Este mês a GOL pode se tornar a maior companhia aérea nacional

Leonardo Marques 14 · agosto · 2009

Nos últimos meses empresas menores como Azul e Webjet vêm ganhando mercado especialmente da TAM, já a Gol vem crescendo devagar. Isso tem feito a Gol se aproximar cada vez mais da TAM no número de passageiros transportados em vôos no Brasil.

Em julho a diferença entre a TAM e a Gol foi menor que 0,5%. A Azul que em novembro de 2008 nem existia hoje já tem quase 5% do mercado e assim a TAM vai descendo a ladeira. Para quem não sabe a Gol nunca ultrapassou a TAM.

Dados da Anac do mês de julho de 2009

TAM: 43,15% – 2.297.011
GOL: 42,88% – 2.282.707
Azul: 4,69% – 249.717
Webjet: 4,52% – 240.832
OceanAir: 2,53 – 134.775
Trip: 1,59% – 84.692

Analisar esses dados é uma tarefa muito complexa, mas é bom ver a TAM e a GOL praticamente empatadas, quem sabe elas não fazem umas promoções para tentar garantir a liderança. A TAM já falou que não abre mão de seus lucros para garantir a liderança e já a Gol anunciou essa semana o maior lucro da sua história.

Nós precisamos mesmo é que elas continuem sólidas mas com um percentual do mercado bem menor que os atuais 86%. Essas 4 empresas menores estão fazendo a sua parte.

É importante lembrar que esses números se referem ao mercado nacional, nos vôos internacionais a TAM continua absoluta com mais de 80% do mercado, já que a Gol só voa para a América do Sul.

Autor

Leonardo Marques - Diretor do Melhores Destinos
  • Estou com saudades da promoção onde a volta custa R$ 1.

    =(

  • Betânia

    estou com saudades das promoções Cuiabá São Paulo

  • Ana Cristina

    E eu quero uma promoção Manaus/Fortaleza/Manaus e uma de Curitiba/Fortaleza/Curitiba. qualquer novidades me avisem por favor.
    grata
    Ana Cristina

  • Engraçado esse post porque acabei de ler uma materia no Uol mostrando que os lucros da TAM nesse semestre aumentaram muito! http://economia.uol.com.br/ultnot/reuters/2009/08
    O legal disso é ver que apesar de crises e gripe suina, os brasileiros continuam querendo viajar cada vez mais!

  • Capitão publi

    Olá Leo,

    PARTE I

    Tomara que TAM e GOL cresçam o mínimo e as outras avancem mais, especialmente a AZUL. "GOL prestes a se tornar maior companhia aérea do Brasil e com o maior lucro da sua história", uma péssima situação para os passageiros, pois é exatamente assim que a aviação tem crescido: a GOL revolucionou no Brasil a adormecida TAM após implantar a imitação do low cost americano do Neeleman da Jet Blue (que no inicio até que era parecido, mas agora está um pouco longe de ser uma low cost no preço) e com 90% das vendas online. Bem, a TAM se reestruturou e absorveu várias caractéristicas da GOL, mas nao se curvou ao modelo low cost ao mesmo tempo em que se permitiu mais flexibilidade.

  • Capitão publi

    PARTE II

    Enquanto isso, nos bastidores, Constantino (o mais pacífico e heróico empreendedor da aviação terrestre e aérea brasileira) trabalha muito e (seria mera coincidência?), vimos TRANSBRASIL, VASP, BRA, RIO SUL e outras empresas de aviação quebrarem ou serem incorporadas após o ano de 2000. Fizeram muita mandinga e conseguiram quebrar de vez a melhor companhia aérea da história desse país em todos os sentidos, a VARIG, companhia de altíssima reputação. Mas o Smiles? É claro, uma base de 7 milhões de clientes, muitos de alto poder aquisitivo, um banquete do data mining, não poderia esfarelar assim e….surpresa? Mudaram o logo mas salvaram o nome, apenas um detalhe no meio destes 7 milhoes de cadastros!! A Varig tb era apenas um detalhe no meio de um programa de milhagens, incluindo a marca, os sistemas, recursos humanos, o know-how técnico, de atendimento, turístico, sistemas de tarifas e muito mais. Agora, com cara de low cost, tarifas bem high, políticas abusivas, tratamento pior do que Itapemirim executivo, rotas que privilegiam na malha essencialmente só RIO-SP, a GOL segue crescendo na base do porrete contra tudo e contra todos, usando o esterótipo comercial de "low cost" para iludir os passageiros que acham que estão tendo enorme vantagem.

    • Capitão publicitário, muito válida a sua análise. É sempre bom ter essas comentários mais profundados. Espero mais outros usuários também deixem suas opiniões sobre o assunto.

  • Capitão publi

    PARTE III – Deus, salve a aviação deste país

    O Brasil é o país com um dos piores índices de acidentes aéreos de grande porte dos últimos 10 anos, mesmo possuindo uma pequena parcela do tráfego aéreo. Sucessivamente, os acidentes de GOL, TAM e Air France revelaram problemas tanto com as companhias quanto com o tráfego aéreo nacional, aeroportos e tudo mais, deflagrando uma crise sem precedentes que derrubou ministros, diretores e gerou greves no controle aéreo e choques policiais dentro de aeroportos. No mais recente episódio da batalha das aéreas, fizeram mandinga para impedir a AZUL de operar em Congonhas, mais rentável "hub" nacional na configuração atual. Neeleman, em entrevista recente, declarou que 92% dos slots de Congonhas pertencem a TAM e GOL. Agora querem aumentar o movimento de Congonhas, um aeroporto saturado, em uma área saturada e com o maior índice de acidentes mundialmente em termos de choque contra o solo. A Copa 2014 vem aí e, se quisermos mudar esse cenário, "rezemos" muito e trabalhemos mais ainda. Não será uma boa idéia vermos gringos opinarem sobre o serviço aéreo Brazil se estiver como está hoje.

  • Capitão publi

    Obrigado pelo apoio Léo,

    Em Julho saí de Confins com destino a Londrina pela GOL. Devido ao tráfego de Congonhas, o avião demorou 90 minutos para pousar ao invés de 50, mesmo tendo saído pontualmente da sua origem. Quando pousamos, ninguém nos recebeu para conectar num vôo direto a Londrina. Minutos depois, por acaso encontramos um rapaz da GOL e nos levaram a um balcão na parte superior. Então disseram o seguinte: "o vôo de Londrina (que sairia as 20:10, pousamos as 19:45) já partiu…vamos encaixar vocês num vôo para Curitiba que sai agora as 20:35". Depois tem uma conexão para Londrina….aí interrompi e perguntei "mas que horas sai o vôo para Londrina?". Ela disse "01:00 da manhã". Eu disse "que ótimo hein? E se não tiver mais como ir para a cidade que vou por terra a 180 kms de Londrina? Quem vai pagar minha hospedagem? " Ela respondeu "Sua hospedagem? hummmm deixa ligar aqui…." E ligou e ficou mofando no telefone sem nanhuma explicação. Enquanto isso uma família que estava na mesma situação começou a ficar irada com a GOL e nos aceleraram para entrar no outro vôo. Quando chegamos no avião, assustados e angustiados, estava com 99% de lotação. Um rapaz da famiíla que estava me acompanhando na conexão que veio de Confins me perguntou "O que é isso, minha poltrona está marcada TBA?" Eu disse a ele, "ichhh deve ser lá cabine de comando ou na do comissário, pois não tem mais lugar aqui". A confusão, só no ínício, nos deixou perambulando nos piores lugares do vôo a ser servido e os passageiros começaram a reclamar. Afinal, viramos os "chatos", incovenientes passageiros desorganizados e atrasados daquele vôo. Enquanto a confusão continuava e eu batia boca com as comissárias esbravejando "a culpa desta bagunça é toda da GOL", os passageiros arregalavam os olhos e, para colocar as minhas malas, a comissária abriu um bagageiro na última poltrona onde eu estava (ali mesmo na cozinha) e quase caiu uns 50 quiilos de revistas e outros apetrechos da tripulação na nossa cabeça. Elas também arregaralam os olhos quando perceberam a confusão, mas como nunca podem declarar um "A" sob pena do seu emprego, ficaram quietas. Chegando a Curitiba, no momento em que já deveria estar na estrada no interior de Londrina, a mais de 500 kms dali, com problemas de tempo e um frio de uns 12 Cº pra baixo, encaramos uma espera que se estendeu até às 02:00 horas da manhã. Com a chegada do avião, o vôo partiu vazio e chegamos mais de 02:30 em Londrina. Durante período que estava no segundo vôo concluí que a GOL forçou um overbooking, prática muito mais comum do que os inocentes passageiros brasileiros imaginam, "roubou" meu lugar no vôo SP-Londrina e mandou partir o vôo lotado, nos fazendo passar vergonha no segundo vôo e mofar horas até o terceiro. Para a minha sorte, a pessoa que me esperava erm Londrina "dormiu" em uma casa na cidade. Saindo dali, com chuva e muito frio na madrugada paranaense de inverno, fomos chegar quase às 06:00 da manhã no destino, quase o mesmo tempo do que se tivesse ido de ônibus. Moral da história: como diria o primeiro mandamento da TAM antes do acidente de 2007: "nada substitui o lucro". Alguém se habilita a afirmar o contrário para estas companhias?

  • teles

    no mes de novembro estarei saindo de ferias estou pretendedo viajar de carro com minha familia, mas mesmo assim gostaria de saber se nesse mesmo mes vcs terao oferta de passagem aerea para salvador quero ver se vale mesmo apena como algumas pessoas falam.

  • pinheiro lecafe

    Quero saber preços de pasagems em ofertas sempre que tiver para quaquer lugar:

  • Leonardo (Melhores D

    pinheiro, basta cadastrar seu email que será avisado.