Adeus! Etihad Airways deixará de voar para o Brasil em 2017!

Leonardo Cassol 14 · novembro · 2016

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Mais uma companhia aérea de excelência mundial deixará de voar para o Brasil em breve. A Etihad Airways, uma das melhores e mais luxuosas empresas do mundo, fará seu último voo para São Paulo no dia 25 de março de 2017.

A companhia estava operando do Brasil desde junho de 2013 voos diretos entre São Paulo e Abu Dabi.

Todos os passageiros que tiverem reservas confirmadas em voos da Etihad após o cancelamento da rota terão o reembolso integral dos bilhetes, sem descontos, ou opções alternativas de viagem, em cooperação com a companhia aérea parceira Alitalia, via Roma.

A Etihad informou em nota que “o atual cenário econômico no Brasil, juntamente com a forte depreciação da moeda brasileira, afetaram gravemente as viagens do e para o país” e que “o desempenho da rota ficou aquém das expectativas”.

Confira a nota completa:

 “A Etihad Airways suspenderá as operações entre Abu Dhabi e São Paulo a partir de 26 de março de 2017.

O atual cenário econômico no Brasil, juntamente com a forte depreciação da moeda brasileira, afetaram gravemente as viagens de e para o país. O desempenho da rota ficou aquém das expectativas da empresa e a difícil decisão de suspender indefinidamente as operações locais foi tomada.

Os passageiros que já fizerem reservas em voos além de 25 de março receberão o reembolso total dos bilhetes ou opções alternativas de viagem em cooperação com a companhia aérea parceira Alitalia, via Roma.

A Etihad Airways lançou voos regulares para a maior cidade do Brasil em junho de 2013. Mais de 460 mil passageiros foram transportados na rota nos últimos três anos.A Etihad Airways agradece aos clientes, às autoridades brasileiras e aos seus funcionários que atuam no Brasil, o apoio concedido à rota desde o seu lançamento.

Nos próximos dias, a Etihad Airways e agências de viagens parceiras entrarão em contato com os clientes para informá-los sobre o reembolso ou opções alternativas de viagem.”

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos