Como é andar com o Cabify, o novo concorrente do Uber na cidade de São Paulo

Marcel Bruzadin 28 · junho · 2016

Provavelmente você já ouviu falar dos serviços oferecidos pelo Uber, certo? E do Cabify, já ouviu falar? A empresa, com sede na Espanha, ingressou no mercado brasileiro neste mês e veio ao Brasil com a promessa de ser um grande rival do Uber, hoje um dos mais populares serviços de transporte colaborativo no país.

como-e-andar-com-cabify-logo

Fundada em 2011 e atualmente operando em 6 diferentes países (Espanha, Peru, México, Chile, Colômbia e Brasil), o Cabify vem com a premissa de oferecer alguns importantes diferenciais no mercado, que vamos detalhar em seguida.

Na semana passada o Melhores Destinos experimentou o serviço da empresa e mostramos agora como foi a experiência e se vale a pena ou não utilizar o transporte recém-chegado ao Brasil.

O que é Cabify?

Se você nunca ouviu falar e não sabe nem do que se trata, o Cabify, assim como o Uber, é um serviço que conecta os motoristas de carro e os passageiros através de um aplicativo para celular. Diferentemente do Uber, o Cabify, permite que os seus passageiros solicitem um carro também via browser, ou seja, não exclusivamente pelo celular.

como-e-andar-com-cabify-website

Uma vez que o usuário define o seu local de partida e solicita um carro, o serviço aciona os motoristas disponíveis cadastrados em tempo real e aguarda a confirmação de algum deles para a sua solicitação. Pela própria plataforma é possível inserir o seu destino, com isso o próprio aplicativo já lhe informa o valor exato da corrida, a ser paga via cartão de crédito ao lhe deixar no destino desejado.

Como foi a experiência com o Cabify

Apesar de ter inaugurado sua operação há pouco mais de duas semanas no Brasil (São Paulo) como falamos anteriormente, um dos pontos que mais chamou atenção com o Cabify foi a disponibilidade de motoristas na região, zona sul da capital. Após solicitar um carro, o motorista chegou em menos de 10 minutos, o que achei extremamente positivo, justamente por se tratar de um serviço novo e ainda em divulgação. Sinceramente, esperava que houvesse um tempo maior de espera. Ponto positivo.

Logo ao entrar no carro, um Citroen Picasso (muito limpo por sinal), recebi as boas-vindas ao Cabify pelo motorista, que me questionou sobre a temperatura do ar-condicionado, a estação do rádio e ofereceu-me uma garrafa d´água, não muito diferente de como é feito no serviço com o Uber.

como-e-andar-com-cabify-garrafa

Durante todo o percurso conversamos bastante sobre diversos assuntos, inclusive sobre a chegada desse novo tipo de serviço no país, algo que vem trazer cada vez mais benefícios para os usuários através da livre concorrência e claro, também aos motoristas.

Pagamento da corrida no Cabify

Assim como no Uber, por padrão todo o cálculo do trajeto é feito através do Waze – que define, em tempo real, a rota mais rápida até o destino, considerando trânsitos e/ou possíveis acidentes. No entanto, caso o usuário tenha alguma preferência por rota ou região, os motoristas podem fazê-la, como o cliente achar melhor.

como-e-andar-com-cabify-motorista

Um dos principais diferenciais do Cabify, e que promete trazer dor de cabeça pro Uber, é que o valor da corrida é determinado ponto a ponto, ou seja, a tarifa é calculada independentemente do trânsito, horário ou caminho alternativo que o motorista fizer (e você permitir, claro). Dessa forma, o usuário fica sabendo o valor final da corrida no momento que solicita o veículo, sem surpresas ao final da corrida. Além disso, o Cabify chega ao Brasil oferecendo uma tarifa mais em conta que o Uber, sendo um dos principais atrativos para que os usuários testem os seus serviços.

Pelo serviço ter acabado de chegar ao Brasil, por enquanto só é possível solicitar uma categoria de veículos, chamada Cabify Lite, no entanto, a promessa da empresa espanhola é que em alguns meses as demais categorias entrem no mercado brasileiro para competir com as diversas categorias já existentes no Uber, como os carros luxo, com a intenção de atingir o mercado de executivos.

Diferenças entre Cabify e Uber

Durante a conversa que tive com os motoristas, tanto no trecho de ida como no trecho da volta, uns dos principais diferenciais para eles é o fato de poder ter acesso ao telefone do cliente que solicitou o carro: “Com o Cabify nós, motoristas, temos acesso direto ao telefone do usuário, assim conseguimos entrar em contato com o cliente em locais com um grande número de pessoas, como aeroportos, shoppings, etc”.

Sou usuário de Uber há muito tempo e confesso nunca ter tido problemas em ser recebido com algum veículo mal-conservado, no entanto, um outro diferencial relevante para os usuários do Cabify é em relação à sua frota, que só permite cadastramento de motoristas que possuam carros de até 5 anos de “idade”, ou seja, a probabilidade de você ser recebido com um carro novo e bem cuidado é bastante alta.

 

Acumulando milhas com Cabify

Outro ponto que é muito interessante, principalmente para quem gosta de viajar (como é nosso caso), é poder vincular a sua conta Cabify com um programa de fidelidade de sua escolha. No aplicativo está disponível somente o Latam Pass para Peru e Chile. A empresa, contudo, ainda não anunciou nada a respeito de acúmulo de kms ou milhas no Brasil.

Além disso, é possível configurar alguns detalhes sobre a sua preferência no carro como passageiro. Através do aplicativo mobile é possível ter acesso às suas preferências, como ar-condicionado ligado ou desligado, música, frequência de rádio favorita e até mesmo se deseja que o motorista abra sua porta no embarque ou desembarque, o que pode ser muito útil em determinadas situações.

como-e-andar-com-cabify-preferencias

Problemas com Cabify

Mas não são apenas elogios ao serviço. No trajeto de retorno até minha casa, solicitei um veículo que aceitou a corrida mas ficou cerca de 10 minutos parado no mesmo local. Ao perceber que o carro não vinha em minha direção, cancelei a corrida para poder solicitar outro carro e fui cobrado em R$ 7, sendo que só cancelei pois o motorista não se aproximava.

Assim que pude, encaminhei um e-mail ao suporte do Cabify, via website, com todos os detalhes do ocorrido e até o momento não obtive resposta. Casos semelhantes com o Uber já ocorreram comigo e amigos próximos e a resposta foi imediata, assim como o estorno da cobrança.

Pontos negativos

Além do fato de ter sido cobrado por uma corrida cancelada, ainda são evidentes alguns detalhes e pontos a melhorar do serviço da Cabify aqui no Brasil, o que é completamente aceitável para uma empresa que está chegando em um novo mercado.

Ao utilizar o aplicativo, disponível para download em todas as plataformas mobile, é possível visualizar alguns erros de tradução em algumas palavras, como: “seleccionar”, mas certamente nada que impeça de utilizar o aplicativo, são pequenos detalhes.

Por se tratar de uma empresa nova no mercado, o cadastramento de novos motoristas tem sido feito de forma gradual, portanto, é possível que em determinadas regiões da cidade não haja tantos motoristas disponíveis.

Códigos promocionais Cabify

Para quem vai se cadastrar no serviço é possível receber bônus usando códigos promocionais no Cabify:

cabifychegou – Oferece R$ 20 até 15 de julho

CABIFYEMSP – código da garrafinha de água, também oferece R$ 20

VAIDEVISA – R$ 30 de crédito para pagamento com cartões Visa

Conclusão: vale a pena usar o Cabify?

Em linhas gerais o serviço é realmente bem semelhante ao prestado pelo Uber em diversas cidades do Brasil. No entanto, os diferenciais oferecidos pela empresa, especialmente o preço, podem ser um atrativo para que mais pessoas passem a utilizar o serviço.

Já sabemos que existem outras empresas similares vindo ao Brasil para ganhar participação nesse mercado, que promete trazer muitas mudanças ainda.

Mais informações sobre o Cabify pelo site .

E você, já experimentou o Cabify no Brasil? Deixe sua opinião nos comentários abaixo, diferentes pontos de vista são importantes para uma boa discussão.

Publicado por

Marcel Bruzadin

Marcel

  • EIion Tallet

    Uma dúvida: o valor débito no cartão é pago no Brasil ou será que não é uma transação internacional (com direito a IOF e tudo mais)?

    • Marcel Bruzadin

      Olá Elion,
      A cobrança é feita em reais, sem acréscimo do IOF

  • Eu fiz algumas corridas usando o Cabify, e foram todas muito boas. Carros novos e limpos e motoristas muito solícitos.

    Acho que vale a comparação de valor, pois em alguns casos o UberX é mais barato. Por exemplo, do ponto aonde eu estou (Jardim Europa) o Cabify cobra R$82,00 até o aeroporto de Guarulhos.

    O UberX cobra R$69,00 na categoria Pool e estima em R$77,00 na individual.

  • Flaviano

    Agora falta testar a Televo, que se não me engano, também já está operando em São Paulo.