Cartão de crédito da Petrobras muda para cashback em setembro

João Goldmeier 6 · junho · 2017

Apesar de ter seus fãs em virtude da ausência de anuidade, o cartão de crédito da Petrobras, emitido pelo Banco do Brasil, não chama muita atenção: a cada dólar gasto em despesas gerais rende 1 ponto e despesas nos postos de combustível BR e lojas BR Mania rendem 2 pontos. Ocorre que na conversão para milhas, 1 ponto equivale a 0,5 milha.

Percebendo a falha a Petrobras resolveu mudar: a partir de setembro os cartões não irão mais oferecer a possibilidade de transferência para as cias aéreas: o gasto no cartão será revertido para abater as despesas do mesmo, no modelo conhecido como “cashback” (na tradução literal: dinheiro de volta).

O anúncio está na página Petrobras que fala do cartão de crédito (confira aqui).

Não temos os detalhes de como será o percentual do retorno, mas já fizemos o contato com o Banco do Brasil e tão logo tenhamos a informação, iremos atualizar o post.

Quem desejar converter seu saldo em milhas, tem até o final de agosto para fazê-lo. E aí, alguém tem o cartão? O que acharam da mudança?

Dica do leitor Igor.

Autor

João Goldmeier - Editor
  • Hugo Leonardo

    Não deve fugir do que outras empresas já praticam, como a Méliuz. Mas acredito que deva ter mais retorno para uso na rede BR.

  • Gabriel Fernandes

    Tenho o cartão e sempre teve essa opção de abater na fatura que, inclusive, é a melhor opção
    A cada 10k abatem R$250

    E, como a anuidade é free, vale muito a pena ter para ganhar pontos no premmia, a cada 1 real gasto consigo 4 pontos
    Eu uso só pra abastecer mesmo

    • Anderson Dias de Oliveira

      Eu tbm tenho e uso pra abastecer. Exatamente: a cada R$ 1, gera-se 4 pontos no premmia. Transferindo pro TudoAzul, converte-se na metade, mas ainda é possível pegar bônus de transferência, tipo 80%. Logo, com o dólar a 3,5, pegando esse bônus (80%), dá pra ganhar aproximadamente 12 pontos por dólar.

      • João

        Pois é, mas essa possibilidade vai deixar de existir!

        • Valério

          Uma coisa é o programa de fidelidade do cartão, que gera 1 ponto por dolar e depois lhe confere a opção de trocar por pontos multiplis, na proporção de 0,5 ponto multiplus a cada ponto acumulado nonprograma de fidelidade do cartão petrobras. Outra coisa é o premmia, quem acumula pontos apenas em abastecimento e permite a troca em pontos no tudo azul. Este último não irá acabar.

          • Lázaro Oliveira

            Se mantiverem o mesmo esquema do Premmia, tudo bem. Também uso meu cartão somente para abastecimento nos Postos Petrobrás e normalmente no posto cadastrado como preferido. Daí as vantagens conforme nosso amigo Anderson Dias relatou acima!

        • Anderson Dias De Oliveira

          João, corrija-me se eu entendi errado: O que vai acabar é a pontuação referente aos valores gastos ponto por dólar. Mas a pontuação, a parte, do Premmia permanece; e transferir esses pontos para o TudoAzul é uma opção dada pelo Premmia, entre outras opções de troca. Certo?

          • João

            Correto, Anderson!

    • Renato

      Melhor opção mesmo Gabriel? Recente resgatei 10k para ganhar 5k na tudo azul com bônus de 80%. Resumindo levei 9k na azul. Resgatei passagem SSA/REC com 6k que estava valendo R$249,00 e ainda fiquei com 3k. Nunca usei cashback.

  • João

    Oi Fernando, não sabia. A página sobre o cartão tem bem pouca informação. Não deve fugir disso mesmo, vamos ver o que a assessoria de imprensa nos retorna. Abraço!

  • Yuri

    Cashback bom mesmo é com o Ganhe de Volta!

  • Valério

    Vão apenas excluir a opção de enviar pra multiplus. O cashback ja existe e vai continuar da mesma forma. Outra coisa: não confundam o programa de fidelidade do cartão, que gera 1 ponto por dolar em qualquer compra, com o premmia, que gera pontos apenas quando há abastecimento nos postos petrobras, independentemente se foi com o cartão ou não. Este último permite o envio de pontos para a azul e vai continuar permitindo. O uso do cartão no abastecimento apenas turbina o acúmulo no premmia.

  • H.a.r.l.y

    Tomara que não mudem a taxa do cashback que realmente é muito boa: R$250,00 a cada 10mil pontos. Enquanto que com 5mil de uma possível transferência para Multiplus nem chega perto desse valor.

  • Everdson Afonso

    ahahah, a unica atracão eram as milhas, o negocio e ir para Shell

    • Davi Teixeira

      O premmia vai continuar o que muda é a transferência de pontos dos gastos do cartão (gastos gerais).

  • Gustavo Coppi

    Sempre permitiu. O primeiro cashback deve ser feito com no mínimo 3000 pontos, os demais a partir de 1000 pontos.