GOL anuncia a encomenda de 60 novos Boeing 737 MAX

Denis Carvalho 1 · outubro · 2012

A  GOL anunciou agora à noite uma ordem de compra de 60 aeronaves 737 MAX com a Boeing, que serão entregues a partir de 2018. A companhia utilizará os novos aviões, principalmente, para a renovação de sua frota no futuro.  A encomenda, no valor de R$ 6 bilhões,  é a maior em número de aeronaves da história da GOL, que será a responsável por lançar o modelo 737 MAX no continente sul americano e uma das primeiras companhias a operar o novo equipamento no mundo. As informações de que haveria um grande anúncio hoje fizeram com que as ações da companhia na Bolsa disparassem.

O Boeing 737 MAX está em desenvolvimento pela fabricante norte-americana com o auxílio dos comandantes, engenheiros e técnicos da GOL. Os novos aviões serão equipados com os motores LEAP-1B, da CFM International, e terão uma avançada tecnologia nos winglets. Estas e outras inovações reduzirão o consumo de combustível e a emissão de gases poluentes em até 13%, na comparação com os Boeing 737 Next Generation.
Além disso, as aeronaves poderão decolar com mais peso e terão mais autonomia no voo.

“A decisão de encomendar os Boeing 737 MAX vem em linha com o nosso compromisso em manter uma frota moderna, jovem e extremamente segura, que nos permita sustentar nossa vantagem competitiva no futuro”, destaca o presidente da GOL, Paulo Kakinoff. “O novo avião será um dos equipamentos com o melhor custo-benefício do mercado, por apresentar uma economia operacional incomparável. Isto é condizente também com o
nosso modelo de negócio low cost”.

A GOL tem parceria com a fabricante norte-americana desde o início de suas operações, é a principal cliente da família 737 na América Latina e uma das cinco maiores no mundo.

 

Ilustração divulgada pela GOL

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Fabio

    Boa noticia…..

    Adoroo o MD!!!!

    Ps: titulo ta errado… 373 MAX….

    Abraço

  • Henrique Badan

    O presidente da GOL disse semana passada que não tinha nada em pauta e agora me aparecem com essa noticia?!!! Sei que ele não pode sair falando as estratégias da empresa mas não precisa mentir!

    • Thiago

      concordo

      fala então que tem projetos e não pode divulgar o que é, mas mentir assim fica meio feio.

    • Bruno Faria

      Henrique ele disse o seguinte: '' Nós estamos mantendo e até intensificando o processo de renovação de nossa frota. A GOL tem como estratégia fundamental oferecer a frota mais moderna e jovem entre as empresas que operam Boeings 737.''

      Acho que ele se referia a esse novo modelo 737 MAX.

  • Diego Bueno

    Não estavam sendo vinculadas notícias por aí que a GOL estava tendo prejuízo enorme esses 3 anos ?? Como tem $ para isso tudo? Não seria melhor PRIMEIRAMENTE sair do prejuízo, se organizar e ter lucros, pra depois investir ? Eu devo ser muito ruim de administração, negociação e coisas dessa área.. ehehe

    • Brum

      Deve ser mesmo, pq pelo visto vc ñ entende nada de investimentos/projetos do setor de aviação.

      😉

      • Thiago Castro

        hahahaha

    • Marcus

      sao coisas que ninguem entende….

      Gleisi Hoffman, da Casa Civil, já declarou que para o governo federal "acendeu a luz amarela" para os prejuízos das aéreas no Brasil…

      Ou seja, provavelmente nem tudo o que sai na mídia é tão verdadeiro assim… e também há informações omitidas de maneira intencional…

    • Pedro

      No seu próprio comentário vc tem a resposta da sia questão. Vc nao entende mesmo… Sabia que ela nao compra os aviões e sim faz um leasing… O setor aéreo de fato é um dos mais complexos de se modelar uma operação.

    • wolf

      ninguém compra avião, todos fazem leasing!

    • Alex

      Não começaram a vender lanches nos voos por conta da tal crise aérea, conter gastos etc…?

      Bndes financia!!!

  • Daniel Matos

    2018 é logo ali. Será que até la a Gol já vai ter falido?

    • Fábio

      Precisa fazer este tipo de comentário? Que coisa baixa, sem nenhuma justificativa.

      • Fábio

        Gente, outro dia um indivíduo falou mal da Passaredo, agora este fala mal da Gol! De graça? Precisam moderar melhor estes comentários feitos de má fé!!

      • Silvia Maia

        Concordo.comentário maia sem graça.

    • Gilberto P Filho

      Concordo! Ja vi algumas aereas anunciarem varios investimentos e logo depois falirem geral!!

  • Brum

    Geral achando q haveria um anúncio de compra da GOL por parte da Emirates ou Qatar auhuahhua

    Alguns investidores se deram mal! :p

    http://www.infomoney.com.br/gol/noticia/2575367/D

  • Thiago SSA

    Mais do mesmo.

    PROMO que é bom nada né?

    rsrsrsrsr.

    Tá russo esse segundo semestre.

  • Cunha

    Se o Kakinoff disse que "Isto é condizente também com o nosso modelo de negócio low cost”, pelo jeito a GOL acabou de inventar o melhor modelo de negócio do mundo, o "Low Cost, High Prices". Fail 🙁

  • Alex Freitas

    Otima aquisicao e planejamento, noticia melhor, seria a inclusao de alguns 777 ou 787 para as rotas de longo curso (EUA)

  • diego ferreira

    para mim é uma surpresa porém senhores nada é por acaso a ANAC deu autorização para mais voos para EUA,Republica Domi e Bolivia, vcs não acham que a quase 1 bilhão de prejuizo da Tam é maior que 500 milhoes de preju da Gol? claro que não a unica coisa ruim da Gol é o serviço pago de resto é mil vezes melhor que a Tam em varios quesitos, ahh lembresse durante prejuizo a Gol tinham em caixa 1,4 Bilhoes!! claro o amanhã dirá!! no cenario atual eles falavam de padronização da frota esse avião deve ser bem melhor que os Airbus velhos da Tam!!!

  • Paulo Almeida

    Amanhã fortes emoções em GOLL4. Só agora no after já caiu 2% depois desse anúncio da compra de 60 Boeings na ordem de 6 bilhões de reais. Vai faltar amendoim!!!

  • André Lu&iacu

    Nos anos 90, a TAM e a extinta Varig cobravam preços milionários e absurdos por trechos nacionais. Tanto que era o mesmo preço ir pra Europa ou EUA (ou até mais barato) que ir pro Nordeste ou Norte do Brasil. Por causa disto, nos anos 90, acabei fazendo diversas viagens Internacionais e não conseguia acreditar nos preços para dentro do Brasil. Aí, para o bem dos Brasileiros, veio a Gol, que mesmo entregando as suas barrinhas de cereais, frente, na época, aos lanches quentes da TAM ou à mesa de salgados da Varig em CGH ou SDU, permitiu que milhares de brasileiros fizessem os seus primeiros vôos nacionais (a até primeiros vôos mesmo), conquistando o Brasil. Já fazem pelo menos seis anos que a TAM é uma companhia low cost, entregando um amendoim, um potinho de 50g de sorvete e mais nada; mas nem por isso virou low fare, com preços ainda altíssimos e promoções que não chegam aos pés de muitas da Gol e até da Azul (que deixou de ser barata faz tempo). As demais, estão sendo engolidas. Ainda assim, ainda vejo gente voar de TAM como se fosse a elite, degustando o seu saquinho de amendoim como se fosse um tremendo prato fino, e indo aos mesmos lugares que vai com a Gol, Azul, Avianca e outros. (A TAM ainda paga a mais pelos fingers em SDU e CGH?).

    • EDSON SIEG

      Muito boa André Luís,

      Interessante sua análise principalmente da parte desde o início da Varig até a Tam atual, mas acho q pelo simples fato de a Tam oferecer serviço de bordo como lanches, bebidas gratuitas incluindo cerveja e entretenimento, deve descaracterizar a ideia de low cost, esta não é a política da companhia, eles mesmo já fizeram questão de explicitar isso, mesmo q o serviço seja simples ele ainda existe e as companhias como Azul, Trip e Avianca não estão sendo engolidas não, elas estão crescendo e muito.

    • João

      BOOOOOA! KKKKKKK

    • Alex Freitas

      Muito pertinente a sua constatação, brasileiro tem memória curta !!

  • André

    Nossa!! Que anúncio!! As aeronaves começarão a ser entregues em… 2018!! E termina quando? 2028?? É evidente que esse alarde todo só serviu para as ações da Gol dispararem hoje! Alô alô comissão de valores mobiliários! Parece que a família Oliveira ganhou uns trocados hoje com essa notícia bomba hein!

    • Thiago SSA

      kkkkkkkkkkkk, eu não sei como ainda tem gente que acha que essa notícia tem alguma relevância para nós consumidores.

      Como dizia meu avô: – Me faça uma garapa.

  • André

    Além do custo do combustível e da compra da webjet, tem que ter mais algum motivo não contado destes prejuízos milionários, se é que foram prejuízos mesmo.

  • E viva o Kakinoff! o/

  • Luiz B Lemos

    Esse 737 MAX terá autonomia para ir de GIG ou GRU para os Estados Unidos, sem escalas? Ou será um mero 737-800 melhorado, sem muita autonomia?

    É que ninguém aguenta mais os voos da Gol para Buenos Aires…

    • junior

      se tu reclama de ir de gol pra buenos aires, devia experimentar a aerolineas… gol é top perto deles hehehe

  • Marcos M.

    Tem razão. Os comentários aqui no MD são tão poderosos que a Passaredo diminuiu a sua frota e é bem provável que a GOL entre em processo de falência!

    • Daniel Matos

      hauhauha

      O cara se irritou fácil. Falei nada demais. Deve ser filho do Kakinoff.

  • Anúncio de encomenda é uma coisa. A entrega das aeronaves e a utilização das mesmas é outra coisa. Só o tempo dirá se tinha consistência ou não tal feito.

  • Márcio

    E msm sendo leasing, ela não paga nada agora. Cada avião recebido terá, na época, um sistema de pagamento diferenciado. Por exemplo, um avião entregue em 2019 deve ser pago naquele ano ou nos anos seguintes, por financiamento (compra) ou leasing (arrendamento). No caso da Gol, serão 60 operações de compra, e a escolha do modelo de pagamento é como decidirmos se vamos comprar um carro por CDC ou leasing ou mesmo à vista, ou seja, dependerá do momento.

  • Márcio

    Thiago, vou discordar de você. A Boeing (ou a Airbus) nunca faria uma venda desse porte para uma empresa pré-falência… Esta venda afeta diretamente a carteira de entregas de aeronaves e a competição entre elas.

    Esta notícia é muito boa, sim, para nós consumidores, pois mostra que, ao contrário do que alguns dizem aqui, a Gol não deve acabar, e podemos planejar viagens com ela.

    O André Luís fez um excelente post antes deste, mostrando a memória curta do brasileiro. Nenhuma companhia em real crise (lembrem-se da Varig, Vasp, Transbrasil, etc) fazia uma grande aquisição de aeronaves. Pelo contrário, trocavam as aeronaves modernas por modelos mais simples e baratos (trocava 777 por MD11 ou 767, trocava 737NG por 737-300, etc). E a Gol não está aumentando a frota, mas sim está com um PLANEJAMENTO para manter sua frota sempre jovem, na média de apenas 6 avições trocados por ano.

    • Permita-me complementar: a GOL também será parceira da Boeing para desenvolver esse novo modelo, colaborando na criação e teste de novos sistemas

  • Daniel Matos

    A TAM tem oferecidos tarifas em conta para voos nacionais sim. Geralmente aqui no MD sempre rola as promoções de fim de semana e a TAM sempre faz das suas também. Minhas duas ultimas viagens nacionais foram de TAM e eu sempre escolho a melhor opção custo-benefício. Pelo menos nos trechos que eu procuro a TAM tem mantido um preço a altura das concorrentes.

  • Joaquim

    O mercado financeiro reagiu muito mal diante dessa ação especulativa do Constantino: queda de 9,77% até agora.

    Realmente a CVM deveria investigar.

    • Paulo Almeida

      Se não acontecer aquele empréstimo amigo do BNDES, de onde vc acha que virão os 6 Bi pra compra dos aviões? Os grandes investidores não são bobos e não se dislumbram com entrevistas dadas a imprensa. De fato o ex-presidente da Audi é muito competente e tem excelente equipe de assessoria de imprensa. Veja entrevista dada nos mesmos moldes da do MD feita na Folha:
      http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1159882-tres

      • Márcio

        Paulo, se cada aeronave custa 100 milhões, e foram adquiridos 60 para o prazo de 10 anos, significa pagar 600 milhões por ano, e a partir de 2018.

        Outra coisa: não quer dizer que o Gol gastará 6 bilhões! O valor de mercado para COMPRA das aeronaves é 6 bilhões. Se a Gol preferir fazer leasing de cada um deles, digamos que pagará em média 300 mil dólares por mês para cada um (lembre-se que ela é parceira da Boeing no desenvolvimento, logo deve ter acesso a melhores condições). Por ano gastará 3,2 milhões por aeronave, e por 10 anos 32 milhões, ou seja, bem menos que os 100 milhões de compra.

        Resumindo: não é compra, é AQUISIÇÃO de aeronaves para RENOVAÇÃO da frota. O dinheiro gasto hoje no 737-800 PR-GOL (por exemplo) será gasto, quando ele for devolvido aos donos, no 737-MAX PR-???.

  • Paulo Almeida

    Até o momento -9.69%…..

  • Lucas Baroni

    As vezes acho que aqui no Melhores Destinos não se pode fazer comentários contrários porque aparecem vários para defender, achar ruim da pessoa ou algo do tipo.

    Aqui só existem puxa saco e só se falam bem ou podem ter opiniões livres quem quiser?

  • Leandro

    Tinha que ter a opção curtir para esse seu comentário. Perfeito. Por isso que sempre dizem low cost – low fare. Uma coisa não significa necessariamente a outra…

  • George

    Provavelmente este modelo de avião deverá fazer as rotas para os EUA, e tomara que venha mesmo, pois seria uma opção muito melhor que os 767 da TAM que fazem a rota Rio – Miami. Fiz esta rota recentemente e o avião da TAM deixa muito a desejar, pois são muito velhos.

  • Wólnei

    Adorei seu comentário!! Show!!

    Tem viagem de ônibus que dura dias e não é servido nada!!

  • Paulo Almeida

    Perfeito André Luís. Só quem viaja há tempos tem uma noção mais lúcida do cenário atual. Como vc comentou…TAM e Varig…..apenas duas cobrando o que queriam pois se uma coloca o preço em 5K, pra que a outra vai colocar 3K num trecho? Basta colocar 5K tb ou 4.9K. No fim chegamos ao ponto que sempre comento. Não há concorrência no país. Já falaram aqui no MD que temos + de sete companias aéreas…blá..blá..blá…mas se contar mesmo, empresas só temos Gol, TAM e agora Avianca. O ilustre presidente da Gol ainda me saca o comentário de que "3 é demais no setor aéreo": http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1159882-tres

  • Carlos

    GENTEE, DEIXE-ME APLAUDIR DE PÉ!!! Melhor comentário que ja lí aqui. Parabéns mesmo. Disse tudo. Essas pessoas 'exigentes' para voar se esquecem que, se não fosse a Gol, (acredito) eles não teriam visto a terra lá de cima. E aposto, que são os mesmo que pagam $39,00 pra voar e ainda reclamam no check in quando há filas, reclamam do serviço de bordo pago, reclamam de tudo. e outra,vejam os lindos e modernos jatos (linha 700-800) da Gol.

  • Xavier

    Lembram da tal CRISE NA AVIAÇÃO AÉREA NACIONAL, com gastos absurdos e com prejuízos milionários?

    Pois é, agora vem essa notícia de compra de aviões, logo da BOEING. Enfim, nunca acreditem em crise vindo das Cias Aéreas, é tudo fajuta e ainda conta com o apoio do Governo pra disseminar esse tipo de notícia. Brasil, um país de TOLOS.

  • @PRDANIEL_

    A GOL não ta falindo coisa nenhuma: Cortou os lanchinhos, reduziu comissários, mas foi tudo jogada de Marketing rsrsrsrsrs

  • Thiago Castro

    SÃO PAULO – A compra de aeronaves pela Gol foi muito prematura, na opinião da equipe de análise da XP Investimentos. “A aquisição de aeronaves adicionais, além de pesar na alavancagem da companhia, iria contra a estratégia de retração da oferta, em detrimento de rentabilidade.”

    A corretora coloca em relatório que foi um movimento arriscado por parte da Gol, o que pesa em suas ações. Por volta das 13h, os ativos da companhia caíam 10,23% na bolsa, a R$ 11,49, enquanto o Ibovespa recuava 0,55%, para 59.243 pontos. Ontem as ações da empresa chegaram a subir mais de 10,6%.

    Além disso, o mercado se decepcionou com o anúncio. Havia expectativa de que a Gol divulgasse algum tipo de fusão, aquisição, venda da Smiles ou abertura de capital do programa de milhagem.

    Renata Faber, do Itaú BBA, pontuou em relatório que o anúncio feito não gera impacto sobre a avaliação da empresa e reiterou a sua recomendação de “market perform”, desempenho na média do mercado. O preço-alvo é de R$ 12 para 2013. Segundo a analista, o discurso da companhia de redução moderada de capacidade leva a uma perspectiva mais cautelosa para os papéis.

    © 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.

    Leia mais em:
    http://www.valor.com.br/empresas/2852262/compra-d

  • Luiz

    Qual será a autonomia desse Boeing 737 MAX?

  • André

    difícil ler este comentário.

  • Michel

    Pessoal, alguém pode me explicar porque as companhias nacionais não compram aviões da EMBRAER ? Porque sempre comprar de fora se produzimos no Brasil ?

  • Raphael Rosa

    E depois dizem que estão no prejuízo!! Tudo isso para enganar o governo e conseguir mais beneficios! Trouxa é quem acredita nesses balanços contábeis falsos!

    • arlindo

      Nao fale em governo nesse pais…o governo e o ultimo que deve ser considerado.

  • Frederico

    acho cabível a questão. Seis anos não são seis semanas ou meses. Está longe… Mas propaganda é a alma do negócio. Estamos falando da GOL.

  • Frederico

    Rio (SP) / Miami, duvido. Vai ser uma COPA do B. Dá aquela paradinha em Manaus e vamoquevamo …

  • Dênis

    A GOL poderia diversificar um pouco essa frota, para garantir mais conforto nos trechos de longo alcance (norte, caribe, eua, etc)…

  • Dênis

    Concordo com nosso querido André Luis!

    Nos tempos do trio parada-dura VASP – VARIG – TAM somente a elite brasileira voava, os aeroportos tinham aquele glamour, eram organizados e vazios.

    Hoje em dia, cada Cia. Aérea tenta fidelizar seu cliente como pode.

    Para as pessoas que voam à trabalho, custeado pela empresa, TAM é sempre a primeira opção. Para pessoas como eu que preferem pagar barato, ter um serviço eficaz (voo no horario e bagagem rapida na esteira), tanto faz a empresa, prefiro pagar barato e fazer 2(duas) viagens, ao invés de pagar caro e ter um serviço de péssima qualidade.

    O mercado brasileiro mudou muito, mas a mente das pessoas ainda não.

    Quer saber o que é realmente uma Cia Aerea de qualidade?

    Voe pela Emirates e Qatar.

  • arlindo

    A gol baixa suas acoes para que laranjas comprem acoes pra ela mesma….tirando investidores de cena.Mercao e mercado.

  • Brum

    Eu li essa matéria na internet.

    Efeito manada é fod#! hehehe

    🙂

  • Marcos

    O que voce queria mesmo era ler que a Gol tinha decretado falência né. Caramba, . O que tem de expert por aqui e coisa de louco. As empresas deveriam contratar voces para solucionar seus problemas. Vamos torcer e muito para que ela se recupere,e as outras aereas que também estão passando apertado com o alto preço do combustível ,possam encontrar soluções para sobreviver. Nao seria bom ver mais uma empresa aérea falindo.

  • Daniel Bazetto

    Boa noticias para os passageiros e o para o meio ambiente.

  • Danilo Fernando

    Queria entender… o que importa se a empresa está falindo ou não? Se vai ter lanche ou não? Se alguém quiser comer bem vá num restaurante! Se alguém quiser dormir bem, vá para um bom hotel! Quer ver bons filmes, vá no cinema! Não gosta das músicas oferecidas no avião? Leve seu Ipod, leia um livro… sei lá!

    A proposta desse site é clara: Divulgar promoções de passagens aéreas! E todo mundo que entra aqui quer pagar menos. Lanche, amendoim, conforto, entretenimento, tudo têm um preço. E cada um sabe quanto o bolso pode pagar.

    Meu primeiro critério é preço! Sim, vejo outras coisas na hora de comprar a passagem… segurança, horários, atrasos, escalas, aeroporto de saída e vários detalhes que acho importante. Mas a proposta aqui é uma só: 'o preço'.

    Nesse sentido, espero que a concorrência aqui dentro da terra brasilis seja cada vez maior. Quero ver a TAM se mexer com os anúncios da GOL. Quero ver A Azul/Trip divulgar novas rotas. Espero que a Avianca continue com boas promoções. Espero que a Passaredo cresça. Eu quero que eles 'se matem' para tentar me seduzir!

    Mas o principal, quero continuar viajando – se puder pagar menos, melhor ainda!

    • Brum

      Me too! o/

  • Thiago Castro

    Tb achei. Será que é difícil pontuar as frases e ser mais claro com as palavras. Não precisa ser erudito, só um feijão com arroz mesmo. 🙂

    • Brum

      Esse cara aí sempre comenta desse jeito…escreve tudo sem pontuação, sem sentido, parece narrador de futebol auhauauhuha

    • e cá entre nos se a bagaça da Tam falir ou até mesmo a Gol por acaso deixará saudades? para mim não principalmente a Tam!

  • Thiago Castro

    Pq a Gol padronizou seus procedimentos ao Boeing 737.

    E as demais devem achar os aviões da Embraer tem pouca autonomia e só serviriam para vôos nacionais.

  • só queria deixar claro que não por acaso a ANAC deu mais autorizações a Gol para operar nos EUA,Bolivia e Republica Dom enfim apesar do prejuizo da Gol ela tinha um preju de 700 milhoes mas ela tinha 1,4 Bilhão em caixa!! já a Tam tinha pouco mais de 900 milhoes de prejuizo e pergunto eu quem esta pior? o futuro dirá sobre assunto falencia o caso da Gol é que ela esta se equilibrando nos trilhos fora que veja a diferença de comando na Gol e veja na tam na Tam vc não sabe quem é quem,muda de presidente toda hora pelo motivo da Latam e outra senhores não considero a Tam brasileira para mim ela é apenas uma subsidiaria da Lan Chile e nada mais portanto quem paga o prejuizo por lá eu acredito que é o El Cheje conhecido como Sr Cueto!!!!!!

  • Marquinhos

    Exato!! A GOL realmente possui um modelo Low Cost, que prejudica a qualidade de serviço e conforto, no entanto suas tarifas são iguais ou maiores que suas concorrentes não Low Cost, como TAM, Azul e Avianca.

    Apesar disso, a empresa vem constantemente apresentando prejuízo, provavelmente fruto de uma má gestão. Espero que a Boeing saiba onde se meteu com essa "parceria".

  • joseluizdacosta@yaho

    Thiago, Embraer vai dar crédito a GOL????

    Terá de fazer nova turma de pilotos e atender novas bases, o custo é grande, mas só nas grandes não dá lucro, tem buscar no interior,

    é o que a AZUL/TRIP esta fazendo.

  • José

    A logica na ausência da logica

    A Boeing não vai vender para não receber, logo acredita que a Gol tem como pagar.

    Nenhuma empresa a véspera de ser comprada, ou a beira da falência vai comprar 60 aviões

    O setor aero nacional não vai bem Tam e Gol dando fortes prejuízos

    A soberania não tem interesse que o setor inteiro na mão de empresas estrangeiras nem que haja um caos aéreo na véspera de uma copa do mundo e seguida de uma olimpíada.

    Logicas:

    O governo soltar um incentivo do setor e beneficiar ambas as companhias nacionais na copa e nas olimpíadas.

    Improváveis

    A Gol falir, ou ser vendida.

  • José

    Duvido

  • José

    No caso seria os laranjas dos socios da gol