No ar o Guia de Israel. Veja as dicas para visitar este destino surpreendente!

Monique Renne 25 · maio · 2015

Está no ar o Guia de Israel, com tudo o que você precisa saber para visitar este país surpreendente. Veja dicas de onde ficar, como se locomover, quando ir, o que fazer em Israel e muito mais! É hora de conhecer este turbilhão de cultura, história e fé que tem atraído cada vez mais os viajantes brasileiros.

O convite para conhecer Israel chegou três meses antes da viagem. A minha primeira reação foi dizer sim, eu quero ir! Logo na sequência surgiram várias dúvidas, questões e curiosidades sobre o país. Apesar do destino parecer tão familiar, conclui rápido que não conhecia quase nada sobre o turismo na região. Além disso, me parecia (e realmente é) muito confusa toda a história e cultura que envolve o país. Destinos que geram dúvida e curiosidade são interessantes não só para conhecê-los, mas também para entendê-los. Viajar para Israel exigia o mínimo de conhecimento e a viagem começou a ser estudada três meses antes da partida.

Ao chegar a Israel não pude evitar um susto ao ver a jovialidade e modernidade de Tel-Aviv, especialmente quando contraposta com a tradicionalista Jerusalém. Inacreditável que em um país de dimensões tão pequenas (é possível atravessá-lo de carro em 4 horas) possa existir uma variedade tão grande de culturas, paisagens, religiões e modo de vida. A cada cidade visitada a impressão era de estar em um novo destino.

A primeira sensação que tive ao ver a praia de Tel-Aviv foi de incredulidade. A orla é lindíssima e lotada de atletas bem em forma. Posso arriscar dizer que tem um certo ar de Copacabana. Gente bonita e bronzeada vivendo em um clima tão tranquilo que era difícil acreditar ser um dia comum de trabalho. No Mediterrâneo, praticantes de SUP disputavam as melhores ondas enquanto bicicletas voavam pelo calçadão. Eu poderia ficar ali por muitos dias. Mas este era só o começo de um mundo de descobertas que estavam por vir.

Eu não conseguia tirar da minha cabeça nomes como Monte das Oliveiras, Mar Morto, Mar da Galileia, Nazaré, Deserto da Judeia e tantos outros. Nomes tão familiares porém nada palpáveis. Nomes que pareciam estar apenas nos livros. Ao menos até chegar a Israel. Lá a história ganha contornos e cenários tão reais que é difícil não entrar em parafuso pensando em quantos acontecimentos teriam se passado por ali. E é neste ponto que entra a frase mais dita em Israel. “Segundo a tradição” é o bordão mais repetido por lá. Cabe a cada um aceitar ou não os fatos que ocorreram “segundo a tradição”.

Cesareia Marítima

Confesso que fiquei muito impressionada com a grandiosidade de Cesareia Marítima, os túneis incríveis da cidade de Acre e o espetacular cenário de Massada. Três sítios históricos tão bem preservados, capazes de contar o passado de Israel nas paredes e pilares que continuam de pé. Fiquei fascinada (pra não dizer enlouquecida) com o Mar Morto, onde boiar é apenas uma das maravilhas que ele proporciona; me senti no Mad Max andando de 4×4 no Deserto de Negev; não consegui parar de pensar em como os pergaminhos do Mar Morto podem ter ficado por tanto tempo escondidos nas montanhas de Qumran; abri vários sorrisos ao visitar o kibutz que transformou o deserto em Jardim Botânico e também ao ver os imponentes Jardins de Baha’i e finalmente entendi o conceito de “oásis” ao ver a água jorrando no Parque Nacional Gan Hashlosha. Tudo muito fascinante.

guia-israel (49 de 196)
Mar Morto

Apesar de Israel não se resumir a Jerusalém, é impossível negar que ela é a maior atração do país. A cidade, envolta em uma aura de mistério, já foi palco de muitos eventos históricos e religiosos e até hoje é sede de lugares sagrados para várias religiões. Uma mistura que torna a cidade tão rica quanto incompreensível. Difícil definir a energia que a região murada da Velha Jerusalém transmite, independente de questões religiosas. Ao visitar Jerusalém não perca a oportunidade de estar em contato com tantos locais sagrados. Suba o Monte das Oliveiras para ver o pôr do sol, deixe um pedido no muro das lamentações, visite o Santo Sepulcro e admire a linda cúpula da dourada na Esplanada das Mesquitas. Em Jerusalém não há porque ir contra o fluxo, nem mesmo ao se deparar com a multidão que segue os passos da Via Sacra.

Jerusalém vista a partir do Monte das Oliveiras
Jerusalém vista a partir do Monte das Oliveiras

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quer conhecer mais sobre Israel? Preparamos um guia completíssimo no nosso Guia de Destinos. Acesse o Guia de Israel e veja muitas dicas sobre os principais passeios, o que fazer, quando ir, como chegar, onde comer (e como são boas as comidas!) e muito mais! Fique de olho nas promoções do Melhores Destinos e boa viagem!

* A repórter viajou a convite do Ministério do Turismo de Israel.

Publicado por

Monique Renne

Editora de Destinos

  • Elis Serrano

    Nessa região é seguro e tranquilo para mulher ir sozinha?

    • Monique Renne

      Elis, honestamente não vi nada que tornasse o destinos perigoso para mulheres. No entanto, eu não aconselho a andar descoberta e desacompanhada pelos bairros árabes. Porém é um conselho só por precaução. Não há nada que desabone a segurança das mulheres.

    • Daiane Luiza Soares

      Tranquilo?! Lá é perfeito!!!! Ninguem te assalta…rouba…ninguem rouba teu celular… lá é perfeito!!!

  • Larissa Campos Souza

    Que legal!!!
    Vou pra Israel em julho e com certeza vou aproveitar todas essas dicas!!! Obrigada MD!

    • E como foi de viagem, Larissa?
      Aproveitou bem as dicas?

      • Larissa Campos Souza

        Oi @disqus_jgi8apfCGG:disqus!
        A viagem foi incrível! Mal posso esperar pra voltar 🙂

  • Israel é sensacional!! Fiquei 10 dias no país e aproveitei cada minuto de norte a sul.
    Incrível experiência.
    Indico a todos!

    • Robson Muniz

      Bom dia. Vou e maio de 2016. Gastou em média quanto por dia?

      • Bom dia Robson!
        Cara, eu fui em Janeiro/2014, então não lembro muito bem os valores. Achei minha fatura do cartão e peguei alguns valores que podem te ajudar.

        Aluguel de carro – 7 dias – 400 dólares
        Tanque cheio do carro – 200 Shekel
        Diária em Hostel de Tel Aviv – 144 Shekel
        Almoço bem servido em Tel Aviv – 52 Shekel

        Foram algumas das coisas que paguei no cartão e tenho aqui. Faça a conversão para analisar o que deve gastar.

        No geral, não é um lugar caro.
        Tem alguns passeios e museus que são relativamente baratos, mas de gasto em gasto, podem fazer a diferença no seu orçamento. Economizamos bem hospedando em hostels e a dica é se programar e fazer as reservas antes, na hora pode acabar perdendo uma grana.

        Qualquer outra dúvida, eu tento te ajudar.
        Abs

  • Monique, chegou a visitar Eilat?
    Uma cidade maravilhosa também.

    • Monique Renne

      Felipe, infelizmente não. Foi o que faltou 🙁 Mas ainda volto qualquer dia!

  • Ernesto Lippmann

    Momique
    Ótimo relato!
    A cidade de Safed, a capital da Cabala é pouco conhecida, mas muito interessante, especialmente numa sexta feira. As nascente do Rio Jordão, também.

  • Lorena

    Que sonho esse local! Próximo ano, se tudo der certo, estarei lá!

  • José Luiz

    Destino único no mundo. Cultura, História, Modernidade e tradição convivendo em harmonia, apesar da questão política. Navegar no Mar da Galiléia vendo no entorno O Monte das Bem Aventuranças, Cafarnaun, as montanhas da Jordãnia tão próximas, é algo indescritível. País apaixonante. Estive com minha esposa agora em abril e já estou planejando a volta.

  • Saulo Nascimento

    Só uma correção, os imponentes jardins de Haifa no sopé do Monte Carmelo são conhecidos como os jardins dos Bahá’ís e não jardins de Bahá’í. A fascinante Fé Bahá’í, que na verdade é de origem persa, se estabeleceu em Israel quando seu Profeta Fundador foi para lá exilado pelo Império Otomano em 1868.

  • Diego Almeida

    Não existem palavras para descrever Israel e especialmente Jerusalém. Só indo para saber. E o melhor é poder desfrutar de tudo isso tranquilamente e sem medo algum da violência, mesmo andando a noite pela ruas. Incrível demais!

  • Henrique

    Oi, é muito caro o custo em Israel? Ouvi dizer que é tipo Europa.

  • Monique Renne

    É um bom comparativo sim 😉

  • Robson Muniz

    Bom dia. Vi agora seu comentário e agradeço desde já. Pois bem , você alugou carro lá ou no Brasil ?E o GPS, vc levou daqui ?Esse valor do hostel foi pra uma pessoa?Pretendo alugar carro pra ir em Massada, Quram e Jericó,o litoral e a região da Galileia.Vc fala bem Inglês ? Quem não fala bem, consegue desembolar?

    • Robson, bom dia!
      Vou tentar te ajudar no que conseguir…

      Alugamos o carro em Israel, mas recomendo já fazer a reserva aqui no Brasil. Chegamos na locadora sem reserva e não havia praticamente nenhum carro disponível. Acabamos pagando um pouco mais do que o planejado por causa disso.
      Na Avis, alugamos um mini iPad com 3G. Usamos o Waze para as rotas.

      Se não me engano, esse valor de hostel é por pessoa. Já recomendo fazer as reservas antes da viagem também.

      Na época meu inglês estava bem fraco, mas consegui entender e me virar no básico. Meu amigo era melhor e ajudou. Mas se você entende o básico, não deverá ter problemas.

  • K. Alice

    Olá amigo, quanto tenho que mostrar no aeroporto em tel aviv? tenho medo de comprar a passagem e me mandarem voltar. Tem q ser em espécie, pode ser em cartão? Eles podem me pedir a reserva de um hotel?

  • Robson Muniz

    Tô com uma dúvida pessoal, talvez alguem possa me ajudar.Sei que o seguro de carro não cobre território Palestino. Pois então, quando vier da Galiléia sentido ao mar morto, passo pela entrada de Jericó, correto ?.Tem como parar antes da fronteira,atravessar a pé,e pegar um Taxi pra rodar por lá?

  • Robson Muniz

    Tô com uma dúvida pessoal, talvez alguem possa me ajudar.Sei que o seguro de carro não cobre território Palestino. Pois então, quando vier da Galiléia sentido ao mar morto, passo pela entrada de Jericó, correto ?.Tem como parar antes da fronteira,atravessar a pé,e pegar um Taxi pra rodar por lá?

  • Chegando meu dia….