GOL anuncia fim da Webjet e demissão de 850 funcionários da empresa

Denis Carvalho 23 · novembro · 2012

Agora é oficial. Por meio de um comunicado a seus acionistas, a GOL confirmou que deu início ao processo de encerramento das atividades da Webjet. A notícia foi antecipada há dois dias pelo Melhores Destinos e levará ao fim da marca e à demissão de 850 funcionários, entre tripulação técnica, tripulação comercial e manutenção de aeronaves.

A companhia informou que a medida se deve ao alto custo para manter a antiga frota da Webjet, que terá seus 20 jatos devolvidos: “A Webjet possui um modelo de operação com base em uma frota composta majoritariamente por aviões modelo Boeing 737-300, de idade média elevada, alto consumo de combustível e defasagem tecnológica. Com os novos patamares de custo do setor no Brasil, esse modelo deixou de ser competitivo. Os 20 jatos Boeing 737-300 que eram usados pela Webjet serão devolvidos”

A empresa confirmou que todos os voos da Webjet serão assumidos pela GOL, que a partir de hoje passa a ser a responsável “por todos os serviços de transporte aéreo e assistência a esses passageiros”.

Veja o comunicado da GOL na íntegra:

“A GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A., maior companhia aérea de baixo custo e baixa tarifa da América Latina, comunica, a partir da presente data, o início do processo de encerramento das atividades de sua controlada Webjet e a descontinuidade de sua marca.

A primeira medida é a extinção das operações de voo. A Webjet possui um modelo de operação com base em uma frota composta majoritariamente por aviões modelo Boeing 737-300, de idade média elevada, alto consumo de combustível e defasagem tecnológica. Com os novos patamares de custo do setor no Brasil, esse modelo deixou de ser competitivo.

Como consequência do encerramento das operações, a Webjet desliga aproximadamente 850 colaboradores entre tripulação técnica, tripulação comercial e manutenção de aeronaves.
Os clientes e passageiros da Webjet serão integralmente assistidos pela GOL, e terão seus voos garantidos, permanecendo a GOL, a partir dessa data, responsável por todos os serviços de transporte aéreo e assistência a esses passageiros. Nesse sentido, todas as providências necessárias serão tomadas.

Com essa decisão e as consequências dela decorrentes, a Companhia estima um aumento pontual de custos durante o quarto trimestre de 2012, que serão oportunamente informados. Tais medidas deverão resultar em uma operação mais eficiente a partir de 2013.

Com relação à frota Boeing 737-300 da Webjet, estima-se a devolução total das 20 aeronaves até o final do primeiro semestre de 2013, sendo 16 dessas devolvidas até o final do primeiro trimestre do próximo ano.

Nesse cenário de redução de sua frota, a GOL prevê uma redução da oferta doméstica (ASK) entre 5% e 8% no primeiro semestre do ano de 2013 na comparação com o mesmo período de 2012. Essas medidas reforçam o comprometimento da GOL na recuperação de suas margens operacionais e na sustentabilidade do negócio”.

Como dissemos nesta semana, o lado positivo da mudança é que os passageiros terão jatos mais novos e confortáveis, contando com o sistema de entretenimento GOL no Ar e pontuando no programa de milhas Smiles. A má notícia é que o preço das passagens, na maioria dos casos, aumentou, já que a Webjet mantinha uma política de tarifas mais baixas que a sua compradora e algumas rotas foram descontinuadas – isso sem entrar na questão das promoções que a Webjet fazia, forçando as concorrentes a baixar seus preços.

A compra da Webjet pela GOL foi aprovada pelo Cade no dia 10 de outubro, data em que teve início o processo de fusão. Na ocasião publicamos um post especial, assinado pelo Leonardo Marques, sobre a importância que teve a Webjet e o  impacto de seu desaparecimento no mercado aéreo nacional. Vale a pena dar uma lida clicando aqui.

