Como tirar seu passaporte passo a passo!

Denis Carvalho 8 · março · 2013

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Atualizado em agosto de 2018

Tirar seu passaporte é o primeiro passo para sua viagem internacional aos Estados Unidos, Europa, Ásia e qualquer outro país fora da América do Sul. Obter o documento é simples e para tirar todas as suas dúvidas fizemos este passo a passo sobre como solicitar e emitir o passaporte junto a Polícia Federal em todo o Brasil.  Acompanhe nosso passo a passo e tire todas as suas dúvidas!

Como tirar passaporte

Tirar passaporte é algo simples e que pode ser feito sem grandes despesas. O documento é emitido pela Polícia Federal e você terá que comparecer a um de seus postos duas vezes: uma para tirar as digitais e fazer a foto e outra apenas para retirar o passaporte pronto. Neste post vamos falar dos passaportes comuns para brasileiros, outros casos podem ser consultados no site da Polícia Federal. Veja o que fazer passo a passo:

Quer receber as promoções do Melhores Destinos no seu Whatsapp? Clique aqui e se cadastre! É grátis!

1. Reúna a documentação necessária

Documento de Identidade – pode ser a Carteira de Identidade (RG), carteira funcional reconhecida por lei federal, Carteira de Habilitação com foto ou Carteira de Trabalho. O passaporte anterior também é válido. Detalhe: caso tenha mudado de nome leve também a Certidão de Casamento.

 – CPF – Se o número constar na Cédula de Identidade, CNH ou Carteira de Trabalho não é necessário apresentar o original

 – Certidão de Casamento – Caso tenha alterado seu nome

 – Certificado de Naturalização, para os naturalizados.

Além desses documentos, se não for seu primeiro passaporte é necessário levar o anterior (comum ou de emergência) caso ainda esteja válido. Se ele não for apresentado será cobrada uma taxa em dobro.

Não é mais necessário apresentar título de eleitor, comprovantes de votação ou de serviço militar, no caso dos homens. No entanto é necessário que você esteja regular com a justiça eleitoral e serviço militar, pois é feita uma checagem no momento da emissão do passaporte. Caso a checagem aponte divergência, pode ser necessário apresentar título de eleitor, comprovante de votação ou de serviço militar.

Confira sua situação no site do TSE e do Exército.  Mais informações sobre documentação no site da Polícia Federal.

2. Preencha a solicitação no site da Polícia Federal

O formulário é bastante simples e rápido de ser preenchido. São quatro telas, com dados pessoais, documentos e dados complementares (profissão, e-mail e endereço). Uma das maiores dúvidas aqui é sobre como preencher nome e sobrenome e o padrão é incluir todos os nomes no primeiro campo e os sobrenomes no segundo. A divisão correta torna o atendimento mais rápido, mas caso tenha preenchido errado não se preocupe: avise antes do atendimento no posto da PF e eles vão alterar para o padrão correto.

Formulário de requisição

Após ter preenchido e confirmado os dados será gerado um protocolo com sua solicitação e o boleto do Guia de Recolhimento da União (GRU) para o pagamento.

3. Pague a taxa de emissão

Assim que você preencher o formulário de solicitação, clique para gerar o boleto de Guia de Recolhimento da União (GRU). Atualmente a taxa é de R$ 257,25. Somente após o pagamento você poderá fazer o agendamento do atendimento pelo site da Polícia Federal. Geralmente o sistema libera o acesso no dia seguinte ao pagamento, quando é feita a compensação bancária.

4. Agende a data de atendimento

Fez o pagamento da GRU, então acesse novamente o site da PF, dessa vez no link Agendamento de Atendimento. Caso esteja solicitando para mais de uma pessoa você pode agendar o todos de uma só vez.

Após ingressar com o CPF, número de protocolo e data de nascimento, o sistema indicará as cidades e postos disponíveis, bem como os dias e horários livres em cada um deles. Dica: caso esteja aparecendo alguma mensagem de erro confira se o número do CPF e da data de nascimento digitados no protocolo estão corretos. Se tiver algum erro, faça o agendamento normalmente e peça a correção no posto da PF.

5. Compareça ao posto da Polícia Federal

Na data agendada, compareça ao posto da PF com toda a documentação original listada no item 1. A apresentação do comprovante de pagamento não é obrigatória, mas pode ser necessária em casos de divergência ou erro de preenchimento de CPF..

Importante: não é necessário levar fotografia, pois ela será tirada pela Polícia Federal no momento do atendimento. A exceção é no caso de crianças com menos de 3 anos, que exigem uma fotografia facial no tamanho 5×7, recente, colorida e com fundo branco.

O atendimento costuma ser bem rápido. Após uma triagem inicial, você será chamado por uma senha para a conferência dos dados. Em seguida, pela mesma senha, você segue para a coleta de impressões digitais e para que tirem sua foto.

Feito isso,  é só aguardar ficar pronto. O prazo geralmente é de seis dias úteis e eles te entregarão um protocolo com a data provável de entrega – você pode consultar o andamento do pedido nesta página.

6. Retire seu passaporte

O passaporte ficou pronto? Compareça então ao posto, com um documento de identidade original e faça a retirada! A validade do passaporte é de dez anos, se o seu está próximo do vencimento pode tirar um novo antes de expirar, seguindo os passos acima.

A Polícia Federal mantém uma página de dúvidas frequentes em seu site, com informações sobre passaportes para menores de idade, para estrangeiros e demais assuntos. Se ainda tiver dúvidas pode entrar em contato com a PF pelo e-mail faleconosco@dpf.gov.br.

Para mais informações ou dúvidas acesse o site da Polícia Federal.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe