Como é voar na classe executiva da American Airlines

Denis Carvalho 30 · setembro · 2014

A classe executiva da American Airlines nos novos Boeing 777-300ER são o destaque de hoje na nossa série especial de avaliações de classes Business. Apaixonado por aviação, nosso leitor Alessandro Quirino fez questão de voar com os novos jatos da American, mesmo optando por uma rota mais longa, e não se arrependeu da escolha! Veja em detalhes como foi a experiência dele nessa excelente avaliação e conheça mais da nova Business da maior companhia aérea do mundo! 

Sou um leitor do MD viciado em viagens e aviação! Através de promoções divulgadas no site já fui para a Austrália, Ilha de Páscoa, Estados Unidos, Canadá e Nova Zelândia. Claro que viajar tem muito mais a ver com o destino do que com o meio de transporte, mas não posso negar que também curto muito a viagem propriamente dita! Foi por esse motivo que aproveitei uma promoção de classe executiva da American Airlines e embarquei para Orlando nos EUA na época da Black Friday 2013!

avaliacao-business-american-airlines

Optei por voar para Orlando via Dallas para aproveitar a classe executiva do Boeing 777-300ER, atualmente o mais moderno da frota da AA! O voo para Miami é operado nos 777-200.

Já tinha lido muito sobre as companhias aéreas americanas, mas só tinha voado na United (Economy plus). Os comissários dessas companhias geralmente têm uma postura “isso aqui é o meu trabalho, trate de me respeitar e aproveitar o que há disponível” rs! Acredito que isso é uma questão cultural, pois aqui no Brasil ainda esperamos o tratamento “encantamento do cliente”, que acaba descambando para a “falsa” ideia de que “o cliente sempre tem razão”. Os gringos em geral não pensam assim!

No entanto, nos quatro trechos voados em Business da AA (nos voos internos a Business é chamada First) recebi um tratamento muito cordial dos comissários. Claro que as companhias top asiáticas estão à frente em muitos quesitos, mas confesso que fiquei surpreso com essa experiência na American.

Compra das passagens

Acabei comprando direto no site da AA, pois no Submarino Viagens estava aparecendo somente voos via Miami – que é a rota com escala mais comum do Brasil para Orlando! Não tive problemas no site da companhia, fiz inúmeras simulações e a reserva ficou “em espera” até a confirmação e pagamento no dia seguinte. Fiz em cinco vezes sem juros no cartão de crédito.

Um mês antes do embarque resolvi mudar o horário de um dos voos da volta. Liguei na AA e a atendente me informou sem rodeios todas as taxas que incidiriam, então desisti. Resolvi tentar a mudança no check-in desse voo, o que inclusive não seria taxado pela empresa para passageiros da Business e First. Isso funciona como uma lista de espera, com certas prioridades.

Depois de fechar a compra, alterei os assentos escolhidos através do site da companhia. Sempre leio relatos em sites que comentam sobre os melhores e piores assentos nos diversos tipos de aeronaves e acabei escolhendo outro assento para ficar mais distante da cozinha e banheiros. Na ida sentei-me na poltrona 7A e na volta na 7J (GRU-DFW-GRU).

avaliacao-american-airlines-executiva-01

Check-in em GRU

O check-in foi perfeito. Não tinha ninguém na fila exclusiva da Business. Entreguei meu passaporte e a atendente começou a procurar minha reserva. Começou então a fazer cara de que estava investigando algo. Pensei comigo se aquela promoção não tinha sido uma pegadinha (rs). Na verdade ela me explicou que estava um tempo terrível em Dallas e a maioria dos voos do aeroporto Fort Worth tinham sido cancelados!

Sala Vip GRU

A Sala Vip da American Airlines é chamada Admirals Club e fica no terminal 2, ala D. Antes da entrada do Duty Free tem uma discreta escada rolante à direita. Ao entrar, já vemos um buffet com pequenos sanduíches (frios), frutas e bolos. Além disso, bebidas alcoólicas, refrigerantes, água mineral e sucos à vontade.

avaliacao-american-airlines-executiva-41

O buffet não tinha uma variedade tão grande, mas depois descobri que pelo menos no Brasil não cobram por isso. Também disponível: internet Wi-Fi, muitas tomadas de energia, sofás, mesas, televisores. Nota dez para a limpeza do banheiro!

Voo para Dallas Fort Worth

O embarque aconteceu sem problemas e, por não estar lotado, bem rápido para uma viagem internacional. Logo no início os comissários já vieram oferendo bebidas. Antes da decolagem a comissária veio me falar que já tinha a informação da minha opção de refeição feita com antecedência pela internet.

avaliacao-american-airlines-executiva-04

Logo após a decolagem, em altitude de cruzeiro, começaram o serviço de bordo. Primeiro ofereceram bebidas e petiscos (amendoim, castanha, pistache) e depois os pratos escolhidos. A entrada foi de salada de alfaces da estação com acompanhamentos, como prato principal serviram frango grelhado com ervas finas, molho de cogumelos shiitake, arroz e legumes e de sobremesa  sundae com castanhas e frutas silvestres.

avaliacao-american-airlines-executiva-13

Também passaram uma cesta com vários tipos de pães para acompanhamento. A comida estava muito boa.  Aceitei uma taça (plástico) de champanhe. Foram oferecidas outras bebidas como vinho, uísque, etc.

Entretenimento

Após o jantar comecei a assistir a um filme, mas devido ao conforto da poltrona-cama (nessa aeronave a poltrona reclina 180 graus), logo caí no sono. Sobre o entretenimento eu me lembro de que tinha gostado mais das opções de filmes e séries da United. Mas nada que desabone a AA, que inclusive oferece acesso à internet para quem quiser pagar por isso (se não me engano algo em torno de 20 dólares para todo o voo).

avaliacao-american-airlines-executiva-07

Desembarque em Dallas

Em voos para os EUA, a imigração sempre é feita no primeiro aeroporto que se chega. Então, teria que passar pela imigração, pegar minhas malas e despachá-las novamente. Antes disso tudo uma funcionária estava chamando todo mundo para conferir o status de seus voos. A maioria deles realmente tinha sido cancelada ou estava atrasada. Um destaque para o aeroporto Fort Worth é a sua organização. Ele é gigantesco, com cinco terminais interligados por um moderno sistema de monorail (Skylink). Fantástico!

avaliacao-american-airlines-executiva-16

Voo para Orlando

O voo para Orlando foi tranquilo. A aeronave utilizada foi um B737-800. A First é composta por quatro fileiras, na configuração 2-2.

avaliacao-american-airlines-executiva-17

O espaço extra e as poltronas mais largas são excelentes! Na econômica a configuração é a conhecida 3-3. Foi servido café da manhã simples, mas condizente com um voo curto.

avaliacao-american-airlines-executiva-18

Na chegada a Orlando, apesar de colocarem etiquetas de prioridade na bagagem despachada, não foi exatamente o que aconteceu nos aeroportos de Dallas e Orlando. Mas sinceramente já estava me sentindo no lucro. Além disso, atualmente ninguém deve ganhar de Guarulhos no quesito atraso de bagagens!

Voo de volta, check-in em Orlando

 

Minha volta para o Brasil foi no sábado, após o Thanksgiving. O aeroporto estava lotado de famílias com crianças. O voo de Orlando para Dallas seria às 16 horas, mas tive que entregar o carro alugado no aeroporto ao meio-dia.

avaliacao-american-airlines-executiva-20

Como a American Airlines não tem sala VIP em Orlando pensei que seria bom se conseguisse antecipar minha ida para Dallas. Ao pedir isso, a atendente logo me disse que os voos estavam lotados, mas, muito atenciosa, não teve preguiça em procurar bastante. Chegou a me oferecer voo via Miami ou Nova York. No entanto, não conseguiu confirmar se as aeronaves seriam 777-300ER. Então preferi manter como estava.

O tipo de aeronave deveria constar nos sistemas deles, achei estranho, mas dei um desconto, afinal de contas imagino que não deve ter muita gente querendo escolher o tipo de aeronave que deseja voar (rs)! Nessa rota foi utilizado um MD-83, que apesar de já bem “rodado” na executiva é bem espaçoso. Não fui lá atrás conferir (rs), mas se não me engano na econômica a configuração dos assentos é 2×3.

avaliacao-american-airlines-executiva-21Sala Vip em Dallas

A sala VIP de Dallas, no terminal D, é bem maior e mais luxuosa que a de Guarulhos. No entanto, estava bem cheia à noite, quando muitos voos internacionais partem. Apresentei passaporte e bilhete e recebi um voucher para um drink cortesia. A comida deve ser adquirida à parte. Café, chá e algumas frutas podiam ser consumidos à vontade.

Apesar de não ter usado, logo na entrada uma funcionária me perguntou se eu queria que ela me providenciasse um banho enquanto esperava por meu voo. Foi uma pena não ter tido tempo para isso.

Retorno Brasil – DFW/GRU

avaliacao-american-airlines-executiva-19

Ao contrário da ida, na volta a Business estava lotada! Percebi que a maior parte das pessoas estava realmente viajando a trabalho. O serviço de bordo seguiu o mesmo padrão que já tinha experimentado na ida. A poltrona-cama foi um diferencial nessa perna da viagem! No 777-200 da AA, a poltrona não reclina 180 graus e, além disso, a configuração é 2x3x2!

avaliacao-american-airlines-executiva-23

Conclusões

Sempre ouvi muitos relatos negativos das companhias aéreas americanas. No caso da AA, eu teria que viajar na econômica para dar um veredito com mais propriedade (sem muita vontade de avaliar isso rs!). No entanto, dessa vez, voando na Executiva vazia na ida e lotada na volta, posso dizer que recebi um serviço muito bom, considerando que paguei por volta de USD 1,000. Agora, pagar R$12.000, na minha modesta opinião, é só para executivos ou gente que realmente está com muita “bala na agulha”. O ponto forte da Business do 777-300ER da AA é, sem sombra de dúvida, a configuração 1-2-1. O espaço é muito grande, inúmeros porta-trecos, bom kit amenidades, e disposição das poltronas “fully lie-flat” que garantem conforto e privacidade durante o voo. Vai ser difícil voltar lá para trás (economy)! Além das milhas acumuladas, o Melhores Destinos está me deixando muito mal-acostumado com tanta mordomia! Valeu MD!

Agradecemos ao Alessandro por essa brilhante avaliação que com certeza deixará muitos leitores com vontade de experimentar o conforto da executiva da American Airlines. E você, já voou na Business da companhia americana? Conte como foi sua experiência nos comentários!

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • re178

    Ótima avaliação! Na próxima vez que eu viajar pela American acho que vou fazer o upgrade para a classe executiva. Na última vez que viajei nela (em Agosto passado) me ofereceram o upgrade por R$250,00 , espero que da próxima vez ainda seja esse valor!

    • aLLLex USA

      ola, desculpe-me a ignorancia, mas voce precisa ser um cliente qualificado para ter direito a este upgrade pagando tao pouco?

      ou qualquer cliente economy está sujeito a receber tambem este beneficio de upgrade nestas condicoes?

      obrigado

      • re178

        Não tenho o AAdvantage, sou Fidelidade branco, paguei um valor promocional de R$1.300,00 ida e volta SP X Cancun e fazia 2,5 anos que não viajava com a American. Por conta disso, acredito que qualquer passageiro está qualificado para esse upgrade, eu acho!

  • William Cunha

    Excelente relato! Uma pergunta, todas as poltronas da classe executiva de qualquer companhia aérea reclinam 180º? É padrão isso, certo?

    • Prof. Paschoale

      Se você ler com atenção e interpretará texto, vai ver que o próprio autor diz aí acima que mesmo na American, nem todas aeronaves têm o sistema de reclino total. As 777-200 da AA não tem.

      • William Cunha

        Obrigado Prof.

    • Vicente

      Na nossa querida TAM, apenas nos
      novos 767 vindos da Lan…

    • Rubens Ferreira

      Não Willian, nem mesmo dentro de uma mesma companhia aérea temos esta uniformidade, pois depende do modelo do avião e da escolha que a própria companhia faz para cada classe.

    • Henrique

      Nao William, a companhia que decide a configuração das cadeiras e quanto elas iram ser reclinadas.

  • MOACYR LOPES DOS SANTOS

    Justiça à parte, a AA melhorou muito. Viajei com ela em julho, na classe econômica e as refeições, bem como o atendimento dos comissários foram perfeitos.

    No meu check-in também houve esta demora, creio em face da
    Ótimo relato.

    • Cassio Campos

      Moacyr, você viajou no 777-200 ou 300 ???

      • MOACYR LOPES DOS SANTOS

        777-200. E, por incrível que pareça, me deu uma saudade dos 767. Foi a primeira vez que andei de 777. Não me dei bem com os assentos e não consegui dormir. No 767 me encaixo melhor e fiquei menos cansado da viagem. Ainda vou viajar na executiva. Me ajuda ai, MD.

  • Cassio Campos

    Avaliação bacana! Estes 77W chegaram pra fazer a diferença… Vou à Los Angeles em novembro e estou completamente arrependido de não ir via Dallas ou NY com os novos boeings, tentando lidar com a idéia de que será no 777-200 via Miami. Até o vôo direto LAX x GRU será em 777-200, não gosto muito da idéia…

    • Bruno

      A American, está reformando os seus 777-200 com a configuração bem parecida com o 300, com exceção da First que vai ser retirada após a renovação,. Quem sabe não dá sorte! =)

  • Danielle Grant

    Achei curioso esse seu comentário
    “Acredito que isso é uma questão cultural, pois aqui no Brasil ainda esperamos o tratamento “encantamento do cliente”, que acaba descambando para a “falsa” ideia de que “o cliente sempre tem razão”. Os gringos em geral não pensam assim!”

    porque meu marido, que é canadense, sempre reclama justamente do contrário. Que aqui no Brasil não temos uma cultura direcionada à qualidade do serviço (por parte da(o) empresa/prestador) e por isso os clientes sempre saem prejudicados, enquanto lá a situação é o oposto — e por isso que qualquer problema, o cliente já recebe alguma compensação imediata ou, se entra na justiça, é quase certo que vai sair vencedor. E, até o momento, minha pouca experiência fora do Brasil infelizmente confirma a teoria dele.
    Mas isso sobre os comissários da “Gringolândia” não serem cordiais como os daqui realmente parece ser verdade. [Minha mãe, por exemplo, me contou que, na volta de Miami a São Paulo pela TAM, um dos comissários derrubou refrigerante no meu irmão (na época com 7 anos) e sequer se desculpou]. Que bom saber que, pelo menos na aviação, os brasileiros são mais gentis. Isso é um aspecto “Panair” que deve ser preservado (já que a questão das refeições a bordo infelizmente já foi copiada de lá ): ).

    • Cliff Stewart

      Concordo plenamente! Em grande parte, os brasileiros são muito exigentes porém gostam mesmo é de levar uma vantagem nos serviços ou então querem estar certos em tudo. Quando há alguma confusão em algum aeroporto, pode saber que é brasileiro “causando”. Ou porque quer embarcar quando o tempo está fechado, ou porque quer upgrade por ser a primeira dama, enfim… relatos meus e de colegas são sempre os mesmos, infelizmente. Daí é a cia que leva a fama de ser “grosseira”.

  • José Henrique

    Também aproveitei essa promoção, mas fui nos 777-200 mesmo. 3 pessoas saindo de Vitória (moro mais perto de BH, mas como o preço dobrava…) por aproximadamente 8 mil. Estava esperando outra promoção do tipo esse ano, mas não encontrei nada… Acabei comprando com o erro da Gol mesmo, por +/- 1.500 para 3 pessoas.

  • Ludimila

    Depois desse excelente relato, vou esperar ansiosamente por uma boa oferta na classe executiva da AA!

  • tp

    Em relação a sala Vip de Dallas, realmente é muito show! Além do welcome drink, cerveja normal (draft) e refrigerante também são a vontade como complementary beverages. O banheiro para banho é gigante e muito bom.

  • Ricardo Scaini

    Muito legal!! Poderia ter mais promoções dessa no site da AA.
    E à equipe do MD, eu procurei relatos de viagem na economy plus e economy do novo dreamliner da Air Canada, mas não há!! É que vou pra lá ano que vem e gostaria de ter uma ideia do que me aguarda! Haha

    • Quer fazer uma avaliação pra gente, Ricardo? =)

      • Ricardo Scaini

        Quando eu for, faço com o maior prazer!

  • Cassio Campos

    Ah Bruno, contando muito com isto… Na verdade, já tentei alterar os vôos com a agência, mesmo porque houveram alterações de horários em todos os trechos, desde que eu emiti os bilhetes, trocaria a ida sem pensar duas vezes… Valeu !!!

  • MOACYR LOPES DOS SANTOS

    Aliás, não comentei anteriormente, mas faço aqui. Um amigo meu que só voa com a AA (coitado, só tem 400 mil milhas acumuladas) me disse que depois da unificação com a Us, os serviços da AA melhoraram muito, desde o check in até o serviço de bordo.

  • Marcos Reis

    Pelo menos a comida servida a bordo parecia boa de sabor e quantidade… Principalmente pro povo que adora comer no avião! 🙂

  • Rafael Poggi

    Sensacional o relato! Um dia ainda vôo de primeira classe! Por enquanto, vou com o resto da manada na classe senzala, digo, econômica…

    • Cassio Campos

      A grande massa… rsrs

  • Denise Lutito

    Odiei a AA quando fui à Las Vegas nos dois vôos de BH x Miami x Las Vegas. No primeiro vôo configuração na econômica 2 x 3 x 2, poltronas apertadas, sem entretenimento individual somente uma TV nas poltronas centrais. No 2o. vôo, 4 horas e meia até Las Vegas e nem um lanchinho mixuruca serviram. Agora se eu puder vou escolher outra companhia aérea.

    • Eduardo Neves

      Denise , viajo há mais de 20 anos 5x ao ano para os EUA , principalmente a trabalho , e concordo inteiramente com vc .
      Somente agora em 2014 fiz 3 voos ida e volta com a referida cia aerea , inclusive retornando nessa última 5a-Feira JFK – GIG , e posso afirmar com certeza que a AA , pelo menos nos vôos atendendo o Rio , é uma tragédia : para começar , ao chegar ao aeroporto , os caras não encontravam meu nome na lista de passageiros ( tiveram que chamar um supervisor para fazê-lo ) , o check in uma “zona” , com aqueles totens eletronicos espalhados pelo 3o andar do JFK numa imensa desordem e confusão , e , para fechar com chave de ouro , dos 3 funcionários que nos atenderam naquele balcão no portão de embarque checando dados , conferindo boarding passes etc , 2 eram simplesmente comissários que trabalharam no próprio vôo que fizemos a seguir ( eu confesso que nunca vi isto , pelo menos em vôos internacionais ) .
      E olha que nem ligo tanto mais para o serviço de bordo propriamente dito ( comida , mídia etc ) , não tenho estas “frescuras” ( encaro como uma espécie de “ritual” que tenho de passar para chegar ao meu destino , seja ele qual for ) , mas o 767-300 utilizado parecia mais um cacareco antigo , mal conservado e desconfortável .
      Ah , e 1,5 hr antes de pousar no Tom Jobim serviram um desjejum da manhã onde a bandejinha do pão e frutas veio quase meia hora antes de servirem o café propriamente dito , sucos etc , denotando uma imensa desorganização , além do desleixo para com os passageiros
      Enfim , a AA parece mais uma empresa de ônibus relaxada , onde o cuidado com o cliente não parece o mais importante . .

  • Marcelaum

    Irei para MIA em dezembro, e consegui um bom preço na executiva da AA, mas vi aqui que a aeronava eh a 319, será que a config da cabine é a mesma?

    • jorge moraes

      Vc está enganado. Voo do Brasil para os EUA com A319 pela AA, não existe.

      • Marcelaum

        Entao meu bilhete eletonico esta errado tbm, foi lah que vi, aeronave a319, e inclusive se procurar no site deles tbm esta….

        • Thomaz Barros

          Se for a partir de Manaus, há chance de ser um A319 mesmo. Eles utilizam narrowbodies nessa rota.

          • Marcelaum

            Exato. Fui e voltei de 319 msm. Aviao pequeno, mas muito confortável. Ainda mais a executiva.

    • Alan Thompson

      Esse trecho em A319 não existe mesmo. Não seria um voo operado pela US Airways no A330?

      • Marcelaum

        O trecho eh diferente do seu, eh manaus -> mia

        • Fred k. chagas

          A319 aterra na HugoChaveslândia , se é que chega até lá… acho que nem isso. A319 pros states, nem saindo de manaus, creio.

          • Marcelaum

            Estranho, pois no site deles diz ser o 319… mas enfim, em dezembro eu descubro

          • André

            Oi pessoal, tô respondendo nesse comentário do amigo Marcelaum muitos dias depois do resto de vocês, então é provável que ninguém leia, pelo menos não de vocês, mas enfim. Fiquei curioso com esse A319 que ele citou, então fui simular no site da AA um voo MAO-MIA em dezembro e realmente é um A319. Pesquisei na mesma na hora no google e acontece que em novembro a AA substituirá o 737-800 por um A319 na rota diária pra Manaus.

  • Cliff Stewart

    Parabéns pelos relatos! Gostaria apenas de dizer que viajo há 14 anos de American por OPÇÃO!. Ao contrário do que dizem, sempre gostei muito do serviço da American Airlines. Na verdade, os brasileiros que são muito exigentes (até demais), por isso reclamam tanto dos serviços.
    Outra vantangem é o AAdvantage. Minhas milhas NUNCA expiraram, desde que eu movimente minha conta dentro de um prazo de 3 anos. ALém disso, há muita possibilidade de upgrade.
    Os Advantage Clubs localizados nos hubs são ótimos. Chuveiro disponível, WiFI, drinks, snacks… não tenho nada a reclamar da AA.

  • Alan Thompson

    Alex, acredito que esta opção não existe nem para clientes Executive Platinum.

  • Alan Thompson

    Denise, estes são os aviões antigos da AA que estão saindo de operação. Nos voos internos, nenhuma empresa americana costuma servir lanches. Eles vendem na verdade. Tanto Delta, United, AA… Não tem como escapar…

    • MOACYR LOPES DOS SANTOS

      Apenas uma vantagem: os lanches de lá são mais baratos que o da Gol. Nenhuma oferece lanches, realmente. Apenas a Us oferece um copo de refri grátis e só.

      • Alan Thompson

        A nao ser que voce esteja viajando na First domestica. Ai tem lanche e snacks de graca sim.

        • MOACYR LOPES DOS SANTOS

          Realmente, só na First. Na econômica, não temos nada. Um abraço.

  • Alan Thompson

    Compartilho da sua opinião. O AAdvantage pra mim é um dos melhores do mundo…

    • Walter

      Eu perdi 130 mil milhas do AAdvantage pois fiquei sem voar por 2 anos. Só quando tentei usar as milhas é que me avisaram que a regra mudou… tem que movimentar a cada 18 meses.

  • Fred K. Chagas

    ótima avaliação. Mas, vejam, Voltei semana passada na ECONOMY PLUS da British Airways, de Londres. Diferentemente do relato do amigo, a taça da British nessa categoria abaixo da business JÁ É DE CRISTAL, diferente da AA que serve vinho espumante em copos plásticos (conforme o relato). Essas e outras é que fazem a nota das cias. norte americanas ficarem lá embaixo…

    • Bruno Bastos

      Desculpe mas não entendo que diferença faz o material da taça. Isso é bobagem, até porque a função principal do avião ainda é transportar o passageiro.

  • Fred K. Chagas

    Ah sim, esqueci de dizer que a British Airways faz RIO/LONDRES em modernos 777-300. Que venha um dia o 787 (mas de ethipian não, obrigado…).

  • jose

    Um detalhe
    O 777 é só saindo de SP
    Do RJ ainda sai o obsoleto 767 onde apesar das poltronas serem parecidas elas sao mais estreitas
    Com 2 frequencias diarias e os voos sempre lotados a AA deveria considerar trazer o 777 para o RJ
    Já mandei reclamaçao pro SAC deles e nao recebi qualquer retorno…

    E fiquei com ciumes dessa promoçao pq nunca consegui uma promoçao dessas
    Sempre pago uma tarifa em torno de U$ 3.500 (por questoes medicas tenho que viajar com mais conforto)
    Entao pago carissimo para voar de 767
    Absurdo..

  • jose

    Concordo na questao da aeronave
    Os voos para o RJ sao em antigos 767, horriveis!!
    Em termos de atendimento como viajo sempre de business (por questoes medicas preciso viajar mais confortavel)nao posso reclamar do atendimento

  • Bela Schlup

    Adorei o relato! Viajo com a American há anos e todo ano vamos para os EUA com a American, seja de econômica ou executiva(depende dos valores). Adoro a companhia e o programa Advantage. Nunca recebi nenhuma oferta de upgrade tão barata como li em alguns comentários acima, mas já conseguimos trocar nossos pontos com facilidade por viagem na executiva para NY com milhas reduzidas, Vegas e em final de fevereiro deste ano fomos ao Havaí com milhas, na econômica mas ida e volta por 70.000 pontos cada um de nós dois!

  • Marcelaum

    Ufa, nao estou ficando louco….kkkk
    Será que a executiva do 319 é igual a do post?

  • Deise

    Bom dia, gostaria de ter informaçoes atualizadas sobre a executiva da American Airlines.
    Estou querendo ir no final deste ano de CFN/Mia (Belo Horizonte – Miami) e gostaria de saber se compensa o pagamento de uma executiva. Olhei que o avião é um 763. As poltronas são confortáveis e reclinam 180 graus? Obrigada.