Veja a página da GOL em nosso guia de companhias aéreas

Dica do leitor Rodolpho Farias

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Leandro Vidal

    Verifiquei que os voos da Webjet não constam mais no site da Gol, nem mesmo com a numeração da Gol (não sei se todos, mas SSA-NAT, SSA-FOR, SSA-GRU, SSA-CNF, entre outros). Eles serão cancelados? Obrigado

    • Alguns sim, mas a maioria a GOL vai fazer

      • Rafael

        E no meu caso? O voo não aparece mais para compra no site, mas quando vejo os detalhes do voo ele aparece inalterado. Estou preocupado, pois esse é o meu voo do fim de semana de reveillon e, caso troquem o voo para outro de horario mais cedo, não poderei viajar porque estarei no trabalho.

  • fernando

    o CADE deveria ser extinto, não serve para nada. Todo mundo sabia que a Gol compraria a WEBJET para aumentar o oligopólio do mercado, que era uma medida predatória. Agora isso, centenas de pessoas sem emprego, milhares de consumidores sem opção de vôo barato. Nosso país é um lugar de otário, aqui só se dão bem os poderosos, as grandes empresas, e o governo de nada serve.

    • fernando

      e meu comentário não precisa de moderação, assumo o que digo, e a constituição me garante liberdade de expressão.

      • Calma Fernando! 🙂

        • Daniel Matos

          Rapaz pegou feito pneu de trator. [/Mução]

    • Alexandre

      Não só o Cade mas também a Anatel, entre outros. A Anatel só serve para faturar quando se vendem as licitações, deixando de lado a função de fiscalizar a qualidade dos serviços. Quando se abre uma reclamação contra qualquer operadora não há nenhum tipo de acompanhamento se o problema foi resolvido e sequer verifica se o prazo foi cumprido. Tenho um caso concreto em que a operadora enrolou a solução por quase 30 dias. Alguém sabe me dizer como ficam os créditos em voos cancelados na Webjet para a Gol?

      • Daniel Matos

        A Anatel essa semana resolveu PROIBIR a Tim de fazer uma promoção boa para os seus clientes. Sob a alegação de que eles deveriam melhorar a infraestrutura de serviço que já era obrigaçao da empresa e não havia sido feita. Quer dizer, pra empresa cumprir com sua obrigação de prestadora de serviço, em vez de o órgão fiscalizador exercer seu papel e obrigá-la, simplesmente impedem que os clientes se beneficiem com uma promoção boa e continuem pagando mais caro.

        Brasil é de f… mesmo.

  • Pedro Henrique

    O problema é que a legislação aérea do Brasil é muito arcaica.

    1 – A obrigatoriedade de oferecer mala de porão. Em muitos paises há empresas que cobram para quem quer despachar bagagem, enquanto aqui é obrigatório ofercer 1 de 23 kg para voos nacionais e america do sul e 2 de 32 para viagens transcontinentais(com exceções). Isso faz todo mundo pagar mesmo que não despache a bagagem.

    2 – A necessidade do capital das empresas ser majoritariamente nacional, o que afasta investidores. Na Europa e muitos outros lugares, empresas são compradas por outras, com simples clausulas pelos orgãos reguladores locais de manutenção dos voos na base da empresa. Onde não acontece e tem aviação desenvolvida, em geral, o país tem capital interno suficiente para bancar as empresas.

    3 – As altas taxas de importação de aeronaves, e mais do que isso, a falta de estimulo para compras dos Embraer. Sai mais barato para um empesa extrangeira comprar um Embraer do que uma nacional.

    4 – A tão já debatida falta de infraestrutura de aeroportos, navegação aérea etc

    5 – Leis que obrigam pequenos aeroportos a operarem em condições semalhantes a aeroportos grandes.

    6 – entraves burocráticos para solicitação de rotas, criação de empresas etc… Um avião que vai da bolivia para os estados unidos, só por passar por 10 minutos por território brasileiro, tem que pedir autorização para o voo comercial existir. Enquanto há paises com 3a, 4a, 5a até 6as liberdades, nós temos entraves já superados por outros paises menos desenvolvidos.

    Não satisfeito fazem leis que tendem a trazer a aviação cada vez mais para o atraso, como a tal lei que obriga as empresas a fazerem a remarcação e reembolso com no máximo 10% do valor da tarifa.

