Furtos em Orlando e Miami: veja dicas de segurança e saiba como se prevenir!

Denis Carvalho 24 · setembro · 2014

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Os furtos a viajantes em Orlando e Miami ganharam notoriedade nacional nesta semana, graças aos casos de alguns turistas que tiveram os quartos invadidos e os bens levados durante suas férias. O portal G1 traz o triste relato de Adriana Barcelar, que junto com a irmã e duas amigas teve o quarto invadido e o cofre arrombado, com o furto de dinheiro, passaportes, roupas e itens que havia comprado. No Globo mais um caso lamentável, que teve como vítimas  o casal Nathalya Bucher Hoerlle Godoy e Igor Godoy, que estava hospedado no hotel Disney All-Star Sports Resort, dentro do complexo Disney.

De acordo com o Consulado-Geral do Brasil em Miami, a prática de furtos a quartos de hotéis de brasileiros na Flórida não é algo tão comum. Em 2013, foram notificadas 224 ocorrências, e este ano, até ontem, já foram notificados 223 casos de furtos, o que dá uma média de um furto por dia. Do total de vítimas, 133 tiveram seus veículos arrombados. Pode parecer pouco diante da massa de 1,7 milhão de brasileiros que visitam a região por ano e mesmo dos índices de criminalidade no Brasil, mas não deixa de ser algo grave, visto que as vítimas muitas vezes têm as férias arruinadas e um grande dano material e psicológico. 

Para se precaver da ação dos criminosos, vale a pena tomar algumas atitudes tanto na escolha do hotel quanto durante sua estadia nas cidades americanas. Nesse ponto, vale ouvir as dicas do especialista Felipe Almeida, do ótimo blog Vai pra Disney:  “Como toda a cidade turística, o que não falta em Orlando são hotéis. Espalhados por todos os bairros da cidade, alguns hotéis são mais vulneráveis do que outros. Eu mesmo, nunca sofri nenhum tipo de assalto ou roubo na cidade, mas relatos de amigos e de outros turistas me fazem ficar mais alertas do que nunca na hora de escolher o meu hotel”.

Segundo ele, uma questão importante a ser avaliada é a localização: “Procuro sempre ficar em hotéis mais afastados das zonas mais centrais, como a região da International Drive. Por ter muitos turistas, principalmente brasileiros que gastam milhares de dólares em compras, essas regiões acabam sendo mais visadas pelos oportunistas. Em geral, gosto dos hotéis que ficam em Lake Buena Vista, que as vezes são levemente mais caros, mas sem dúvida menos foco de assaltos”.

Algumas dicas importantes listadas pelo Felipe:

1. Pelo Trip Advisor, verifique se algum hospede já teve problemas com roubos e assaltos naquele hotel. Já deixei de ficar em hotéis pois li comentários de pessoas que tinha sofrido algum tipo de perda.

2. Pergunte se o seu hotel tem cofre, para que você possa deixar algum bem de maior valor.
Evite hotéis sem recepção e sem nenhuma forma de controle de acesso. Nos EUA muitos hotéis são abertos e tem somente uma recepção do lado de fora e sem nenhuma outra forma de controlar o acesso, deixando a passagem livre pra quem quiser entrar. Chamados de motéis (não confunda com os motéis que conhecemos no Brasil), esse tipo de hotel fica muito vulnerável a qualquer tipo de roubo.

3. Não deixe o seu passaporte no hotel, a menos que ele esteja trancado no cofre. Os mais cautelosos não confiam nem nos cofres e não cogitam deixar o passaporte no hotel em hipótese alguma. Esse é o seu único documento válido no exterior, então prefira sempre andar com ele muito bem guardado. Além disso, deixe cópias das primeiras folhas do seu passaporte mais da folha do visto no hotel, caso você perca o original. A cópia não tem validade nenhuma, mas pode te ajudar na hora de conseguir dados para falar no consulado em caso de perda ou roubo.

4. No quarto, deixe suas compras dentro das malas com cadeado e evite deixar os eletrônicos muito à mão, especialmente se você usar o serviço de arrumadeiras. É lógico que nada disso evita um potencial furto, mas pode dificultar um pouco a ação dos oportunistas. Além disso, nunca deixe sacolas e caixas das suas compras do lado de fora do seu quarto no hotel. Esse é um sinal claro que você fez muitas compras. Assim que guardar as suas compras, se desfaça de todas as sacolas em algum ponto longe do seu quarto.

5, Uma outra coisa, que parece besteira, mas eu sempre faço é deixar a televisão do quarto ligada. Assim, sem arrumadeira e com um barulho vindo de dentro do quarto, eu imagino que posso estar prevenindo um roubo.

6, Verifique a porta do quarto sempre que sair dele. Isso porque as vezes a porta fica emperrada e não fecha completamente. Quem estiver passando por ali pode ficar tentado a entrar no quarto. Lembre-se: a oportunidade faz o ladrão.

7. Faça suas compras, entre no carro e vá direto para o hotel – Ir do shopping direto para o hotel é a melhor forma de evitar que te sigam e te abordem na sua próxima parada. Esse é um golpe muito comum dos ladrões em Orlando. Se não tiver jeito de ir pro hotel, tenha atenção redobrada para garantir que não está sendo seguido e coloque TODAS as compras no porta-malas.

8. Tente estacionar o carro próximo dos guardas dos shoppings ou perto das portas das lojas – sei que nem sempre isso é possível, mas com certeza vale a pena o esforço extra para garantir que ninguém vai te abordar quando você estiver guardando as suas comprinhas. Se o ladrão puder escolher, ele vai roubar quem estiver com o carro mais longe do shopping, onde é mais difícil dele ser pego em flagrante. 

Vale observar ainda as dicas do Consulado:

– Estacione seu veículo em local seguro.

– Jamais deixe pertences no veículo (como passaportes, sacolas de compras, produtos eletrônicos).

– Na praia, não deixe seus pertences desacompanhados.

– Não entregue seus pertences a estranhos (ex: ao experimentar roupas em lojas de vestuário, não permita que o vendedor guarde seus pertences).

– Fique ainda mais atento em locais movimentados e frequentados por turistas, como centros de compras, hotéis, parques temáticos e estacionamentos (pagos ou não).

– Tome os mesmos cuidados que você tomaria em qualquer outro grande centro urbano.

– Para sua segurança, mantenha cópias, em meio eletrônico ou com parentes no Brasil, de documentos importantes, como passaporte e carteira de identidade. As cópias poderão eventualmente dinamizar o processo de obtenção de documento de viagem em caso de furtos.

Em caso de furto:

– Contatar a polícia local a fim de registrar queixa (“file a report”).

– Contatar o Consulado-Geral em Miami a fim de comunicar o ocorrido, em especial em caso de perda de documentos.

– Tão logo regresse ao Brasil, comunique o fato também às autoridades policiais brasileiras e aos órgãos emissores dos documentos furtados.

Contatos:
Consulado-Geral do Brasil em Miami – Setor de Assistência a Brasileiros
Tel. ++ 1 305-285-6251 / 305-285-6208 / 305-801-6202 e 305-801-6201
E-mail: assistencia.miami@itamaraty.gov.br
Site: miami.itamaraty.gov.br

E você? Já teve alguma experiência desagradável na Flórida? Tem mais alguma dica de segurança para compartilhar? Deixe seu comentário e participe!

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe