Companhia chinesa planeja transportar passageiros em pé por tarifas baixíssimas. Você toparia?

Denis Carvalho 3 · fevereiro · 2015

Já imaginou fazer uma viagem aérea toda de pé? Pois é o que a companhia aérea chinesa Spring Airlines está planejando oferecer no futuro. A empresa anunciou que trabalha no projeto de voos para passageiros que estejam dispostos a abrir mão de se sentar em troca de tarifas baixíssimas – menos de 2 dólares.

De acordo com o jornal Telegraph, a ideia é oferecer algo como bancos de bares, com cintos de segurança, que segundo a companhia permitiriam um aumento de 40% na capacidade das aeronaves usadas em voos curtos. 

A companhia afirmou que precisa de muitas condições favoráveis para fazer o novo sistema funcionar, como trabalhar em conjunto com os fabricantes de avião, receber a aprovação das autoridades e que os consumidores aceitam a ideia.

Por mais maluca que possa parecer, a ideia não é nova. A própria Spring a anunciou inicialmente há cinco anos, mas foi a Ryanair que causou maior impacto ao solicitar estudos de viabilidade para voos na Europa. Desde então surgiram alguns protótipos, como o da empresa italiana Aviointeriors:

E ai? Você encararia viajar assim?
E ai? Parece confortável?

Com tantas companhias low cost comprando a ideia, resta saber se as autoridades de segurança permitirão que ela venha mesmo a ser posta em prática. E você? Encararia um voo em pé para economizar na viagem? Dê sua opinião nos comentários e participe!

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Diego

    Por 2 dólares… Até plantando bananeira!

    • Paula

      Hahaha, tô na mesma!!

      • Tom

        Boa! Haha

    • mozer

      hahahahahaha copiei sem dó

  • Henrique

    “… ideia é oferecer algo como bancos de bares..” . Se tiver também as bebidas dos bares, vou fácil!

    • Tarcísio Medeiros

      Aí vai ser sucesso, vai se transformar em líder mundial hahahhaah

    • Marcos_Brazil

      O problema seria o avião balançar e tombar

  • Roberson

    Já fiz um relato da Spring Airlines aqui para o Melhores Destinos.

  • Luiz Jorge Bolognesi

    Isso vai depender muito da duração do voo versus preço.

    • Cristiane Amorim

      concordo contigo!

  • Daiane Luiza Soares

    Claro que sim…mas assim como na foto nao…os joelhos doeriam… mas de pe…sim…se fosse rio sao paulo… ou ate msm voo de 1…2horas…pq nao? 😀

    • ANTONIO ALVES DOS SANTOS JR

      olha a primeira cadeira, dá p mudar a posição, o joelho n sofre muita pressão naquela posição, ficaria como fosse sentado em uma cela.
      Por preços mais em conta, ia fácil….

      • Ricardo Silveira

        Vcs só estão esquecendo da turbulência né?

        • ANTONIO ALVES DOS SANTOS JR

          Um cinturão de 5 pontos que é mais seguro que aqueles safadinhos da poltrona, ele impede que vc seja projetado p cima frente e lateralmente. Ficarás como se fosse um colete. Vamos convir que low-coast n tem conforto algum ainda mais eu que tenho 1,86 q não é mt altura,e mal entro nas poltronas, não viria mudança de conforto, basta ter um acento mais ergonômico p o bumbum, pq a posição quase em pé não é ruim, pior é cavalgar 5-6horas e nem por isso muitos deixam de fazer…

          • Daiane Luiza Soares

            🙂

          • bru

            COMPANHIA CHINESA, ALTURA DELES NEM COMPARA AOS AMERICANOS E EUROPEUS, PRA ELAS ROLA TRANQUILO SAO QUASE ANOES

  • renato

    Por cinco reais? Fico até 2 horas em pé kkkkk isso não é nada para quem depende de de ônibus e metrô.

    • Luciana

      Excelente argumento!

  • Thaise

    Ah, tem até encosto! bem menos pior do que eu imaginei daquela vez que anunciaram (há 5 anos? nossa, já faz esse tanto de tempo?). Eu iria também, e sem bebida 😛

  • lilian

    Se VC realmente barato…dou a volta ao mundo kkkkkkk

  • Werlesson

    Normal, já realidade em SP basta pegar o Ônibus a 7 Hrs da manha, quem enfrenta aquilo suporta qualquer coisa HAHA.

  • J. Guilherme

    Dependendo da duração do vôo, iria sem pensar 2x!!!

    • Adriano Israel

      Em voos curtos, sem sombra de duvidas!Chegava a ficar mais de 2h no ônibus no trajeto casa-trabalho…

  • Eduardo

    As cias de ônibus de Brasilia/DF já oferecem isso há anos, nenhuma novidade!

    • Célia Amaral

      Eduardo, qual ônibus?? de onde para onde?

    • Célia Amaral

      Eduardo, qual ônibus?? de onde para onde?

  • hugolousa

    Em vôos com menos de 3h eu toparia!

    • Gerônimo

      Fico imaginando o pessoal metido que já fala que não gosta mais de viajar de avião porque virou coisa de pobre… Imagina agora se isso der certo.. rsssss

  • Carlos

    Pra fazer um percurso de 16 km até minha faculdade eu gastava 3 horas em pé no ônibus em São Paulo igual sardinha numa lata. Nesse banquinho da foto vou até o Japão de avião fácil.

  • Marcos

    O problema é que muitas vezes a lógica mercadológica age no sentido oposto – viajar em pé passa a ser o padrão e para ter o direito de sentar você terá que pagar mais caro. Não existe modelo de concorrência perfeita em companhias aéreas, em que há barreiras naturais para surgirem muitos competidores a fim de jogar o preço para baixo o suficiente. Duvido que essa suposta tarifa de 2 dólares se sustente, cheira mais a marketing promocional de estreia.

    • Disconfiado

      Perfeitamente!!! Você disse tudo! No Brasil as carroças chamadas de carros custam bem mais caro que em outros países, daí foi só por air bag e freio ABS que subiram o preço que já era o mais caro do que os carros equipados com estes no exterior.

    • Paula Palmerston

      Concordo plenamente….depois, pra viajar sentado vai ficar 3 vezes mais caro…..vai passar a ser exceção….

  • Daniel

    Tenho certeza que no Brasil não serão tão barato assim, devido os IMPOSTOS!

  • Ricardo Dellai

    Eu topo viajar em pé por 1 dólar. É mais saudável que ir prensado nestas pseudo cadeiras. Para mim a tarifa economica não deveria custar mais do que R$ 500.

  • Luiz Alberto

    Eu toparia, sem dúvida!!!

    O problema é: Se na Europa ou demais países falam em U$ 2,00 (nem R$ 6) quando se chega ao Brasil, as idéias custam bem mais. A companhia aérea precisa de aprovação da Anac, aí tem que pagar propina pra isso, depois vão cobrar taxa de embarque exorbitantes e nós vamos poupar muito pouco no final das contas…

    • Ray

      Do jeito que as coisas são aqui, a passagem “em pé” SP-RIO vai custar R$99,00 ida e volta, mais taxas de embarque (é claro), e a atual classe econômica vai passar a chamar “executiva top plus” e custar R$450,00 cada trecho.

    • Emil Lewinger

      se o custo aumentar 500%, ainda sao menos de 30 reais….tou dentro

    • Renan

      Você se refere às taxas de embarque exorbitantes de mais ou menos 23 reais para vôos domésticos e 80 para vôos internacionais?

  • Pra um voo tipo Rio-SP é tranquilo… Mais do que isso acho tenso!

  • Edimar Eustaquio

    Sinceramente não conheço esta companhia, mas é uma forte candidata a ser a pior do mundo.Pelo que entendo de aviação, quando se quer aumentar o percentual de passageiros, as companhias trocam seu aviões por outros maiores.

    • JC

      Então você não entende nada de aviação… se colocar maior e proporção não aumenta…matemática

    • Tarcísio Medeiros

      Isso se você não tiver perspectiva de low cost. Como muitos aqui disseram, se o preço for atrativo, vai encher esses vôos. Principalmente se comparada as low cost, percebemos o quanto pagamos de “extras” no Brasil. Se eu faço check-in pela internet, utilizo apenas uma bagagem de mão de 5kg, vou teoricamente pagar o mesmo de quem faz check-in no balcão despachando mala de 20kg. Isso nas low cost tem uma baita diferença de preço.

      • Jaqueline Gomes

        affs….eu seeeempre faço meu check in pela internet pq nao gosto de filas, e levo minhas bagagens (23 quilos+ de mão) normalmente…esse mês por exemplo fiz uma viagem pela gol e fiz meu check in em casa, levei uma bagagem de mão de quase 11 quilos, uma mala que despachei de 13 quilos e uma tv de 6 quilos. Nao paguei excesso pq estava dentro de limite de 23 quilos, levando em conta que a bagagem de mão é pesada, somente as que são despachadas!

        • Tarcísio Medeiros

          Mas então Jaqueline, o que tinha comentado é que em relação a notícia, há coisas que encarecem a passagem. As low cost européias cobram por tudo, mas permitem você decidir exatamente por aquilo que você vai usar. A bagagem que você utilizou de 11kg, você pagou por 22kg dentro no seu ticket, ou seja, ela economicamente poderia ficar mais barata se você não pudesse levá-la, e isso com outros serviços adicionais como a funcionária do balcão que nem sempre usamos, mas pagamos por isso. Claro que o custo Brasil é alto, mas imagina se as passagens fossem a preço das low cost européias, a partir de R$ 60 os dois trechos? Facilitaria muito mais as viagens e portanto, as pessoas iriam levar menos bagagem de mão e utilizar menos esses serviços extras. Agora é tudo pago, mas só em pensar que aquele amedoim poderia deixar mais barata minha passagem em uns R$ 2 ou 3 mais barata, e aquele copinha de refrigerante também, você acaba pensando que realmente seria melhor comprar a passagem “depilada” e comprar cada uma dessas coisas que você quisesse…

          • Jaqueline Gomes

            kkkkkkkkkkkkkkkk…. morri com o amendoim… entendi sim seu ponto de vista, tem razao, jah viajei pelo mesmo preço de todos sem utilizar os servicos!

    • Luiz Alberto

      Não vejo problemas em ser a pior… A meta aí é outra! Viajei em algumas low cost na europa e ficaram longe do conforto das companhias brasileiras, que já não são boas, mas qnd se reduz custo, é normal reduzir o conforto… Vão tirar espaços, bagagens de porão, serviços de bordo, etc…

  • JR

    Capaz! Se para ir em pé no busão cheirando sovaco de ontem já custa mais de R$ 3, alguém acredita nesse preço?

  • MTorres

    Tranquilo. Sem problemas. Nunca é demais ter opção.

    É melhor 2 horas “apoiado” que 14 horas sentado num ônibus.

    Tem MUITO mercado a ser explorado. Principalmente aqui.

    Só ir nas rodoviarias e verificar. Não acho que seria por 5 reais, mas um SP-RJ por 100 reais seria uma farra. Hoje até existe, mas o povão compra passagem em agencias e sem planejamento. Ai quando vai comprar se assusta por estar R$800,00.

  • Diego Basso

    Com toda certeza eu aceitaria kkk.

  • Fernando-RJ

    Isso vingando, vai ter gente embarcando com cadeira de praia!! kkkk

  • José Mauro

    Pago 5 pra ir no banheiro

  • antonio rucker

    sem duvida nenhuma, voaria em pé, ou melhor ainda sentado tipo mesa de bar.

  • YURI FAMINI

    É fato que encararia, sem pensar duas vezes! Isso perto do Japeri de manhã é luxo.

  • Oscar Luiz da Silva Neto

    Olha aí, a TAM vai adorar a idéia…

  • Emil Lewinger

    por 2 dolares, até para lugar errado!

  • Marcos_Brazil

    No Brasil, com ICMS, ISS, PIS e Cofins os US$ 2 virariam US$ 100.

  • Wesley Ribeiro

    Melhor que emprensado entre os assentos. Quem tem 1.90 sofre muiiito.

  • mb

    o que vai ter de aviao batendo no ar ,,,,,, sera que os passageiros terao direito a paraquedas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • aurelio

    Hahahahahaha.
    A que ponto está chegando o mundo!!!! Não vai muito longe vão nos dar asas nos aeroportos e retirar o avião.

  • Julio Vilela

    Eles teriam de oferecer as bebidas em mamadeiras….kkkkk.
    Mas por dois dólares e uma comprovação de segurança daria pra pensar no caso.

    • jorge moraes

      A moça da foto não está em pé, está sentada de qualquer jeito, porém sentada.

  • Marconi

    certamente não é 2 dólares. se aumentará a quantidade em 40%, então, uma tarifa normal de 100 reais poderia sair por, sei lá, 75. Pra compensar peso extra x lucro x tarifa, etc.

  • Alisson

    Já peguei ônibus pagando 3,50, ficando 2h em pé parecendo lata de sardinha e o motorista fazendo barbeiragem. Com a segurança q o avião oferece essa proposta fica parecendo luxo. Topo ir até em pé no corredor igual busão. rss

    obs.: com as fotos q vemos de transporte chines e indiano isso vai pegar fácil, falta só as autoridades aprovarem.

  • Fernando Gama

    Muito boa colocação! 😀

  • Fernando

    Ninguém fez uma conta básica: se vai aumentar só 40% a ocupação, nunca que o preço chegará a 2 dólares como anunciado pela companhia. É questão de matemática, a economia de escala de apenas 40% não daria para o preço cair tanto. Vamos pensar? Se em um avião normal cabem 200 pessoas e o preço da tarifa é 100 dólares, caso se aumente a ocupação em 40%, iríamos para apenas 280 pessoas. Se distribuíssemos a receita inicial de 200 x 100 dólares = 20.000 dólares agora por 280 passageiros, considerando que a empresa não aumentará sua margem, o preço cairia para 71.42 dólares, ou seja, uma redução de 28.57%, apenas. Pensando de outro modo, para que um aumento de 40% de ocupação pudesse gerar uma tarifa de US$ 2, isso quer dizer, que as tarifas de hoje seriam apenas 28.57% maiores do que $2 e não vemos nenhuma empresa hoje anunciando passagens por 3 ou 4 dólares, vemos? Então, resumindo: marketing.

  • Ze

    No ônibus Praça XV – Taquara dá pra sentir um pouco a sensação… São 3 horas em pé, mas com você ainda vai espremido, sem ar condicionado e ainda vai sendo encoxado a cada freada. E deve custar mais ou menos U$ 2,00…

  • vitão smart car

    eu aceito

  • Giselle Prado

    Acho que se essa idéia pegar e vier aqui pro Brasil vamos ter avião lotado igual ônibus saindo da Central do Brasil no Rio, só que com o piloto dizendo “um passinho atrás” por favor, rs. Depois de um tempo, as tarifas vão ficar praticamente iguais as tarifas convencionais e as convencionais vão triplicar de valor.

  • Ines

    Não mesmoooooooooo!!
    Já basta ônibus e metrô em pé né, gente?

  • Carlo Romão

    iria fácil!!!!!

  • Juan

    Quem viaja 40 min todos os dias parado e apertado em trem, metro ou onibus nao vai se asombrar com isso ne?

  • izabella

    Por dois dólares eu ia até servindo bebidas!

  • cleusa

    …o problema é que eles colocam a opção a preços módicos e…Depois. ..sobem os preços e seremos nós que tomaremos nas pernas??

  • Hugo

    Facilmente

  • Joao Neto

    Voo Curto? Pode ser voo de 20h com 5 escalas que tá valendo!

  • ricardogobbo

    Pra quem gasta 3 horas em pé no transporte coletivo por dia, vou fácil! kkkkk

  • Dario

    Gente, USD 2,00 é o preço na China, país que hiperdesvaloriza a moeda para poder exportar para o mundo inteiro. Aqui no Brasil pode multiplicar esse preço por 10.

  • Diogo Marxx Ramirez

    Trechos de até duas horas sim… já passei por isso todo dia pra ir trabalhar, uma ou duas vezes por ano pra viajar não é nenhum sacrifício…

  • Renan Santos

    Se a gente paga o equivalente a $1,25 para andar de pé em uma condução, feito sardinha em lata, PARA IR TRABALHAR, eu pagaria $2 de boa para viajar sentado feito essa moça aí

  • Vania Carvalho

    Quem está acostumado a andar de ônibus e ficar naquela muvuca por horas, isto vai ser fácil. Desde que continue existindo opção para quem quer pagar pelo conforto, como eu, estou de acordo. Só não pode fazer como o PT, nivelar todo mundo ou tudo, por baixo.

  • Junior Andrade

    Claro ! cade? quando começa 🙂

  • Andrade

    Papo furado, aqui no Brasil isso serviria para as empresas pegarem as tarifas de hoje é deixar todo mundo em pé… E os sentados cobrariam valor de primeira classe. Não vai baixar nada.

  • Eduardo Soares

    factoide! belo jeito de a cia se promover de graça com “notícias”, a Ryanair já fez isso há alguns anos, não existe a menor possibilidade de isso acontecer devido a regras de segurança aérea

  • Flávio Machado

    Se o povo já fica em pé boa parte do vôo em alguns vôos (Miami, por exemplo), sem desconto, imagino que vai ser fácil convencer um monte de gente até em vôos mais longos. Em vôos curtos, pelo preço certo, acho que tem público até para ficar amarrado no teto 🙂

    • Maria Inês

      É , nunca pensei numa coisa diferente assim, mas creio que não vai ser nada confortável. Para pequenas distancias tudo bem, mais se for mais de uma hora ninguém vai ficar em pé.Sentarão nem que seja no chão.Levantar e dar umas voltas é uma coisa,faz até bem para a circulação,porém em pé o tempo todo sei não!!!

  • Guilhermina

    Como o Chinês gosta de multidão!!! Caso eu possa levar meu banquinho…encaro!!! Kkkk

  • Tatiana

    por dois dólares, com bebidas de bares, tomo até uma injeção na testa junto.

  • Kristine

    Viajaria tranquilamente!

  • Marcelo Domingues

    A lógica é a seguinte….

    A 50 anos, a classe econômica se assemelhava a muitas classes “executivas” de hoje…

    Se tal idéia pegar, daqui a 10 anos viajar de pé custará o preço de uma econômica hoje, e viajar sentado numa econômica apertada custará o preço de uma executiva atual, e assim por diante… 🙂

    • Mariana

      Pois é, assim como um dia o lanchinho ja foi cortesia, hoje é cobrado. Na verdade me espanta que muitas pessoas achem natural uma ideia dessas, comparando a uma viagem de onibus… infelizmente estamos acostumados com pouco, a ter servicos de pessima qualidade e acabamos nivelando por baixo. Acho q deveriamos exigir o maximo de conforto possivel e nao ficar nos contentando a ter cada vez menos conforto…

  • Juliana Brito

    depende muito da quantidade de horas voos ate 5 horas da para encarar facil

  • Guilhe

    Hahaha, pq não? No metro já fico quase 1 hora em pé diariamente, para um voo curto e custando barato , claro que sim

  • adriene

    Tô dentro ….

  • FCA

    Gente ! Seguinte: isso de US$ 2,00 é markenting igual o Fernando Gama comentou aqui ! Já em 1989, eu me lembro de na ponte São Paulo – Rio de Janeiro terem passageiros viajando em pé no fundo do avião de comum acordo com a cia aérea ! Quer mais que isso ? Nada novo, quem também tem mais de 40 anos aqui e se lembra disso ? Eu toparia tranquilamente por até R$ 50,00 cada trecho em um voo de até 2 hrs ir em pé. Existe um trecho no país e acredito que isso deva se repetir em outros lugares aonde é mais barato ou ligeiramente mais caro ir com a cia aérea de um ponto A para um ponto B do que viajar de ônibus o mesmo trecho, neste trecho que cito, por ônibus é R$ 45,00 e pela cia aérea frenquentemente vc acha por R$ 50,00(eu já comprei por R$ 40,00), agora veja bem, se vc tem uma mãe de 70 anos, ou está com crianças ou vc está muito cansado como vc iria ? De avião ou ônibus ? Ônibus leva 4 horas e avião 40 minutos ! Qual vc escolheria ? Incrivelmente vejo muitas pessoas que não conseguem se organizar, mesmo as aposentadas, e comprar essas passagens com descontos nas cias aéreas, pq esses preços existem, só que exige que vc compre com antecedência de pelo menos 10 dias, então incrivelmente vejo essas pessoas viajando de ônibus. Vai entender ! Isso está atrelado ao costume, viajar é costume ! Ou já nasce com ou adquire. Mas existem muitas pessoas que pagam para não sair da onde estão ?! Vai entender !!!

  • Breno

    Pra quem pega sempre transporte público no Rio ou em São Paulo, é fichinha! Já topo!

  • Cristiano

    Quero ver alguém levantar, para ceder o lugar à idosos, gestantes, pessoas com crianças de colo e portadores de deficiência…

  • Guest

    Pessoal, em viagem curta tipo Rio X SP até toparia se preço valesse a pena. Mas o que não se fala na notícia e gostaria que vcs me esclarecessem é se proibido ficar de pé na decolagem e pouco, como fazer com esses passageiros? E se na turbulência o piloto obriga os passageiros estarem sentados com cinto afivelado, como fazer com esses passageiros? Quem souber me responder agradeço desde já a resposta.

    • Alexandre

      Mas a reportagem disse… cadeiras no estilo de bar com cintos…

    • Lucas

      Por isso também, o texto diz que “resta saber se as autoridades de segurança permitirão que ela venha mesmo a ser posta em prática.”…. e só uma idéia!

  • pgpas

    Olha, viagem curta tipo Rio X SP a preço muito baixo até toparia, o problema que vejo é: onde ficarâo esses passageiros quando o avião aterrisar e decolar visto que não pode estar ninguém em pé? Onde ficarão esses passageiros em caso de turbulência, quando o piloto obriga a todos a estarem sentados com cinto preso? Eis meus questionamentos que a notícia não fala.

  • Déco

    Hushauhsuahusahusa ” Por 2 dólares …Até plantando bananeira!” Muito bom kkkk

  • cristina

    por 2 dólares?? até com injeção na testa!! cristina

  • Valmir

    coloca o pessoal em deitado em gavetas, de valete (do baralho) que cabe mais ainda. da para fazer por 1 dolar

  • Marina

    claroooooo.. to dentro!!

  • Cidadão

    Podem ter poucos lugares a 2 dolares que acabarão rapidamente. Quando uma companhia faz uma promoção, não são todos os lugares que custam o preço anunciado. É marketing mesmo. Mas a matemática na aviação não é tão simples e linear. Existe um break even, no qual a partir de uma certa porcentagem de ocupação, qualquer passageiro a mais é lucro

    • Fernando Gama

      Resumindo: 5 pessoas pagam dois dólares, os outros 275 pagam o preço normal de hoje, todo mundo viaja em pé e a companhia faz marketing com o preço baixo. Acho que não quero.

  • Aecio

    A grande questao é que vcs se iludem em relaçao a preco. Um dos principais fatores que determinam o preço de uma passagem aerea nao é o custo, mas a lei da oferta e da procura, isso sem falar nas taxas que sao fixas. Dessa forma o que pode vir a acontecer é que tenhamos que viajar nessas poltronas pouco confortaveis e pagar o preço normal.

  • Juliane

    Se for seguro, em viagem não muito longa, e barato mesmo, vou certeza!

  • cris

    Claro!!!! Iria todos os finais de semana para Paris!!!! 🙂

  • Débora Pamplona

    Se for um vôo curto, por que não? à vezes se anda de metrô ou ônibus em pé!

  • Erika Veroneze

    Nessa lógica, se der realmente certo, será um luxo a um custo alto viajar sentado em vôos curtos… imagine só

  • Benício Monte

    No Brasil te cobrariam 200 reais nessa passagem. Kkkkkk.

  • Lucas

    Dá pra viajar pelo Brasil, ir a Buenos Aires… mas Miami por exemplo, sem condição!

  • Lucas

    Em todo caso gente, sendo muito realista, isso iria facilitar e tornar acessível às pessoas que não tem como pagar as passagens nos preços atuais. Por consequência passaríamos dentro da aeronave a mesma situação que passamos dentro dos coletivos em nossas cidades, sem contar que o caos ia aumentar o fluxo nos aeroportos e o cuidado com os problemas que estaríamos enviando para outros estados ou Países. Neste caso, quando digo “Problemas”, me refiro a coisas e pessoas !

  • Anderson Brito

    Gente, melhor que a Gol!

  • Juliana

    Achei uma excelente ideia! Em trechos como Rio-São Paulo é bastante viável, já que o voo dura pouco tempo, as vezes muito menos que o descolamento em ônibus/Metrô dentro da própria cidade!

  • Edivania

    Acho uma excelente idéia, em especial para voos sem escalas com duração máxima de 3 hs. Devendo ser considerado, em especial, a segurança do passageiro,
    é claro.

  • flávio

    O problema é com o tempo pagarmos valores básicos para viajar nesses assentos e valores maiores para viajar nos assentos que hoje são considerados de classe econômica.

  • Dani Rotti

    O post me faz lembrar a Gol, que entrou no mercado com o posicionamento de cia aérea popular, cujas barrinhas de cereal se justificavam pelo baixo preço das tarifas. O tempo passou, e há tempos a Gol cobra praticamente os mesmos valores das demais cias, contudo, as barrinhas continuam lá, inabaláveis. Da mesma forma, a Spring Airlines começa cobrando dois dólares e dentro de pouco tempo coloca em prática os mesmos preços de quem viaja sentado. Déjà vu!!

  • Vinícius Marçall

    Pouco mais caro que o ônibus de linha em BH! Como já disse o Diego: até plantando bananeira!

  • Deni

    Lei da oferta e da procura. Em pouco tempo estarão cobrando o mesmo preço da econômica de hoje só que sem o conforto.
    Quando lançaram o carro motor 1000 aqui também era bem mais barato. Em pouco tempo ele foi subindo, subindo e hoje pagamos por um 1000 o mesmo que um carro 1.6.
    Detalhe, as pessoas nem lembram disso. Perde-se conquistas, abrindo mão da qualidade e no futuro não teremos nem qualidade nem preço. Todos transportados como sardinhas.
    Já houve tempo que classe econômica oferecia refeição e bebida. Pelo preço um pouco abaixo, trocamos pela barrinha de Nutry. Hoje pagamos pelo lanche.
    Pensem bem…

  • Aseixas Setedois

    ficar 11, 12 horas em pé??? tô fora…

  • LENICELIS

    EU NEM CONSIGO COMENTAR ESSA NOTICIA..SÓ CONSIGO DAR GARGALHADA AJJAJAJJJJJJJJJJJJJJ

  • Gilberto

    Para voos ate 2 horas, vai, 2h30, acho valido, mas eh certo que irao disponibilzar um numero reduzido de lugares a esta tarifa e mesmo viajando “em pe” havera classes tarifarias acima disso, nao vejo o menor problema nestas condicoes, caso as autoridades aprovem esta medida. Para voos mais longos, ai sim esta pratica deveria ser proibida.

  • Bruno Miguel

    Com certeza, imaginem como seria um mochilão pagando tão pouco pelas passagens aéreas?! Eu viajaria durante anos pelo mundo… Já estou me planejando pra isso, só ficaria um pouco mais fácil e barato!! $–$

  • Luiz Alberto

    Renan! Td depende do ponto de vista… Se partimos do raciocínio que temos uma passagem aérea de uma determinada empresa que lhe foi vendida a U$ 2,00 (menos de R$ 6,00) pagar R$ 23 de taxa de embarque não parece interessante…

  • Alexandre

    Kkk… Quem sabe?? Talvez se lotar muito, viajem também uns pendurados na porta do avião ✈… Para não perdermos a chegada em casa… A novela… Não podemos perder!