Como é voar na United

Denis Carvalho 10 · abril · 2014

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

O Jefferson Fabrício é um leitor de longa data do Melhores Destinos e estava no grupo de leitores que visitou a sede do MD em Brasília no ano passado em comemoração ao aniversário de cinco anos de site. Hoje temos a satisfação de publicar sua avaliação da United – a primeira de nossa galeria escrita por um portador de necessidades especiais, com uma perfeita descrição do atendimento da empresa em cada voo. Acompanhem!

Amigos, estava há bastante tempo procurando uma boa promoção de passagens para Orlando, para curtir as minhas férias com minha esposa e minha irmã. Sou leitor assíduo do MD e em um belo dia a United lança a promoção saindo de Garulhos para Orlando por R$ 755,00 ida e volta (fora taxas), rapidamente fui e efetuei a compra das passagens. 

avaliacao-united-airlines

Como disse, o voo saia de Garulhos com conexão em New York, sendo assim iniciamos a nossa aventura.

Um detalhe é que eu sou PNE, ou seja, portador de necessidades especiais, faço uso de uma cadeira de rodas para me locomover em grandes distâncias. Imagino que essa seja a primeira avaliação desse tipo aqui no MD, espero que ela possa ajudar aqueles possuem algum tipo de dificuldade.

Dados do voo:

Saída de Garulhos às 21h10

Chegada em New York às 06:00 do dia seguinte. (Aeroporto Internacional de Newark (EWR), localizado entre Elizabeth e Newark (em Nova Jérsei), opera tanto voos internacionais como domésticos. É um hub da United Airlines. Movimenta aproximadamente 33 milhões de passageiros por ano).

Saída de Newark às 11:56
Chegada a Orlando às 14:41.

Voo número UA30 (Entre Garulhos e Newark) operado pela United em um Boeing 767-400ER.
Voo número UA1519 (Entre Newark e Orlando) operado pela United em um Boeing 757-200.

Compra

Comprei as passagens pelo próprio site da companhia sem maiores problemas ou dificuldades, rápido e fácil, como informei no início, vi a promoção pelo MD preço imperdível bem pra época em que eu estaria de férias.

Uma observação importante é que tive que comprar um trecho doméstico para chegar até São Paulo, já que moro em Brasília, então a minha primeira preocupação foi em relação à bagagem, já que todos nós sabemos que para pra destinos nacionais o limite é de 23 kg de bagagem despachada por passageiro e para voos internacionais o limite são 64 Kg.

Sendo assim, pesquisei e vi que a GOL é companhia parceira da United, liguei para o SAC da empresa e fui informado que por ser empresa parceira eu teria até 24 horas para fazer o voo doméstico no meu retorno de Orlando que eles honrariam sem custo com o peso da bagagem internacional em voos domésticos. Só alegria!!

Check-in e embarque

Por ser PNE conto com fila prioritária tanto para check-in como para embarque, rapidamente fomos atendidos por uma funcionária da United que foi muito solícita e educada. Após despacharmos as bagagens ela me perguntou se eu gostaria de ir com minha cadeira de rodas até a porta da aeronave e de lá ela seria despachada, ou se eu preferiria ir em uma cadeira de rodas da empresa, por comodidade, preferi utilizar a minha própria cadeira até a porta da aeronave.

A funcionária ainda me perguntou como eu faria para me deslocar da minha cadeira até a poltrona, se eu preferia ir “pulando” (como geralmente faço) ou se eu não me importaria em usar uma cadeira de rodas especial que passa pelos corredores do avião, acabei optando por ir pulando, decisão que foi errada, pois nossas poltronas eram de número 29, quando cheguei na poltrona quase pedi um balão de oxigênio de tão cansado que fiquei, mas enfim, foi vacilo meu!

Foto3

Ainda me foi oferecida a opção de utilizar a minha cadeira na conexão ou somente no destino final, por comodidade é claro que optei por usar a minha particular.

O embarque foi tranqüilo (tirando meu momento saci-pererê), todos os passageiros já tinham embarcado, mas a decolagem acabou atrasando cerca de 40 minutos,  nos foi informado que a aeronave estava passando por um ajuste mecânico (um pouquinho de emoção antes da decolagem… rs).

Após o reparo o avião decolou perfeitamente e iniciamos o nosso voo. A tripulação muito educada era composta tanto de brasileiros como americanos, sendo que todos os avisos da aeronave eram repassados nos dois idiomas.

Foto2

Avião e Serviços

Assim que entrei no avião fui muito bem recebido pela tripulação, era perceptível a limpeza, a aeronave parecia ser nova, tudo muito organizado, em cada poltrona já havia o kit viagens com manta e travesseiro e os fones de ouvido.

Foto1

A configuração dos assentos era 2-3-2, com sistema individual de entretenimento que consistia em filmes (comédia, drama, ação, desenhos, etc), seriados, jogos, mapa de voo e músicas variadas.

