Bagagem em voos internacionais: conheça as regras das principais companhias

Bruna Scirea 17 · maio · 2017

Passageiros que comprarem passagens de voos internacionais a partir de agora devem ficar atentos às mudanças nas políticas de transporte de bagagem. Com a vigência da nova resolução da Anac, as empresas aéreas nacionais e estrangeiras estão livres para aplicar suas próprias regras em relação às bagagens despachadas.

O Melhores Destinos entrou em contato com as principais companhias que operam no Brasil. Veja a seguir o atual posicionamento de cada uma delas em relação às bagagens em voos internacionais – iremos atualizar as informações deste post conforme as normas mudarem.

Aerolíneas Argentinas

A Aerolíneas Argentinas não alterou sua política de transporte de bagagem. De acordo com o site da companhia, estas são as regras vigentes: passageiros que viajam do Brasil para a Espanha, Itália, Estados Unidos, República Dominicana e México podem levar duas peças de até 32 kg cada. Passageiros que viajaram entre Brasil e Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela podem despachar gratuitamente uma de 23 kg na Economy (Turista) ou uma mala de 30 kg na Club Economy/ Club Condor.

Aeromexico

A companhia não irá alterar suas políticas de transporte de bagagem por enquanto. Seguem valendo as seguintes regras: passageiros da classe econômica podem levar duas bagagem de no máximo 32 kg cada uma, e passageiros da classe Premier podem levar três bagagens de no máximo 32 kg cada uma dela. No site da Aeromexico, é possível encontrar as regras válidas para passageiros do Club Premier ou de outros programas parceiros.

Air Canada

A Air Canada segue aceitando duas malas de até 32 kg cada uma e mais uma bagagem de mão de até 10 kg, com a franquia de bagagem inclusa no valor da passagem.

Air Europa

A companhia manteve a mesma franquia de bagagem para voos internacionais. Passageiros podem levar uma mala de mão de até 10 kg e despachar duas malas de até 32 kg cada.

Air France

A Air France ainda não alterou suas políticas de bagagem. Seguem as seguintes regras, de acordo com as classes: Economy – passageiros podem despachar duas malas de até 32 kg cada uma e levar uma bagagem de mão mais um acessório, pesando juntos até 12 kg; Premium Economy e Business Class – passageiros podem despachar duas malas de até 32 kg cada uma e levar duas bagagens de mão mais um acessório, pesando juntos até 18 kg. Passageiros da Primeira Classe podem levar três malas de até 32 kg, além de uma bagagem de mão mais um acessório que pesem juntos no máximo 18 kg.

Alitalia

A Alitalia informou que por enquanto manterá a mesma política para o despacho de bagagem: passageiros podem despachar duas malas de até 32 kg cada uma.

American Airlines

A American Airlines manterá as mesmas franquias. Passageiros poderão despachar sem custo duas bagagens de até 32 kg e levar mais uma bagagem de mão de 10 kg. A política é válida para todas as classes.

Avianca

A franquia de bagagem estabelecida pela companhia em voos saindo do Brasil é a seguinte: em voos para a América Latina, passageiros podem levar 1 peça de até 23 kg na Classe Econômica e 2 peças de até 23 kg na Executiva. Em voos para os Estados Unidos, clientes podem levar 2 peças de até 32 kg na Classe Econômica e 3 peças de até 32 kg na Executiva. A bagagem de mão permitida para passageiros de todas as classes é de um volume de até 10 kg. Veja todas as informações no site da companhia.

De acordo com o presidente da Avianca, as regras podem mudar a partir de agosto, quando a companhia pretende passar a cobrar pelas bagagens despachadas.

Azul

Atualmente, os clientes com voos para Estados Unidos e Europa têm direito a duas malas de 32 kg cada e com voos para a América do Sul tem direito a um volume de 23kg. A partir de 1º de junho, os clientes com voos para Estados Unidos e Europa terão direito a despachar duas malas de até 23 kg cada. Nos trechos para América do Sul, os clientes poderão despachar uma mala de até 23 kg (segue a mesma regra).

Boliviana de Aviación (Boa)

A Boliviana de Aviación manterá as mesmas franquias. Passageiros poderão despachar sem custo uma bagagem de até 30 kg e levar mais uma bagagem de mão de até 7 kg. A política é válida para todas as classes.

British Airways

A British Airways oferece a seguinte franquia para bagagem a ser despachada: duas malas de até 32 kg nas cabines World Traveller (Econômica), World Traveller Plus (Econômica Premium) e Club World (Executiva) e 3 malas de até 32 kg na First (Primeira Classe), tanto na ida quanto na volta de qualquer país.

Condor

A Condor manterá as mesmas franquias. Passageiros poderão despachar sem custo duas bagagens de até 32 kg e levar mais uma bagagem de mão de 10 kg. A política é válida para todas as classes.

Copa Airlines

Conforme a assessoria de imprensa da companhia, a Copa Airlines ainda está avaliando se irá alterar a franquia de bagagem. Por enquanto, seguem as mesmas regras:

– Em voos do Brasil para a América do Sul e Caribe, passageiros podem levar dois volumes pesando juntos 32 kg. Na classe Executiva, passageiros podem levar duas malas de até 32 kg cada uma.
– Em voos do Brasil para o México e Nicarágua, passageiros podem levar duas malas de 23 kg cada uma e passageiros da classe Executiva podem despachar duas malas de até 32 kg cada.
– Em voos do Brasil para os Estados Unidos, Canadá e Puerto Rico, passageiros podem levar duas malas de até 32 kg cada na cabine principal e na classe Executiva.
– Em voos do Brasil para a Venezuela, passageiros podem despachar duas malas de até 20 kg cada uma e passageiros da classe Executiva podem despachar duas malas de até 32 kg.

Quando voar pela companhia, acesse o site da Copa e marque o seu local de partida e o destino final para saber as regras válidas para cada caso.

Delta

A Delta manterá as mesmas franquias. Passageiros poderão despachar sem custo duas bagagens de até 32 kg e levar mais uma bagagem de mão de 10 kg.

Emirates

Para passagens emitidas a partir de 1º de agosto de 2017, a regra é a seguinte: passageiros da classe econômica podem levar 2 peças de bagagem com até 23 kg cada uma. Para passageiros da Executiva ou Primeira Classe, a regra não muda: a franquia de bagagem gratuita segue sendo de 2 peças de bagagem com até 32 kg em cada.

Ethiopian

A Ethiopian manterá as mesmas franquias. Passageiros poderão despachar sem custo duas bagagens de até 32 kg e levar mais uma bagagem de mão de 10 kg. A política é válida para todas as classes.

GOL

Atualmente, a companhia permite voar do Brasil para a América Latina com uma bagagem de até 23 kg. Para conferir as regras para a classe GOL Premium, clientes Smiles e do cartão de crédito Smiles Platinum, acesse o site da companhia.

A GOL terá a seguinte franquia de bagagem em passagens emitidas a partir de 20 de junho, conforme a tarifa escolhida:

– Light: passageiros terão direito a levar gratuitamente somente uma bagagem de mão de até 10 kg. Para despachar bagagens, serão cobrados 10 dólares no primeiro volume, 30 dólares no segundo e 45 dólares a partir do terceiro;
– Programada: passageiros poderão despachar gratuitamente uma mala de até 23 kg;
– Flexível: clientes poderão despachar gratuitamente uma mala de até 23 kg;
– GOL Premium: poderão despachar duas malas de até 23 kg cada.

Veja todas as regras no site da companhia.

Iberia

A Iberia oferece na cabine Econômica a seguinte franquia para bagagem a ser despachada: duas malas de até 32 kg, que se aplica tanto na ida quanto na volta de qualquer país. Na cabine Business (Executiva), a franquia é de 3 malas de 32 kg.

KLM

A KLM ainda não alterou suas políticas de bagagem. Por enquanto, os passageiros das classes Economy e Economy Comfort seguem podendo levar duas malas de até 32 kg, além de uma bagagem de mão mais um acessório pesando juntos até 12 kg. Passageiros da World Business Class podem despachar duas malas de até 32 kg e levar mais uma bagagem de mão e acessório pesando juntos até 18 kg.

LATAM

A companhia tem as seguintes regras para passagens compradas até 17 de maio de 2017: passageiros que voam para destinos na América Latina e Caribe podem despachar um volume de até 23 kg, e os clientes que voam para as demais rotas internacionais podem despachar duas peças de até 32 kg cada. Para todos os bilhetes comprados a partir de 18 de maio, nos voos internacionais para América do Sul e Caribe, a franquia das tarifas elegíveis passará a ser de um volume de até 23 kg. Nas demais rotas internacionais, até dois volumes de 23 kg cada. Em voos em cabines Premium Business e Premium Economy o cliente Latam poderá levar até três peças de até 23 kg cada. Veja todas as regras aqui.

Lufthansa

De acordo com a assessoria da companhia, por enquanto, as regras seguem as mesmas: passageiros que voam Lufthansa com origem no Brasil podem despachar duas malas de até 32 kg cada uma, além de levar mais uma bagagem de mão de até 10 kg.

Qatar

A Qatar manterá as mesmas franquias. Passageiros poderão despachar sem custo duas bagagens de até 32 kg e levar mais uma bagagem de mão de 10 kg na Classe Econômica e de 15 kg na Classe Executiva e Primeira Classe. Em voos entre Brasil e Argentina, passageiros da Classe Econômica podem levar duas malas de 23 kg.

Royal Air Maroc

A Royan Air Maroc manterá as mesmas franquias. Passageiros poderão despachar sem custo duas bagagens de até 32 kg e levar mais uma bagagem de mão de 10 kg. A política é válida para todas as classes, e os bilhetes devem ser vendidos e emitidos no Brasil.

South African

Inicialmente, a South African manterá as mesmas franquias. Passageiros poderão despachar sem custo duas bagagens de até 32 kg e levar mais uma bagagem de mão de até 8 kg.

Swiss

De acordo com a assessoria da companhia, por enquanto, as regras seguem as mesmas: passageiros em voos que partem do Brasil podem levar duas malas de até 32 kg no porão do avião, além de uma bagagem de mão.

TAAG

A TAAG ainda não respondeu à solicitação do Melhores Destinos. No site da companhia, no entanto, a informação é de que passageiros podem despachar até duas malas de até 32 kg cada uma e levar mais uma bagagem de mão de até 10 kg.

TAP
De acordo com o site da companhia, passageiros da TAP seguem podendo despachar até duas malas de 32 kg cada uma, além de uma bagagem de mão de até 10 kg.

Turkish

Inicialmente, a Turkish manterá as mesmas franquias. Passageiros poderão despachar sem custo duas bagagens de até 32 kg e levar mais uma bagagem de mão de 8 kg.

* Última atualização em 22 de maio de 2017

Autor

Bruna Scirea - Editora
  • Jorge Frutuoso

    E a Avianca Internacional? Rsrs.

  • Jorge Frutuoso

    A Avianca Brasil que tem vôo de Fortaleza (FOR) à Bogotá (BOG), por exemplo, segue as mesmas regras da Avianca Internacional?

    • João

      Oi Jorge, por enquanto ainda são duas cias distintas. A franquia para classe econômica é de uma bagagem despachada de até 23kg e uma bagagem de bordo de até 10kg. Abraço!

    • Marcus Vinicius Cavalcanti Soa

      A AVIANCA, BEM QUE PODERIA OFERECER UMA TARIFA MAIS BAIXA PARFA BVOOS SAINDO DE FORTALEZA PARA MIAMI, VIA BOGOTÁ, APROVEITANDO A FREQUENCIA QUE MANTEM NESSE TRECHO SEMANALMENTE. SERIA UMA AGRADÁVEL VIAGEM DE FORTALEZA MIAMI COM UMA PARADA EM BOGOTÁ, COM A TROCA DE AERONAVE.

  • Mariana Clara

    MD, tem diferença comprar a passagem(sempre saindo do Brasil) da Europa ou do Brasil? Ouvi dizer que se você compra a passagem (digamos SP-Milão) do Brasil a franquia é de 32kg normal; se você compra a mesma passagem (SP-Milão) estando na Europa, a franquia é 23kg. Procede?

    • João

      Oi Mariana, o que importa é de onde você sai, pouco importando onde compra. Se você comprar um voo doméstico do Rio a Salvador, pouco importa que a compra seja feita quando você estiver em Bangkok. Abraço!

    • Leandro SSA

      Mariana, há diferença sim. Para que você tenha as mesmas franquias de bagagem do Brasil (que até então são maiores), você precisa emitir ida e volta juntas. Ano passado comprei Salvador-Dublin com milhas de uma companhia aérea e a volta Dublin-Salvador com milhas voando Lufthansa. A ida permitiu 2 malas de 32kg cada, porém a volta deu direito a 1 mala de 23kg por pessoa.

      • Mariana Clara

        Ah sim, assumindo a compra ida e volta, claro. Se compra só a “volta”, o trajeto deixa de ter origem no Brasil, então valem as regras da Europa 🙂 É a mesma lógica de ‘conexões’ que não são compradas no mesmo momento, não importa se a companha aérea é a mesma se o bilhete não é corrido.

      • Hermes Hs

        Exatamente o que o João do MD disse! O que importa é de onde você SAI. Portanto como suas passagens foram compradas separadamente, na passagem que vc saiu do Brasil Vc teve direito a 2 de 32kg. Já na passagem que vc comprou de Dublin, 1 de 23kg. Se vc tivesse comprado ida e volta na mesma reserva considerariam as mesmas franquias. Nada diferente do que o João do MD disse!

    • Mariana Clara

      Obrigada, pessoal 🙂

  • João

    Oi Renata, eles ainda não responderam ao nosso questionamento.

  • André Freitas

    Os preços das passagens da TAP estão extremamente superfaturados. Comprei ano passado uma passagem Fortaleza-Barcelona com volta Roma-Fortaleza, por 2300 reais. Agora, uma passagem ida e volta pra Europa está quase 4 mil reais.

    • RABUGENTO SFQNS

      Não vou dizer novamente o que acho dessa empresa.
      Como não tem concorrência em voos diretos aproveitam-se dos que podem.
      Vale pesquisar outras empresas que voará melhor. Ruim são conexões mas se não tiver pressa vale curtir. 😉

    • Eveline Gomes

      tb percebi isso…. final do pesquisei gru-lisboa por 1900 com taxas e agora nao sai por menos de 4mil qualquer data

    • Welton

      Saindo de SSA aos preços são mais baixos, apesar da distância ser maior. O governo da Bahia, recentemente, baixou o imposto sobre o querosene de aviação, claro que para todas as cias. Pode ser por isso, ou pela concorrência da AIR EUROPA, cujo hub é em Salvador, ou pelas duas coisas. Só sei que a CONDOR deixou de atender SSA porque não aguentou a concorrência, apesar de que, segundo eles os vôos partiam lotados.

  • Eros Alexandre

    Faltou também da Coparair

    • João

      Eles ainda não responderam nosso questionamento. Em breve teremos a Copa na lista.

    • Bruna Scirea

      Oi, Eros. Recebemos o posicionamento da Copa: por enquanto as regras não foram alteradas. Você pode conferir as atuais políticas de transporte de bagagem aqui: https://goo.gl/LDrKkC

  • Luan Rezende

    As regras da TAP são mais complexas do que o mencionado no texto. Com a boa promoção dessa semana saindo de SSA, pesquisei sobre a bagagem de porão e vi que ela varia de acordo com a categoria da tarifa, podendo ser cobrada a parte.

    • João

      Ali é um pouco diferente Luan. A origem do voo era na Europa. Logo valem as regras de lá. Abraço!

  • LuRodamilans

    O mais engraçado de tudo é ver o “desespero” das brasileiras… Enquanto as estrangeiras continuam com as franquias liberadas, a LATAM por exemplo já quer cobrar pela bagagem… E ainda tem gente querendo “prestigiar” a empresa do nosso país!

    • Pedro

      Latam nunca mais. Só viajarei AA, coisa que já fazia msm.

    • pedro ferreira

      Latao sempre supera

  • Felipe Mortimer

    Pode sim! A franquia é individual! Cada passageiro tem direito a sua bagagem de mão, desde que respeitado a franquia a cia

    • Aline B. Siqueira

      Obrigada Felipe! Fiquei com medo que não pudesse, por se tratar de mochila!

  • Bruna Scirea

    Oi, Renata. Incluímos as informações da Alitalia no post.

  • Ricardo Morais

    Estou pra achar passagens mais baratas para quem não usa bagagem e cadê? Não acho!

    • João

      Oi Ricardo, não acha pois ainda não estão sendo vendidas. Abraço!

      • Ricardo Morais

        E vcs acreditam que será? Eu DUVIDO!
        O empresário sempre se dá bem no Brasil.
        Para eles é só no ganha-ganha.

        Melhores Destinos deveria fazer sua parte como meio de comunicação e reportar isto, pedindo providências.

        • João

          Se isso acontecer, certamente iremos noticiar!

          • Ricardo Morais

            E qual é a previsão das empresas começarem a praticar os descontos?

          • João

            Oi Ricardo, por enquanto só as empresas nacionais anunciaram tarifas mais baratas pra quem não despachar malas. A Latam começa dia 18/5 e Gol e Azul em junho. A Avianca só vai anunciar algo em agosto.

          • Ricardo Morais

            Já há alguma matéria de vocês com esses preços?

          • João

            Sobre os preços não, pois como eu disse não tem como saber até as novas tarifas começarem a serem vendidas, mas sobre as novas regras de bagagem e tarifas tem diversos posts aqui no site.

          • Ricardo Morais

            No aguardo…

          • RABUGENTO SFQNS

            Passagem aérea é como aquele refrigerante famoso. > Preço do dia!

          • steang

            Nas férias de 2018. Muito provavelmente, lá pelos dias 30/31 de fevereiro.
            – Hey!?!?!?

            – Sorry, man. Isso não vai acontecer.

        • Welton

          Ricardo, o pior é que as empresas que aqui se instalam, via de regra, acabam ficando igualzinho às locais. As aéreas no entanto seguem um padrão internacional. A culpa, como sempre, é nossa, que somos uns carneirinhos e aceitamos tudo desses empresários de baixíssimo nível.

  • João

    Obrigado, Victor.

  • João

    Estamos aguardando resposta. Em breve na lista.

    • Lucinéia Galvão Luna

      Olá…Ainda não tem
      Resposta da United??

    • ricardo pascutti

      Alguma posição da United? Continuam 02 de 32Kg?
      obrigado

  • Marcelo Zagnoli

    Pessoal, uma dúvida: Comprei passagens naquela promoção Estados Unidos e Europa. Vou de American Airlines até Miami, fico alguns dias e depois vou pra Paris. Pego vôo de volta para Nova York, fico mais alguns dias e retorno pro Brasil, fazendo conexão em Miami.
    Sabem me informar se a regra da American Airlines será a mesma em todos os voos?
    Procurei informações, mas não consegui confirmar.

    • João

      Oi Marcelo, se todos os voos da ida e da volta estão no mesmo bilhete vale a regra de 2 volumes de até 32kg para todos os trechos, inclusive os internos nos EUA. Abraço!

      • Pedro

        Voos internos tem que pagar mala, vale 23kg mas tem que pagar pra cada despacho. FiZ multi trechos com AA em abril. Os 32kg só valeram na ida e na volta. Voos internos tive que pagar /=

        • João

          Os seus trechos internos estavam no mesmo bilhete? Se estavam te passaram a informação errada, pois deveria valer a franquia internacional.

          • Pedro

            Sim, voos internos msm bilhete. Ocorreu de Honolulu para Los Angeles.

        • Alexandre Santiago

          Pedro, mas seus vôos internos faziam parte do mesmo localizador da reserva? Se sim pode ir no procon que vc pega os valores de volta. A regra é a mesma para todos os vôos quando as passagens fazem parte de um mesmo localizador/reserva. Eu acabei de chegar dos EUA e viajei de United entre Chicago e Austin e ninguém me cobrou por mala extra e eu estava com 2 malas de 28kg mais ou menos.

  • POLLYANA

    Ao que me parece somente as cias aéreas brasileiras alteraram as regras de bagagem. Pra mim é só mais uma forma de extorquir o brasileiro, apoiado pelo governo e pela Anac. Passagem não tem preço fixo… Hoje uma passagem custa R$250,00, amanhã ou depois essa mesma passagem custa R$700,00… qual a forma de regular o “barato”? Além de continuar pagando caro ainda vamos ter que pagar mais a bagagem… ou seja… se der a sorte de comprar a passagem mais barata, beleza. Mas se der o azar dela ter aumentado vc vai comprar uma passagem de R$700,00 e ainda vai ter que pagar pela bagagem… mais um forma de comer o dinheiro do brasileiro. No Brasil e assim… não sabem mais como tomar o dinheiro do trabalhador.

  • João

    Oi Rafael, na ida é de 23kg, na volta você tem que ver quais são as regras do Uruguai.

    • Rafael Candea

      valeu!

  • Victor Sonegheti

    Aeromexico?

    • João

      Por enquanto não.

  • RABUGENTO SFQNS

    Bem… ao que tudo indica as mais precipitadas foram as gananciosas empresas “brasileiras” com seus péssimos serviços de sempre(uma pena)…

  • Alzir Reinoso

    Entra no site da Alitalia e não enche o saco!

    • Marcos

      kkkkkkkkkkkkkkkk!

  • Silvio Lopes

    A Lufthansa e SwisAir não responderam?

    • João

      Ainda não, Silvio.

      • Wilibaldo

        No aguardo da Lufthansa.

  • SILVANA BEATRIZ CRUZ DAS NEVES

    Boa tarde, alguma informação da COPA?

    • João

      Ainda não.

      • SILVANA BEATRIZ CRUZ DAS NEVES

        Obrigada

    • Bruna Scirea

      Oi, Silvana. Recebemos o posicionamento da Copa: por enquanto as regras não foram alteradas. Você pode conferir as atuais políticas de transporte de bagagem aqui: https://goo.gl/LDrKkC

  • Eveline Gomes

    normalmente nas letrinhas miúdas do bilhete vem explicando qual a franquia para aquele trecho.

    • Rafael Candea

      ✈🤘

  • Mauricio Laukenickas

    Realmente a ANAC não serve pra nada, a não para atrapalhar a vida dos passageiros.

  • Alexandre Santiago

    Deu pra concluir pela lista que voar por cia brasileira é fria, todas as estrangeiras mantiveram a política antiga. Bom saber, pq eu só viajo em empresa gringa e vou continuar assim.

  • Marcus Vinicius Cavalcanti Soa

    SEM SOMBRA DE DÚVIDAS, AS COMPANHIAS ESTRANGEIRAS DEVERÃO SER PRIORIZADAS PELOS VIAJANTES BRASILEIROS, POIS CONTINUARÃO A NÃO COBRAR BAGAGENS DE SEUS PASSAGEIROS.AS NACIONAIS, GRAÇAS A ATUAÇÃO SEMPRE NEFASTA DA ANAC PARA COM OS CONSUMIDORES, VÃO SENTIR A QUEDA SUBSTANCIAL DE PASSAGEIROS USANDO AS SUAS AERONAVES. EU MESMO, QUE FAÇO CERCA DE 4 VIAGENS AO EXTERIOR, JÁ VOU DA PREFERENCIA AS COMPANHIAS ESTRANGEIRAS, POIS CONSIDERO UM ABUSO ESSA COBRANÇA.

  • Luis Nei Jr.

    E a Copa Airlines?

    • Bruna Scirea

      Oi, Luis. Recebemos o posicionamento da Copa: por enquanto as regras não foram alteradas. Você pode conferir as atuais políticas de transporte de bagagem aqui: https://goo.gl/LDrKkC

  • Marcos

    Se a passagem de ida e volta foi comprada no Brasil, valem as regras do Brasil, 2 X 32 kg. Melhor dizendo: se o voo inicia no Brasil, valem as regras daqui.

    • Daddy

      Mas se são duas reservas separadas, mesmo tendo comprado no Brasil, acho que devo acatar os 23 kg da volta conforme outros relatos aqui e conforme site da Tap, não? Eu comprei a ida numa promo e depois comprei a volta.

      • João

        Correto Daddy, se são duas reservas separadas vale sempre a regra de onde sai o voo, no caso Portugal. Na dúvida consulte o seu bilhete.

        • Daddy

          Obrigada, João, mas na reserva só fica escrito 2 peças, não fala do peso. Deve ser os 23 kg e é uma pena, ia ajudar minha filha que está se mudando de volta ao Brasil 🙁

  • Hiago Da Silva

    E a politica da Copa mudou algo ou continuar o mesmo??

    • Bruna Scirea

      Oi, Hiago. Recebemos o posicionamento da Copa: por enquanto as regras não foram alteradas. Você pode conferir as atuais políticas de transporte de bagagem aqui: https://goo.gl/LDrKkC

  • João

    Sim Teresinha, os 23kg são só de bagagem despachada.

  • Beatriz

    O pessoal
    Tem Alitalia sim…..
    Leiam com atenção!!!!

  • João

    Antônio, quem está equivocado é o funcionário. A regra vale a partir de amanhã para os bilhetes comprados dali por diante. Abraço!

  • Camila

    E as regras da Copa, vcs sabem informar se continuam as mesmas?
    Há e só mais uma dúvida, essas novas regras só se aplicam para passagens compradas a partir de agora? Caso eu já tenha comprado as passagens, mas ainda vá viajar daqui alguns meses, muda alguma coisa?

    • João

      OI Camila, assim que tivermos as regras da Copa iremos postar. As novas regras só valem para passagens compradas a partir de sua vigência, ou seja, não muda nada pra quem já comprou. Abraço!

      • Camila

        Menos mal Rsrs. Obrigada pela atenção.

    • Bruna Scirea

      Oi. Camila. Recebemos o posicionamento da Copa: por enquanto as regras não foram alteradas. Você pode conferir as atuais políticas de transporte de bagagem aqui: https://goo.gl/LDrKkC

  • João

    Aqui tudo certo Welton, estamos aqui pra ajudar no que for possível. Essas mudanças sempre trazem muitas dúvidas. Abraço!

    • Welton

      O trabalho de vocês é muito bom, a começar pelo nível de redação de vocês que é MUITO BOM, normalmente baixíssimo em nossa imprensa de um modo geral. Agora, quando vcs cometem uma falha, que é algo normal, aceitável, alertar não é xingamento, não é irritação, nem é desonra para ninguém.

  • Leonardo Guimaraes

    Todas as cias estrangeiras vao manter a politica de 2 malas de 32 nos voos internacionais longos exceto as cias brasileiras! E cada uma viu!

  • Alexandre Martins

    O dia que me verem saindo do país com duas malas de 32kg, podem dizer: “Alexandre não volta mais pro Brasil”.

  • Carla Stivalli

    Sabem como ficou a United?

    • Bruna Scirea

      Oi, Carla. Estamos esperando a resposta da United. Quando tivermos, postaremos aqui.

  • Olivier

    Bom dia! Sabe algo sobre a COPA AIRLINES?

    • Bruna Scirea

      Oi, Olivier. Ainda não tivemos um retorno da Copa. Quando eles responderem, incluiremos as informações no post. Abraços.

    • Bruna Scirea

      Oi, Olivier. Recebemos o posicionamento da Copa: por enquanto as regras não foram alteradas. Você pode conferir as atuais políticas de transporte de bagagem aqui: https://goo.gl/LDrKkC

  • Lanne Janaína Batista

    Tenho uma dúvida : algumas companhias de fora ainda mantêm a franquia de duas malas de 32kg, mas se a pessoa for sair de um aeroporto que não é internacional, como fica? Por exemplo, sair de Goiânia com escala em São Paulo indo para Itália. Mantém-se qual franquia?

    • henriquecaldas

      Vale a regra do voo pra Itália pra todos os trechos, DESDE QUE SEJA A MESMA RESERVA. Se vc comprou as passagens separadas, cada trecho tem sua regra.

      • Lanne Janaína Batista

        Obrigada!

  • Mariana Pallotta

    Muito obrigada pela resposta Marcos! No caso da LATAM (a passagem do meu marido que comentei) a passagem foi comprada em meados de março para o trecho SP-Londres e Londres-SP (voo direto), com ida em abril e volta somente em novembro. As orientações do bilhete eletrônico dele e do checkin on line eram de 2 peças de 23kg, tanto que essa franquia foi respeitada no voo de ida. Agora estamos em dúvida com a volta. Com as informações desse post então ele teria direito a franquia de 2 x 32kg, correto?

    • Marcos

      Correto, Mariana, vale a regra da data de compra (março) que no caso dele são 2 X 32 kg. Para quem comprar a partir de ontem, 18/05, na Latam, valerá a regra nova 2 X 23 kg. São novos tempos.

  • Bruno Wellython de Oliveira

    boa tarde, sabem algo sobre a united ?

  • Wilibaldo

    Lufthansa?

  • Lucinéia Galvão Luna

    Boa tarde
    Conseguiram algum posicionamento da United?

  • Jones Cambruzzi

    om dia, estou com passagem marcada em voo operado pela DELTA para WAS. Comprada dia 07 de junho. Os limites para bagagem despachada sempre quando olhava e conforme o texto acima era de 2 x 32kg. Hoje fui olhar estava 2 x 23kg. Alguém sabe o que está acontecendo? Isso irá afetar minha franquia de bagagem? Estou preocupado, pois sempre uso os 2 x 32kg.

  • João

    Sim, Helena.

  • Camila Carvalho

    Isso, agora a Delta são 2 malas de 23kg. MD precisa atualizar lá em cima, pls! 😉

  • Priscila Costa

    A Tap mudou para 2 de 23kg

  • Marli Czarneski Czarneski

    estou nos EUA , comprei passagem de ida e volta… Ctba a cleveland dia 9 dezembro… mas nao vou usar pois ja estou aqui. comprei assim por ser mais em conta. vou embora daqui dia 31 de dezembro sera que tera algum problema??? Tb gostaria de saber quantos kgs eh na bagagem de Mao e no Carion ,,,,, nas malas despachadas continua os 32 Kgs…. Meu voo eh pela American Airlines que sai dos EUA e em Sap Paulo voo pela TAM ate Curitiba. A Politica de bagagem valida eh a da Americam??? Obrigada pela ajuda

  • Lidiane Djanira

    Muito obrigado pelo post! Ando muito confusa com o tamanho e peso de mala… nem sei ql tamanho de mala compro para viajar. To com medo de aceder o peso. Com essas informações vão me ajudar a me orientar. MUITO OBRIGADO MD!!! <3