Aeroportos de Fortaleza, Salvador, Florianópolis e Porto Alegre serão assumidos por grupos europeus

Leonardo Cassol 16 · março · 2017

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

O Governo realizou hoje na Bovespa o leilão de concessão de mais quatro aeroportos federais para a iniciativa privada. Os aeroportos de Fortaleza, Salvador, Porto Alegre e Florianópolis serão assumidos por grandes grupos europeus, especializados no setor.

A Fraport AG, que administra o aeroporto de Frankfurt na Alemanha, levou dois aeroportos, de Fortaleza e de Porto Alegre, com outorgas de R$ 425 milhões e R$ 290 milhões, respectivamente. Já o aeroporto de Salvador ficou com o grupo francês Vinci Airports, com outorga de R$ R$ 660 milhões. A Zurich International Airport AG, da Suiça, levou o aeroporto de Florianópolis com uma outorga de R$ 83 milhões.

Considerando o ágio e as outorgas, o Governo Federal deve arrecadar R$ 3,72 bilhões com o leilão. Além disso, cada grupo vencedor fica responsável por cumprir os investimentos obrigatórios na expansão e melhoria dos terminais, pátios e pistas. e de um conjunto de indicadores de desempenho. Segundo o Governo, a previsão é que sejam investidos mais de R$ 6,6 bilhões nos quatro aeroportos nos próximos anos.

As concessionárias deverão fazer melhorias imediatas nos terminais, como revitalização e atualização de sinalizações e de sistema de iluminação, oferecimento de internet gratuita de alta velocidade, além de melhorias de banheiros e fraldários, sistemas de climatização, escadas e esteiras rolantes. Já as tarifas de embarque continuarão com o valor vigente hoje.

O modelo utilizado foi o de concessão, onde o setor privado passa a operar o aeroporto por um período determinado (25 anos no de Porto Alegre e 30 anos para os demais) e depois o ativo volta ao controle do poder público, já com as melhorias implementadas.

É uma boa notícia para quem utiliza esses aeroportos. O leilão foi vencido por grandes grupos europeus, que operam aeroportos com um excelente nível de serviço. Além disso, o modelo de concessão aeroportuária vem sendo aprimorado desde as concessões dos aeroportos de Guarulhos, Brasília, Viracopos, Natal, Galeão e Confins. Nas novas concessões a Infraero não participará mais como sócia, o que deve acelerar os investimentos.

O que acharam da novidade? Vai melhorar?

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos