Como é voar na Aeroméxico saindo do Rio de Janeiro

Denis Carvalho 14 · novembro · 2014

A Aeroméxico iniciou este ano seus voos do Rio de Janeiro à Cidade do México com conexões para vários destinos no país, além de Caribe e Estados Unidos. Hoje mesmo postamos várias promoções da companhia neste voo, que é operado em jato 767, mas a partir do ano que vem deve receber o moderníssimo Boeing 787 Dreamliner. Nosso leitor Daniel Mendonça voou com a companhia logo no início da rota e fez a excelente avaliação que trazemos para vocês hoje. Acompanhe e saiba como é voar com a companhia mexicana saindo do Galeão para Miami!

Olá, sou um viajante muito frequente entre Brasil e Estados Unidos, com isso, busco sempre as melhores ofertas em passagens aéreas. Desta vez, consegui um bom preço pela Aeroméxico para viajar saindo do Rio de janeiro Galeão, com uma conexão na Cidade do México e um rápido embarque para Miami, meu destino final. 

avaliacao-aeromexico-rio

Dados dos voos:
Ida: AM25 (GIG-MEX) AM428 (MEX-MIA)
Volta: AM423 (MIA-MEX) AM24 (MEX-GIG)

Compra

A compra foi feita por uma consolidadora (sistema de agência de viagens) pois tenho essa facilidade na família, então, eu não saberei explicar como funciona a compra pelo site. Paguei o valor total de R$1.411 já com as taxas de embarque, comprado por uma agência, poderia ser parcelado em até 10 vezes sem juros.

Check-in e embarque

Infelizmente, não podemos marcar assentos no ato da compra ou pelo site da Aeroméxico, temos que esperar até dar 24 horas antes do voo para realizar a escolha online e entrar na briga por um assento de sua preferencia.

Pois bem, 24 horas antes do meu voo, estava eu realizando meu check-in online. O site deu umas travadas, acredito que todos estavam tentando fazer o mesmo, mas na terceira tentativa eu consegui. Pelo que pude perceber, o voo estava bem cheio mas consegui lugares de meu agrado. Eu durmo bastante durante o voo e gosto de voar na janela onde eu posso apoiar um travesseiro.

No dia do embarque, cheguei ao Galeão 1h40min antes do voo, já com os cartões impressos e me dirigi ao despacho de bagagem. A franquia segue de acordo com os padrões das outras companhias aéreas: duas malas de 32 kg cada. Sem exceder, pois o valor por kg excedido na Aeroméxico é de US$ 48.

No meu caso foi tranquilo, estava somente com uma mala. O atendimento foi rápido, não fiquei nem 15 minutos na fila. A atendente, muito simpática, trocou meu cartão de embarque pelos impressos no aeroporto, fez o despacho da minha bagagem e tudo certo: segui para inspeção de segurança e alfândega para a sala de embarque. As filas de inspeções são sempre um pouco longas, mas caminham com certa velocidade. Logo eu estava na sala, no portão certo, já vendo o grande avião que iriamos voar.

avaliacao-aeromexico-rio-001

O embarque aconteceu de forma tranquila e organizada. Embarcaram as prioridades, classes e depois foram chamando as poltronas de meio e janela e em seguida corredor. Em 30 minutos estávamos todos já sentados aguardando a decolagem.

O avião

avaliacao-aeromexico-rio-004

Aí veio a minha decepção. Após entrar logo percebi que era um avião já velho e o desgaste se faz presente das poltronas às paredes e maleiros, bem como teto, banheiros e tudo mais. Aquele cheiro característico do ar condicionado já utilizado várias e várias vezes.

avaliacao-aeromexico-rio-002No momento da compra, não era informado qual o equipamento faria o voo, e minha expectativa segundo as avalições que eu havia lido no MD sobre os voos de SP, é que seriam o mesmo avião. Mas não: foi um Boeing 767-200 prefixo XA-OAM. Descobri inclusive que esse foi um avião utilizado pela saudosa Varig.

Pois bem, sem entretenimento individual, além das revistas de costume, apenas algumas telas coletivas espalhadas pelo avião, sem tomadas para recarregar os aparelhos eletrônicos, sem nada. Sobrou pra velha e famosa janelinha, ate pegar no sono.

Eu sou baixinho, meço 1,68m e as poltronas não tinham grande espaço, mesmo pra mim. E também não tinha descanso para os pés. #chateado

Refeições

avaliacao-aeromexico-rio-009Após a decolagem, cerca de 01h30min já em altitude de cruzeiro, foi servido o café da manhã.
Não tinha opção: era uma omelete um pouco apimentada, pão, salada de frutas e um mufin. As bebidas eram sucos variados, refrigerantes, café, chá e não havia bebida alcoólica.

Um ponto forte da Aeroméxico, de fome ninguém pode reclamar: tudo muito bem servido. Mesmo depois do serviço de bordo, foi feito o repasse de bebidas (dessa vez, oferecendo um licor mexicano de tequila. Eu não experimentei, mas minha companheira de poltrona, disse que era bom) e ainda te davam um saquinho com amendoins e repassavam uma terceira vez oferecendo café.

Logo colocaram no fundo do avião umas bandejas com sanduiches, sucos, refrigerantes e água, para quem quisesse se servir. Em seguida, foi distribuído o folheto para entrada no México – uma das coisas chatas desse voo.

avaliacao-aeromexico-rio-005

Faltando quase duas horas para o pouso, foi servido o jantar, creio eu, pois se aproximava das 16 horas (local do México). As refeições tinham opção de massa ou carne, também acompanhados de um pãozinho, salada e um pudim. As bebidas eram as mesmas do serviço mais cedo, acrescentadas de vinho tinto, vinho branco, uísque e cerveja de uma marca chamada Sol. Também aconteceu o repasse de bebidas e de café.

Conexão

O pouso foi tranquilo, e aquela ansiedade de esticar as pernas após longas 10 horas de voo me consumia. A pista ou as pistas de pouso do aeroporto em questão são longas e longe dos fingers, o avião parecia que caminhava a 1 km por hora de tanta demora que foi da pista ate a aérea de desembarque. Não só eu, estavam todos do voo já se perguntando o porquê de tanta demora!

Pois bem, chegamos. O desembarque foi até que rápido, logo estava no serviço de entrada no País, onde não é exigido mais visto e ganhando mais um carimbo no meu passaporte. Imigração daquele jeito, sempre muito sérios. Em seguida, temos que retirar as bagagens da esteira, apertar um botão em um suporte. Se ficar vermelho, suas malas vão ser revistadas, se ficar verde, você passa direto.

Uma hora depois – sim, uma hora depois do pouso!  -, começaram a apontar as malas na esteira, meu tempo de conexão já estava diminuído e eu já estava preocupado. E lá vamos nós apertar o botão. VERMELHO, vai eu pro raio X e não satisfeitos ainda pediram pra eu abrir minha mala.

Tive uma pequena discussão com a senhora revirando minha mala de qualquer jeito e ela resolveu implicar com o doce de leite que eu estava levando pra uma amiga. Mas como eu não estava levando nada artesanal, e tinha embalagem e CNPJ de tudo, a supervisora que foi chamada logo viu que não era nada demais e me deixou passar, só ai eu perdi mais uns 30 minutos da minha conexão.

Em seguida, levamos as malas ate uma esteira lateral e de lá elas seguem pro seu próximo voo. Quando subi pro segundo andar do aeroporto, onde e feito o embarque, mais uma inspeção de segurança, mas foi rápido. E logo meu nome já estava sendo chamado pelos alto-falantes do aeroporto para meu embarque.

O voo foi feito num avião super novo, um 737-800 muito confortável, com um ótimo espaço para as pernas, telas individuais e tudo limpinho e novinho. A impressão que tive é que era o primeiro voo daquele equipamento. Pude aí recarregar meu telefone e tirar mais fotos.

avaliacao-aeromexico-rio-011

As opões de entretenimento eram boas, com filmes novos, mapa, músicas, séries e opções para crianças. Tudo muito interessante. No serviço de bordo foi servido um jantar, com opções de carne, frango ou massa e as mesmas bebidas do voo anterior.

avaliacao-aeromexico-rio-010

Tripulação

A tripulação da Aeroméxico é bem mista, de homens e mulheres jovens e jovens senhoras e senhores. São simpáticos na medida, mas se perguntado algo eles na galley (cozinha do avião) a simpatia é esquecida e você fica sem entender se é pelo cansaço ou medo da conversa se prolongar. Respostas curtas e grossas, e olha que eu só perguntei qual o tempo estimado ate o pouso.

