quem tem mais de 1,80 tem serias dificuldades em viajar nos assentos comuns. A saida de emergencia era a unica solucao. O alto nao tem escolha. Ele nao pode cortar um pedaco das pernas pra poder caber no aviao, e vai ter que pagar mais por isso??????

  • Amom

    Concordo!

  • Edleuza

    Grande coisa esses tais assentos conforto! Prefiro as normais. Uma vez viajei nestas tais "poltronas conforto" e não achei nada confortável. O espaço maior para os pés não dá apoio, e as poltronas não reclinam e ainda temos a responsabilidade de abrir a saída de emergência!!!! Só viajo nelas se eles me pagarem caro!

  • GILSON

    A TAM joga sujo,voei no assento da frente do de emergencia(Brasilia/Salvador A-319)a poltrona não reclina(90º)solicitei a troca do assento,pois no cheking não fui informado que esse assento é "travado",apesar de pagar o mesmo preço que os outros assentos.Não fui atendido,mesmo os assentos confortos estarem vazios.Empresinha "pequena".Já viajei em assento conforto em grandes aéreas sem nada pagar,UNITED,Washington/SAO-EMIRATES,NYC/DUBAI.Grandes empresas,falei graaaaandes empresas.

  • Eu sei que aqui é apenas um blog, mas considerando o número de visitantes que tem e as relações comerciais que conseguiu firmar talvez fosse importante pensar o canal não apenas como um serviço aparentemente independente de divulgação de promoções de passagens aéreas, mas também como um portal informativo – afinal muitas pessoas vão levar ao pé da letra cada coisa escrita neste sítio.

    Informar corretamente não é apenas dizer a verdade: é uma questão de ter noção das implicâncias sobre a forma como as coisas são publicadas – e é aí que entra um diferencial importante para evitar que haja mal-entendidos ou que se produza apelo exagerado sobre notícias de relevância relativa.

    Tomando por base só este post e ignorando alguns outros, considerem o seguinte:

    1) O título está inadequado. "Imita" não é um bom termo para quem pretende apenas dar uma notícia sem apelos. Era possível dizer, por exemplo: "GOL também cobrará a mais por assentos nas saídas de emergência" – e na matéria explicar que no Brasil a TAM já adotava esta prática, copiada de companhias internacionais.

    2) Faltaram explicações adicionais. Por exemplo: era muito simples deixar claro quantos assentos nessas condições existem dentro de uma aeronave, para evitar os comentários bobos de quem entende que isso passa a ser obrigatório a todos os passageiros – o que nem de longe é verdade.

    3) Não caberia ao blog explicar de forma mais abrangente a diferença de espaço que há nesses assentos, evitando que a empresa (qualquer empresa) seja metralhada à toa? Creio que não é difícil arranjar na internet os seatmaps das aeronaves que operam em solo brasileiro.

    Espero que os editores não entendam isso como uma tentativa de pautar o blog, posso assegurar que não se trata disso.

    Estou fazendo essas observações apenas porque de uns tempos para cá o MD anda transitando num limiar muito perigoso em relação à informação, correndo um risco desnecessário de se portar como avaliador de empresas aéreas – coisa que se for levada a cabo deveria observar vários outros parâmetros que não estão sendo considerados.

    Há inúmeras coisas por trás de um voo, não apenas no sentido operacional, mas também nas formas de gestão empresarial e estratégia de negócios de cada companhia aérea.

    Se o MD pretende adentrar nessa área, convém que pesquise bastante sobre a constituição e sobre o modelo operacional de cada companhia, para evitar injustiças e omissão de outros quesitos que geralmente não são visíveis ao passageiro comum.

    Acho que o serviço que este blog presta é importante, eu mesmo já fiz uso dele várias vezes. E mesmo quando não uso eu repasso as dicas de promoções adiante para meu mailing.

    Porém a forma como algumas coisas têm sido abordadas aqui está me causando um certo desconforto, sobretudo porque noto que isso está se tornando progressivo. Vai chegar uma hora em que o próprio MD vai ser catalisador de mera briga de torcidas (TAM x GOL, Boeing x Airbus etc) e isso vai depreciar cada vez mais o nível dos comentários.

    Talvez esteja faltando alguém comentar sobre esse aspecto, por isso vou correr o risco mesmo sabendo que nem todo mundo vai entender o que estou dizendo.

  • João

    A próxima noticia deve ser a TAM cobrando os lanches…

  • Jana

    Viajei pela rynair, não existe marcação de assento entro na aeronave senta!!! agua 3 euros!! durante a viagem vendem de tudooo!!! a minha janela estava fechada e fui OBRIGADA a abrir!!! foi HORRIVELLLL

  • Brum

    Chegou agora e já pode sair pela porta dos fundos.

    Não fará falta. 😉

  • RABUGENTO (@RABUGENT

    Reclamar é justo.

    Quero ver daqui algum tempo as reclamações que acontecerão quando começarem a vender passagens ara o passageiro viajar em pé. 😉

  • JOAO GUILHERME

    E vcoê nunca comprou uma tarifa de 39, 49 , ou até mesmo 99 reais na gol?

    A gol já fez várias promoções GRU-MAO a 99 reais, que dá 198 reais ida e volta, mais barato que os 120 USD que você pagou.

    • Murilo

      Já comprei sim, acontece que as tarifas lá mesmo fora de promoção são bem mais acessiveis que aqui, isso que não to falando de Ryanair por exemplo que ai é covardia, vocês podem até falar mais não da nem direto a mala e tal, mais eu e acredito que a grande maioria também raramente despacha mala nos voos, e os serviços já estão começando a ficar parecidos

  • JOAO GUILHERME

    Isso é a realidade do MErcado.

    É uma estratégia de preços baseada em valor percebido pelo cliente. Os cliente s que conferem valor em viajar na saida de emergência, ou nos corredores e janelas e se predispõe a pagar por isso, sempre conseguirão viajar nestes lugares. Já os que gostam de viajar nesses lugares mas não estão dispostos a pagar para viajar neles, na verdade "conferem menos valor" a esses assentos que os que estão dispostos a pagar.

  • Cristiano

    Fiz um voo recente em uma aeronave GOL 737-800 e fiquei impressionado como a poltrona não reclinava quase nada!! O trecho de volta, o mesmo aparelho (737-800), porém com a pintura VARIG, o reclínio era o dobro!! E a poltrona não estava quebrada… rsrsrs testei em outras também!!!

    Desse jeito só vou querer voar GOL.. com aviões na marca VARIG.

  • JORGE KRUG

    vocês acham que o cara que sentar ali, na hora do sufoco vai ajudar alguém? Vai ser o primeiro a sair fincado. Hahahahah…

  • JORGE KRUG

    Raphael, me corrija se estiver errado.Melhores Destinos-Blog especializado em promoções de passagens aéreas,hospedagem e pacotes. E, desde que comecei a curti-lo já fui a São Paulo, Rio 2vezes,Fortaleza,Aracaju,João Pessoa e BELÉM. Os valores que economizei nestas viagens através de PROMOÇÕES divulgadas aqui no MD foi o suficiente para fazer um Cruzeiro de 5 dias com minha esposa pela Costa Brasileira, a qual indico a todos, é sensacional. O fato de a GOL estar na M…. não é culpa minha, pois quando voltei de Belém o 737-800 estava com mais de 100(cem) assentos vazios. Gosto de conforto mas gosto mais do meu dinheiro.Abraço.

  • jussara

    Os assentos de emergência deviam ser o mais barato, pois o passageiro que senta neste local tem a responsabilidade de manipular a porta em situação de emergência… além disto o conforto não é tão grande que justificaria uma cobrança extra. Não comprava as passagens de tarifa promocional da TAM por não permitir a marcação de assentos (qd vou com a família, gosto de ter a garantia que viajo junto com meus filhos) será que a gol vai para o mesmo caminho negativo da TAM? Espero que esta avise da indisponibilidade de marcação de assento ou cobrança extra, antes de finalizar a compra da passagem.O consumidor tem direito a informação adequada, espero que a empresa nos respeitem.

  • Arthur

    Não necessáriamente, pois essas empresas (GOL/TAM/AZUL/TRIP/WEBJET/AVIANCA/PASSAREDO) entre outras, sao iniciativas privadas, ou seja elas cobram pelo que acham mais justo, o que cabe a nos é escolher a adesao do serviço ou a compra da passagem, o que temos que realmente reclamar é sobre taxas de embarques abusivas, que ficam mais caras que as passagens, em muitos casos, e o mal atendimento e apoio da INFRAERO nos aeroportos de GRU/COGNONHAS/CNF/GIG/SDU/VIX.

  • mas esses sao os piores assentos! eles nao dobram!! rsrs

  • Diogo

    Eu tenho 2,00m de altura e concordo completamente com essa cobrança. Dessa forma, os assentos que antes bastava ter 1,60m e pedir, agora tem que pagar. Só vai sentar lá quem realmente quer e precisa. Eu pago, com a satisfação de chegar no check-in e saber que haverá um lugar com um pouco mais de conforto para eu viajar. Antes era uma angústia!