Como é voar com a TAP saindo de Manaus

Redação 29 · janeiro · 2016

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Hoje o Melhores Destinos publica a atualização de uma avaliação de companhia aérea muito conhecida de nós brasileiros, a TAP – principal companhia aérea de Portugal. Essa segunda avaliação é bem interessante, principalmente por se tratar de um voo partindo do norte do Brasil, onde há muitos leitores do Melhores Destinos.

A TAP iniciou suas operações em 1945 e atualmente voa para 81 destinos pelo mundo, divididos em 34 países. Sua frota é composta de 77 aeronaves e o hub é em Lisboa, cidade sede da companhia aérea.

como-e-voar-TAP-report

O leitor Yuri Torres viajou com sua mãe até Roma com a TAP e detalhou como foi voar, com todos os detalhes e fotos, claro. Caso você também já tenha viajado com a companhia portuguesa, deixe seus comentários ao final do post para ajudar outros viajantes.

Vejam todos os detalhes e saiba se vale a pena viajar para a Europa com a TAP.

Boa leitura!

Em julho de 2015 havia programado passar as minhas férias na Austrália. Como algo que começou como uma brincadeira, disse para minha mãe que a levaria a Roma antes de ir para a Oceania. Como marquei as passagens sete meses antes da viagem e com o dólar ainda abaixo de R$ 3, foi possível sair do tom de brincadeira e começamos a planejar a tão desejada viagem até a Europa, assim minha mãe finalmente conheceria Roma e o Vaticano, um dos sonhos da vida dela.

Nosso voo partiria de Manaus e minha preocupação é que minha mãe não fala inglês e estaria sozinha nos voo de volta, visto que eu seguiria viagem até a Austrália. Achei uma passagem R$ 300 mais barata pela Air China via Madri e Guarulhos, porém preferi pagar um pouco a mais e voar “direto” no único voo da TAP na região Norte do Brasil, visto que ela não enfrentaria problemas em se comunicar caso tivesse algum problema, além do trajeto ser mais rápido também. Direto entre aspas porque o voo é triangular vindo de Portugal, ou seja, Lisboa – Manaus – Belém – Lisboa.

Compra dos Tickets

As reservas foram feitas diretamente pelo site da companhia aérea. O site da TAP é bem completo e conta com o recurso de “múltiplos destinos”, bastante útil para os casos como o meu. Antes do embarque, precisei alterar as datas de um dos voos por mais de uma vez, e em todas elas sempre fui muito bem atendido pelo call-center da TAP. Eles também têm a conveniência de poder ligar via Skype, o que é ótimo para quando se esta no exterior sem celular com chip local.

como-e-voar-TAP-website

Check-in

O check-in e imigração ocorreram sem problemas e pudemos ver a nova área internacional do aeroporto de Manaus – Eduardo Gomes, que se resume a meia dúzia de fileiras de cadeiras e um balcão onde você pode achar uma lasanha individual congelada por meros R$ 20.

DSC_0240

Talvez se argumente que a reforma não tenha terminado ou que ainda estão fechando os contratos dos espaços. Fato que a reforma ampliou o acanhado terminal, mas ainda está longe de ser considerada boa.

como-e-voar-tap-01

O embarque começou respeitando todas as prioridades como padrão, e ao entrar na aeronave, começou a confusão.

Como comentei no início, o voo era triangular, portanto, ainda ia para Belém antes de seguir a Lisboa. Somente quem tem Manaus como destino final desce da aeronave, quem vai até Belém permanece no avião e faz a imigração lá. Isso causa um conflito no mapa de assentos, ou seja, senta-se em qualquer lugar durante este trajeto de 1 hora e 45 minutos até Belém do Pará e lá, onde todos irão desembarcar da aeronave e ela será limpa, você ocupa o assento previamente marcado. A TAP poderia avisar isso aos passageiros durante a reserva, check-in ou embarque, mas não avisa.

como-e-voar-tap-02

Os passageiros poderiam também ter um pouco mais de empatia com os demais passageiros, já cansados? Sim, mas não tiveram.

Infelizmente, nessa hora todo mundo tem direitos e a decolagem atrasou cerca de 40 minutos. Alguns comissários tentavam explicar e resolver a situação, enquanto uns dois esperavam que um milagre acalmasse os passageiros.

Entretenimento de bordo

A aeronave, um Airbus A330, tinha o interior reformado e entretenimento sob demanda, assentos confortáveis e bons espaço para as pernas, porém estava suja e com lixo do voo anterior, além de mantas jogadas entre as poltronas. No voo até Belém foi servido um sanduíche e uma pequena sobremesa, além de bebidas, ambos muito bons.

como-e-voar-tap-04

Segundo embarque e voo

Em Belém, todos os passageiros saíram da aeronave, e quem embarcou em Manaus recebeu um cartão da TAP para o reembarque. A área internacional de Belém é minúscula e estava lotada, mas tinha algumas opções de alimentação e um pequeno Duty-Free.

Ao iniciar o embarque, primeiro entraram os passageiros provenientes de Manaus, e então os demais. O interior estava limpo e arrumado, pronto para a etapa de 7h até Lisboa. Após uma hora de decolagem foi servido o jantar com as opções de frango ou peixe, bebidas (incluindo vinho do Porto) e uma cesta com alguns lanches foi montada na traseira da aeronave.

como-e-voar-tap-07

O voo foi tranquilo, pousamos em Lisboa no horário previsto, apesar do atraso na decolagem. Uma longa fila na imigração se formava: voos da TAP de várias partes do Brasil chegam ao início da manhã no aeroporto da Portela, assim como outros provenientes da África. Depois de 45 minutos de espera, passamos pela imigração e corremos para o nosso portão de embarque, onde embarcamos na remota para Roma, em um voo de 2 horas e meia. Vale ressaltar que agentes da TAP chamavam passageiros para furar a fila da imigração em caso de conexão iminente.

O voo até Roma foi tranquilo e ainda nos foi servido um café da manhã, novamente muito gostoso. Ao chegarmos a Fiumicino, me senti em Guarulhos antes da privatização: muita gente, pouco espaço, muito barulho e uma hora de espera pela bagagem. Não sei exatamente se a responsabilidade é da TAP, mas lembro de ter lido sobre o terminal onde ela opera ter sofrido um incêndio à época, então paciência.

como-e-voar-tap-08

Conclusão

Tive uma experiência positiva com a TAP, apesar do percalço durante o embarque em Manaus. A aeronave era muito confortável e a conexão no aeroporto da Portela é rápida. A comida é servida em quantidades corretas e acompanhadas de talheres de metal, o que é sempre um ponto positivo ao fazer as refeições.

Já tinha ouvido falar que a tripulação da TAP é 8 ou 80 e felizmente eu e minha mãe sempre fomos tratados com educação. Sobre o problema com os assentos, é interessante selecioná-los ao fazer o check-in online, aberto 72 horas antes do voo e conferi-los ao despachar a bagagem no aeroporto.

Uma dica legal é que, se possível, faça um stopover em Lisboa para aqueles viajando a turismo: é gratuito, Portugal em geral é barato em comparação a outros países europeus e mesmo que você nunca tenha tido vontade de visitar Lisboa, te parecerá estranhamente familiar.

Autor

Redação - redacao