Furto de milhas: saiba como não ser a próxima vítima

Denis Carvalho 11 · janeiro · 2012

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Com a facilidade oferecida pela Internet, as movimentações das contas dos programas de milhagem passaram a ser feitas quase exclusivamente online. Consultas, emissões e compras podem ser feitas com poucos cliques sem que o cliente tenha de se deslocar a alguma loja ou perca tempo no telefone. Essa facilidade, contudo, trouxe consigo um perigo cada vez mais constante: os golpes e armadilhas para furtar as milhas dos clientes.

Muitos leitores têm nos informado sobre estes crimes e alguns chegam a relatar que foram vítimas e viram milhares de seus pontos desaparecerem de uma hora para a outra de sua conta no programa de fidelização. Para orientar e alertar nossos leitores, preparamos este post com dicas simples e básicas, que certamente tornarão mais difícil que suas preciosas milhas caiam nas garras dessas quadrilhas.

Os cuidados que você precisa ter são basicamente os mesmos que têm com a sua conta bancária. O funcionamento dos sites dos programa de fidelidade é bem parecido com o dos bancos via internet e as técnicas utilizadas para roubar milhas são basicamente as mesmas que usam para roubar as senhas bancárias.

1. Cheque sempre o seu saldo: TAM e GOL enviam a seus clientes um resumo mensal por e-mail de suas contas nos programas Fidelidade/Multiplus e Smiles, respectivamente. Confira com atenção seu saldo e não deixe de entrar na página de seu programa periodicamente para acompanhar a movimentação com mais detalhes, avisando imediatamente a empresa caso haja alguma divergência.

2. Não abra e-mails suspeitos: Promoções tentadoras de milhas reduzidas, prêmios, bônus e outras promessas levam milhares de pessoas a clicar em mensagens falsas, chamadas de phishing. Esses e-mails levam a páginas das quadrilhas onde o usuário desavisado insere os dados de sua conta, fornecendo os mesmos aos criminosos. Outras vezes estes sites instalam programas maliciosos (malwares) capazes de furtar dados do computador da vítima. Para evitar esses golpes, jamais clique em e-mails de origem duvidosa, fora do padrão, com erros de ortografia, com ofertas de prêmios em milhas e principalmente solicitando dados cadastrais. Achou a promoção boa demais? Acesse o Melhores Destinos e veja se postamos algo sobre ela ou ligue na companhia aérea.

Veja abaixo dois exemplos de falsos e-mails do TAM Fidelidade.

3. Observe os alertas das empresas aéreas: As empresas estão sempre alertando seus clientes sobre esses problemas, mas muitas vezes as pessoas ignoram esses avisos. Veja o texto divulgado pela TAM em seu site e também o texto divulgado pela GOL.

Outros cuidados que valem tanto para os programas de fidelidade como para bancos e outros serviços.

4. Jamais exponha seus dados: Tenha muito cuidado com o que revela em redes sociais, salas de bate-papo ou mesmo por e-mail – há arquivos maliciosos que podem fazer a leitura de suas mensagens e extrair de lá informações e senhas. Além disso desconfie de pessoas que se oferecem para “ajudá-lo” a obter mais milhas. Os criminosos também podem tentar tirar proveito de usuários se passando por compradores ou vendedores de pontos: esteja sempre atento!

5. Instale um bom antivírus: Se você usa Windows já deve estar cansado e ler isso. Um antivírus sempre atualizado em seu computador é vital para sua segurança. Mas ele não é garantia de que você não terá sua senha roubada. Dê preferência a modelos que contem com rastreamento de vírus e arquivos maliciosos em sua máquina, e-mails e navegação, alertando para páginas falsas ou mal intencionadas. Muitos antivírus gratuitos já englobam essas funções.

6. Utilize versões atuais de navegadores modernos:  as versões mais recentes de navegadores como  Google Chrome ou o Mozilla Firefox, já trazem recursos para bloquear sites maliciosos. Mas assim como os antívirus, isso não é garantia de segurança, apesar de ajudar a dificultar o trabalho dos golpistas.

7. Cuidado com computadores públicos: Acessar seu programa de fidelidade, e-mail ou site bancário em computadores públicos nunca é recomendável, mas por vezes você precisa fazer isso durante uma viagem se valendo de equipamentos de lan houses, hotéis e aeroportos. Se isso ocorrer, lembre-se de fazer o logout (sair da página) antes de deixar o computador e se possível exclua os dados de navegação, como histórico e opções de auto preenchimento. Assim que tiver acesso a uma máquina segura é recomendável a troca das senhas utilizadas.

8. Denuncie erros e fraudes: Ainda que você siga todas as recomendações de segurança há sempre o risco de ser uma vítima de golpistas na Internet e outros criminosos que podem obter seus dados invadindo a página das companhias ou por outros caminhos ilegais. Neste caso, assim que perceber a alteração no valor das milhas questione a companhia aérea e peça medidas de ressarcimento. Você também pode buscar auxílio junto ao Procon de sua cidade. Para isso fala uma carta relatando com detalhes todo o ocorrido e a leve consigo ao posto de atendimento mais próximo.

Seguir essas dicas básicas, como dissemos, não são garantia de que você nunca terá problemas, mas certamente reduzirá muito o risco de ver suas milhas ou pontos usadas de maneira indevida por alguma quadrilha!

Tem mais alguma dica bacana? Já teve algum problema nesse sentido? Compartilhe nos comentários abaixo e ajude os demais leitores!

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe