GOL vai oferecer assentos conforto com poltrona do meio livre

Denis Carvalho 13 · julho · 2012

A GOL está preparando uma mudança na venda de passagens conforto, localizadas nas saídas de emergência e em breve vai oferecer a opção de viajar sem nenhum outro passageiro na poltrona do meio, proporcionando mais espaço. Ainda não há prazo para que o novo serviço esteja disponível, mas nosso leitor Christian Schneider já encontrou a opção “Assento especial – ninguém na poltrona do meio” enquanto fazia uma pesquisa no site da companhia.

“Imediatamente comprei o trecho e marquei a referida poltrona, no dia seguinte voltei a entrar no sistema e verificando o trecho comprado e o mapa de assentos a opção não estava mais disponível e resolvi trocar para a 17A, saída de emergência no 800 da GOL”.

Questionada pelo Melhores Destinos, a GOL confirmou que pretende adotar em breve o sistema, mas que ele ainda não está disponível, atribuindo o aparecimento da opção a um erro do sistema. Segundo a companhia, a opção terá um custo adicional, ainda a ser definido, e ainda não há prazo para que o serviço seja oferecido. Hoje, a taxa cobrada para a reserva dos assentos nas saídas de emergência é R$10. Para quem voa com Tarifa Flexível ou Smiles Any Day a marcação não há custos adicionais.

A companhia ressalta que para ocupar esses lugares, os passageiros devem estar aptos a seguir as instruções de segurança em caso de imprevistos, ler as regras, que estarão divulgadas no website da empresa, e concordar com elas.

Atualizada às 18h02 com informações da GOL

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Diego Nascimento

    Só quero ver quanto a GOL irá cobrar para o passageiro do meio não voar!

    • Henrique

      Oi Diego,

      Provavelmente não vai ser um valor tão alto quanto o preço de outra passagem, imagino que vão cobrar de 4 a 5 vezes o preço da compra normal do assento. A estratégia nestes casos é colocar uma cláusula assim como já é feito na compra de assento conforto na primeira fileira que a Cia Aerea fai fazer o possível para atender a compra do cliente mas na eventualidade de não conseguir efetuará o reembolso integral dos valores pago por esta comodidade.

      Neste caso como a maior parte dos voos acontece com taxa de ocupação inferior a 100%, a gol vai bloquear o assento do meio para o cliente que comprar o serviço, porém se forem vendidos todos demais assentos do voo com certeza você vai receber um pedido de desculpas por email informando que não foi possível atender a sua solicitação e o assento será vendido normalmente.

      Além disto, como o assento do meio é o menos cobiçado é uma tendência natural que os últimos assentos a serem comprados são os do meio, ou seja quando os clientes que estão viajando sozinho não possuem mais opções de janela ou corredor.

      Mesmo que faça o trajeto em duas pessoas, uma dica é sempre reservar os assentos da janela e do corredor, pois se a aeronave não tiver 100% de ocupação é muito mais alta a possibilidade de ninguem escolher aquele assento tendo outras opções. Eu mesmo sempre faço isso quando viajo com minha esposa e meu filho que é menor de 2 anos. Fiz agora em março o trecho POA-PANAMA-LAX e entre ida e volta dos quatros trechos só não funcionou em um dos trechos.

      Além disto quando não funciona e não existe outros assentos disponíveis é só pedir para a pessoa que ficou no meio trocar de lugar contigo que ela vai ficar muito agradecida por poder sentar na janela ou corredor, normalmente deixo ela escolher… hehehe…

      • Henrique

        Ops, uma palavra faz toda diferença.

        …imagino que vão cobrar de 4 a 5 vezes o preço da compra normal do assento "CONFORTO".

  • Emerson

    Qdo eu comprei minha passagem pra SP semana passada tb havia essa opção. Mas, como não havia lido nada a respeito e, como eu não gosto de inaugurar serviços novos (que sempre dão errado comigo), resolvi comprar o meu assento de sempre.

  • Fernando Costa

    A Gol podia mesmo era passar a oferecer uma classe executiva nos vôos mais longos, tipo SP-Caracas e similares…Se colocassem umas 3 fileiras já seria suficiente p/atender a demanda deste tipo de serviço causando impacto quase zero na capacidade total dos 737-800 q geralmente fazem as rotas mais longas (caso de Caracas).

  • Roseli

    Eu comprei uma poltrona na Gol, na fila anterior à saída de emergência, e fui surpreendida com o fato de que a mesma não reclinava. Solicitei a mudança de lugar, e fui atendida, mas colocada na poltrona do meio, ao lado de dois homens espaçosos. Resolvi o problema da dor na coluna mas foi uma viagem desconfortável. As companhias aéreas deveriam informar aos seus clientes dessa condição nas poltronas. Já sabia que a ultima não reclina, mas a fila 14 nem imaginava. Tb aconteceu uma coisa inusitada nesse voo: venderam passagem para a fila numero 13, que não existia. Algum supersticioso foi o responsável por fazer as marcações do avião e não avisou os passageiros.

  • Rosvita Herzog Brand

    Não deixa de ser uma boa opção mas acho que seria muito mais " bem vindo " espaços confortáveis para todos os passageiros, sem nenhuma cobrança adicional.

  • Tacila

    O bom mesmo seria se a gol nao cobrasse tao caro pelo assento que ficará vago.. pois se for um preco salgado, nao compensa muito, melhor mesmo é viajar com o passageiro do meio e pronto.. pq as passagens hoje em dia estao caras demais.. e o conforto é ZERO.