    Tudo bem que haja um orgão regulador. Acho muito certo que se punam abusos, mas ninguém muda a lógica econômica por decreto ou lei.

    Vide o caso do Rio de Janeiro com a mudança da tarifação dos estacionamentos. Após a lei a situação piorou e nunca mais melhorou.

    O poder publico não faz a sua parte.

    Onde o poder público deveria atuar não faz nada.

    Na hora de fiscalizar manutenção de aeronaves, como por exemplo A320 que esteja com o reverso "pinado".

    Punição exemplar por abusos ao passageiro.

    Vale a pena para a empresa desrepeitar o cliente, deixa-lo 6 horas espeerando o próximo voo e depis pagar uma ^multinha^. Sai muito mais barato do que colocar ele num hotel, ou pagar uma passagem na empresa concorrente que tem um voo antes.

    Enfim, a aviação brasileira é dirigida por amadores. Antes eram militares hoje políticos, que não saberiam explicar o por que de um avião voar, que dirá saber algo de administração de uma empresa, quanto mais do mercado aéreo que é por demasiado complexo. AMADORES! são eles que dirigem não só a aviação, mas todo o setor de transporte nacional! Não há nada de profissional.

    É uma pena, mas acho dificil surgirem novas empresas a curto prazo, e se depender da inteligência de alguns, vamos em breve fazer São Paulo Fortaleza de ônibus denovo!

    • Pedro Henrique

      *estrangeira

  • Leandro Ferreira

    É o fim mesmo!!! Pelo jeito que estão as coisas acho que os novos comissarios só vão voar nos sonhos!!!!!! E ainda querem dar vagas para os estrangeiros!!!!!! Sem Palavras!!!!

  • Christian Schneider

    Semana passada decolei de MIA e contei seis 737-300 da ervilha em solo encostados para devolução e hoje pesquisando voos no sítio da G3 trechos POA-CWB descobri que os voos da Webjet não aparecem para venda, resta saber o que a GOL fará com esses slots.

  • Igor Martins Soares

    Uma duvida essas aeronaves da webjet vão ser devolvida para quem o qual empresa

    • Segundo a GOL será para a Boeing

      • Alexandre

        Como funcionam em detalhes essa devolução?

        • A GOL é a maior parceira da Boeing no Brasil e negocia os termos com ela diretamente, como abatimento em compras futuras de novos 737.

      • Igor Martins Soares

        vlw Denis

  • Felipe Senna

    Triste notícia… =/

  • tcampos

    R.I.P. WebJet.

    Mesmo voando apenas duas vezes nessa companhia, está fazendo uma falta tremenda.

    🙁

  • Guinho Par

    Lamentável para clientes e funcionários! ( Todo processo da venda em sí)

  • André Senger

    O Correio do Povo , jornal de Porto Alegre-RS, afirma que 300 dos 850 trabalhadores demitidos são do Rio Grande do Sul, quase 40% do total.

    Por favor, alguém saber dizer se a Web tinha um centro de manutenção de aeronaves aqui ?

    Porque , 'a primeira vista, parece exagerado esse número de 300 …

  • Fernanda

    Como o Fernando, tbm fico indignada. Deu para ver bem quem pagou a conta dessa fusão…

  • Rodrigo Aguiar

    Sacanagem o que fizeram com a Cia e seus trabalhadores!! Espero que o MP investigue isso….!!! Estou boicotando GOL apartir de hj, nao viajo mais de GOL….

    • Silvia Cristina

      Também estou boicotando a GOL. CADE, ANAC, queremos de volta os slots operados pela Webjet. Avianca e Tam tem sido para mim ótimas opções.

  • cristina

    Voei de webjet poucas vezes ano passado. Tive passagem de volta do Carnaval cancelada e horário de ida alterado, assim como meu pai. E não comprei mais deles. Mas de qq forma, a empresa fazia com que as outras baixassem as passagens para preços normais e realmente acessíveis.

    Como pode a gol falar que os atuais aviões da webjet tem um custo mais alto que os que ela tem, e ela cobrar passagens mais altas que a webjet. Se o custo é mais alto, então a passagem da webjet está mais inchada. E convenhamos.. gol no ar?! me poupe… isto é diferencial? Diferencial é preço de passagem e horários diversificados!!! Smiles??? isto eu prefiro pagar mais barato em uma passagem do que pontuar mil pontos em um trecho!

  • Flávio Luiz J

    Absurdo!

    Eu usava o trecho Porto Alegre – Navegantes e vice-versa que pela webjet era um voo direto e custava menos de 100 reais (cheguei a pagar menos de 50 reais nas promoções) e demorava 45 minutos de voo. Pela Gol o avião vai a São Paulo pra depois voltar a Navegantes, custa mais de 800 reais e leva 4 horas pra chegar. QUE MARAVILHA!

    Agora a única empresa que faz voo direto de Porto Alegre para Navegantes é a Azul que ficou praticamente sem concorrência, se a Azul cobrar até 800 reais pela passagem que custava menos de 100 ainda é melhor que a Gol pois leva 45 minutos de voo até Navegantes contra 4 horas da Gol.

    Só pra constar, Porto Alegre – Buenos Aires também é outra encrenca, tem que voar a São Paulo pra voltar para Buenos Aires. Se não me engano a única empresa que faz voos diretos Porto Alegre – Buenos Aires é a Aerolineas Argentinas as demais não tem mais esta opção que já teve no passado.

    A aviação brasileira está atendendo muito mal seus usuários.

    • Flávio Luiz J

      * que já tiveram no passado

  • Daila Silva

    De onibus nao Pedro Henrique, pois isso seria ainda luxo e progresso. Eu diria que de "jegue" seria a alternativa mais viável.

  • Thiago Souza

    É uma grande perda para a aviação brasileira, voei WebJet pela 1ª vez quando a empresa tinha só 1 avião, sempre que lança uma nova empresa eu a priorizo, mesmo que no início das operações ela tem que vender o bilhete mais caro (como ocorreu com a WebJet, a TAM e a GOL jogaram os preços dos trechos que a webJet voava lá para baixo para poder acabar com a cia), quanto mais concorrentes melhor, e depende de nós consumidores a ajudar as novas empresas a crescerem.

    A WebJet foi a única empresa verdadeiramente Baixo Custo/Baixa Tarifa no Brasil. 🙁

  • Rafael Augusto

    De curiosidade, onde estão os aviões? Vão ser devolvidos para quem?

  • Thiago Avila Borges

    Parem de se apegar emocionalmente às empresas. Na hora de viajar pesquise em todas e escolha a que te for mais conveniente segundo seus próprios critérios. As empresas não fazem caridade, elas são guiadas para o lucro do acionista. E os preços só se tornam competitivos quando há controle governamental dos preços ou tem várias empresas competindo entre si.

    Não se engane com empresas, por mais bem intencionado que um diretor possa ser ou o dono possa ser, muitas coisas fogem ao controle deles. Isso pode ter sido uma atitude de má-fé de um diretor da companhia, do gerente de promoções ou coisa do tipo. E pode ter sido um engano também…

    Enfim, pode ter sido mil coisas, só não visualize nenhuma empresa como salvadora da pátria, o objetivo final de qualquer companhia que visa lucro é a satisfação do acionista através de… mais lucro. Mesmo que pra obter mais lucro ela tenha que te tratar Infinitamente bem. Mas elas nunca são perfeitas 🙂

  • Cristiano Gomes de O

    Que saudades a WEBJET (antes da GOL) fará!! Voei com ela nos seguintes trechos:

    BSB – GRU

    GRU- RAO

    RAO – CWB

    CWB – IGU

    Todos aprovados!! Nunca tive problemas de atrasos sérios! E ainda ficará na memória a melhor PROMO que eu já vi, quem não se lembra das passagens à R$ 9,90 da WEBJET no final de 2010?

  • Daniel Bazetto

    Lamentável

  • O-A-G

    Gente, fala serio: por que a GOL enche a boca pra dizer que eh de baixo custo se na pratica nao eh???