Como é voar pela Scoot, a companhia low-cost de Cingapura

Marcel Bruzadin 8 · maio · 2015

Sabemos que muitos dos leitores do Melhores Destinos já viajaram ou pretendem viajar para a Ásia e/ou Oceania. Por conta disso, para hoje, selecionamos uma avaliação de voo realizada pela leitora Kalynara Melo na Scoot, uma das companhias low-cost de Cingapura, controlada pela Singapore Airlines e que faz rotas entre Ásia e Oceania.

A Scoot é uma companhia relativamente nova, lançada ao mercado em novembro de 2011 e desde então prometem um serviço diferenciado das demais companhias low-cost que estamos acostumados, principalmente no que se refere a experiência de viagem, a começar pela frota, formada especialmente por Boeings 777 da Singapore, que estão sendo substituídos por 787. Confiram a avaliação da Kalynara na íntegra e boa viagem!

post-facebook-FR

Compra dos Tickets

O site da Scoot é um dos mais simples que já vi para compra de passagens online, além de ter um dos melhores preços ligando Cingapura a Oceania. Comprei meu bilhete para o trecho Cingapura – Sydney (Austrália) e confesso que a princípio escolhi a companhia por ter sido a mais barata que encontrei para o trecho.

avaliacao-flyscoot-website

É possível comprar o bilhete na tarifa Fly (somente o voo) ou FlyBag, por exemplo. Essa segunda opção inclui bagagem de até 15 kg, o que atendia perfeitamente a minha situação. Já quem tem bagagem grande, ao longo da compra, pode-se pagar alguns dólares de Cingapura a mais e escolher até 40 kg extra.

Dentro da aeronave é permitido levar bagagem de mão de até 7 kg, porém, com um custo extra é possível carregar qualquer outra bagagem que deseja levar consigo. A bordo é possível se conectar no wi-fi, mas achei curioso pois só funcionava em tablets.

As comidas vendidas no site me surpreenderam, parecia um cardápio de restaurante. A bordo também tem um cardápio bem recheado, no entanto, a maioria das refeições só estão disponíveis para pedidos feitos através da internet.

Ao longo da finalização da compra, outros serviços como marcação de poltronas, entretenimento a bordo, máscara para dormir e outros são oferecidos. Como não tinha interesse nesses produtos/serviços, o meu bilhete saiu o mais barato possível para os padrões que eu pretendia.

Check-in

O check-in foi bem tranquilo. Apesar de não ter pago a marcação de poltrona antecipada, solicitei ao funcionário da companhia uma poltrona no corredor no final da aeronave e prontamente fui atendida.

Os funcionários de fato são altamente receptivos e muito bem organizados.

avaliacao-flyscoot-embarque

 A Aeronave

O voo saiu exatamente no horário previsto e apesar de ser uma aeronave de porte grande, um Boeing 777, confesso que a poltrona não era tão confortável. Elas me pareceram duras, além do normal.

avaliacao-flyscoot-poltrona

Como comentei, a companhia de fato é muito organizada, as comissárias são todas bem jovens (diria teens), e o comandante sempre começa seu speach falando: “Hello boys and girls…”.

A Scoot é realmente uma companhia bem “descolada”, percebe-se pela própria roupa das comissárias, um vestido colado, mas nada exagerado. Eles usam muito a palavra “surfar”, ou seja, eles chamam os passageiros para surfar no cardápio, surfar nos entretenimentos a bordo. A palavra é usada de uma forma carinhosa até para oferecer os produtos e serviços.

Os banheiros estavam bem limpos e a comida que comprei era muito saborosa.

avaliacao-flyscoot-entrada-aeronave

Conclusão

Não me arrependi de ter comprado um bilhete da companhia, ainda que tenha viajado 7 horas numa poltrona não tão confortável. Como a aeronave era grande e não estava lotada, consegui ficar bastante a vontade em ler um livro ou até mesmo esticar minhas pernas. A solicitude dos funcionários, o preço e a praticidade do site, por exemplo, fazem realmente o trecho valer a pena.

Agradecemos a Kalynara Melo pelo relato de viagem da Scoot, que certamente será muito útil aos leitores que planejam visitar os países da Ásia e Oceania. Essa é a primeira avaliação da Scoot aqui no Melhores Destinos, mas caso você também tenha voado com eles, não se esqueça de deixar sua opinião nos comentários abaixo, eles são muito importantes para os próximos viajantes que viajarão para essa região!

 

Publicado por

Marcel Bruzadin

Marcel

  • Luiz Jorge Bolognesi

    Eu tenho uma avaliação dessa com varias fotos, mais acabei esquecendo de mandar… No caso voei Narita- Changi. Senão me engano eles receberam um 787 pouco tempo atras. Só uma dica: eles não perdoam nem 1 grama sobre o que a franquia de bagagem manda.

  • ricardo gueiros

    Concordo demais com o texto acima. Viajei com a Scoot de Sidney a Cingapura e achei muito razoável pelo preço que paguei. Obviamente não esperei atendimento VIP nem uma aeronave super confortável com sistema de mídia e lanches a bordo. Sugiro aos viajantes comprar alguns snacks pra levar durante o vôo, pois até a água é paga. Dependendo das condições ($) em minha próxima viagem, com certeza voaria com a Scoot pelo custo-benefício que oferecem.

  • Coelho

    Deu medo, parece um ônibus essa “aeronave”