Conheça a Ponta do Corumbau, uma das praias mais bonitas e isoladas da Bahia

Monique Renne 23 · fevereiro · 2018

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A Costa do Descobrimento, como é conhecida a região do Litoral Sul da Bahia próxima ao Monte Pascoal, ainda esconde alguns belos segredos dos viajantes. E um dos tesouros mais bem guardados entre as praias da Bahia é a maravilhosa Ponta do Corumbau, onde uma longa faixa de areia adentra o mar na maré baixa e forma uma trilha que parece levar direto ao paraíso. É o destino ideal para quem deseja descanso total e distância da vida agitada das grandes cidades.

O difícil acesso à Praia da Ponta do Corumbau ajuda a mantê-la com ares de antigamente, quando as praias eram ocupadas apenas por vilas de pescadores. Por lá não há multidões de turistas, nem grandes hotéis ou aglomerados de barracas na areia. Em Corumbau, o que reina é a tranquilidade e o movimento da maré, que leva e traz aquela pontinha de areia e hipnotiza os poucos turistas que andam por lá.

Para ajudar os viajantes que desejam chegar a esse cantinho baiano cheio de belezas, preparamos este post especial com todas as dicas para conhecer a Ponta do Corumbau. Junte-se aos felizardos que já mergulharam nesse maravilhoso mar e prepare a câmera: a Ponta do Corumbau é daqueles destinos que merecem muitos registros e boas lembranças. 

Faixa de areia que se forma na maré baixa na Ponta do Corumbau

Onde fica a Praia da Ponta do Corumbau

Localizada em Corumbau, no distrito de Prado, a Ponta do Corumbau é uma das regiões mais isoladas no Litoral Sul da Bahia. A Ponta do Corumbau ocupa apenas um pedacinho da longa faixa de areia que forma a Praia do Corumbau, que conta com 15 km de areia fina e mar calmo. Corumbau está localizada na Costa do Descobrimento, a 224 km de Porto Seguro, 55 km de Cumuruxatiba e menos de 10 km de Caraíva (no caminho pela faixa de areia).

Ponta do Corumbau

O que fazer na Ponta do Corumbau

A resposta mais óbvia é também a mais honesta: na Ponta do Corumbau, vá à praia! O mar calmo, a água com temperatura convidativa, as piscinas naturais e o incrível banco de areia que se forma na maré baixa formam um lindo conjunto para quem gosta de passar o dia inteirinho na praia. Na Ponta do Corumbau não há obrigações a cumprir e a pedida é mesmo relaxar. Aproveite as cadeirinhas oferecidas pelos restaurantes ou siga a pé pela areia até ter a sensação de ter a praia inteirinha para você!

Maré baixa na Ponta do Corumbau

O grande espetáculo, que é marca registrada da Praia da Ponta do Corumbau, acontece apenas na maré baixa, quando uma longa faixa de areia abre espaço em meio ao mar e permite que os turistas caminhem por até quinhentos metros mar adentro. E cada minuto da mudança da maré revela novas paisagens. É um fenômeno para ser observado calmamente e aproveitado em cada momento, da maré alta à maré baixa. Para saber o horário em que a maré estará mais baixa e a faixa de areia mais aparente, consulte a tábua de marés. Nas luas nova e cheia a maré sofre maior variação e o fenômeno se torna mais visível.

Ponta do Corumbau com a longa faixa de areia que adentra o mar

Para curtir ainda mais intensamente o mar de Corumbau, não deixe de fazer um passeio até o recife de corais de Itacolomi. A barreira natural, que ajuda a manter o mar de Corumbau tão tranquilo, está bem pertinho da Ponta do Corumbau, de onde saem os barcos de passeio. Em menos de meia hora você estará entre peixes coloridos e piscinas naturais. Outras opções para quem deseja fazer mergulho de snorkeling na região são os recifes do Pataxó e do Carapeba, mais próximos de Cumuruxatiba. Os passeios pelo mar podem também incluir roteiros para observação de baleias jubarte, que dão espetáculo nas águas da Bahia entre junho e novembro.

Praia da Ponta do Corumbau

A má notícia para quem está em Corumbau é que em meses de baixa temporada, quando há pouquíssimos turistas na praia, não será fácil montar um grupo para fazer os passeios. Com pouca gente, o custo será bem alto. Caso não consiga um valor acessível, tente fazer os passeios de barco partindo de Cumuruxatiba, onde há maior infraestrutura turística. A Cumuru Magical Tour e a Aquamar fazem roteiros com saída de Cumuruxatiba rumo aos recifes. A partir de Caraíva também é possível fretar uma lancha para o passeio.

Praia do Corumbau

Ao lado da Ponta do Corumbau, o Rio Corumbau proporciona um banho delicioso para quem deseja água doce! O rio, que desemboca no mar, está entre os mais límpidos da região e é ótima pedida depois de um banho de água salgada. Quem chega a Corumbau nos passeios de buggy que saem de Caraíva obrigatoriamente atravessa esse rio, que divide as duas regiões. A travessia, que tem custo de R$ 4, acontece em pequenos barcos e dura menos de cinco minutos. O Rio Corumbau também é ótima pedida para um passeio de canoa, caiaque ou SUP. O visual em meio ao mangue é lindo e a água sempre deliciosa.

Rio Corumbau

Para fugir da rota de praias, experimente uma visita à Aldeia Barra Velha, onde índios Pataxós recebem os turistas e apresentam um pouco da cultura dos povos nativos da região. Na aldeia é possível também comprar artesanatos típicos. A visita à Aldeia Barra Velha costuma estar inclusa no passeio que sai de Caraíva rumo a Corumbau, todavia, quem está hospedado em Corumbau pode fazer o trajeto inverso e ir até a aldeia.

E por falar em trajeto inverso, se você estiver hospedado em Corumbau, não deixe de fazer uma visita a Caraíva. O simpático vilarejo está localizado a apenas 8 km da Ponta do Corumbau (de buggy) e oferece lindas praias, como a Praia do Satu e a Praia da Boca da Barra. Caraíva, mesmo sendo bem tranquila, é a vizinha badalada de Corumbau. Por lá há excelentes opções de restaurantes, pousadas deliciosas e um número bem maior de turistas, o que pode ser um ponto positivo para vários viajantes. Veja mais dicas de Caraíva e como chegar a esse paraíso.

Praia da Boca da Barra

 

Passeios para a Ponta do Corumbau

Nem todos os turistas que visitam a Ponta do Corumbau se hospedam por lá. Na verdade, boa parte dos visitantes que chegam a Corumbau estão fazendo apenas passeios de bate e volta. Os roteiros mais comuns de passeio para a Ponta do Corumbau têm saída de Caraíva e Cumuruxatiba, as duas vizinhas de Corumbau.

Passeio de buggy saindo de Caraíva para a Ponta do Corumbau

A partir de Caraíva, o passeio mais popular entre os visitantes é o de buggy. O trajeto tem apenas 8 km e em meia hora os turistas chegam à Ponta do Corumbau. O buggy faz parada ainda na Aldeia Barra Velha, onde índios Pataxós recebem os visitantes. O trajeto de Caraíva até a Ponta do Corumbau acontece em estrada de terra e, ao final, há a travessia do Rio Corumbau em um pequeno barco. O passeio dura o dia todo e os turistas podem curtir com calma a Ponta do Corumbau. O custo, por pessoa, é de R$ 50, mas o valor pode subir se não houver ocupação máxima do buggy.

Vale dizer que o mesmo roteiro pode ser feito a pé, por conta própria e custo zero. A caminhada será linda e o presente ao final recompensador. Outra maneira de ir de Caraíva até a Ponta do Corumbau é com os passeios de lancha e barco. A rota não é comumente oferecida em baixa temporada e o ideal, para que o fretamento da lancha não custe muito caro, é formar um grupo para dividir o valor.

Travessia do Rio Corumbau

Se você estiver mais ao sul, na região de Cumuruxatiba e Prado, vale fazer um dos passeios de lancha para visitar os recifes e a Ponta do Corumbau. Com maior fluxo de turistas, será mais fácil conseguir formar um grupo para mergulhar nas piscinas naturais. Depois do mergulho, o passeio segue para a Ponta do Corumbau.

Onde comer na Ponta do Corumbau

A Ponta do Corumbau está localizada em meio a um vilarejo de pescadores e, como não poderia deixar de ser, a grande especialidade culinária da região são os frutos do mar. Sempre fresquinhos e com grande fartura, os frutos do mar tomam conta da culinária de Corumbau e das mesas de todos os restaurantes que recebem os turistas à beira-mar. Os pratos servidos são caprichados, tem excelente preço e, o melhor de tudo, são deliciosos!

Moqueca do Panela de Barro

O mais pedido em todos os restaurantes é o arroz de polvo. Apesar da iguaria ser a predileta entre os turistas, vale também investir na tradicional moqueca, no bobó de camarão e no vatapá, sempre deliciosos! Para quem não come frutos do mar, a pedida são os pratos com carne de sol, também típica da região. Entre as opções para almoçar ou petiscar na Ponta do Corumbau, vale conferir o restaurante Panela de Barro e o Canal do Pampo.

Os principais restaurantes de Corumbau estão localizados lado a lado, bem na Ponta do Corumbau e de frente para o mar. As mesinhas e espreguiçadeiras são convidativas a relaxar depois do almoço e vale passar o dia todo em uma das sombras apenas a base de petiscos e cerveja gelada. É importante dizer que na baixa temporada nem todos os restaurantes abrem as portas e os que costumam abrir fecham antes do anoitecer. Para jantar, o mais comum é comer nos restaurantes das próprias pousadas, que salvam os turistas quando tudo está fechado.

Quando ir à Ponta do Corumbau

O primeiro detalhe a ser visto em uma viagem ou passeio para a Ponta do Corumbau é a tábua das marés. Para conseguir observar o fenômeno da longa faixa de areia que se forma mar adentro o ideal é visitar Corumbau nas luas nova e cheia, quando a maré baixa atinge os menores valores e com isso a faixa de areia se torna ainda mais aparente. O melhor horário para ver o lindo cenário é próximo ao pico de maré baixa. Na maré alta, nenhum sinal faixa de areia será visível. Visitar a praia na maré errada faz com que muitos turistas tenham a sensação de estar em uma praia comum.

Vilarejo da Ponta do Corumbau

Vista a questão da maré, é hora de pensar no clima. A Praia da Ponta do Corumbau pode ser visitada durante todo o ano. O clima na região é constante e a diferença de temperatura entre os meses mais quentes e mais frios não ultrapassa 4°. Os meses do verão – especialmente fevereiro e março – marcam o período mais quente, com mínima de 26° e máxima de 28°. Os meses mais frios do ano são julho, agosto e setembro, quando a mínima chega a 23° e a máxima a 24°. O sol está presente durante todo o ano na Ponta do Corumbau, entretanto a chuva é companheira fiel, sendo que os meses mais chuvosos são março, abril, maio, outubro, novembro e dezembro, com médias que variam de 120 mm a 165 mm. *

A alta temporada na Ponta do Corumbau segue o calendário de férias e feriados. Entre o Natal e o Carnaval a praia recebe mais visitantes, assim como em feriados prolongados. Ainda que o numero de turistas aumente, dificilmente você encontrará a Praia da Ponta do Corumbau cheia. A faixa de areia é muito longa e o difícil acesso faz com que muitos viajantes desistam de ir até lá. Não entre nessa! A Ponta do Corumbau merece cada minuto da viagem.

* Não encontramos dados históricos específicos de Corumbau, por isso usamos como referência as média anuais de Caraíva, localizada a 8 km da Ponta do Corumbau.

Ponta do Corumbau

Como chegar à Ponta do Corumbau

O difícil acesso à Ponta do Corumbau é o principal fator que ajuda a manter a praia ainda tão tranquila. Não há meio de chegar à região por via aérea e as estradas que levam até Corumbau são de péssima qualidade. Para quem chega à Bahia saindo de outros estados, o melhor aeroporto para ir à Ponta do Corumbau é o Aeroporto de Porto Seguro – BPS, distante 224 km. Como segunda opção, vale tentar o Aeroporto de Teixeira de Freitas – TXF, localizado a 135 km da Ponta do Corumbau. Apesar de ser mais próximo de Corumbau, os voos são bastante limitados e o custo costuma ser mais alto se comparado a Porto Seguro. Neste caso, os voos são operados apenas pela Azul e têm saída de Confins de domingo a sexta-feira (um voo apenas por dia).

Vilarejo da Ponta do Corumbau

Por via terrestre, o acesso mais rápido para a Ponta do Corumbau é a partir de Caraíva, de onde partem passeios de buggy diariamente. É possível fazer o tour com bate e volta de apenas um dia ou negociar com o motorista uma data pra retorno. O custo do trajeto, que leva apenas meia hora, é a partir de R$ 50 (o valor pode mudar a depender do número de turistas).

Importante! Esse trajeto mais rápido só é válido para os passeios de buggy, que cortam caminho pelas pistas de terra e areia, onde não há acesso para carro. O trajeto de carro entre Caraíva e Corumbau é bem mais longo e demorado. Serão 150 km de estradas muito ruins, com tempo médio de 4h de viagem. Uma loucura! Se não for precisar do carro para seguir viagem, deixe em Caraíva e vá para Corumbau com um buggy.

Faixa de areia na Ponta do Corumbau

Para quem está viajando de carro, o melhor caminho até a Ponta do Corumbau é via BA-101, com acesso à pista de terra que leva à praia em Itamaraju. Atenção! O Google Maps só mostra essa rota via Itamaraju para quem está ao sul da Ponta do Corumbau. Quem está ao norte (Caraíva, Trancoso, Arraial d’Ajuda e Porto Seguro), o GPS mostra um caminho bem pior e que passa por dentro de várias fazendas. Para ter certeza de fazer o caminho correto, inclua Itamaraju no roteiro. A estrada será bem melhor.

Maré baixando na Praia da Ponta do Corumbau

Pousadas na Ponta do Corumbau

As opções de hospedagem em Corumbau são bastante limitadas. A região ainda tem infraestrutura turística bem incipiente e a oferta de quartos não é muito grande. Caso queira se hospedar por lá, procure reservar com antecedência. Ainda que seja um local com pouca oferta, há boas opções que aliam conforto e um bom quarto à beira-mar. Se o plano for visitar a Ponta do Corumbau apenas em um passeio de bate e volta, as melhores opções de hospedagem estão em Caraíva e Cumuruxatiba.

Vista da Pousada Corumbau

Para quem deseja uma pousada em Corumbau para curtir a vila dos pescadores e os restaurantes da região, a melhor opção é se hospedar mesmo na Ponta do Corumbau, onde estão as pousadas Jocotoka Village de Corumbau, Vila Bela Vista e a Conforto na Ponta de Corumbau

Se a preferência for por maior isolamento, praia completamente deserta e uma deliciosa piscina, invista nos hotéis localizados na estrada de terra que liga a Ponta do Corumbau ao vilarejo de Corumbau, onde estão os elegantes Vila Naia Corumbau e Fazenda São Francisco.

Próximo ao vilarejo de Corumbau, a melhor pedida é a Pousada Corumbau, que conta com quartos à beira-mar e também chalés mais afastados. Na região, há também muita oferta de imóveis para aluguel por temporada. Após a Pousada Corumbau, a praia se torna deserta e não há mais opções de hospedagem.

Praia da Ponta do Corumbau

Últimas dicas para visitar a Ponta do Corumbau

Leve dinheiro! Em Corumbau não há caixas eletrônicos e nem todos os estabelecimentos aceitam cartão. A queda constante do sinal de internet também faz com que muitas vezes o pagamentos seja no dinheiro. Para não passar aperto, tenha uma boa reserva;

A Ponta do Corumbau é muito mais bonita na maré baixa, especialmente nas luas nova e cheia. Nesses períodos é quando a longa faixa de areia pode ser observada mais intensamente e as piscinas naturais são mais evidentes;

Não há balada na Ponta do Corumbau e nem quiosques superelegantes. Se você procura agito, prefira ficar na vizinha Caraíva e faça apenas um passeio até Corumbau;

Se deixar para comer mais tarde, você poderá passar aperto. Quando a praia está vazia, os restaurantes fecham as portas no final da tarde. Garanta a refeição ao passar pelos quiosques e pergunte que horas eles irão fechar as portas;

O sinal de telefone e internet é bem ruim em Corumbau. Não conte com eles para resolver problemas emergenciais. Se tiver qualquer coisa urgente para resolver, tente deixar tudo ok antes de viajar;

O comércio na região é bastante limitado. Se você precisa de qualquer produto ou remédio de uso frequente, leve com você para a viagem;

Ao embarcar para Corumbau, lembre-se de levar roupas com proteção solar, repelente contra mosquitos, equipamento de foto, máscara de mergulho e uma deliciosa boia inflável para curtir ainda mais aquele mar lindo e calminho da Bahia.

Praia da Ponta do Corumbau

Por que conhecer a Praia da Ponta do Corumbau?

Há quem prefira destinos turísticos já bem populares, mas tem muito viajante que gosta mesmo é de investir em roteiros menos explorados. E se você faz parte deste time, a Ponta do Corumbau é o seu lugar. A exploração do turismo está apenas começando na região e você terá a oportunidade de conhecer uma praia ainda tomada pela rotina e vida pacata dos pescadores. Além da calmaria, a Ponta do Corumbau oferece um cenário lindo e pouco visto na Bahia, com a bela faixa de areia para caminhar mar adentro.

Se você não tem tempo para se hospedar por lá, mas está de passagem por Caraíva e Cumuruxatiba, não deixe de fazer um passeio até lá. A Ponta do Corumbau é ideal para quem busca um lugar para sossegar, descansar e curtir o mar. Então bora aproveitar!

Praia da Ponta do Corumbau

Já esteve na Ponta do Corumbau? Conta pra gente como foi a sua viagem!

Autor

Monique Renne - Editora de Destinos Jornalista e repórter fotográfica viciada em passagens aéreas. Com um mundo inteiro a ser descoberto.