URGENTE! Crise diplomática no Qatar afeta espaço aéreo e suspende voos

Wendell Oliveira 5 · junho · 2017

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Notícia de extrema importância para quem vai visitar os Emirados Árabes: sete países (Arábia Saudita, Emirados Árabes, Bahrein, Egito, Iêmen, Líbia e Maldivas) cortaram relações diplomáticas com o Qatar, que é acusado de apoiar grupos terroristas. O incidente gera uma crise na região, afetando o espaço aéreo e suspendendo alguns voos.

A principal companhia a ser afetada é a Qatar Airways, que possui voos com conexão em Doha. A companhia publicou uma nota informado que todos os voos que operam de/para Reino da Arábia Saudita, Emirados Árabes, Bahrein e Egito foram suspensos a partir de 5 junho de 2017 às 21h até as 23h59 de 6 de junho Passageiros afetados poderão pedir o reembolso ou fazer gratuitamente novas reservas para outros destinos operados pela Qatar. Clientes da companhia podem ligar para o número +974 4023 0072 ou buscar alguma agência mais próxima. No Brasil, a empresa atende pelo telefone (11) 2575-3000 ou pelo e-mail atendimentoaocliente@br.qatarairways.com.

Conforme a Qatar estão disponíveis as seguintes opções:

– Remarcar gratuitamente em outro serviço da Qatar entre Doha e a origem/destino originais mencionados nos quatro países afetados;
– As novas datas de viagem devem ser dentro de 30 dias da data original do bilhete;
– É permitida a reacomodação, a partir de Doha, em outra companhia aérea, desde que o voo da Qatar não esteja disponível;
– Para cancelamentos de voos para Arábia Saudita, Emirados Árabes e Bahrein: uma nova reserva de voo operacional da Qatar de/para outro pronto mais próximo via Kuwait e Omã é permitido;
– Para cancelamentos de voos para o Egito: uma nova reserva de voo operacional de/para outro ponto mais próximo na Jordânia, Kuwait, Líbano e Omã é permitido.

Em comunicado, a Emirates informou que todos os passageiros de voos marcados com destino ou origem em Doha terão alternativas oferecidas pelas empresa, como o reembolso ou a remarcação das passagens para outros destinos operados pela companhia. Clientes da Emirates podem entrar em contato com a empresa pelos e-mails lojario@emirates.com ou loja.sao@emirates.com, ou pelos telefones: (11) 5503-5000 (call center) e 0800 770 2130 (SAC). Confira a nota divulgada pela Emirates:

Assim como a Emirates, a flyDubai e a Etihad Airways também informaram que a partir de terça (6 de junho) todos os voos de ou para Doha serão suspensos indefinidamente.

Conforme nota divulgada pela Etihad, a companhia também irá providenciar o reembolso para passageiros que escolherem esta opção ou a remarcação da passagem para outros destinos. Mas informações podem ser obtidas pelo número  +971 (0) 2599 0000 ou pelo site etihad.com. Confira a nota da empresa:

Abaixo, o mapa aéreo com todos os voos da Qatar Airways. De acordo com as últimas decisões, as aeronaves deverão ser banidas da área delineada em vermelho:

Um exemplo prático do impacto dessa decisão é que a Qatar Airways não poderá voar sobre o espaço aéreo da Arábia Saudita e do Egito (basicamente a rota por onde passam grande parte dos voos da companhia para a Europa).

ATUALIZAÇÃO (06/06):

– Os voos da Qatar Airways saindo do Brasil estão fazendo uma parada técnica em Atenas, na Grécia, para reabastecimento. Essa mudança adicionou algumas horas ao percurso da viagem.

– Um mapa com o tráfego aéreo mais recente já mostra os voos da Qatar Airways sendo desviados do espaço aéreo do Egito e Arábia Saudita, sobrevoando a Turquia e o Irã.

O imbróglio parece ter pego de surpresa o Qatar, que sediará a Copa do Mundo de 2022. O governo local afirmou que “não existem justificativas legítimas” para o corte de relações diplomáticas e que a decisão é uma “violação de sua soberania”.

Este post será atualizado se houver novidades sobre a situação dos voos.

Autor

Wendell Oliveira - Editor - Ásia Viajante profissional, está no fuso horário da Tailândia procurando as passagens mais baratas — e vai te acordar de madrugada quando encontrar :)