American Airlines e US Airways devem concluir fusão em dezembro criando a maior companhia aérea do mundo

Denis Carvalho 13 · novembro · 2013

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A maior companhia aérea do mundo está prestes a nascer. A American Airlines e a US Airways conseguiram resolver os questionamentos judiciais do Departamento de Justiça dos Estados Unidos e administrativos e têm agora o caminho livre para concluir sua fusão, prevista já para o mês que vem.

Para conseguir a liberação, as companhias aéreas vão abrir mão de 52 pares de slots (horários de voo) no aeroporto de Washington e outros 17 em Nova York La Guardia , bem como alguns portões e estruturas conexas para apoiar o serviço nesses aeroportos.  As companhias também cederão dois portões e instalações de apoio nos aeroportos de Boston, Chicago, Dallas, Los Angeles e Miami. 

Outro compromisso assumido foi a manutenção de centros de conexões em Charlotte, Nova York (Kennedy), Los Angeles, Miami, Chicago (O’Hare), Filadélfia e Phoenix por pelo menos três anos.

american-airlines-unitedA nova companhia terá valor estimado de US$ 11 bilhões e os administradores têm a expectativa que o trabalho conjunto vai gerar um retorno superior a US$ 1 bilhão por ano a partir de 2015, por meio do aumento da receita e corte de custos. A conclusão da fusão permanece sujeita à aprovação pelo Tribunal de Falências americano.

A união de companhias aéreas reduz a concorrência e nunca é positiva para os passageiros, mas é uma tendência mundial no setor, onde por décadas as empresas sofreram com problemas financeiros e falências.

É interessante observar que neste novo cenário o Estados Unidos passarão a ter três empresas aéreas gigantes, cada uma em uma aliança mundial: Delta na SkyTeam, United na Star Alliance e American Airlines na OneWord. No Brasil essas gigantes americanas devem se posicionar assim: Delta parceira da GOL, American Airlines da TAM e, até o final do ano que vem, United da Avianca Brasil, que deve ingressar na Star Alliance como a Avianca internacional.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe