Funcionários das empresas aéreas marcam greve para o dia 23

Leonardo Marques 16/12/2010 às 5:52h 128 Comentários

É isso mesmo que você está pensando… depois de várias semanas de negociação e nenhum acordo, a greve está marcada para o dia anterior ao da noite de natal.

Essa negociação se arrasta há meses e os boatos de paralisação estavam muito fortes, mas esperamos uma definição para não ficar postando boatos aqui no Melhores Destinos. Infelizmente, ontem, aeronautas e aeroviários decidiram iniciar a greve no dia 23/12, a próxima quinta-feira.

O número de voos cresceu muito nos últimos 12 meses, além disso eles estão muito cheios esse ano, isso somado a essa greve promete muita confusão nesse final de ano.

Segundo o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias, eles já fizeram 6 reuniões com os patrões e não houve avanço nas negociações, por isso não faz sentido fazer outra reunião antes do dia 23.

De qualquer forma, vamos torcer para que patrões e funcionário consigam chegar a um acordo antes do dia 23 e evitem essa greve. Certamente já temos problemas suficientes para os voos de fim de ano.

128 comentários para “Funcionários das empresas aéreas marcam greve para o dia 23

  1. Vinicius

    Pessoal, eu tenho vôo marcado no dia 23!! Alguém sabe como devo proceder em caso da greve? Qual a responsabilidade da companhia área? Minhas passagens estão ate pagas.

    Já estou pensando no plano B, que é enfrentar 14hs de estrada, mas não queria ter prejuízo duplo…

    Obrigado!

    Responder
    1. Anderson

      Vinicius, to no mesmo barco que vc! Minhas passagens BSB-CGH-BSB (23/12 – 27/12) estao compradas faz um mes.. Sera que alguem pode tirar essa duvida: "Alguém sabe como devemos proceder em caso da greve? Qual a responsabilidade da companhia área?"

      Responder
    2. Fernando

      Resolução 141 da ANAC. Depois de 4 horas de atraso, o passageiro pode solicitar o reembolso do valor pago. Sugestão: compre a passagem rodoviária para horário/dia posterior ao da passagem aérea. Se perceber que vai conseguir voar, cancele a passagem rodoviária e pague apenas os 5% de multa da passagem rodoviária. A empr aérea cobra 20% ou mais se vc desistir da viagem, se não for por atraso do voo.

      Responder
  2. Alexsander

    Tenho voo marcado para o dia 24! como ficaria a situação?! minhas passagens estão pagas a dois meses! quem seria o responsável? Isso realmente é lamentável!

    Responder
  3. Regiane

    Eles apenas estão usando a ferramenta que possuem.. Também tenho viagem programada e provavelmente serei prejudicada, porém acho justíssimo o trabalhador pressionar da forma que for possível pela valorização de seu trabalho!

    Responder
  4. luciano

    olha essa é a minha opinião: eu acho que essa greve nao vai acontecer, pois seria um prejuizo muito maior para as companhias aereas, deixar a greve acontecer do que atender as reividicações de seus funcionarios, e outra se as negociações nao foram para frente, pode ter certeza que o governo vai entrar na parada. afinal de contas o Brasil vai sediar dois mega eventos nos proximos anos, seria uma imagem negativa do nosso pais para o mundo todo se essa greve realmente acontecer, nesse momento o nosso país precisa mostrar que esta preparado para receber os grandes eventos, mesmo sabendo que hoje o Brasil nao está preparado, mas o governo náo pode deixar que o mundo todo saiba disso, então eu acho que como a greve ja é anuciada da tempo do governo federal intervir e resolver esse impasse antes do dia 23.

    Responder
    1. angela

      Teu comentário está perfeito, o governo tem tempo para agir. Afinal de contas, depois da "guerra" no Rio, que tomou conta do noticiário internacional, essa paralização aeroviária, seria mais uma "sujeira" para o país que sediará uma Copa do Mundo e Olimpíada!

      Torço pra que eles raciocimem desta forma pois tenho vigem marcada para o dia 23!

      Responder
  5. Fabiana

    Bom dia, eu espero que tudo se resolva, concordo com o Luciano seria lamentavel esse aconteçimento para a imagem do Brasil uma greve em vespera de natal ninguem mereçe (tambem tenho viagem marcada para dia 23/12).

    Ficarei sempre atenta as novidades pois não quero passar horas no aeroporto.

    Responder
  6. camila

    Concordo! Também tenho passagem marcada e paga, mas acho que depois de uma greve nas vésperas do Natal, os patrões (e nós) valorizaremos mais o trabalho desse pessoal.

    Responder
    1. luciano

      PARA UM PAÍS QUE QUER SEDIAR DOIS MEGA EVENTOS DE ALCANCE MUNDIAL, PRECISA TOMAR PROVIDENCIAS URGENTES, OS FUNCIONARIOS TEM TODA RAZÃO DE RECLAMAR, POIS OS AEROPORTOS NAO ESTÃO SUPORTANDO MAIS O CRESCIMENTO DE PASSAGEIROS DA ULTIMA DECADA, POIS HOJE AS CLASSES C E D QUE ANTES NÃO PODIAM VIAJAR POR CAUSA DOS PREÇOS ALTOS, HOJE ESTÃO VIAJANDO, E AS COMPANHIAS AEREAS E AS INFRANSTRUTURA DOS AEROPORTOS E A QUALIFICAÇÃO DE PESSOAL NAO ESTAO ACOMPANHANDO O CRESCIMENTO ACELERADO DE PASSAGEIROS NOS ULTIMOS ANOS. O GOVERNO PROMETEU INVESTIR EM MELHORAR E AMPLIAR OS AEROPORTOS, MAS ATE AGORA NADA, AS COMPANHIAS AEREAS NAO INVESTEM EM CONTRATAÇÕES SOBRECARREGANDO OS SEUS JA POUCOS FUNCIONARIOS, ISSO É O CHAMADO AÇÃO E REAÇÃO, ESSA GREVE É APENAS UMA CONSEQUENCIA.

      Responder
  7. Marcelo

    Gente isso é lamentavel, mas tambem pode ser uma jogada das compahias aeras junto aos orgaos competentes quanto ao um caus aero que pode ocorre no fim de ano e podem estar falando para nos que vai ser Greve de funcionarios.

    Responder
    1. Luciana E.

      Quem você acha que tem mais força: um sindicato ou uma empresa milionária? Lembre-se que a corda sempre arrebenta no lado mais fraco.

      Acho correta a paralisação. O maior fluxo de voos será dia 23 então será o momento ideal para chamarem a atenção para sua situação.

      As companhias aéreas ganham muito dinheiro, mas os últimos a verem a cor dele são os funcionários. O recente caso da gol, com jornadas abusivas de trabalho, mostrou só a pontinha do problema.

      Não acho que o Governo Federal tenha a obrigação de agir, e essa conversa de que a imagem do Brasil vai ficar mal no exterior não cola.

      Acho que a gente deveria aproveitar a propícia época do ano e tentar entender os funcionários e além disso termos EDUCAÇÃO ao tratar-mos os prestadores de serviços em geral.

      Responder
  8. func.tam

    Relaxa pessoal, funcionario de empresa aerea nao faz greve. Se houve algum dia algum caos eh inteira culpa das compainhas ou orgaos que manipulam a aviacao. Tripulante morre de medo de paralizar, 95% deles nao sabem fazer nada alem de voar entao se perderem o emprego nas 2 unicas compainhas q tem no brasil irao morrer de fome. Em especial a tam nao paraliza mesmo. Boas ferias para vcs pois para nos tripulantes serah o caos. Alguem tem q fazer o trabalho sujo.

    Responder
  9. Roberto Cipriani

    Eu já imaginava que isto poderia acontecer, pois vendem passagens a prêços de banana e se negam a dar reajustes aos funcionários. Srs. Patrões parem de dar descontos e paguem os reajustes de salários justos ao funcionários, e boa viagem aos que podem viajar sem descontos.

    Responder
  10. Floriano

    Demite tudo esses mer**, que saco isso, da uma raiva. Sempre quem se ferra somos nos, passageiros. Tem que deixar sempre emprego mesmo pra ver como é bom.

    Espero que isso se resolva logo.

    Responder
  11. Diego Dienstmann

    Prezado Léo (Melhores Destinos), bom dia!

    Você teria alguma ideia de até quando essa greve acontecerá?

    Tenho viagem marcada pela GOL no dia 29/12.

    Será que essa greve se estenderá até esta data?

    Um abraço,

    Diego

    Responder
  12. Marcos Fonseca

    Muito lamentável essa noticia !!! Certo que todos temos e procuramos nossos direitos, isso somente mostra a realidade, desorganização e falta de planejamento dos orgãos responsáveis pelo nosso sistema aéreo brasileiro… nota zero para eles !!!

    Responder
  13. Thaís,

    Bom pessoal, sei que muitos aqui tem viagens marcadas para tal período e ficam revoltados com a atitude tomada pelos aeroviários e aeronautas, mas vejam só, vocês preferem viajar com pessoas insatisfeitas, pessoas que estão cansadas pois estão fazendo voos extras, ou zelar pela segurança de vocês?? Vocês preferem colocar a vida de vocês em risco?? Muitas companhias hoje operam com poucos funcionários, e os que têm ficam sobrecarregados, os salários estão sim defasados, as responsabilidades são grandes, ou vocês acham quem é fácil?? Pessoal e final de ano vocês acham que os governantes vão estar preocupados com as nossas férias?? Eles estão mais preocupados com o aumento de seus salários do que com a qualidade dos serviços prestados a seus eleitores, isso e uma vergonha, como já citado assim um país que irá ser sede de competições tão importantes e que esta sendo assistido mundialmente, já não basta sermos conhecidos por trafico, prostituição, roubos no congresso, agora por greve de trafico aéreo… Mas assim estou de acordo com tal greve, pois pelo visto nossos governantes só funcionam quando rodeados de pressão e mídia…. Lamentável mas assim a data é show de bola… Caos Aéreo o/.

    Responder
    1. Pedro

      greve no setor aéreo é extremamente comum.

      Isso não é coisa do Brasil. Já fiquei no chão em Praga, Lisboa e Toronto. O que acontece é que as greves são regulamentadas. A lufthansa para, mas a air france continua voando. Tem que ser comunicadas com antecedencia prevista em lei, a companhia tem que dar soluções, e jamais a justiça laboral permitiria greve em uma data como essa.

      A Espanha semana passada estava com greve de controlodores. O que o governo fez foi ameaçar a tomar conta com controle militar do espaço aéreo.

      Outra coisa é que as empresas são 100% provadas, graças a Deus, e o governo não tem o menor controle de salários, as negociações Sindicato-Empresa, não passa pelo poder público. As empresas ofereceram 6,5%, valor de inflação, e o caras querem 15%. Absurdo! Queria eu ganhar reajuste de inflação de 15% quando a inflação do ano passado ficou em menos de 6%.

      São pilantras e aproveitadores que fazem isso!!! Isso não é coisa de gente honesta! 23/12 fazer greve só pode ser piada!

      Responder
  14. Pedro

    O nome disso é pilantragem!

    Por que não fazem uma greve em uma quarta feira de baixa estação?

    Querem é ferrar ou outros.

    É tudo uma bagunça! E provavelmente a justiça do trabalho não ta nem ai… e se essa greve for considerada legal, quem vai se ferrar é o passageiro!

    O mínimo que tem que ser feito é a justiça do trabalho considerar a greve ilegal, por que estão se aproveitando de uma situação de fragilidade!

    lamentável

    Responder
  15. José Wanderso

    Nossa ainda bem que viajo no dia 21/12, e tomara que eles não resolvam adiar essa greve, acho que as companhias aereas não irão deixar isso acontecer, ate porque esse ano para muita gente é a 1ª viagem de avião, e é a primeira impressão que conta

    Responder
  16. Vagner Viana

    Trabalho no ramo de viagens a 20 anos. E não tenho nenhuma surpresa referente a este e outros problemas, que a aviação civil no Brasil enfrenta. Falta muita boa vontade, esta que é a verdade. Grupos econômicos, fundos de investimento os quais controlam a maioria das CIAS aéreas, amarram a gestão estrangulando a operação com politicas de custos que visam aumentar os resultados. O descaso de um oligopólio ao consumidor final, beira o absurdo. Somos reféns se um mercado, irresponsável e caótico. Mas existem algumas maneiras de evitar o pior, tenham sempre um agente de viagens por perto, um bom profissional pode evitar que, você tenha inumeros aborrecimentos.O fator humano embora desprezado por muitos ainda é o diferencial neste mercado irracional. Quem viajava e tinha um agente durante a erupção do vulcão da Islândia, sabe bem o que estou dizendo.

    Responder
  17. Leandro Nunes Azeved

    Não acredito que o prejuízo seja do cliente nestas negociações, afinal os lucros destas grandes empresas é exorbitante.

    Como sempre, a negociação salarial é um embate histórico entre os que acumulam capital e os que trabalham exaustivamente para pouco ganho, mesmo que sejam fundamentais para a existência e manutenção do negócio. E este é mais um exemplo desta sentença!

    Não fosse isso, qual seria a necessidade dos Diretos Trabalhistas? Estes que garantem e regulamentam o piso salarial digno, as férias, a licença maternidade, etc.

    Mais uma vez, como em outros conflitos desta natureza, os aeronautas e aeroviários necessitarão, possivelmente, recorrer à justiça para terem seus direitos à correção salarial, ao tempo diário de serviço, ao mínimo de funcionários, e outras demandas de classe, respeitados.

    Enfim, este é o mundo capitalista em que vivemos! E bem ao modo norte-americano.

    Responder
  18. Simone

    Leo, eu vou viajar com a família, ao todo são 9 pessoas, incluindo 3 crianças, no dia 10/01/11. Tem alguma possibilidade de esta greve se estender até lá? Grata e abraços

    Responder
    1. Cristiano

      Sua data é muito longe… Nem deveria se preocupar. Meu caso e de outros passageiros é muito mais crítica! Tenho três voos para o dia 01/01 pela WEBJET.

      Responder
  19. Adalberto

    Acho sim que a greve, ainda seja um instrumento legítmo de reinvidicação de direitos de uma categoria, mas da forma que as coisas estão sendo feitas, como já temos vivenciado nos últimos dias… suspensão de vendas de passagens da TAM no final do mês passado, operação tartaruga nos aeroportos, dia 05/12 peguei um voo JJ 3512 que teve um atraso de 2 horas, com os passageiros todos embarcados, mas impossibilitados de decolar pela alegação de falta de pessoal que embarca as bagagens… é mole!?!? Até mesmo a tripulação estava indignada!!! E o comandante nos sugeriu procurarmos nossos direitos…

    Estou muito preocupado, que como muitos também serei prejudicado. Trabalho em AJU e moro em SP, faço este trecho quinzenalmente, e dia 23 retorno para SP, já para viajar para outro destino dia 24 por uma cia aérea gringa… Alguem sabe me dizer como ficaria neste caso? Em que a outra cia aérea, PLUNA – Uruguaia, não faz parte da greve??? A quem devo recorrer caso realmente seja deflagrada esta Greve!?!?!? E mais os agentes aeroportuarios como a Infraero também participarão?

    Responder
  20. junielly

    nossa!

    espero q essa greve não aconteça…tenho viajem marcada p/ essa data.mas tenho uma dúvida,se realmente essa greve for aprovada posso antecipar minha viajem pro dia 22,sem precisar pagar ataxa de remarcação? sim! pq nós passageiros não temos culpa de nada o q ta pra acontecer!!! esperança pra todos kkk

    Responder
  21. Fabi

    É óbvio que eles vão escolher um dia atribulado para fazer a greve, qual seria o sentido de fazer em baixa temporada? Isso se chama fazer pressão e nada mais justo. Se as pessoas pensassem menos no seu mundinho de "ai minhas férias vão ser prejudicadas" e sempre apoiassem decisões legítimas de reivindicações, os deputados brasileiros não aumentaria os seus salários em 62% sem ninguém dizer nada.

    Dou apoio total, mesmo que estrague as minhas férias.

    Responder
  22. Gláucia Gon&c

    Infelizmente acontece mas, se os funcionários não fizerem isso, não conseguem melhoria alguma: nem das condições de trabalho e nem de salário. A greve complica bastante o lado do passageiro sim mas consigo entender a situação dos funcionários. Resta saber como ficará a situação dos passageiros, para que não saiam prejudicados com a greve.

    Responder
    1. hewerton carminatti

      eles esquecem que nós passageiros tambem ralamos e ganhamos mau tambem e final de ano é uma luta pra conciguir comprar passagem cara pra chegar final de ano eles começar com essa palhaçada. tenho vergonha desse pais.

      Responder
  23. Luciana

    Férias??!! A maioria das pessoas quer apenas passar o Natal com a família!

    Sou a favor dos direitos trabalhistas, mas marcar greve para essa época é uma falta de humanidade muito grande! É realmente a pior época possível, se querem chamar atenção porque náo marcar para o Ano Novo? Ia atrapalhar a vida de muitas pessoas, mas pelo menos não é o Natal…

    O povo perdeu a noção mesmo…tem gente que mora longe e não pode ir pela estrada, pensem um pouco!

    Responder
  24. Ricardo

    Eles escolheram o dia certo se quiserem ser notados. Porém, o apoio popular vai por água abaixo, e toda a nação vai ficar contra eles. Imagina se todos os médicos e policiais entrassem em greve durante o carnaval, ou durante o Reveillon.

    Responder
  25. Gustavo

    Acho um absurdo isso. Me diz uma classe de trabalhadores que teve reajuste de mais de 10%, eu mesmo tive reajuste de 7,5% e não fiz greve por isso. Sou contra a greve, pois já fui comissário de vôo e acho que eles ja tem muitos benefícios que um trabalhador normal não tem. Te garanto, que tem um monte de gente que gostaria estar trabalhando no lugar deles. Mas também não defendo as companhias, pois as empresas sempre querem ganhar o máximo possível sem ver as condições dos funcionários, pensanso somente nos lucros, mas acho que tem outras formas de se resolver isso e não com greves, daqui a pouco qualquer motivo serve para paralização, prejudicando não somente turistas, mas grandes negócios de quem precisa fazer pontes aéreas.

    Responder
  26. Mario

    Se pensarmos assim, dia 23/12 teremos greve dos professores, médicos, policias, vendedores, bombeiros…. todos passam por esta situação, mas iniciar uma greve dia 23/12 é COVARDIA com o povo.

    Responder
  27. Mario

    Parabéns Aéroviários pela covardia com o povo. Gostaria de sugerir que outros profissionais ta,bém sigam este exemplo! Médicos, policiais, bombeiros, eletricistas…. façam o mesmo!!! Todos merecem ser valorizados!!!

    Responder
  28. Ricardo

    A atenção devida que os funcionários merecem não precisamente deve acontecer no dia que milhares de pessoas iram festejar com seus familiares.

    Quer ver a coisa pegar façam isso numa segunda-feira, pois quem pagará o pato serão as empresas e não pessoas físicas.

    Responder
  29. rafael r

    Eu trabalho de 9 a 11 horas por dia, só tenho uma folga na semana, normalmente dia de semana e uma no domingo no mes inteiro, ganho BEMMMM menos que esse pessoazinho da aviação e não to reclamando, se tivesse eu procuraria outro emprego. Eles deveriam fazer o mesmo! Se houver algum problema nas minhas viagens, vou partir pra ignorância mesmo, não quero nem saber. Isso é brasileiro vagabundo, que faz uma hora de trabalho extra e dizem que está no limite, esse pessoal tem um monte de privilégios e ainda reclamam, e não adianta dizer que não conheço a vida deles, pq na minha família tem um piloto e um comandante (gol e azul), sem contar das minhas priminhas aeromoças que tbm vivem reclamando.

    Responder
  30. Dione

    Gente eu vou viajar dia 24 como fica minha situação,pois ainda não paguei a passagen vou começar a pagar no mês que vem no cartão. eu acho uma covardia eles decidirem justo agora na vespera do natal.

    Responder
  31. Tarcisio

    Se a categoria "A" tem mais direitos que a categoria "B", é pq no passado a categoria "A" conquistou mais direitos através do seu sindicato por meio de uma negociação coletiva ou greve do que a categoria "B" que tem sindicato fraco não faz greve e não reinvidica melhores condições de trabalho e mais benefícios.

    Nunca devemos nos nivelar por baixo, caso uma categoria tenha maiores conquistas do que outras, parabens para ela, cabe aos trabalhadores das outras categorias reinvidicar maiores direitos para a sua categoria.

    A grande culpa das greves não é dos trabalhadores e sim dos empregadores que exploram a mão de obra, procurando sempre maximizar seus lucros as custas de seus empregados.

    Existem categorias que tem mais benefícios que outras sim: Bancários, Petroleiros, Serventuários da Justiça, Aeroviários, Metalúrgicos, etc… Mas saibam que esses benefícios foram conquistados através de greves e negociações coletivas conduzidas por sindicatos fortes.

    O mal do brasileiro é este… acha que se uma categoria tem mais conquistas que outras, esta deve perder o que foi conquistado anteriormente. ISTO É NIVELAR POR BAIXO….

    Qualquer greve prejudica a população, mas ela é o último recurso para forçar os patrões a atenderem minimamente as reividicações dos trabalhadores, resumindo… se houver greve esta é de inteira responsabilidade das cias. aéreas.

    Responder
  32. Nilza

    Não adianta ficarmos enfurecidos, os aeronautas e aeroviários estão no mês de díssidio, direito legítimo e constitucional, com indicativo de greve já emitido. Só lamento que seja nesse período, mas cada um luta com as armas que possui. E trabalhadores só conseguem melhorias através de greve. Correto eles, azar o meu.

    Engraçado fazermos um estardalhaço quando se trata dos direitos dos outros, mas e se fosse eu, a minha categoria? Sugiro uma boa reflexão…

    Não adianta me xingarem, pois, também estou sendo prejudicada, mas me estressar não vai ajudar em nada.

    Faz muito tempo que a imprensa alerta para o acúmulo de horas trabalhadas a que são submetidos os trabalhadores das companhias aéreas, tanto que muitos sentimos nesses últimos tempos o reflexos disso com os atrasos dos vôos, cancelamentos, etc.

    Semana passada uma colega que voltava para cá para trabalhar, nos relatou que toda a tripulação, já embarcada, aguardaram durante 2 horas em função de que não havia tripulação, tiveram que esperar até que a Gol conseguisse uma para prosseguir o vôo.

    Responder
    1. Wallace

      Sinceramente, imagino que as condições de trabalho não são as melhores possíveis, mas em algum momento o Sindicato, as empresas de aviação ou algum órgão do governo se manifestou a favor dos consumidores (aqueles que mantém duplamente o sistema aéreo brasileiro, pelos impostos e taxas e pelo custo da passagem)?

      O direito a greve é legítimo e consolidado, e eu mesmo sou a favor das adesões, mas até onde isto prejudica a sociedade?

      No setor bancário, muitas operações são impedidas (mesmo com os correspondentes bancários). Nos transportes terrestres, pode haver aumento de automóveis nas ruas (mesmo com uma porcentagem da frota em trânsito). Já no transporte aéreo, o resultado é o atraso e o cancelamento em massa de todos os voos do país!

      Eu faço greve, mas ainda que a campanha da minha classe não seja em dezembro, tenho a consciência mais tranquila do que aqueles que deixam a paralisação para o momento mais crítico possível.

      Para isso, o direito de greve se transforma em abuso de direito!

      Agora não poderei passar o natal/ano novo com minha família por causa de um sistema desorganizado, que não ira melhorar nem ate as Olimpiadas

      Responder
  33. Nilza

    Ops, correção, tripulação não, mas passageiros já embarcados tiveram que aguardar por 2 horas que a Gol conseguisse uma tripulação para seguir a viagem (trecho Porto Alegre/Brasília).

    Responder
  34. ana antonia trebi de

    "Olá, tenho passagem marcada p/ o dia 29/12, será que vou ser prejudicada , são três passagens!!!! como devo agir diante desse acontecimento,eles tem todo direito de greve, mas será que não tem outra data p/ esse acontecimento? grato se me responderem!!!!

    Responder
  35. Jetro

    É ruim para todos se tivermos greve? Claro que é!! Mas não vi essa comoção de todos quando foi aprovado o aumento dos deputados e senadores ontem!!!

    O mais sensato seria ter feito greve ontem ou um dia antes impedindo nossos "nobres deputados e senadores" chegassem a Brasília para votarem aquele absurdo!!! Ai sim os grevistas teriam o apoio da população!!

    Ou os controladores poderiam entrar em greve e impedir que o AEROLULA voasse!!! Ai sim queria ver se o presidente não entrava nessa e já dava um aumento pra eles!!!

    Responder
    1. Wallace

      Outra: onde se ouve o sindicato falar das "condições nas quais as pessoas se submetem para voar – overbooking, taxas altas e pouca infra nos aeroportos"? Só ouvi falar dos proprios aeroviarios…

      Quero muito ler qualquer comunicado do sindicato ou de algum representante, para pensar que esse ato não é meramente arbitrario…

      E, jetro: postei isso no twitter e no face, e pretendo mandar emails sobre isso (ou, de alguma forma, criar uma 'memoria politica')… pena que a maior parte dos internautas so se preocupa com a ultima pseudocelebridade…

      (e desculpa, to revoltado mesmo rs)

      Responder
  36. music_way@hotmail.co

    poxa vida! fiquei quase 12 meses ministrando aulas..nossa categoria "pofessores" fez grve..não fomos atendidos positivamente! etamos pagando grve até dia 23/12..marquei minha viagem para dia 24/12.e agora essa história..como fico nessa história..prejuízo emocional (prqe estou super stressada e prejuizo financeiro) ….

    Responder
    1. Gustavo

      Os politicos nunca é padrão, mas graças a ignorancia da população, vivem reclamando da politicagem corrupta e continuam votando nos corruptos.

      Responder
  37. Paula

    Sem comentarios, todos tem direitos e deveres mas perderem o senso de responsabilidade e justica. Pq nao escolher pelo menos uma data menos prejudicial aos passageiros? Por examplo a Volta do natal!!!!…. Bem estou chegando no Brasil no dia 22 e embarco no dia 23 pelagic Gol para Assuncao qual sera minha opcao Caso essa greve aconteca? Se. A greve for anunciada eu feria Como ter reembolso se eu viajar de omnibus no dia 22? Por favor me de uma sugestao., pois precise chegar No meu destino em tempo para o Natal e Tenho mais de 6 horas de estrada depois de assuncion

    Responder
  38. carolnl

    Direito de férias é importante? Claro que é. É legítimo? Óbvio.

    Mas, convenhamos: qualquer dia que os aeroviários decidissem deflagrar uma greve causaria caos no país. Qualquer dia causaria confusão e traria notoriedade. Precisa ser na véspera do natal?

    É nesse ponto que, na minha humilde opinião, o direito de greve passa a ser abusado. E tudo o que é abuso é errado. É o excesso, e isso causa transtornos além do esperado para todos. Marcar greve para a véspera do natal é, para mim, simplesmente terrorismo.

    Acho, sim, que os aeroviários devem lutar por melhorias. Acho, sim, que podem até paralisar, mesmo considerando os estragos causados. Mas eles também devem pensar no período. Se todas as empresas aéreas pararem, as pessoas ficam ilhadas! quem mora em, digamos, Manaus, não poderá passar as festas com a família no sul, por impossibilidade física! As estradas ficarão mais perigosas que o normal pro período, simplesmente porque quem puder tentar chegar de carro, tentará. Pensem nas mortes que acontecem normalmente em estradas. Multipliquem por muito. É o resultado.

    Uma greve pode trazer risco de MORTE para boa parte da população? Não acho que isso seja justo. E, com isso, os aeroviários perderão qualquer tipo de apoio popular que poderiam ter à sua causa. É o que aconteceu na Espanha, onde os aeroviários pararam às vésperas de um dos feriados nacionais mais importantes. Não apoiarei essa greve, e fico feliz de ter antecipado minhas férias. Espero que todos consigam viajar nas datas previstas e possam passar as festas com suas famílias. Os aeroviários, pelo jeito, passarão.

    Responder
  39. Gustavo

    Não culpo os trabalhadores por lutar pelos seus direitors, só não acho certo GREVE, não adimito isso, pois então vamos parar todos os médicos do Brasil de trabalhar, para exigirmos um aumento em nosso salário. E os pacientes morreriam??? E o Correio que cada 3 meses faz greve, os bancos tambem. Tem algo muito errado nesse país ou é o povo que nunca esta contente com que tem, ou não sabem eleger seus governantes…. Acho sim, que devemos brigar pelo nossos direitos, mas todos temos responsabilidades, por isso sou contra as greves, isso é culpa do nosso governo, onde nosso lider de estado era a pessoas que liderava essas greves. Voce acha justo prejudicar a nação inteira por causa de um aumento de salário? Tem outras formas de brigar pelo um salário melhor. A greve foi muito importante no passado, para lutar por leis trabalhistas e direitos que não tinhamos no passado, mas hoje em dia temos leis trabalhistas, que funcionam muito bem, se todos os funcionários ameaçassem entrar na justiça por horas extras abusivas, te garanto que iria pesar muito mais no bolso das CIAs., mas o povo prefere a greve ao lutar nas leis e na justiça.

    Responder
  40. Tarcísio

    Eles estão fazendo greve na data do dissídio deles, e indicaram a greve para o dia 23, agora está na mão dos patrões atenderem pelo menos parte das reivindicações dos aeroviários. Repito se houver greve a culpa será das empresas.

    Responder
    1. Ricardo

      A greve é culpa das empresas? Então se eu reinvidicar algo e a empresa para que trabalho não me atender eu faço greve e a culpa é da empresa? Não estou dizendo que os caras não tem razão nas reinvidicações, mas foi o livre arbítrio deles que marcou esta greve para o pior período possível. Existem várias formas de protestar e reinvidicar (operação tartaruga, operação padrão, greve em qualquer outro período), mas greve no dia 23/12 é um extremo, e a culpa é dos reinvidicantes, que estão pensando apenas neles mesmos, deixando toda a nação de mãos atadas. Imaginem o caos nas estradas e a quantidade de acidentes que acontecerão. Eu mesmo serei obrigado a viajar 2.300Km pelas rodovias por causa desta greve.

      Responder
      1. Tarcísio

        A greve é culpa das empresas sim. A partir do momento que o sindicato apresenta uma proposta de acordo e o sindicato patronal não apresenta nenhuma contra-proposta, prefere se calar. Detalhe… não é livre arbitrio… os caras estão na data do dissídio deles…

        Responder
  41. marcia

    lamentavel, chegarmos a este ponto…

    pagamos os maiores impostos….maiores taxas inclusive para a anac….e temos a pior cobertura do mundo….so fico imaginando na epoca da copa do mundo…

    nossos aeroportos ja estao num infarto total….

    espero que os trabalhadores saem satisfeitos

    ao menos nossos queridos governantes teem os melhores salarios da face da terra….em vista de outros paises..

    greves violencias estao tao entrenhadas no mundo de hj…que nem sentimos a diferença

    acho a greve um ato lamentavel mas necessario

    Responder
  42. Miguel Lucena

    Que sorte que esses aeronautas têm. Tendo a nós passageiros como refens fica fácil. Tambem, somos refens dos politiqueiros de Brasilia, dos Estados e Municípios, da autoridade corrupta, dos mercenários da medicina, dos maus empregadores, dos ditames do governo federal, da bandidagem generalizada…

    Responder
  43. Karla

    Sim, é um ato de covardia que comporta repúdio de todos os cidadãos. Não se admite que o hiposuficiente (o consumidor), seja prejudicado de maneira tão drástica. O que aconteceria se, em momentos cruciais, outros profissionais aderissem a uma greve? Por exemplo, um médico do SUS que tivesse uma cirurgia urgente, em que o paciente estivesse em risco de morte? É preciso pensar não apenas em si, mas nos outros que nada têm a ver com os conflitos entre empresas e seus funcionários, e que muitas vezes economizaram para poder estar junto à família em uma data tão importante e não verá, literalemnete, seus "sonhos irem pelos ares". Aeroviários, resolvam os seus problemas, é um direito de vocês e um dever das empresas aéreas solucioná-los, mas não se utilizem de promover uma greve na véspera do Natal, essa é uma atitude vil e desprezível.

    Responder
  44. Fernanda

    ô, seu ignorante, quer dizer que trabalhador não pode mais fazr greve porque vai ferrar com alguém? Vc tem que cobrar o serviço é da companhia aérea, e não dos empregados. Quem tem que se ferrar e pagar indenização é a companhia aérea, porque não paga bem aos funcionários.Cada um tem que correr atrás de melhorias de vida e salário. Abra a cabeça, estamos no século 21.

    Responder
    1. Mozart

      É cada coisa qur temos que ler… Segundo o Floriano tem que demitir os funcionários. na cabeça dele os funcionários não podem correr atras de um salário melhor.

      Responder
    1. Gabriel

      Os patrões ficam incomodados com qualquer prejuízo. Podiam sim ter escolhido uma quarta de baixa estação.

      E outra, como o Pedro disse acima, vocês deviam se tocar e fazer greves procurando não prejudicar tanto o público. Mesmo numa quarta feira de baixa estação pessoas estão voando para chegar a reuniões importantes, ou para ir a um funeral. A missão da empresa de vocês não é só um monte de palavras. Você só vai enchergar sentido no que faz quando souber porque o faz. Eu convido esses funcionários a pensarem porque eles estão nessa carreira.

      Se houvesse companhias voando, nós poderíamos trocar as passagens (mesmo com muito esforço) e vocês negociariam, como já estão fazendo, o aumento de toda a classe.

      Responder
      1. fernanda

        oi gabriel, não sou funcionária de companhia aérea, apenas entendo que a greve é um direito da classe, afinal, como o post diz, há muito tempo estão tentando negociações, e a greve está sendo a última tentativa para conseguir as melhorias.

        Responder
  45. Fernanda

    Eita a família toda, quem acredita? se você se conforma com seu mísero salário, não é por isso que os outros trabalhadores terão que fazer. Cada um tem que lutar pelo que é justo. Isso é vida? trabalhar de 9 a 11 horas por dia, qse sem folga e sem reclamar? meus pêsames.

    Responder
    1. Vanessa

      Fernanda, que vc concorda com a greve ok. Mas também não precisa apelar para a baixaria, hoje no Brasil são raras as pessoas que não fazem horas extras. Por favor se vc faz parte da classe aeroviária deveria entender que é muito melhor realizar uma operação tartaruga para promover a comoção nacional do que uma greve geral onde não vai comover ninguém, muito pelo contrário. E ainda por cima no final todo sindicato acaba fazendo uma negociação e aceitando o mínimo e vcs que acabam saindo como "bandidos" e eles como os "Mocinhos"(Sindicato).

      Responder
  46. Gabriel

    "Não acredito que o prejuízo seja do cliente nestas negociações, afinal os lucros destas grandes empresas é exorbitante."

    Deixe-me lhe interromper já aqui. Não há relação entre as duas partes do seu raciocínio. O prejuízo é de todos, do cliente, das empresas, do governo e do país como um todo. O objetivo aqui não deveria ser "causar furor" ou "dar prejuízo"!

    Essa mentalidade de quanto menos eles ganharem melhor é anacrônica. Melhor ainda: não pertence a nenhum tempo já vivido ou ao presente.

    Talvez no futuro as empresas sejam nossas inimigas, mas por enquanto a relação é simbiótica. Falhar em ver isso é falhar em entender o mundo que te cerca.

    Negociações salariais são isso mesmo: negociações. Claro que os funcionários não conseguirão tudo o que almejam, por isso que sempre pedem um reajuste absurdo, como se isso fosse ajudar a elevar o valor final. As empresas também tem que ceder. Ganha que tiver mais força. O que não pode ocorrer é nessa situação o consumidor e o país serem atingidos.

    PS: o setor aeroviário é um dos mais difíceis do mundo. As margens são apertadíssimas, o investimento é altíssimo, os custos de saída são altíssimos e a concorrência acirradíssima.

    Responder
  47. Alexandro

    Eu sou mais um sortudo com viagem marcada para a manhã do dia 23. Meu irmão de 11 anos esperou o ano todo por essa viagem que seria sua primeira de avião. Simplesmente me ferrei, porque por via terrestre será super complicado ir de Curitiba para Bonito e não tem voos em outros dias. Só espero que a companhia devolva meu dinheiro.

    Responder
  48. Diego

    se vcs perceberem, o esgotamento de carga horária dos funcionários nos meses passados ocorreram justamente nos ultimos 5 dias do mês… ou seja, quer queiram quer não o mesmo problema que aconteceu com a gol e com a tam provavelmente vai se repetir, independente da greve!!!!

    Responder
  49. Manuela

    Já estou estressada só de imaginar,tenho passagens compradas para dia 25/12 pra família,marido,filhas.

    Reservas pagas de hotel…Se realmente acontecer esta greve RIDÍCULA vou ser a primeira a incentivar a galera no aeroporto a iniciar uma manifestação.

    Espero que isso não aconteça,prejuízo financeiro,emocional,crianças sonhando com a viagem de natal,será um verdadeiro caos o maior escândalo para o Brasil.

    Responder
  50. Daniel

    Tenho uma viagem para o dia 23/12 de Rondônia para Goiás… Então não tem como fazer via rodoviário, senão ao invés de chegar para o Natal eu chegarei para o Reveillon… (risos) Só me resta torcer para que entrem num acordo e não em GREVE!!!

    Responder
  51. Carol

    Eu quero saber quem vai pagar o meu prejuízo, pois viajo ( ou viajaria) dia 24 e no dia seguinte irei embarcar em um cruzeiro em Miami….se houver greve nao terei como cancelar o navio e terei um baita prejuízo, pois somos um grupo de 7 pessoas!!!Palhaçada!!!

    Responder
  52. Fabio Canto

    isso 'e uma saca@#$%! eles resolvem fazer greve e pronto! sinceramente nao to querendo saber de quem 'e a culpa, porque tem culpado nisso! estou a 1 ano morando fora, estou chegando dia 24 a sao paulo e tenho um voo para o Rio 8pm! depois de 30h de viagem ter que passar o natal no saguão do aeroporto vai ser um absurdo!
    depois nao sabem porque tem passageiros que quebram o aeroporto todo! um puta de um desrespeito!

    Responder
  53. Gleison

    Fazer greve, reinvidicar os direitos fato, isso é certo, mas prejudicar a populaçao??

    O certo era eles terem a populacao do lado deles, assim como teve a greve dos onibus na Bahia, onde as catracas foram liberadas, e o prejuizo foi enorme ate acontecer o acordo !

    Se a populaçao estiver do lado dos aeroviarios, é um fator positivo pra eles.

    Responder
  54. thiago s.

    Muito menos que isso.

    Controladores são trabalhadores escravizados, regidos pelo controle militar herdado da ditatura de 64 e explorados pelas empresas que ganham zilhoes e pagam salários de m. pros seus funcionários.

    tá certo sim fazer a greve dia 23, ae a mídia vai dar atenção e pressionar o governo, e o governo toma vergonha na cara e intervem nessa escravidão do século XXI.

    não critiquem os funcionários!!!!

    critiquem os barões do ar, os donos das empresas picaretas como a GOL, a TAM, entre outras.

    Responder
    1. Nilda S.

      meu!! se não está contente c/ o emprego que saia, a maior parte dos brasileiros ganham um saláro mínimo e mesmo assim dão graças a Deus por estarem empregados.

      Responder
    2. Nilda S.

      tudo bem que tem o direito de greve assegurado, mas poxa vida por que não fazem essa greve no carnaval?trabalhei o ano todo tenho apenas 15 dias de férias p/ realizar o sonho da minha família e vou perder por isso?

      Responder
  55. thiago s.

    esse é o dia fundamental.

    tomara que o governo tome vergonha na cara e interfira a favor dos funcionários explorados diariamente pelos donos picaretas das empresas aéreas.

    Responder
  56. Luiza

    Tbm acho que o Governo deve intervir nessa situação! os passageiros nao podem pagar por isso!! Pensa, passar o Natal longe da familia?! Ninguem merece isso!!

    Entao governantes, esta chegando o dia,nao deixe essa greve acontecer!!

    Responder
    1. mauricio

      Um absurdo total, o povo deve se revoltar e quebrar os aeroportos para que o governo faça uma intervenção jurídica para evitar a greve. É um total desrespeito com a população o sindicato realizar greve dia 23, são um bando de egoístas e irresponsáveis.

      Responder
  57. bianca da silva

    olha que funcionario tem ser bem pago isso fato mais nos pasageiros não temos culpa de nada não he justo passarmos horas a espera depois de termos pago as passagens ainda mais com crianças… tomara que achem uma solução antes do natal ou ano novo tenho uma prima menor de idade veindo pra minha casa seria injusto fazer isso

    Responder
  58. Diogo Rodrigo

    Tenho vôo Marcado para o dia 23/12 , tive varias despesas ,fora que tenho a possibilidade de passar o natal longe da familia..como fica a população,funcionários lutando por um salário melhor e a população lutando por uma causa muito mas valiosa passar o natal com a familia.

    Responder
  59. Vanderlucia

    Parabéns para nossos 513 deputados eleitos pelo votos do povo , reajustaram em 80% dos seus salários , agora passaram a ganhar 27.000.00 enquanto a população de classe baixa o reajuste foi somente de 10%, agora os governantes deveriam mostra serviços, esse natal poderá ser um caos para a população e para esses políticos

    muito panetone e dinheiro na cueca.. tenho voo marcado para o dia 23/12.pensam nas crianças que vão viajar com os pais , ficaram largadas nos aeroportos??

    Responder
  60. marcio roberto amaro

    não concordo não com essa atitude de fazer greve no fim de ano sabemos bem que tem muitas pessoas longe de seus familiares loucos para poderem passar o natal com a familia nisso ninguem pensa so pensam no maudito dinheiro se querem ganhar mais façam uma facudade e arrumem emprego melhor e deixe a faga para quem quer garanto que tem um monte paqra trabalhar por menos ainda com esse desemprego em que vivemos

    Responder
  61. Vania

    Acho que os funcionários deveriam resolver isso com maior diplomacia e responsabilidade, porque não somos obrigados a pagar por eles que não estão satisfeitos com o salário, acho que se não deram aumento porque não está na hora, reflitam mais e valorizem o trabalho que sem dúvida serão reconhecidos. Por favor, caiam na real, não podemos pagar por isso. Se acontecer, voces terão mais é que serem demitidos depois não chorem o leite derramado. Acho que não houve exorbitância de aumentos pra voces colaborarem com a inflação.

    Responder
  62. Manuela

    Galera quebra-quebra geral…Nós passageiros temos que protestar tbm.

    Vamos fazer um escândalo no aeroporto,pra ver se suspendem essa greve RIDÍCULA.

    Seus infelizes,não tá satisfeito sai do emprego,nós não temos que pagar o pato.

    Responder
  63. Aldenir

    Concordo com o Luciano,o governo tem que intervir,da tempo de resolver isso, tenho passagens para o dia 23/12 tambem,

    uma greve anuciada assim nao pode acontecer.

    Responder
  64. janice

    tomara que até quinta feira que vem eles já tenham uma solução, estou preoucupadissíma, pois minha filha embarca no dia 31/12/2011 para irlanda…..

    Responder
  65. Déborah

    absurdo uma coisa dessa mesmo.

    tudo bem, tem direitos a grave, mas justamente no natal? eles escolheram muito bem, a data.então eu quero que eles se explodam e não tenho dó deles também não, já que não querem ter o bom senso de que NATAL é uma datas onde as familias, esperam meses para ver a familia.Que escolhessem outro dia, mas nao querem acabar com o natal de todos.

    Responder
  66. Déborah

    realmente disse tudo, não temos nada com isso, até porque somos clientes, e o salario deles são pagos através das nossas viagens, agora quem acaba com a alegria nesta data..O natal.

    Greve deve ser feita mas não em uma data tao significativa para o mundo todo.

    Responder
  67. Déborah

    to griladissima!!

    que fizessem em outra data, não fizemos nada, pra pagar por esse pato.

    alias nós que somos os verdadeiros patrões.e quem ta defendendo e por que não tem viagem marcada,invejosos.

    Responder
  68. ricardo feldens

    gosto de ver uns babacas virem aqui e falar: tah ruim pede as contas e etc…

    o grau de concentração, de responsabilidade e de capacitação que um controlador de Vôo tem é enorme, superior em alguns aspectos a cirurgiões. AS vezes ele tem que alocar 5 aeronaves em 7 minutos, para que pousem, com intervalo entre aeronaves de menos de 1 minuto, tem que evitar acidentes aereos… e nego acha q tem q pagar salário minimo? Salario mínimo é pra serviços de menor especialização, menor grau de responsabilidade e etc.

    Mas no Brasil é assim, se algo vai atrapalhar meus planos egoístas, sou contra!!!

    Responder
  69. ricardo feldens

    Não brow… soh trabalha 11h por dia sem reclamar quem tem baixo nivel de especialização ou de responsabilidade. Faz assim: vou montar uma companhia aerea e um aeroporto soh com pessoas que ganhem 500ão, sem treinamento nem nada, e vou por sua familia dentro da porra de um avião conduzido por eles… vc TOPA?? Ser ignorante qq um consegue!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>