Não consegue emitir bilhetes com milhas da TAM? Eu posso ajudar!

Leonardo Marques 14 · outubro · 2011

Você está com dificuldade em conseguir emitir passagens internacionais no TAM Fidelidade? É impossível achar uma passagem em qualquer que seja a data? É, tem mais gente com a mesma dificuldade.

A advogada e consultora Fernanda Guimarães, responsável pelo blog Diário de Consumo e com ampla atuação em veículos de comunicação preparou este artigo para o Melhores Destinos com a experiência dela e com algumas dicas que certamente irão ajudar você a emitir a sua tão sonhada passagem. Vamos ao texto dela:

Nada como passar pessoalmente pelo problema para, mesmo trabalhando com Direito do Consumo, obter um caminho mais promissor. Lembro que, há pouco mais de 4 anos, bastava ir à loja TAM do aeroporto e “escolher” (veja bem o verbo que indica que havia “opção”) o melhor destino e horário para emitir os bilhetes usando as tais milhas aéreas acumuladas. E, não muito longe ainda, era possível, ao menos, optar pelo vôo diurno ou noturno, mesmo que em datas mais restritas. Mas está tentando emitir bilhetes aéreos com milhas da TAM/Multiplus recentemente? Então já sabe que tudo isso mudou e que, se obter 1 mísero assento nos próximos 6 meses para voar para Miami ou Orlando, você é um verdadeiro vencedor!

Confesso que conseguir emitir 3 bilhetes juntos para um vôo internacional, em classe executiva, foi uma sensação de sucesso indescritível. E se foi possível fazer isso, deve-se a um roteiro básico, que espero que possa auxiliá-lo a também conseguir:

1 – Para emissão de bilhetes internacionais, em especial para os EUA e Canadá, esqueça o site da TAM e as lojas do aeroporto. Algumas informações prévias são importantes:

(a) o prazo de validade dos bilhetes internacionais é de 6 meses. Isso quer dizer que você poderá emitir passagens, a contar de hoje, para até 180 dias. Assim, se quer viajar em abril, por exemplo, inicie a busca por assento agora em outubro;

(b) pelo mesmo motivo, teoricamente, os assentos para os vôos com data daqui exatos 6 meses deveriam ser todos liberados hoje às 00:01 da madrugada. Contudo, segundo o que funcionários da própria TAM me disseram, essa lógica não é perfeita. Isso porque os assentos podem ser liberados “aos poucos”, o que quer dizer que se você não conseguiu hoje, amanhã é outro dia e é preciso seguir tentando;

(c) existe a baixa e a alta temporada, ou seja, somente entre 15 de março e 31 de maio e de 16 de agosto até 30 de novembro é possível emitir bilhetes com aquele número mínimo restrito de pontos (20 mil para cada trecho Brasil-EUA e EUA-Brasil ou 30 mil para cada trecho Brasil-Europa e Europa-Brasil). Todas as demais datas são consideradas alta temporada e pode ser que você esteja procurando o impossível, pois, pela própria regra do programa de milhagem, não haverá qualquer assento na alta temporada pelo número mínimo de milhas (aqueles 20 e 30 mil para classe econômica). Acesse o link da TAM e confira a pontuação necessária para cada época e destino;

(d) o site da TAM somente disponibiliza buscas nos vôos da própria companhia. Dessa forma, você abrirá mão das consultas junto a United, Air Canadá, Continental, Lufthansa, TAP, entre outras. Lógico que vale conferir, até diariamente, a disponibilidade. Contudo, hoje é mais fácil emitir trechos pelas demais companhias da Star Alliance para os EUA do que diretamente com a TAM;

(e) as lojas dos aeroportos possuem, a princípio, o mesmo sistema de consultas da Central de Atendimento (4002.5700), mas há restrição de horário. Muitas das reservas “caem” ou assentos novos são disponibilizados depois das 20 horas ou antes das 6 da manhã. Já ouvi dos próprios atendentes da loja da TAM do aeroporto Salgado Filho em Porto Alegre que muitos clientes saiam de lá sem conseguir a reserva, mas acabavam retornando depois, somente para emitir os bilhetes e fazer o pagamento direto das taxas de embarque, com códigos de reserva obtidos pela Central de Atendimento;

(f) você pode fazer a reserva e não emitir no mesmo dia. Isso quer dizer que é possível ficar ligando e renovando alguns trechos até conseguir “fechar” a viagem toda. Por exemplo, você conseguiu hoje a reserva de ida, mas ainda não abriram os assentos para a volta. Para não correr o risco de emitir e depois ter que cancelar ou perder os assentos de ida esperando reservar somente tudo junto, faça a reserva sem emissão. Confira o horário final limite para renovação e vá ligando sempre que possível. Persistência!

2 – Utilize a Central de Atendimento (4002.5700). Os melhores horários são após as 22 horas e antes das 6 horas da manhã. Eu emiti meus últimos bilhetes exatamente às 23h20min de um domingo;

3 – Seja gentil e educado com os atendentes. Afinal, você depende exclusivamente da boa vontade deles na busca de assentos. Informe-se sobre aeroportos próximos e sugira a eles que também pesquisem por essas alternativas. Por exemplo, para o destino de Orlando, tente também os aeroportos de Tampa e de Port Canaveral. Cogite conexões estratégicas. Pode não ser tão ruim trocar de aeronave em Houston ou Washington, dependendo do seu destino. Contudo, confirme se os trechos internos (dentro dos EUA) honrarão com a franquia de bagagem internacional (2 vezes 32 kilos para cada passageiro);

4 – Saiba que algumas coisas são possíveis e outras não: pela United, por exemplo, pode-se unir um trecho em classe executiva com outro em classe econômica. Paga-se milhas pelo trecho maior. Já com a Continental, somente conectam-se trechos de classe equivalente ao de saída, ou seja, eu havia conseguido assentos no vôo São Paulo – Houston em executiva e depois em Houston – Orlando em econômica, mas não foi possível emitir os bilhetes porque, pela regra da Continental, mesmo que eu pagasse tudo como business, o sistema não aceitaria finalizar. E, infelizmente, não dá para fazer stop e ficar uns dias na conexão. O sistema de reservas só reconhece como um “mesmo bilhete” conexões de no máximo 23h59min minutos. Se precisar parar, serão cobradas as milhas correspondentes ao trecho interno;

5 – Dedique-se! Levam-se em média 10 dias para conseguir a emissão de bilhetes internacionais (EUA e Canadá), mas saiba que eles ainda existem sim!

Gostou desse post da Fernanda Guimarães? dá uma passadinha no blog Diário de Consumo.

Autor

Leonardo Marques - Diretor do Melhores Destinos
  • Rafael Barbalho

    Parabéns pelo artigo.

    Acho que o MD tem esse papel também: troca de experiências, dicas. Isso é fundamental!

    E vamos as viagens!!!

  • Elizabeth

    Léo,

    Você parece adivinhar os problemas mais comuns dos viajantes. Estou tentando justamente isso (marcar passagens para abril de 2012 com milhas) e não tenho conseguido dia nenhum.

    Mas vou continuar tentando… Abraços.

  • Giordano Kostcoski

    Olha, eu emiti a minha passagem para 15 de março/2012 para Seattle com as milhas da TAM e não tive problema algum, o atendimento via telefone foi rápido e sem problemas. Lógico que eu liguei justamente no dia 15 de setembro, ou seja, 180 dias certinho do prazo para não correr o risco de perder.

    Acredito que para destinos mais concorridos o grande problema é justamente a concorrência, afinal de contas, quem não quer viajar de graça para Orlando por exemplo. Leva quem chegar primeiro.

  • Vou viajar em um grupo de 4 pessoas para o Canadá em 12/11/2011. Imediatamente 6 meses antes dessa data, às 00:00 a.m., ligamos para a TAM para emitir os 4 trechos de ida, com 2 cartões fidelidade diferentes. Primeiro aprendizado: na mesma ligação eu podia reservar com 2 cartões distintos e depois fazer emissão. Mas mesmo fazendo em duas ligações diferentes, conseguimos 2 trechos Guarulhos-Toronto e 2 Trechos Brasília-Guarulhos-Toronto, todos no mesmo voo e por 20.000 milhas cada trecho.

    De Toronto seguiremos para Ottawa, Montreal e Quebec, sempre viajando de trem.

    Saindo de quebec, no dia 23 de novembro, seguiremos para NYC, voando continental, emitido 180 dias antes, também às 00:00 a.m., com 2 cartões fidelidade distintos e por 15.000 pontos cada trecho, sem problemas para emitir.

    A dificuldade maior foi emitir os trechos de volta, sendo 2 de NYC – Guarulhos e 2 NYC – Guarulhos – BSB. Continua…

  • Daniel

    Continuando: quando ligamos às 00:00 a.m. com 180 dias de antecedência, conseguimos apenas emitir 2 trechos, de NYC – TORONTO – GRU, em classe econômica, por 20.000 milhas cada, voando Air Canada. Fomos orientados a ligar no outro dia pelos atendentes, pois os assentos seriam liberados aos poucos. Conseguimos emitir, então, outros 2 trechos, voando United, de NYC – CHICAGO – GRU – BSB, por 20.000 milhas cada. Nesse mesmo dia, conseguimos efetuar o upgrade dos 2 trechos da Air Canada para executiva.

  • roberto

    consegui em março 2 assentos para Las Vegas para voar em abril. o artigo é muito bom, porém faço uma correçao: nao se consegue "renovar"a reserva diariamente. a reserva dura um dia, e vc pode diariamente fazer uma nova reserva. geralmente dá, pois no momento q derrubam a tua própria reserva, esse assento aparece disponível. Mas nem sempre !! portanto, nao dá pra contar 100% com isso !

  • Denise

    Excelente texto. Agora sei que devo persistir!

  • Daniel

    Parte Final: Foi um pouco estressante, mas conseguimos emitir todos os trechos esperados, conforme resumo a seguir:

    2 trechos Guarulhos-Toronto, por 20.000 milhas cada, voando air canada.

    2 trechos Brasília-Guarulhos-Toronto, por 20.000 milhas, voando air canada.

    4 trechos Quebec-NYC, por 15.000 milhas cada, voando Continental.

    2 trechos NYC-Toronto-Guarulhos, classe executiva (feito por upgrade após emitir econômica), voando air canada.

    2 trechos NYC – Washington – Guarulhos – Brasília, voando united, classe econômica.

    • Ludimila

      Como ocorreu este upgrade de passagens para a executiva? Milhas ou pagamento?

    • gilmar

      Muito bom Daniel . belíssima aula. Pergunto se Alguma vez vc conseguiu emitir pelo site. Abraço

  • Alê

    Tentei emitir bilhetes pela TAP com milhas TAM e não consegui. Só tinha voos até 15/12 e dia 31/12 e eu precisava ir dia 25/12. Liguei pras duas centrais e a TAM me atendeu muito bem, mas infelizmente há muitas restrições pra emissão de bilhetes com milhas pela TAP. Resolvi meu problema de acúmulo de milhas + vontade de viajar, vendendo-as! Vendi muito bem e com o dinheiro comprei as passagens que queria e utilizei meus pontos de qualquer maneira, que iam inclusive expirar! Já em março, viajei com milhas pro Uruguai, sacadas de última hora, e foi super tranquilo (se bem que não consegui pra data exata que queria), e requereu poucos pontos. Mas o procedimento deveria ser mais simplificado e fácil. A gente é fidelizado, gasta com a companhia área, mas na hora de sacar bilhetes tudo é mais difícil. Essa não deveria ser a recompensa pra quem opta pela exclusividade de uma empresa área pra ganhar milhas!

    • Penso que no caso de dificuldades extremas na emissão, a melhor solução seja vende-lás a empresas sérias que a comercializam.

      Acho que a opção para a troca deveria ser mais simples. Ter que ficar acessando e pesquisando no site todo dia não é nada agradável.

  • Helana

    Parabéns pelo artigo.

    E como fazer para utilizar o programa de milhas para emitir passagens pela outras companhias membros da Star Alliance? A gente teria que fazer a pesquisa no site de cada companhia? Como informaríamos o número do programas de milhagem?

    • Valdinho Pellin

      Ótima pergunta.

      Tenho essa dúvida também.

      • Cristiano

        Também estou com essa dúvida!

      • Raphael Motta

        Tem q ligar pra TAM

    • Pela Central de Atendimento da TAM. Eles pesquisam e eles emitem. Abraço!

  • Rodrigo Mantoani

    Uma opção ainda que um tanto arrojada que costumo utilizar é deixar para emitir sempre de última hora, exemplo emiti no dia 13/09 para viajar dia 14/09 e consegui em classe Executiva por 80mil milhas ida e volta a Miami, sempre estes assentos são liberados com poucos dias de antecedência pois deixam os mesmos para a venda e se não foram vendidos liberam.

    • Thiago

      Mas esse seu expediente é só para quem "pode". Quem não pode como eu, tem q programar viagem com um ano de antecedência…

  • Marcelo Oliveira

    Ninguém merece o Fidelidade! São meses para creditarem seus pontos de voos com companhias parceiras e depois é super difícil emitir um bilhete pra voo internacional!

    • Vanessa

      Concordo!!

  • Carlos Silva

    Eu tive alguns problemas com a emissão de bilhetes antecipada na TAM. Dia 13 de julho emiti ida/volta BH – Caracas para dia 06/10 e retorno dia 12. uma semana antes do embarque, alteraram a minha reserva e me colocaram em vôo para conexão em GRU de apenas 1 hora. Liguei e argumentei que era pouco tempo para a conexão e falaram que era tanquilo e para não me preocupar pois daria tempo. No dia 06 cheguei em CNF e fiz check in e já na sala de embarque me chamaram pelo alto falante. Meu vôo ia sair com atraso de 50 min e por esse motivo perderia minha conexão em SP. Nem me embarcaram. Não conseguiram me acomodar em nenhum outro vôo para CCS naquele dia. Meu destino era um arquipélago a 170 km de Caracas e para embarcar no dia seguinte, precisaria ter a confirmação dos vôos internos, antes de chegar a Caracas, pois são aviões pequenos e com alta procura. Como não consegui novas passagens para o dia seguinte, pedi à TAM que alterasse meus vôos para ida dia 13 e retorno dia 19. Depois de muito argumentar, me atenderam. Na hora de emitir, constataram que havia comprado com milhas e eu teria o prazo de até 3 meses para usar as passagens e seria até o dia 13. Conclusão: perdi as passagens da TAM, perdi as reservas já pagas de hotel e vôos internos por culpa da TAM. Me programei com antecedência e fui penalizado duas vezes pela companhia.

    • Thiago

      Processo neles!! Absurdo isso!

    • Thiago

      Processo neles!! Absurdo isso!

      E ainda deixou de conhecer Los Roques, que é maravilhoso!!! Essa sim, foi a maior penalidade de todas.

      • Carlos Silva

        Realmente foi o pior de tudo… não conhecer Los Roques

  • MLK

    Emiti com facilidade em 12/out 1 bilhete para minha namorada para Los Angeles em fevereiro, retornando em pleno carnaval. O mais interessante é que já havia emitido o meu bilhete quase duas semanas antes, e consegui, com pequenas alterações nas conexões, assentos para ambos nos mesmos vôos.

    Só tenho elogios para o Call Center da TAM. A disposição dos funcionários em procurar cada sugestão nossa, ao menos no meu caso, foi clara. O mesmo não ocorreu na segunda emissão, que foi feita em loja no aeroporto de Vitória, quando a atendente fazia mil caretas para cada trecho que pedia para pesquisar.

  • Diego Rafael-DF

    Tam sem vergonha!

  • òtimo post!

    Muita gente tem dificuldade em emitir com Tam, então com certeza ajudou muita gente!

    Eu não credito mais no Fidelidade, porque o ano passado fui pra Barcelona voando Qatar e não tinha como creditar na TAM. Optei pela United, cia na qual agora também credito quando vôo TAM, mas não sei como é pra retirar passagens-prêmio.

    Minha experiencia com passagens prêmio é que a American é ótima pra isso!

  • Thiago

    Nao tinha hora melhor pra esse post! Estou com um problema e preciso da opinião de quem entende.

    Emiti 2 bilhetes gru-las pela united pra novembro. Nao foi tao difícil, emiti via Tam viagens. Como nao há vôo direto, escolhi parar em Houston e a atendente sempre me falando os nomes da cidade e nao a sigla do iata. Consegui por 50 mil, mas a data que queria. Ótimo!

    Antes de emitir conferimos tudo, segundo a atendente seria são Paulo-Houston e depois Houston-las Vegas.

    Só que fui no site ver a reserva e estava gru-iad iad-las, ou seja

    São Paulo- WASHINGTON WASHINGTON -las Vegas. A atendente confundiu iah com iad e com isso ficarei quase 24 horas viajando.

    Tem como cancelar esse bilhete sem a multa das milhas uma vez q quem errou foi a atendente? Queria uma opinião antes de ir lá. Obrigado

  • Vanessa

    Eu piquei meu cartão de crédito da TAM e fujo da TAM. Se a diferença da passagem for pouca, compro das concorrentes.

    Eu era vermelho na TAM. Tentei ir para Los angeles e voltar por NY. Me disseram que precisava ser com 6 meses de antecedencia e assim foi. Estava eu lá com 6 meses. Daí eles disseram que para emiir a ida tinha que ter a volta e que os 6 meses era a partir da volta. Não tinha multi cidades na net como tem hoje. Então era preciso ir no aeroporto.

    Com 6 meses do dia da volta 7h da manhã estava eu no aeroporto.

    Quando chego lá fui informada que nao tinha nem para ida e nem para a volta para nenhum aeroporto nos dias que eu queria ir. Ia dia 21 de abril e queria voltar dia 7 de maio. Procurei por todos os aeroportos dos estados unidos e nada e com várias datas dentro desse periodo. Até que perdi a paciencia e fiz um escandalo e xingava a TAM e o programa.

    A atendente encontrou dia 22 de abril para chicago, voltando dia 6 de maio por NY.

    Precisava desse desgaste todo???

    Os trechos internos ela queria 15 mil pontos. Lógico que não paguei. Comprei da AA por menos de 100 reais.

    Eu não suporto a TAM.

  • Igor – Poa

    Ótimas e preciosas informações!Obrigado pela dedicação MD!

  • Matheus Souza

    Existe cobrança para emissões pelo telefone?

    • senas

      Sim pelo telefone é mais caro do que pela net R$30,00

    • Sim! Qualquer emissão da TAM (loja ou Central de Atendimento), exceto pelo site, tem o acréscimo de R$ 30,00 por bilhete.

  • Carolina

    Muito bom o artigo! Já consegui emitir passagens para Stuttgart, ida e volta, com cias da Star Alliance feitas por atendimento telefonico, ida Swiss e volta pela Lufthansa.

    Paga-se uma taxa de 30 reais quando o atendimento é feito por telefone ou nas lojas, mas as opções de cias são bem maiores que quando feitas pelo site, ou seja, as chances de sucesso são maiores. E antecedência, sempre!!!

  • Vitor J. Nunes

    Esse artigo resume bem a vida de quem tenta emitir pelo Fidelidade.

    Passei por tudo isso para ir ao Canadá em abril. Foram sete dias de ligações.

    Só acrescentaria uma informação: precisei por duas vezes emitir o bilhete e trocar dias depois por uma data melhor. Tem um custo de R$30,00 por remarcação, mas, para mim, valeu a pena. Isso por conta desses assentos que vão sendo disponibilizados aos poucos e, então, consegui ir na data que queria tendo a garantia da reserva. Se não conseguisse a data desejada, iria numa data próxima.

  • Cristiano

    Como faço pra emitir passagens das outras companhias aéreas da Star Alliance utilizando pontos do TAM fidelidade? Acho que no texto isso não ficou muito claro.

    • Vanessa

      Ao ler os outros posts fiquei também com essa duvida.

      Voei pela United e os pontos foram para a TAM.

      É possível entrar nas outras cias e emitir com multiplus??

      Tenho interesse em voar com a Luftansa.

      • Leandro

        Sim. Tem uma tabela no site. Ligue para o atendimento da TAM e solicite para que eles façam uma busca nas Star Alliance. Eles vão buscar o trecho pela Cia que voc6e quiser…

  • Renato

    Engraçado, as cias aéreas fazem de tudo pra você voar por elas, mas quando o cliente quer trocar a porcaria de umas milhas por uma passagem é essa via crucis! Total falta de respeito com quem mantem eles! Alias, depois que a TAM inventou essa droga de multiplus, adivinhe pra onde vão todas as minhas milhas do banco: smiles! Não que seja perfeito, mas quando quero emitir um trecho, entro e em 15 minutos consigo. ps.: vou transferir quase 30 mil agora, boa lembrança essa matéria.

  • Leonardo

    Nossa .. eu não sabia que estava tão difícil assim, eu e meus amigos temos um campeonato no fim do mês agora e conseguimos comprar 7 passagens usando as milhas da Tam, isso 6 semanas antes do embarque… e vamos todos juntos. Só o visto que embaçou, o visto para esporte é diferente e mais chato ¬¬, o resto foi tranquilo.

  • Marinês Melo

    Interessante o post, isso mesmo consegui trechos para maratona NY agora em novembro por 20.000 o trecho depois de uns 15d tentando todos os dias, a princípio fiz a reserva como não tinha a data do retorno fiz com uma data mais próxima e fui tentando todos os dias até que consegui, é preciso persistência, caso contrário não consegue.

  • Marcelo

    Interessante o artigo e boas dicas.

    Mas, na boa, se os programas de milhagem comecarem a ficar deste jeito, seria mais decente das cias acabar com as emissoes, pois isso deveria ser um premio e nao algo pra gerar todo esse stress.

    abraco,

    Marcelo

  • Leandro

    Vou tentar, mas confesso que esses assentos, para mim, eram a maior lenda. Tipo saci pererê e mula sem cabeça. Esse papo "sujeito à disponibilidade" e sem informação de um número preciso de quantos assentos vão liberar por voo, deixam os passageiros nessa situação.

    Como os destinos da TAM na Europa são bem limitados, acredito que emitir pela TAP Victoria exigirá menos esforço. Conexão por conexão…

  • Rodrigo

    Li o texto e achei de grande valia, mas siceramente passar por isso para tirar uma passagem chega a ser vergonhoso. Para mim o (in)fidelidade Tam acabou!!! Agora só transfiro minhas milhas para o Smiles que não é mil maravilhas, mas esta muito melhor que o da Tam.

    • Guilherme

      Poderia haver uma análise dessa para Smiles! Realmente é mto difícil emitir passagens por esse programa. BSB-CCS para mar/2012 já não existe mais!

      • Guilherme

        Digo com 10.000. Afinal não vale a pena desenbolsar 20.000 pra Caracas!

  • Marcelo

    Tenho pontos pela continental airlines, que está dentro da star alliance. Como faço para emitir uma passagem para o nordeste junto a TAM? Alguém sabe?

    • Se as milhas foram creditas no cartão fidelidade da Continental, é ela quem vai emitir os bilhetes do vôo da TAM.

  • senas

    Eu consegui emitir miami-sp 20000 pelo site mesmo, mas acho o programa de milhas da tam muito ruim para passagens com destino EUA, o das AA é muito melhor.

  • Recebi um e-mail da LAN Chile, dizendo que neste fim de semana estão com uma promoção boa p/ os EUA. SP – Miami por USD 849, vcs estão sabendo? NO e-mail diz que a promoção será só neste fim de semana e aponta o seguinte link p/ ver as ofertas http://www.lan.com/pt_br/sitio_personas/ofertas/v

    Espero ter colaborado. Abçs

  • Juliana neiva

    Ano passado consegui marcar m minhas passagens para nova york com milhas em agosto menos de um mês antes da viagem, ligando para o call center e reservando a ida até conseguir a volta… Foi difícil, tive q ligar milhões de vezes, mas consegui!

  • Fabio

    Estou indo dia 05/11 com retorno dia 09/11 CWB-MIA – 20.000 o trecho. Comprei direto do site da TAM com cerca de 5 meses de antecedência…muita paciência e procura que dá pra achar!!!

  • Edilson

    O artigo é muito útil e já passei por tudo que a colega Fernanda Guimarães mencionou. O que ocorre é que, depois de ler, não consigo deixar de me lamentar pelo suplício que se tornou o Fidelidade TAM de uns tempos pra cá. Fazemos de tudo para acumular os pontos, damos preferência para o cartão de crédito e tudo o mais. Eu mesmo tenho o Itaucard TAM. Mas depois de tudo, quando você consegue os pontos, tem de se "esforçar" ao extremo, utilizar de diversas "estratégias" como as mencionadas aqui, para obter aquilo que eles anunciam o tempo todo como fácil e descomplicado, mas na verdade é perto do impossível. As restrições e senões viraram tantos que a regra passou a ser "não conseguir", sendo poucos os que conseguem furar essa lógica, quando deveria ser o contrário, até pela própria propaganda. Infelizmente, esse comportamento da TAM impulsiona o mercado de milhas para voos internos, prática que eles proíbem, mas todos sabem que movimenta um mercado negro bastante grande. Aliás, muita gente diz que vale mais a pena vender as milhas e, com o dinheiro, comprar o trecho em companhia inclusive melhor do que a TAM, na data que desejar, e pontuando de novo. Enfim, em resumo, se o Fidelidade TAM fosse aquilo que anunciam, não teríamos de fazer tanto esforço para conseguir uma passagem com pontos. Saudades de quando ele era um grande programa de fidelidade. Hoje é uma corrida de (muitos) obstáculos. Abraços a todos.

  • Vinícius

    Emitir bilhetes com o TAM Fidelidade é mais sofrido que um parto, mas sempre consegui. No site é impossível com o mínimo exigido (20.00 EUA e 30.000 Europa). Por isso, sempre recorro às lojas da TAM Viagens. Na Central eles não dão tantas opções quanto a TAM Viagens!!! Já consegui emitir por várias parceiras.

    Certa vez emiti um trecho com várias conexões, mas no dia da viagem liguei na central e consegui alterar para um voo direto GIG-JFK. Foi maravilhoso, pois consegui ganhar um dia em NYC… O conselho é: ser perseverante…

  • clerton

    gambiarra pra procurar acentos por milhas em companhias star alliance
    http://www.flyertalk.com/forum/bmi-diamond-club/8

    • clerton

      seguindo os procedimentos no link acima, agente consegue saber antecipadamente quais as companhias star alliance que fazer o treço que procurarmos. mas nao da pra marcar os assentos no site da ANA. o que devemos fazer fazer eh, de posse das informacoes de disponibilidade de assentos, ligar para o numero da TAM e ir literalmente mostrando ao atendende onde estao os assentos que nos interessam!!!!! piece of cake!!!!

  • Eduardo Galvã

    A TAM é horrível.

    Em se tratando de programas de milhagem, para mim o AA é o melhor. Você olha direto no site, analisa, compra, e ponto final. Hiper-fácil, prático e sem nenhuma dor de cabeça.

  • JOHN

    Multiplus é mesmo uma droga!!!!!

  • Edson madruga

    Quem viaja,Orlando e Miami,existe a possibilidade de ir de milhas SP Bogotá,por pontos e de lá ate Orlando ou Miami ,não sai da rota ,sao 5,30 ate Bogotá e 3 horas ate Orlando ou Miami,de Bogotá ate Orlando e feito pela Jet blue ao preço de 150 dólares, e de Bogotá Miami,AA Avianca e lan disputam o mercado,existe ainda a possibilidade de conhecer Bogotá,já fiz diversas vezes.

  • Ana Carla

    De fato, é bem mais facil emitir passagens pela central de atendimento! Esse ano fui para os EUA por milhas em abril, reservei as passagens pelo site em novembro!! Qando estava em Nova York resolvemos ficar mais tres dias, ligamos para a central e com muita facilidade conseguimos voo pela TAM mesmo, porem, na vespera de ir embora resolvemos ficar mais dois dias, ligamos novamente para a central e conseguimos pela TAM por 30 mil milhas, mas a atendente nos sugeriu voltar pela Continental por 20 mil. Tudo certo, voltamos pela Continental mesmo.

  • Lucio

    Confesso que é um parto emitir passagens, principalmente para os EUA, pelo Fidelidade da TAM. Mas recentemente estive em Miami com outros três amigos, e todos nós conseguimos emitir passagens com pontuação do programa. Inclusive reservar assentos próximos uns dos outros! Agora me preparo para outra maratona, porque já estou com pontos para uma nova viagem, e pretendo viajar em Maio. Vamos ver no que dá.

    Parabéns pelo artigo.

  • sabrina

    Por isso que eu prefiro o Smiles, essa semana mesmo emiti 2 trechos internos dos USA pela Smile sem problema algum! Liguei e em 20 minutos o eticket estava em meu email… Isso sem contar que vou voar de American e Delta, as quais eu prefiro….

  • sabrina

    Eu acabei de emitir 2 trechos internos pelos smiles, foi super facil, em 20 minutos meus etickets estavam no email! 🙂

  • Ivana

    A Tap Victoria está com uma promoção de metade das milhas para viagens para Europa e África.

    Além disso quem tem pontos dos cartões da Caixa te uma promoção que as milhas dobram na Tap.

    Ou seja, 17500 pontos da Caixa transformo em 35000 pontos Tap Victoria e com estes pontos viajo ida e volta pra Europa.

    Abraço,

    Ivana

  • Ivana

    Clerton,

    Fiz o cadastro, mas o link "Use Star Alliance Member Air Lines" não está ativo.

    Ivana

    • clerton

      ivana,

      olhe com atencao o inicio do link que passei. em vermelho, vem explicando como proceder para que aparecam os voos star alliance!!!

  • Manuel DAntas

    Há uma forma melhor: entrar com uma ação nos Juizados Especiais Federais e exigir o cumprimento do que foi prometido quando da adesão ao programa de milhagem: não havia restrição de assentos e eram 20000 milhas para qualquer destino da América do Sul, 50 mil milhas para a América do norte e 70000 milhas para a Europa, ida e volta.

  • Raul

    Troquei 3 bilhetes ida e volta de NY. O trecho da ida foi extramamente fácil, marquei com exatos 6 meses de antecedencia. Já a volta, foi a extremamente difícil, não conseguiamos o voo na data planejada e tivemos que voltar 2 dias depois (nenhum sacrifício rsrsrs). Os atendentes nos informaram que nos finais de semana os assentos nos voos que voltam para o Brasil são reduzidos, sendo os melhores dias de segunda a quarta. Fica a dica!

  • helena

    comprei passagem para buenos aires no aeroporto do galeão,( que não foi barata) para embarque no dia 01/10/11.A minha irmã tinha a quantidade de milhagem necessárias para ida de volta, ou seja, 30.000. Pois bem, nosso assento foi junto ao banheiro, sem conforto nenhum a poltrona não reclinava atandimento,além da viagem toda eramos obrigadas a toda hora ouvir o barulho da descarga . É miter informar que chegamos ao aeroporto 3 horas antes do embarque, no qual pressumimos que havia assentos melhores a ser oferecido, o qual foi confirmdo na volta.Quando solicitamos assento no meio do avião, fomos informadas que o avião estava " lotado " e que só dispunha das poltronas ( de novo) próxmo do banheiro. Ao embarcarmos, verificamos que o avião estava praticamente VAZIO, COMO MUITAS POLTRONAS DISPONÍVEIS. DAÍ, O QUE FAZ A empresa tão "conceituada " Tam? reserva OS PIORES ASSENTOS PARA AS PESSOS QUE VIAJAM COM MILHAS.

    reservando os outros assentos para as pessoas que efetuam o pagamento, o que infelizmente não ocorreu comigo.

  • renato

    Mas que absurdo fazer parecer normal esse comportamento sem propósito desta companhia aérea de baixo nível!

    Ser educado é fundamental em qualquer situação, mas depender de ser gentil com atendentes ignorantes e despreparadas para obtenção daquilo que temos direito, é um grande absurdo.

    Além disto, levar em média 10 dias para se conseguir uma passagem de milhas não deveria ser aceitável – se aceitamos, continua assim.

    Vou descrever minha emissão com milhas na Emirates, pelo site. Havia uma tarifa de milhas, promocional, quando eu iria de Paris para Dubai, no A380. No meu saldo de milhas faltava aproximadamente 10 mil milhas para o total necessário. Em 5 minutos comprei no cartão de crédito as 10 mil que faltavam, voltei à página de reservas e com as milhas imediatamente creditadas, emiti a passagem em um processo absolutamente seguro e rápido.

    Poucos meses atrás emiti uma passagem de milhas na American Airlines em executiva: Sao Paulo – Miami – Honolulu – Los Angeles – Sao Paulo, com ótimos assentos, voos noturnos. E a escolha dos vôos e a emissão das passagens aconteceram em menos de 10 minutos, sem contar que a taxa de embarque para o trajeto inteiro custou menos de 70 reais.

  • marcelo

    EU MUDEI MINHA CONTA PARA UM BANCO E CARTÃO DE CREDITO QUE PERMITEM ACUMULAR MILHAS EM OUTRA COMPANHIA AÉREA.

    O PROBLEMA É QUE TODO MUNDO TEM MILHA DA TAM, POR ISSO ELA PENSA QUE ESTÁ NOS FAZENDO UM FAVOR.

  • IZABEL DINIZ

    Excelente post esse da Drª. Fernanda. Finalmente, alguém ensina o “caminho das pedras” para emitir passagens aéreas com as milhas da TAM.

    Peço vênia para discordar, não do procedimento que ela expôs, mas da recomendação de que temos que ser persistentes e ligarmos para a TAM, inúmeras vezes, até conseguirmos as tais passagens.

    Agindo assim, (sendo humilhados pelos atendentes, ligando muitas vezes, pagando R$ 30,00 a mais), estamos legitimando a conduta abominável da TAM.

    Eu não entro nessa. Tentei uma vez converter milhas em passagens e não consegui e, imediatamente, desisti, para sempre. Boicotei o Tam Fidelidade.

    Boicotem o Programa de Milhas da Tam!

    Acredito que essa falta de respeito ao cliente não prosperaria em países do primeiro mundo. Um absurdo!

    • Cecilia

      Veja o que publiquei abaixo, concordo, boicote ao programa da TAM, eu já boicoto mesmo… qualquer outro é menos horroroso !

  • Neide Labonia

    Gostei da ajuda porém , é muita mao de obra ficar ligando para conseguir uma passagem. Tenho vendido minhas milhas, procuro uma passagem na companhia que desejo e ainda tenho pontuaçao.

  • Pretendo emitir TAM para voar em julho para Europa… Tenho esperança de conseguir gastar apenas 70k para o período de 27/07 – 17/08. (que é o mínimo se for seguir a tabela da TAM).

  • Fernandes

    Edson, usei esta estratégia pela primeira vez agora em setembro e achei bem tranquilo. Fui com a familia de milhas TAM até Bogotá, dormi por lá e no dia seguinte fui de Jet Blue para Orlando.

    • Lilian

      Valeu! Vou experimentar!

  • Que papelão da TAM. Os clientes mais fiéis precisam de um guia para resgatar as milhas.

    Valeu! Mais um ótimo trabalho do MD.

    Abs!!

    • Leonardo Marques

      É Márcio, ganhar pontos está cada dias mais fácil, já usá-los está cada dia mais difícil.

      []'s

  • Marco Antonio

    Galera, to vendo q tem muita gente insatisfeita com a TAM, mas tentem emitir pelo Smiles/GOL/VRG nas cias áereas AA, Dela, Air France e KLM!!!!

    Antes de mais nada tenham um bom pacote de minutos no seu fone para não se assustar com a conta no fim do mês.

    A grande verdade é q a internacionalização das cias áereas brasileiras trouxe grandes dificuldades para emissão de bilhetes.

    Não pensem q isso é privilégio da TAM. Emitir no Smiles/GOL/VRG é tão ruim ou pior…no mínimo 1h30min de ligação!!!

    O lance realmente é persistência e ligar todos os dias como um colega aí de cima já falou….

  • mth

    Carlos se tem tudo registrado, vale apenas tentar argumentar novamente com a Cia novamente ou ir atras dos sue direitos.

  • mth

    NAO podemos de maneira nenhuma ser mau educados com os atendentes pois somos dependentes. Devemos engolir seco, a cada cara feia (na loja) ou tom da voz (via tel). Temos que ter mente é a viagem que quero fazer o resto superamos. Mas que dá vontade …

  • Mariana

    Pessoal, tanto no artigo quanto nos comentários vi que é possível emitir as passagens internacionais até 180 dias antes. No entanto, as atendentes da TAM sempre dizem que o prazo para emissão é de três meses. Como assim? Esses 180 dias servem apenas para EUA e Canadá? Gostaria de saber também se alguém já conseguiu viajar com milhas da TAM em trechos operados pela LAN. Minha família já tentou inúmeras vezes e nunca conseguiu assentos, em nenhum data… Obrigada!

  • Cecilia

    Com toda sinceridade, ao ler seu relato fiquei pensando em como o consumidor não tem o menor respeito neste país. Ficar feliz após conseguir uma passagem com milhas após 10 dias neste calvário é prova de resistência, me soa muito mais como um CASTIGO do que como um prêmio pela fidelidade. Parece para mim que a empresa faz os passageiros de perfeitos bobos, dificultando ardilosamente de todas essas maneiras a emissão de bilhetes que lhes são de DIREITO. Como alguém pode se sentir BEM, sinceramente, depois de ter que lutar no braço desta forma para conseguir uma passagem aérea ? Tô fora, tá cheinho de promoções aí de inúmeras outras companhias, isso sem falar que a TAM está me devendo 7000 pontos vai fazer um ano agora e eles só dificultam desse jeito aí, são injustos, me sinto absolutamente enganada e lesada pela TAM (parceria com a TAP no caso). Esse país é terra de ninguém mesmo… mais uma prova é o seu triste relato.

  • braulio

    Resumindo sua fidelidade é tratada com infidelidade deles….

    a sua parte vc faz, a parte da tam, ele finge que faz,…só os guerreiros conseguem

  • Eduardo Luiz Silva

    Bom dia Leonardo, ótimas informações.

    Gostaria de relatar minha experiência pra emissão das passagens com a pontuação TAM fidelidade.

    Eu tinha pontos necessários para emissão de duas passagens São PAulo/Milão (80.000 cada – alta temporada), porem necessitava de três passagens. Queria viajar no final de janeiro, e ficar uns 20 dias.

    Como eu tinha que pagar uma passagem e, pela TAM os preços estão caríssimos, expliquei o que necessitava a atendente Glícia da TAM Fidelidade, dizendo se não poderia possível viajar por outra CIA da Star Aliance, onde a passagem paga estivesse mais em conta. Encontramos na TAP por +/- R$ 1.600,00 (Na TAM tava mais de R$ 3.000,00).

    Resumindo este processo todo de busca, emissão das passagens por pontos e passagem paga, (todos voos ida e volta pela TAP, com pontos TAM), durou aproximadamente 30min.

    Donde gostaria de agradecer e parabenizar o atendimento excelente da atendente Glícia e Lidiane, e a TAM, pois tive minha solicitação resolvida de forma excelente e já tenho as passagens em meu email.

    Abraços

    Eduardo

  • Pedro

    E a TAM mudou de novo a regra para destinos dentro da América do Sul. Incorporou o conceito de baixa e alta temporada…

  • eduardo gauche

    Exato !!! TAM e LAN NUNCA MAIS !!!!!

  • eduardo gauche

    CONCORDO !!!

  • Márcia

    Gente, me surpreende os elogios para a Tam! Me senti enganada, transferindo pontos do cartão de crédito para eles, abastecendo só em Posto Ipiranga, e quando emito a passagem com 06 meses de antecedência de SP para Madrid, qual a surpresa por ser baixa temporada? 40.000 pontos o trecho, por ser um feriado prolongado no Brasil… isso pelo site… ou seja, gastei 80.000 pontos pra emitir a passagem para abril/12, e entrei no site dias atrás (nov/11) e eles pediam para a mesma data 30.000 pontos… vergonhoso!!! Eu sinceramente acho essa cia uma porcaria!!! Em setembro voei para Orlando com eles pagando a passagem, pois não consegui emitir com pontos com 03 meses de antecedencia, eles pediam no site 65.000 pontos o trecho!!!

    Bom saber esse lance do telefone…

    Obrigada pelas dicas para (como disse uma pessoa acima) o programa Infidelidade Tam.

  • Márcia

    Isso é comum na Tam, para pontos o avião está cheio, mas para comprar tem lugar… como explicar isso? Não vendem como sem limites de assentos? Lamentável essa cia… além do espaço entre os assentos terem diminuído… quem consegue pegar alguma coisa do chão quando o passageiro da frente reclina a poltrona?

  • Luciana

    Olá,

    Emiti um bilhete para o Hawaii com a Continental pelo programa de milhagem da TAM. Alguém sabe como se faz para marcar assentos nesse caso? Tentei pelo site da TAM, mas não sei se funciona.

    Apesar dos pesares, sempre consigo usar as minhas milhas em viagens pela TAM e continuo achando muito melhor voar de TAM do que com as outras cias. aéreas. Só acho uma vergonha a TAM não disponibilizar assentos com o número mínimo de pontos em grande parte dos voos. Pode-se dizer que hoje é quase impossível conseguir voar de pontos pela TAM, é mais fácil pelas parceiras.

  • Michelle

    Então, estou tentando marcar para RJ – Orlando e não consigo, gostaria de saber se podemos marcar com outra companhia aerea da Star Alliance usando os pontos da Tam?

    Será que dependendo da quantidade que eu tenha de milhas eu consigo vendê-las e comprar outra passagem? Se puder Alê me passe aonde vc vendeu as suas, ok?

    Obrigada

  • Michelle

    Cheguei de viagem semana passada e estou programando para Maio/2012 ir para do RJ para Orlando, ocorre que não consigo milhas com valores inferiores a 65.000 sendo que preciso pagar pelo menos 20 ou 30000 por trecho. Sou eu meu marido e minha mãe, sendo que minha mãe vai pagar. Ai que bom esse texto, tirou minhas dúvidas.

    Agora como posso fazer a reserva da ida e depois ir mudando? só para garantir a menor pontuação….

    Obrigada

  • Kika

    A Tam realmente faz umas coisas loucas. Depois de incansáveis buscas no site, ontem consegui emitir 2 passagens Miami-Fortaleza, dia 25/04/12 por 20 mil milhas cada uma, e tinha mais de uma opção de vôo (eu peguei o que vem por Manaus). Hoje vi que só aparece novamente com o mínimo de 65 mil, a dica é PESQUISEM e NÃO DESISTAM. Boa sorte!

  • Francisco

    É isso mesmo!!!

    Se continuarmos a nos sujeitar a essas humilhações a situação somente vai PIORAR…

    Vamos buscar outras fidelizações que tenham maior respeito com os clientes.

    Faça a sua parte!

  • Francisco

    Penso que somente com reiteradas ações judiciais, inclusive com pedido de danos morais, a TAM poderá mudar seu comportamento em relação ao seus clientes fidelidade.

    Enquanto as pessoas ficarem aceitando essa "peregrinação" para fazer valer o seu direito, as coisas não vão mudar…com certeza.

  • Sandra

    Será que é possível emitir somente o trecho de ida ou somente o trecho de volta pela TAM para o EUA? E depois emitir o trecho que falta pela

    Smiles?

    • Denis Martins

      Sim, sem problemas

  • Ricardo

    Amigos, pretendo viajar em setembro de 2012 para Orlando com minha esposa e filho de 2 anos. Liguei na TAM e me informei: 80 mil milhas para os dois adultos e depois compro a passagem da criança. Faça isso com 6 meses de antecedência. Portanto, agora. Só que vcs acham que dá? Impossível, só com 65 mil milhas por trecho! Totalmente decepcionanante, tenho juntado essas milhas há 3 anos. Será que mais perto da data consigo por menos milhas? Será que pelas outras cias da star alliance consigo trocar? Na próxima vez troco milhas por liquidificadores e coloco pra vender na frente da minha casa!

  • Ana

    Oi pessoal!

    Agradeço as informações postadas aqui, pois muita coisa não sabia.

    Quero passagens com milha para setembro (miami ou Orlando)qndo surgir o valor minimo posso reservar só a ida e depois antes de vencer ligar para lá e renovar?

    Paga 30 reais por bilhete para reservar, se eu vou reservando durante 10 dias, vou pagar 10 x esses 30 reais?

    Se puderem me explicar como funciona, agradeço desde já.

  • Brasileiro Zé

    Hahaha, a dica de ser gentil e educado com o vendedor foi péssima! Inversão de valores total.

    • Denis Martins

      Gentileza e educação são vias de mão dupla. Isso vale para tudo na vida, não importa a ocasião! Mas se quiser se impor na força, boa sorte! Os anos te mostrarão quem tem razão e um dia você deixará de ser um "Brasileiro Zé" anonimo qualquer.

  • Felipe

    Além de ligar para a Central de Atendimento, outra coisa que agiliza a emissão é informar o número de fidelidade e senha. Isto coloca você em prioridade para o atendimento.

  • Bernardino Camargo

    Acho engraçado esse negócio de parceira. Se voa por uma cia pede os pontos no programa dela. Engraçado as pessoas falarem em fidelização, mas nunca compraram um bilhete na vida, ou compra na TAP LUFTHANSA e pede os pontos na TAM, pq não pede na LH ou TP? eu sei porque! Porque a Tam é a que menos cobra pontos. Só pontos de Cartão de Crédito e ainda quer ir pra Orlando?! Só para deixar CLARO a TAM não limita assento para Brasil e Am do Sul, agora Madame tem dinheiro pra passar 1 mês en NYC ou Europa, não quer comprar passagem, mas quer voo direto em executiva. A TAM deveria acabar com esse programa, transferindo para a LATAM PASS, aí sim, caboclo vai chorar…

  • Andre Ribeiro

    Quantos meses, ops, anos, isso demora???

  • Claudia Boeira

    MD podia “atualizar” esta matéria… estou enfrentando dificuldades, fui em uma loja tam e a atendente não achou nenhuma data POA-HNL… agora estou vendo que é normal sofrer para conseguir.