No ar os guias de San Pedro de Atacama e Salar de Uyuni

Camille Panzera 29 · julho · 2015

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A América do Sul tem destinos sensacionais e para completar nosso Guia de Destinos estão no ar os guias de San Pedro de Atacama, que fica em meio ao deserto no Chile, e não menos espetacular Salar de Uyuni, na Bolívia. Nos guias desses lugares imperdíveis você encontrará informações importantes para planejar a viagem, como chegar, saber quais passeios fazer, onde comer, além de várias dicas sobre o que levar e como se preparar para a viagem!

San Pedro de Atacama – Chile
O pequeno vilarejo no meio do deserto mais seco do mundo está no norte do Chile, a cerca de 1.630 km de Santiago ou a 100 km de Calama, onde se localiza o aeroporto mais próximo. San Pedro é o ponto de partida para quem deseja conhecer as belezas do Deserto do Atacama e ainda que seja um lugar simples, tem um charme peculiar. Suas ruas são todas de terra, suas construções são de tijolos de adobe, o céu é azul praticamente o ano inteiro e durante a noite se converte em um mar de estrelas.

De início muita gente não entende o que um deserto pode ter de tão interessante a oferecer, afinal, muitos pensam que é só areia. Mas o Atacama é um prato cheio para os amantes de belezas naturais e suas paisagens são bastante diferentes uma das outras. O Atacama é uma região de origem vulcânica, com vulcões ativos e inativos e seu cenário é formado por montanhas e vulcões, gêiseres, lagos que refletem a natureza ao redor, deserto de sal com flamingos, vales com formações rochosas curiosas e até um lago em que quem mergulha não afunda!

São tantos passeios lindos e tantas paisagens deslumbrantes que é difícil escolher quais lugares visitar. Nossa sugestão é não perder o Valle de la Luna e o Valle de la Muerte, o Salar de Atacama, a Laguna Cejar (que é cheia de sal e por isso faz as pessoas boiarem) e as Lagunas Altiplanica, que são lagoas a quase 5 mil metros de altitude. Para relaxar, vale a pena conhecer as Termas de Puritama, e se você gosta de exercício, pode escalar algum dos vários vulcões ao redor da vila. Os Gêiseres del Tatio ficam distantes, mas são bem interessantes, assim como o Salar de Tara, que não é dos passeios mais famosos, mas tem formações rochosas que se assemelham à superfície da Lua e um lago com flamingos que é pura paz.

A Caracoles é a principal via de San Pedro de Atacama e nela ficam vários restaurantes e as lojinhas mais conhecidas da vila. É um lugar onde você deverá passar várias vezes durante a viagem e onde ficam restaurantes excelentes, como o Blanco, o Adobe e a sorveteria Babalu. Caminhando pela rua você verá diversas agências que organizam passeios e assim poderá ir em cada uma delas pesquisando preços e serviços até definir sua programação durante a viagem.

Laguna Cejar - Deserto do Atacama

Salar de Uyuni – Bolívia
San Pedro está bem ao norte do Chile, pertinho da divisa com a Bolívia, e a proximidade com a fronteira abre portas para um destino que cai muito bem se combinado a San Pedro de Atacama: o Salar de Uyuni! A planície de sal com mais de 12.000 km² é um dos principais destinos da Bolívia e como fazer turismo no país é barato, montar um roteiro com o Atacama e o Salar de Uyuni na mesma viagem é uma ótima escolha.

Planejando uma viagem ao Salar, logo você irá perceber que o deserto de sal é a cereja do bolo, mas que não é a única atração a ser conhecida na região. Na verdade, quando falamos em visitar o Salar de Uyuni, o que se faz é um passeio, que dura até 3 ou 4 dias, e que ao longo do trajeto faz paradas em diferentes pontos de interesse da Reserva Nacional de Fauna Andina Eduardo Avaroa.

O passeio pode partir de San Pedro de Atacama e ir até a cidade de Uyuni, na Bolívia, ou começar em Uyuni (opção mais barata) e ir até San Pedro. A cada dia de viagem fazemos paradas em lugares lindos, que incluem gêiseres, vulcões, lagoas com coloração esverdeada e até uma lagoa com água de cor vermelha e milhares de flamingos – no meio do deserto! Os cenários são tão deslumbrantes e têm uma localização tão inusitada que às vezes a paisagem parece até mentira!

IMG_8454

Mas nem só de belezas é feito um passeio ao Salar de Uyuni. O passeio tradicional, e consideravelmente mais barato, é feito em veículos 4×4 com capacidade para 6 pessoas, além do motorista. O motorista é quem faz tudo durante a viagem; ele é o guia, instrutor, cozinheiro e até mecânico, se preciso for. As acomodações ao longo do caminho são simples e é preciso se preparar para passar a noite em lugares com a mínima estrutura e até tomar banho gelado (a 4 mil metros de altitude não é das tarefas mais prazerosas que a viagem proporciona).

Para quem não quer abrir mão do conforto, algumas empresas também oferecem passeios privativos em hotéis com melhor estrutura, mas nesse caso é preciso preparar melhor o bolso. Tudo nessa região é muito simples e arcaico, mas as belezas são estonteantes e valem os perrengues da viagem. Várias pessoas, inclusive, acham essa parte da Bolívia mais bonita do que o Atacama.

No nosso guia de San Pedro de Atacama você encontrará informações sobre como chegar, onde ficaronde comer, além de dicas e informações sobre os passeios no deserto. Já no guia do Salar de Uyuni, você encontrará informações importantes que vão desde a planejamento do passeio aos locais visitados e o que esperar da viagem.

Já esteve em San Pedro de Atacama ou no Salar de Uyuni? Deixe uma avaliação para gente contando suas experiências!

Autor

Camille Panzera - Editora de destinos Apaixonada por novas culturas, diferentes sabores, peculiaridades e paisagens que cada pedacinho do mundo é capaz de oferecer.