Como fugir do IOF e levar dinheiro em viagens internacionais

Denis Carvalho 20 · janeiro · 2014

O ano de 2013 terminou com uma péssima notícia para todos nós, viajantes: o aumento no Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 0,38% para 6,38% em várias formas de levar dinheiro para o exterior. Além do cartão de crédito, que já tinha essa taxa, passaram a pagar um imposto maior o carregamento de cartão de viagem pré-pago, cheques de viagem, compras com cartão bancário de débito e saques da conta corrente ou com cartão de crédito em outros países.

Com as novas regras, a grande pergunta passou a ser: há alguma forma de evitar o IOF de 6,38% nas viagens? Neste post vamos mostrar que sim e apontar algumas alternativas que pesquisamos ou recebemos de dicas de nossos leitores. Mas como se trata de novas regras e de um assunto bastante complexo, não pretendemos esgotar o assunto, mas convidar a imensa comunidade de leitores do MD a colaborar, com dicas e sugestões. Sem voltar à questão da mudança em si, que já foi esgotada no post anterior, é hora de juntarmos forças e buscarmos soluções que sejam úteis para todos!

1. As novas regras

Antes de mais nada, vamos esclarecer como ficou a cobrança do IOF após as novas regras divulgadas pelo Governo Federal:

– Compras ou saques com cartão de crédito: 6,38% de IOF
– Compras ou saques cartão de débito em conta: 6,38% de IOF
– Carregamento de cartão de viagens pré-pagos: 6,38% de IOF
– Compras de cheques de viagem: 6,38% de IOF
– Compra de dinheiro estrangeiro em espécie no Brasil: 0,38% de IOF

Como podemos perceber, entre todas as formas de pagamento acima a única que não teve o imposto aumentado foi a troca de reais por moeda estrangeira em casas de câmbio ou bancos.Vamos começar por ela.

2. Dinheiro em espécie

Trocar o dinheiro no Brasil passou a ser a forma mais simples e barata de custear sua viagem no exterior. De cara você economiza 6% de IOF em todas as suas compras e pagamentos. Além disso, não se preocupa com taxas bancárias, senhas e com a aceitação de cartões mundo a fora. Mas é claro que o métodos traz desvantagens, sendo a maior dela a falta de segurança e de praticidade de andar com notas e moedas durante a viagem.

Vantagens:
– IOF de apenas 0,38%
– Dispensa o uso de cartões e senhas
– Melhor controle dos gastos

Desvantagens

616473_14478494– Falta de segurança (furtos e assaltos)
– Câmbio ruim (deve piorar a partir de agora)
– Falta de praticidade
– Possibilidade de pegar notas falsas
– Sobras de dinheiro no fim da viagem

Dicas
– Fique atento ao limite de R$ 10 mil que podem ser levados sem declaração à receita Federal (saiba mais aqui). Cheque se há alguma restrição por parte do país que será visitado 
 Consulte na Ranking do VET no site do Banco Central as melhores taxas cotações para o câmbio antes de fazer a compra
– Escolha hotéis que tenham cofres e invista em uma bolsa para levar o dinheiro em segurança (doleira)

3. Conta no exterior

Ok, a primeira forma de pagar sua viagem não foi novidade para ninguém. Vamos então à segunda: abrir uma conta no exterior. À primeira vista parece complicado, mas bancos como Banco do Brasil e HSBC oferecem essa possibilidade de forma bem simples para seus clientes.

Quem tem conta no Banco do Brasil pode solicitar a abertura de uma conta no Banco do Brasil Americas, a filial norte-americana da instituição. Trata-se do antigo Eurobank, comprado pelo BB em 2012.

BB Americas

“Você pode ter uma conta corrente sem pagamento de tarifa desde que possua no minimo US$ 1.000 de saldo. A transferência pode ser feita de sua conta do Brasil para sua conta no exterior pela internet, com o IOF de 0,38% e dólar comercial. Você recebe um cartão de débito e pode fazer compras em sites, reserva de hotel, etc. Também pode realizar saques sem tarifas em algumas redes de ATM espalhadas pelos EUA, e pagando em media US$2”, explicou o leitor Felipe Carnot, que há tempos utiliza a conta para fugir do IOF.

Segundo ele, o cartão emitido pode ser usado para saques e pagamentos em viagens a qualquer lugar do mundo sem problemas: “Possuo a conta a mais de um ano, já fiz três viagens aos EUA e uma à Europa, e desde então não compro mais dólar nem euro, nem recarrego VTM. Fico de olho na cotação e se ela abaixa um pouco sempre transfiro (usando internet banking) um montante para minha conta lá”.

Atualização: Muitos leitores nos perguntaram sobre como abrir esta conta. Os clientes Banco do Brasil que moram aqui devem solicitar a abertura por e-mail. Acesse: http://www.bancodobrasilamericas.com/en/contact.aspx e preencha o formulário de contato. Outra dica: o valor deve ser mencionado na declaração do Imposto de Renda.

O HSBC é outra opção bem interessante para quem deseja abrir uma conta no exterior. Além dos Estados Unidos, ele oferece opções em diversos países e ainda os estende os benefícios de sua conta premier no Brasil para sua conta no exterior.

Mais informações no site do BB Americas e HSBC.

Vantagens:
– IOF de apenas 0,38%
– Mais segurança e possibilidade de usar cartão
– Facilidade de movimentação via netbanking

Desvantagens
– Eventuais tarifas bancárias
– Não há como comparar taxas de câmbio: sempre será a do banco
– Ter que abrir e gerenciar uma nova conta

 4. Cartão pré-pago de empresa estrangeira

Alguns leitores citaram esta estratégia e ela é comum nos fóruns especializados em importação: cartões pré-pagos sediados no exterior. O mais comum é o Neteller. Após fazer sua conta, preenchendo um formulário simples, você abre sua conta e envia dinheiro para ela de várias formas. Até dezembro, havia muitas maneiras de fugir do IOF alto por ali, mas com as novas regras a única forma é por meio de transferência bancária internacional.

cartao-netellerVocê pode utilizar o site para compras virtuais e solicitar um cartão físico de débito Net+ para pagamentos e saques no exterior. Ele tem bandeira Mastercard e é aceito mundialmente sem problemas.

No entanto, é necessário estar atento às tarifas envolvidas, como o custo da transferência – que costuma ser de US$ 20 ou uma fração do montante, vale pesquisar – , taxa de emissão do cartão Net+  e manutenção da conta Neteller em caso de inatividade. Ainda assim é uma maneira de driblar o IOF alto.

Vantagens:
– IOF de 0,38% (nas transferências internacionais)
– Cartão pré-pago, o que facilita o controle dos gastos
– Facilidade em fazer o cadastro e usar a conta

Desvantagens
– Taxas
– Necessidade de envio de cópias de documento para pedir o cartão
– Necessidade de fazer remessas internacionais
– Taxa de câmbio ruim

5. As outras alternativas

Uma regra de ouro em viagens internacionais é sempre ter mais de uma opção de pagamento. Jamais viaje contando apenas com o cartão de crédito, de débito ou apenas com dinheiro em espécie. Tente sempre fazer uma mescla para evitar que uma surpresa faça da sua viagem um pesadelo. Vamos dar uma olhada como ficam as demais opções com o aumento do imposto:

Cartões de crédito – Voltam a ser interessantes, visto que já eram cobrados 6,38% de IOF. O cartão traz os benefícios do acúmulo de pontos, simplicidade no uso e controle de gastos discriminados na fatura. Alguns ainda têm serviços extras, como seguros de viagens incluídos. Além disso, costumam ter uma taxa de câmbio mais atrativa que as demais opções, o que pode reduzir os impactos da tributação. As desvantagens, além do IOF: você fica sujeito à variação cambial desde a compra à data do pagamento da fatura e não são aceitos em todos os lugares – dependendo do país para onde se vai isso é um grande problema. Às vezes os cartões dão problema com relação à senha, já que não há um padrão mundial (alguns bancos usam seis dígitos e outros apenas quatro).

Cartões pré-pagos de viagem – Reúnem todas as desvantagens dos cartões de crédito e nenhuma das vantagens, exceto fugir da variação cambial. Nem sempre, porém, isso é positivo, já que via de regra a taxa de câmbio desses cartões é bem ruim e sempre a há a possibilidade de queda do dólar. Há ainda inconvenientes para se recarregar o cartão estando no exterior e a impossibilidade de parcelar as compras. Com o novo IOF, essa opção perdeu todo o atrativo e é provável que os bancos e corretoras promovam mudanças para manter os cartões vivos. Da forma como estão, só são indicados para quem não quer ter surpresas com as flutuações do câmbio, mas não quer levar dinheiro em espécie.

Saque da conta corrente no exterior – Perdeu parte da vantagem com o novo IOF, pois além dele poderá ser cobrada taxa do seu banco e do ATM no exterior. Melhor ser usado como recurso de emergência ou para pequenas quantias para o fim da viagem, por exemplo, caso seu banco não cobre tarifa de saque.

 

6. Qual é a melhor alternativa?

Não existe uma melhor alternativa para todas as pessoas. Você precisa avaliar por exemplo se a praticidade do cartão de crédito ou do saque no exterior, vale mais que os 6% da diferença que você gastaria a mais se levasse dinheiro em espécie. Concentre a maioria das compras no meio que você achar mais interessante e tenha umas duas outras alternativas para usar como socorro.

Como dissemos, com as regras novas e tantas variáveis e possibilidades, não pretendemos esgotar o assunto, mas abrir um debate entre os leitores, por isso convidamos a todos a postar suas sugestões e soluções sobre o que pode ser feito para driblar o IOF.

Mas fazemos um pedido: vamos limitar os comentários a sugestões, opiniões e análises sobre formas de evitar o IOF e economizar levando dinheiro ao exterior. Comentários sobre a medida do governo federal podem ser feitos nesse outro post e serão deletados dessa matéria, bem como opiniões políticas.

É isso ai pessoal, hora de participar! Quais dessas soluções já usaram? Que outras opções já encontraram? Deixe seu comentário e participe!

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • O interessante é fazer um mix com dinheiro e cartão de crédito. Acaba saindo um pelo outro, porque apesar de pagar 6,38%, a cotação do cartão é a COMERCIAL e não turismo. Evita risco de roubo e ainda dá pra faturar bons pontos de milhagem.

    • O problema é que tem bancos como o Santander que tem as piores cotações de dólar do universo… em dias que o dólar comercial está a 2,35 eles fecham a fatura a 2,53

      • Cristina

        Sim, Marília. No caso do Santander, seria mais negócio sacar no débito e pagar as respectivas taxas, com o câmbio comercial, do que usar o crédito no câmbio turismo.

        • Larissa

          Em compensação o Santander tem as melhores cotações para saque no débito, pelo menos pela minha experiência sempre valeu mais a pena sacar do Santander do que de outros bancos.

          • Sergio

            O Citibank também tem cotação péssima. Não vale a pena, pois é pior do que a cotação da Caixa para fazer câmbio na agência, sendo que essa última, como citado, paga IOF de 0,38% apenas.

      • bruno

        Exato. A maioria usa turismo. E bem ou mal, a cotação do Santander é uma das melhores por incrível que pareça. Em minha última viagem (em novembro do ano passado) comparei o valor do dolar praticado nos cartões do Itau, BB, Santander e HSBC. O santander foi o melhor valor porque eles usam uma valor do dolar que é meio termo entre o comercial e turismo. Todos os outros usavam o turismo. Também troquei Euro com eles e saiu mais vantajoso que nas casas de cambio que pesquisei. Ganharam pontos comigo depois dessa pq eu sempre odiei o Santander, mas mais por questões de atendimento.

        • José Antônio

          Também possuo o cartão do Santander e da Caixa. A taxa do santander é muito mais alta do que a do cartão da Caixa. Ultimamente, a tarifa cobrada pela Caixa é de cerca de 2 centavos mais alta do que o dólar comercial.

    • thiago

      A maioria usa dólar turismo e não comercial. fica a dica para observar.

      • Melhor cartão para conversão é o da caixa, dólar comercial!!!!

        • É o melhor mesmo. Acho que é o único que ainda usa a cotação do dólar comercial…. Do jeito que as coisas andam, melhor aproveitar bem ele…. Daqui a pouco é capaz de mudarem!!!

    • rone abbad

      pessoal dá uma olhada que tem promoção na QATAR,

    • Victor

      Qual é o seu cartão?
      Tenho cartões AMEX, Santander e Banco do Brasil. Todos cobram dólar turismo na conversão. No mínimo. O Santander chega a cobrar acima.

    • Carlos

      Faz muito tempo que os bancos não utilizam mais o cambio COMERCIAL. Normalmente o spreed do banco para cambio fica entre 3 e 5% + IOF.

      • Gabriel Q.

        Quem não tem o cartão da Caixa está perdendo tempo… A cotação do cartão de crédito da Caixa é menos de 1% acima do dólar comercial. Tenho também o Santander, o pouco que usei deste no exterior já me senti lesado.

    • Nelson

      Eu tenho o Visa BB e Amex, o american é um ladrão, as 2 faturas fecham no mesmo dia e o bb fica sempre em média 8 a 10 centavos a menos que o amex. Só uso o american em extrema urgencia.

    • Rachel

      Lamento informa-lo mas é a cotação do dólar turismo e não o dólar comercial

    • Daniel

      Quando viajei em maio para miami usei cash (pouco), visa travel money e cartão de crédito. Como o dolar disparou em junho, paguei quase R$ 1.000,00 só da diferença entre a cotação. Pensei que nunca mais ia usar o cartão de crédito em viagens internacionais mas agora com o IOF no cartão pré pago, dólar estável e benefícios para pontos de relacionamento, mudei de ideia.

    • Gostei da sua alternativa!!!

  • Quando dizem que o cartão VTM e similares perdeu todo o interesse, vocês estão considerando que o viajante em questão possui um cartão de crédito com um limite extremamente alto. Para quem possui cartão com limite baixo, o VTM ainda é uma boa opção. Uma outra vantagem do VTM sobre o cartão é que o VTM emitido pelos bancos pode ser recarregado online e o crédito entra na mesma hora, ou seja, se aparecer uma emergência de digamos USD5000 no exterior, ou uma compra imperdível que vai estourar o limite do seu cartão, o VTM será a única saída do viajante.

    • Rodolpho Bezerra

      Da mesma forma que se pode recarregar online o VTM, se pode pagar online e antecipadamente a fatura do cartão, e isso, na maioria dos bancos, libera o crédito na hora. Precisei fazer isso na minha última viagem e foi tranquilo, o limite do cartão estava próximo de estourar e a fatura só vencia uns 12 dias depois.

      • Ainda assim você está considerando o fato do seu cartão ser emitido pelo seu próprio banco (o que não o caso com o American Express, Credicard, etc), o fato de não precisar do dinheiro imediatamente e o fato do seu cartão ainda assim ter um limite razoável. Eu viajo com um VTM do Itaú só por precaução. Não conto em usar ele, prefiro usar espécie + credito, mas tenho ele guardado e vinculado a minha conta corrente, just in case.

        • "vocês estão partindo do princípio de que o cartão de crédito é vinculado a conta corrente (O que não é o caso dos Amex, Credicard, etc que são emitidos por instituições financeiras independentes), de que seu banco tem um bom atendimento (no meu caso, só tenho contas tipo Iconta, que não possuem gerente nem atendimento personalizado como sugerido)", sim estamos partindo desse princípio porque é o caso da maioria dos leitores, pelo que percebemos.

          "e de que você não vai precisar de dinheiro para uma emergência no meio de um feriado (nesse caso o pagamento não entraria na hora)", de forma alguma! Falamos disso no post! Nunca tenha apenas uma opção!

          " Reparei que muitas vezes os posts aqui são voltados para pessoas com contas prime, personalitte, etc e com cartões gold, platinum, etc.", desculpe mas você reparou errado! O que acontece, sim, é que a grande maioria dos leitores nos comentários têm esse perfil. Nos posts abrangemos todas as opções. Eu mesmo uso cartões Santander Free e American Express básico, ambos sem tarifa!

          Maria, volto a repetir: não há uma solução boa para todos! Nós apresentamos as opções e cada um tem que montar sua estratégia, pois cada um sabe de suas contas, não é verdade? Há a ainda a questão de se sentir mais à vontade com essa ou aquela opção. Se você prefere o VTM, ótimo! Você tem bons argumentos e para quem não tem um bom limite no cartão parece mesmo ser uma solução bacana. =)

          • regiane

            Eu tenho cartão travel money amex – que é vinculado a minha conta do Itau (conta comum) e através do aplicativo no celular faço transferencia na hora de reais para dolar e o dinheiro fica disponivel na hora …. essa agora é maior vantagem deste cartão… pois na emergência é só encontrar um lugar com wifi disponivel e fazer a transação… pois colocar antes o dinheiro e estar sujeito a variação cambial e ainda ter que pagar o iof de 6,38% … melhor usar o cartão de crédito mesmo – dai efetue o pagamento da fatura quando o cambio estiver melhor…. e vou levar mais em dinheiro mesmo….

          • regiane

            Se bem que usar o cartão de credito nos EUA é um pouco delicado, pois não usamos nossa senha de segurança… e isso pode se tornar uma armadilha… pois na minha ultima viagem…em novembro para Orlando, no checkin da gol precisei pagar excesso de bagagem e entreguei o cartão para efetuar o pagamento e ele foi usado … fizeram 6 compras no meu cartão…no periodo que eu estava lá e embarcando…. e quando recebi a fatura quase tive um troço…. então… agora com a maior utilização do mesmo….muito cuidado!!!

      • Sigma7

        Certa vez tentei antecipar o pagamento da fatura (Cartão de crédito BB Smiles) e negaram. Desde então achei que fosse proibido. Mas agora que mencionou que conseguiu eu pretendo investigar melhor sobre isso.

        • É sim possivel antecipar faturas do Banco do Bradil. Se vc antecipar o paguamento da fatura do cartão BB debitando sua conta corrente, também no BB, o limite é liberado imediatamente.

        • Nelson

          Faço constantemente, faço o pagamento do ourocard pela internet e o limite é liberado na hora, investigue pois não tem segredos.

        • Beatriz

          BB adora dificultar pagamento adiantado de faturas. Toda vez que desejo adiantar pagamento de cartão de crédito, eles alegam lavagem de dinheiro. Bato o pé e mantenho firme, pois é meu direito. Da ultima vez, recentemente, tive que dar ultimato. Ou eu adiantava uma quitação de pagamento de um dos cartões, ou me queixaria no Procon e Banco Central. Surtiu efeito imediato. Sempre tenho que lembrá-los de que é o banco que precisa do cliente e não o contrário. Para adiantar o pagamento, eles pedem 2 dias úteis para fazerem os cálculos. Você pode então acompanhar pelo site do banco e/ou com seu gerente (eles adoram também dificultar nossa vida bancária). O cálculo pronto, o gerente imprime um código de barra para pagamento. Eles ficam por conta, mas é seu direito. Qualquer dúvida, consulte o Procon ou Banco Central.

      • O pagamento antecipado não é permitido por todos os bancos, nem sempre é imediato e depende de finais de semana e feriados, Isso considerando que o seu cartão é emitido pelo seu banco. Muitos cartões, como Amex, Credicard, etc não são vinculados a sua conta e por isso não podem ter o pagamento antecipado. E repito, você ainda assim estaria contando com um cartão de limite alto. Com um cartão de limite baixo, como por exemplo R$35000, você entraria num loop de estourar limite e pagar fatura, no meio da sua viagem. Não estou dizendo que o VTM é a mehor opção, mas não custa nada ter um guardado, vinculado à sua conta bancária, para que numa emergencia você possa ter mais uma opção.

        • rdbezerra

          Sim, mas esse argumento do cartão ser emitido pelo banco que vc tem conta choca com a ideia de recarregar o VTM online, que também teria que estar no mesmo banco que vc tem conta e estaria sujeito às mesmas dificuldades transacionais pra se pagar um CC no mesmo banco. O detalhe importante é que cada vez que vc recarrega o VTM tem que pagar uma taxa; no BB, salvo engano, é de 50 dólares por recarga. Isso não acontece com o pagamento antecipado da fatura. Sim, de fato, pra quem tem limites pequenos é ruim ficar nesse loop e acho que o VTM é mais cômodo. Mas pra quem tem acima de 10 mil de limite, já é uma opção o pagamento antecipado. E sim, a sua última frase é perfeita: em uma emergência, quanto mais opções, melhor.

          • Milene Oliveira

            VTM do BB, é cartão da própria VISA, cujo o qual o BB comercializa e nesse caso a própria VISA que faz essa cobrança de U$50, isso é valido para qualquer banco. O Visa Travel Money ainda tem a desvantagem que você tem prazo para utilizar o valor que sobrou no cartão de sua viagem e caso você queira resgatar esse valor é cobrado uma taxa + taxas cambiais.

            No caso da Maria Renata que é correntista do ITAU (assim como eu), pelo que entendi ela possui o Global Travel da bandeira AMEX, nesse caso ele é muito mais vantajoso do que o VTM, pois não não tem taxa para ativar o cartão, saldo que ficar após a sua viagem NUNCA vão expirar, você pode resgatar o valor a qualquer momento sem cobrança de taxa ou valor minimo para resgate, somente taxa cambial. Sem contar a facilidade de recarga que pelo Itau pode ser feita através do aplicativo ou até mesmo pelo site do banco e o valor cai na hora. O que não acontece com alguns cartões pré-pagos.

            Em dezembro estive na Florida e utilizei o Global Travel e não tive nenhum problema.

            Para quem tem um limite de cartão de crédito baixo, acredito que ainda possa ser uma boa opção, mesmo com o aumento do IOF.

        • sabbathbh

          "Com um cartão de limite baixo, como por exemplo R$35000, ". Você considera 35mil um limite baixo ???

        • Priscila

          Com esse 'limite baixo' de R$35mil no meu cartão… Eu estaria Ryca! =)

          • R$3500,00, obviamente!

          • Sergio

            Fazer o pagamento antecipado é fácil, basta pagar duas vezes a fatura anterior.

          • mari

            Acho que era 350,00 bem pouco mesmo!

      • Priscila

        Os cartões do Banco do Brasil liberam o limite na mesma hora em que pagamos a fatura adiantada… Mas os da Caixa Econômica, apesar de ter uma ótima cotação de dólar, o limite não é liberado quisá no mesmo dia em que antecipar o pagamento… Já testei..

      • mari

        Esqueceu de mencionar qual banco usa. Eu uso bradesco e é uma lástima. A antecipação de pagamento é o recurso que eu mais utilizo e só dá pra pedir por telefone e ainda demora 2 dias úteis!

    • Antes de fazer uma viagem, vá à sua agência e converse com o seu gerente ou mesmo dê uma ligada para o atendimento telefônico. na maioria das vezes os bancos mantém um aumento de limite pré-aprovado para você. Fora isso, como dissemos no post, há opções mto bacanas, como o Santander Free, que compensam mais que esses VTM, na minha opinião. Como dissemos no post, eu acredito que se não passarem a oferecer algum benefício adicional, esses cartões vão perder muito mercado nos próximos meses!

    • Rodrigo

      O carregamento de valores no VTM entram 24 horas depois e não na mesma hora

  • Eu também vi essa dica no grupo NYC para iniciantes no facebook:
    Achei interessante para quem quiser comprar em espécie aqui e depositar lá:

    Guia completo para evitar IOF de 6,38 % e usar um 'debit card' gringo:

    – Vá a um Wells Fargo com seu passaporte e mínimo de 300 dólares e abra uma conta chamada Opportunity. Essa conta é para estrangeiros sem SSN/Green Card ou outro tipo de permissão de residência.

    – Não tem custo de abertura, manutenção ou transação in/out e cash in/out, e a conta fica aberta pra sempre, desde que você mantenha um saldo maior que 0 (zero) U$D. Sem custo algum !!!

    – Você ganha um 'debit card'. Pronto. Pare de usar pochete!

    – Antes de sair do país, pegue seus U$D de volta e deixe um pouquinho para conta não ser fechada. Ao chegar, deposite o montante que planeja usar.

    – O procedimento de abertura é super rápido, sem pegadinhas, e você sai com o 'debit card' em mãos!

    • O problema nesse caso de abrir uma conta em um Wells Fargo seria, como depositar dinheiro (USD) na conta recém criada? Qual a vantagem, apenas não andar com Cash em mãos no destino?

      • Rômulo

        Uma vantagem é que você terá o cartão, pode fazer compras pela internet por exemplo

    • Mario

      Essa é a questão, como mandar o dinheiro daqui para o Wells Fargo, através do Banco do Brasil America dá prá mandar pela conta do BB daqui.

    • Gisele

      Vou para NY. Cmo acho um wells Fargo? Como deposito dinheiro nele? Eh um banco?

      • Mark

        Na boa? Nem vai pra Nova York…

      • Anderson

        Aí ó, burricó: http://www.wellsfargo.com

      • marília

        é um banco como qualquer outro.
        vc só vai precisar do seu passaporte para criar.

        tem várias agências em NYC, a que eu achei mais fácil fica perto do central park no upper west side!

      • Marcus Linhares

        Quanta grosseria!!

    • Gabriel

      Muito interessante sua dica do Wells Fargo, me interessou, mas aí olhei no site deles e parece que tem tarifa mensal, veja no link:
      https://www08.wellsfargomedia.com/assets/pdf/personal/checking/fees/opportunity-CA.pdf

      • marília

        O caso da WellsFargo é interessante se vc levar o dinheiro daqui e depositar lá,
        pelo o que um amigo me contou, o procedimento é bem simples e vc já pode depositar e usar o cartão de débito por lá.

        SE o caso do Banco do Brasil não funcionar é uma boa alternativa.

        A questão das taxas variam de acordo com o tipo de conta, é válido entrar em contato com alguém da agência de lá e perguntar como funciona.
        Para quem vai para New York, tem uma agência bem próximo do Central Park no Upper West Side.

    • Paulo Almeida

      Não esqueça de mencionar a conta na declaração de IR.

    • Rose

      Abri hoje uma conta e mais simples impossivel. Nao tem taxa se vc usar pelo menos 10 x no mes, do contrario tem. Pode encerrar a qualquer momento ou fazer transferencia do Brasil, mas ai nao eh soh 6,38%, mas sim 17% aproximadamente (remessa de divisas para o exterior). Vantagem apenas para usar enquanto esta no exterior!

      • marília

        Como foi criar a conta?
        Precisou somente do passaporte mesmo?

    • Rômulo

      Sabem se têm agencia na Flórida?

      • Carlos

        Sim o Wells. Cargo tem Agências na Florida. Mas eu abri conta e não consegui fazer nenhuma transferência da minha de minha conta do Banco do Brasil para ele. ??????? Então fechei a conta. Pelo que eu tenho lido e visto a melhor solução e abrir conta no Banco das Américas principalmente para quem tem conta no Banco do Brasil.

    • rosangela

      Adorei a dica. Onde encontro o wells fargo? EUA /Europa…

  • Pedro Cupertino

    Muita atenção na hora de efetuar a compra em espécie pois o spread bancário pode ser maior que o valor do IOF cobrado de 6% do cartão. O que não gera praticamente nenhuma vantagem.

    Estou indo viajar agora e irei dividir os gastos em dinheiro em espécie e cartão de crédito.

    • Exato Pedro. Como a medida é recente ainda é um pouco difícil saber em quanto ficará essa diferença que teoricamente seria 6%. Mas é bem provável que a diferença fique bem pequena.

      • Moacyr Lopes

        Concordo com o Pedro. Na minha última viagem, o spread não compensava. Por incrível que pareça, no cartão ficou 2 centavos mais barato que no débito pelo Banco do Brasil. Num mesmo dia, fiz duas compras, uma no cartão e outra no débito. Na fatura do cartão veio a 2,27 (que chegou um mês depois) e no débito saiu a 2,29. Vai entender isto. Só que agora acho que deve unificar.

        E muito boa a dica da conta no exterior.

        Um abraço.

        • Raoni

          O problema do crédito é a loteria, se o dólar baixar no dia do fechamento da fatura, ótimo, pagamos menos. Se subir, a gente sifo. Por isso deu essa diferença entre as tuas compras.

  • Olá, alguém pode me confirmar se a abertura da conta do Banco do Brasil das Américas pode ser feita daqui do Brasil e quando eu chegar lá eu assino a papelada ou precisa ser presencial? Quanto tempo demora entre abrir a conta e receber o cartão? Obrigada!

    • Sim, a abertura da conta pode ser feita por e-mail para cleintes BB, não precisa assinar nada lá

  • Thauana

    Como abro uma conta do Banco das Américas? No formulário online eles pedem o U.S. Social Security Number….

    • Também não entendi…

      • Vocês têm que ter uma conta no Banco do Brasil e solicitar à sua agência aqui no Brasil – pelo menos foi o que nos disseram! =) solicitar pelo site mesmo, mas no formulário “fale conosco”. O link está no post. Desculpem a confusão!

        • Guilherme

          Interessante.. sou funci BB e nunca ouvi falar dessa conta do BB Americas! Vou me informar melhor.. é bom saber que tenho mais essa opção para utilizar e para recomendar aos meus clientes!

          • Legal, depois poste aqui mais detalhes!

          • Eu liguei hoje para a minha agencia do Banco e pediram para eu ligar para o 0800 pois eles nao tinham essas informações, e eu liguei e fui informar sobre a abertura de conta e eles me passaram que precisa de um documento da receita federal que eu vou sair Temporariamente do Brasil, procede isso? Só que pelo que me informei só existe essa declaração para pessoa que vão sair por mais de 12 meses do país, e como eu vou viajar para os EUA por 15 dias só, não sei se vou conseguir abrir essa conta pelo banco do brasil. E mais uma informação, o pessoal da imigração dos EUA não vão desconfiar por eu ter uma conta corrente lá, e pensem que eu vá para ficar no país? Acho que abrir essa conta no exterior no Banco do Brasil, parece ser mais complicada, para pessoas que vão apenas a passeio. Se alguém tiver mais informações agradeço!

          • Recebi as informações. Seguem:
            Oferecemos 3 possibilidades para abertura de contas:
            . Internet: Atraves de nosso website http://www.bbamericas.com – Opção disponivel somente para residentes, portadores de SSN (Social Security Number) e um outro documento de emissao americana;
            . Presencial: Comparecendo em uma de nossas 03 (tres) agencias, localizadas em Miami, Pompano Beach e Boca Raton;
            . Email: Envio de solicitacao a nossa Central de Atendimento – Opcao disponivel somente para clientes BB;
            Apos a abertura, o cliente residente no Brasil tera acesso online a sua conta atraves de nosso website podendo visualizar sua movimentacao e saldos. Com o cartao de debito vinculado a conta corrente, o cliente realiza compras e saques normalmente.

          • Denis! Mais uma informação. Você já foi aos EUA? Ve se você me ajuda, você acha que se eu abrir uma conta no BB Americas, sendo que eu nao tenho nenhum bem em meu nome aqui no Brasil, apenas estudo e trabalho aqui, e vou viajar dia 10 de fevereiro está tudo comprado para os EUA e vou passar 15 dias, será que a imigração americana desconfiaria por eu ter aberto recentemente uma conta no exterior apenas para uma viagem ( claro que talvez futuramente eu volte ), mas implicaria em eles aprovarem minha entrada no país para turismo? ( Por desconfiarem que vou lá para ficar, sendo que isso não é meu plano é apenas passeio ). O que você acha?

          • Olá Mauricio. Se você vai viajar no mês que vem, como eles vão saber se abriu essa conta no BB? Não vai constar em sua declaração do IR ainda, não é? =)

          • Carlos

            Eles vão saber. Aqui deve ter funcionários da NSA/Imigração/Embaixada/Consulados/Border Patrol/Customs/Obama monitorando o site e os comentários pra ficar a par de tudo.

          • Ricardo

            Quem for aos EUA o melhor é abrir la mesmo!

            Se o Wells Fargo emitir o cartao de debito na hora é a melhor opcao.

            Abri no Chase e precisa de 2 dias para remeterem o cartao (posso retirar na agencia)
            Cheque o valor de saldo minimo para nao te cobrarem manutencao de conta, falaram aqui no Wells Fargo precisa so USD300. No Chase precisei deixar USD1,5mil para nao haver tarifa manutencao. No BoA (Bank of America) , o Bradescao de la, tb precisa deixar pelo menos USD1mil depositado para isencao de tarifa manutencao.

            BB America é opcao para quem tem conta do BB aqui, pois so existe 4 agencias nos EUA, todos na Miami-metro

            Quem vai a Florida outra opcao é o Regions, banco pequeno voltada para a comunidade latina e a comunicao em portugues tende a ser mais facil.

            Documentacao para abrir la so passaporte e comprovante de endereco.

            O SSN nao precisa (e vc Brasileiro nem é qualificado a ter SSN, so consegue tirar o ITIN que é um numero similar ao SSN somente para vc pagar impostos para o governo federal americano, tipo um CPF)

          • Rafael

            Maurício, a Informação sobre como você se sustentará só será questionada quando da emissão do Visto. Lá na imigração eles apenas verificam a documentação apresentada, e seu nível de ansiedade (caso aparante muito nervoso ou algum outro comportamento que eles possam julgar estranho). Se você tiver apresentado renda suficiente (holerite, contrato social…) na entrevista do visto, a imigração apenas confere se você é quem diz ser.

          • Karline

            Tem algum telefone para contato? Passarei 9 meses em Chicago…

          • serafim antonio

            se um funcionario do banco nao sabe que o banco opera esse cartao, entao nao da pra acreditar nessa informacao de abertura de conta. alem do mais, tudo que se refere a banco dobrasil é uma confusao danada, as pessoas que operam nas agencias nao sabem de nada ou nunca ouviram falar e indicam o famigerado e incompetente 0800, ai sim é que a vaca vai pro brejo!!!!!!

          • Jaqueline

            No post consta o endereço eletrônico do BB das Américas. Basta enviar um e-mail para abrir a conta (desde que vc seja correntista do BB no Brasil). Qual parte você não entendeu?

    • Flavia

      Vc consegue abrir conta normalmente sem social security number mas o banco restringe alguns serviços e produtos bancarios para vc.por exemplo nao conseguimos ter um cartao de credito americano somente debito, alguns bancos americanos nao deixam vc ter acesso a internet, somente recebe o extrato em casa e acessos a consultas em atms.

    • Paulo Almeida

      Que tal ligar para o banco?

  • Alexandre

    Ano passado eu tive US$500 extraviados do meu cartão pré-pago BANCO DAYCOVAL e estou com audiência marcada na justiça contra esse Banco porque sequer me ligaram pra dar uma satisfação pro meu caso depois de bloqueá-lo ainda no exterior.
    Não recomendo esse Banco a ninguém. Usem cartão de crédito e cash mesmo.

    • rosana

      Também tive problemas com esse banco que não me atendeu quando eu estava no exterior com um cartão pré-pago que não consegui recarregar. Foram diversas ligações que eu paguei do meu bolso. Acabei ficando na mão. Atendimento feito com indiferença ao cliente. Não recomendo igualmente.

  • Parabéns pela matéria MD! Sempre facilitando a vida do viajante. Vou no meu banco saber mais sobre a conta no BB Americas. Pra mim, é a opção mais vantajosa, dentre as apresentadas.

    • Augusto, não precisa ir ao banco, entra no site do BB Americas e faz a solicitação pelo formulário. O link está no post!

    • Concordo com vc Augusto!!! Minha composição seria: $ p/ compras maiores com BB Americas + $ em espécie (US$ 500 a 1000) + cartao de credito para emergências! Deve ser mais seguro guardar dollars nesse BB Americas do que em casa… rs

  • Carina

    Pelo site do BB Américas precisa ir até uma agência para abrir a conta e apresentar comprovante de residência (não entendi se pode ser do Brasil), o que inviabilizaria a operação antes da viagem. Não entendi exatamente como fazer isso…

    • Sigma7

      Talvez seja apenas nas agências que operam com câmbio. Também não sei, mas pretendo investigar.

      • Pode solicitar pelo site do BB Americas mesmo, mas no formulário “fale conosco”. O link está no post. Só vale para quem tem conta no BB do Brasil! Outros clientes só mesmo pessoalmente!

    • Jefferson

      ABRI UMA CONTA NO BBAMERICAS, PARA ISSO TENS QUE IR ATÉ LÁ, LEVAR COMPROVANTE DE RESIDENCIA E ASSINAR OS CONTRATOS, ALÉM É CLARO DEPOSITAR US$100,00 PARA EFETIVAR A ABERTURA.

  • Lucas

    E que tal levar reais lá no exterior trocar por moeda local?

    • Andei pesquisando isso, e não vale a pena…
      pelo menos nos EUA, a compra de dólar lá estava saindo em média por 2,73

    • Laura

      É muito difícil encontrar casas de câmbio em países estrangeiros que troque real. Talvez com a aproximacao da Copa o cenário mude um pouco, mas via de regra, só é fácil trocar reais no exterior na Argentina, que, aliás, é mais vantajoso no mercado paralelo.

      • Nelson

        É muito vantajoso no mercado paralelo na argentina, meu cunhado trocou em novembro 1 real por 3.50 pesos quando as casas de cambio estavam 2. 40 em média.
        No peru eu troquei fácil o real com média de 1 real para 1.15 soles, acho que no chile também é possivel, tirando esses, o esquema é dolar ou euro mesmo.

        • Vinicius

          Estive em Buenos Aires em maio 2013. Muitos comércios aceitavam reais e davam troco em moeda local, sendo que a cotação sempre era melhor que nas casas de câmbio (na época, acho que era 1 real para 2 pesos). Na feira de San Telmo, cheguei a encontrar quem aceitava na relação 1 real para 5 pesos! Mas atenção: na Argentina recomendo muita cautela com dinheiro vivo e troco, uma vez que há uma grande quantidade de notas falsas em circulação.

      • Dependendo do lugar não é tão difícil. Na Espanha e Inglaterra, achei bem fácil. No Aeroporto qualquer casa de câmbio trocava Real. A cotação na época que viajei não era muito boa, compensava mais usar o saque em conta corrente. Agora com o aumento do IOF não sei se vale a pena.

        Já na Irlanda e Turquia não cheguei a perguntar, mas o Real não estava na lista de preços expostos nas casas.

        • Giovana

          Em Santiago do Chile vale a pena. Comparando com o Brasil, a cotação lá foi melhor em todas as vezes que fui pra lá. Depende mto da variação do dólar, mas para se ter uma idéia, 1 real lá comprava cerca de 220 pesos, enquanto que aqui comprava cerca de 198 pesos.

          Na Rua Algustinas tem varias casas de cambio.

          • Giovana

            Corrigindo: rua augustinas

          • 220 pesos? Essa cotação não é do peso argentino? =)

          • wanderson cunha

            Não. É a cotação do peso chileno mesmo.
            Hoje (21/01/2014)
            1 real = 2,91 pesos argentinos
            1 real = 232,56 pesos chilenos

          • Credo! Como está caro! =)

          • Vicente

            É por que tu não viu o Guarany Paraguaio… 1 real = + ou – 2200 Guaranys…

      • FABIANO FRANCA

        Não é dificil Laura. Quase em todos os lugares voce pode trocar reais por dolar, até nos outlets tem um local para fazer isso. O problema é a cotação que é maior do que a daqui.

  • clauchow

    Nao entendi esse trecho: "Também pode realizar saques sem tarifas em algumas redes de ATM espalhadas pelos EUA, e pagando em media US$2″, afinal fazer saque com o cartao do Banco do Brasil Americas paga ou nao paga tarifa?

    • Thatiana

      Pelo post, usando a conta do brasil américas, você paga 0,38% de IOF a cada transferência da sua conta normal no Brasil pra sua conta de lá. Mas toda vez que sacar dessa conta lá fora, haverá somente uma taxa por saque (US$ 2), sem IOF em cima do valor sacado.

      Se você sacar lá fora usando a conta do banco do brasil normal, a cada saque será cobrado uma taxa fixa (US$ 2,50 salvo engano) e o IOF de 6,38% em cima do valor sacado.

      • Thatiana

        Esqueci de colocar na resposta anterior: o "sem tarifas" que gerou a dúvida é porque alguns bancos locais podem cobrar pra que você saque usando a rede deles. Não sei dizer nos EUA pois tive a sorte de sacar somente na agência do banco do brasil que era perto do meu hotel, mas já sofri isso na Argentina e Chile, tendo que deixar alguns pesos no banco de la nacion e no banco de chile, respectivamente.

        Ao que parece, o banco do brasil américas deve ter acordo com algumas das redes para que você saque lá sem pagar ao banco local.

      • Elindson

        Ele quer dizer que não há tarifa do Banco do Brasil. Os 2 dólares é a tarifa por utilizar o totem da ATM.

        • Jorge Freire

          Minha sugestao, para aqueles que sao associados ao Sam´s Club (o do Brasil serve para os dos EUA): o saque nos ATM dentro das lojas Sam´s são sempre mais baratos, 1,50 a 1,75 USD.

      • Ary Filho

        E alguns ATMs limitam os saques em 300 ou 500 dólares por vez.

  • Leandro

    Diferente do informando no post, sobre cartão de crédito, no Banco do Brasil e imagino que nas outras instituições também, o cliente fica sujeito a vairação cambial desde à compra até a DATA DO PAGAMENTO DA FATURA. A variação cambial entre a data de fechamento do cartão e a data do pagamento é lançada na fatura do mês seguinte.

    No mais, o Melhores Destinos está de parabéns! Excelente matéria.

    • Oi Leandro, acabei de mudar

      de: você fica sujeito à variação cambial desde a compra à data do fechamento da fatura

      para: você fica sujeito à variação cambial desde a compra à data do pagamento da fatura

      Era esse ponto?

      • Leandro

        Isso mesmo Leonardo!

        Mais uma vez parabéns pelo post! Nem aqui no departamento de cambio onde trabalho, tínhamos um material tão elucidativo quanto seu post 😉

      • Leonardo, existe um procedimento chamado "antecipação de compra internacional" que as operadoras divulgam pouco, mas pelo qual é possível (como o nome sugere) antecipar a data de pagamento de uma compra para aproveitar o câmbio do dia. É tão pouco divulgado que corre o risco de o atendente nunca ter feito isso e dizer que não dá para fazer, então tem que insistir, ou desligar e tentar de novo.

        • Para não dar confusão… Estou falando de cartões de crédito.

          • Paulo Almeida

            No BB dá pra fazer. Já adiantei algumas vezes.

          • Adilson Soares

            Isso mesmo Paulo, também já fiz dessa forma, ou seja, você faz a viagem, faz todos os gastos no exterior no cartão de crédito e assim que chegar ao brasil você liga no 0800 do cartão/banco e pede pra quitar a fatura do mês em questão com débito em conta, daí nesse caso não gera resíduos de alteração cambial.

  • mori

    E para a Europa? Alguem ja abriu conta por lá? No HSBC tinham me dito que você deveria já ser cliente no Brasil, o que dificulta.

    • Daniel Coelho

      Mori,
      Morei na Espanha e em Portugal em 2007, naquela época não havia nenhuma vinculação entre os bancos BBVA (fui cliente deles) e Santander de lá e daqui… eram bancos totalmente diferentes, nao havia qualquer comunicacao ou exigencia de se ter conta em algum outro país… nao sei o HSBC como funciona… em portugal era cliente da Caixa Geral de Depósitos que também não possuía correspondente no Brasil… aliás, naquela época, fazer transferencias do Brasil para lá ou vice-versa era algo bastante complicado, não sei como está hj…

      • Nucia Fernanda

        Estive início de Dezembro em Londres e perguntei à uma funcionária do Santander se tinha como imprimir o extrato, ela respondeu que não, porque não tinha ligação com o Santander do Brasil.

  • Andre Garcia

    A opção de conta no exterior é bastante atrativa, realmente.

    Outra opção que não foi mencionada e que pode ser explorada é o Paypal, não?

    É possível a carga da conta através de transf bancária e efetuar as compras sem pagar o iof?

    • Uma pergunta interessante.
      O Paypal tinha um cartão de débito que podia ser usado para gastar seu saldo no serviço. Se você conseguir carregar seu saldo no PayPal nacional e "queimar" lá fora, seria uma opção bem relevante, desde que não tenha que pagar aquelas taxas de 5%.

      • A questão é: quanto custa enviar dinheiro para o PayPal? O IOF é de quanto? Não consegui apurar essas informações com clareza!

        • O PayPal cobra uma taxa de 2,9% + 30 cents pela transação de enviar de real do Brasil pra dólar aqui nos estados unidos, quem paga a taxa é quem recebe em dolar lá nos EUA. Exemplo se você enviar $100 dolares pra lá, vai chegar $95,80. Tem mais os 6.38% da taxa do cartão de credito vinculado ao PayPal, ou seja, este métodos de envio por PayPal não é mais vantajoso, parei de usa-lo.

          • Andre Garcia

            Mas hoje é possível recarregar a conta do Paypal com transferência bancária.

            Como fica neste caso?

        • Rômulo

          vai pagar os mesmo 6,38 % para colocar lá paypal…

  • Bibiane

    Nao sabia existencia desse BB das Américas e achei super interessante!! Mas com as tarifas bancarias, mais a taxa de cambio do banco, será que no final, nao fica tudo igual?? Pq tem os 0,38% + todas as tarifas e taxas do banco. Alguém já fez essa conta??

    • O leitor que nos mandou a dica fez. Ele disse que usava antes da mudança do IOF e já valia muito a pena. Agora então…

      • Bibiane

        Ótimo entao!!! Vou providenciar o meu!!!

    • Jefferson

      depende do valor que mandar, o IOF tem que pagar de qualquer forma mas tem um teto de máximo de tarifas que ficam em R$600,00.

    • Carlos

      Um cuidado com o BB das Americas é que as transações feitas fora dos EUA tem como desvantagem a conversão da moeda (não a da data da compra) e as taxas podem chegar em torno de 5% do valor da transação. Neste caso, voce perde mais dinheiro que utilizar um cartão brasileiro.

      • Ricardo

        Tudo depende de pesquisar as taxas de conversao e tarifas. Minhas transferencias internacionais é feita pelo dolar comercial e mesmo se tivesse uma comissao de 5% hj vale a pena pois o agio do turismo é de uns 3%. O BB parece q nao cobra tarifa de transferencia. Ja o meu HSBC cobra uma tarifa. Valores mais altos faço via corretora de cambio cuja comissão (spread) é baixo mas tem custo de contrato de cambio de uns $50 por ocorrencia mais a tarifa do swift (uns USD20). Vale a pena para valores acima de $3mil USD.

  • Gerson

    Existe alguma possibilidade de se trocar Reais por Dólares lá nos EUA em alguma casa de cambio? É vantajoso?

    • Eduardo

      Não, não é. Estive lá em agosto do ano passado e aqui no Brasil o câmbio era 2,40 no Vtm e lá era uns 2,70. Diferença muito grande.

  • Eu tenho uma dúvida:

    Vou passar 6 meses estudando na Austrália e não tenho certeza de qual forma vou gerenciar meu dinheiro. O que vocês sugerem que eu faça?

    -Leve um VTM carregado do Brasil + cartão de crédito e vou carregando o cartão a medida que recebo dinheiro ou;
    -Abra uma conta no HSBC Internacional (aceito na Austrália), transfira o dinheiro da minha conta pra essa e uso-a lá ou;
    -Abra uma conta num banco australiano ao chegar e transfiro meu dinheiro do Brasil para lá.

    Sei que de nenhuma dessas formas fujo das taxas e impostos, mas preciso de algo que funcione a longo prazo.
    É certo que abrirei uma conta de estudante ao chegar lá, pois pretendo trabalhar e receber em AU$ por ela, mas não sei de que forma eu levo o dinheiro que estou juntando.

    Agradeço sugestões!

    • Rodrigo

      Estou exatamente na mesma situação e com as mesmas dúvidas.

    • Eu evitaria o VTM. Essa conta no HSBC parece uma boa saída. Outro banco no exterior você teria que fazer transferência internacional do Brasil para lá. Se seu banco oferecer essa opção online e se for barato pode ser uma boa opção. Na hora de comparar os custos, acrescente a opção de fazer os saques com seu cartão bancário do Brasil lá.

    • Ruan

      Eu vou pra Nova Zelândia e estou com a mesma dúvida… Mas acho que vou comprar tudo em espécie, chegar lá e abrir uma conta pra depositar o mais rápido o possível.
      Pensei em abrir uma conta no HSBC também depois que li o post, mas acho que deve ter que pagar tarifas bancárias no Brasil e lá, então não vai compensar tanto uma vez que alguém vai ter que ficar pagando o banco aqui no Brasil pra mim.

      • Allan

        Eu cai nessa lenda do HSBC até descobrir que você tem que ter a conta por no mínimo 3 meses pra eles ANALISAREM se você pode ter a conta lá fora…

        Eu poderia ter aberto a conta num banco nos EUA quando cheguei lá e não fiz..
        Usei o débito, mas dada a situação incerta hoje, eu abriria uma conta lá fora mesmo.. O que digo é pra quem vai passar alguns meses lá fora, e não alguns dias

      • Claudio Tavares

        Só tenham cuidado com os limites de valores que vocês podem sair do Brasil e entrar no outro país, pois se exceder vai ter problemas sérios ou na saída ou na entrada lá.

    • Ranerio

      Vamos lá, vc vai ter que tirar um TFN que é tipo um CPF australiano, para você não ter a tarifação direto do imposto de renda na fonte, senão paga tudo pela alíquota maior, tira-se online e é bem simples.

      Você vai abrir conta em um banco que tenha conta para estudantes estrangeiros , eu usei o Commonwealth mas tem os outros, o Commonwealth eh bom que tem uma rede grande de atendimento, você pode sacar dinheiro em qq terminal, mas se não for do seu banco vai pagar taxas.

      Seeeeee você tem condições hoje de abrir um HSBC Premier no Brasil , abra já (demora muitoo o processo da conta internacional) e pede a conta na Australia e você já chega lá com conta, mas não esqueça do TFN, senão vai ter surpresa desagradável quando receber seu pagamento.

      Eu não conheço o funcionamento do HSBC em termos de agências na Australia, mas acho que vale sim a idéia que você falou de abrir a conta via IBC.

      A Australia é muito desenvolvida e muito simples para fazer transferências internacionais, é direto no Internet Banking do Banco, super simples e fácil, igual um DOC/TED aqui.
      http://www.anz.com/personal/bank-accounts/help-sehttps://www.commbank.com.au/personal/youth-studenhttp://www.westpac.com.au/personal-banking/bank-ahttp://www.stgeorge.com.au/personal/bank-accounts

      A do ANZ é especialmente para estudantes estrangeiros, é um banco com boa rede, a rede do CommBank (Commonwealth Bank) é maior, o São Jorge eu gosto porque tem o desenho do dragão, é facil de ver e é tudo com cartoons.

      O ANZ também tem tipo um gerenciador financeiro do banco do brasil, muito bom.
      https://www.hsbc.com.au/1/2/personal/savings/onli

      O HSBC eu não usei na australia, não posso falar muito, mas depois abri uma conta Brasil x Australia do HSBC e transferi o que tinha ficado no Commbank.

      Pelo lado da Australia tudo é simples, pelo lado do Brasil tudo é complicado nessas transferências internacionais. Ocorreu já de eu mandar o $$ e ficar parado pq a Receita foi averiguar algo ou algo assim, é muito muito, burocrático. O Brasil precisa se internacionalizar mais…

    • Karen

      Oi Lucas, Moro na Australia e ja fiz todos os calculos possiveis e o resultado e sempre o mesmo, nao vale a pena fugir do IOF.
      O que eu faco e trocar meus dolares com estudantes como voce. Eu te entrego dolares australianos aqui e vc deposita reais na minha conta no Brasil. Os dois lados saem ganhando! Nada de iof e cambio do dia. 🙂 mas nunca transfira dinheiro antes. E tdo feito pessoalme depois q vc chegar na Australia.. Faz sentindo? Fica a dica

  • Não encontrei informações precisas a respeito do BBAmericas. No site eles pedem:

    U.S. Social Security Number.

    Must be at least 18 years of age to apply.

    U.S. checking or savings account information to fund your new account(s).

    For joint accounts, the co-applicants name, social security number and date of birth.

    Ai não dá, só seria interessante para quem mora nos EUA.

    Alguém tem maiores detalhes se dá para abrir a conta daqui do Brasil?

    Já o HSBC deixa claro que dá sim, basta ser cliente deles aqui no Brasil: “É necessário ser correntista no HSBC Brasil para abrir uma conta no exterior através de nossa estrutura. Se você está interessado neste serviço e ainda não é nosso correntista, vale a pena procurar uma de nossas agências e conhecer também os benefícios de ser cliente HSBC no Brasil.”

    Acho que vale estudar com carinho a idéia.

    • Você deve ter uma c/c no Banco do Brasil e na agência criar a BB americas.

      • Sim, deve ter uma conta no BB daqui para solicitar a de lá pelo site do BB Americas. Não é pelo formulário de contas, mas sim pelo "fale conosco". O link está no post!

      • Jefferson

        nao é necessário ter conta no BB aqui, o BBamericas não tem nada haver com o daqui.

        • Jefferson, para qualquer pessoa tem que ser presencial. Os clientes BB podem abrir à distância, aqui do Brasil, basta solicitar ao BB Americas pelo formulário do site!

    • Victor

      Pelo que conheço do BB Americas, ele é um banco americano controlado pelo BB. O que não significa que é vinculado.
      Logo, para ter conta por lá se obedece as normas americanas. Você precisa ter SSN ou, pelo menos, um tax payer ID. Em alguns casos, comprovar vínculo e renda. Não é bagunçado como estão dizendo.

      • Conversamos com um gente que nos disse o contrário. E mais: garantiu que há muitos brasileiros com conta lá!

      • PCamargo

        As contas disponíveis nao tem taxas para transferencias recebidas do Banco do Brasil s.a.

  • Mari

    Ah, gente, parem com isso! CC é o esquema. Vcs gastam quanto em viagem? 6% disso não é nenhuma fortuna, vc pode bancar pela praticidade, segurança, milhas, além dos seguros que os CC oferecem! As outra opções, além de dar um trabalhão, podem sair até mais caro!

    É legal economizar em viagem, mas 6% nem é tanto assim, comparando com os preços dos bens e serviços brasileiros.

    • Juliana

      6% é muito!

    • Realmente, não sei se tenho paciência de fazer uma conta no exterior para uma eventual viagem.. A não ser que essa conta seja uma poupança no exterior, aí sim seria vantagem, vc aproveitaria o câmbio baixo para juntar dólar e ele ainda renderia… Será que tem como fazer isso?

    • Mari, por isso dissemos que não há uma solução boa para todos. Você pode viajar pouco, mas imagina uma pessoa planejando uma viagem de três meses pela Ásia? Ou uma volta ao mundo em um ano sabático? Cada um conhece sua realidade, por isso nosso papel é apresentar alternativas! 😉

      • Mari

        Não estou desmerecendo o artigo. Só li e dei minha opinião…. o que tem de errado em tomar uma posição??

        • Calma! Não tem nada de errado no seu comentário nem na sua opinião, não! Foi só um comentário! rsrs

        • Não tem problema nenhum em tomar posição. É isso que está dito no post e no comentário do Denis: para cada pessoa um meio ou uma combinação de meios fará mais sentido.

          • Guilherme

            6% pra quem gasta 500 dólares não é nada.. mas calcule isso numa viagem de 5 mil dólares….

          • junior

            Proporção é proporção. 6% é muito independentemente do orçamento.

    • se levar $15.000,00 x 6% = $900,00…ou seja é MUITA diferença…vamos aprofundar…$900,00 x R$ 2,45 = R$2.205,00…ainda acha que é pouco ? se 15.000 achar muito…corte 50%..ainda é muita perca !!!

    • Junior

      Se vc acha que seis por cento é pouco, sua opinião conformista só vai soar patética. Todo mundo que tá lendo isso aqui está inconformado com o aumento, independentemente do tempo, da frequência e do valor a ser gasto nas viagens.

      • Gabriel Q.

        Opa, não precisa falar por mim…
        Inconformado seria exagero de minha parte, afinal 6% não chega a atrapalhar meus planos.
        Ainda mais voando pelas pechinchas proporcionadas pelo MD!!!

    • Lucas

      Gastarei 50 mil dólares no meu curso… E aí, 6% (R$ 7400) não é muito?

    • Ary Filho

      6% seria pouco se não fosse PRA IMPOSTO.

  • Paulo Lazarini

    Temos que ficar atentos as melhores opçoes e utilizar moeda em especie para o basico e o cartao de credito para extras!

    — EDITADO — Comentários sobre a mudança feita pelo governo devem ser postados nesse outro post http://www.melhoresdestinos.com.br/governo-aumenta-iof-para-saques-gastos-exterior.html

  • Maycon

    Não sei o que é pior!

    Um calculo!

    Hoje dia 20/01 o dolár está R$ 2,34.

    Na casa de cambio (preço final), R$ 2,48 (em SC) e em outra R$ 2,509 (em PoA).

    2,34 * 6,38% (IOF – cartão): R$ 2,503

    Alguém mais concorda que é mais seguro e pratico usar o cartão de credito?

    • Mari

      Com certeza. Cartão de crédito sem dúvida.

    • Ivan

      Compra dólar na Caixa Economica Federal, é muito mais barato do que em casa de câmbio. Normalmente fica 10 centavos mais caro que o comercial, no caso daria 2,44

      • No BRB fica ainda melhor. No post tem um link que mostra onde é melhor.

    • Cristiano

      Meu cartão de crédito do BB não cobra dólar comercial… seria por volta de R$ 2,45 * 6,38 = R$ 2,60

      Qual seu cartão de crédito? Até onde sei o único cartão que cobra dólar comercial é o da caixa infinity ou black. Mais algum?

      • Gabriel Q.

        Todos os cartões da caixa tem a mesma cotação: Internacional, Gold, Platinum, Infinite, Black

        • E a porcaria do Santander cobrando R$ 2,4781. Com IOF fica R$ 2,6362.

        • Gabriel Q.

          E por sinal em 20/01 a cotação estava em 2,35

    • Karina

      Só que você está supondo que o cartão cobrará R$ 2,34 de cotação, mas engana-te. Eu fiz compras mês passado e no dia a cotação estava em R$ 2,37 e quando chegou a fatura tinha fechado em R$ 2,45 + 6,38% = R$ 2,60. Me ferrei!! =P

      • Rebeca

        Então, eu também fiz uma compra mês passado, no dia que fechou meu cartão o dolar comercial estava 2.39 mas na fatura veio como 2,49. Entretanto, o IOF foi cobrado encima do valor gasto em dolar e só depois foi aplicado a conversão de 2,49.

        • Gabriel Q.

          Rebeca, dá no mesmo converter antes ou depois de aplicar o IOF, o valor final será o mesmo.
          Ex. (1) US$ 100 x cotação 2,49 = R$ 249,00 + 6,38% de IOF = R$ 264,88
          (2) US$ 100 + 6,38% de IOF = US$ 106,38 x cotação 2,49 = R$ 264,88

    • Victor

      Concordo legal se você disser que cartão é esse que fecha a fatura hoje em 2,34…

      • Gabriel Q.

        Serve 2,35 ?
        Se servir, Cartão Caixa em 20/01/2014.
        braços

    • Pelo cartão pré pago feito pelo Itaú, disponível no site, o cambio não é esse de 2,34, e sim o de 2,50 e ai você acrescenta os 6,38%, ou seja, trocar na casa de cambio é mais vantagem. o dolar acaba saindo no itau lá pelos 2,65 já com a taxa de IOF.

    • Victor

      Essa cotação (2,34) eh a do dolar comercial. Vc tem que ver a do dólar turismo!

    • Ricardo

      Com dolar comercial a R$2,34 (hoje 20/03) meu cartao de credito Bradesco cobra dolar a R$2,42 +6,38% vai a R$2,57. Aqui em SP vc compra na Paulista ou Liberdade o dolar a R$2,45 finais. Tudo depende de aonde vc esta, teu tempo, o risco de ser assaltado, o total de dinheiro que vai gastar. Por pouca coisa gasta no cartao e pronto.

  • Também gostaria de mais informações de como abrir conta no BB Americas. Sou cliente BB estilo no Brasil. Consigo abrir a partir da minha gerente?

    • Vinicius

      Também gostaria de mais informações sobre isso, me pareceu a maneira mais interessante para quem é cliente do BB.

      • Não, você deve solicitar pelo site do BB America mesmo, mas no "fale conosco". O link está no post.

    • Mario Borges

      Não, vc tem que entrar no site deles, bbamericas, e mandar um email solicitando a abertura da conta. Para abrir a conta vc tem que ser correntista do bb e ter no minimo 1000 dolares por dia na conta do bbamercias para ter a conta….

      • Exatamente. Se não tiver pelo menos mil dólares de saldo médio é cobrado US$ 5 de taxa manutenção.

        • Mariana

          Olá Denis.
          Essa taxa de 5 dólares é por dia ou mensal?
          Sabe se o fechamento da conta é fácil?
          Vou viajar somente por 10 dias, ou seja, depois nao irei manter US$1000 na conta e teria que fechá-la. Será que compensa abrir?
          No site deles diz que não há tarifas para transferência BB > BBAmericas, certo?
          O câmbio é mais alto do que no BB? E saberia dizer quanto tempo leva para o cartão chegar, a partir do dia que o e-mail é enviado?

          Obrigada!

          • Olá, Mariana, acho mais indicado você entrar em contato com o banco para ter informações mais atualizadas. Um abraço!

    • André, se der uma lidinha no post + msgs postadas até essa que vc inseriu terá sua resposta! Muita gente repete perguntas pq não lê o que já foi postado, dai vira aquela avalache de perguntas e comentários repetitivos… ;(

    • CLARA

      Gente como assim preciso ter 1000 dolares todo dia ?! Vou morar 1 ano na espanha e to estudando o bbamericas .. Mas n tenho condicoes de ter milbdolares na.conta todo dia ! Evenualmente vou acabarngastando e sou vou receber mais no outro mes

  • Graziela

    Outra forma: trocar dolar/euro no aeroporto de saida (Brasil) e quando chegar ao seu destino fazer o cartão pre pago no aeroporto mesmo. Assim vc ñ anda com dinheiro e nem paga as taxas abusivas do nosso país 🙂

    • Mari

      Mas, você tem que considerar que você pode ser roubada no aeroporto.
      E que existem limites para saída de reais no Brasil e entrada de divisas nos outros países.

      • Gabriel Q.

        Você vai ser "roubada" na própria casa de câmbio do aeroporto… se gosta do seu dinheiro não faça isso.

      • Bruno

        O limite é 10 mil reais podendo declarar qualquer quantia acima disso.

  • Pedro Mello

    Eu moro na França e a dica que eu dou é viajar com o minimo de euros possível.

    Compre uns 100 euros no Brasil para não chegar sem nada, e quando chegar na cidade(não no aeroporto) vá numa loja de câmbio(pesquise antes na internet as melhores cotações de Paris).
    Lá eles ainda dão desconto dependendo da quantidade. Não tem essa palhaçada de IOF e a cotação 99% das vezes que eu vi é muito melhor!

    Ou seja. Saia com reais e troque no destino.

    Hoje em dia nossa moeda é forte e estável então é negociada de forma mais fácil hoje em dia.

    A única ressalva é que essa dica só vale para destinos tradicionais.
    Quem vai para fora de circuitos tradicionais pode não encontrar locais para vender os reais, e se encontrar a cotação será ruim!

    Ou seja, se você não for para a África, Ásia ou países não tão turísticos europeus e americanos, troque o dinheiro no destino!

    E lógico, sempre tenha alternativas. Viaje com o cartão mesmo pretendendo não gastar. Ele que te salvará numa emergência!

    • Pedro, vale a pena mesmo?
      Estive em Paris mês passado e achei a cotação do real baixíssima por ai!

    • Pedro, a cotação sempre é a pior possível…

    • sabbathbh

      Se possível dê um exemplo prático de cotação do Real que você encontra ai com os valores para compararmos. Até hoje toda casa de câmbio que já vi fora do país pagava muito pouco pelo Real (exceto Argentina).

      • Pedro Mello

        hoje achei por 3,278BRL=1EUR com todos os impostos inclusos

    • Pedro Mello

      bom, tudo depende.
      eu não trocaria na casa de cambio embaixo do arco do triunfo.

      fui ver o valor do dia e estava 0,305
      ou seja 3,278RL=1EUR
      tudo incluso

      no brasil vi 3,29BRL=1EUR sem IOF ou seja 3,033BRL=1EUR

      e eles dizem que dependendo da quantidade o valor pode ser mais generoso!

      alem do mais para mim tem uma outra grande vantagem
      se voce vem com dinheiro a mais, depois para trocar de volta para reais perde mais ainda!
      trazendo reais voce troca a quantia inical depois troca de pouco em pouco sem ter risco de "sobrar dinheiro"

      é o que eu digo para quem vem me ver.
      a não ser que se troque com os carregadores de bagagem do galeão, ou numa viela no centro do Rio, até hoje tenho visto taxas equivalentes ou mais baixas, com a vantagem de poder trocar conforme usar, sem trocar a toa.

      • Vald

        Caro Pedro,
        Voce pode passar os nomes das casas de câmbio que vc ja usou em paris ou recomenda

      • lucianapego

        Pedro, a cotação hoje no Brasil na Confidence gira em torno R$3,46, já com IOF. Em um blog de viagem encontrei a dica dessa casa de câmbio Comptoir em Paris com o câmbio a R$2,83, uma diferença gigante.

        Você conhece essa casa? Se puder averiguar para nós se esse é o valor final ou se tem taxas extras, ficarei imensamente agradecida.
        http://www.ccopera.com/devises/cours.html

        Luciana.

        • Alex

          Luciana,
          Esse site a que se refere é uma casa de câmbio francesa.
          A cotação de R$ 2,83 é para quem compra reais com euros para gastar no Brasil,
          e não comprar euros com reais. Por isso essa diferença 😉

    • Fernando

      Pedro, qual casa de câmbio você recomenda em Paris? Abs

  • Willian

    Fiz uma cotação agora na Confidence Cambio.
    Espécie: R$ 2,52
    Cartão: R$ 2,62
    Ambas já com IOF.

    Uma coisa que sei é que o AMEX é muito ruim, sempre a cotação muito pior que a do BB no credito.

    Minha dúvida é, qual seria a cotação de um saque nos Estados Unidos usando a conta corrente do BB + IOF?
    Dolar comercial, turismo ou alguma outra cotação?

    Abraço

    • A cotação é estabelecida pelo próprio banco. Geralmente fica acima do dólar comercial e abaixo do turismo.

    • Nelson

      o Amex é realmente péssima em relação ao BB coisa de 10 centavos a mais!!!

    • Larissa

      Confidence é a casa de cambio mais cara que tem, de todas que cotei.

  • Ligy

    Estive em uma casa de câmbio estes dias e no mercado corre o boato que o governo estaria se preparando para o aumento do IOF para 6,38% também para compra de moeda. Alguém mais ouviu falar disso?

    • Ligy, acho que não farão isso pq se fizerem o mercado paralelo vai bombar.

    • Não dá pra saber, mas acho estranho já que eles tinham essa oportunidade já que aumentou todo o resto, sem contar que as casas de cambio vão fechar aos montes.

  • Rafa

    O Comentário sobre “Saque da conta corrente no exterior” foi incompleto. Se você não opte por usar a opção de levar dinheiro em espécie, cujo o IOF é 0.38%. Você escolherá entre as demais opções: Cartão de Crédito/Cartão Pré-Pago/Saque CC no Exterior, que todas tem IOF de 6.38%. Entre as três, a opção de Saque CC no Exterior conta com certeza com a melhor taxa de câmbio entre as instituições financeiras, além do que, considerando que você tem uma taxa fixa por transação, você pode efetuar saques de quantias substâncias para a sua viagem como PIT-STOP, diluindo o custo da transação sobre o limite do saque, permite-se que você usufrua da vantagem do papel moeda em espécie, sem ter que ao fazer uma viagem, por exemplo, de 1 mês, sair do Brasil com o valor elevadíssimo de dólares/euros dessa viagem. Você pode fazer Saque no 10ºdia, quando o seu dinheiro levado acabar, e no 20º dia quando o saque do 10ºdia já tiver acabado. Caso contrário, você não só terá que levar uma quantia absurda de dinheiro, como não poderá usá-lo ao chegar lá, pois você precisará de dinheiro em espécie para pgtos corriqueiros do dia-a-dia que não aceitam pgto digital, e para economizar para ele, você efetuar o pgto de contas maiores como hotéis/aluguéis de carros/restaurantes/compras em cartão(método digital) pois se você pegar com o dinheiro, quando você precisar utilizá-lo para quem não aceita você não o terá disponível. Você perde na opção de ganhar milhas/pontos pelo fato de não usar o cartão de crédito, mas vale a pena sim, pois a taxa de câmbio é muito mais próxima ao real. Assim sendo, depois da opção de levar o dinheiro em espécie, que trás insegurança, credito a essa opção entre as mais triviais, não vou considerar abrir uma conta no exterior como trivial, a segunda melhor opção.

    • Rafa, não se esqueça da tarifa cobrada pelo banco a cada saque. Em alguns casos ela é bem salgada e inviabiliza essa opção. se sua taxa é baixa, é sim uma ótima opção.

      • PCamargo

        O que quer dizer exatamente um "taxa baixa". O Santander cobra R$15,00 por saque no exterior. Acho um absurdo.

        • Exato! Por isso mesmo o saque deixou de ser viável para a maioria. Uma pena, era uma das melhores opções que tínhamos!

  • wendel santos

    Eu abri essa semana uma conta no banco do Brasil sem tarifa para poder comprar moeda la, as taxas sao bem melhores… agora com essa opcao, ficou melhor ainda.

    alguem ja usou na Europa?

    pretendo ir no segundo semestre e esse IOF de 6,38 esta me quebrando rs

    Para Europa essa opcao de conta é valida?

    • Wendel, estou indo em abril para a Europa e estou com a mesma dúvida. Eu acreio que o BB Americas funciona tranquilamente na Europa e que a conversao de US$ para Euro nao deve ser diferente se utilizassemos o cartao de credito. Eu estou gostando dessa idéia do AA Americas e da possib. de sacar dinheiro lá mesmo pagando IOF 6,38% devido a cotacao ser melhor do que no cartao de credito ou compra de especie no Brasil.

    • Maria Fernanda

      Me informei no +1 (855) 377 2555 dizendo que iria estudar na Europa e me disseram que o BB Americas é um banco americano e que as isenções nas taxas só valiam para quem fosse estudar nos US.

    • Clara

      Recebi um email do BBAMERICA falando que não é possivel abrir conta pra quem é fora dos EUA ! Nem pra quem é correntista

  • Cláudio Costa

    Post oportuno e importante para muitos viajantes. Parabéns MD! Como viajante frequente (mais experiência para a Europa…) confesso que, dependendo do montante de moeda estrangeira que preciso (se não for uma viagem muito extensa), compro moeda (cash) aqui no Brasil, suficiente para o dia-a-dia lá na Europa ,ficando metade comigo e metade com minha esposa (não passo nem perto de casas de câmbio que encontro nos shoppings ou no aeroporto aqui no DF…) e carrego outra parte em um Pré-Pago (VTM por exemplo) para pagar os hoteis que reservo sem pagamento antecipado (booking.com por exemplo…). Mesmo com o aumento do IOF, evito surpresas futuras com o câmbio no Cartão de Crédito. Mas, não hesito em usar o Cartão de Crédito em eventualidades e/ou pra satisfazer uma vontade de última hora…rsrsrs…afinal tenho juízo e não sou um consumidor impulsivo….Enfim, acredito que pulverizando o risco (mesclando Cash, Pré-pago e Cartão de Crédito) é uma boa opção!

  • Len

    Alguém sabe quanto é a taxa de transferência bancária entre BB Brasil e BB Américas? Pq dependendo dela daria quase na mesma pagar os 6,38 de IOF já q taxas de bancos para trasbferenxias internacionais são sempre altas.

    Não sei se muda qdo o dono da conta de envio é o mesmo da de destino ainda que internacionalmente.

    • Não é cobrada taxa! =)
      Tem IOF de 0,38%

      • Denis, então não é cobrado absolutamente nenhuma tarifa com excessão dos 0,38% de IOF? pelo que vi no link do BB Americas (que por sinal é suuuuper bem explicado) http://www.bbamericas.com/pr/pdf/10steps-pr.pdf seria como se fosse fazer uma Emissão de Ordem de Pagamento para o Exterior porém sem a taxa que o BB cobra de 1.66%, correto? MUITO Obrigada!

        • Oi Thais, que bacana esse link!
          Sim, foi isso que nosso leitor nos passou e foi confirmado pelo pessoal do BB Americas, que as transferências são isentas de taxas!

          • Alessandra

            Denis

            “A transferência pode ser feita de sua conta do Brasil para sua conta no exterior pela internet, com o IOF de 0,38% e dólar comercial”

            Tem certeza que não é dolar turismo na conversão?

            Se não tem taxa de transferencia.. entao fica sendo:

            Dolar Comercial + IOF 0,38% ? So isso?

            “Também pode realizar saques sem tarifas em algumas redes de ATM espalhadas pelos EUA, e pagando em media US$2″‘

            Qual rede de ATM sem tarifa, você sabe?

            ” Outra dica: o valor deve ser mencionado na declaração do Imposto de Renda.”

            O que você quis dizer com isso? Tem que pagar imposto sobre o valor transferido?

            Obrigada!

          • Alessandra, as informações entre aspas são do leitor, que usa esse banco há um bom tempo. Com relação imposto, só inclui porque alguns leitores fizeram essa observação. =)

          • Alessandra Mota

            Heheh, td bem, mas se puder confirmar se é dolar comercial ou turismo (depois que você averiguar mais) seria interessante, porque se for dolar comercial, parece bom demais pra ser verdade! rs!

            E ainda nao entendi porque tem q mencionar na declaracao de IR. To confusa :S

          • Você já declarou IR? Tem uma parte onde relaciona todos os seus bens. Então você tem que listar ali também o saldo de contas no exterior, se tiver. É apenas isso, fique tranquila. 😉

  • Adirana

    uma dúvida: no visa travel Money é preciso comprar dólar em cotação turismo e depositar na conta desse cartão, e vc vai apenas usando no débito, sem taxas certo?

    • Raquel

      Cada vez que você carrega, ou recarrega, incidirá os imposto de 6,38, seja ela a primeira recarga ou não. O cartão será usado como débito, aí essas transações não são taxadas, somente quando houver necessidade de uma nova recarga.

      • PCamargo

        Não há taxas para compras. No entanto para saques há uma cobrança de US$/Euro 2,50.

  • Len

    Acabei de ler o post denovo e vi q não tem tarifa. É uma boa opção a ser considerada.

  • Alexandre

    Cartao de crédito agora está mais vantajoso que saque, pre-pago ou casa de cambio por causa dos pontos, principalmente se for Platinum (1, 5 pontos / US$1 gasto) ou Black (2 pontos /US$2 gasto). Os pontos podem depois ser vendidos ou trocados por passagens.

    • tb acho q essa seria a melhor opcao para quem esta indo em viagens curtas… mas mesmo assim é grana, gastei na ultima viagem 4 mil dólares no cartao, paguei 600 reais de IOF… Chato isso!

      • Vinicius

        Pessoal, tem que fazer a conta direitinho. Vamos pegar como exemplo o gasto do Wendel, de 4.000 dólares. Pagou 600 reais de IOF. Se fosse tudo gasto com cartão black, seriam 8.000 pontos. Se pensarmos que cada bloco de 10.000 pontos é vendido no mercado paralelo por cerca de 300 reais, seria o equivalente a ganhar R$ 480. Ou seja, gastou-se R$ 600 a mais com IOF para ganhar R$ 480. Não chega a ser vantagem em relação ao dinheiro vivo, mas diminui o prejuízo e pode ser uma opção considerando a praticidade do cartão.

        OBS: Eu não recomendo (nem sou contra) vender milhas, mas acho coerente usar o valor que se paga normalmente como forma de calcular o valor financeiro das milhas.

        • Eduardo

          Não entendi Vinicius, são 300 reais para 10k ptos e 480 reais para 8k??

          • Gabriel Q.

            Erro de cálculo, seriam R$240,00. Mas já acho satisfatório, pois no dinheiro vivo, apesar do IOF ser menor, a cotação costuma ser pior do que os cartões de créditos (os que tem cotação honesta).
            Vale a praticidade.

    • Paulo Almeida

      1.5 para compras acima de R$ 2.500

    • Gabriel Q.

      "ou Black (2 pontos /US$2 gasto)"
      corrigindo: 2 pontos / US$1 gasto.
      E ainda há cartões que a bonificação é de 2,2 pontos por cada US$1 gasto.

  • Uma alternativa ao Neteller é o Skrill: https://www.skrill.com/skrill-prepaid-mastercard/

  • Muito bom, mas parece que para criar uma conta no BB dos Estados Unidos precisa ser residente lá e ter o U.S. Security number.

    • Anon1968

      Eu tenho uma conta em um banco nos EUA. Apenas precisei do passaporte para abri-la. Recebi o cartão de débito no Brasil, por Fedex.
      Mas o cartão funciona diferente dos nossos: ele taxa todas as compras e não taxa os saques. O meu banco, inclusive, reembolsa qualquer taxa que possa ter havido nos saques. Para falar a verdade, como não uso com frequencia, não parei para observar como isso é feito.

  • Caio

    Para quem quer fugir da variação cambial, mas quer ganhar pontos, os Cartões de Crédito do Itau Personnallitte estão permitindo vc carregar valores em dólar/euro neles, como se fossem cartões de débito. O carregamento é feito pelo site do banco e é simples, com cotação média interessante. Uma vez feito o carregamento, vc pode usa-lo até esgotar este saldo integralmente. Após o fim do valor que vc carregou, o cartão cobrará os gastos normalmente. Caso vc não gaste o valor total que carregou no cartão de crédito, pelo site do banco vc pode vender o que sobrou para o banco novamente. Ai já não acho que a cotação que eles pagam vale a pena. Vc pode carregar até 20.000 dólares. Caso tenha as duas bandeiras de cartão, escolha em qual vc vai carregar, pois uma vez carregado num deles, o segundo não permitirá esta operação.

    • Isso agora tá valendo pra todos os cartões itaucard eu acho. O meu é conta normal e apareceu essa opção também!

      • Renata

        No meu cartão do Itaú (Platinum) tmb aparece a opção. O dólar neste momento, já com IOF: R$ 2,65 (o comercial hoje fechou a R$ 2,33). Achei caro, só serve para emergência caso precise "aumentar" o seu limite para uma viagem. Comprei VTM no Previbank por R$ 2,60 já com IOF quando o dólar comercial estava R$ 2,35, ou seja, o VTM no Previbank saiu mais em conta do que carrejar o meu cartão de crédito do Itaú com dólares.

        • Renata

          Carregar, e não carrejar!! rs

  • Guilherme

    A solução para foi utilizar uma conta que já tinha no Bank of América
    chego lá deposito todo meu dinheiro nela… ou até posso fazer transferencia internacional
    Único jeito =///
    O governo não quer de jeito nenhum deixar as pessoas conhecer as coisas boas do mundo.
    Já ja eles decretam fechamento de todas as fronteiras

    • Gisele

      Bem isso, adorei! Concordo. Soh falta. Gente ficar sem poder sair daqui de vez mesmo!

    • Gilberto

      daqui a pouco seremos reféns de nossas fronteiras….

      Mas falando no que interessa, Sair com Real no bolso como uma pessoa sugeriu, foi algo que pensei, sendo que isso pode dar galho na PF porque existe um limite em espécie e dependendo da quantidade vai estourar…. e tem um detalhe a mais… em 2010 eu precisei trocar Euro nos EUA e o câmbio estava razoável, mas de Real para dólar estava pior do que aqui no Brasil… então será que vale è pena fazer isso?

      • Alessandra

        Gilberto, vc pode levar qt dinheiro vc quiser pra fora do PAIS, vc so precisa declarar. Nao vao cobrar NADA de vcs pra declarar, eh so vc dizer q esta saindo com mais de 10 mil reais, no aeroporto eles vao contar as cedulas e pronto! As pessoas acham q declarar significa pagar alguma coisa, mas nem sempre significa isso.. procura um post meus nos comentarios sobre isso.. muita gente nao sabe dessas coisas!

  • Francisco

    Na América do sul, leve Real e faça o cambio lá. Na Argentina e Chile garanto que é a melhor opção.

  • Leka

    como o pessoal parece empolgado com a opção “abertura de conta no exterior”, acho que seria importante que o autor da matéria ressalte aspectos relacionado à declaração de IRPF…

    • Renato C

      Exatamente, o barato pode sair caro….

      • Ricardo

        Deve declarar como bens (ativos) no exterior, facil, nao muito diferente de como vc declara o saldo de uma conta corrente daqui.

        Imposto ha se vc repratiar o dinheiro de la e tiver ganhos com a variacao cambial. Se for para "consumo" so declarar como bens e direitos

  • Pessoal, boa tarde. O saldo de $ 1000 na conta do BB precisa para ABRIR a conta ou é necessário manter esse valor por lá?
    Obrigado.

    • Laís

      Também tenho essa duvida, precisa ficar sempre ocm saldo de U$1000 pra conta ficar aberta? ou posso depositar 1000 pra abrir e ir gastando durante a viagem?

      obrigada

      • Pelo que nos disseram, tem que manter esse saldo médio para evitar pagar tarifa de manutenção de conta, mas não é obrigatório.

  • Estou indo aos EUA em março e vou levar tanto dinheiro vivo como usarei os cartões de crédito. É impossível fugir do IOF. De alguma maneira ou de outra vc vai acabar pagando esse imposto. Talvez, o que dê pra fazer, é pagar menos… achando o ponto de equilíbrio entre o gasto do CC e a compra do dólar. Mas daí já entra a matemática e tem que colocar na ponta do lápis e ver o que compensa, ou não, fazer!
    Bem, como eu disse… o IOF é inevitável. De alguma maneira ou de outra, vc vai acabar pagando isso!

  • Antonio

    Como faço para abrir uma conta no BB das Américas, qual endereço, estado de carteira de identidade, etc colocar?

    • Ana

      Procure uma agencia! Fica mais simples

      • Pela agência não dá (só se for lá nos EUA rs)
        Entra no site do BB America, no "fale conosco" e solicite por lá!

        • clara

          Olha essa informação que tem no site
          ABERTURA DE CONTA NA AGÊNCIA:
          Pessoa Física (Personal Checking)
          O interessado pode abrir conta em uma de nossas agências ao apresentar 2 documentos de identidade válidos emitido pelo governo e um comprovante de residência.
          · Clientes com SSN# :
          Residentes dos EUA que possuem SSN# podem utilizar o cartão do “Social Security” como um dos documentos de identidade. A “Driver’s License” pode ser utilizada como comprovante de endereço caso o endereço esteja atualizado no documento.
          · Clientes sem SSN# :
          Clientes sem “Social Security Number” precisam fornecer a documentação correspondente do país estrangeiro. Brasileiros podem fornecer 2 documentos brasileiros, CPF e comprovante de endereço no Brasil.
          Pessoa Jurídica (Business Checking)
          Para abertura de conta de Pessoa Jurídica é necessário comparecer em uma de nossas agências e obter mais informações.

          ABERTURA DE CONTA À DISTÂNCIA:
          Pessoa Física (Personal Checking)
          Estamos preparando soluções de produtos para o cliente do Banco do Brasil SA que não reside nos EUA como também para os bolsistas da CAPES/CNPq que estão estudando nos EUA. O lançamento destes produtos será amplamente divulgado. Em breve retornaremos com novidades.

  • Vou viajar em março e vou levar tudo em dinheiro mesmo, apesar das desvantagens já explicadas. Chega de pagar tanto imposto pro governo. Se tem como legalmente evitar, assim farei! Cartão de crédito só se o dinheiro acabar ou numa emergência. Mas a frente vou estudar a opção do BB Américas, que achei uma boa alternativa.

    • mas vc vai levar uma quantia alta? estamos pensando em levar em dinheiro tbm porém como vamos para Cidade do Mexico lá dizem que corre o risco de sermos assaltados. E Agora?

  • Bruno

    Outra opção que acho interessante é levar o dólares em papel daqui, com IOF de 0,38%, e lá nos EUA comprar um cartão pré-pago AMEX (disponível em farmacias, etc) e depositar os dólares nele. Parece que dá pra depositar 500dolares por dia até o limite de 2500 por mes, mas vc pode adquirir mais de um cartao…

    • Luiz

      Bruno, voce já usou esse cartão? Consigo achar ele nos walmarts, cvs, walgreens e cia? Obrigado

    • BrunoSS

      Bruno, a idéia é boa até porque tenho dólares em espécie guardados porém pelo que estou lendo no site da AMEX, após comprar o cartão em uma das lojas parceiras deles (qualquer CVS e algumas 7Elevens) é necessário cadastrar o cartão online e precisa colocar endereço e tudo mais e só aceita endereço americano…
      Se você conseguiu comprar e usar ele, dá mais informações aí. Você colocou um endereço falso, como foi??

    • Marcelo

      sobre isso eu acho que tem um complicador que deve ser considerado, mas nao tenho certeza se é verdade.
      parece que vc paga o imposto americano na hora que vc compra o cartao pre-pago (varia de estado para estado) e paga novamente quando vc compra uma mercadoria. dessa forma vc vai pagar mais do que o iof.

  • Bruno Pongitori

    Estou pretendendo ir à França em agosto, e minha esposa tem uma tia que mora lá. Seria interessante antes de eu ir, transferir pra conta dela de lá o dinheiro né? Não pagaria IOF de 6,38% e nao teria que abrir conta no exterior.. chegando la, ela sacava pra mim. Estou correto nesse pensamento? E quanto ás taxas para transferência internacional, é cara?

    • Tem que colocar os custos na ponta do lápis, mas parece ser uma estratégia muito boa sim. Os custos dependem do banco ou corretora, alguns são tarifa fixa e outros uma porcentagem do valor.

  • Thiago

    Outra medida (não sei se é a melhor ou pior) seria trocar o Real no exterior. Mas nem todos os paises trocam Real pela moeda local.

  • Ricardo

    Levo dólares e euros em cash em minhas viagens a anos, e nunca tive problema nenhum em nenhum país que visitei. Perigoso é viver no Brasil!

    • Paulo Almeida

      Isso sempre deu certo pra mim.
      $$$$ e cartão p/ emergência.
      Ponto final.

      Vc lê aqui no blog combinações e dúvidas mirabolantes de um assunto simples.

    • Paulo Almeida

      Pois é,
      Algo simples com perguntas mirabolantes.

  • “vocês estão partindo do princípio de que o cartão de crédito é vinculado a conta corrente (O que não é o caso dos Amex, Credicard, etc que são emitidos por instituições financeiras independentes), de que seu banco tem um bom atendimento (no meu caso, só tenho contas tipo Iconta, que não possuem gerente nem atendimento personalizado como sugerido)”, sim estamos partindo desse princípio porque é o caso da maioria dos leitores, pelo que percebemos.

    “e de que você não vai precisar de dinheiro para uma emergência no meio de um feriado (nesse caso o pagamento não entraria na hora)”, de forma alguma! Falamos disso no post! Nunca tenha apenas uma opção!

    ” Reparei que muitas vezes os posts aqui são voltados para pessoas com contas prime, personalitte, etc e com cartões gold, platinum, etc.”, desculpe mas você reparou errado! O que acontece, sim, é que a grande maioria dos leitores nos comentários têm esse perfil. Nos posts abrangemos todas as opções. Eu mesmo uso cartões Santander Free e American Express básico, ambos sem tarifa!

    Maria, volto a repetir: não há uma solução boa para todos! Nós apresentamos as opções e cada um tem que montar sua estratégia, pois cada um sabe de suas contas, não é verdade? Há a ainda a questão de se sentir mais à vontade com essa ou aquela opção. Se você prefere o VTM, ótimo! Você tem bons argumentos e para quem não tem um bom limite no cartão parece mesmo ser uma solução bacana. =)

  • Aureo

    No BB Americas vc também pode abrir uma conta poupança, q vc ganha uns juros baixos de remuneração, mais é melhor q nada, isenção de tarifas e cartão de debito. Que pelo q tem no site sem limite de valor pra pagamento e saque, o q na conta corrente esta limitado a $1500 para transações e $500 para saque. Também a transferência gratuita de conta BB para BB Americas

    • Alessandra Mota

      Onde vc viu isso no site?

  • A transferência entre conta BB para BB Américas é gratuita, o inverso também ?

  • Thiago

    Gostaria de uma opinião: um amigo me falou que é mais vantagem levar reais e trocar por dólares nos EUA. Isto é verdade?

  • Amanda de Oliveira

    Olá, li o post pela manhã e na hora do almoço fui no HSBC para me informar sobre contas internacionais. Contas internacionais não são feitas pelo HSBC BR, eles abrem um chamado para o IBC (International Banking Center) e é ele que toca o assunto, parece que o processo é rápido, para qm tem conta Advanced ou Premier são entre 7 e 10 dias para estar com o cartão na mão, o grande problema é que essa façanha não pode ser usada para viagens, apenas para qm vai morar fora, você tem que ter um comprovante de residência no exterior para abrir esse modelo de conta.

    • magda

      Segundo o gerente que consultei ainda é necessário uma renda de R$10.000,00 reais e um saldo de R$110.000,00 para a conta Premier. Eu abri uma conta (acabou de chegar o cartão, veio uma Advanced) o gerente me avisou que quando eu transferisse os R$110.000,00 seria aprovado o upgrade p/ a Premier – uma vez com essa conta, ele me encaminharia para o pessoal do IBC para a abertura da conta na Inglaterra (para onde estou de mudança).

      • Rafael

        Magda, estou planejando me mudar para a Inglaterra também e quero abrir uma conta no HSBC aqui para abrir uma lá. Deu certo no seu caso?

  • Daniel Castro

    O post é bom pq faz uma abrangência geral sobre vários aspectos.

    Mas o título é indevido.

    Levar moneycard, cartão de débito gringo ou possuir conta no exterior são alternativas de fugir do IOF mas NÃO é, por definição, levar dinheiro. Um leitor que por qualquer motivo não ler a matéria inteira é levado a pensar que TEM que levar dólar em papel moeda.

    A demanda por compra de dólar em papel-moeda aumentou mais de 40% em um mês. Isso apenas por que sites especializados em viagem não param pra fazer as contas e levam o viajante que não pensa criticamente no que lê a entender que terá que encher a mala de dólar.

    Como o amigo Fabio Paiva já disse lá em cima compra de moeda é feita com a cotação turismo.

    A diferença para a cotação comercial para o turismo é geralmente 3%-3,5%, isso já considerando o dólar comercial do cartão de crédito de alguns bancos é 2-4 centavos acima da cotação oficial. [Bancos como o Santander possuem a pior cotação do mercado, mas utilizam o dólar comercial mesmo assim (procurem as notícias de comparação de cotação no cartão de crédito que saiu a duas ou três semanas atrás em vários jornais) CAIXA, BB e alguns outros cobram 2-4 centavos, já o Santander é o pior com 11 centavos acima da cotação comercial]

    Parando para fazer as contas a cada US$ 1.000,00 (dólares) gastos no cartão de crédito, após IOF, fica R$ 70 (reais) mais caro. Ou seja, aproximadamente 2,9% mais caro apenas e não 6% como as pessoas acabam entendendo por não estar claro a diferença de cotações.

    E de novo, assim como foi dito cartão de crédito é mais seguro para carregar com você, é menos visado e etc.

    • Alessandra Mota

      Oi Daniel, é vdd, eu fiz essas contas e da isso mesmo! voce pode postar as materias sobre as diferencas de cotacao no cc? Nao consegui achar nenhum materia! valeu

    • Vald

      Daniel, A sua conta esta equivocada.
      O IOF é sobre o valor da compra em moeda estrangeira, ou seja,
      6,38% * 1000,00 USD = 63,8 USD * 2,45 = 156,31 reais para cada mil dolares!!!
      Para mim é BBAmericas para USA ou Neteller para Europa , combinado com moeda em especie. E fujir do IOF, Cartao de credito só em ultimo caso, não há milhas que pagem esse imPOSTO.

  • Entrei para ler só por causa da foto !
    HAHAHAH

  • Melhor é ter bitcoin e trocar no destino – Caso no destino tenha um exchange, claro.. bom verificar antes 🙂
    Taxa de conversão baixa e não leva volume.. agora com as ATMs pipocando em todo o lugar vai ficar mais fácil..

    • FAZ SENTIDO…
      nao sei como anda o sobe e desce do bitcoin ultimamente…

  • Roberta Giordano

    Pretendo dividir minhas despesas da seguinte forma:
    – Uma quantia em U$ e uma quantia na moeda do país (gorjetas, pequenos gastos,lojas que não aceitam cartões)
    – Cartão de crédito para compras e gastos maiores.
    – Cartão de débito, para eventuais falhas com o C.C e necessidade de saques extras.

    Na altura do campeonato , pretendo levar o cartão pré-pago, com exceção do câmbio fixo não hámais tanta vantagem…

    • Roberta Giordano

      Corrigindo: Não pretendo levar pré-pago..

  • Diego

    Boa tarde a todos,

    Liguei para o Banco do Brasil e a gerente falou que desconhece alguém que tenha feito essa abertura de conta no BB Americas que não seja residente nos EUA.

    O leitor que informou mora lá?

    • Não, ele mora aqui.

    • Mario Borges

      Diego, qualquer pessoa que vc ligar do bb daqui do Brasil desconhece o bb americas. Vc tem que ligar no bb la nos eua…

      • Diego

        Mario, obrigado pela informação

      • Paulo Almeida

        Os atendentes de frente das agências realmente sabem muito pouco, porém se vc liga pro telefone da BBDTVM, os caras são feras.

    • PCamargo

      Obvio que ele não sabe. Vc já viu funcionário público saber alguma informação diferente do arroz-com-feijão de todo dia???? Agora, pergunta a ele se ele não gostaria de ganhar mai$$$$$$?????

      • Trabalho no Banco do Brasil (como a colega acima que deu informação errada)
        Primeiro que não somos funcionários públicos, somos CLT.
        Segundo, que em qualquer lugar haverá bons funcionários cm ruins tb. Logo, teremos aqueles que quando não sabem (devido a não ter tido tal necessidade) irão pesquisar para fornecer um bom atendimento.
        E a propósito eu conheço como funciona abertura de conta do BB América.
        Se quiser ser uma boa pessoa, pense antes de tecer comentários de tal tipo, de negatividade e donos da verdade o mundo já está cheio.

    • Elenice Anderson

      Entre no site http://www.bbamericas.com. Tem todas as explicações.

  • Victor

    Outra coisa, antes de incentivar a abertura de contas, é relevante destacar que ter um dólar depositado em conta no exterior sem declarar à receita configura crime. E, mesmo que declare, saibam que a receita tem um setor específico para analisar quem mantém dinheiro no exterior. A política do governo e da receita parte de princípio de que qualquer turista é necessariamente um muambeiro e/ou evasor de divisas. Daí a necessidade de fechar "economicamente" as portas de saída do país, como fizeram no apagar das luzes de 2013.
    Pelas mesmas razões, pensem se realmente o governo vai disponibilizar uma estrutura deles, o BB Americas, para que as pessoas continuem fazendo exatamente a mesma coisa, mas agora mantendo o dinheiro depositado fora. o BB Americas é para "expats" ou para quem tem negócios legítimos nos EUA. Não para os muambeiros, que é como a receita se refere a nós

  • eu moro nos EUA se alguém precisar de consultoria para depositos e compras do cartão pré pagos só entrar em contato….Rod.nascimento@aol.com

    • guilherme

      Qual a cotação do real nas casas de câmbio em Miami? Alguns estão dizendo que vale a pena levar Reais daqui e comprar lá. O que você diz?

  • Patrique

    Eu moro na Inglaterra, e tive um baita susto quando fui fazer a transferência pro meu VTM de Euro. Para transferir 2 mil Euros eu iria pagar 480 reais só de IOF. Não vale mais a pena. O que eu consegui fazer que foi muito mais vantajoso foi sacar o dinheiro da conta na agência do BB em Londres. O limite de saque por mês é de R$9.999,99, mas quem tiver que fazer algum pagamento de aluguel ou mensalidade de cursos pode levar o comprovante e fazer um novo saque no mesmo valor no dia seguinte.

    • mroi

      Patrique,

      Você sacou do BB, mas tinha conta neste banco em Londres? Foi isso?

    • Luize

      A taxa de câmbio que o banco te ofereceu foi qual?

    • Patrique, qual a melhor opção que vc acha para quem vai ficar um mês em Londres?

  • Claudio

    Pessoal, entrei em contato com minha gerente do BB e me foi informado que a opção anunciada por vocês não existe: a abertura de conta com o mínimo de US$ 1.000,00 somente se aplica para pessoas residentes nos EUA. Ao que parece, faltou apuração: vocês simplesmente tomaram o relato do leitor como verdadeiro? Buscaram checar com o Banco? Em caso negativo, a postagem de vocês mais atrapalha do que ajuda, pois dilapida toda a credibilidade que foi construída após anos e anos de Melhores Destinos.

    Lamentável.

    PS: caso esteja errado, peço de antemão minhas desculpas e solicito que informem o passo-a-passo para a abertura da citada conta, pois muito me interessaria.

    Claudio

    • Claudio, sim obviamente nós confirmamos com o banco as informações antes de postar.
      Vamos pegar com eles mais informações sobre como abrir a conta corrente, mas quem quiser entrar em contato pode ligar para +1-855 377-2555. Mas a partir de amanhã, pois hoje é feriado nos Estados Unidos.

      • Recebemos as informações. A abertura tem que ser solicitada por e-mail
        Oferecemos 3 possibilidades para abertura de contas:
        . Internet: Atraves de nosso website http://www.bbamericas.com – Opcao disponivel somente para residentes, portadores de SSN (Social Security Number) e um outro documento de emissao americana;
        . Presencial: Comparecendo em uma de nossas 03 (tres) agencias, localizadas em Miami, Pompano Beach e Boca Raton;
        . Email: Envio de solicitacao a nossa Central de Atendimento – Opcao disponivel somente para clientes BB;
        Apos a abertura, o cliente residente no Brasil tera acesso online a sua conta atraves de nosso website podendo visualizar sua movimentacao e saldos. Com o cartao de debito vinculado a conta corrente, o cliente realiza compras e saques normalmente.

        • Claudio

          Obrigado, Denis, já fiz o contato por e-mail e vou aguardar. Conforme for, vou informando por aqui. Desculpe a crítica pesada, mas o post, com você bem disse, sugeria uma facilidade que acabou não se verificando. Continuem com o bom trabalho que nos faz confiar no Melhores Destinos. Abraço.

          • Marcelo Yoshida

            Qual é o email do BB Americas para tal abertura?

          • Tem um “fale conosco” no site deles

          • Claudio

            Segue resposta que recebi por e-mail. Pelo que entendi, eles não permitem a conta com remuneração (Money Market) para não-residentes, mas podem sim abrir contas-correntes. Não vejo muita diferença, pois os juros da remuneração são mesmo baixíssimos…

            "Prezado Cláudio,

            Infelizmente o BB Amécias não realiza abertura de conta Money Market a distância.
            A única opacão disponível para não residentes nos EUA é somente a conta corrente.

            Att.

            Customer Support Center
            Banco do Brasil Americas
            800 Brickell Ave suite 103
            Miami – FL 33131
            Email: csc@bbamericas.com
            Website: http://www.bbamericas.com"

      • Guilherme

        Dennis, muitas pessoas estão dizendo que vale a pena levar reais daqui e comprar dolar em casas de câmbio em Miami. O que você diz das cotações?

    • Elenice

      Entre no site http://www.bbamericas.com. Lá tem todas as respostas para as dúvidas que estão surgindo.

    • Alex lima

      Acabei de abrir a minha online sem burocracia. Preenchi tudo por email. So depositei inicialmente cem dolares. Moro em Manaus e nao tenho o social id ou nada Americano

  • Fernando

    Sobre o item 3 do artigo falei com um gerente do BB e fui informado que só é possível abrir tal conta se residir lá. Acho que deveria ser deixado claro isso no artigo.

    • Seu gerente está mal informado, o leitor que mandou a dica mora no Brasil e tem conta no BB de lá. Recebemos a confirmação de um funcionário do BB Americas também!

      • Bianca

        Ai ai.. Funcionários do BB do Brasil, sempre TÃO bem informados.. #SQN

    • Alex lima

      Moro em Manaus e abri a conta por email.

  • Acho que seria interessante a equipa MD aprofundar mais o assunto de Abertura de Conta, gerou muitas duvidas a varias pessoas.

    • Olá João, já atualizei o post com mais informações. Não sei porque eu acreditei que os clientes do Banco do Brasil teriam facilidade em ter esses detalhes junto ao banco. me enganei! =)

  • New Azevedo

    Tive duas experiências com o Santander, uma no Uruguai em 2012 e outra na Colômbia em 2013. Em nenhuma delas me informaram que o custo da transação seria de R$20 por saque, além das tarifas mostradas nos caixas (algo em torno de US$5 em ambos países). No Uruguai, fiz saques equivalentes a R$1200 por saque, já na Colômbia, o limite era equivalente a R$600. O câmbio no aeroporto de Montevideo e nas casas de Punta del Este não eram muito interessantes, então voltei com os reais que levei e usei só o dinheiro sacado. Já na Colômbia, o melhor câmbio que encontrei foi no desembarque do aeroporto de El Dorado em Bogotá, apostei no saque da minha conta e acabei perdendo dinheiro por ser necessário sacar mais vezes, pagando mais tarifas.

  • Gente, como já foi mencionado aqui, vc precisa morar no exterior para abrir uma conta lá?
    Pretendo sair pelo mundo no segundo semestre e talvez a opção de abrir conta em sei lá quantos países, infelizmente não seja viável, mas era o que eu gostaria de fazer.
    Uma amiga que mora em londres disse que a taxa de transferência entre bancos do Brasil (Itaú) e o banco no qual ela tem conta chega ao absurdo de R$ 150.00! Como ela mora lá, consegue fazer essa transferência como "manutenção de moradia" e paga "só" R$ 40.00. Por isso, acho que tem que tomar cuidado com essa sugestão do cartão tipo Netteller…. Claro que, dependendo do valor, compensa!
    Alguém sabe me informar?
    A dica da Marilia Sant'anna Baluta também parece bem boa!

  • João

    Denis, abrir uma conta no Citibank tbm é uma possibilidade, não?

    • Também, mas em nossas pesquisas só vimos gente falando mal do Citibank, pois segundo eles a integração entre a conta do Brasil e do exterior é péssima e há muitas taxas. Mas não pesquisei a fundo.

      • João

        Ah, bom saber. Obrigado!!

      • Eduardo

        Eu tenho conta no Citibank e já a usei em 2 viagens para a Republica Dominicana, só na função débito. Particularmente gostei do conforto, mas tenho dúvidas sobre a cotação. Ademais, eles tem um número de telefone local de atendimento em vários países do mundo que te respondem em português. Não tenho o que criticar. Aliás, só mantenho minha conta lá por isso.

  • Escrevi minhas dicas sobre o assunto essa semana mesmo, coloquei aqui olha: http://chickenorpasta.virgula.uol.com.br/2014/os-

    Mas resumindo, existe também a possibilidade de concentrar as compras internamente antes da viagem (passagens, hoteis, etc.)

    E tomar cuidado com o dinheiro, porque se não for a moeda já de troca (por exemplo, se for trocar para dólar para depois trocar com liras turcas), a perda em 2 trocas é normalmente maior que usar cartão de crédito/ débito/ saque.

    • Vanessa, li as dicas no seu blog e foram as melhores até agora!
      Adorei também o modo como escreve, vou ler outras postagens com certeza.
      Obrigada!

  • Angela

    Pessoal, minha gerente BB Estilo afirma que a conta nos EUA é só para "grandes investidores". Pessoas físicas não podem abrir conta no exterior pelo BB……
    Procede?

    • Não, não procede! A conta “basic” pode ser mantida sem custos com saldo médio de mil dólares – ou uma taxa de manutenção. Tem que solicitar por e-mail ao BB Americas (veja o link no post)

    • Eduardo

      Não é só a sua gerente que fala isso Angela, com algumas exceções os gerentes do BB estao muito mal informados….

  • Villa

    Eu viajei e procurei pagar tudo que podia antecipadamente aqui no Brasil, como: hotel, locação de veículo (se pagar com Visa ainda ganha o valor do seguro), entradas, ingressos, etc depois só resta levar em moeda, o necessário para despesas e compras. O cartão de crédito fica só pra uma emergência.

    • Priscila

      Mas de qualquer forma, você utilizou seu cartão de crédito para pagar antecipadamente a maioria dessas coisas, certo?
      Logo, continuará sujeito, à variação cambial entre o dia da compra e do fechamento da fatura do cartão, como também o pagamento do IOF, mesmo tendo feito as compras a partir daqui.

  • Othon

    Tem uma informação relevante de uso de cartão de crédito no exterior que poucos sabem !!!! Quando você usa o cartão nos EUA, a conversão será de Dólar Americano para Reias. Até ai ok , tirando o risco da variação cambial e o dólar subir entre o inicio da viagem e a data do pagamento da fatura, você pagará uma taxa de câmbio próxima ao Dólar Comercial !!! No entanto o que as pessoas não sabem é que se você usa seu cartão em qualquer outra moeda você tomará duas conversões e isto eleva muito o custo !!!!!!

  • Othon

    Exemplo : Se você fizer uma compra em Paris em Euros , o cartão fará uma conversão de Euro para Dólar americano na base de pelo menos 5 ou 6%, para depois converte de dólar para reais , fora os 6,38% de IOF !!!

    Portanto nestes casos os cartões pré-pago multi-moeda ou na moeda do local de seu destino são certamente melhor opção do que o cartão de crédito !!!

    Outra vantagem no caso dos cartões pré-pagos Multi Moeda é poder carregálo com moedas diferentes como Libra (para uso na Inglaterra ) e Euro para uso em outros países da Europa. E mais, você facilmente pode entrar na Interrnet e converter o saldo de uma moeda direto para outra com a maior facilidade , sem precisar usar a Agência de Câmbio ou Banco !!!!

    Dica: A Fitta Câmbio é a única que vende cartões pré-pagos Multi-Moeda pela Internet !!! http://www.fittacambio.com.br

    Boa Viagem !!!!

  • Othon

    Exemplo : Se você fizer uma compra em Paris em Euros , o cartão fará uma conversão de Euro para Dólar americano na base de pelo menos 5 ou 6%, para depois converte de dólar para reais , fora os 6,38% de IOF !!!

    Portanto nestes casos os cartões pré-pago multi-moeda ou na moeda do local de seu destino são certamente melhor opção do que o cartão de crédito !!!

    Outra vantagem no caso dos cartões pré-pagos Multi Moeda é poder carregálo com moedas diferentes como Libra (para uso na Inglaterra ) e Euro para uso em outros países da Europa. E mais, você facilmente pode entrar na Interrnet e converter o saldo de uma moeda direto para outra com a maior facilidade , sem precisar usar a Agência de Câmbio ou Banco !!!!

    Boa Viagem !!!!

  • Jefferson

    Galera é o seguinbte, possuo conta no BBamericas, para abrir uma conta lá é bem simples: carteira de motorista daqui, comprovante de residência do brasil e US$100,00 somente isso, simples. Da pra mandar a grana por swift pelo site do bb daqui, paga-se IOF de 0,38 e um teto de máximo de aproximadamente R$600,00 em tarifas, portanto, quanto mais mandar mas vantagens sobre o câmbio tem.

    • Jairo

      Carteira de motorista do Brasil ou dos Estados Unidos?

      • Alessandra

        Jefferson, a taxa que você mencionou com teto de 600 é a taxa de 1,66% do valor enviado?

        E paga algumas taxa parecisa para receber no BB Américas também? Tem como detalhar melhor quais são essas taxas?

  • DECO

    ALGUÉM TEM ALGUMA SUGESTÃO PARA A CHINA?? PROCURO ALGO COMO ABRIR UMA CONTA OU UM CARTÃO PRE PAGO EM BEIJING!!! VIAJAREI EM MAIO!! decosalo@yahoo.com.br

  • emanuella

    cheques de viagem fazem o cambio com que dolar, comercial ou turismo?
    Essa opção de fazer conta do BB no exterior achei boa, mas é um pouco confuso.

  • Pessoal, acho que a melhor opção para mim, após toda a leitura, é fazer um mix entre dinheiro (papel moeda) e usar o cartão de crédito, especialmente onde vale qualquer tipo de seguro ou durante as reservas no Brasil em sites que não "cobram" IOF, já que vem diretamente em reais no cartão, como as passagens aéreas ou algumas reservas de hotéis e carros, lembrem-se de sempre tentar assim, inclusive os valores as vezes são menores nos representantes do Brasil como o Hoteis.com, a Hertz etc.

    Outra opção é levar papel moeda e, ao chegar nos EUA (onde o serviço é comum), comprar um Visa Platinum Gift Card no Walmart, ou o AMEX. Para os Outlets da Simons há a mesma opção que ainda te dá bônus quando colocam mais de X dólares, assim como o VIP Book grátis (Premium Outlets). Até compras online podem ser feitas.

    Sobre a conta em um banco no exterior não sugiro a muitas pessoas, já que as regras bancárias devem ser bem lidas e avaliadas. Morei por muito tempo fora do país e as transferências são caras, devem estar na declaração do IR, os bancos cobram taxas absurdas quando a conta não é usada por um período longo, ter dívidas no exterior não é bacana e caso haja algum erro ou estorno no cartão pode demorar até 10 dias para o valor voltar, o que vezes são mais do que o seu tempo de viagem. Além disso, erros de processamento de saque e problemas com o banco precisam de solução presencial e às vezes não são cobertos sem algum seguro.

    Acho que os cartões de crédito devem voltar a repensar a cotação usada e os cartões pré-pagos devem igualar a cotação para que seja o mesmo que o papel moeda + IOF. A empresa Confidence está garantindo os mesmos valores que o cash até o fim de janeiro, para quem se interessar em comprar dólares para outras viagens, inclusive, posteriores. Eles também dão desconto para clientes TIM. Vale a pena verificar.

    E, claro, para quem disse que 6% não fazem diferença, ou é muita riqueza ou pouca viagem, pois são muita coisa no bolso.

    Obrigado MD pelo ótimo post e pelas ótimas dicas sempre.

    Abraços,

    Luiz

  • Denis, Você tem mais informações sobre como abrir a conta no Wells Fargo? Eh fácil para um turista brasileiro abri-la? Não ha exigência de comprovante de residencia nos EUA?

  • Não tem como fazer um depósito em dólar na conta estrangeira aqui no Brasil?

  • lindsay de oliveira

    Para abrir uma conta no HSBC internacional é necessário ter uma renda de R$3.500 reais foi o que minha gerente me informou quanto fui na agência para realizar tal procedimento.

  • Rjander

    Para mim, a melhor solução é mix de cash e cartão de crédito (este último desde que com boa conversão de câmbio e milhas).

    Pesquisei sobre o cartão de crédito com o melhor custo benefício do mercado (na minha opinião, claro!) e cheguei ao Caixa Mastercard Black. Conversão do câmbio quase a do dólar comercial e conversão de milhas de 2,2 para 1. Resumo: solicitei e recebi o meu com isenção da primeira anuidade, 8 mil milhas bônus (salvo engano) e ainda com direito a mais dois adicionais sem custo de anuidade, o que fiz prontamente.

    Agora estou pesquisando as casas de câmbio aqui em BRASÍLIA para verificar a melhor cotação e levar uma parte em cash. Se alguém tiver uma dica de casas de câmbio com boas conversões, compartilhe! 🙂

    • Viu a lista do Banco Central? O Link está no post! 😉

      • Rjander

        Essa minha leitura dinâmica…rsrsrs. Obrigado, Denis!

    • filipe

      Rjander, a questao eh que tem que pagar quase R$ 500 de anuidade e os 8.000 milhas sao divididas em 5.000 no pagto da primeira fatura e 3.000 no pagto da ultima parcela da anuidade. De qquer forma vem de graça e ai tá valendo, já a anuidade é o óóóó!!! Nao mudei do Platinum sem anuidade para o Black justamente pelo pagto da anuidade!!!

    • Rjander, fui hoje na CAIXA e disseram que nao tem esse 1 anos de isenção de anuidade, mas o valor posso negociar direto na Mastercard. Quem te falou da isenção?

  • Esse assunto é bastante complexo e bem difícil de tratar.

    Prefiro não opinar.

    Mas vou acompanhar a discussão.

  • Alessandra Mota

    DUVIDA:

    Para estudantes que vão fazer college nos EUA. Qual a melhor forma de sacar CASH pra pagar as contas de ALUGUEL? Geralmente aluguel só pode pagar em dinheiro vivo.

    Receita me permite levar quase 4 mil doláres (R$10.000) em CASH.

    SOLUÇÃO para esse dinheiro: depositar numa conta CHEKING ACCOUNT ou SAVING ACCOUNT (poupança) assim que chegar lá. Essas contas não precisa de SSN, nem TAX ID. Pelo que pesquisei (não sei se estou 100% certa) isso só precisa quem quer ter conta com cartão de crédito. No caso da CHECKING ACCOUNT você só tem cartão de DEBITO.

    Mas esse dinheiro não vai durar muito tempo, em 4 meses acaba o cash so com aluguel.

    QUAL A MELHOR FORMA DE CONSEGUIR MAIS CASH?? TRANSFERIR DINHEIRO DO BRASIL OU SACAR EM DEBITO? PAY PAL? WESTERN UNION? Conta CITIBANK? Conta HSBC? BB AMERICAS nao tem CHECKING ACCOUNT sem precisar de SSN como o WELLSFARGO?

    • Alessandra Mota

      Fonte: outro site

      O Wells Fargo é uma empresa dos Estados Unidos que presta serviços financeiros, ou seja, é um banco onde você pode abrir uma conta mesmo sendo turista.

      Para quem não tem Social Security (equivalente ao nosso CPF) há uma opção chamada Wells Fargo Opportunity.

      Site: https://www.wellsfargo.com/checking/opportunity

      O que você precisa para abrir a conta?
      – Passaporte.
      – US$50 de depósito.

      Há uma taxa de US$10, mas ela não é cobrada se:
      – Você usar o cartão de débito 10 vezes.
      – Você tiver saldo de pelo menos US$2.000.

      Após a abertura você terá acesso ao Internet Banking e poderá usar um Platinum Debit Card para as compras. É um cartão de débito.

      Como fugir do IOF? Você pode comprar dólares no Brasil pagando o IOF de 0,38% e ao chegar aos Estados Unidos realizar um depósito na sua conta. Lembre-se apenas que o valor máximo que um viajante pode levar sem declarar é de R$10.000,00.

      A conta ficará aberta para sempre, desde que você tenha saldo positivo.

      Nunca usamos, mas talvez seja uma solução para:
      – Quem viaja muito aos Estados Unidos.
      – Quem tem possibilidade de deixar pelo menos US$2.000 parados.

      E você, já abriu uma conta no Wells Fargo? Será que realmente vale a pena? Tem mais informações? Conte para nós a sua experiência!

      • Não parece ser uma opção vantajosa!

        • Alessandra Mota

          Bem, eu estava me informando melhor sobre o BB Americas, e pelo fato de poder fazer transferência entra contra estrangeira e brasileira, o Well Fargo realmente não parecer ter muita vantagem.

          Mas para quem vai morar la, talvez seja uma opcao de guardar o dinheiro levado, e ter cheques para pagar as contas (geralmente conta de aluguel e luz se paga com cheque, até pela segurança de não andar com muito dinheiro do ATM até sua casa!). No caso do BB Americas, precisa ter a conta GOLD com 3000 na conta pra poder ter cheque (sem a cobrança de tarifa mensal)
          http://www.bancodobrasilamericas.com/pr/personal-

          Mas ainda assim, po BB Americas é melhor por causa da transferencia direta! E nao precisa levar o tais 4 mil dolares na cueca e correr risco de ser assaltado no caminho aeroporto – banco! rs

          • Alessandra Mota

            Correção, precisa de 10 mil (ou 5?) pra ter cheque :S

  • Bruno

    DÚVIDA:
    .
    Tenho dólares guardados que comprei há algum tempo… Caso eu abra a conta no HSBC ou no BB Americas posso depositar esse dinheiro direto em minha conta do exterior?? Há alguma taxa neste tipo de transação??

    • henrique

      Infelizmente aqui do Brasil você não vai conseguir fazer isso. Você pode, quando chegar lá fazer o depósito.

  • sandro reis

    Impressionante, voce liga para a Central de Atendimento do BB e eles não sabem informar nada… Mandam procurar a agencia mais proxima. Voce vai na agencia e eles nada sabem…

    Eita Brasil!

    • cata

      Eu não me impressiono mais com a lassidão do brasileiro!

    • Você tem que ligar para o BB Americas, pois o BB Americas faz parte do conglomerado do BB mais não é a mesma empresa.

  • Bruna

    Fuçando no Internet Banking do Itaú outro dia descobri uma funcionalidade nova que ainda não testei, mas que achei interessante até certo ponto. Eles oferecem uma modalidade de pré-pago vinculado ao cartão de crédito que você já tem – e pelo que entendi do contrato você acumula pontos no Sempre Presente ao gastar esse valor carregado, já que precisa passar o cartão sempre na função crédito. A cotação do Itaú é bem ruim comparada com a minha casa de câmbio habitual, mas é algo interessante pra quem ainda gosta de acumular milhas nesse programa (que é tosco, eu sei, mas por enquanto não posso largar. haha)

  • Pessoal,

    Não vi uma das alteranatives que estive pensando para a minha próxima viagem.

    Vou para a Colômbia, país onde existe câmbio de real para pesos por valores muito próximos de dólar para pesos. Não seria uma opção nesse caso, levar o real em cash para o câmbio?

    • Acrescento Lima (Peru) onde o câmbio é livre no meio da rua de real para soles, dolar, euro, etc.

      • irene

        sim, mas nesse caso é preciso saber se a cotação direta real-pesos (ou -soles no caso da Peru) compensa em relação a real-dólar-peso. Alguém que esteve num desses 2 países poderia nos informar isso?

  • Axel

    Nos EUA existe a possibilidade de cartão de credito pré-pago. Funciona como um gift card só que da mastercard e visa, é facil de achar em qualquer mercado grande ou em lojas como Target e vc pode usar em qualquer estabelecimento como um cartão de crédito normal. Para evitar andar com notas vc pode comprar alguns desses cartões que vem com valores pré definidos e qndo acabam os créditos é só jogar o cartão fora. Não sei se essa opção está disponível em outros países.

    • cata

      Eu já vi e um a boa alternativa pra substituir os vtm

  • João Lucena

    Não há alternativa. Se você quer economizar esses 6.38%, é levar dinheiro mesmo

    • Paulo Almeida

      Isso sempre deu certo pra mim.
      $$ e cartão p/ emergência.
      Ponto final.

      Vc lê aqui no blog combinações e dúvidas mirabolantes de um assunto simples.

  • Axel, tbe corre risco de ser furtado e perder seus cartões.
    Remessa de dinheiro para o exterior paga imposto de renda no valor de 15% .
    Acho que a melhor forma é dividir como antes cartões de crédito mesmo com o IOF = Milhas e dinheiro vivo. E o que estou pretendendo fazer qdo for para EUA em Março.

    • joao_alberto

      Jamais soube que remessa para o exterior fosse fato gerador de imposto de renda. Leu isso aonde?

      • Alessandra Mota

        tb gostaria de saber… nao faz sentido.. que vai estudar no exterior, como os pais mandam dinheiro? o q isso tem a ver com IR? :S to confusa, alguem sabe explica isso? ate onde eu sei receber dinheiro do exterior q pode gerar IR.. mas enviar.. nao faz sentido.. faria mais sentido o banco no exterior querer cobrar imposto de voce, nao o contrario! OU estou falando merda? hehehe

        • Alessandra, ninguém disse que se paga imposto por remessa de dinheiro ao exterior. O que dissemos é que é necessário DECLARAR os eventuais recursos que tenha em uma conta no exterior na declaração anual de Imposto de Renda ! =)

  • Denis, obrigada pela resposta! Você saberia me dizer se a transferência que eu vou ter que fazer da minha conta no Banco do Brasil aqui para a do Banco do Brasil Americas seria uma remessa expressa ou seria outro tipo de transferencia? por que se for remessa expressa entra aquele monte de taxas e limites de operação mensal que acaba não valendo mais a pena. A taxa do BB para fazer uma remessa expressa é 1.66% sobre o valor total da operação + 0,38% de IOF, e tem limite de 3.000 USD mensais.

    • Thais, infelizmente vou ficar devendo esses detalhes, mas entra em contato com o BB Americas que eles explicam direitinho e atendem em português!

    • Alessandra Mota

      Thais, parece que é isso mesmo.. tem que pagar os 1,66% de taxa pelo valor da operacao + 0.38 de IOF, mas o valor do dolar eh o comercial do banco do brasil… mas vc so paga taxa pra sair do BB daqui.. pra chegar no BB de la vc nao paga essa taxa de novo (como geralmente vc pagaria pra fazer remessa expressa pra outros bancos) fiz as contas e ainda fica mais barato do que as outras opcoes de comprar dolar!

  • Acho a melhor opçāo a da conta no BB mas acho que o governo nāo vai deixar barato a transferência ser taxada apenas com IOF de 0,38. Portanto vamos aproveitar enquanto dá!

  • Fernando Cordeiro

    Tentaram remessa de dinheiro para ser sacado em casa de cambio no destino? iof de 0.38 e garantia de segurança. Fiz na Cotação e me saí muito bem.

    • joao_alberto

      Explica melhor aí pra gente. Fiquei curioso.

      • Alessandra Mota

        como assim? tipo o western union?

  • Caroline

    Gente, tive a pior experiência de todas as minhas viagens comprando um cartão pré-pago de empresa estrangeira na Austrália. Tal empresa segurou todo o meu dinheiro referente ao reembolso de security deposits (que devemos pagar em hoteis no check in – ex.: para cobrir gastos caso algo seja estragado) e cancelamento de diárias e não tive dinheiro para viajar para outras cidades. Graças a Deus fiquei com um pouco da quantia que levei em espécie, o que garantiu hospedagem e alimentação básicas. Simplesmente a escolha de comprar este cartão acabou com minhas férias (stress = 95% e diversão = 5%), fujam desta opção!

    • joao_alberto

      Regra número 1 do cartão pre-pago: nunca o utilize na hora do check in em hotéis (security deposits), na hora de retirar o carro na locadora e nas bombas de gasolina nos EUA. Em todas essas situações vão "prender" o seu dinheiro, ou seja, vão pre-autorizar e só cancela dali a vários dias. Como o seu saldo geralmente é contado, dá mesmo um tremendo stress. Eu pago o hotel no cartão pre-pago, mas na hora do check in dou o meu de crédito mesmo. A mesma coisa na Hertz. E gasolina é só no dindin (na Europa, onde paga depois de abastecer, pago no cartão).

      • Caroline

        Oi João. A opção do security deposit aprendi na primeira vez em que usei o cartão para check in (quando descobri que meu dinheiro ficaria preso), mas infelizmente existem situações nas quais não podemos escolher pagar o total escolhendo mais de uma opção. Sobre o gasto com combustível, na Austrália o total foi imediatamente debitado.
        Mas o que realmente me estressou foi o descaso com que me trataram e a sensação de estar sendo "enrolada". Após numerosos telefonemas só consegui que a empresa devolvesse meu dinheiro (o que aconteceu um dia antes de voltar para o Brasil) quando entrei em contato com o "PROCON" australiano, mas mesmo assim a empresa adiou ao máximo a devolução do dinheiro (ex.: não respondiam e-mails, não ligavam quando ficou marcado entrar em contato comigo, falavam que não receberam documentos que eu tinha comprovação que foram enviados, etc.). Antes do "PROCON AUS" ficar ciente da situação a empresa simplesmente falava que o dinheiro levaria, em média, dez dias úteis para ficar novamente disponível no cartão (e nos termos e condições do cartão não havia qualquer menção aos dez dias). E mesmo que cada empresa que utilizei enviasse fax (às vezes, até mais de uma vez) pedindo para agilizar o processo da liberação do dinheiro, só pude reavê-lo quando não pude mais utilizá-lo no que foi inicialmente planejado (ex.: viagens para outras cidades, passeios, refeições em restaurantes, etc.).
        Para finalizar, perderei ainda mais dinheiro agora porque a melhor opção será reavê-lo em reais depositados pelo Western Union.

  • Ircia

    Oi, estou me programando para viajar em março para o leste europeu. Se eu criasse uma conta no exterior eu poderia sacar em países como Hungria, Polônia e República Tcheca?

  • Gente fiquei confuso em relação ao cartão pré-pago. Foi dito que a tarifa de 6,38% é cobrada no carregamento do cartão. Tenho o excelente cartão MEO do Banco Bonsucesso. Mas se eu já viajar com ele carregado aqui do Brasil? Nas compras lá fora será cobrado o IOF?

    • Gabriel Q.

      Você paga 1 vez, no carregamento. Na hora de comprar não será cobrado novamente.

    • lucybc80

      Você só paga quando recarrega, estando aqui ou lá fora. Para COMPRAS com o VTM não há tarifas, no caso de saque, alguns VTMs cobram uma taxa de $2,50 na moeda local do país onde você estiver usando. Ainda, dependendo do ATM que você usar, além desses $2.50 há uma taxa da própria máquina, que varia entre 0 e U$3,50 (isso para os USA). Mas essa taxa da ATM é para todos os cartões e não pq você está sacando do VTM.

    • Não, mas cobra quando você carregar aqui

    • Não, só é cobrado quando carrega.

  • lucybc80

    Uma opção interessante para quem optar pela compra de espécie é trocar por gift cards recarregáveis nos Estados Unidos. Eles normalmente tem bandeira Visa e funcionam como um cartão de débito americano qualquer, inclusive te dando acesso a um site para controle dos gastos.

    Nas Lojas Target inclusive, há a possibilidade de se fazer um Target Card, que dá desconto na compra em vários produtos, sendo 5% nos gift cards. Ou seja, você carrega U$100 por U$95.

    Eu estou optando por espécie, cartão de crédito e uma quantia em VTM Visa Platinum, que oferece os mesmos benefícios do Visa Platinum crédito, com exceção dos pontos e do parcelamento. Inclusive o mesmo pode ser usado para reserva de hotéis e carros.

  • Ricardo

    Eu estou pesquisando essa Neteller e até agora parece promissor. carregamento gratuito via deposito bancario e taxa de 2,9% na conversão mais 4 euros no saque em ATM (limitado a 750 euros por dia). Vocês sabem se tem alguma pegadinha ou péssimos serviços? http://www.neteller.com/pt/?btag=a_709b_57c_&…

    • Marlim

      Ricardo,

      Sou usuário do Neteller. Criei uma conta para extrair fundos de minhas contas de poker online. Após a recente alteração da hipótese de incidência do IOF, passei a olhá-lo com outros olhos, justamente com a mesma finalidade proposta nessa postagem. Em resumo, a melhor opção de se utilizar é nos POS, nas maquininhas de cartão, pois não se cobra taxas, como no caso dos saques (U$6). Quando comecei a usar, a emissão e postagem do cartão era grátis, agora, pelo o que vi, custa U$13. Eles têm um programa de indicação em que ambos, indicador e indicado, ganham 10% do valor do depósito.

      • Nando Ventura

        Ricardo,sabe dizer se o IOF do Neteller aumentou também para 6%?No meu caso é para compras internacionais online.Abraço…

  • Luiz Henrique

    Uma das formas para se fazer compras em sites estrangeiros… ainda pode ser a utilização de boletos bancários. Nessa opção ainda vigora os 0,38% de IOF.. porém não é uma opção para viagens.. mas somente para compras em sites..

  • Gustavo

    Possuo uma 3 contas no HSBC no exterior. Desde que vc seja cliente Premier ela não possui qualquer tarifa. O único problema é que se a conta for em dólar, ao realizar compras em outra moeda (como euro ou libra) há uma taxa de conversão de 2,9%. Faz-se necessário, portanto, possuir diversas contas e cartões, uma para cada moeda.
    A grande vantagem do HSBC é poder fazer, pelo global view, transferências a qualquer momento, até o limite de U$ 15k por mês. A taxa de conversão é de aproximadamente 5% acima do dólar comercial.

  • Ppiposo

    Por que não tentam a remessa pelo western union? Talvez seja uma solução simples e barata.

    • Vicente

      Western Union custa os olhos da cara

  • Alessandra

    Denis,

    Eu pesquisei na internet sobre esse negocio de IR pra remessa pra o exterior e isso não procede.

    Não estão sujeito a aliquota:

    Manutenção de Pessoas físicas:

    Incluem as remessas destinadas à cobertura de gastos pessoais, no exterior, de pessoas físicas residentes ou domiciliadas no País, em viagens de turismo, negócios, serviço, treinamento ou missões oficiais (Item VIII do Art. 690 do Decreto 3000/99). Inclui também as remessas para dependentes no exterior, em nome dos mesmos, nos limites fixados pelo Banco Central do Brasil, desde que não se trate de rendimentos auferidos pelos favorecidos ou que estes não tenham perdido a condição de residentes ou domiciliados no País, quando se tratar de rendimentos próprios (Item V do Art. 690 do Decreto 3000/99)

    Remessas ao Exterior para fins culturais:

    Inclui as remessas para fins educacionais, científicos ou culturais, bem como em pagamento de taxas escolares, taxas de inscrição em congressos, conclaves, seminários ou assemelhados, e taxas de exames de proficiência.

    Com o dinheiro para outros fins talvez tenha tributação, não fui mais a fundo.. mas esse negócio de pagar IR sobre valor de remessa ao exterior para fins pessoais, como estudos e turismo.. parece não estar correto, que acredito eu, seja a intenção de todos os leitores aqui.

    Fonte: http://www.btcorretora.com.br/Servicos/ImpostodeR

    E achei um site que tira duvidas de pessoas, e algumas das respostas dela a pergunta sobre se tem q pagar imposto pra remessa para o exterior para pagar cursos, enviar pros filhos para pagar despesas e etc:

    “Boa tarde Rafael! Muito legal a sua pergunta. Te esclareço que a rigor, não incide imposto de renda sobre remessas ao exterior. Entretanto o Banco pelo qual você fará a remessa irá certamente te cobrar taxas administrativas e te solicitar sua declaração de IR para comprovar a procedência do dinheiro, dependendo do valor.”

    “Oi! Olha só, para fazer transferências internacionais você não vai pagar impostos no Brasil, mas sim as taxas de administração determinadas pelo banco. E além disso, provavelmente por ser uma quantia razoável o banco irá te pedir sua declaração de imposto de renda para garantir que a procedência do dinheiro é legal.”

    E a inversa não é verdadeira. Quem quer RECEBER dinheiro do exterior, esses sim est!ao sujeitos a tributação:

    “A tributação cobrada no imposto de renda para remessa de dinheiro DO exterior é de 27%.”

    Não sei até onde essas informação são verdadeiras, e precisas, mas já é um começo pra não ter q se preocupar com isso!!

    • Alessandra Mota

      Mais informacao:
      http://veja.abril.com.br/noticia/economia/remessa

      Minha filha fez uma viagem de intercâmbio ao exterior no ano passado. Durante um período, tive de enviar dinheiro para o sustento dela. É preciso declarar a remessa?
      Essas despesas não são dedutíveis em sua declaração se forem inferiores a 20 mil reais ao mês para cada dependente que receber o dinheiro. No entanto, se sua filha for maior de idade e fizer declaração própria, é preciso informar esses valores na ficha de doações realizadas a ela, que consta na parte de 'Bens e Direitos', para que ela possa justificar as despesas próprias.

      Caso o valor seja superior a 20 mil reais, é preciso informar a remessa do dinheiro na Declaração de Ajuste Anual, especificando qual é o objetivo da transferência. Há duas maneiras de preenchimento. Se for doação, ela deve ser incluída na seção de 'Pagamentos e Doações Efetuados', indicando o valor, o nome e o CPF do donatário. Se a remessa foi feita como empréstimo, deve ser detalhada na seção 'Bens e Direitos – crédito decorrente de empréstimo', indicando, ainda, o país de destino, o valor, o nome e o CPF do receptor do dinheiro.

    • Alessandra, ninguém disse que se paga imposto por remessa de dinheiro ao exterior. O que dissemos é que é necessário DECLARAR os eventuais recursos que tenha em uma conta no exterior na declaração anual de Imposto de Renda ! =D

      • Julio

        Denis, atenção, o art 690 do referido decreto trata de dispensa de retenção pela fonte pagadora!

        Não significa que não ha incidência do IR!

        NO caso da IN que trata da isenção, especifica os casos, e na minha interpretação COMPRAS não estariam isentas!

  • Alessandra Mota

    Sobre o limite de R$ 10.000 de entrada e saida do Brasil .. essa aposto que muita gente não sabia!

    Se o objetivo é simplesmente ter dinheiro durante uma viagem ao exterior, o brasileiro pode levar uma quantia significativa de dinheiro vivo consigo mesmo. Portando até 10.000 reais em espécie ou o equivalente em moeda estrangeira, não será preciso informar as autoridades sobre o montante carregado. Caso pretenda transportar mais do que isso, será preciso fazer a chamada Declaração de Porte de Valores (DPV) na alfândega. É importante frisar que não há qualquer limite para a quantidade de dinheiro levada para outros países. Também não incidem impostos ou taxas sobre o dinheiro. Basta cumprir as exigências da Receita Federal, que orienta o passageiro a completar o formulário com antecedência através do endereço disponível na internet (https://www4.receita.fazenda.gov.br/dpv-viajante/).

    De qualquer forma, apenas o preenchimento do questionário não atesta que o dinheiro foi devidamente declarado. É necessário comparecer à alfândega para apresentá-lo junto com a passagem, o passaporte e o contrato do câmbio, se esse for o caso. A quantia informada será então checada cédula a cédula para que o embarque seja enfim legalizado. O procedimento, que dura em torno de dez minutos, se repete na chegada ao país. Lembrando que a alfândega é sempre feita no primeiro pouso do avião, no caso do passageiro estar chegando ao país, e no último aeroporto em solo brasileiro, caso esteja partindo. Assim, não adianta apresentar a declaração em Brasília se ainda faltar uma conexão para o voo internacional. De maneira análoga, se o migrante pretende trazer dinheiro para a família em Minas, ele deverá fazer a declaração em Guarulhos (SP), supondo que este tenha sido seu aeroporto de chegada no Brasil.

    "Dinheiro é muito bem-vindo em qualquer parte do mundo. Muita gente fica com a impressão que é proibido viajar com um valor mais alto, o que não é verdade. O problema está na mentira ou na omissão", esclarece a advogada Andrea Dumortout de Mendonça, autora do livro "Câmbio e Negócios Internacionais". Quem for pego com mais de 10.000 reais não declarados terá o dinheiro apreendido e será indiciado pela Polícia Federal por evasão de divisas.

    • dorovanius

      O limite de R$10.000,00 não é para saída e sim para entrada no Brasil. Cada país tem seus limites em cash. Nos EUA o limite é de US$10.000,00 para viajantes individuais ou em grupo familiar. E outra, a questão não é que você não possa levar mais que este limite, apenas você terá que declarar.

      • Rafael

        Errado.

        A partir de 16/08/2013, todo viajante que ingressar no Brasil ou dele sair com recursos em espécie, em moeda nacional ou estrangeira, em montante superior a R$ 10.000,00, é obrigado a apresentar a Declaração Eletrônica de Bens de Viajantes (e-DBV), por meio da internet, no endereço http://www.edbv.receita.fazenda.gov.br, e dirigir-se à fiscalização aduaneira, no momento do seu ingresso ou saída, para fins de conferência da declaração.

    • Eduardo

      O risco é ser estorquido, assaltado, enfim, perder o dinheiro. Não recomendaria para países "complicados". Outro problema é o brasileiro ficar famoso como turista com muito dinheiro em cash, o que gera o olhar dos bandidos (que existem em qualquer lugar do mundo).

  • Alessandra Mota

    Esse post explica 6 formas de enviar e receber dinheiro do exterior… vale a pena ler!
    http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/s

  • Nando Ventura

    Alguém sabe me dizer se o cartão Golden da Caixa ( meu limite é mínimo,começou com R$ 400,00 e depois de um ano pagando adiantado pedi aumeno e subiu para R$ 1300,00) cobra dólar comercial ou turismo?

    • Gabriel Q.

      Resposta rápida: comercial
      Resposta completa: Na verdade nenhum cartão, de banco nenhum, converte por dólar comercial. Sempre há um acréscimo na taxa de câmbio. Os cartões da Caixa tem a menor taxa de conversão de câmbio do mercado, baseada no câmbio comercial, com um acréscimo de 1 ou 2 centavos. A taxa é a mesma em todas as variantes: Internacional, Gold, Platinum, Infinite, Turismo.
      A PROTESTE Associação de Consumidores fez pesquisa comparativa, veja em http://jornalggn.com.br/blog/proteste-associacao-

      Abs

  • Gostaria de explicitar mais três desvantagem do cartão pré-pago:
    – Segurança zero: o cartão não tem nome. Não tem senha. A única pseudo-segurança é um espaço pra assinar. Testei ele na Europa (Alemanha, Itália) usando ele sem estar assinado atrás, alguns vendedores notaram isso, mas fizeram a venda mesmo assim. Mesmo que tivesse assinado, nada impediria que o ladrão aprendesse a assinatura.
    – Risco de ser engolido pelo caixa: não é brincadeira, aconteceu uma vez em Milão e outra vez em Hamburgo. A máquina simplesmente engoliu o cartão e não devolveu nem deu qualquer mensagem. E pasmem, isso é tão "normal" que consta no contrato do cartão do Banco do Brasil. Sem contar que o atendimento a este tipo de cartão no BB não funciona nos finais de semana. Ou seja, se eu não tivesse outras alternativas, estava certamente em apuros.
    – Câmbio efetivo pior: com as taxas de emissão, o câmbio fica até 10 centavos mais caro.
    Cartão pré-pago, nunca mais!

  • Ana Travassos

    Gostaria de saber se o Banco do Brasil em Portugal traz alguma facilidade para brasileiros que estão aos milhares a fazer mestrado e doutorado por aqui? Só na Universidade de Coimbra somos mais de 2.000, alguém sabe a melhor forma de trazer dinheiro para nos mantermos por 2/3 anos aqui?

  • Sophia

    Olá, estou na dúvida qual a melhor opção para o Chile. Estou pensando em levar em real para trocar em casa de câmbio e cartão de crédito, o que acha?

    • Sophia,

      Estive no Chile em 2013, e usei Cash + Cartao de Credito.
      Deixe para fazer o cambio no Centro de Santiago, existem otimas casas de cambio, vale pesquisar.

      Não existem poucas alternativas para la, já que não existem VTMs com Peso Chileno, e pagar taxa de conversão não vale a pena.

      • Acabei de voltar do Chile. Levei Reais, e troquei lá na "Calle Agustinas". São varias casas de câmbio, uma ao lado da outra (basta ver qual tem a melhor cotação naquele momento), e era tão vantajoso, que aproveitei pra comprar Dolar lá tb. Mesmo pagando 2 conversões (Real para Peso Chileno, e Peso para Dolar, o dolar saiu R$ 2,39 no ultimo dia util de 2013. Aqui em Porto Alegre, o dolar naquele mesmo dia estava R$ 2,51 para compra em casas de câmbio.

  • João Feliciano

    Caso alguém obter resposta do ‘Fale Conosco’ , do BB Américas, comentem o resultado.

  • Paulo Almeida

    Contas no exterior são pra estudantes ou residentes.

    Pra variar, nova procura do "jeitinho brasileiro".
    Pra viajar basta dinehiro e um cartão de emergência.

  • EDSON MADRUGA

    Vale comentar ainda a opção de remessa de dinheiro através do Western Union, as taxas são absorvidas pelo dolar mais barato,se voce esta viajando com a esposa por explo., cada um faz uma remessa para o outro na cidade em que estiver hospedado, tem uma agencia em cada esquina para receber,se precisar de mais dinheiro um parente ou amigo pode lhe remeter., isto vale tambem para as agencias bancarias aonde voce e titular da conta.

  • Tika

    No site BB Américas, ao ver a descrição detalhada de serviços da conta BASIC, é informado que "Cartão de débito (limite diário de $1,500 para transações e $500 para saque)".
    Nesse caso, como receberíamos somente o cartão de débito, o limite de uso diário seria de $2.000 sendo $500 somente em saque?
    No caso dos EUA, caso vá para fazer compras de valor alto, a opção do c.débito do BB América pode não atender as necessidades…
    Havia entendido que, tendo o valor em conta, o c.débito poderia ser usado o quanto necessário, sem limite de valores… da mesma forma que ocorre aqui no BR.

    Outra coisa, ao analisar o detalhamento das tarifas, exitem alguns item que geram dúvida:

    – transferência internacional: Tarifa de $10 para recebimento e $10 para envio para outra conta BB
    além da taxa de 0,38% paga na transferência da conta do BR, ao "entrar" na conta do BB Américas haverá ainda a incidência de $10?

    – conta inativa, mensal (após 12 meses): Tarifa de $15
    Dessa maneira, a orientação de que deixar os $1000 na conta para isenção de tarifas e manter a conta aberta, necessita de atenção pois poderá ser incidida essa taxa de inatividade mensal após 1 ano.
    E se quiser fechar a conta antes que isso ocorra, não deve ser feito antes de 6 meses pois exite também a taxa de fechamento de conta em menos de 180 dias de $25.

  • Alex

    Pessoal, está havendo uma confusão entre a conta do BB Americas e a conta BB nos EUA. São Bancos diferentes! A conta do BB Americas não tem nada a ver com BB Miami. Se você for a uma agência do Banco do Brasil ou ligar no atendimento daqui claro que não vão ter informações pois trata-se de empresas diferentes. BB miami, BB londres etc são sim Banco do Brasil mas diferentes de BB Americas (que é outro Banco, comprado pelo Banco do Brasil como o próprio posto informa).

  • Guilherme

    Referente o cartão pré: Os 6,38% será cobrado quando for realizada a recarga ou quando for feita a compra? Pois na semana passada fiz uma recarga no meu Cartão-pré e paguei o valor de 0,38% do IOF.

  • Pessoal ,

    Ger de relacionamento do BB, conta Estilo me informou, através do setor de Private, que a procura por esta “alternativa”é grande, mas o “assunto” é novo para os gerentes. Enfim repasso na integra o email que recebi. Minhas duvidas, são as nossas! Espero esclarecer mais alguma coisa!

    – Abertura, via internet no site http://www.bbamericas.com
    – CPF americano, não é obrigatório.
    – Transferência do dinheiro do BB para EUA, é feito através da ordem de pagamento para exterior via Swift pela internet.

    Banco do Brasil Americas

    1. O que é:
    Banco americano (antigo EuroBank) cujo proprietário é o Banco do Brasil (100% das ações). O objetivo é atender inicialmente a comunidade brasileira residente nos Estados Unidos. Posteriormente o atendimento será prestado aos “hispânicos” e americanos.
    O cliente BB (Brasil) poderá obter informações junto ao Banco do Brasil Americas, por meio do telefone disponível fora das agências.
    topo
    2. Atendimento:
    – Nas agências: personalizado em 3 idiomas (Português, Inglês e Espanhol);
    – Acesso às informações junto ao Banco do Brasil por meio de telefones (“hot line”, endereços no item 4) e website (www.bbamericas.com);
    – Conveniência nas suas transações financeiras (exemplo: retiradas sem custo nos caixas eletrônicos da rede de Supermercados Publix, utilização do Mobile Banking).
    topo
    3. Público alvo:
    Clientes pessoa física que residem nos EUA (inicialmente a comunidade brasileira).
    topo
    4. Locais de Atendimento:
    O Banco do Brasil Americas possui 3 agências, todas no sul da Flórida:
    a) CORAL GABLES (Área metropolitana de MIAMI)
    1901 Ponce De Leon Boulevard – Coral Gables, Florida 33134
    Telefone: 1-305-350-1100
    b) POMPANO BEACH
    839 West Sample Road
    Pompano Beach, Florida 33064
    Telefone: 1-954-784-9650
    c) BOCA RATON
    698 Yamato Road, suite 5
    Boca Raton, Florida 33431
    Telefone: 1-561-750-9999
    topo
    5. Horário de funcionamento:
    De segunda a sexta-feira das 9:00 AM as 4:00 PM, horário do Estado da Flórida.
    topo
    6. Serviços disponíveis:
    Conta corrente, conta poupança, depositos à prazo, cartão, remessas internacionais, cheque, empréstimos, entre outros.

    Abra Sua Conta Hoje
    http://www.bbamericas.com
    O Banco do Brasil Americas facilita a abertura de sua nova conta online.
    Para abrir sua conta online você necessitará:
    • Número de Seguro Social Americano (Social Security Number).
    • Ter pelo menos 18 anos de idade.
    • Depósitos de uma conta corrente ou poupança para a sua nova conta(s).
    • No caso de contas conjuntas, o nome dos titulares, número de Seguro Social Americano e data de nascimento.
    Você Possui os Requisitos Acima?

    SIM

    NÃO https://mrp1.cunetbranch.com/swk/mrp_8292/App.aspx?AppID=11001
    (Se você não possui os requisitos acima, por favor clique no botão “não” para continuar e completar o processo.) Você será obrigado a ter os seguintes itens durante esta conta processo aberto:

    Uma forma válida de identificação, como carteira de motorista, identificação estado ou país, ou passaporte.
    Deve ter pelo menos 18 anos de idade para se candidatar.

    PRODUTOS E SERVIÇOS

    Conta Corrente Pessoa Física

    Basic Gold EBanking

    Isenção de taxa de manutenção mensal:
    Sem taxa de serviço mensal com:

    • saldo mínimo diário de $1.000 combinado ou
    • Depósito direto na conta dentro do ciclo
    Sem taxa de serviço mensal com:

    • saldo mínimo diário de $10.000 combinado ou
    • saldo min. médio de $5.000 em conta corrente
    Sem taxa de serviço mensal com:

    • saldo mínimo diário de $1.000 combinado ou
    • Depósito direto na conta dentro do ciclo

    Características
    • Transações ilimitadas na conta corrente
    • Cartão de débito (limite diário de $1,500 para transações e $500 para saque)
    • Banco pelo celular grátis
    • Banco Online grátis
    • Pagamento de contas online grátis
    • Extratos eletrônicos gratis
    • Recebimento gratuito de trasnferência bancária do Banco do Brasil SA para Banco do Brasil Americas
    • Transações ilimitadas na conta corrente
    • Cartão de débito (limite diário de $3000 para transações e $1000 para saque)
    • Banco pelo celular grátis
    • Banco Online grátis
    • Pagamento de contas online grátis
    • Extratos eletrônicos gratis
    • Recebimento gratuito de trasnferência bancária do Banco do Brasil SA para Banco do Brasil Americas
    • Talões de cheque gratuito
    • Cheques oficiais sem taxa
    • Vale postal sem taxa
    • Transações ilimitadas no cartão de débito
    • Cartão de débito (limite diário de $1,500 para transações e $500 para saque)
    • Banco pelo celular grátis
    • Banco Online grátis
    • Pagamento de contas online grátis
    • Extratos eletrônicos gratis
    • Recebimento gratuito de trasnferência bancária do Banco do Brasil SA para Banco do Brasil Americas

    Taxa de serviço mensal:
    $5

    $10

    $5

    • Clientes do eBanking precisam fazer upgrade da conta emu ma agência bancária para poderem fazer transferência bancária ou emitir cheques.
    • Assegurado pelo FDIC ao máximo permitido por lei
    • Taxas variadas podem ser aplicadas (Por favor consulte o Tarifário)

    Tarifário

    Item Taxa
    Saque a descoberto/Fundos não compensados/Insuficiência de Fundos $35.00
    Taxa percentual anual sobre saldos diários 16%
    Transferências Domésticas
    Recebimento $10.00
    Envio $25.00
    Transferências Internacionais
    Recebimento $10.00
    Envio $40.00
    Envio para conta do Banco do Brasil, SA $10.00
    Transações de Caixa Eletrônico
    Doméstico – Redes On-us, Presto e Allpoint Gratuita
    Saque Internacional $5.00
    Saque Doméstico – Fora de Rede $2.50
    Taxa ISA de Transação de Caixa Eletrônico Internacional 1%
    Cheques oficiais $10.00
    Sustar Pagamento $30.00
    Depósito devolvido, por Item $12.00
    Taxa anual de proteção contra saque a descoberto – Pessoa jurídica $25.00
    Taxa anual de proteção contra saque a descoberto – Pessoa física Gratuita
    Proteção contra saque a descoberto, por transferência $10.00
    Cópia de Cheque $2.00
    Cópia de Extrato (por página) $1.00
    Notário (somente para clientes) Gratuita
    Contas inativas, mensal (após 12 meses) $15.00
    Contas fechadas (menos de 180 dias) $25.00
    Pesquisa (por hora) $25.00
    Processo legal $100.00
    Retenção de correspondência, mensal $10.00
    Atividade Excessiva $20.00
    Substituição de Cartão de Débito Perdido – normal $5.00
    Substituição de Cartão de Débito Perdido – entrega expressa $5.00 + custo de envio
    Baixa $40.00
    Desconto de Cheque, items “on-us” (não-clientes) $5.00
    Processamento de correspondência devolvida $10.00
    Verificação de Cheque $20.00
    Cobrança: Doméstica $20.00
    Cobrança: Internacional $40.00
    Cobrança: Internacional, Coupon, por envelope $5.00
    Serviço personalizado de pagamento de contas, por conta $10.00
    Caixa forte, aluguel anual, 3 x 5 $30.00
    Caixa forte, aluguel anual, 3 x 10 $60.00
    Caixa forte, aluguel anual, 5 x 10 $90.00
    Caixa forte, aluguel anual, 10 x 10 $140.00
    Caixa forte, Depósito de Chave $20.00
    Caixa forte, Taxa de Perfuração $150.00

    As taxas de transferências recebidas serão dispensadas como cortesi, até 30 de Junho de 2013..
    Quando você usar Caixas Eletrônicos de outra instituição, poderá ser cobrado uma taxa do operador do Caixa Eletrônico.
    Effective March 20, 2013
    ANEXO ESTÁ OS 10 PASSOS PARA TRANSFERIR DINHEIRO DO BRASIL PARA OS EUA PELA INTERNET. (para correntista do BB)

  • Paulo Medeiros

    Claro que não ficamos satisfeitos com a novidade recebida, mas os cartões pré-pagos apareceram como um "jeitinho" (maravilhoso, diga-se de passagem) de se ter o melhor dos dois mundos: IOF de cash com a segurança e a praticidade do cartão de débito. Nossa alegria durou pouco. Mas parece que estamos falando de transações de milhões de dólares onde a diferença de IOF daria para comprar um carro ou coisa assim. Creio que, dependendo da previsão de gastos lá fora, não dá nem para pagar um jantar.
    Alguém, com dados atualizados, pode fazer uma conta exemplar, para mim?? Digamos que pretenda gastar US$ 5,000.00 numa viagem. Tudo incluído: hotel, refeições, aluguel de carro. Quanto teria que dispor em reais nas duas situações de IOF???
    No crédito é só o câmbio+IOF, certo??
    No "cash" é câmbio+IOF+TARIFA BANCÁRIA, não é??
    Não vamos esquecer que parte do gasto em CC retorna como pontos.
    PS.: Como foi comentado por alguém, sem essa vantagem na alíquota de IOF, os cartões de débito (VTM, GLOBAL, etc) estarão mortos em pouco tempo. É de se esperar alguma novidade para breve, já que a perda deles será muito grande se não se mexerem. Lembro que na disparada do dólar no segundo semestre de 2013, uma operadora "segurou" a cotação a R$ 1,99 a fim de diminuir o impacto em suas contas, que sofriam com os cancelamentos.

  • JULIO

    Abaixo a resposta de um ger de relac. do BB sobre o BB Americas…….

    – Abertura, via internet no site http://www.bbamericas.com
    – CPF americano, não é obrigatório.
    – Transferência do dinheiro do BB para EUA, é feito através da ordem de pagamento para exterior via Swift pela internet.

    Banco do Brasil Americas

    1. O que é:
    Banco americano (antigo EuroBank) cujo proprietário é o Banco do Brasil (100% das ações). O objetivo é atender inicialmente a comunidade brasileira residente nos Estados Unidos. Posteriormente o atendimento será prestado aos "hispânicos" e americanos.
    O cliente BB (Brasil) poderá obter informações junto ao Banco do Brasil Americas, por meio do telefone disponível fora das agências.
    topo
    2. Atendimento:
    – Nas agências: personalizado em 3 idiomas (Português, Inglês e Espanhol);
    – Acesso às informações junto ao Banco do Brasil por meio de telefones ("hot line", endereços no item 4) e website (www.bbamericas.com);
    – Conveniência nas suas transações financeiras (exemplo: retiradas sem custo nos caixas eletrônicos da rede de Supermercados Publix, utilização do Mobile Banking).
    topo
    3. Público alvo:
    Clientes pessoa física que residem nos EUA (inicialmente a comunidade brasileira).
    topo
    4. Locais de Atendimento:
    O Banco do Brasil Americas possui 3 agências, todas no sul da Flórida:
    a) CORAL GABLES (Área metropolitana de MIAMI)
    1901 Ponce De Leon Boulevard – Coral Gables, Florida 33134
    Telefone: 1-305-350-1100
    b) POMPANO BEACH
    839 West Sample Road
    Pompano Beach, Florida 33064
    Telefone: 1-954-784-9650
    c) BOCA RATON
    698 Yamato Road, suite 5
    Boca Raton, Florida 33431
    Telefone: 1-561-750-9999
    topo
    5. Horário de funcionamento:
    De segunda a sexta-feira das 9:00 AM as 4:00 PM, horário do Estado da Flórida.
    topo
    6. Serviços disponíveis:
    Conta corrente, conta poupança, depositos à prazo, cartão, remessas internacionais, cheque, empréstimos, entre outros.

    Abra Sua Conta Hoje http://www.bbamericas.com
    O Banco do Brasil Americas facilita a abertura de sua nova conta online.
    Para abrir sua conta online você necessitará:
    •Número de Seguro Social Americano (Social Security Number).
    •Ter pelo menos 18 anos de idade.
    •Depósitos de uma conta corrente ou poupança para a sua nova conta(s).
    •No caso de contas conjuntas, o nome dos titulares, número de Seguro Social Americano e data de nascimento.
    Você Possui os Requisitos Acima?

    SIM

    NÃO CLIQUE https://mrp1.cunetbranch.com/swk/mrp_8292/App.asp

    (Se você não possui os requisitos acima, por favor clique no botão “não” para continuar e completar o processo.) Você será obrigado a ter os seguintes itens durante esta conta processo aberto:

    Uma forma válida de identificação, como carteira de motorista, identificação estado ou país, ou passaporte.
    Deve ter pelo menos 18 anos de idade para se candidatar.

  • Julio

    ………

    PRODUTOS E SERVIÇOS

    Conta Corrente Pessoa Física

    BasicGoldEBanking

    Isenção de taxa de manutenção mensal:
    Sem taxa de serviço mensal com:

    •saldo mínimo diário de $1.000 combinado ou
    •Depósito direto na conta dentro do ciclo
    Sem taxa de serviço mensal com:

    •saldo mínimo diário de $10.000 combinado ou
    •saldo min. médio de $5.000 em conta corrente
    Sem taxa de serviço mensal com:

    •saldo mínimo diário de $1.000 combinado ou
    •Depósito direto na conta dentro do ciclo

    Características
    •Transações ilimitadas na conta corrente
    •Cartão de débito (limite diário de $1,500 para transações e $500 para saque)
    •Banco pelo celular grátis
    •Banco Online grátis
    •Pagamento de contas online grátis
    •Extratos eletrônicos gratis
    •Recebimento gratuito de trasnferência bancária do Banco do Brasil SA para Banco do Brasil Americas
    •Transações ilimitadas na conta corrente
    •Cartão de débito (limite diário de $3000 para transações e $1000 para saque)
    •Banco pelo celular grátis
    •Banco Online grátis
    •Pagamento de contas online grátis
    •Extratos eletrônicos gratis
    •Recebimento gratuito de trasnferência bancária do Banco do Brasil SA para Banco do Brasil Americas
    •Talões de cheque gratuito
    •Cheques oficiais sem taxa
    •Vale postal sem taxa
    •Transações ilimitadas no cartão de débito
    •Cartão de débito (limite diário de $1,500 para transações e $500 para saque)
    •Banco pelo celular grátis
    •Banco Online grátis
    •Pagamento de contas online grátis
    •Extratos eletrônicos gratis
    •Recebimento gratuito de trasnferência bancária do Banco do Brasil SA para Banco do Brasil Americas

    Taxa de serviço mensal:
    $5

    $10

    $5

    •Clientes do eBanking precisam fazer upgrade da conta emu ma agência bancária para poderem fazer transferência bancária ou emitir cheques.
    •Assegurado pelo FDIC ao máximo permitido por lei
    •Taxas variadas podem ser aplicadas (Por favor consulte o Tarifário)

    Tarifário

    ItemTaxa
    Saque a descoberto/Fundos não compensados/Insuficiência de Fundos $35.00
    Taxa percentual anual sobre saldos diários16%
    Transferências Domésticas
    Recebimento $10.00
    Envio $25.00
    Transferências Internacionais
    Recebimento $10.00
    Envio $40.00
    Envio para conta do Banco do Brasil, SA $10.00
    Transações de Caixa Eletrônico
    Doméstico – Redes On-us, Presto e AllpointGratuita
    Saque Internacional $5.00
    Saque Doméstico – Fora de Rede $2.50
    Taxa ISA de Transação de Caixa Eletrônico Internacional1%
    Cheques oficiais $10.00
    Sustar Pagamento $30.00
    Depósito devolvido, por Item $12.00
    Taxa anual de proteção contra saque a descoberto – Pessoa jurídica $25.00
    Taxa anual de proteção contra saque a descoberto – Pessoa físicaGratuita
    Proteção contra saque a descoberto, por transferência $10.00
    Cópia de Cheque $2.00
    Cópia de Extrato (por página) $1.00
    Notário (somente para clientes)Gratuita
    Contas inativas, mensal (após 12 meses) $15.00
    Contas fechadas (menos de 180 dias) $25.00
    Pesquisa (por hora) $25.00
    Processo legal $100.00
    Retenção de correspondência, mensal $10.00
    Atividade Excessiva $20.00
    Substituição de Cartão de Débito Perdido – normal $5.00
    Substituição de Cartão de Débito Perdido – entrega expressa$5.00 + custo de envio
    Baixa $40.00
    Desconto de Cheque, items "on-us" (não-clientes) $5.00
    Processamento de correspondência devolvida $10.00
    Verificação de Cheque $20.00
    Cobrança: Doméstica$20.00
    Cobrança: Internacional$40.00
    Cobrança: Internacional, Coupon, por envelope$5.00
    Serviço personalizado de pagamento de contas, por conta$10.00
    Caixa forte, aluguel anual, 3 x 5 $30.00
    Caixa forte, aluguel anual, 3 x 10 $60.00
    Caixa forte, aluguel anual, 5 x 10 $90.00
    Caixa forte, aluguel anual, 10 x 10 $140.00
    Caixa forte, Depósito de Chave $20.00
    Caixa forte, Taxa de Perfuração $150.00

    As taxas de transferências recebidas serão dispensadas como cortesi, até 30 de Junho de 2013..

  • Rodrigo

    Para alguns locais como NY e no Canada, vocês podem considerar a opção do Bitcoin …. procurem se informar.

  • Maria Fernanda

    Pessoal,
    estou indo estudar na Espanha e encontrei um serviço de emissão/recebimento de dinheiro do exterior chamado Vale Postal Eletrônico: http://www.correios.com.br/produtosaz/produto.cfm

    Alguém já testou?
    Pelas taxas, parece valer muito a pena. Só não consegui descobrir se o remetente e o destinatário podem ser a mesma pessoa.

    • Vicente

      Li o regulamento desse serviço e ele se mostrou promissor. Mas, precisa de um endereço no exterior. Acho que isso é tranquilo, basta dar o endereço de um hotel. Se não puder ser ser a mesma pessoa, uma alternativa seria dar o nome de alguém que vá viajar junto. Se for viajar sozinho, de repente se pode dar o dinheiro para um conhecido brasileiro e pedir para ele fazer o depósito no seu nome.

    • Renata

      Pareceu bem interessante essa possibilidade.

      Queria saber se alguém já testou…

  • Danielle Filgueiras

    No caso de viagens para Buenos Aires e Montevideo, o melhor é levar Real e fazer a troca nesses países. Você evita o IOF e as taxas de câmbio, já que as casas de câmbio não cobram taxa extra além do que já está embutido no próprio câmbio.

  • Conforme o julio e o Rafael explicaram:

    Fiz o cadastro no site, pelo link:
    https://mrp1.cunetbranch.com/swk/mrp_8292/App.asp

    No final, é dado um formulário onde você deve assinar e scanner, e enviar por email junto com uma copia do comprovante de residência (no Brasil mesmo) e Comprovante de Identificação (Passaporte e Carteira de motorista).

    Ao concluir tambem, chega um email confirmando o cadastro.

    Ainda não enviei os documentos, porem, o email deixa claro que entraram em contato comigo para finalizar o cadastro.

    PS: Não tenho conta no BB Brasil e até o momento nada me impediu de dar andamento na abertura. Mais de qualquer maneira irei abrir uma conta, para poder transferir recursos gratuitamente.

    • Julio

      Caro Joao,

      Não ha transferência gratuita, pelo menos atestada confirmada pelo ger do BB aqui no Brasil. Ele repassou o seguinte:

      O BB tem sua própria cotação para envio de ordem de pagamento, hoje estava sendo vendida a 2,38.

      Sobre as taxas, segue abaixo:

      Obs: no site do BBamericas diz que a transação é gratuita, porém na instrução normativa interna do Banco do Brasil não fala nada de isenção dessas tarifas.

      topo
      11. Tarifas:
      Estão sujeitas a cobrança de tarifas, de acordo com a Tabela de Tarifas do BB. Pelo serviço são cobrados:
      Swift:
      a.Tarifa de emissão: 1,66% (um, sessenta e seis por cento) sobre o valor em moeda estrangeira da ordem, com mínimo de USD 36,00 (trinta e seis dólares) e máximo de USD 166,00 (centro e sessenta e seis dólares). A conta do cliente será debitada pelo equivalente em moeda nacional, mediante a aplicação de taxa de câmbio válida no momento de registro da ordem no sistema do Banco;
      b.
      c.Despesas Externas (Comissão cobrada pelo banco no exterior para efetuar o pagamento da ordem ao beneficiário): pode ser por conta do remetente ou do beneficiário. Em média, o valor cobrado é de USD 100,00 (cem dólares). Se por conta do remetente, a conta do cliente será debitada pelo equivalente em moeda nacional. Se por conta do beneficiário, o valor da comissão será deduzido do valor da ordem pelo banco no exterior.

      12. Tributação:
      Imposto sobre Operações Financeiras (IOF): todas as modalidades/naturezas permitidas no ambiente Internet estão sujeitas à alíquota de 0,38%.

      Faça as contas e envie um email para o Americas confirmando por exemplo se a gratuidade se refere ao recebimento proveniente do BB daqui. Mas que daqui vc paga taxa vc paga. VC perguntou sobre a conta poupança? esta seria mais vantajosa pois a pricnipio nao teria tarifas e o saque sem limitações. Se puder confirmar isso agradeço! Julio

  • Leandro

    Boa tarde pessoal,

    Vou para os USA daqui a 2 semanas. Estava pesquisando nos sites das casas de cambio dos USA e a cotação médias para trocar reais por dólares é entre R$ 2,12 e R$ 2,15. Alguem que já foi confirma isso? Caso contrário é muito, mas muito vantajoso viajar com reais e trocar por USD no destino.

    • Ricardo

      Leandro, boa tarde.
      Não procede, meu cunhado foi e falou que viu isso em outlet em Miami. Uma semana depois eu fui, ja tinha carregado meu pré pago ( Graças a Deus), em dezembro o Cambio estava em 2,33 comercial e 2,44 turismo, lá em Oralndo fui nestas casas de cambio e o valor era de 2,70.
      Você pode tirar sua dúvida através do telefone ou e-mail, procure por casa de cambio dos principais outlets de Orlando ou Flórida.
      Abraços.

  • Julio

    Passo a Passo – Ordem de pgto ao exterior no site do BB.
    http://www.bbamericas.com/pr/pdf/10steps-pr.pdf

    Importante lembrar que esta operação bancária se dá por termo de adesão no site BB, …quem é correntista sugiro que entre no site e leia atentamente o Termo………e antes do OK…..tire duvidas com o gerente….

    Cada banco com suas regras e taxas. Uma coisa é a tarifa, tx, comissão, etc que o banco BB cobrará para a emissão de ordem de pgto bem como as regras próprias inerentes de cambio, verificar o seu pacote de serviços e valores com gerentes. Outra coisa são as tarifas do OUTRO banco qualquer americano, sendo coligado, controlado, parceiro ou não, aplicáveis a cada conta. No caso a conta poupança do Americas talvez seja interessante. Alguém postou que não teria limite para saques etc.

    Este valores devem ser computados para o viajante de turismo que esta comparando benefícios entre cartão crédito, vtm, e especie. Mesma lógica do VTM, que no banco do Brasil cobra 60 reais por operação cambial….mais o custos de recargas e tarjetas….tudo deve ser computado para o CUSTO BENEFICIO que atenda cada interesse….

    Outra questão que merece muito cuidado é a devida informação na Receita Federal, por exemplo na
    IN 1119/2011, ou IN 1214……."são isentas as remessas de não residentes para is EUA ate limite de 20.000 reais desde que para despesas de turismo tais como hotel, passagem, seguro"…..sujeito a algumas e boas interpretações …merece aprofundamento….merece consulta a receita para não termos surpresas….

    Se respondidas todas as perguntas e a opção for realmente "vantajosa", aproveitem pois o governo dará um jeito de fechar esta torneira logo, assim como fez com o VTM.

    Sempre lembro quando posso que questões de segurança são importantes no Brasil em saques de atms assim como nos EUA em cidades mais "turísticas" como Vegas, NY e Orlando, Miami o mesmo se aplica. Sim existem roubos e assaltos e sequestros relâmpagos. Para Orlando por exemplo, consultem o http://www.orlandosentinel.com.

    Parabéns ao post, a iniciativa foi muito oportuna e relevante….estou acompanhando…..

  • Hoje, após o post do Leonardo, fui pesquisar os valores cobrados nas faturas do cartao de crédito de:
    BB = 2,40
    Santander = 2,48
    Caixa = 2,32
    Tenho conta nos 2 primeiros bancos e meu cartão de maior uso é Santander, ou melhor, era! Já solicitei na Caixa um novo Mastercard. Para isso foi necessário comprovante de rende + de endereço + cic + rg. Tem cartao para todo o gosto e o TOP é o Black, precisa comprovar renda acima de R$ 15 mil e pagar anuidade de +/- R$ 500 (negociável junto a bandeira, creio eu…), tendo como benefício 2,2 pontos a cada 1 US$ gasto, 5.000 pontos ao pagar a primeira fatura e 3.000 pontos ao pagar a ultima parcela da taxa da fatura. Tem a possibilidade de pegar outros cartoes isentos de anuidade e pagando dollar perto do comercial. Fica a dica!!

  • Só completando meu post anterior, pelo valor do US$ cobrado pela CAIXA no cartao de credito (2,32) + o IOF de 6,38% (14,80) dá um total de total de R$ 2,46, ou seja, IGUAL ao valor cobrado pelo Santander SEM o IOF de 6,38%. Tinha gostado do BB American mas achei essa opção mais prática!

  • Corrigindo, IOF dá 0,1480 e nao (14,80)…rs

  • Julio

    O BB tem sua própria cotação para envio de ordem de pagamento, hoje estava sendo vendida a 2,38.

    Sobre as taxas, segue abaixo:

    Obs: no site do BBamericas diz que a transação é gratuita, porém na instrução normativa interna do Banco do Brasil não fala nada de isenção dessas tarifas.

    topo
    11. Tarifas:
    Estão sujeitas a cobrança de tarifas, de acordo com a Tabela de Tarifas do BB. Pelo serviço são cobrados:
    Swift:
    a.Tarifa de emissão: 1,66% (um, sessenta e seis por cento) sobre o valor em moeda estrangeira da ordem, com mínimo de USD 36,00 (trinta e seis dólares) e máximo de USD 166,00 (centro e sessenta e seis dólares). A conta do cliente será debitada pelo equivalente em moeda nacional, mediante a aplicação de taxa de câmbio válida no momento de registro da ordem no sistema do Banco;
    b.
    c.Despesas Externas (Comissão cobrada pelo banco no exterior para efetuar o pagamento da ordem ao beneficiário): pode ser por conta do remetente ou do beneficiário. Em média, o valor cobrado é de USD 100,00 (cem dólares). Se por conta do remetente, a conta do cliente será debitada pelo equivalente em moeda nacional. Se por conta do beneficiário, o valor da comissão será deduzido do valor da ordem pelo banco no exterior.

    12. Tributação:
    Imposto sobre Operações Financeiras (IOF): todas as modalidades/naturezas permitidas no ambiente Internet estão sujeitas à alíquota de 0,38%.

    • Alessandra Mota

      Julio, eu estava aprendendo sobre ordem de pagamento e geralmente tem um taxa para o remetente e outra para o beneficiario.

      Acho que a trasnferencia do BB SA para o BB Americas, o beneficiario nao vai pagar pela transferencia, talvez pelo que voce postou, apenas o remetente que pague essas taxas.

      "Quem optar por mandar dinheiro do exterior através de uma transferência bancária poderá utilizar praticamente qualquer agência para fazê-lo. Basta ir até a instituição financeira de sua preferência e solicitar o envio dos recursos por meio da chamada ordem de pagamento. A característica principal desta operação é que o beneficiário deve necessariamente ter uma conta bancária. Ademais, ambas as instituições cobrarão pelo serviço. Assim, quem estiver no exterior desembolsará uma taxa para que o dinheiro chegue ao destino pretendido, mesmo não sendo correntista do banco contatado. A tarifa é conhecida como ordem de pagamento expedida. Uma vez no Brasil, a agência que recebeu o montante também descontará uma determinada quantia do dinheiro que irá disponibilizar ao cliente.

      O processo é o mesmo para quem deseja enviar dinheiro para fora. Basicamente, será preciso informar os dados da pessoa que vai resgatar o dinheiro, bem como o código do banco onde os recursos serão sacados, conhecido como código SWIFT. Para agilizar a operação e incentivar o recebimento de remessas por meio das suas instituições, a maioria dos bancos já disponibiliza formulários semipreenchidos em seus sites, com os SWIFTs devidamente indicados.

      A desvantagem patente da operação é cobrança de custos dos dois lados da cadeia. Segundo Roger Ades, diretor de remessas do Banco Rendimento, os bancos no exterior costumam cobrar de 20 a 40 dólares para fazer a remessa do dinheiro, mas a operação também tem um custo para as instituições daqui. No Brasil, a ordem de pagamento recebida abate de 20 a 100 dólares do montante que chega ao país, valor que varia conforme a quantidade transferida. "A transferência bancária é mais vantajosa para valores mais altos. Muitas vezes as agências de remessas não têm a política de mandar mais de 10.000 dólares para o exterior para evitar lavagem de dinheiro", explica Ades.

      Conheça os custos cobrados pelos principais bancos brasileiros para enviar e receber dinheiro via transferência bancária:

      Instituição Taxa para envio Taxa descontada do recebimento
      Bradesco Até 100 dólares Até 100 dólares
      Itaú Unibanco 200 reais 140 a 200 reais
      Caixa Econômica Federal 1% do valor da transferência, sendo o mínimo de 30 dólares e o máximo de 100 dólares 1% do valor da transferência, sendo o mínimo de 20 dólares e o máximo de 100 dólares
      Banco do Brasil 1% do valor da transferência, sendo o mínimo de 50 reais e o máximo de 250 reais 1% do valor da transferência, sendo o mínimo de 50 reais e o máximo de 250 reais"

  • Vicente Cassepp Borges

    Se alguém puder me dar uma luz, seria muito grato. Estou indo para a Europa Semana que vem, logo eu preciso de uma solução rápida, ainda que custosa. Estou tendo problemas com o cartão de crédito, pois tá impossível fazer qualquer pagamento com ele. O Banco do Brasil está entendendo minhas transações honestas como suspeitas. Já tentei de três computadores, de três sites diferentes, peguei o cartão da minha mãe e o meu, mas não consigo fazer uma compra de uma passagem de ônibus nem trem na Europa. Sim, os cartões estão habilitados para uso no exterior. Para completar, nesse desespero, entrei num site espião e tive que cancelar o meu cartão, e espero que o novo chegue antes da viagem. Já fui na agência, liguei diversas vezes para o SAC, enfim, o fato é que eu só tinha esse cartão e não posso mais contar com ele. Qual seria uma maneira rápida de fazer compras na internet no exterior? Estou tentando o Neteller, mas ele estão analisando documentos ainda. Se alguém me ajudar, seria muito importante. É que eu tô vendo as passagens que eu quero subir de preço, tenho dinheiro e não posso usar. Obrigado.

    • Vicente, devido à urgência, talvez seja o caso de fazer um cartão pré-pago, que é emitido na hora, para uso na viagem.

      • Vicente Cassepp Borges

        Muito Obrigado, Dênis. No fim das contas, é bom ter amigos. Comprei minhas passagens com o cartão de um amigo de extrema confiança que mora em Londres, e vou depositar um dinheiro na conta dele e sacar lá, no esquema conta no exterior, só que não vai estar no meu nome. Acho que vou fazer um cartão pré-pago, mas ele não resolve o problema de que vou ter que gastar dinheiro on line para reservar passagens. Eu ia com o cartão de crédito, mas não tô confiando nele de tanta dor de cabeça que eu tive para comprar passagens para o Eurostar com ele. Vai ser obrigatório um plano B.

  • John Teles

    Olá pessoal! A matéria é Fantástica, Parabéns!
    Gostaria de tirar minhas dúvidas. Vou para a Escócia estudar e, inicialmente, vou ficar 15 meses. Será que I BB Américas é uma boa opção pra mim?

    • Alessandra

      acho que o bb americas é so pra quem vai pros EUA john, acho q pra vc tem q levar em especie e botat no banco.. ate pq na escocia vc eh obrigado a levar 3000 euros e colocar no banco pra ganhar sua permissaode trabalho… nao se preocupa com dinheiro no brasil.. qd vc dizer dinheiro em euro la.. nao tem com o q se preocupar… se precisar fazer transferencia, eh aquele esquema.. paga taxa pra sair daqui, paga taxa pra entrar na sua conta onde vc tiver no mundo.. se for emergencia ter dinheiro do brasil, eh o unico jeito… ou usar o cartao de credito.

  • Vicente

    Se alguém puder me dar uma luz, seria muito grato. Estou indo para a Europa Semana que vem, logo eu preciso de uma solução rápida, ainda que custosa. Estou tendo problemas com o cartão de crédito, pois tá impossível fazer qualquer pagamento com ele. O Banco do Brasil está entendendo minhas transações honestas como suspeitas. Já tentei de três computadores, de três sites diferentes, peguei o cartão da minha mãe e o meu, mas não consigo fazer uma compra de uma passagem de ônibus nem trem na Europa. Sim, os cartões estão habilitados para uso no exterior. Para completar, nesse desespero, entrei num site espião e tive que cancelar o meu cartão, e espero que o novo chegue antes da viagem. Já fui na agência, liguei diversas vezes para o SAC, enfim, o fato é que eu só tinha esse cartão e não posso mais contar com ele. Qual seria uma maneira rápida de fazer compras na internet no exterior? Estou tentando o Neteller, mas ele estão analisando documentos ainda. Se alguém me ajudar, seria muito importante. É que eu tô vendo as passagens que eu quero subir de preço, tenho dinheiro e não posso usar.

  • dewes

    Nenhuma dica sobre o uso de Bitcoins? Acredito que possa vir a ser uma maneira de fugir das taxas.

  • Stela Rossati

    Meu marido foi para o Chile no final de ano e pego de surpresa pela nova medida. Havia levado algum valor em espécie e conseguiu uma taxa muito melhor nas agências de Santiago.
    Disseram que há muito interesse na compra do real no exterior em razão do Mundial de futebol.

  • Alexandre

    Existem alguns cartões pré pagos que não incidem 6% de IOF.

    Está em destaque na página abaixo.
    http://www.mastercard.com/br/cartoes_pessoais/pt/

    • Julio

      Alexandre, vc já o utilizou nos EUA? Aceito em todos os estabelecimentos para compras? Aonde vc fez e como carregou?

    • Julio

      Não se aplica site da Master esta sem atualização….vamos checar as informações antes de postar! Apesar da boa vontade! Obrigado!

  • Bruno

    DÚVIDA:
    .
    Tenho dólares guardados que comprei há algum tempo… Caso eu abra a conta no HSBC ou no BB Americas posso depositar esse dinheiro direto em minha conta do exterior?? Há alguma taxa neste tipo de transação??

  • seixas

    A melhor cotação é para saque pelo Santander na função débito. Vc pode sacar em qualquer terminal do banck of america. Lá vc consegue U$$800,00 por saque (eu consegui 800 no visa e 800 no master) por dia. Por ser Van Gogh não foi cobrada tarifa nenhuma, acho que no meu pacote podem ser até 5 saques no exterior por mês. O dólar é o COMERCIAL. Porém agora tem o IOF o que deve deixá-lo bem perto do turismo.

  • Alessandra Mota

    Julio, supondo que pague para enviar do BB SA, e nao pague para receber no BB Americas:

    DOLAR COMERCIAL VENDA hoje fechou a: 2.36
    DOLAR TURISMO VENDA hoje fechou: 2.45

    Você disse que o dolar para ordem de pagamento venda fechou hoje a 2.38 (onde você conseguiu essa informação?)

    Deduzimos disso então que paga-se o DOLAR COMERCIAL para transferência de dinheiro, com a diferença de 2 centavos do banco. CERTO?

    Se o IOF é 0.38% como diz o item 12 e a tarifa cobrada para envio é 1,66% do valor enviado, então para pagar o mínimo de 36 doláres exigido você poderia enviar para sua conta algo em torno de US$ 2170. Vamos arrendondar para 2500 para ficar mais fácil fazer as contas.

    US$ 2.500,00 x 2.38 x 0.38% = R$ 5,972,61
    + U$ 41,50 (1,66% de 2500) de taxa = R$ 99.14
    Total para enviar 2.500 para sua conta no BB Americas seria = R$ 6071,75

    Gastar 2.500 no CC:
    US$ 2.500 x 2.38 (se nao for +) x 6,38% = R$ 6,329,61

    Vou aumentar 2 centavos pro TURISMO tb = 2.47 dolar turismo hoje ( se nao for +)

    Comprar 2.500 em ESPÉCIE:
    US$ 2.500 x 2.47 x 0.38% = R$ 6.198,45

    Colocar 2.500 no cartão PRÉ PAGO:
    US$ 2500 x 2.47 x 6.38% = R$ 6.568,96

    BB Americas < ESPÉCIE < CC < Pré Pago
    Se for isso mesmo, o BB America ta valendo muito mais a pena!! E ainda não temos certeza se tem que pagar os tais 1,66% mesmo.

    • Julio

      Todas com as informações com gerente do banco conta estilo…fiquei em contato com ele direto hoje para estas informações….

      Certo cotação especial para a operação, NADA de dolar comercial, hoje 2,38, hoje a diferença foi de 2 pontos mas o correto e fazer a conta no dia, pode variar ……

      Fiz exatamente as suas contas …. acima….cheguei a mesma conclusão

      Agora falta "fechar o outro lado" as taxas etc do lado do Americas para o calculo final, lembrando que ao abrir esta conta o ganho não sera penas para uma viagem……..Existe no site deles a conta poupança sem tarifas, sem taxas, etc…

      Perguntas para quem fez esta operação já

      BB Cobrou o 1,66% ? Estornaram? Gerente afirmou que sera cobrado.
      Quanto tempo para abrir a conta? O plastico, tarjetas enviam via fedex para o Brasil? em quanto tempo chegam?
      Poupança permanece os 1000 usd de saldo?

      Alessandra percebo que vc esta realmente fazendo contas, voce passou email para Americas?

      • Julio

        Argumento a favor do cartão, para quem tem o black por exemplo seria a pontuação de 2,2 no BB que estaria perdendo,

        e vc foi generosa nos calculos coloque dolar cartão o ptax do dia de hoje com variação de até 2 % mais e verá a diferença….informação que tenho do c credito no brasil é ptax mais 2%, dado por um diretor do BB na Folha de SP… tempos atrás….

      • Alessandra

        Oi Julio,

        Nao passei email pro americas nao, to me baseando nas informações que você está postando! 🙂 Continua postando pq to acompanhando suas informacoes! Vc so esta falando com o gerente do brasil? nao esta conversando com ng do Americas?

        O site do Americas deixa bem claro nessa pagina (http://www.bbamericas.com/en/wire-transfers.html) que não tem FEE pra RECEBER.

        NO TRANSFERS FEES

        As a customer of Banco do Brasil Americas you may RECEIVE no-fee money transfers from an account in Banco do Brasil, in Brazil.
        Cliente Banco do Brasil Americas pode RECEBER transferências financeiras de contas do Banco do Brasil, no Brasil, sem tarifas.

        O que podemos tirar disso é que receber a transferência não tem a tal taxa de 1,66% (ou outro valor qq)

        Como postei pra vc em outro lugar, geralmente uma transferência internacional são cobradas duas vezes: de quem envia E de quem recebe.

        No caso do BB Américas não está claro se o dinheiro que sai do BB SA paga taxa.. mas pela informação do website.. não paga taxa para RECEBER o dinheiro.. o que já é uma economia..

        Acho que esse negocio de transferencia internacional so vale a pena mesmo pra que vai morar nos EUA, ou que visita com muita frequencia, que é o meu caso (mas não é o caso de muitos turistas, que vao pra outros paises)

        Pelo que diz no site (http://www.bbamericas.com/en/personal-savings.html) a poupança não precisa ter os 1000 na conta.. so 100 pra poder gerar interest (ganhos).. E de novo, essa pagina deixa bem claro que nao paga pra RECEBER: FREE INCOMING!! wires from Banco do Brasil SA

        Conclusao, acho que é isso mesmo, paga pra sair do Brasil e nao paga pra receber no Americas. A oferta está sendo feita apenas pelo lado de lá.. tanto que o lado de cá não sabe de nada! Do lado de ca, vc vai fazer transferencia e pagar as taxas como qq outro banco faria pelo modo SWIFT.

        • Alessandra Mota

          Se vc conseguir pegar amanha o valor do dia para:

          DOLAR para ORDEM DE PAGAMENTO

          DOLAR COMERCIAL para fatura de CC

          DOLAR TURISMO para comprar em ESPECIE no BB

          A gente consegue fazer as contas mais apuradas pra fazer as continhas! Vc consegue esses numeros amanha com seu gerente?

  • Sandra

    A grande verdade que esse esquema de transferencia internacional só em bom pra quem vai morar, ou viajar muitas vezes no ano pros Estados Unidos. Turista de verdade vai pra lugar diferente sempre que pode.. quem vai com frequencia pros eua é estudante, residente, e gente a negocios…

    O jeito é voltar pro VELHO método de levar muito dinheiro na doleira e usar CC de vez em quando. Cartão pré-pago vai morrer, fica de 10 a 15 centavos mais caro do que usar o CC e levar em espécie.. não compensa!!

    Não tem muito pra onde fugir não.

  • Julio
    • Alessandra

      Legal, agora entendi!

      Então os valores que calculei pro Comercial estão certos!

      “De acordo com Denílson Molina, diretor de cartões do BB, a regra no banco é pegar a taxa Ptax (média do Banco Central) do DIA ANTERIOR e cobrar mais 2%.”

      Ontem o dolar comercial fechou a 2.3383!

      2.3383 + 2% = 2.38 (dolar de hoje que o seu gerente te informou)

      Aparentemente o valor da fatura do cc = valor da transferencia internacional.. ou seja o valor do dolar comercial pelo banco central + 2% do bb

      So falta saber o valor do turismo no caixa! E de acordo com esse site o dolar turismo de hoje para cartao pre pago foi 4.48 .. o especie deve ter sido mais caro por causa da procura muito grande.

  • Marcio Camargo

    Só uma correção, transferência está escrito errado..”trasnferência ”

    Ótimo post…Parabéns

    • Obrigado, Marcio! Não encontrei o erro. Em qual frase está?

  • Igor – Porto Alegre

    Pessoal, qual melhor opção para levar dinheiro ao Uruguay? Preciso do peso para uso local mas o hotel devo pagar em dólares. Troco dinheiro aqui para pegar táxi lá ou troco no aeroporto lá? O que sugerem?

    • Nando Ventura

      Igor,eu fui a Montevideo e o câmbio do aeroporto é horrível.As melhores cotações que achei foi na Plaza Independencia ou um pouco antes,coisa do tipo R$ 1,00 = 9 pesos.No aeroporto fica por perto de R$ 1,00 = 7,50 pesos.Tipo,além dos táxis de lá aceitarem cartões de crédito (Mas de táxi você vai pagar uns R$ 80/90,00 por uma corrida de 30 minutos) existe a opção de você pegar um ônibus em frente ao aeroporto que cobra R$ 4,00 mais ou menos e te deixa no centro de Montevideo ou talve até pagar mais caro e ir de van.Estive lá em Outubro e fui de ônibus.Na volta paguei R$ 13,00 em um ônibus duplo de Tres Cruces até o aeroporto com ar e wifi.Estive lá em Outubro.Pense bem,vale a pena considerar ir de ônibus e para o táxi comprar aqui (se a cotação for mais que R$ 1,00 = 8 pesos) foge do IOF e pode rolar um desconto…um abraço e boa sorte!

      • Igor – Porto Alegre

        Nando obrigado pelas dicas. Já havia pensando na opção do ônibus. Só uma dúvida, usou cartão de débito por lá?

      • Igor – Porto Alegre

        Já enviei uma resposta agradecendo, mas não aparece, vamos ver se na atualização do site ela será exibida. Obrigado.

    • Vale a pena usar cartão de crédito! Até o dia 30 de março o governo vai devolver todo o IVA pago por turistas diretamente na fatura do cartão! Você paga 6% de IOF, mas recebe 18% do IVA uruguaio! Saiba mais aqui: http://www.turismo.gub.uy/en/?Itemid=265

      • Igor – Porto Alegre

        Estou levando cartão, mas vai que em algum lugar não passa, sempre dá aquele frio na barriga quando a maquininha de cartão fica processando. Valeu Denis.

        • Nando Ventura

          Olha,eu não usei débito,até porque programei tudo no cash e crédito,pois era a minha primeira viagem internacional.E as taxas de ter de sacar lá fora me assustaram….ah,eu troquei algumas palavras antes,estava com sono rs.Obrigado pelo agradecimento 🙂
          E ao contrário do que me dsseram (e dizem) eles NÃO ACEITAM REAIS,NÃO FALAM BEM O PORTUGUÊS (apenas quem morou no Brasil um tempo) E LÁ NÃO TEM EXTORNO OU CANCELAMENTO….Me dei mal numa loja da Adidas…saí com uma jaqueta de 400,00 que eu tinha visto o preço errado.Como não pediu senha (acontece ou não,depende),passei e fui olhar a nota fora da loja.O gerente não estava e os atendentes foram um saco….fora que eu estava meio mal vestido em uma loja da Adidas querendo cancelar a compra de uma jaqueta.Deixei pra lá e cá estou com ela no guarda roupas,nem uso rs.

  • neide

    Alguém sabe se o Citibank daqui é o mesmo dos EUA? Vi que a logo, cor, é tudo igual, será que não facilita?

  • Alessandra

    Novas continhas:

    DOLAR COMERCIAL dia anterior VENDA fechou a: 2.3383 + 2% bb = 2.385
    DOLAR TURISMO VENDA hoje fechou: 2.45
    VTM =2.45
    Espécie = 2.48 a 2.49

    Transferência para BB Américas = R$ 7.310,41
    US$ 3.000,00 x 2.385 x 0.38% = R$ 7.182,19
    + U$ 49,80 (1,66% de 3000) de taxa = R$ 119,22
    R$ 1 = US$ 2.436

    Comprar 3.000 em ESPÉCIE:
    US$ 3.000 x 2.48 x 0.38% = R$ 7.468,27
    US$ 3.000 x 2.49 x 0.38% = R$ 7.489,38
    R$ 1 = US$ 2.489 ~ US$2.496

    Gastar 3.000 no CC:
    US$ 3.000 x 2.385 x 6,38% = R$ 7.611,48
    R$ 1 = US$ 2.537

    Colocar 3.000 no cartão PRÉ PAGO
    US$ 3.000 x 2.45 x 6.38% = R$ 7.818,93
    R$ 1 = US$ 2,606

    BB Americas < ESPÉCIE < CC < Pré Pago

    • Julio

      Cotações HOJE BB,

      Dolar tusimo especie -2,45 + 60,00 por operação cambio + 0.38%
      Dolar VTM BB- 2,42 – + 40 reais + 6,38%
      Dolar Cartao Credito (fechamento de fatura) – 2,43 + 6,38%
      Dolar Ordem de Pagamento – 2,38 + taxas swift

  • Alfredo

    Pessoal, pra quem já tem conta no HSBC Brasil e deseja abrir uma no exterior, peçam para o seu gerente contatar o IBC (International Business Center) que é o departamento responsável por fazer o espelhamento da sua conta no exterior. Eles processam todos os documentos e quando chegamos ao exterior a conta já está aberta. Sei que em Miami tem Gerentes Premier que falam Português !!!

  • Gustavo Uchoa

    Excelente matéria, ótimos comentários.

    Mesmo após ler TODOS os comentários, gostaria de opinião a respeito de quem já praticou essa modalidade

    Saque em conta corrente no Débito

    Possuo Itaú e BB.

    Em outros lugares, já havia lido que pro Itáu as conversões não eram interessantes; mas que para o BB geralmente ficava mais próximo do dolar comercial do dia (teria a taxa de IOF igual para todos e no BB um taxa fixa de R$12,00).

    Alguém teve experiencia PRÁTICA com algum dessas bandeiras e poderia me ajudar?

    Viajo em duas semanas…

  • Rafael

    Sou cliente HSBC premier e a minha gerente informou que para abrir conta nos EUA precisa comprovar a ida para o pais e um investimento de $ 100.000,00. Acredito que não é bem assim penso em abrir um chamado no banco. Alguém conseguiu abrir uma conta recentemente?

    • Alessandra

      Eh isso msm! =/ Conheco gente q tem conta no HSBC la fora, e eles me explicaram q era preciso ter o invetimento de 100 mil sim. Tenso!

  • Por favor pessoal tirem uma dúvida. Vou fazer uma viagem para a Europa daqui a há três meses. Quando usei meu cartão de crédito em países da América da Sul, a fatura foi calculada em dólar comercial. Logo se eu utilizar meu cartão para compras em euro, a fatura também será calculada em dólar. Com a diferença entre as duas moedas, não seria mais vantajoso utilizar o cartão de crédito na Europa?

  • Oséias

    Esqueceu de mencionar os BitCoins.

  • Grazi

    Estou viajando em breve e fiz meu câmbio ontem a 2,45 pois esses dias o comercial desceu um pouquinho 2,33… vou levar a quantia para meus gastos fixos e algumas compras… e o cartão de crédito para extras e por segurança… é o jeito!

  • José Luiz

    Gostaria de saber se alguém tem a seguinte informação.
    Moro e trabalho em Londres, sou correntista do Banco do Brasil no Brasil, gostaria de abrir uma conta no BB em Londres, qual seria o custo financeiro para fazer remessas da minha conta do Brasil para conta de Londres ?

  • Alexandre Antoniazzi

    Muito obrigado pelo post!!
    Excelente, MD!!

  • Julio

    Cotações HOJE BB,

    Dolar tusimo especie -2,45 + 60,00 por operação cambio + 0.38%

    Dolar VTM BB- 2,42 – + 40 reais + 6,38%

    Dolar Cartao Credito (fechamento de fatura) – 2,43 + 6,38%

    Dolar Ordem de Pagamento – 2,38 + taxas swift

    • Alessandra

      data: 22/01/2014 – Banco do Brasil
      DOLAR COMERCIAL ORDEM DE PAGAMENTO: 2.38
      DOLAR COMERCIAL CC: 2.43
      DOLAR TURISMO ESPÉCIE: 2.45
      DOLAR TURIRMO VTM BB: 2:42

      Transferência para BB Américas = R$ 7.286,10
      US$ 3.000,00 x 2.38 x 0.38% = R$ 7.167,13
      + U$ 49,80 (1,66% de 3000) de taxa = R$ 118,97
      R$ 1 = US$ 2.43

      Comprar 3.000 em ESPÉCIE
      (US$ 3.000 x 2.45 x 0.38%) + R$ 60,00 por operação = R$ 7.377,93
      + R$ 60,00 por operação
      R$ 1 = US$ 2.48

      Gastar 3.000 no CC:
      US$ 3.000 x 2.43 x 6,38% = R$ 7.755,10
      R$ 1 = US$ 2.58

      Colocar 3.000 no cartão PRÉ PAGO
      (US$ 3.000 x 2.42 x 6.38%) + R$ 40,00 = R$ 7.723,18
      R$ 1 = US$ 2,59

      BB Americas < ESPÉCIE < CC < Pré Pago

      • Alessandra

        Tem ctz que o dolar de ordem de pagamento fechou hoje a 2.38 de novo? E que o do CC fechou mais caro que o turismo do VTM??

        Se for isso, CC eh furada! Ai eh melhor pagar um pouco mais pro VTM msm!

        Eu tava vendo aquilo que voce postou das tarifas do BB americas, que nao a partir de tal data a cortesia de nao pagar pra receber transferencia ia terminar.. tem que verificar essa informacao, mas de acordo com aquela tabela, é so 10 dolares para receber o valor.. valor muito pequeno que ainda faz valer mais a pena!

        • Julio

          Tenho certeza…ou melhor…o gerente…rs

          CC para quem contabiliza os pontos é a grande vantagem ainda em relação ao VTM, porém sujeito a flutuação e surpresas neste cenário de dólar atual.

          A conta para quem compara BB Americas com CC é, ou "poupo" R$ 469, 00 ou acumulo na pontuação 2,2 por exemplo 6600 pontos.

          Concordo 10 USD de recebimento é aceitavel.

  • elis

    Denis / Pessoal, passei um email para o BB Americas pelo site e para a minha agência BB, pra minha surpresa na minha agência me passaram alguns requisitos que um deles eu deveria atender pra abrir conta no exterior: Para abertura e movimentação de conta corrente no Brasil, em moeda nacional (reais), denominada Depósitos de Domiciliados no Exterior – DDE, cujos titulares são pessoas físicas ou jurídicas com domicilio fiscal no exterior:
    – pessoas físicas e jurídicas não-residentes no País, conforme definição da IN/SRF nº 208, assim consideradas:

    – Pessoa física:

    -funcionários estrangeiros de governos estrangeiros ou de organismos oficiais internacionais reconhecidos pelo Governo brasileiro.

    – brasileiros que apresentaram à Receita Federal do Brasil a Declaração de Saída Definitiva do País, cuja comprovação se dá mediante recibo;
    Estranhei e questionei se era no BB Americas, a gerente me respondeu:

    Este procedimento é para o Banco do Brasil.
    Para o outro Banco, embora vinculado ao BB, desconheço a instrução e não temos como fazer por aqui.
    Estranhei e gostaria de saber se alguém pode me ajudar e se já tiveram a mesma dificuldade? Tenho viagem para 31/01, será que dá tempo pra fazer?
    Obrigada!

    • O BB Americas não respondeu ainda? Acho que deve ter chovido e-mail de leitores do MD lá! rsrsrs

  • Daniella Costa

    Todo mundo abrindo conta no BB americas!!! kkkkkkkkkkk

    • Julio

      Antes de abrir a conta no Americas, abra consulta formal na Receita, recomendo para não ter surpresas depois!

      Fale com seu gerente sobre sobre a operação ordem de pagamento via swfit por termos de adesão….

  • Alessandra

    Julio/Denis/Pessoal

    HA UMA TAXA DE RECEBIMENTO de $10 dolares no BB Americas, $10 pelo Citibank, e $15/16 por outros bancos NORTE AMERICANOS

    Para enviar do BB SA são 2 (DUAS!) as taxas cobradas para FAZER SWIFT INTERNACIONAL 1,66% do valor + 100 dolares!

    Experiencia de que ja fez isso ja 2 anos: FIN-OPE-TARIFA DE EMISSÃO de R$102,71 e FIN-TRANSF.FINANC.P/EXT.-DESP.EXTERNAS de R$206,25. Isso tudo para envio de USD 3000.

    Nao se enganem, pois transferencia internacional tem sim muitas taxas! Pelos meus calculos fica mais caro do que comprar especie!

    • Alessandra

      Como o Julio havia postado anteriormente, e ignoramos o item C!

      11. Tarifas:
      Estão sujeitas a cobrança de tarifas, de acordo com a Tabela de Tarifas do BB. Pelo serviço são cobrados:

      Swift:

      a.Tarifa de emissão: 1,66% (um, sessenta e seis por cento) sobre o valor em moeda estrangeira da ordem, com mínimo de USD 36,00 (trinta e seis dólares) e máximo de USD 166,00 (centro e sessenta e seis dólares). A conta do cliente será debitada pelo equivalente em moeda nacional, mediante a aplicação de taxa de câmbio válida no momento de registro da ordem no sistema do Banco;

      c.Despesas Externas (Comissão cobrada pelo banco no exterior para efetuar o pagamento da ordem ao beneficiário): pode ser por conta do remetente ou do beneficiário. Em média, o valor cobrado é de USD 100,00 (cem dólares). Se por conta do remetente, a conta do cliente será debitada pelo equivalente em moeda nacional. Se por conta do beneficiário, o valor da comissão será deduzido do valor da ordem pelo banco no exterior.

      • Alessandra

        Hum.. DESCULPA GENTE. Parece que 100 dolares é um valor cobrado do banco no exterior… Que se você quiser pode pagar antes de enviar, o que seria burrice, já que o banco no exterior cobra apenas 10/15 dólares, e não 100 dolares como o item C sugere.

        Mas não tenho certeza agora

        o.O

    • Olá Alessandra! Você confirmou essas informações diretamente com o BB Americas? A gerente de lá nos informou que não há taxas para transferir da conta do BB daqui para lá. Entre em contato com eles pelo fale conosco, se ainda não tiver feito! =)

      • Julio

        Denis, a questão é simples no meu modo de entender! Se alguem aqui do post fizer a operação e postar esta resolvido. "vendo para crendo"…rs. Afinal o post trata de alternativas para fugir de ONUS e não incorrer em mais ONUS. Alias era uma boa hora para nosso amigo referencial a vc e a todos entrar em cena e nos auxiliar. Como havia falado as taxas aqui são cobradas pelo swift, falei com 2 heads de agencias estilo, e 1 gerente private do BB. Ambos desconhecem, pois não possuem qualquer orientação interna, correios, normativas, etc sobre eventual abono, estorno, parceria das tarifas e taxas da operação do lado brasileiro, ate por que são regulamentadas..Veja Denis o objetivo e esclarecer e mesmo que a gerente do Americas fale que não há e o gerente daqui diga que haverá sim a cobrança estaremos no impasse. Quero crer que JÄ existam correntistas de ambos os lados que possam nos auxiliar e postar as operações realizadas..

        Ressalto, para quem esta procurando esta opção para compras e consumo nos EUA que façam uma consulta formal na Receita para não terem surpresas.

        No aguardo. Abraços e estou acompanhando o post e outras alternativas também.

        • Alessandra

          Poiseh, eu concordo com o Julio. Acho que a o MD poderia entrar em contato com a pessoa que tem o BB Américas e ofereceu essas informações, e pedir para ela emitir um extrato com todos os valores pagos para podermos ter uma idéia se essa operação vale a pena mesmo ou não.

          Eu acredito que o único valor que está sendo "cortesia" do BB Americas é o $10 dólares, que convenhamos, é um valor ínfimo comparado às taxas cobradas pelo SWIFT.

          Dúvido muito que esse valores não serão cobrados da parte de cá.

          Eu fiz as contas com o Western Union, onde apenas o remetente paga as taxas, e o beneficiário não paga taxa alguma ao retirar o dinheiro em um das agências do WU:

          Western Union

          R$ 6.000,00 / 2.38 / 0.38% = US$ 2511,46
          + R$ 166,00 de taxa
          VET = 2.45

          O VET da transferencia pro BB Américas está dando em torno 2.50

          US$ 3.000,00 x 2.38 x 0.38% = R$ 7.167,13
          + US$ 49,80 (1,66% de 3000) de taxa = R$ 118,97
          + US$ 100,00 = R$ 238,90 (se essa for uma das taxas cortesia, aí sim volta a ficar interessante)
          VET = 2.50

          VET Espécie = 2,48
          VET CC = 2,58
          VET VTM = 259

  • Alessandra

    É gente, parece que tem a taxa de 100 dolares sim, mas ainda não entendi porque o Remetente escolheu pagar.. se deixasse pro Beneficario.. se seria diferente o valor:

    Uma pessoa que fez o procedimento em 30 de dezembro de 2013 (bem recente)

    Remetente
    Data de emissão:30/12/2013
    Data de pagamento:02/01/2014
    Moeda:DOLAR DOS ESTADOS UNIDOS
    Taxa de câmbio:2,3652323
    Valor moeda estrangeira:3.000,00
    Valor moeda nacional:7.095,70
    Despesas externas:Remetente
    Detalhes do pagamento:MAINTENANCE
    Banqueiro do beneficiário
    Código Swift:
    Alíquota IOF (%):0,38%
    Valor do IOF R$:26,96
    Acessórios
    Nome do acessórioData do débitoValor em moeda nacional
    FIN-TRANSF.FINANC.P/EXT.-DESP.EXTERNAS30/12/2013236,52
    FIN-OPE-TARIFA DE EMISSÃO30/12/2013117,78
    Valor da ordem
    Valor total para débito:7.476,96
    Valor Efetivo Total (VET):2,4923189

  • Alessandra

    O Banco do Brasil (BB) tem mesmo um serviço de remessa ao exterior via Internet, mas o mesmo é muito confuso. O “help” no site está vazio e os funcionários (falei com 5 pessoas distintas) não sabem informar pois não se posicionam para acessar o sistema usando a interface Web disponível ao usuário, e ficam olhando para “suas telas”. Uma das funcionárias pediu o código de erro e disse “isso indica que é feriado no país destino”. E logicamente nem era…

    O SWIFT permite que o dinheiro chegue diretamente em sua conta no Bank of America (BoA) mas apareceu como mais caro, enquanto o Western Union (WU) exige que você recolha o dinheiro em uma das agências da WU nos EUA (eles as tem até em supermercados).

    O limite diário para ambos tipos de transferência é 3000 dólares (USD) mas seu limite diário de retirada via Internet pode ser o limitante. Por exemplo, com 2400 USD já se atinge quase 5000 reais, com a taxa atual e tarifas atuais.

    Daí vou repassar minha experiência tentando cada uma das opcoes: 1) SWIFT e 2) WU, as quais podem ser encontradas logando na sua conta no BB, “transferencias” => “remessas exterior”.

    1) SWIFT
    A interface é muito ruim e pede o país, cidade da agencia, SWIFT, etc. Não preencha tudo. Preencha apenas o país (EUA) e informe o SWIFT do banco. Daí escolha pesquisar e tente achar sua agencia. Caso não esteja cadastrada, a pessoa no BofA (que tem serviço 1000 vezes melhor que o BB) informou que enviando para New York, e com seu numero da conta, o dinheiro seria roteado corretamente. Pois através do numero da conta será como o dinheiro chegará até você. Há coisas que terá que deixar em branco, como “Número da cotação”. Aliás, o mais difícil de entender é que, quando você clica em “continua” ou algo assim, o sistema calcula quantos em reais será a transferência, e nessa hora usa uma cotação. Se você demorar para autorizar (usando sua senha de 6 dígitos), a mensagem de erro é A taxa informada perdeu a validade.BECSO311 (C300-999)
    Ou seja, você tem que ser rápido, pois a taxa muda a cada instante! Se acontecer, volte para a página anterior, deixe o sistema recalcular, e daí seja rápido na 2a vez.

    Outras mensagens de erro que recebi:
    Falha de comunicação: Serviço não cadastrado: tabela SERVini (S207-000)
    e
    Problema na execução de sua solicitação…
    Nenhum registro foi localizado. (C002-090)

    2) WU
    Vale a mesma coisa para a “velocidade do clique” de confirmação, senão a taxa não é válida mais.

    Conclusão: o IOF para ambas foi de 0,38%, mas o WU teve taxa de $171,07 enquanto SWIFT cobrava duas taxas:
    FIN-OPE-TARIFA DE EMISSÃO de R$102,71 e FIN-TRANSF.FINANC.P/EXT.-DESP.EXTERNAS de R$206,25. Isso tudo para envio de USD 3000. No final, SWIFT exigia R$6520,19 e WU R$6377,77 (as taxas cambiais usadas foram 2,0625724 e 2,0610702, respectivamente).
    Em suma, SWIFT é mais conveniente mas mais caro. E a equipe do BB não podia nunca oferecer um serviço na Internet sem possui “Ajuda” e pessoal treinado!

    Fonte: yahoo respostas

  • Alessandra

    É gente, parece que tem a taxa de 100 dolares sim, mas ainda não entendi porque o Remetente escolheu pagar.. Acredito que se deixasse esse valor p/ o Beneficario seria diferente, mas não tenho certeza.

    Uma pessoa que fez o procedimento em 30 de dezembro de 2013 (bem recente)

    Data de emissão: 30/12/2013
    Data de pagamento: 02/01/2014
    Moeda: DOLAR DOS ESTADOS UNIDOS
    Taxa de câmbio: 2,3652323
    Valor moeda estrangeira: 3.000,00
    Valor moeda nacional: 7.095,70
    Despesas externas: Remetente
    Detalhes do pagamento: MAINTENANCE (manutenção de residentes)
    Código Swift:
    Alíquota IOF (%):0,38%
    Valor do IOF R$:26,96
    FIN-TRANSF.FINANC.P/EXT.-DESP.EXTERNAS 30/12/2013 = 236,52
    FIN-OPE-TARIFA DE EMISSÃO 30/12/2013 = 117,78
    Valor total para débito: 7.476,96
    Valor Efetivo Total (VET): 2,4923189

  • Alessandra

    Parece que a CAIXA tem valores menores para fazer transferência internacional de 1% do valor contra os 1,66% do BB.

    Ordem de Pagamento para o Exterior – Cobrada na conta do cliente
    Valor em Reais correspondente a 1% do valor da ordemde pagamento em moeda estrangeira, sendo o valor mínimo de US$ 30,00 e o máximo de US$ 100,00.

  • Igor – Porto Alegre

    Apenas uma utilidade pública, tem um cartão pré pago da Conta Super Mastercard. Funciona no exterior (precisa pedir liberação pelo site) e cobra apenas a mensalidade de R$ 4,90, adicionando ao perfil do Facebook ainda devolve 0,5% de cada compra. Não cobra tarifa para recarga. Já usei e funciona.

    • Julio

      Igor por gentileza, vc pode postar o cambio do dolar já com o IOF deste cartão??

      bacana deste cartão e que carrega ate 11 moedas diferentes

    • Bruno Andrade

      interessante, parece que a cotação é comercial +3%, e como o carregamento é feito em real, talvez nao pague IOF

  • Fernando Tacio

    Estou indo para a Europa em março e gostaria de saber qual o melhor dos três bancos que trabalho, Banco do Brasil, Santander e Bradesco é melhor para eu poder ter dinheiro em espécie na Europa? Alguem pode me ajudar?

  • Márcia bruno

    interessante

  • Alessandra

    Eu peguei algumas informações sobre HSBC e CITIBANK

    O HSBC, quem tem conta PREMIER (que não é pra qualquer pessoa), pode abrir conta internacional em 40 países (dependendo das leis locais de cada país) e fazer transferência SEM NENHUMA TAXA, apenas o IOF. Não consegui descobrir qual o cambio, se é comercial ou turismo. Acredito que essa operação seja comercial sempre. Mas o HSBC tem o pior cambio atual, então não sei dizer.

    Porém liguei no CITIBANK e apenas correntistas podem fazer ordem de pagamento internacional e a única taxa cobrada é de $ 50 dólares (para enviar) e o banco no exterior vai pagar seus respectivo valor pra receber, no caso do citibank nos eua é $ 10 dólares, e me informaram que é no dólar turismo a cotação.. mas eu dúvido muito que essa informação esteja correta sobre ser dólar turismo, pois essa operação em qualquer outro lugar é o comercial. Mas aí não sei!

  • Henrique Magalhães

    Amigos, vejam este vídeo sobre valores de compra do dólar em Miami, alguém sabe fazer a conversão correta?. Abraços. http://www.youtube.com/watch?v=jHOX8rxjmIE

  • Larissa

    Pera ai, alguém pode me explicar então porque o Dólar Canadense em espécie está 2,40 e no VTM 2,42? Se em espécie não tem IOF de 6,38% porque o valor está praticamente igual ao no cartão pré-pago?

  • hey joo

    Alguém teve retorno do contato com o Banco do Brasil Americas (BB Americas)? Enviei a mensagem dia 20 e até agora nada.

    • Henrique Magahães

      Oi, eu enviei tb, só que foi dia 21, liguei para o BB Américas e o atendente Alex me falou que tem uma grande demanda, que a abertura deve demorar até 2 semanas. Vamos continuar buscando mais informações.

      • Julio

        Então logo teremos informações por aqui dos correntistas que fizeram a operação! Aguardemos!

      • Julio

        Vc confirmou a isenção da cobrança da remessa daqui de 1,66% com sua gerente do BB?

  • Aline

    Ola,
    Trabalho sempre no exterior e por isso abri uma conta no HSBC na Inglaterra, eh muito simples ja que sou correntista Premier no Brasil. A transferencia de valores eh feita pelo Internet Banking da forma mais simples que voce conseguir imaginar.

    Minha duvida eh com relacao ao imposto de renda… o valor tranferido tem que ser declarado mas entra no calculo de restituicao ou eh so para constar a saida de valores do pais?

    • Julio

      http://www.receita.fazenda.gov.br/PessoaFisica/IR

      Nos posta acima estao algumas INs da Receita que tratam de remessa!

      Nada como a fonte certa para as respostas corretas!

      sds

      • Julio

        Erro….

        Nos posts acima estão relacionadas algumas INs da Receita que tratam da remessa, isenção, etc..

        Consulte um contador que também poderá te ajudar!

        Sds

  • Olá Pessoal,
    Preenchi o Formulário de Contato no site do BB Americas no dia 20/01 à noite. Até agora não recebi nenhum contato (hoje é dia 24/01).
    Sou correntista (Estilo) do Banco do Brasil e imaginei que seria mais rápido…

    Para quem já tem conta no BB Americas, pode dizer quanto tempo demorou para o primeiro contato deles bem como todo o trâmite de abertura da conta?

    • Julio

      Incógnita, os correntistas do BB Americas, a esta altura, imagino que devam ser vários, mas não aparecem por aqui neste post, não divulgam as operações para esclarecer efetivamente taxas, tarifas etc dos bancos. O que temos são informações de gerentes do BB SA e algumas informações de como proceder para abrir a conta BB AMericas. Inclusive postei acima como proceder e com Alessandra fizemos alguns cálculos para analise simples. Porém estamos aguardando um iluminado correntista do BB Americas aparecer e nos ajudar.

      O fato de vc ser correntista do BB (estilo ou private ) Tomaz não lhe da privilegio algum pelo que tenho observado nest post. BB Americas é outro Banco. .

      Curiosidade, vc consultou seu ger. BB para confirmar a isenção de taxas da operação de remessa do dinheiro para o BB Americas, divulgada neste post, alem do IOF? Vc sabe quais são as taxas e tarifas envolvidas?

      Post o que ele lhe falou! Por gentileza! Se souber de algum correntista BB Americas peça para lhe passar a operação toda, como funciona, custo eventual, etc…

      Grato

      • Também não recebi nenhum retorno até agora do formulario que enviei dia 20/01. Não perdi tempo com minha gerente da conta do BB. Ela não sabe responder questões mais simples …

        • João Batista Fulgêncio

          Também sigo no aguardo do gerente BB Americas…

          • Julio

            João, vc falou com quem la ? Telefone?

            Vc confirmou a isenção da cobrança da remessa daqui de 1,66%?

        • Julio

          Vc confirmou a isenção da cobrança da remessa daqui de 1,66%?

          • Caros, não tenho certeza da info abaixo, mas acho que quando se faz uma transferência SWIFT deve-se indicar quem paga as taxas (emissor ou receptor da transferência).
            Assim, estou entendo que ao transferir à partir do BB deve-se indicar que o receptor pagará a transferência e o BB Americas irá identificar que foi à partir do BB e da mesma pessoa e isentar.

            Isto é o que estou entendendo, não tenho certeza, ok?

      • Julio,

        Obrigado pela tua resposta.

        Nem perdi tempo tentando contatar meu gerente do BB. Pelos relatos acima puder notar que eles não estão informados sobre o assunto.

        Se souber de alguém que conseguiu (ou se eu conseguir) posto um comentário.

        Engraçado que há alguns comentários acima de pessoas que dizem que já têm a conta no BB Americas, mas não dizem nada sobre como fizeram para abrir, o tempo que demorou, as taxas…

  • Julio
    • Julio

      fala em isenção no recebimento ….apenas….

  • Cara, não consigo achar em lugar nenhum o que o leitor falou sobre o BB Americas na europa. Como ele não foi tarifado lá se o "sem tarifas" só serve pros EUA?
    Valeu!

  • Julio

    Incógnita 2

  • André

    Senhores,
    Fui ao HSBC hoje , pois sou correntista Premier , para me informar sobre a abertura de conta no exterior .
    A gerente me informou , que para a abertura de conta na França , por exemplo , o correntista que vai apenas como turista não tem essa possibilidade . Pois o que a agência aqui no Brasil faz , é apresentar seus dados ao banco do País de destino . E esse, quer saber se o correntista vai investir , se receberá algum salario , se vai ter algum vinculo a mais com essa agência .
    A pessoa também deve ter a conta no HSBC , há pelo menos 90 dias , ser cliente Premier, além de preencher e apresentar uma série de documentos solicitados pela agência estrangeira .

    Att,

    André

    • Julio

      HSBC esclarecido.

      Banco do Brasil – alguns gerentes de varias agencias do Brasil afirmam que é cobrada normalmente a taxa de 1,66% do swift também para remessa ao BB AMericas. Isenção só do lado do Americas.

      Acompanhando, na esperança que um correntista do BB por aqui nos mostre o contrário.

  • Igor – Porto Alegre

    O pré pago da Conta Super está com dólar R$ 2,59 com IOF até 31 de Janeiro.

  • Vanessa

    Pessoal, recebi um correio do BB Americas com instruções para abertura de conta e algumas outras informações. Segue o mais relevante:

    No Banco do Brasil Americas você poderá usufruir de serviço gratuito para processo de Ordem de Pagamento ao Exterior quando a ordem vier do Banco do Brasil S.A ( Brasil ) para nosso Banco. Neste caso, o cliente paga 0,38% referente ao IOF. O processo reverso também pode ser realizado para envios de “wire transfers” ao custo de US$ 20,00 ( para contas do Banco do Brasil S.A).

    As Ordens de Pagamento do Brasil para os Estados Unidos podem ser realizadas de duas formas:

    -Por meio do Autoatendimento BB na internet: http://www.bb.com.br ( limite de US$ 3.000, por transação e US$ 12.000,00 limitadas a 4 transações por o mês )

    -Por meio de um gerente de relacionamento nas agências habilitadas em câmbio do Banco do Brasil no Brasil ( sem limite de transação )

    O cartão do Banco do Brasil Americas pode ser utilizado em mais de 40.000 ATM’s ( terminais de auto-atendimento ) espalhados pelos Estados Unidos. Para utilização internacional, o cliente paga 1% do valor do saque ( ISA fee ), mais US$2,50 fixos conjugado com o valor estipulado pela instituição detentora do terminal para utilização internacional.

    • Julio

      Ola Vanessa quanto tempo levou para responderem? Quais as documentações exigidas? Podeira postar o email? Grato

  • Julio

    Postando o que recebi…..

  • Julio

    Prezado Cliente,

    Obrigado por escolher o Banco do Brasil Americas!

    Oferecemos a você produtos e serviços de um Banco americano com um sotaque bem brasileiro.

    Abrir conta à distância no Banco do Brasil Americas é bastante simples. Basta que o interessado seja cliente Banco do Brasil no Brasil, apresente documentos de identificação oficiais brasileiros por email e realize um depósito inicial de US$100,00. Instruções e formulários de abertura de conta no final dessa mensagem.

    Sendo um cliente do Banco do Brasil Americas você pode ter acesso à:

    – Facilidades para transferências entre o Banco do Brasil S.A e o Banco do Brasil Americas
    – Produtos e serviços com tarifas compatíveis com o mercado americano
    – Cartão de débito que pode ser utilizado internacionalmente
    – Cartão de crédito ( para maiores informações acesse www. http://www.bbamericas.com/pr/ccard.html )
    – Atendimento em 3 línguas de sua preferência ( português, inglês e espanhol )
    – Financiamento imobiliário

    No Banco do Brasil Americas você poderá usufruir de serviço gratuito para processo de Ordem de Pagamento ao Exterior quando a ordem vier do Banco do Brasil S.A ( Brasil ) para nosso Banco. Neste caso, o cliente paga 0,38% referente ao IOF. O processo reverso também pode ser realizado para envios de “wire transfers” ao custo de US$ 20,00 ( para contas do Banco do Brasil S.A).

    As Ordens de Pagamento do Brasil para os Estados Unidos podem ser realizadas de duas formas:
    -Por meio do Autoatendimento BB na internet: http://www.bb.com.br ( limite de US$ 3.000, por transação e US$ 12.000,00 limitadas a 4 transações por o mês )
    -Por meio de um gerente de relacionamento nas agências habilitadas em câmbio do Banco do Brasil no Brasil ( sem limite de transação )

    A conta do Banco do Brasil Americas pode ser classificada em 2 modalidades distintas representadas no quadro abaixo:

    Condições para isenção da taxa de manutenção mensal:Características:Taxa de serviço mensal*:
    (Se não atendida a exigência de saldo)
    BASIC$1.000 em saldo mínimo em Conta Corrente ou Aplicações
    ou
    Credito de Proventos em conta mensalmenteTransações correntes ilimitadas
    Cartão de débito
    Limites Diários: $500 Saques / $1,500 Compras
    Banco On-line
    Pagamentos de Contas
    Extratos Eletrônicos $10
    GOLD$5.000 em saldo mínimo em Conta Corrente
    ou
    $10.000 de saldo, somando a Conta Corrente e AplicaçõesTransações correntes ilimitadas
    Banco On-line
    Pagamentos de Contas
    Extratos Eletrônicos
    Talonário de Cheques
    Cartão de débito Gold
    Limites Diários: $1,000 Saques / $3,000 Compras
    Cheques administrativos sem taxas $15

    *Valor sujeito à alteração

    Sugerimos aos interessados residentes fora dos Estados Unidos a abertura da conta Gold. Em muitos casos de viagem aos Estados Unidos, o limite de compra para conta Basic ( US$ 1500,00 diários ) não é suficiente e, dessa forma, possuindo uma conta gold o cliente passa a ter limite de compras de US$3.000,00 diários .

    • Julio

      Após a abertura da conta, com a realização do depósito inicial, o Banco dará inicio à produção do cartão de débito, que poderá ser entregue em sua residência ou retirado nas agências do Banco do Brasil Americas. O envio do cartão de débito possui um prazo de 2 a 3 semanas para ser entregue ao cliente nos Estados Unidos.
      Para os clientes que desejam receber o cartão em outro país, o prazo para envio está em torno de 4 semanas ao custo de US$50,00 por conta do cliente

      O cartão do Banco do Brasil Americas pode ser utilizado em mais de 40.000 ATM’s ( terminais de auto-atendimento ) espalhados pelos Estados Unidos. Para utilização internacional, o cliente paga 1% do valor do saque ( ISA fee ), mais US$2,50 fixos conjugado com o valor estipulado pela instituição detentora do terminal para utilização internacional.

      O Banco do Brasil Americas também trabalha com financiamento imobiliário para clientes não residentes. O primeiro passo para adquirir crédito imobiliário é abrir uma conta conosco. Para tarifas e juros, condições de financiamento, documentação e requisitos básicos favor solicitar atendimento especializado de um Oficial de Empréstimo. Para tanto, envie uma mensagem para csc@bbamericas.com escrevendo no título “ Banco do Brasil Americas – Solicitação de Informação Para Financiamento”

    • Prezado Julio
      Você não poderia disponibilizar esse formulário que veio anexo ao email do Banco para abertura da conta??? Estou a dias esperando uma resposta do Banco e nada!!!

  • Julio

    Instruções para abertura de conta

    Envie email, solicitando abertura de conta para aberturadeconta@bbamericas.com sob o título “Abertura de Conta- Cliente BB”. Na mensagem, deve constar o número da agência do Banco do Brasil onde sua conta está aberta e ativa, juntamente com o formulário em anexo preenchido, comprovante de endereço no seu nome e cópias de dois documentos de identificação válidos (Passaporte, Visto, RG, CNH ). Em seguida, processaremos sua solicitação e enviaremos as instruções para o depósito inicial, que ativará sua conta. Uma vez que os fundos encontrarem-se disponíveis em sua conta, seu cartão de débito entrará no processo para ser produzido e você receberá confirmação da ativação de conta, via email, com sua senha temporária de acesso à Internet Banking.

    Nota: O número de Social Security é necessário apenas para pessoas residentes nos Estados Unidos independentemente da nacionalidade.

    Atenciosamente,
    Banco do Brasil Americas

  • Luma

    E em relação ao cartão de débito do banco? Considerando se o dólar estiver estável, não acaba saindo mais barato que o cartão de crédito? Ou a cotação usada no débito e no crédito de um mesmo banco são as mesmas?

  • Carla

    CONTATEI O BB AMERICAS E ACHO INTERESSANTE ESCLARECER:
    – o envio do cartão de débito para o Brasil custa USD 50 e pode levar até 4 semanas;
    – eles recomendam a abertura de uma conta intermediária (tarifa USD 15/mês), tendo em vista que a mais básica somente permite gastos diário de USD1500

  • Eduardo

    Prezado

    Vou viajar para Portugal e ficar na casa de amigos. Seria interessante eu transferir o dinheiro (R$) para a conta bancária deles (em portugal)?
    Fazendo isso eu pagaria IOF?

  • Olá, gostaria de saber se o valor de cambio praticavel pelo BB das Americas é competitivo com o mercado. Alguem sabe onde posso me informar sobre o valor de cambio?

  • Hospedagem Floripa

    GRANDES DICAS…. Tudo que ajuda a fugir de imposto (desde que seja de forma legal) é ótimo, ainda mais para quem esta com os gastos da viagem.

  • Gil

    Cerca de uma semana atraz ouvi na TV noticiario que :
    "transferencia de dinheiro do Brasil para exterior, de um beneficiario para o mesmo beneficiario, ( sendo q o beneficiario e' NAO RESIDENTE NO PAIS ) seja tenha conta no exterior e no Brasil) dentro de uma mesma empresa financeira, os 0.38% IOF nao devem ser cobrados.
    Sera Verdade?
    Onde encontro isso por escrito ??

  • dirci

    Gente, e prá Noruega? Tres pessoas me disseram que é melhor levar meu cartão do banco e sacar lá, porque se eu trocar por euro aqui, vou ter taxas duas vezes, já que no destino final, terei que trocar os euros por coroas. Alguém aí tem alguma experiencia pra compartilhar?

  • Estou pensando em sacar uma grana em reais aqui e comprar dólares lá. Será que vale a pena?

  • Tiago

    Alguém descobriu qual é a taxa cobrada para transferir dinheiro do Banco do Brasil para o BB America?

  • Pessoal…. alguém que recebeu a resposta do BB AMERICAS poderia fazer o favor de postar na rede o tal do formulário que tem que responder??? Vai fazer dias que segui as orientações do MD e ninguem do banco me respondeu nada!!!!

  • Fui me informar sobre as contas internacionais e consegui reunir estas informações:

    HSBC – Provavelmente o cadastro não é aprovado, se você não for morar um tempo no país (fazer um curso, trabalhar, etc). Você precisa ter a conta premium por 3meses para que submetam à análise da conta internacional, nos 3 primeiros meses a conta premium é gratuita e depois a taxa de manutenção é de R$59,90 (ai!) e você precisa comprovar renda de R$10mil/mês para ser premium. Não sabem informar taxas e tarifas da conta internacional.

    BBAméricas – As únicas agências que sabem dar algum info são as agências BBEstilo. Você também precisa de 3 meses de BB para abrir a conta internacional, mas não sei se preciso ser de alguma categoria específica aqui no Brasil pra isso.Não sabem informar sobre as tarifas também, no BBAmericas diz (http://www.bbamericas.com/pr/fee-schedule.html) mas não entendi algumas delas como a "Taxa percentual anual sobre saldos diários".
    Como relação aos tipos de conta do BBAméricas vocês podem encontrar aqui: http://www.bbamericas.com/pr/personal-checking.ht
    Quem já tem essa conta e pode me dar mais informações???
    Abs!

  • Alexandre Grose

    Acabei de abrir um conta no BB americas, fui na agencia em Miami, e me pediram um comprovante de residencia do Brasil. Foi rapido e facil. Estou esperando o cartão chegar, e acabei de fazer uma transferencia "teste" de minha conta do brasil, para a conta no exterior. Muito facil.

    • Renan

      E as taxas? Transferiu quanto e recebeu quanto na conta?

  • Vanessa

    Pessoal, recebi os documentos para assinatura do BB Americas.

    Também me enviaram as regras tarifárias e me preocupei com a seguinte regra:
    "Visa USA charges us a 8% International Service Assessment on all international transactions, regardless of whether there is a currency conversion. If there is a currency conversion, the International Service Assessment is 1% of the transaction. In either case, we pass this international transaction fee on to you."

    Ou seja, para quem quiser usar na Europa ou em qualquer outro país fora dos EUA, não vale apena usar este cartão.

  • Guilherme

    Também estou "meio assim" sobre se para enviar o dinheiro do BB SA para o BBAmericas paga a taxa de 1.66%… porque, como já disseram nos comentários, no site apenas fala que é isento de taxas para RECEBER no BBAmericas.

    No entanto, num .pdf (perguntasclientesbb) tem o seguinte:

    "É possível transferir fundos de uma conta corrente no Brasil para outra conta junto ao BB Americas. As tarifas
    para efetuar esta transação “ordem de pagamento ao exterior” variam de acordo a instituição financeira; se
    informe junto ao seu banco.

    Ordens de Pagamento ao Exterior entre contas BB SA e BB Americas são isentas de qualquer tarifa bancária;
    apenas o IOF de 0,38% será applicado" (sendo essa ultima frase destacada com sublinhado)

    E aí? =(
    (tambem fico no aguardo de alguem que já tenha realizado algumas transferências para informar se teve que pagar algo a mais que o IOF)

    Obrigado =)

    • Guilherme

      só para complementar, no mesmo .pdf tem isso aqui também:

      "10. Outras pessoas podem fazer transferência de uma conta do BB SA para a minha do BB Americas sem pagar
      taxas?
      Sim. Qualquer pessoa que seja correntista do BB SA pode efetuar Ordem de Pagamentos ao Exterior-Swift sem
      pagar quaisquer tarifas."

      fica claro então que eles afirmam que para ENVIAR também não é cobrada nenhuma taxa!!!
      Ou é uma cortesia mesmo ou baita propaganda enganosa.

  • 9misticos

    Tabela de Tarifas HSBC https://www.hsbc.com.br/1/PA_esf-ca-app-content/c

    Tabela de Tarifas Banco do Brasil http://www.bb.com.br/docs/pub/trf/tarifasPF.pdf

    Olá pessoal;
    Quero dar uma pequena contribuição à discussão de alto nível que aqui se encontra.
    Acima estão os links das tabelas de tarifas do HSBC e BB.
    Me parece mais interessante o HSBC.

  • 9misticos

    Levar dinheiro em espécie, o IOF será de 0,38% .

    Porém, comprar a moeda por um valor 6% acima da cotação do mercado, vai dar na mesma, ou até, sair mais caro, dependendo da cotação.

  • Fernando

    E se eu comprar um cartão pré-pago que vende nos EUA nas farmácias (CVS, Wallgreens etc) e carregar com dólar direto no caixa?

    Só pagaria o IOF de 0,38% no Brasil pra comprar o papel e carregaria o mesmo nos US nesses cartões pré-pagos que são vendidos em lojas de departamento/conveniência.

    Alguém já fez isso?

  • Mariana Vasconcelos

    Esses comentários são excelentes, ajudam muitoooooooo.
    Mas gostaria de uma ajuda. Pelo que vi o BB americas é a melhor opção pra quem precisa de dólares. No meu caso vou pra inglaterra estudar, preciso comprar libras e tenho uma boa quantia em reais no banco do brasil. Qual seria a melhor alternativa nesse caso, levando em conta que o BB Americas não tem insenção de taxas para conversão em libras ?
    Posso sacar em reais numa agencia do BB em Londres, sem pagar taxas?

  • Michelle

    fiz a solicitação para abertura de conta no banco das americas – BB e não obtive resposta…. preenchi o formulário e enviei email, porém não tive resposta. Alguém conseguiu realizar esta abertura?

  • Valdjn

    Caro Denis Carvalho e demais,
    Quero usar as formas alternativas, e pelo que avaliei que o BB Américas é ideal para quem viaja para os USA, pois para a Europa terá 1% de ISA Fee + 2,50 USD Fixo + taxas conjugadas do terminal, já para as compras feitas no PDV(maquineta) não achei nenhuma informação se há cobranças. Enfim cheguei até a iniciar a abertura da conta lá, mas a fila de atendimento está bem lenta fiz o pedido a duas semanas e nada até agora.
    Então avaliei as taxas do Neteller e para quem vai para a Europa é basicamente "quase" a mesma coisa de ter um cartão pré-pago nacional mas sem o IOF de 6,38%, já que usando Transferência bancaria para o Exterior sera cobrada apenas a taxa do seu banco pois o recebimento no Neteller é gratuito. https://help-pt.neteller.com/app/answers/detail/ahttps://help-pt.neteller.com/app/answers/detail/a

    A questão é sobre a confiabilidade do Neteller, o MD fala que ele é o prepaid mais conhecido, que para mim já é uma boa referência, mas quem já usou de fato o serviço? quem já fez ordem de pagamento para o exterior na sua conta Neteller e usou o NET+ em compras na Europa?
    Gostaria de ter esse retorno pois também achei estranho esse link abaixo onde eles falam que pode ser usado nos USA mas não é possível consultar a sua conta de lá, senão sera encerrada: https://help-pt.neteller.com/app/answers/detail/a
    E então? alguém já usou o Neteller na Europa pode dar o seu depoimento?
    Obrigado!

  • Marina

    Eu ainda acho vantagem levar o travel money para viagens mais longas. Este post revela também as razões: http://bagagemcompleta.blogspot.com.br/2014/01/al

  • Isadora Lima

    Estou estudando na Europa mas tenho um quarto alugado no Brasil e recebo todo mês o depósito em conta. Como faço para transferir esse dinheiro mensalmente p cá pagando o menor IOF possível? Faço uma transferência direta da minha conta no Brasil p minha conta aqui na Europa?

  • Giordani

    Pessoal, vou à Europa e penso em levar um valor mínimo em espécie para as pequenas despesas (gorjetas, água, lanches e alguns ingressos) e o restante pagar com cartão de crédito (restaurantes, bares, cartão do trasporte público, etc.). Os hotéis e trens já estão pagos.
    A dúvida é a seguinte: li em alguns lugares que poderão me exigir algum dinheiro em espécie na hora de fazer a imigração.
    Chegarei por Lisboa, mas passarei por Londres (onde também se faz imigração, certo?).
    Isso é verdade? Ou basta mostrar as faturas com os limites dos cartões de crédito?
    Obrigado!

  • ola boa tarde e as empresas brasileiras que exportam seus produtos para exportações para o Irã, como receber o pagamento aqui no Brasil, pois os bancos iranianos estão em sansões com os bancos de todo o mundo.

  • Ja vi alguns poucos comentarios falando sobre a Western Union. Estou passando uma temporada de 6 meses aqui para o doutorado-sanduiche, e a primeira parte do dinheiro trouxe em especie (6 mil dolares). Nao e a melhor solucao, ate porque as casas de cambio e bancos estao cobrando caro pelo papel-moeda (na Cotacao, consegui um valor mais barato que o cobrado pela Caixa Economica, e pude pagar com cheque). Mesmo assim, ainda compensava, por causa do IOF.
    Agora, o restante do dinheiro foi depositado no Brasil, e nao queria usar o debito aqui. Fazendo os calculos, a melhor solucao foi a Western Union. E possivel fazer tudo por telefone (eles tem um numero para ligacoes internacionais), o preco do dolar estava bom, e, mesmo com as taxas cobradas por eles, foi o mais barato. Algo em torno de 170 reais para transferir quase 3 mil dolares. O IOF e de 0,38%. Eles te dao o numero da conta deles no Brasil, e vc faz um DOC ou TED da sua conta para a deles. Outra pessoa tb podem enviar o dinheiro para voce, e ela so vai ter que dar seu nome e a cidade de destino. Pode haver diferenca de cotacao do dolar na WU fazendo a transacao por telefone ou internet. Em dois ou tres dias o dinheiro esta disponivel nos EUA.
    Para quem vai viajar, vale fazer essa operacao toda um pouco antes, chegar nos EUA, recolher a grana e carregar um cartao pre-pago daqui (custam, em media, 5 dolares). Estou usando o Bluebird do Walmart, com bandeira American Express, e esta sendo bem aceito (mas ele nao e recarregavel), inclusive para compras online.

  • bitcoin = 0% taxa

  • Oi galera, alguém consegui abrir uma conta no Banco do Brasil da Americas recentemente ? Se sim, como vocês estão procedendo ?

    • Rafael

      João, veja o post que coloquei abaixo

  • Luana Magnani

    Denis, em setembro vou fazer uma viagem de 10 dias aos Estados Unidos. Meu namorado está morando lá e então ele tem uma conta aberta. Na sua opinião, seria vantajoso eu levar todo o dinheiro em espécie e depositar na conta dele assim que chegar? Creio que seja uma alternativa viável para fugir do IOF dos cartões pré-pagos e de crédito.
    Obrigada!!

  • Rafael

    Pessoal, sou corretista do BB e do HSBC.
    Ontem e hoje (3 e 4 de Junho de 2014) estive pesquisando e conversando com os bancos sobre a possibilidades de aberturas de contas internacionais e segue os retornos que tive:

    No HSBC eles tem o "Global View" que é muito bom para administrar as várias contas e fazer transferências entre elas.
    Para criar uma conta é muito tranquilo e bem rápido, porém há duas exigências:
    – Ser corretista "Advanced" ou "Premiere" (tem que ter um rendimento mínimo para se enquadrar em uma delas).
    – Comprovar que residirá por pelo menos 6 meses ou ter um imóvel no país desejado.

    No BB Americas, tentei contato por e-mail (csc@bbamericas.com) pois não achei o tal fomulário de contato pela página.
    Abaixo mando (resumidamente) as trocas de mensagens que fiz por e-mail.
    De qualquer forma, resumo algumas observações que acho importante citar e que não ficaram bem resolvidas (pelos comentários que li)
    – Pode ser aberta uma conta para um estrangeiro (não residente nos EUA).
    – Porém, atualmente a abertura de contas é só presencial (nas agências)
    – Documentos necessários: "Duas formas de identificação(uma com foto), um comprovante de residência e um depósito mínimo de US$100.0"
    – Atualmente realizam abertura de contas somente nas agencias no Sul da Florida
    – A conta trabalha unicamente com dólares.

    Segue o log da troca de mensagens com o pessoal do BB Americas:

    From: Customer Support Center
    To: Rafael
    Prezado Rafael,
    Nao ha possibilidade de abrir essa conta sem estar presente fisicamente em nossa agencia. A conta e somente em Dolar por sermos um banco domestico Americano.

    From: Rafael
    To: Customer Support Center
    ok, mas como disse, moro no brasil. Como faço para abrir a conta remotamente?
    outra dúvida importante: A conta trabalha apenas com Dólares ou posso trabalhar com Euro?

    From: Customer Support Center
    To: Rafael
    Prezado(a) Cliente,
    Atualmente estamos realizando abertura de contas somente em nossas agencias no Sul da Florida. Para que o cliente consiga abrir sua conta serão necessários os seguintes documentos:

    Domestic Clients

    Foreign Clients
    Duas formas de identificação(uma com foto) e um comprovante de residência. Sera necessário para qualquer abertura de conta um deposito mínimo de US$100.00 no momento da abertura. Nossas agencias estão abertas de Segunda a Sexta das 9am as 4pm.

    From: Rafael
    To: Customer Support Center
    Boa tarde,
    Me chamo Rafael "…" , sou Brasileiro, residente no Brasil e corretista do Banco do Brasil.
    Gostaria de verificar a possibilidade de abertura de uma conta no BB Americas.
    É possível?
    Como a abertura da conta é feita?
    A conta trabalha apenas com Dólares ou posso trabalhar com Euro?

    • leonardo

      A exigência de abrir a conta pessoalmente já está mudando

  • sonia

    o cartão pre pago foi uma forma eficiente para mim, uma vez que fui depositando mes a mes e me facilitou muito em virtude de não possuir o montante para os 6 meses de estadia da minha filha no intercambio.

  • leonardo

    A exigência do BB Americas de abrir a conta pessoalmente nas agências está mudando.
    Semana passada, após receber a informação de que somente era possível abrir a conta pessoalmente, insisti em "há alguma previsão de reativação da modalidade de abertura pela internet?" e obtive resposta que "deverá aguardar lançamento de novos produtos em julho".
    Para minha surpresa, dois dias após recebi formulários novos no e-mail, enviei os formulários por e-mail e posteriormente por correio (conforme orientações enviadas) e ontem recebi confirmação da abertura da conta, incluso o número de conta.
    Hoje (17-06), consegui fazer transferências normalmente pelo Internet Banking entre minha conta BB e minha conta BB Americas, mas o $$ leva 3 dias úteis para ser creditado.
    Resta aguardar a chegada do cartão de débito!!
    Se alguém tiver interesse em abrir por email, não custa tentar contato !!!!!

    • como você procedeu ?

    • Adriana

      Enviei um e-mail para eles hoje e já recebi a resposta. Eles dizem que a abertura de conta corrente via internet está suspensa e que, caso eu seja bolsita da Caps/CNPq, posso adquirir um cartão pré-pago. Como não sou bolsista, respondi o e-mail perguntando se existe uma previsão de quando o serviço de abertura de conta via internet estará disponível. Estou no aguardo da resposta deles. Vou ficar quase um ano estudando nos Estados Unidos, não quero de jeito nenhum ter quer pagar 6,38% de imposto toda a vez que transferir dinheiro, acho um absurdo…

    • Adriana

      Oi Leonardo, você poderia informar para qual e-mail você enviou este questionamento? Tenho insistido mas a resposta que recebi é que eles só vão finalizar os processos iniciados até o final da abril e ainda não tem previsão para estes novos produtos.

  • Denise

    Olá,minha filha vai a Disney e tenho 1500 dolares em espécie pra mandar.Tenho medo pela segurança do transporte desse dinheiro.Mas ela vai levar dessa forma mesmo.
    Fiz um Visa Electron international e um Confidence de débito pra ela.O Confidence sei que tenho que recarregar pagando o dolar turismo mais os malditos 6,38%.
    E o Visa Electron do Banco do Brasil?Alguém sabe como funciona?Ela paga as compras lá em débito e o valor é na hora debitado da conta dela aqui?Como é feita a convrsão?

  • Renata

    Lendo os comentários vi que a maioria que menciona a abertura de conta pelo BB Americas fará viagem para os EUA. Como fica a situação se a viagem for para a Europa? (tenho intercâmbio de quatro meses em Portugal). Alguém sabe responder? Obrigada.

  • Ismael P. Santos

    Boa Noite,

    Fui criar minha conta para receber meu cartão BB Americas e a primeira pergunta feita pelo cadastro é qual tipo de cartão eu gostaria:

    Eu tenho um CPF e desejo obter um cartão Chip EMV
    Eu tenho um CPF e desejo obter um cartão de Mag-Stripe

    Gostaria de saber qual tecnologia é a mais aceita nas lojas dos EUA (mais especificamente em Orlando) ???

  • A utilização do cartão de crédito com a venda das milhas obtidas é um cenário que não foi abordado onde o Cartão de Crédito passa a ser a saída de menor trabalho (pois é só usar o cartão que vc já possui) e de custos mais baixos (pelas contas abaixo). Fazendo uma conta rápida:
    — Cartão de Crédito que recompense 2pts/dólar (no final dei o resultado para os que recompensam 1,5 ou 1 pt);
    — US$10.000,00 gastos = 20mil pts = R$600,00 de IOF (considerei 6% de IOF pq em qualquer das outras opções incide o 0,38%).
    Pelo sites de comercialização via internet o preço médio das milhas que tenho vendido fica na casa dos R$350,00 a cada 10mil pts, ou seja,
    — 20mil pts vendidos = R$700,00
    — IOF – Milhas = Lucro de R$100,00 (1%).. Se o seu cartão pontua 1,5pts seu prejuízo é de R$75,00 (0,75%), se 1pt prejuízo de R$250,00 (2,5%)..

    Assim, além de conseguir zerar o IOF com a venda da milha tenho as vantagens do CC já narradas no post:
    – acúmulo de pontos; – simplicidade no uso; – controle de gastos discriminados na fatura; – seguros de viagens incluídos; – taxa de câmbio mais atrativa; – aumento do relacionamento com o Banco para zerar anuidades/ conseguir cartões melhores e etc.

    As desvantagens são as narradas aqui no post, menos agora o IOF: – variação cambial desde a compra à data do pagamento da fatura; – aceitação.

    No meu caso em específico este foi o melhor cenário q encontrei. Tinha me interessado por esta opção do BB América, mas pela narrativa do pessoal aqui vi que é uma trabalheira só e ainda eu teria que empacar um valor na conta lá para evitar as taxas.. Aí prefiro o trabalho de vender as milhas q já estou habituado…

    Por fim, não posso me esquecer de dar os parabéns ao MelhoresDestinos, por mais um post muito completo! PARABÉNS!

    • Régis

      Excelente! Baita ponto de vista, parabéns! Farei essa opção pois também é a mais cômoda.

    • Breno

      Sua conta tá errada.
      Na verdade US$10.000,00 x 6% (diferença do IOF) = US$ 600,00 = R$ 1.440,00 (considerando dólar a 2,40).

      Os prejuizos que você vai tomar são:
      – 2,2 pontos: R$ 670 (2,79% = R$ 670 / R$ 24000)
      – 2,0 pontos: R$ 740 (3,08% = R$ 740 / R$ 24000)
      – 1,5 pontos: R$ 915 (3,81% = R$ 915 / R$ 24000)
      – 1,0 pontos: R$ 1.090 (4,54% = R$ 1090 / R$ 24000)

      R$ 24000 são os US$10.000 (cambio a 2,40).

  • Glenda

    Posso transferir dinheiro em reais para minha amiga na suíça sem pagar o IOF de 6,38% lá ela consegue sacar em francos suíços ou trocar em Euro normalmente?

  • Adenia

    Olá, eu fui em uma loja de eletrônicos procurando uma maq. fotográfica. O vendedor me garantiu que a dele era melhor, alegando que o Best buy eram com lentes sem estabiladeres.
    me enrolou doreitinho.
    Meu esposo estava com fome e queria acabar logo com aquilo e por fomos enrolados, por um péssimo profissional, sem caráter algum.

    Eu disse a ele que eu ia almoçar e voltava, enquanto isso eu pensava melhor.
    Só que ele não deixou eu sair de lasai de lá justamente para não encontrar outra mais barato, porque eu não voltaria mesmo. O dele é um absurdo!

    Ele me cobrou quase $500 dólares a mais do que está no walmart, detalhe, a câmera do walmart é até melhor.
    Infelizmente comprei uma câmera nesse lugar: (Internacional Electrónico Superstore no Sawgrass).
    O vendedor Eli e o seu gerente, um baixinho, disse que devolveriam, se ele estivesse mentindo.
    Na proóxima semana eu vou até a loja, não vou sozinha,, quero ver o que ele vai fazer.
    Se tiver que chamar a polícia, eu não me importo, eu não tenho pressa, inclusive vou levar as postagems de pessoa que passaram pelo mesmo problema que eu.
    Eu vou pra la e só saio quando resolverem, já para ele, acho que não vai ser bom ter uma possua na loja como eu, extremamente nervosa que foi enganada.
    Eu liguei lá, pois estou em Orlndo e eles me disseram que está escrito na nota que não trocam, mas eu só vi depois que comprei e cheguei no hotel. Pois como ele disse que eu poderia devolver, fiquei tranqüila qu ela jamais mentiria para um cliente, senão a pessoa devolveria tudo e é isso que vou fazer.

    Eu estou de férias e esse cara ta querendo estragar tudo, mas não vai.
    Fiquem longe dessa loja, e se puderem repassem ao maior número De pessoas posssíveis.

    • Marc

      Lembre-se que você está nos EUA. E existe o direito de arrependimento da compra efetuada. Retorne à loja e diga que você quer devolver o produto.

  • Ramon

    Vou aos EUA daqui a uma semana. Em um blog com uma postagem referente à melhor opção (dinheiro em espécie, cartão de crédito, cartão de débito, etc.), antiga, diga-se de passagem, descobri que a melhor opção seria a compra com cartão de débito. Hoje fui ao Banco Santander e lá soube que o imposto para o uso do cartão de débito aumentou bastante. Com essa informação, mudei os planos e já fiz a compra de dólares.
    Em uma pesquisada sobre o assunto, encontrei esta postagem do Melhores Destinos. Site que inclusive acompanho com frequência. Achei muito interessante.
    Infelizmente, nós, viajantes, perdemos uma grande vantagem!

  • TVizzotto

    Boa noite pessoal.
    Descobri uma maneira que é praticamente "livre de impostos". Basta ter uma pessoa conhecida morando no/em (um dos) país(es) que você irá visitar, com conta corrente em algum banco local.
    Pelo menos no Reino Unido, quem emite travel cards são os correios, verifiquem no site http://www.postoffice.co.uk/travel-money/card

    Aí que entra o conhecido… a pessoa pode solicitar e carregar um cartão nos correios (carga mínima de £50 e máxima de £5,000) e te enviar para a sua residência no Brasil antes da viagem. Como o cartão é "ao portador" da pra gastar o saldo tranquilamente.

    As únicas taxas envolvidas são o despacho do cartão para o Brasil (£10), e a taxa de remessa de moeda para a conta do conhecido no exterior (em torno de R$ 200,00 dependendo do banco e da modalidade da sua conta)

    • Sergio

      TVizzotto, na transferência internacional entre bancos há o IOF de 0,38% e, ainda, a tarifa de recebimento do banco no exterior.

  • Amigos,

    Fui abrir uma conta agora no BB Americas e o cenário mudou bastante. No primeiro parágrafo do email, um aviso:

    "Atenção: A abertura de conta para clientes do Banco do Brasil SA que residem no Brasil esta disponível novamente. Estamos oferecendo uma conta corrente diferenciada, conforme abaixo, para este público. Considerando esta nova e única conta corrente disponível agora, qualquer pedido feito após 1 de Maio de 2014 será desconsiderado. Um novo pedido de abertura de conta deverá ser encaminhado, seguindo os procedimentos descritos abaixo. Obrigado."

    Logo abaixo, o que me assustou:

    "Abrir conta à distância no Banco do Brasil Americas é bastante simples. Basta que o interessado seja cliente Banco do Brasil no Brasil, apresente documentos de identificação oficiais brasileiros por email e realize um depósito inicial de US$2.500,00 (WAAAT???). Instrução e formulário para abertura de conta em anexo."

    "- Condições para ISENÇÃO da taxa de manutenção mensal: $10.000 de saldo mínimo, somando Conta Corrente e Aplicações"

    A taxa de manutenção para quem não for isento é de $15, sendo esse o único pacote de serviço que eles oferecem.

    Os limites diários de movimentações são $1.000 para saque e $5.000 para compras.

    Outro aviso:
    "Após a abertura da conta, com a realização do depósito inicial, o Banco dará inicio à produção do cartão de débito, que será entregue em sua residência. O envio do cartão de débito possui um prazo de 2 a 3 semanas para ser entregue ao cliente nos Estados Unidos.
    Para os clientes que desejam receber o cartão em outro país, o prazo para envio está em torno de 4 semanas ao custo de US$60,00 por conta do cliente"

    Resumindo (1): Para garantir que até o momento da viagem você terá a conta aberta é bom iniciar o processo uns 3 meses antes, sendo 1 mês só pra chegar o cartão no Brasil. Só nessa brincadeira já foram $15 de manutenção da conta x 3 meses + $60 pelo envio do cartão para o Brasil = $105, foram ter que já fazer o depósito de $2.500 e o tempo gasto em todo esse processo.

    Resumindo (2): Se seus gastos forem altos a ponto de valer a pena tantas taxas, a abertura de conta vale a pena.

    Abraços.

  • Paul W Dixon

    Outra opção – se mudar do Brasil.

  • Catarina

    Vocês fizeram o post todo pensando em dólar. Os EUA não são aúnica opção de viagem internacional!

    Ou façam um post mais geral dando dicas pra quem vai viajar para outros países (da América Latina e Europa pelo menos) ou mudem o título do post especificando que ele se refere aos EUA.

    Eu vim aqui procurando dicas porque vou viajar para a Argentina.

  • Boa noite, estou indo para São Francisco – CA, no final de novembro e vou levar mais de R$10.000,00 em dólares para lá, pois vou estudar e ficar três meses, minha mãe trocou dólar para mim também, tem algum problema?

    Não estou afim de usar cartão de crédito, quero outra opção de cartão que não pague IOF ou tanta taxa, alguma sugestão que de nesta cidade? Obrigado, abraço!

  • daniel

    Já fui para NY algumas vezes e quando vou fico sempre por volta de 1 mês, e para passar bem mesmo e fazer compras levo em torno de 5K dólares, mas vamos dizer que uns 3K já dá pra curtir legal sem passar perrengue, só tem que controlar nas compras. O que funcionou melhor pra mim foi dinheiro em espécie e um pouco no cartão traveller. Digamos que 4K em espécie e 1K no traveller. Basicamente com dinheiro vivo não tem erro, o traveller é mais para ter um backup, uma forma alternativa de pagamento como a própria matéria sugere, para quando vc não tá com o dinheiro na mão e ve algo legal, ou para refeições rápidas, café da manhã, etc..as vezes vc não quer abrir aquela nota de 100 ou 50 pq depois vc perde o rastro do troco.

    Claro que tem o risco, mas tirando isso, só vejo vantagens, para controle dos gastos não tem extrato, usei o bom e velho papel e caneta, aqui no Brasil sou um relaxo para controle financeiro mas lá funcionou muito bem, claro que trabalhando com alguns arredondamentos, não precisa chegar nos centavos. É importante também separar os gastos em categorias, refeições, eletrônicos, turismo (passeios, baladas etc), roupas…não muito mais do que isso, e se puder ir do Brasil com umas metas de quanto gastar em cada uma dessas categorias ajuda muito principalmente para quem é marinheiro de primeira viagem.

    Evito usar cartão de crédito lá, pq além de ser bem mais fácil encrencar na comunicação com os bancos daqui e vc passar um carão, ainda tem essa burocracia toda atual que enche o saco, além disso já passei uma situação em uma loja grande de instrumentos musicais lá (guitar center) de fechar uma compra no cartão, e usarem aquele sistema antigo de decalque em papel carbono, muita gente nem sabe do que se trata, mas é como se usava o cartão de crédito antigamente antes dos terminais eletrônicos, isso dá muita margem para fraude. E depois aqui no Brasil para vc provar que focinho de porco não é tomada vcs já devem ter idéia de como é, por isso prefiro não arriscar. No papel não tem erro.

  • Janete Campos

    Oi tudo bem? Serei rápida… tenho uma dúvida.
    Vou ficar apenas 18 dias em Dublin… a estadia será do meu namorado que é irlandês, ele fará a carta convite… porém vem minha dúvida em relação ao dinheiro.. apenas 600 euros dá pra eu levar sem problemas? É uma quantidade legal?
    Meu namorado comprovará que estará responsável por mim como alimentação, estadia… etc.. ajudaria? Sou obrigada apresentar cartão internacional? Só em espécie teria problema ao apresentar na imigração…?

    gente que dúvida cruel…

    Por favor aguardo sua resposta…
    Obrigada
    Janete

  • Silvia

    Boa noite
    Esse valor de R$ 10000,00 ( quando fui pela primeira vez disseram que era U$ 5000,00 por adulto)
    Sempre levei esse vlr 5000,00 dólares por adulto.
    Numa das vezes o agente da imigração disse pro casal que viajava conosco que eles permitem que leve mais, basta pagar o imposto.
    Mas como foi meio constrangedor (eles tinham levado a mais e tiveram que contar nota por nota (inclusive o que tinham em reais) na frente do agente), nunca consegui que falassem que imposto é esse e qual a % dele. Sempre desconversam.
    Alguém sabe informar algo à respeito?

  • Rafael

    Boa noite!.
    Uma dúvida, posso comprar dolares em espécie (pagando IOF 0,38%) que esteja mais barato em uma casa de câmbio e depois depositar esse dolares em espécie no VTM em outra casa de câmbio? Isso é possível? Dessa forma eu não pagaria os 6,38% de IOF?

    • Marcelo

      Até onde eu sei, não rola não, Rafael… Só dá para recarregar o VTM pagando em reais… É aí onde eles te comem com o câmbio… Valor do dólar turismo + 6,38%…

  • Patricia

    O cartão de crédito ainda é a melhro opção. Primeiro pela segurança, segundo que é 6,38% do dólar comercial e o valor do dólar em corretoras ou bancos para compra em espécie está absurdo…mesmo pagando 0.38% de IOF dá bem mais que a taxa do cartão de crédito.

    • Ricardo Inocencio

      É verdade Patricia, levando em consideração os valores elevados das empresas de cambio, vale realmente pagar os 6,38% de IOF, baseado no dólar comercial.

  • Bruno Neri Torquato

    UPDATE: Tentei abrir uma conta no BB Americas e fui informado que o processo de abertura de contas está temporariamente suspenso.

    Segue mensagem recebida:

    Prezado Cliente,
    Obrigada por escolher o Banco do Brasil Américas!

    Com o intuito de aprimorar a qualidade dos nossos serviços, gostaria de informar que o nosso processo de abertura de conta à distância está passando por fase de reformulação e melhoria nos processos.

    Informamos que as solicitações de abertura de conta enviadas até a presente data que não foram respondidas , estão salvas em nossos sistemas.

    Assim que o nossos processos forem retomados, com data prevista 30 de janeiro de 2015, entraremos em contato com as novas informações necessárias para a abertura de conta à distância.

    Em nome da equipe Banco do Brasil Américas, pedimos desculpas pelo inconveniente e lembramos que esta medida visa aprimorar os nossos serviços de atendimento aos nossos clientes.

    Agradecemos desde já a preferência e compreensão.

    Atenciosamente,
    Departamento de abertura de contas

  • Murilo Fiori

    Olá, gostaria de saber como ficaria se eu comprasse a moeda no próprio país!? em breve visitarei uma parente em Dubai e ela falou que posso levar Real mesmo e chegando lá trocaria pela moeda local. como funciona isso ou como posso calcular para saber se compensa. resumindo: sairia do país com uma certa quantia em dinheiro (real) e chegando em Dubai faria o cambio pela moeda local (diham).

  • Henrique Matias

    Faltou falar do Bitcoin, que não tem taxa alguma e você pode sacar nas maiores cidades do mundo.

  • Tatiane Coraci

    O IOF nas cooperativas de crédito não subiram, continuam sendo R$ 0,38%. Há opções muito interessantes nas propostas dos cartões internacionais que são grandes diferenciais frente aos bancos. Temos diversas cooperativas do Sistema Sicoob e/ou Sicredi espalhados por todo o Brasil e muitas que possuem sistema de livre admissão, ou seja qualquer pessoa poderia se cooperar e ter uma conta corrente. Penso que vale muito a pena conferir!
    Por exemplo, na cooperativa que sou cooperada, tenho um cartão da categoria Platinum que me fornece a carta Schengen, que substitui o custo do seguro para viagens à Europa. Outra coisa muito legal é que o cartão cobra apenas 0,38% e considera a cotação do dia da compra. Além de pontuar 1,5 pontos para cada dólar gasto. As cooperativas promovem a economia social que deve ser conhecida e incentivada por todos nós para termos uma sociedade mais economicamente justa e sustentável.

  • Cássio

    Cara, quanto aos cartões pré-pagos, pode-se dizer que têm uma vantagem sim, qual seja: eles costumam cobrar uma taxa de câmbio menor que a taxa cobrada nos cartões de crédito. Vivi isso e constatei.

  • Adriano De Oliveira Gonçalves

    Neteller não vale à pena. As taxas de câmbio são muito altas, além das taxas cobradas pelo meio de recarga mais as taxas de câmbio adicionais que a sua instituição financeira vai cobrar. É um absurdo…

  • Vicente Cassepp-Borges

    Eu queria transferir dinheiro do BB para minha conta no Bank of America. Mas, pelas taxas, nao vale a pena. Ai, descobri que o BB faz um assalto nas taxas. Comparem e vejam como eh bem mais barato em outros bancos:

    http://viverdedividendos.org/melhores-taxas-para-remessa-internacional-de-dinheiro/

  • Leonardo BH

    O detalhe é que o BB e o BB Americas têm um acordo que não cobra taxa alguma para transferir do BB pro BB Americas então essa tabela que você citou não vale nesse caso. Transferência com dólar comercial e 0,38% de IOF.

  • Renata

    Acabei de voltar de viagem de San Andrés e tenho em mãos COP 450 mil (pesos colombianos) para vender. Se interessar a alguém meu email é rmcaracante@hotmail.com

  • RPlatini

    Pessoal, meu irmão tem um VTM com alguns dólares, posso levar na minha viagem ou ele é intransferível? Varios blogs não deixa custo essa informação. Valeu!!!!

  • morgan debra

    Olá,

    Este é informar o público em geral que a senhora deputada, BRENDA ESPERO um emprestador empréstimo privado tem abrir uma oportunidade financeira para todos que precisam de qualquer ajuda financeira. Damos o empréstimo a 2% da taxa de juros para indivíduos, empresas e sociedades sob a termos e condições claros e compreensíveis a partir de

    USD 20 mil dólares para 7000 mil dólares, euros e libras somente. Eu dou a empréstimos de negócio,

    Empréstimos pessoais, empréstimos estudantis, empréstimos de carro e empréstimos para pagar as contas. contacte-nos hoje por e-mail para: (brendahope816@gmail.com)

  • FCS-ST

    Boa tarde. Minha esposa viajará para fora do país com mais de R$10.000,00. Ela irá declarar na Receita, como deve ser. O problema é que os recibos das casas de câmbio estão todos no meu nome. Ela terá problemas? Ela deve apresentar nossa certidão de casamento? Obrigado a quem possa ajudar.

    • pojda

      A essa altura a viagem já deve ter acontecido… pode dizer como foi?

      • FCS-ST

        Olá, claro. Ela levou os recibos no meu nome e a certidão de casamento. Mas no fim nem olharam a certidão… E pode esperar um serviço lento e na má vontade…. reserve mais de 1 hora para isso. Abraços.

  • daiHa

    Sobre abertura de conta no exterior: acabo de me informar junto a BB Americas, pois havia achado a proposta interessante. Atualmente, o valor mínimo do depósito inicial para abrir a conta é de U$ 10.000,00… Desisti!

  • Rondineli

    Viajei pelos EUA por um mês, 70% da viagem paguei com dinheiro, lá é super seguro e levar dinheiro não foi problema, mas um cartão de credito é super necessário, seja para alugar veículos, seja para um hotel, você vai precisar dele como garantia, tem que ter, teve um lugar inclusive que não estava aceitando dinheiro por causa do horário então o cartão me salvou.

  • Elodie

    Estou morando nos EUA no quadro do meu doutorado sanduíche e tenho uma conta no Chase. Meu marido vai vir me visitar e eu gostaria de saber qual é melhor forma de ele levar dinheiro. Comprar dólares em espécie no Brasil ou fazer uma transferência da conta dele no BB para minha conta no Chase? No caso da transferência, qual vai ser o IOF? E a cotação do dólar vai ser o comercial ou o de turismo? Obrigada!

  • Natália Grandi

    Oi Denis! Parabéns pelo post, nunca tinha lido sobre a possibilidade de abrir uma conta no exterior e isso me ajudou bastante. Inclusive fiz um post sobre o assunto no meu blog, citei você lá e coloquei um link para essa matéria, se quiser dar uma olhada: http://bit.ly/1QLgKSN

    Obrigada pelas ótimas dicas!

  • Danielle Gonçalves

    Felipe o que você fez foi uma transferência entre contas? Como faz para usar/sacar o dinheiro depois?

  • Cristiano Oliveira

    Dennis, poderiam atualizar está matéria? Com a nova taxa de iof e mais opções para nossas viagens. Obrigado.

  • Dhiego Lúcio

    Alguma dica para quem vai para Russia? melhor levar dinheiro ou consigo sacar lá? É melhor sacar para não precisar comprar euro e depois rublos? Onde consigo sacar? Consigo no débito? hehehhe muitas questões 😀

  • andrea

    Olá, a título de atualizacao da matéria, sobre a conta do BB Américas, para ter isenção de tarifa o saldo mínimo é de USD 10 mil, mantidos em conta. Se vc sacar e ficar com saldo abaixo desse valor, a tarifa será cobrada.
    Além disso, para abrir a conta aqui do Brasil, sem precisar ir até a Florida, é necessário envio de remessa de USD 10 mil para sua nova conta lá.
    Fonte: sou funcionária do banco e utilizo o serviço.