GOL reduz antecedência máxima do check-in de 7 para 2 dias antes da viagem

Leonardo Cassol 10 · outubro · 2018

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A partir de hoje clientes da GOL não poderão mais fazer o check-in 7 dias antes da viagem, como era de praxe. A companhia aérea reduziu o prazo para 2 dias (48 horas) antes da viagem, como já fazem suas principais concorrentes.

Talvez você se pergunte se isso faz alguma diferença para o passageiro. Faz sim! E eu explico. Hoje as tarifas Promo e Light da GOL não permitem mais a marcação antecipada gratuita de assentos. Quem quiser marcar assento no momento da compra é preciso pagar R$ 30 por voo na tarifa Promo ou R$ 15 por voo na tarifa Light. Fazer o check-in com 7 dias de antecedência aumentava bastante as chances de conseguir um bom assento sem pagar nada a mais, já que muitas passagens são vendidas nesse período de 7 a 2 dias antes do voo. Agora vai ficar mais difícil conseguir bons lugares (ou lugares juntos) sem pagar por isso.

Tarifas GOL (voos nacionais)

 

Lembrando que clientes Smiles Ouro e Diamante não precisam pagar para reservas os assentos com antecedência.

A mudança no horário do check-in vale a partir de hoje para todos voos nacionais e internacionais operados pela GOL, mesmo para quem já tinha passagem comprada.

E você, fazia o check-in 7 dias antes do voo na GOL? Ou era só eu?

O que diz a GOL

Em nota ao Melhores Destinos, a GOL informou:

“A GOL informa que a realização do checkin e a marcação do assento poderá ser realizada com 48 horas de antecedência da saída do voo, de forma gratuita, pelo site ou aplicativo ou ainda no balcão ou nos totens dos aeroportos. Essa medida faz parte de uma série de melhorias implementadas pela empresa em seu sistema, que permitirão um ganho de eficiência nos processos de viagem, especialmente aos Clientes que fazem conexões com as companhias aéreas parceiras.”

——-

Veja também: GOL planeja voar para 10 novos destinos internacionais até 2021 – ver matéria

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos