Como é voar na Widerøe

Marcel Bruzadin 20 · agosto · 2015

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Fundada em 1934, a Widerøe hoje é a maior companhia aérea regional da Escandinávia, com mais de 1.500 funcionários em todo o mundo e transportando quase 3 milhões de passageiros por ano entre os 47 voos domésticos e internacionais operados pela companhia.

Com uma frota total de 41 aeronaves Bombadier Dash-8, hoje grande parte dos voos operados pela Widerøe são para destinos dentro da própria Escandinávia, sendo apenas 4 destinos internacionais. Com isso, a Widerøe hoje é considerada como uma das mais importante companhias aéreas da Noruega.

Confira a avaliação de voo completa realizada pelo nosso leitor João Alberto Barros da Silva e tire suas próprias conclusões sobre como é voar com a Widerøe. Lembre-se, se você também já voou com a companhia, deixe seus comentários no final do post.

como-e-voar-wideore-report

Boa leitura!

Introdução

Em 2014, aproveitando a global sale da Qatar, compramos duas passagens ida e volta de São Paulo para Oslo, na Noruega. Nosso objetivo era fazer, em 20 dias, a viagem mais ampla possível pelo país. O desejo de ir era antigo e ganhou mais um empurrãozinho quando o Melhores Destinos publicou, em maio de 2013, o review de outra empresa norueguesa, a Norwegian, feita pelo caçador de aurora boreal, Marco Brotto.

A viagem aconteceu entre os dias 14 de setembro e 03 de outubro e nesse período, além da capital, passamos, resumidamente, por Bergen, pela região do Sognefjorden, Geirangerfjorden, Ålesund, Trondheim, Tromsø e pelo arquipélago de Lofoten. De Trondheim para Tromsø a distância é considerável, por conta disso, optamos pelo transporte aéreo e emitimos passagens por uma simpática companhia local, a Widerøe.

Compra

A compra foi feita pelo site da própria empresa, www.wideroe.no, totalmente em inglês, e foi bem simples. Após selecionar a origem, destino, data e número de passageiros, uma lista com os voos e preços é disponibilizada (preços finais, com todas as taxas incluídas).

como-e-voar-wideroe

Então, após uma página com os detalhes do voo selecionado, basta informar os detalhes dos passageiros e realizar o pagamento (cartões de crédito internacionais são aceitos normalmente, sem taxas adicionais). O custo foi de 699 NOK (coroas norueguesas) ou R$ 293 por pessoa, o que, para um voo direto, no horário que era o mais ideal para nós, consideramos bem adequado. Poucos minutos após a compra, recebemos os e-tickets.

Check-in e Embarque

Fizemos o check-in pela internet (disponível 22 horas antes do voo), mesmo sem ter como imprimir os cartões de embarque, para garantir lugar no lado direito da aeronave (dica que consta no flight report da Norwegian, citado acima).

Uma vez no aeroporto, não houve problemas em obtê-los nos totens, assim como a etiqueta para despacho da bagagem. O check-in é totalmente automatizado. Após afixar a etiqueta na bagagem, basta levá-la à esteira, usar um leitor de código de barras e pronto. A franquia de bagagem para a tarifa econômica era de 23 quilos despachados (máximo 1 volume) e 8 quilos como bagagem de mão (também, 1 volume).

O embarque foi feito pela pista, num raro momento de mínima chuva e pouco vento. Considerando que fomos chamados para embarque 5 minutos antes do horário em que deveríamos estar partindo e que 15 minutos depois estávamos no ar, creio que o procedimento foi rápido e eficiente.

Aeronave e Voo

como-e-voar-wideore-aeronave

O voo WF 482 foi operado pela aeronave matrícula LN-WDF, partiu com 10 minutos de atraso e durou 90 minutos. As poltronas de couro estavam bem gastas, mas tudo estava limpo e bem arrumado. O espaço entre as fileiras era muito bom, permitindo-nos adequada acomodação durante a viagem. No bolsão à frente, revista da companhia (em norueguês), cardápio e instruções de segurança. 2 assentos de cada lado.

como-e-voar-wideore-espaco-poltrona

Os comissários (2 no total) foram corteses, nos receberam com um sorriso e um velkommen. O serviço de bordo é pago, à exceção de água, café e chá. Começou 15 minutos após a decolagem e em 20 minutos todos os passageiros já haviam sido atendidos. Não comprei nada, mas os preços, para os padrões noruegueses, até que não eram proibitivos.

O entretenimento seria a paisagem, mas dado o oceano de nuvens, era impossível ver alguma coisa. Assim, acabei me concentrando na revista, nas poucas partes que estavam em inglês (informações sobre a companhia). Detalhe para a propaganda que mostra um avião da Widerøe numa plataforma de petróleo – foto na galeria abaixo.

como-e-voar-wideore-revista-bordo

Ela realmente voa para lugares inacreditáveis, como cidades com apenas 2.000 habitantes (para um dos países com a menor densidade demográfica da Europa, 2.000 pessoas não é tão pouco). Algumas das rotas operadas pelo Widerøe são obrigações de serviço público (PSO), ou seja, subsidiadas pelo governo norueguês, de forma a prover o lugar com transporte aéreo durante todo o ano, rotas que não seriam viáveis apenas do ponto de vista econômico.

O voo foi tranquilo e sem sobressaltos. Na chegada a Tromsø pegamos mais um pouco de chuva e nuvens baixas, mas pousamos sem problemas, dentro do horário previsto. Após o desembarque, recebemos nossas malas em 10 minutos, sem transtornos.

como-e-voar-wideore-auroraboreal

Conclusão

A Widerøe nos proporcionou uma ótima experiência. Da compra da passagem ao desembarque, foi tudo muito tranquilo. Bom preço, horário adequado (o que é bastante pessoal), pontualidade e a mala de volta sem danos. Recomendo e voarei novamente com prazer. E caso você queira ir para a Noruega no verão, a companhia vende um bilhete chamado “Explore Norway Ticket”. Ele permite voos ilimitados no espaço de 2 semanas.

O país é dividido em 3 zonas e o preço, convidativo, depende de quantas você quer visitar. É bem interessante, considerando que a empresa pode te levar a praticamente qualquer lugar.

De toda forma, seja voando Widerøe, SAS ou Norwegian, usando trem, carro ou bicicleta, o que você não pode deixar de fazer é visitar a Noruega. Além das fotos do avião, deixo algumas outras, de forma a ajudar no convencimento e servir de incentivo.

Autor

Marcel Bruzadin - Marcel