Chegada

A chegada em Miami foi normal, no horário previsto, tudo nos conformes. Andamos todo aquele longo caminho até chegar à imigração, onde só tinham dois guichês funcionando para atender os voos daquele horário! Então, eu demorei mais ou menos 1h30min até sair completamente do desembarque.

Retorno

avaliacao-aeromexico-rio-015Nada de muito diferente, mas dessa vez na conexão no México, a luz da inspeção ficou verde pra mim, e eu até tive tempo de sair da área de embarque e inspeção para conhecer o aeroporto.

A diferença que o avião usado entre Miami e Cidade do México foi uma 737-700 também já velhinho e sem nenhum entretenimento interno, só o externo mesmo, pelas janelinhas e paisagens.
O voo da Cidade do México para o Rio de Janeiro teve muita turbulência, nada assustador pra mim, mas havia quem estava já orando em voz alta.

Dicas

Uma dica que eu dou pra quem vai voar pela companhia e fazer conexão no México: nunca pegue uma conexão apertada, com menos de 2 horas. É quase certeza que você perderá seu voo e será realocado num próximo. Quase aconteceu comigo, se a senhora continuasse implicando com meu doce de leite.

avaliacao-aeromexico-rio-012

Conclusão

Eu voltaria sim a voar de Aeroméxico, mas tentaria pegar o voo de São Paulo, somente pelo avião ser melhor. De 0 a 10 no voo até a cidade do México eu daria nota 6. E do México a Miami, nota 10.
Espero que tenham gostado da avaliação. Abraços, Daniel

Agradecemos ao Daniel por esta formidável avaliação, que certamente será muito útil para todos os cariocas que desejam voar com a Aeroméxico. E você já voou com a companhia mexicana? Conte como foi a sua experiência nos comentários e participe! Você também pode avaliar a Aeroméxico no nosso Guia de Companhias Aéreas, além de ler as opiniões de mais de 30 leitores sobre a companhia.

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • isabela

    Fiz esse trecho na ida e na volta voltei p sp
    nem se compara , se puder escolher voe pela rota de são paulo , o avião do rj tá caindo ao pedaços

  • Guilherme U Gomes

    Fui em agosto pra Miami com a Aeromexico saindo de SP e gostei. O tempo de espera das bagagens quando chegamos no México foi mais de meia hora na ida, na volta foi uns 15 minutos.
    Realmente você não consegue marcar assentos na compra, uma pena. Fiquei dando refresh na página 24h antes pra escolher lugares mas não havia mais nenhuma janela. No embarque na ida consegui já marcar as poltronas da volta, aí sim com bons lugares. Segundo a atendente no aeroporto, poderia ter marcado antes pelo telefone.

    • Antonio Ferreira

      Sempre que viajo, ligo para a compania aérea e reservo os lugares da ida e da volta, incluindo conexões. Na próxima quinta, 20/11, viajo pra Las Vegas pela Aeroméxico saindo de São Paulo, consegui reservar os lugares da mesma maneira. Espero que eu não tenha surpresas. Abraço

  • Antonio Florencio

    Relato simples, porém completo. Pensei que fosse melhor os aviões da Aeroméxico. Muita frescura com o doce de leite e muito demora com as bagagens (parece GRU). Vejo que o mês de Novembro está com ótimas promoções, porém nenhuma espetacular. Na verdade faz tempo que vi uma promoção espetacular pra Miami. Ano passado comprei em novembro Recife-Miami por 705,00 + taxas. Ainda espero outra dessa.

  • Alexandre ribeiro

    Deu azar no aviao, fiz esse voo de GRU pra vegas via cidade do mexico aviao 777-200 tenho um e 1,80 e fui muito bem na economica sistema de entreterimento com filmes em portugues, e aindademos sorte eu e minha esposa pois fomos nos 2 em 3 poltronas na ida e na volta, muita sorte. Fiz um upgrade no voo de cidade do mexico pra vegas paguei 200uss para 2 num voo de 3.30 hs, depois de 9.30 do voo anterior foi bom para esticar as pernas, fiz esse up pela plataforma optimotown, nao consegui do brasil p o mexico pois nao estava disponivel, gostei do voo e voltaria c certeza e outra vantagem, qdo pousamos em Gru a alfandega nao parou ninguem pois o voo vinha do mexico, pena que nao escraxei nas compras.rsrsrs.

  • Chico

    No México implicaram com meu feijão! Tava levando pros EUA.

    Eles “apreenderam” e só me devolveram quando despachei no outro avião. Já nos States, mesmo declarando que estava levando produto agrícola não encheram o saco.

  • Dealins

    Relato interessante, Daniel!
    Voei com a Aeroméxico em 2012, em um voo interno e gostei muito. Me chamou atenção o tanto que as pessoas tomam aquela bebidinha que vc mencionou! Pena que por enquanto a empresa não investiu no mercado brasileiro, ainda estão usando esse avião nem um pouco convidativo, se considerarmos que se trata de um voo longo e que qualquer conforto é mais que bem vindo.
    Sobre a fiscal implicando com seu doce de leite no aeroporto, achei cômico o relato. Mas considerando a fiscalização ostensiva que vi em tal aeroporto, talvez esse singelo doce tenha sido o culpado por tanta dor de cabeça. Salvo engano, também é proibida a entrada de doce de leite no BR quando a origem é estrangeira.

    • jorge moraes

      E ainda tem gente acreditando que a Aeroméxico vai colocar o 787 saindo do GIG. Quanta ingenuidade. É muito mais coerente a empresa colocar o 787 saindo de GRU onde já opera com 777, do que colocar do GIG onde opera com 767 caindo aos pedaços.

    • Daniel Dias Mendonça

      Obrigado Dealins, Em outras vezes eu ja trouxe doce de leite (pq venho de MG pros EUA) e nunca tive problema com eles… Até cachaça eu ja trouxe pro pessoal que me pede aqui.

  • Bruno

    Dia 27 vou para Cancun, pela Aeromexico, saindo do GIG também, com escala na Cidade do México.
    Alguém saberia me informar se, neste caso, o procedimento de verificação da bagagem é feito na cidade do México ou as malas seguem direto para Cancún e lá ocorre o procedimento?

    • Alexandre ribeiro

      Nao , vc tem que retirar as malas passar na alfandega e por a mala na esteira de conexao.

    • Patrícia Toledo

      Olá Bruno,
      Vc pega a bagagem na cidade do México, e despacha novamente no setor de conexão, é tranquilo, e é só pedir informações lá q eles te mostram. Esta orientação foi dada no balcão da Aeromexico aqui no Rio.

  • Gui

    Fiz o voo até a cidade do México há 20 dias. Aprovei a companhia. Todos os funcionários, do check-in as comissárias de bordo são muito simpáticas e eficientes. Uma dica para garantir os assentos é ligar direto para a central deles em português 24 horas antes do voo. Eu acabei dando muita sorte, tanto na ida quanto na volta, tinha um casal com um bebê de colo no meu lado. Em ambos os casos eu me ofereci para trocar de lugar para dar mais conforto a criança e acabei viajando melhor. Na ida me botaram na primeira fileira da econômica com bastante espaço e na volta em uma fileira inteira vazia.

  • Jonas Trannin

    Concordo quase integralmente com o apresentado pelo Daniel. Porém a impressão que eu, minha noive e muitos outros passageiros foi pior que a relatada. Na saída do Galeão ficamos mais de uma hora dentro do avião por conta de problemas técnicos (falha no avião). O avião é muito, muito velho! A poltrona reclina menos que os aviões da GOL e tanto quanto apertado. Algumas telas para assistir os dois filmes (em um vôo de 10 horas) estão escurecidas e fica bem desconfortável para assistir. O pior foi na volta. Pegamos o vôo com saída às 23:40 da cidade do mexico para o galeão. Ficamos 2 horas dentro do avião e pediram para sairmos dele por problemas técnicos. Resultado: Não tinham informações precisas. A cada momento pediam mais 15 minutos para novas informações e embarquei as 4:40 da manhã no mesmo avião. Algumas pessoas, inclusive, choraram de medo e desistiram de pegar aquele vôo. Definitivamente o avião não recebe adequadamente as manutenções preventivas ou, por ser muito velho, não há como prever alguns problemas. Foi o pior experiência aérea que tive. O preço foi atrativo, mas quem busca conforto não recomendo!

    • zeca

      tem como saber na hora da compra qual vai ser o avião?

  • Dalcione Rossato

    Tem como marcar os assentos pelo telefone. Se você ligar para a Aeroméxico eles te transferem para a Decolar (não comprei lá as passagens) e você consegue marcar o assento de todos os vôos.

    Fui a um mês à Los Angeles pela Aeroméxico com conexão no México. Boeing 777-200.

    • zeca

      sabe informar se pessoas com proteses na coluna lombar tem direito a executiva?pois na american pode

    • hebert

      Vc saiu com o voo AM 25?

      • Fernanda

        Oi boa noite! Vc já andou no voo AM 25? Sabe dizer se ele tem tela individual ? Obrigada

  • Tabata

    Esse negócio de não poder marcar assento é um saco!

  • Paulo

    Viajei agora, em outubro, para Miami partindo do Rio de Janeiro, compra das passagens e check in perfeitos, assentos marcados já na compra. Avião, um 767 bem velho, serviço de bordo bom, atendentes excelentes e esforçadas, nada a reclamar. conexão na Cidade do México muito curta, um corre corre, revistam quase todas as malas – para que, se é só conexão, acho que trabalham para os EUA, porque em Miami ninguém se importou com minhas malas -. Vôo para Miami em um avião zerinho. Retorno, check in tranquilo, avião com bom atendimento, avião era um 737 muito velho, sem videos a bordo. Pouso na Cidade do México quase quebrou a minha coluna. 15 minutos de taxi, mais uns 5 minutos porque o piloto parou o avião na posição errada e teve que ser rebocado para a posição correta, isso até a abertura das portas e a conexão ficando cada vez mais apertada. Revista de quase todas as bagagens. Conexão confusa para o Brasil, ninguém da Aeromexico sabia informar sobre o vôo, uma hora era indicado o embarque em um lado do terminal do aeroporto outra hora era outro lado, imagine 200 pessoas feito baratas tontas no Aeroporto. Depois de muito insistir um senhor informou que o avião estava quebrado e que seria trocado, demorou umas duas horas até o embarque. Solução!!! não, de jeito nenhum, depois de todos acomodados, fomos informados que haviam esquecido de abastecer o avião, pois ele fora trocado em cima da hora, e lá se vão mais 1 hora para abastecer. Finalmente decolamos, vôo tranquilo, comida razoável, comissárias desta vez não foram tão gentis como nos demais vôos. Em resumo, pelo preço (1.300 reais) para Miami, vale a pena, mas cansa muito e no México a coisa é bem confusa. Mesmo assim, voltaria a voar, pois nada foi tão grave que me fizessem descartar a companhia. Mas prefiro vôo direto e que não diferem muito no Preço se comprados em promoções. Estas viagens longas nunca é lazer, então ficou na média, nota 7, se melhorar o avião e deixar tudo mais fácil no México, voltaria a voar com a Aeromexico com mais frequência, certamente.

  • luizgabrielbarbosa

    Já fui 4 vezes a cidade do México e todas as vezes,minhas malas foram abertas, sempre criavam caso com pão de queijo em pó,aquele da Yoki e farinha de mesa,um saco ,comprei passagem para o carnaval pela Aeroméxico por U$ 525 mais taxas, já estou arrependido por ser um avião velho,nessa rota,rio.mx, devia ter comprado pela Avianca.

  • Eliezer Fonseca

    Faz muitos anos, em 2007, minha primeira vez ao México foi pela Aeromexico, a ida foi num horário que operaram por pouco tempo, saindo às 06:00 da manhã de Guarulhos, num 767 sem grandes opções de entretenimento, e a volta vôo noturno já num 777, mas o serviço de bordo teve a mesma qualidade em ambos, gostei de tudo, nada a reclamar. Na região ainda voei pela extinta Mexicana (MEX-CUN) e por uma subsidiária dela, a ClickMexicana (CUN-HAV-MEX), e em termos de serviço ainda achei a Mexicana melhor, naquela época.

    • Eliezer Fonseca

      Em 2007 não houve nenhuma demora na imigração, mas voltei lá em janeiro/2012 e dessa vez realmente mudou para pior, uma demora absurda, com fila pior do que GRU. Mas aconteceu outro fato comigo que só tenho a agradecer o staff do AICM (sigla do aeroporto): após 5 dias na Cidade do México, peguei uma gripe muito forte, fui de manhã pegar um vôo da Interjet para Los Cabos, passei mal na área de embarque e me encaminharam para o serviço médico, mesmo com aviso na entrada de que “no se aplican injecciones”, quando lhe disse que ainda iria ficar no país por mais 2 semanas, o médico resolveu me aplicar uma dose de penicilina para passar a febre, tomou o cuidado de me perguntar por alergia, e eu neguei, pois nunca tinha tido problema com medicamentos. Resultado: choque anafilático imediato à aplicação, quando acordei tinha uns 4 médicos mexicanos a minha volta, enfim, pensei que morreria num aeroporto, mas graças a Deus e aos médicos locais, cujo atendimento foi gentil, eficiente e gratuito, me recompus e continuei a viagem no outro dia.

  • Ricardo

    Voei São Paulo/México/Cancún pela Aeroméxico, avião velho, voo longo com entretenimento individual que não funcionou na ida ou volta. Comida de avião todos sabem que é ruim, mas a da Aeroméxico foi péssima. Tripulação que nada lembra o povo amável e sorridente do México, devem ser importados! De agora em diante para o Caribe somente Copa saindo de Brasília!

  • Patrícia Toledo

    Voei pela Aeromexico no dia 03/11 ida e 10/11 volta, trecho Galeão/ cidade Mex/Cancun e conprei assentos AmPlus em todos os trechos via chat e recomendo os assentos 12A e 12 B são os primeiros e tem um espaço maior. A Aeromexico está vendendo muitas passagens promocionais e com isso no meu caso foram feitas várias alterações de horário de vôo que ocasionou perda de 1 dia em cancun, e o transtorno do assento q escolhi e paguei por ele não está disponível , fomos colocados na saída de emergência na mex/ cun/mex , na ida ocorreu tudo bem na volta a comissária e o capitão não aceitaram q viajassemos na saída de emergência, por não falarmos inglês e não entendermos o espanhol 100%, passamos pelo constrangimento e discriminação dentro da aeronave e nos fizeram mudar para um assento inferior ao que nós havíamos pago. Eu entendi e mudaria prontamente desde q me dessem o assento 6A e B q era o q paguei. Mas a única coisa q falaram era q eu deveria me dirigir so balcão da Aeromexico, na cidade do Mexico, e tentar o reembolso, (com um tempo de conexão em solo de 50 minutos, faz-me rir), sem contar q o dinheiro era o de menos , pq a escolha do assento é q meu esposo tem 1,90 cm. Bom no final ao embarcar de Mex/ GIG o avião atrasou 3 hs , passageiros lá relataram q no dia anterior houve atraso também , de 6 hs, percebi q havia muita duplicidade de assentos comigo aconteceu e com outras pessoas, “overbooking”?!, nos colocaram na classe premier devido esta duplicidade de assentos, fiquei satisfeita neste sentido, pq aconteceu algo bom depois de tanto transtorno com a Aeromexico sobre mudanças nos horários de vôo e assentos q começou em casa. Outra coisa os agentes e comissários da Aeromexico são mal humorados e não entendem português, cheguei a conclusão de que é melhor viajar com cias aéreas brasileiras , caso a diferença monetária seja pouca, não vale o estresse. Nas tentativas de mudança de assento tanto pelo email quanto pelo telefone em casa antes de embarcar, não fui atendida devidamente prla Aeromexico, ela não responde pelo site reclameaqui, nada nada, ela não escuta e nem valoriza o cliente. Espero ajudar algumas pessoas com este relato.
    Atenciosamente,
    Patrícia Toledo

  • Carolina

    Voei em 5 diferentes aeronaves da Aeroméxico, em voos domésticos. Todos sucateados! Sem falar no atendimento, em solo e em voo: péssimo!

  • Daniel Henriques

    Bom dia, pessoal. Comprei exatamente a mesma rota da avaliação (GIG-MIA) para voar em Fevereiro 2015. Com as taxas ficou em R$1533,00. Tudo através do site da AeroMéxico. Há opção de parcelamento em até 10x. Excelente dica do Melhores Destinos. Realmente não dá para marcar assento na hora da reserva, mas, de posse do código de reserva, é possível marcar os assentos através do atendimento eletrônico. Os meus assentos já estão marcados. Portanto, não percam tempo e entrem em contato com a cia mexicana e garantam o melhor lugar. abcs

    • Bruno

      Corroborando com o relato do colega, de posse do nº da reserva é possível marcar os assentos, inclusive por telefone, e não necesseriamente 24 horas antes do voo.
      Acabei de ligar no 0800 da aeroméxico e reservei os assentos sem maiores problemas e eles encaminham no mesmo instante a confirmação para o e-mail, sendo que minha viagem é daqui a 10 dias.

  • Pedro

    A revista de bagagem em solo mexicano é ridícula, fruto da mais autêntica burocracia, já que o voo era em conexão e o destino final da mala era outro país. Em viagem recente com destino a Vegas, passei por idêntico procedimento e prometi que jamais voltarei a voar pela Aeromexico.

  • Adrienne

    Fiz esse voo semana passada mas com destino final Las Vegas. Sobre a reserva de assentos pode fazer pelo telefone. Realmente o avião é super velho, passei muito tempo da viagem achando que aquilo poderia cair a qualquer momento (teve bastante turbulência). Hoje em dia não ter um entretenimento a bordo é quase pedir para cortar os pulsos, são 10 horas até o México sem nada pra fazer. As aeromoças são super grossas apertei por 3 x o botão para chamá-las e nada, você pode morrer ali que nem vão te dar bola. Essa conexão no México é horrível, ficamos mais de 40 minutos para passar na Imigração, ai depois tem que pegar as malas, passar no raio x, dar a volta e subir pro embarque de novo, ou seja, bastante perrengue. Como eu paguei super barato na passagem, me contentei! Portanto, só recomendo esse voo saindo do GIG se você quer economizar muito.

  • Luiz Carlos

    A Aeromexico faz o mesmo saindo do Rio, do que a American faz saindo de Brasilia, parece que utilizam os aviões que estão prontos para serem retirados de operação.

    • jorge moraes

      Em rotas que não são premium, as cias aéreas só colocam aeronaves Jurássicas. Voe por SP que a coisa melhora muito.

  • Dalcione Rossato

    não sei.

  • Renata

    Fui dia 09/09/2014 e voltei dia 20/09/2014 pelo Rio de Janeiro e achei que valeu muito a pena aproveitar essa promoção e voar com a Aeromexico!

    Para marcar os assentos, já que não há a opção de marcar pelo site no momento da compra (compramos as passagens diretamente no site da Aeromexico), ligamos no dia seguinte à compra no telefone da companhia e marcamos sem nenhum problema. Inclusive, viajei em assentos Plus (os primeiros assentos da classe econômica), com uma taxinha adicional de 50 dólares por trecho, salvo engano. Foi a primeira vez q viajei em assentos Plus e amei.
    Os voos foram super tranquilos, a comida a bordo deliciosa (até o amendoim da companhia é gostoso! E nas refeições principais escolham massa que é sabor garantido rsrs).
    Em relação ao avião, era antigo, mas achei muito bem conservado e me senti segura voando nele (palavras de uma pessoa que morre de medo de voar). Realmente ele é simples e não tem entretenimento a bordo, apenas uma TV comunitária com áudio em inglês e espanhol. Mas nunca conto com as opções a bordo e sempre levo meu iPad carregado de músicas e filmes, livros e revistas e não senti falta nenhuma disso na minha viagem.
    Já ouvi falar que os aviões que voam para SP são mais modernos, mas sinceramente, desde que o voo seja calmo, tenha boa comida e não atrase acho tudo maravilhoso!
    Minhas duas conexões na Cidade do México foram de menos de 2 horas, realmente ficamos bem preocupados se daria tempo, mas nenhum voo atrasou (saiu com uns 15/20 minutos de atraso, mas o horário que informam de chegada nunca é mesmo aquele, o voo sempre chega antes do previsto).
    Realmente quando chega no México é um “batidão” que consiste em: 1) imigração; 2) pegar as malas e despachar; 3) passar pelo raio X com a bagagem de mão. Foi o tempo exato de fazer isso e já embarcar no segundo avião, o que de certa forma foi bom porque não tivemos que esperar nada no aeroporto, o que é um saco.
    Li relatos aqui no MelhoresDestinos de quem perdeu a conexão, li isso antes mesmo de viajar e também me preocupei, mas fiquei imaginando que a companhia deve estar ligada nisso e colaborando ao máximo para não atrasar, afinal também é prejuízo para eles, que teriam que encaixar os passageiros em um novo voo. Foi a impressão que tive, ninguém dificultou nada. Se o procedimento é burocrático, é a lei do país e temos que respeitar, mas não achei que nada demorou além do necessário.
    No entanto, realmente os procedimentos de imigração e pegar as malas e despachar no aeroporto do México é algo que nunca vi em outras conexões viajando por outras companhias e em aeroportos de outros países (tem até um cachorro acompanhado de um policial cheirando as malas na sala das esteiras, mas nada que precisou de fila, o cachorro ia cheirando aleatoriamente as malas), mas de qualquer maneira, achei simples o procedimento. O aeroporto não é muito complexo e é só ficar atento para não errar o caminho. É bom sempre perguntar para um funcionário para ter ideia de para onde se está andando (uma dica: assim que desembarcar, deve-se descer a escada rolante onde se verá os guichês de imigração. É só entregar os papeis que são entregues durante o voo preenchidos e pronto. Eles devolverão um canhoto que vc guardará para apresentar mais a frente aos funcionários responsáveis pelo controle de embarque). Na volta o procedimento é igual ao da ida então vcs já saberão os caminhos e estarão craques.

    Enfim, eu adorei aproveitar essa promoção e ter viajado com a Aeroméxico! Deu tudo certo! O lado ruim são os voos longos (9h20 até o México e 2h50 até Miami), descobri nessa viagem que a Cidade do México é meio contramão para Miami, achava que era bem mais perto. Mas os voos foram super tranquilos, todos os pilotos me passaram muita segurança (observações de uma pessoa neurótica que morre de medo), senti que eles ficam atentos o voo inteiro, avisam de turbulência, acendem e apagam o sinal para apertar cintos conforme necessário (ao invés de deixar o voo inteiro ligado como muitos fazem). O tempo no México estava chuvoso e com neblina tanto na ida como na volta, mas as decolagens e aterrissagens foram ótimas…
    Enfim, essas observações finais são palavras de uma leiga que faz de 1 a 2 viagens internacionais por ano e, pela milésima vez, tem medo de avião, mas que para mim contaram muitíssimo.

    • Angellica

      Renata, agradeço seu ótimo relato! Comprei GIG-MIA para fevereiro e estava totalmente receosa qto à Aeroméxico. Fiquei um pouco menos preocupada agora. Só espero não pegar muita turbulência e não ter problemas com as bagagens…

  • Alexandre

    Fiz o voo Sp mex mex las, o avião é terrível, péssimo serviço de entretenimento e a comida também bem ruinzinha, agora eu consegui reservar os assentos com uma boa antecedência

  • Alexandre

    Esqueci de falar, marquei os assentos pelo telefone

  • Karla Lopes

    Vc tem toda razão com relação a conexão no Mexico!! Fui pra NY de Areomexico, com conexão. A ida foi uma beleza, tudo tranquilo, free shop bom e completo, mas… Na volta eu tinha 2 horas pra fazer a conexão, e foi uma demooooora pra desembarcar, mexeram muito na minha mala… Enfim, cheguei no embarque correndo toda descabelada, e dei de cara com o avião pra GRU com a porta fechada! Tive q pedir por favoooor pra abrirem a porta kkkkk! Consegui embarcar por um milagre, porém eu cheguei no Brasil, mas minha mala não 🙁 Roubaram um carregador da minha máquina fotográfica da minha mala, e o videogame do meu irmãozinho. A empresa me ressarciu do $$$ em 1 semana, pois eu tinha a NF e reclamei MUITO! A minha dica pra quem for parar no Mexico é ‘não titubeiem’ porque a chance de dar cagada é grande! Quanto ao avião (que eu não sei o modelo), era bem diferente desse! Bem espaçoso, com cobertores e travesseiros disponíveis, poltronas 2-4-2, serviço de bordo e entretenimento muito bons também… Recomendo a Areromexico com ressalvas, porque todos meus amigos q foram de AA ou Copa foram mal acomodados, e mal atendidos!

  • Dalcione Rossato

    Não. AM 7801

  • Andressa Martins

    Uma fraude total. Vendem a passagem, de depois dizem que o voo mudou de horário e que vc deve entrar em contato, porém ao entrar em contato com o número informado no email, falam que não podem te atender, porque sua solicitaçao está em um departamento de reacomodação. Estou nesta novela desde o início do mês, ligo para companhia 3 vezes ao dia e nada.

    Total decepção. Antes de comprarem a passagem, consulte nos sites como o Reclame Aqui e vejam o total descaso desta companhia.