Foto4

Quanto ao espaço para as pernas, incomoda um pouco – uma pessoa com mais de 1,70 m de altura certamente ficará incomodada.

Foto5

Pouco tempo após a decolagem, foi servido o jantar. Eram duas opções, carne e frango, optei por carne, já minha esposa e minha irmã foram de frango. Não sei se era porque eu estava com fome, mas a comida estava deliciosa e bem quentinha, além da carne picadinha com molho, ainda foram servidos uma espécie de polenta com abóbora em outro prato foi servida uma salada de pepino, alface, cenoura e maçã e para sobremesa um pãozinho de manteiga e um pudim.

Foto6

Já a opção 2, além de frango desfiado vinha com arroz e abóbora e as mesmas opções de salada e sobremesa.

Foto7

Para beber haviam sucos, refrigerantes, água, cervejas e vinho. O único ponto negativo a meu ver no jantar foram os talheres de plástico, que apesar de bem resistentes não deixavam de ser de plástico.

Após o jantar assisti dois filmes e cai no sono.

Fui acordado logo cedo com a comissária me oferecendo o café da manhã. Apesar de estar dormindo, ela foi muito simpática, nos foi oferecido um croissant, além de uma salada de frutas, para beber era servido café, leite e sucos variados.

Foto8

Chegada

Chegamos em Newark meia hora depois do horário previsto. Como solicitado, assim que abriram as portas da aeronave a minha cadeira de rodas já estava pronta para me ser entregue. Passamos pela imigração sem nenhuma dificuldade e logo após pegarmos nossas malas, ficamos andando pelo terminal até o horário do nosso próximo voo, quando fomos despachar novamente as bagagens. O mesmo roteiro feito no Brasil pela atendente foi seguido, a única diferença é que dessa vez eu aceitei a cadeirinha que passa pelos corredores do avião, rsrs.

E aqui fica outro ponto negativo, porém não para a companhia, pois praticamente todas fazem o mesmo procedimento, passei da minha cadeira pessoal para essa cadeirinha adaptada, assim que sentei fui amarrado igual se amarra um bezerro dentro de uma carroça, amarraram minhas pernas, minha cintura, meus braços, só faltaram colocar uma focinheira para eu ficar parecendo o Hannibal!!

Mas enfim, esse é um procedimento padrão e não há do que reclamar, é melhor do que ir pulando. E acreditem: existem lugares que são piores ainda o embarque e desembarque de pessoas com deficiência, vide Buenos Aires!!!

O voo para Orlando foi feito em um Boeing 757-200, configuração 3-3 número do vooo UA 1519, não houve serviço de bordo “gratuito”, quem quisesse algo teria que comprar, optei por não comprar nada pois tinha comido no aeroporto enquanto aguardava o voo. No menu os itens vendidos iam desde chocolates, pães, sucos, refrigerantes, etc.

Foto9

Foi um voo muito tranquilo, saímos no horário e chegamos antes do previsto, não houve maiores turbulências em nenhum dos vos, tudo muito tranquilo.

Assim que o avião pousou e as portas foram abertas, minha cadeira de rodas já estava lá novamente para que eu saísse da aeronave, nota 10 para a United nesse quesito!! Estava um calor maluco em Orlando, mas tudo valeu a pena!

Retorno

O nosso retorno foi feito nas mesmas aeronaves, (757-200 Orlando – Newark e 767-400ER Newark – São Paulo).

Ao fazer o check-in em Orlando, a atendente nos informou que iria nos realocar nas poltronas à frente das que tínhamos escolhido, pois havia mais espaço para as pernas. Quando entramos na aeronave, vimos que as poltronas que fomos alocados foram as que ficam logo após da saída do banheiro e que realmente tem bem mais espaço que as demais poltronas. Mais um ponto positivo para a United! 🙂

Foto10

Assim como no voo doméstico nos EUA, só existia a opção de compras para lanches, já no voo de volta para o Brasil nos foi servido panquecas de carne, acompanhadas de salada com tomate cereja, alface, pepino e cenoura, um pãozinho com manteiga e um pé de moleque de sobremesa. As panquecas não estavam muito boas, pelo menos para mim, tanto que não consegui comer tudo.

Foto11

Conclusão

Em suma, valeu muito a pena voar com a United, achei como ponto forte da empresa o seu atendimento e saindo uma promoção nos moldes dessa que comprei certamente vou comprar de novo, rs!! Espero que vocês tenham gostado e que possa ajudar aqueles que ainda tiverem dúvida! Abraços!

Boeing 757 United

Agradecemos aos Jefferson por essa excelente avaliação que certamente será muito importante para todos os leitores que pensam em voar para os Estados Unidos com a United. Veja neste post todas as companhias avaliadas pelo MD. Não deixe de assessar também nosso Guia de Companhias Aéreas.

 

Jefferson na sede do MD, ao lado do fundador Leonardo Marques
Jefferson na sede do MD, ao lado do fundador Leonardo Marques

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe