Giro TAM: um leitor testou e aprovou

Leonardo Marques 19/11/2010 às 9:26h 34 Comentários

No mês passado, a TAM iniciou as vendas do Giro TAM, com ele você poderá comprar uma passagem e que dará direito a conhecer até 3 cidades antes de chegar ao seu destino final.

Inicialmente só é possível utilizar Giro TAM em voos partindo de São Paulo ou do Rio de Janeiro, mas depois será extendido para outras cidades.

O nosso leitor Sidnei Paixão testou o Giro TAM e nos enviou um relato muito bem detalhado da sua experiência. Confira a seguir:

- COMPRA DE PASSAGEM PELO TELEFONE, LOJAS TAM e LOJAS TAM VIAGENS.

A compra não pode ser feita pelo site por uma questão óbvia – que só percebi depois de emitir a passagem: é uma passagem “comum”, no meu caso São Paulo – Fortaleza – São Paulo, que permite STOP OVER – e aí está a grande diferença: para que não tenham problema de super lotação nos vôos, você define suas paradas no momento de compra, o que te “reserva” um assento no vôo escolhido, mas não existe uma “passagem” comprada (é meio confuso, mas funciona).

- ALTERAÇÕES APENAS EM LOJAS TAM

Não adianta telefonar, ou ir em uma loja TAM Viagens – aquelas de shopping. Alterações em viagens GIRO TAM somente podem ser feitas na loja da Augusta ou nas lojas dos aeroportos. Somente. Não há exceção.

Infelizmente, no atendimento telefônico eles dizem que pode ser feito “em qualquer loja TAM”, o que me induziu ao erro, e perdi horas me deslocando de um lugar para outro para alterar o meu bilhete.
Também ressalto que há taxa para alteração / remarcação: R$ 80 para alterações efetuadas ANTES do primeiro vôo, R$ 130 para alterações realizadas APÓS o primeiro vôo.

- LIMITAÇÕES DE SERVIÇOS

Check in pela internet? Reserva de assentos? Esqueça. Como o localizador é “virtual”, nenhum destes serviços está disponível. Não é possível fazer check in pela internet, nem naqueles tótens de auto atendimento, e o assento você reserva na hora, no balcão. Ruim pra mim, que gosto de escolher o lugar (últimas fileiras, na janela), mas nada que tire o mérito do serviço em si.

- SEM “VALORES PROMOCIONAIS”

Valores “super promocionais” não são válidos para adquirir pacotes Giro. Você paga o valor normal de um trecho, ida e volta, e a base tarifária utilizada permite STOP OVER. É importante frisar que nenhuma passagem promocional (daquelas de feirão e coisas assim) permitem paradas intermediárias, ou seja, não são válidas para o Giro.

- PONTUAÇÃO NO PROGRAMA FIDELIDADE

Cada trecho pontua individualmente no Fidelidade, e equivale a 90% da pontuação “normal”. Eu nunca entendi muito bem esse lance de percentual da pontuação, mas tá valendo…

Estes pontos são em relação a compra e alteração do bilhete.
Considerando a viagem em si, posso dizer o seguinte: vale a pena.

O trecho cobrado foi São Paulo – Fortaleza, R$ 256 cada trecho. Sei que existem valores promocionais em outras companhias, mas fazendo uma “conta rápida”, imagine que eu fosse fazer cada trecho separadamente (e imaginando também um valor promocional em cada trecho):

SÃO PAULO – SALVADOR: R$ 64
SALVADOR – RECIFE: R$ 64
RECIFE – NATAL: R$ 64
NATAL – FORTALEZA: R$ 64

Considerando estes valores, e sabendo que a cada um deles eu também tenho de acrescentar a taxa de embarque (variável dependendo do aeroporto de embarque), eu dificilmente conseguiria viajar pelo preço sugerido no Giro TAM (principalmente considerando que parte da viagem foi realizada durante o feriado de finados, em novembro); somente a ida já estaria mais cara que o valor que eu paguei. Ainda devo lembrar que a maior parte das passagens promocionais te obrigam a fazer ida e volta, o que inviabilizaria um “tour” pelo Nordeste. Ponto pra TAM.

É um pouco ruim você ter de definir até mesmo o horário das viagens já no momento da compra, mas você acaba se acostumando. Afinal, em viagens normais você também acaba definindo seus horários na compra, não é mesmo? Seria ótimo poder entrar “em qualquer vôo” do trecho com destino à cidade escolhida, mas, no último trecho que fiz, percebi por que isso não é possível: o vôo estava lotado, e os dois próximos horários também estariam cheios (eu poderia, neste caso, ter ficado sem viajar na data desejada, ou ser obrigado a esperar um horário menos movimentado – imagine só, 4 – 5 horas esperando dentro do aeroporto, com aquele sol maravilhoso brilhando do lado de fora!).

No mais, não tenho do que reclamar.
Meu roteiro foi o seguinte (mochileiro total, ficando em albergue ou pousada a menos de R$ 50):

23 / OUT – SÃO PAULO / SALVADOR (Salvador, Praia do Forte)
26 / OUT – SALVADOR / RECIFE (Maracaípe, Porto de Galinhas, Olinda)
30 / OUT – RECIFE / NATAL (Tibau do Sul [Pipa], Ponta Negra)
03 / NOV – NATAL / FORTALEZA (Morro Branco, Praia das Fontes, Canoa Quebrada, Cumbuco)
05 / NOV – FORTALEZA / SÃO PAULO (que pena… de volta…)

Fui obrigado a voltar na sexta, pois sábado teria um casamento de um amigo. Já o xinguei bastante, pois voltaria hoje (dia 08 / NOV) de minha viagem…
Exceto o primeiro vôo, do dia 23, que realizei a noite, todos os outros foram em horários muito decentes – próximo do horário de almoço -, inclusive sendo o trecho Recife / Natal completamente lotado.

Enfim, fiquei com uma ótima impressão do serviço, e pretendo utilizá-lo mais vezes (visto que pretendem expandir para outras cidades já no próximo ano).

categorias Tam

34 comentários para “Giro TAM: um leitor testou e aprovou

  1. Marconi

    Show de bola, pode fazer esse percuso pelo sul também. Curitiba, Navegantes (balneário Camboriú), Floripa e Porto Alegre.

    Pelo que li a grande desvantagem é nao poder comprar pela internet e se programar, tem que ir a loja e ja dizer na bucha os dias e horarios.

    Responder
    1. Sidnei

      A programacao vc ate' pode fazer pelo telefone, sim… Vc pede os horarios aproximados e o atendente te da' a disponibilidade dos voos de acordo com o horario preferido.

      Quer uma dica? Va' ate' o site, simule a sua viagem (no site voce ve todas as rotas possiveis de se combinar), planeje as datas e ai' sim ligue para a central da TAM, para ter os horarios.

      Outra dica: pegue os dois trechos da ponta (primeiro e ultimo voos) em horarios nao muito disputados, isso faz com que o preco caia bastante. Eu, por exemplo, paguei o valor minimo praticado com taxas.

      Quanto a fazer esta rota pelo sul, ate' quando eu comprei a minha passagem nao estava disponivel, nao. Tentei verificar a disponibilidade agora, mas o site da TAM esta' muiiiiito mais lento que o normal. Vou verificar depois…

      Responder
      1. Sidnei

        Acho que ela se refere 'a informacao do atendimento, de que podem ser efetuadas alteracoes em "qualquer loja TAM", o que nao e' verdade.

        Mas, realmente, foi o unico "problema" que tive.

        Responder
    1. Sidnei

      Acredito que seja dificil incluirem Campinas, ao menos nesta fase inicial…

      Mas, de qualquer forma, o onibus Campinas – Sao Paulo sai quase R$ 25, entao acaba compensando mesmo que tenha de vir para Sao Paulo.

      Vindo ate' o Tiete, vc embarca no metro direto ate' a Praca da Arvore, e dali um urbano (R$ 2,70) ou taxi (mais ou menos R$ 25) ate' o aeroporto. Acho que o taxi nao vale a pena, pq o onibus leva menos de 20 minutos do metro ate' Congonhas, mas e' questao de gosto e bolso… ;)

      Responder
  2. Marcos Fonseca

    Nossa não tinha conhecimento desta opção pela TAM… muito boa para ser feita uma viagem em baixa temporada para o nordeste brasileiro !!!

    Responder
  3. Kátia Cris

    Sidnei, quero fazer mais ou menos esse roteiro ano que vem. Adorei seu relato e gostaria de saber se pode me ajudar com informações extras dos lugares (tipo hospedagem super baratas que ficou. rs)

    Obrigada

    Responder
  4. alcides costa

    a tam tem muito que aprender!aliás todas empresas aereas nacionais precisam ver que nos anos oitenta eu estava morando em lisboa e quando viajei ao Brasil certa ocasião comprei o Brasil air passe que pude viajar por varios lugares durante vinte dias sem repetir o trecho durante todo territorio nacional e depois voltar ao exterior,porque não fazem isso interno para fumentar o turismo e melhorar a vida dos Brasileiros.
    poeta cidinho.

    Responder
  5. Jose Araujo

    Pessoal, estive recentemente em Natal e Joao Pessoa, Moro em Fortaleza, sou Cearense, Eu não entendo o encanto em conhecer isso aqui. Cidade Suja, fedorenta, feia esburacada. Conheçam Natal, Joao Pessoa, principalmente a praia do Jacaré. Comparem com isso aqui, e voces vão ver que aqui é um Lixo, graças a Nossa prefeita e nosso Governador.

    Responder
  6. Mariana Dias

    Huum, otimo post!

    Eu já moro em Natal, então queria que meu giro fosse pra sudeste/sul! Pena que não possa partir daqui! =/ Tomara que a TAM faça partindo daqui pra lá!

    Acho que vale mto a pena, não vejo nada a reclamar com essa questao de 'marcar antes'que foi citada. Se pudesse, eu compraria o Giro TAM sem pensar duas vezes!!

    Responder
  7. Edwagner Rodrigues

    Um "passarinho azul" me contou que a AZUL está preparando algo parecido (senão semelhante) ao Giro TAM, claro que já existe o Passaporte Azul, então talvez foi a TAM que se inspirou no programa. Perfeito para Mochileiros hein…

    Responder
  8. cristiano

    impossivel programar em ipatinga mg, o preço é meio giro, isto é, nao inclui a volta, a não ser que nem os atendentes do telefone da tam sabem.

    Responder
  9. Nilva

    Ok, moro em Campo Grande-MS, e gostei da sugestão de conhecer nosso Brasil atravez da TAM -giro rápido,vou me informar e quem sabe próxima viagem poderá ser bem mais longa e divertida.

    Responder
  10. João Filho

    Eu adoro fortaleza,você não gosta por que mora aí, é uma cidade linda, vale muito a pena conhecer. Moro em Campo Grande – MS e creio que pra quem quer fazer uma viagem boa pelo nordeste não pode deixar de incluir Fortaleza, Natal e Recife. Eu realmente deixaria de fora Salvador, fui pra lá semana passada, fui assaltado, complicada a situação. Já estou pensando na minha próxima viagem, mesmo partindo de SP, pra mim compensa financeiramente pegar um vôo pra Campinas pela Azul, lógico que organizar com antecedência os locais e horários, ir para São Paulo pelo próprio ônibus da azul e de lá fazer a viagem.

    Responder
    1. Jorge Felipe Santos

      Assalto existe em todo lugar. se tu fores a Fortaleza fique esperto principalmente na Praia do Futuro que é a unica própria para banho pois as Praia de Iracema, Meireles e Mucuripe são improprias pois o esgoto da cidade desemboca por ali, bem na zona hoteleira. Só posso concordar com o Jose.

      Responder
  11. Sônia

    Adorei as dicas. Certamente a tendencia será ficar melhor, especialmente com a concorrencia da AZUL, excelente companhia aérea na qual tive o prazer de viajar recentemente. Poltrinas largas, ótimo atendimento e excelente serviço de bordo.

    Responder
  12. sandra de souza

    Pessoal de Campinas e região. tem uma empresa de ônibus (Caprioli) que vai direto para Cumbica e Congonhas. Vários horários, todos os dias. Saída e chegada na rodoviária de Campinas. Sempre uso. Vale a Pena!

    Responder
  13. sandra de souza

    Eu também moro em Fortaleza (mas sou paulistana).Adoro esta terra! Problemas, todas as cidades tem. E aqui no Ceará, ainda existem ótimas opçóes para os turistas (Cumbuco, MOrro Branco, Canoa Quebrada, Jericoacara, etc) só pra citar as mais conhecidaas. E ainda, pra quem quiser conhecer tem as serras (Guaramiranga é linda e fica pertinho de Fortaleza).Enfim….um dos lugares mais lindos do Brasil.

    Responder
  14. Cleidinha

    O Giro TAM é tudo de bom! Adorei a viagem que fiz!!!! Parabéns ao inventor =D Grandes ideias nos levam a conquistar mtos sonhos :)

    Perfeito!! A TAM está de parabéns :)

    Responder
  15. Pingback: Stopover - o que é e como funciona

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>