O que fazer durante uma conexão longa na Cidade do Panamá?

Denis Carvalho 3 · agosto · 2012

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

 A companhia aérea panamenha Copa Airlines tem marcado presença constante aqui no Melhores Destinos graças às suas promoções e muitos leitores se deparam com uma dúvida: o que fazer em caso de uma conexão longa na Cidade do Panamá, onde fica o Aeroporto Internacional de Tocumen – batizado pela Copa de “Hub das Américas”? Para responder a essa pergunta, Anna Bárbara, autora do excelente blog Nós no Mundo fez um pequeno roteiro especialmente para os leitores do MD, que certamente será muito útil para quem planeja voar com a companhia. Quem sabe até as belas imagens não inspirem optar por uma conexão mais longa para conhecer uma cidade a mais  durante a viagem?

Com preços atraentes e uma grande opção de destinos partindo das principais cidades brasileiras, a companhia aérea Copa vem conquistando muitos clientes brasileiros. E é assim que o Aeroporto Internacional de Tocumen, na Cidade do Panamá, tem se tornado bastante conhecido entre os brasileiros.

Conexões longas, de 7 horas ou mais, são comuns nos voos da Copa. Dá para sair do aeroporto?

Sim. Brasileiros não precisam de visto para ingressar no Panamá, mas é necessário ter o Certificado Internacional de Vacinação com comprovação da vacina contra febre amarela.Depois do desembarque, é necessário passar pelo controle de passaporte antes de deixar o aeroporto. Não há necessidade de se preocupar com a bagagem. Você despacha as malas no Brasil e só pega no seu destino final (na volta é a mesma coisa). Só não leve muita bagagem de mão…

E o que fazer durante esse tempo todo? Veja aqui as nossas dicas.

O primeiro ponto é atentar-se para o tempo de conexão. Analise se é possível deixar o aeroporto e voltar, sem o risco de perder o próximo voo. Lembre-se de computar o tempo de imigração, o tempo para passar no raio-X e os imprevistos, que, segundo a Lei de Murphy, sempre acontecem. Saiba também que o aeroporto não fica muito próximo do centro da cidade e que engarrafamentos são frequentes na Cidade do Panamá nos horários de pico.

Se, depois dos cálculos, ainda der tempo de deixar o aeroporto, aproveite para passear ou fazer compras!

Compras sem se afastar muito do aeroporto

O aeroporto da Cidade do Panamá tem uma quantidade considerável de lojas. Contudo, não se compara a um shopping. Para quem não quer se afastar muito do aeroporto, uma boa opção de compras é o Metromall.

O shopping fica a 10 minutos do aeroporto e tem algumas boas lojas internacionais como Adidas, Calvin Klein, Nike, Oscar de la Renta, Columbia, Payless Shoes, Puma, Tommy Hilfiger e Tommy Hilfiger Kids, US Polo etc. Além disso, há restaurantes e cinemas.

A grande vantagem, além da proximidade do aeroporto, é a van que faz o deslocamento do terminal ao shopping sem custo algum. O free shuttle passa a cada 30 minutos.

Compras no centro da Cidade do Panamá

Para compras mais sofisticadas, o shopping Multiplaza Pacific Mall é o lugar.

Por lá é possível encontrar diversas lojas de grifes internacionais famosas, como Chanel, Louis Vuitton, Hermès, Guess, Ferragamo, Cartier, Bulgari, Fendi, Emporio Armani, Armani Exchange, Hugo Boss, Diesel, Ralph Lauren, além de lojas como Zara e Mango. MAC Store e Sony Style também estão presentes lá. Veja a lista completa de lojas aqui.

Há alguns restaurantes sofisticados e alguns bares no terraço com vista panorâmica da cidade. Mais detalhes aqui.

Se preferir visitar o maior shopping da Cidade do Panamá, vá ao Albrook Mall. Por lá, não há lojas tão famosas, mas o preços podem compensar.

Visita ao Canal do Panamá

O Canal do Panamá é um dos destinos mais populares entre os turistas que visitam a Cidade do Panamá. Por conta disso, o Centro de Visitantes de Miraflores, de onde é possível avistar a eclusa de Miraflores e o sobe e desce dos navios, costuma ficar sempre cheio.

No local há um museu e um terraço de observação onde se pode observar os navios. Também é possível assistir a um vídeo que conta a história da construção do canal.

O ingresso custa USD 8. Crianças e estudantes pagam USD 5. Os ingressos com acesso limitado ao terraço para observar os navios custam USD 5 (adulto) e USD 3 (menores e estudantes). Menores de 5 anos de idade não pagam.

Quem tiver mais tempo disponível, pode fazer um passeio de barco para navegar por um trecho do canal. Várias empresas locais oferecem esse serviço. O passeio de barco dura cerca de 5 horas e tem custo médio de USD 115.

Sobrevoando a cidade

Para conhecer a Cidade do Panamá em grande estilo, a sugestão é um passeio de helicóptero.

Existem tours que sobrevoam apenas a cidade ou que também incluem o Canal do Panamá.

Foto: Divulgação. http://heli-ancon.com/en/destinations/8-canal-tour

City Tour

Diversas agências de turismo panamenhas oferecem city tours pela cidade. Os principais pontos turísticos são o Casco Viejo, com seus casarões coloniais; o calçadão da Cinta Costeira, com vista para os prédios modernos da cidade; as ruínas do Panamá Viejo; o Cerro Ancon, que oferece uma vista panorâmica da cidade; e a avenida Amador Causeway, uma rua estreita que separa a entrada do canal do oceano.

Dê preferência para os tours privados, com saídas e retornos ao aeroporto, para não perder tempo. Uma outra opção é contratar um táxi para ficar à sua disposição. O preço médio da contratação do táxi para ficar à disposição o dia inteiro é de USD 90 a USD100.

Nossa experiência pessoal

Nossa conexão no Panamá era de pouco mais de 8 horas. Optamos por contratar um motorista para ficar à nossa disposição, para fazermos um city tour e algumas compras. Pesquisamos no forum de discussão do Trip Advisor e fechamos o passeio com o senhor Orville Kelly, bem recomendado por lá.

Combinamos o preço e o dia/horário por email (kellyorvill@yahoo.com) e no dia agendado ele estava nos aguardando no desembarque.

Seguimos primeiramente para o Canal do Panamá, onde vimos a eclusa e o vai e vem dos navios. De lá, fizemos uma parada rápida para almoço em uma lanchonete indicada pelo sr. Orville. Fizemos uma volta rápida pelo Casco Viejo, com apenas uma parada para fotos (mas é possível fazer a programação que desejar). Na sequência, fomos ao shopping Multiplaza fazer algumas compras. Na saída do shopping, vimos do carro as ruínas do Panamá Viejo e já voltamos ao aeroporto.

A programação foi bem corrida, mas valeu a pena. Gostei bastante do motorista. Ele é extremamente simpático e solícito, e também nos contou vários detalhes da história do Panamá. A única crítica fica por conta do carro, que era um Corolla um pouco antigo, que estava com o ar condicionado quebrado. O preço acertado foi de USD 90 para ele ficar à nossa disposição durante todo o tempo da nossa conexão no Panamá.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe