Cartões ELO Nanquim agora oferecem acesso ilimitado e gratuito às salas vip LoungeKey

João Goldmeier 20 · junho · 2018

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A ELO acaba de apresentar um novo benefício dos seus cartões da categoria Nanquim: a partir de hoje estes cartões tem acesso ilimitado gratuito às salas vip do programa LoungeKey. Saiba como funciona.

Para ter acesso ao benefício é necessário que a passagem tenha sido comprada com o cartão ELO – nas passagens emitidas com milhas basta pagar as taxas com este cartão. De posse do comprovante da emissão utilizando o cartão, o cliente faz a solicitação no site elo.com.br/beneficios e preenche o cadastro com dados pessoais e da viagem.

O voucher será recebido pelo e-mail em até cinco dias – a meta é que esse prazo seja diminuído para dois dias – e pode ser utilizado em até três meses. Serão enviados dois vouchers por bilhete/passageiro – sem limite de passageiros.

Outra boa notícia é que o novo benefício pode ser requerido nas passagens emitidas a partir de janeiro, ou seja, se você já emitiu a passagem utilizando o cartão ELO e ainda não viajou, pode solicitar o voucher.

A novidade enfrenta apenas um empecilho que a ELO está trabalhando para resolver: além das cias nacionais, somente TAP, United e Aerolíneas Argentinas aceitam a bandeira para pagamentos, o que restringe a utilização deste benefício.

Chip para celular

Outro benefício lançado recentemente é o chip para celulares. Ao comprar a passagem internacional com o cartão ELO Nanquim, ELO Empresarial Grafite ou ELO Corporativo você pode solicitar um chip com 2gb de internet + 100 minutos em ligações que oferece sinal em mais de 140 países.

A partir da segunda solicitação não é necessário solicitar um novo chip, será feita uma recarga no chip já enviado. O benefício pode ser solicitado duas vezes por ano.

Ótima novidade da ELO, não é mesmo? Quem aí vai aproveitar?

Autor

João Goldmeier - Editor