Iberia demitirá um quarto dos funcionários para escapar da falência

Denis Carvalho 9 · novembro · 2012

A coisa anda muito feia pelos lados da companhia espanhola Iberia. Para escapar da falência, a companhia anunciou hoje um grande plano de recuperação, que cortará um quarto de seu tamanho atual. O plano prevê a demissão de 4,5 mil funcionários, a devolução de 25 aviões – mais de um quarto da frota – e ainda a diminuição da oferta de assentos em 15% em 2013.

Segundo o IAG, grupo que controla a Iberia e a British Airways,  o “exaustivo plano” tem por objetivo “salvar a Iberia”, que tem registrado prejuízos recordes, e fazer com que a empresa volte a gerar lucro. o corte pretende “salvar ao redor de 15.500 postos de trabalho”, que é o restante do pessoal da companhia – a Iberia atualmente emprega cerca de 20 mil pessoas. “Esta redução está alinhada aos cortes de capacidade e o aumento da produtividade da aérea”, cita o documento divulgado pelo IAG.

De acordo com o presidente da empresa, Rafael Sánchez-Lozano, a Iberia está em uma luta pela sobrevivência e o corte foi para proteger os quase 15 mil postos de trabalho que ainda preservou no mundo.

“É insolvente em todos os mercados. Temos que tomar decisões graves para salvar a companhia e fazer com que volte a ser rentável”, completou. “A menos que tomemos decisões radicais para introduzir mudanças estruturais permanentes, o futuro da companhia será sombrio. No entanto, este plano não oferece uma plataforma para voltar a crescer”, conclui o comunicado de Sánchez-Lozano.

A empresa fixou prazo até 31 de janeiro para alcançar um acordo com os sindicatos a respeito das demissões. “Se um acordo não for obtido, cortes maiores e uma redução ainda mais radical no tamanho e na escala das operações da Iberia deverão ser adotadas para salvaguardar o futuro da empresa”, destaca a nota.

O plano de reestruturação lista as demais decisões: diminuição da frota em 25 aviões, sendo 20 aeronaves de curto alcance e cinco de longa distância; redução da capacidade de transporte em 15%; direcionamento da oferta de assentos para as rotas mais rentáveis; e suspensão das atividades de manutenção a terceiros que não sejam rentáveis. Algumas rotas também deixarão de ser operadas, mas não foram divulgadas quais.

Junto com a reestruturação da Iberia, o IAG anunciou o balanço do terceiro trimestre de 2012. O documento não dá muitos detalhes sobre o resultado das duas companhias em separado, mas cita que o lucro operacional do grupo somou 17 milhões de euros nos nove meses de janeiro a setembro, sendo que a British obteve ganho de 286 milhões de euros e a Iberia amargou perdas de 262 milhões de euros no mesmo período.

Ao todo, o grupo teve prejuízo após impostos de 39 milhões de euros de janeiro a setembro de 2012, ante lucro de 365 milhões de euros em igual período de 2011.  O aumento dos custos de combustíveis em 20% afetou duramente o resultado, cita o balanço.

Com informações do Terra, Exame e Veja.

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Francis Vilaç

    Essa semana cancelaram minha passagem de Berlin para Madri em fevereiro. O vôo simplesmente foi extinto. Agora sei o motivo.

    Agora estou esperando os avios retornarem para a minha conta para depois tentar achar alguma outra alternativa.

    O vôo de SP – Madrid está mantido, o de volta também ainda existe, porém foi cancelado pois foi emitido junto com o trecho interno.

    Também percebi que os vôos Madri-Amsterdam não existem mais.

    Espero que a Iberia ainda sobreviva…

  • Raul Felix

    Com todo respeito aos funcionários que serão demitidos, mas o que já era ruim, vai ficar ainda pior!

  • Carlos Ernesto

    Fica a apreensão para quem pegou a promoção pela Accor. Minha viagem para Madrid está programada para maio, saindo do Rio. Tomara que dê tudo certo…

    • ANA PAULA

      agora fiquei com medo, estava me programando para setembro com a promo que peguei da accor, estava querendo emitir a passagem agora, mas, fiquei com medo….

      MD nos ajude….

  • Triste ver uma empresa tão grande assim nesta situação.

    Voei com eles em julho passado, morrendo de medo de greves e etc. No final, embora fosse apenas o voo de ida com a Ibéria, correu tudo bem. Todavia, já dava para sentir um ar bem decadente. Eu havia voado com eles uns 15 anos atrás e fiquei surpreso com o estado geral do serviço que decaiu absurdamente.

    Será que os espanhóis conseguirão dar um Olé nesta situação.

    Vamos torcer, quanto mais empresas no mercado, melhor para nós consumidores.

  • Rodrigo Rizzo

    Ah, investe uns U$ 300 mi do MD lá…

    Brincadeiras a parte, eu e minha esposa também adquirimos passagens para Madrid através dos pontos Multiplus-accor-iberia… Já programamos férias na empresa e tudo. Que tudo dê certo.

  • Nhcaqui

    É possível transferir os pontos Avios para programas de milhagem de empresas parceiras? Quais?

  • Anderson Fláv

    Não sei de onde vocês tiraram a parte da reportagem que cita uma declaração de Rafael Sánchez-Lozan, mas a tradução está errada (expressa o oposto do que ele quis informar). Em vez de:

    "…No entanto, este plano não oferece uma plataforma para voltar a crescer.”

    O mais próximo seria:

    "…No entanto, este plano nos dá uma plataforma para ter uma reviravolta no negócio e crescer."

    Pode parecer um detalhe, mas a frase ao contrário de alarmar o leitor, tenta tranquilizá-lo.

    Vejam no original do IAG:

    "Rafael Sánchez-Lozano, Iberia's chief executive, said: "Iberia is in fight for survival. It is unprofitable in all its markets. We have to take tough decisions now to save the company and return it to profitability. Unless we take radical action to introduce permanent structural change the future for the airline is bleak. However this plan gives us a platform to turn the business around and grow."

    A íntegra do comunicado está no link abaixo:
    http://www.iairgroup.com/phoenix.zhtml?c=240949&a

  • Estou na mesma situação, passagens emitidas para maio pelos pontos da Accor, espero que corra tudo bem e que a manutenção das aeronaves mantenha seu padrão

  • Juscelino

    Na última promo da Accor eu emiti bilhetes para Londres voando British Airways usando os avios Iberia Plus. Paguei alguns avios a mais e um pouco mais de taxas. Na época estava no dilema entre gastar mais e o medo de emitir pela Iberia pela situação da Espanha. Agora acho que tomei a decisão acertada. Como a viagem é só em maio/2013 espero não ter surpresas pela frente.

  • Marcus

    Viajo no Carnaval para Madrid – Jerez de la Frontera, se ainda existir Ibéria. Pelo visto vamos ter que ir nos servir na cozinha do avião!! Não seria má ideia, pq as "aerosenhoras" da Ibéria são de uma "gentileza" terrível!!

    • Rodrigoclt

      Aerovelhas! KKKK

  • Rodrigoclt

    Tbm achei uma frase estranha para um diretor da empresa, não deu muita confiança de escapatória da crise.

  • Gustavo

    Comigo aconteceu a mesma coisa, cancelaram o trecho Berlim-Madri em fevereiro e se eu quiser o ressarcimento terei que cancelar todos os trechos, o que é um absurdo. Me deram a opção de fazer Berlim-Londres-Madri pela British Airways, mantendo intacto Madri-SP, mas sem a franquia de bagagem que eu teria direito se fosse pela Iberia diretamente. Realmente fica complicado.

    Lendo essa notícia, eu só fico preocupado que a companhia entre em falência antes ou durante a minha estada no exterior, o que vai ser uma dor de cabeça braba…

  • EDSON SIEG

    Vão salvar a Banheira?? ops a Ibéria?? Nossa! Uma das piores comoanhia de voos internacionais da Europa em termos de serviço, junto com a British Midland! Se Juntar Ibéria, Aerolineas Aregentinas e BMI, para salvá-las só um milagre forte! A a erolienas quem sustenta é a argentina q quase não tá se sustetando, mais;aiberia…sei não, viu??

  • Daniel

    Apreensão mesmo. A minha viagem para Barcelona com minha esposa está marcada para julho.

  • Mendonça J&ua

    Diante de tantos comentários péssimos que vi e acompanhando, também, as notícias que já vinham dizendo que a Ibéria estava mal das pernas, acabei comprando minhas passagens na promoção da Accor, mas voando com a British. Apesar de ter optado por pagar um pouco mais, fiquei mais tranquilo em viajar com a sólida companhia britânica. Parece que eu estava advinhando…

  • Francis Vilaç

    Pra mim eles não deram opção, falaram que teria que reembolsar tudo mesmo.

    No final das contas, em 3 dias os pontos voltaram para o meu Iberia Plus. O estorno do cartão até agora não apareceu, mas eles pedem até 45 dias.

    Fica a dica, acabei emitindo a volta por Dusseldorf-Madri-SP e gastei 32.500 para o trecho. São 4hrs de Berlim a Dusseldorf pelo trem mais rápido que é o ICE. Custo 29 ou 39 Euros.

    Como eles anunciaram a mudança agora, creio ser muito difícil decretar falência em fevereiro, nenhum empresa faria um plano desses para daqui a 2 ou 3 meses decidir o fim da empresa. Acredito que vão esperar pelo menos uns 8 meses para ver o resultado.

  • michelle

    Alguém sabe como faz pra transferir avios que já estão na Iberia pra British? Qual a taxa de conversão?

  • Luna

    É possível combinar os avios com o Executive Club da British, mas as contas precisam ter mais de 3 meses de idade (antes disso, nem aparece a opção).

    A British está com uma promoção que dá 25% de desconto em passagens na modalidade "avios + money" (daí é preciso fazer as contas para ver se vale a pena, já que parte das milhas obrigatoriamente têm de ser compradas e as taxas da British são bem altas):

    "One year ago we introduced Avios to the Executive Club. To celebrate our first year, we’re having a fantastic 25% off reward flights sale. This offer is an all cabin sale on British Airways to Zone 4 and beyond. All you have to do is book a reward flight between 14 and 19 November 2012, for travel before 31 May 2013, and you’ll need 25% fewer Avios.

    "If you don’t have enough Avios to book a flight to a Zone 4 or beyond you can always purchase more. You can also get 25% off an Avios & Money booking. Plus, if you book a reward flight with our partner airline, Iberia, you’ll get 25% off reward flights as well. It’s a fantastic way for all our Club Members to celebrate this occasion in style. So book now."

    "For the avoidance of doubt, the 25% discount applies only to the Avios amount in an Avios & Money booking, and does not apply to the cash amount required, which is not discounted. Upgrades are not included in this offer and will not have the 25% discount applied."
    http://www.britishairways.com/travel/executive-club-offe...

    • Luna

      A Iberia também está com essa promoção. Na verdade, me enganei, o desconto nos avios são válidos para qualquer emissão.

      Minha opinião é a de que a Iberia não vai falir num curto prazo e que as rotas principais serão mantidas…

  • Luna

    Resolvi arriscar e, na sexta, dia 16, cancelei um bilhete que havia emitido com avios para tentar emitir de novo aproveitando essa promoção. Os avios voltaram para a minha conta hoje e acabei de emitir os mesmos trechos, nas mesmas datas economizando 37500 pontos! Bom demais!

  • Fernanda de Souza Fa

    Pessoal, com esta crise da Iberia fiquei meio receosa de comprar passagens. Vocês sabem me dizer se é seguro comprar pela companhia mesmo que o voo seja operado pela British Airways?

    Obrigada pela ajuda!