Banco do Brasil e Smiles prometem ressarcir clientes por cobrança indevida de anuidade do Cartão Smiles após promoção

Denis Carvalho 2 · outubro · 2015

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

O Smiles e o Banco do Brasil enviaram hoje um comunicado aos clientes que participaram da promoção de anuidade gratuita dos cartões de crédito Smiles. Segundo o programa, alguns clientes estão sendo cobrados de forma indevida pelo BB. O estorno do valor cobrado pela anuidade será realizado na próxima fatura.

O problema foi relatado por vários leitores que participaram da promoção e foram surpreendidos com a cobrança da primeira parcela da anuidade, que deveria ser gratuita, assim que fizeram o desbloqueio. 

Confira a íntegra do comunicado:

“Transparência e confiança sempre foram valores que guiaram nossa conduta com você.

Buscando preservar essa relação, gostaríamos de informar que alguns clientes que aderiram à promoção Anuidade Gratuita + 10 mil milhas bônus do Cartão de Crédito Smiles Banco do Brasil tiveram a primeira parcela da anuidade cobrada equivocadamente em sua fatura. O Banco do Brasil já está efetuando os ajustes necessários e o estorno do valor será feito na próxima fatura. Por favor, efetue o pagamento da fatura, incluindo o valor da anuidade que eventualmente possa ter sido cobrado.

Em caso de dúvida, entre em contato com o Banco do Brasil por meio do telefone que está no verso do seu Cartão de Crédito Smiles.

Aproveitamos para lembrá-lo que ao realizar o pagamento da primeira fatura do seu Cartão de Crédito Smiles até o dia 15/12/2015, você receberá as 10 mil milhas bônus previstas na promoção em até 5 dias úteis.

Agradecemos pela sua confiança e esperamos que você aproveite ao máximo todos os benefícios oferecidos pelo seu Cartão de Crédito Smiles.”

É bom saber que neste caso as empresas estão agindo antes que o problema se torne mais uma bola de neve nos tribunais de pequenas causas pelo Brasil a fora! E você? Teve a cobrança indevida da anuidade? Deixe um comentário e participe!

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe