Como é voar na LuxAir

Marcel Bruzadin 7 · abril · 2015

Recebemos uma avaliação de voo da companhia LuxAir, a principal companhia aérea de Luxemburgo, um pequeno, porém, muito interessante, país da Europa. O relato dessa experiência foi feito pelo nosso leitor André Motta, autor do blog Viagem Criativa, viajou na rota Berlim-Luxemburgo para um Congresso no ano passado. Confira, na íntegra, toda a experiência que o André teve em voar com a LuxAir, desde o momento da compra até o pouso da aeronave.

Compra
Escolhi a cidade de Berlim como cidade base para essa minha viagem à Europa, por isso, os voos que teria que tomar, teriam que partir da capital alemã.

Como a viagem foi patrocinada pelos organizadores do Congresso em que participaria, eu não fiz a compra dos bilhetes aéreos, mas pesquisei no site da LuxAir e fiz a seleção dos voos para que o organizadores efetivassem a compra.

Em resumo, o site da companhia Aérea LuxAir é bem fácil de navegar e está disponível vários idiomas, incluindo o português de Portugal, o que facilita muito no momento da compra, principalmente quem não domina o alemão ou até mesmo o inglês.

É bem fácil encontrar os voos desejados e a finalização da compra também parece bem fácil.
Os preços não me pareceram lá muito baratos, uma viagem de ida e volta entre Berlim e Luxembourg City, fica em torno de 500 euros, valor alto se levarmos em consideração a pequena distância geográfica entre as duas cidades.

Apesar da LuxAir não ser membro da Star Alliance, a Lufthansa é uma de suas acionistas, e por isso é possível usar o Miles and More como programa de fidelidade para acumular pontos.

Check-in
Não tive nenhum contratempo quando fui realizar o check-in, tanto na ida quanto na volta. Os guichês próprios da LuxAir faziam a emissão dos cartões de embarque rapidamente, sem deixar que as filas se formassem.

O aeroporto Tegel, em Berlim, é sem dúvida, um dos piores da Europa. Por ser muito pequeno, infelizmente ele é cheio de “puxadinhos” e improvisos para dar conta da grande quantidade de voos.

Algumas salas de embarque são tão pequenas que só comportam um voo por vez.
Esse é um grande problema da capital alemã e um dos motivos da imensa maioria dos voos intercontinentais terem Frankfurt ou Munique como destino final na Alemanha.

Há um novo aeroporto sendo construído em Berlim, mas sua abertura já foi adiada inúmeras vezes, além dos custos da obra já terem sido extrapolados. Situações corriqueiras no Brasil e que às vezes aparecem também na Europa.

Já no aeroporto Findel para o voo de retorno a Berlim, em Luxembourg City, tudo foi perfeito. Apesar de não ser muito grande, ele tem o tamanho ideal para a demanda do país e por lá, não existem apertos.

Aeronaves
Os voos que realizei foram feitos em aviões da Bombardier, modelo Q400, que tem capacidade para 76 passageiros e operam na configuração 2-2, com bastante conforto e espaço entre as poltronas.

avaliacao+luxair+aeronave

avaliacao+luxair+espaco+poltrona

Voos
Para os trechos que voei com a LuxAir, os embarques aconteceram rapidamente, sem grandes filas ou esperas. Como nenhum dos dois voos estava lotado, isso foi um grande facilitador.
Também não aconteceram atrasos nas decolagens e pousos, além disso, turbulência zero nos trajetos.

Serviço e entretenimento
O único entretenimento existente nas aeronaves é a revista de bordo da LuxAir, que se chama Flydoscope. Por ser um voo curto, apenas 1:30 hora, sinceramente não senti falta de algo mais elaborado.

Mas o serviço dos comissários me surpreendeu. Justamente por ser um voo rápido, achei que serviriam apenas o tradicional cafezinho e água, mas a varidade de bebidas é bem grande. É possível inclusive tomar a cerveja local de Luxemburgo, chamada Bofferding, além de sucos, chás, refrigerantes e vinhos. Para comer, apenas um salgadinho, mas que combina bastante com a cerveja.

avaliacao+luxair+lanche+de+bordo

Avaliação geral
Na minha opinião, considero a Luxair como uma excelente companhia, tudo transcorreu perfeitamente durante os meus voos e estadia nos aeroportos que eles operam, especialmente no de Luxembourg City. Se você encontrar bons preços, não pense duas vezes e voe com eles!

Agradecemos ao André Motta pelo excelente relato, que certamente será muito útil para muitos outros leitores. Se você também já teve a oportunidade de voar pela LuxAir, deixe sua opinião nos comentários.

Publicado por

Marcel Bruzadin

Marcel

  • Antonio Carlos Florencio

    Mas olha… A Alemanha passando os mesmos problemas do Brasil! Mas acredito que é exceção, já aqui no Brasil é regra.

    • Cidadão

      Também ocorreram vários problemas de tempo e custo na construção da nova estação de trem de Berlin. Mas acho que é outra exceção.

    • Jose Ernesto Gasparotto

      Não há termos de comparação. O Brasil nunca perdeu uma guerra e teve seu território e principalmente a capital retalhada pelas potências vencedoras. Os aeroportos de Berlin eram bases dos aliados e só muito depois do fim da II WW foram devolvidas ao povo alemão.
      Já a capital da macunaímica Pindorama está na mão das tropas políticas enviadas pelos eleitores de todos os Estados da federação, e o que vemos é a economia ladeira abaixo. A “fexta” economia, que ia entrar para a OPEP e vender petróleo do “pré-fal” para a Arábia Saudita agora …

    • JasonLannister

      Se resume bem mais a falta de patriotismo do brasileiro em achar que todo mundo é melhor.

      • Fernando Gama

        Concordo.

      • exato, tá cheio de coisa ruim/errada mesmo nos paises mais desenvolvidos

  • Leonardo

    A Tacv Ta com promoção a partir de junho saindo de Recife. Pra Lisboa, está em torno de 1.500 c as taxas.

  • Cleiton dos Santos

    Uma pena que os preços da LuxAir sejam tão caros.

  • O espaço da poltrona não me pareceu muito generoso na foto. O preço do bilhete é pra lá de salgado.

  • Marcelo

    Quase perdi um vôo no Tegel, meu vôo partia as 6:10, e a segurança abriu as 5:30, muitos vôos partiram na mesma hora e as filas eram imensas, pois muitos vôos partiam as 6:30…quem puder, fuja desse aeroporto

  • Jonathan

    informação útil.

  • Enzo Leite

    Tegel está para Berlim como Congonhas está para São Paulo. Mas desembarcar nele pra mim é sempre uma emoção especial, acho Berlim uma cidade fantástica. Belo relato, deu até vontade de colocar Luxembourg City no próximo roteiro europeu! 🙂

  • Paula Palmerston

    A 500 euros os bilhetes de ida e volta, eles deviam servir champagne e outras coisinhas mais……hehehehehehe muito caro!!!

  • obrigado pela publicação do meu review, MD!
    quem quiser algumas dicas do que fiz em Luxemburgo nessa viagem, pode dar uma olhada nos posts do nosso blog: http://www.viagemcriativa.com.br/category/estivemos-la/europa/luxemburgo/