Como é voar na uruguaia BQB – segunda avaliação

Denis Carvalho 16 · julho · 2014

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A uruguaia BQB tem atraído a atenção de muitos pelos ótimos preços para Montevidéu, Buenos Aires e Santiago. Mas a companhia, que sonha ocupar o vazio deixado pela finada Pluna, padece das mazelas de uma companhia pequena para operar rotas internacionais complexas com poucos aviões . Mesmo ciente dos problemas, nosso leitor Igor Parreira decidiu arriscar e voar com a companhia de Porto Alegre à capital uruguaia. O resultado dessa experiência é a avaliação que você confere hoje sobre a BQB! 

Sempre planejo com antecedência uma viagem em minhas férias, aproveito promoções ou utilizo milhas, desta vez escolhi Montevidéu e foi um pouco diferente. Desde que a Pluna faliu e a TAM excluiu os voos no trecho ficamos apenas com um voo diário pela GOL ou conexões forçadas em Buenos Aires pela Aerolíneas Argentinas, e dificilmente há promoções.

avaliacao-bqb-

Há 3 anos surgiu a BQB Líneas Aéreas, que operou este trecho em um período e sem explicações o cancelou, voltou a operar com atrasos constantes e cancelamentos que fizeram a companhia ficar com fama de duvidosa. Mas o que eu queria era pagar pouco e resolvi arriscar.

Fiz o voo 5Q 0210 Porto Alegre – Montevidéu e o voo 5Q 0209 Montevidéu – Porto Alegre

Compra

O site da BQB aceita apenas cartão internacional e exibe em pesos uruguaios as tarifas. Ao clicar na bandeira brasileira a página inicial volta para página inicial do Uruguai. Não me senti seguro, pelo fato da conversão das taxas de aeroporto e já havia lido relatos de cobranças indevidas pelo site. Então optei por comprar por uma agência onde custavam com taxas R$ 522, o mesmo valor exibido no site, ou seja a agência não estava cobrando pela emissão, e como já havia utilizado, realizei a compra.

Confesso que preferia ir pela GOL mas quando comprei as passagens um mês antes da viagem, as passagens passavam de R$ 1000 reais e com Smiles estava 8.000 pontos cada trecho, então desisti. O aceite foi instantâneo e recebi o voucher com localizador em alguns minutos.

Prontamente entrei em contato com a Central de Atendimento da companhia para confirmar o voo e marcar assento. Para minha surpresa todo atendimento é em espanhol e não há marcação de assentos, pelo menos a compra estava confirmada com sucesso. Eles não entendem português na Central, e não fazem esforço para entender, precisei falar em espanhol. Senão não haveria diálogo.

avaliacao-bqb3

Check-in

avaliacao-BQB10A BQB não utiliza check-in pela web, nem qualquer outro meio, a não ser balcão. A agência sugere chegar com 3 horas de antecedência em voos internacionais, já a BQB cita (em espanhol) 2 horas. O voo estava marcado para as 15 horas, porém no site da Infraero foi confirmado para as 15:20. Cheguei ao aeroporto duas horas antes, não havia filas no balcão da companhia e o painel do Aeroporto Salgado Filho anunciava o voo normalmente.

Notei que os atendentes (apenas dois) são terceirizados e não funcionários da BQB portanto falam português, tinham em mãos uma lista impressa. Não utilizam computador. Lá estava meu nome e o cartão de embarque já impresso, onde foi marcada a poltrona com um adesivo: 12 D.

Passei pela Imigração, já eram 15 horas e nada de anunciarem o voo que estava com embarque previsto para as 14 horas.

avaliacao-BQB02

Eram 15:20 quando começou uma movimentação, os mesmos funcionários do check-in foram responsáveis pelo embarque, todos cordiais e prestativos. O embarque ocorreu sem tumulto, porém pela área remota, ou seja, de ônibus.

Também não houve chamada de prioridade. Na entrada da aeronave encontramos um tapete vermelho da BQB, e lá dentro sim os funcionários da empresa recepcionando todos no bom espanhol ou castelhano como queiram.

avaliacao-BQB21

A decolagem foi realizada às 15:45, um atraso tolerável, o tempo de voo até Montevidéu foi de 1 hora e 35 minutos.

avaliacao-BQB13

Avião

A aeronave CX-JPL, um ATR 72-500 (72-212A) configurado para 68 passageiros, estava limpa, com anúncio na ANTEL em todos os bancos. Mas me pareceu meio mal cuidada, vidros arranhados e algumas poltronas não firmavam, ficavam deitadas.

avaliacao-BQB22

Verifiquei o registro da aeronave, e me surpreendeu que é de 2010, parece ter mais idade. Isso se deve ao grande número de voos que faz por dia, já que a BQB tem hoje vários destinos e conta com apenas 6 aeronaves.

avaliacao-BQB20

O som dos altos falantes era estridente, pareciam estar estourados. As poltronas eram de couro, o que facilita a limpeza, também havia bastante espaço para as pernas, bem confortável. Havia uma revista da BQB onde frisam este detalhe.

Voo

O comandante anunciou a rota de voo, Porto Alegre – Pelotas – Punta del Este – Montevidéu em espanhol e inglês. O português foi ignorado durante toda viagem, tanto pelo comandante quando pelos dois comissários. Estes entendiam o que falávamos, porém respondiam sempre em espanhol. Eram bem prestativos assim como a equipe em solo.

avaliacao-BQB03

Quando o avião tomou altitude, prontamente começou o serviço de bordo, e aí está mais uma surpresa boa e caprichada. O lanche foi servido em uma caixa personalizada com a frase ” YO AMO URUGUAY”. Muito criativo, é o mínimo que esperamos em qualquer voo doméstico pelas companhias brasileiras, e a BQB soube criar.

avaliacao-BQB04

Nesta caixa vem um suco muito gostoso fabricado na Argentina, uma barra de cereal e um famoso alfajor, acompanhado de guardanapos personalizados. É moderno, básico, funcional, gostei muito! Na minha caixa o suco veio sem canudinho, solicitei e prontamente trocaram.

Além desta caixa azul, existe uma outra amarela que vem um item a mais: um saquinho de biscoitos salgados, além dos itens citados.

avaliacao-BQB28

Entretenimento

Nesta aeronave existem telinhas acima das poltronas, onde são exibidas reportagens, pegadinhas e anúncios. Não consegui entender se era alguma TV a cabo ou gravação, pois do lado direito da aeronave as telas não funcionavam. E ninguém falou sobre isso.

avaliacao-BQB25

Pela janela consegui apreciar o litoral do Uruguai nas proximidades de Punta Del Este, muito lindo, bem como os campos próximos a Montevidéu.

Como já citei, havia uma revista da companhia, com reportagens, anúncios e informações da BQB. Era toda em espanhol. Li a revista, principalmente informações da cia, onde cita 100 ônibus, dez barcos e cinco aviões. Também informa que o departamento aéreo da empresa está em expansão. Curioso que cita os voos a São Paulo e Rio de Janeiro com único Airbus que a BQB possui.

avaliacao-BQB11

Este Airbus estava no Aeroporto de Carrasco, nele consta a bandeira espanhola e o site de outra companhia a Vueling.com. Fica a dúvida se compraram ou receberam por empréstimo.

Percurso

O voo não estava lotado na ida com pouco mais de 50 passageiros, e na volta consegui contar 26. Por ser pequena, a aeronave sofre turbulências constantes. Pegamos muita instabilidade na ida e na volta e balançou bastante. Todas as turbulências foram anunciadas previamente pelo comandante.

Pegamos um temporal na ida, na divisa entre Rio Grande do Sul e Uruguai, foi a maior turbulência que presenciei em voos. Para quem se assusta fácil, não recomendo voar neste tipo de aeronave.

Chegada

Os comissários recolheram o lixo antes do processo de pouso. Eu desmontei minha caixa e guardei na mochila como lembrança. Distribuíram o formulário imigração no processo de pouso, recomendo que levem caneta, assim como eu fiz.

avaliacao-BQB14

O pouso foi tranquilo no Aeroporto Internacional de Montevidéu, onde também os comissários ficaram na porta traseira agradecendo. Este mesmo voo faz escala para Aeroparque em Buenos Aires e conexão para Santiago do Chile. Muitos seguiram para estes destinos.

O desembarque foi dividido, primeiro quem seguia para conexão, depois quem ficaria em Montevidéu e foi realizado por área remota, de ônibus novamente. Porém muito tranquilo. Eu não levei malas, apenas uma mochila, então só tinha bagagens de mão.

Volta

O processo de volta foi parecido. Em Montevidéu o atendimento é realizado por funcionários da BQB, onde há 4 guichês e não há filas. Lá há sistema para check-in do passageiro, e também existe cartão de embarque personalizado. Solicitei mais uma vez “ventana”.

avaliacao-BQB26

Houve quatro voos ao mesmo tempo, saídas para Santiago, Ezeiza, Curitiba e Porto Alegre. Todos decolaram no horário. O voo de volta volta durou 1 hora e 30 minutos. Também foi muito turbulento, acredito que seja o ponto fraco de voar nesta aeronave.Todos os anúncios novamente em espanhol e pousamos tranquilamente em Porto Alegre antes do horário previsto.

Dicas

Há muitos relatos e reclamações contra a BQB na internet. Fiquei tranquilo pelo fato de comprar na agência , assim por qualquer cancelamento o ressarcimento era certo. Embora em casos de cancelamentos a BQB reacomoda passageiros na Aerolíneas Argentinas.

Quem não é passageiro frequente, pode ter problemas ao entender os processos e avisos, tanto na aeronave quanto no aeroporto de Montevidéu. Sugiro que estude o espanhol, pelo menos as expressões básicas para não se perder.

Os celulares devem permanecer desligados durante todo o voo, e vi passageiros brasileiros com dificuldade de entender os avisos. Até mesmo com dificuldade em dialogar com comissários, em alguns casos próximos eu ajudei passageiros que não entendiam que o comissário estava pedindo para apagar (desligar) o celular.

avaliacao-bqb4

Conclusão

Valeu a experiência e utilizaria novamente a companhia neste trecho, mas descarto usar em caso de conexão.

Agradecemos ao Igor pela excelente avaliação, que com certeza vai ser muito útil para os leitores que estão em dúvida se vale ou não a pena optar com a companhia para seus voos para Uruguai, Argentina e Chile. Se quiser ler nossa primeira avaliação da BQB acesse este link. Já voou com a companhia uruguaia? Deixe sua opinião nos comentários!

 

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe