Conheça o Vainkará, nova atração radical do Beach Park Fortaleza

Redação 26 · março · 2018

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

O Beach Park, uma das principais atrações para quem visita Fortaleza está preparando atrações para o próximo verão, entre elas o inovador brinquedo Vainkará e um novo sistema de pulseiras digitais. A convite do parque, o Melhores Destinos, representado pelo leitor e jornalista Rafael Castilho, visitou o parque e detalha as novidades nesse post. Confira!

O famoso Beach Park, em Aquiraz próximo a Fortaleza, no Ceará, promete novidades para o início do segundo semestre, já de olho na próxima alta temporada de verão. Vem aí o Vainkará, um inovador toboágua do tipo tornardo onde boias para até quatro pessoas descem por quedas e curvas num percurso de 30 metros de altura e 158 metros de comprimento.

Segundo parque, a sensação prometida é de um drop na crista de uma grande onda.Serão duas rápidas descidas que terminam em altos paredões de 11,5 metros de altura fazendo o turista ter a sensação de gravidade zero e aquele frio na barriga. O novo brinquedo será o primeiro na América Latina do tipo Double Tornado Wave e o segundo no mundo, igual somente no Volcano Bay em Orlando.

Outra novidade do Beach Park será a implantação de pulseiras de identificação eletrônica que substituirão os atuais cartões pré-pagos utilizados dentro do complexo para o consumo pessoal. O sistema foi desenvolvido em parceria pelo Beach Park, Getnet e Visa.

A pulseira também poderá ser utilizada para identificação do usuário no Vainkará, onde haverá a gravação em vídeo da descida radical. Ainda não foi definido se haverá custo extra para os visitantes.

Visita
Apesar de não estar em Fortaleza, o Beach Park tornou-se atração imperdível para quem visita a capital cearense. No aeroporto internacional Pinto Martins grandes painéis do parque dão boas-vindas ao visitante. São 27 quilômetros de distância que podem ser percorridos em táxi (R$ 78), transporte por aplicativo (cerca de R$ 40) ou aluguel de carro em uma das diversas opções disponibilizadas no saguão de desembarque. A viagem dura em média 40 minutos dependendo do trânsito.

O Beach Park foi fundado em 1985 como bar praiano. O famoso parque aquático iniciou as atividades quatro anos depois. São 18 atrações para toda a família desde o mais aventureiro ao mais pacato, sem esquecer, é claro, dos pequenos.

Para quem é radical, o brinquedo mais famoso é o Insano, onde a subida de catorze andares de escada já começa a dar frio na barriga. A queda livre de 41 metros dura apenas 5 segundos, o turista literalmente voa no toboágua, as costas chegam a descolar da plataforma, e a velocidade pode chegar a 105 km/h.

Vista do Insano

Vale destacar também o Vaikuntudo, onde 4 pessoas deslizam no maior toboágua na categoria Tornado do mundo em percurso e altura, 25 metros. Esta atração foi a última inaugurada pelo parque em 2015 e dividirá o acesso com o futuro Vainkará.

Projeto do Vainkará

Para as famílias com crianças pequenas, o melhor é desfrutar as piscinas rasas na área da Arca de Noé com 10 brinquedos aquáticos, entre eles rampas infantis e cascatas gigantes ou no Aqua Circo. Outra pedida é o Maremoto, piscina de ondas com 4.400 m2 e 3 milhões de litros de água. Mas se o objetivo é relaxar nada melhor do que esquecer o tempo nas boias no rio de correnteza.

Área infantil do Beach Park

O parque oferece aluguel de armários para deixar pertences, cabanas para relaxar e o uso do cartão pré-pago para serviços e consumos. Mas fique atento: tudo é cobrado a parte e os valores são altos, principalmente o de alimentação. Uma garrafinha de água sai R$7, cerveja R$11, hot dog R$16 e hambúrguer R$26!

O Beach Park ficou em segundo lugar na avaliação mundial do site Tripadvisor como melhor parque aquático do mundo em 2017, quando recebeu mais de 1 milhão de visitantes. Além do parque, o Beach Park hoje é um grande complexo turístico com bar de praia, lounges, restaurantes, lojas e hotéis. São 566 quartos disponíveis com diversos atrativos e wi-fi, mas a rede de internet wireless deixa muito a desejar e não há sinal dentro do parque.

Serviço
Localização:
R. Porto das Dunas, 2734 – Aquiraz/CE
27 km de distância do Aeroporto Internacional de Fortaleza (táxi R$ 78; trasporte por aplicativo cerca de R$ 40)

Horário:
10h30 abertura das bilheterias
11h – 17h funcionamento do parque (checar calendário no site)

Ingresso:
Adulto: R$ 220 (1 dia) ; R$ 340 (3 dias)
Criança: R$ 210 (1 dia) ; R$ 340 (3 dias) ; gratuito para crianças até 1 metro de altura

Armários dentro do parque:
Pequeno: R$ 25 + R$ 30 (R$ 25 caução da chave + R$ 5 cartão consumo)
Grande: R$ 47 + R$ 30 (R$ 25 caução da chave + R$ 5 cartão consumo)

Alimentação:
8 restaurantes e lanchonetes dentro do parque (hamburgúeres, sanduíches naturais, pratos típicos, etc)

Acomodação:
Acqua Beach Park Resort; Suites Beach Park Resort; Wellness Beach Park Resort e Oceani Beach Park Hotel – todos fazem pacotes com a inclusão do ingresso
Há outras opções na praia Porto das Dunas desde pousadas a hotéis, que são mais econômicos que os oficiais.

O Melhores Destinos viajou a convite do Beach Park

Autor

Redação - redacao
  • Ricardo

    Nossa, como é caro! Vou ter que vender um filho para poder levar os outros dois…

  • marilia gama

    Agora só precisa melhorar os hotéis do complexo que são caríssimos mas oferecem péssimo serviço e instalações mal cuidadas .

  • HB

    Com esses valores, somados a passagens aéreas e todo o alto custo Brasil, a Orlando-EUA agradece.

    • LuRodamilans

      Dois dias de Ingressos em Orlando por pessoa não sai por menos de 1.017 reais… Se forem 4 pessoas serão quase 5 mil só pra esses ingressos, realmente Orlando agradece.

    • Maria Carolina Paiva

      exatamente! Eu sou de Fortaleza, mas so vou pq tenho familia, o custo eh mt alto. Prefiro ir para Colombia, praias, festas e comidas melhores! Ou para Miami!

      • Davi Carvalho

        Já fui na Colômbia uma vez para San Andrés.. Lugar muito bom e barato para turismo.. Indica algum outro lugar da Colômbia, Maria Carolina ?

        • Maria Carolina Paiva

          eu sou bem suspeita para falar! Eu gosto muito de Santa Marta, tem umas praias perto bem nativas ainda, Taganga, Tayrona. Eu ja fui para Capurgana, que eh na fronteira com o Panama, mas eh bem turismo de aventura mesmo, porem as praias sao muito lindas, vale muito a pena!!!

          • Davi Carvalho

            Gosto muito desses lugares de praia assim.. vou dar uma pesquisada.. Obrigado.

          • Maria Carolina Paiva

            Procura Capurgana e Sapzurro, nao tem muita estrura, mas eh incrivel e muito barato! Santa marta eh melhor, essa praia Taganaga eh como se fosse uma Jeri, muito boa!

  • Atração pra turista, infelizmente. Moro em Fortaleza e não tenho coragem de pagar essa exploração, mesmo sabendo que o parque é excelente. As vezes que fui foi através de pacotes para empresa. Valia muito a pena, mas até isso parece que deixou de ser atrativo, pois restringiram muito. Uma pena!

    • LuRodamilans

      Sugiro você dá uma pesquisada, pra moradores tem descontos, assim como outras categorias, idosos, pessoas portadoras de necessidades especiais, estudantes inclusive adultos em universidades pagam meia entrada, professores, empregados de algumas empresas, etc.

  • Antonio

    O sujeito vai com esposa e filho e gasta 1.000 reais em um dia, so em ingressos (650), armario (30) e alimentacao (Se ficar o dia inteiro pode colocar 100 reais por pessoa: almoço, bebidas e um lanche a tarde). Fora o transporte pra la q tb é caro.
    Eu estive no Ceará no ano passado e nem pensei em ir a esse parque

    • Caroline Ramos

      Qual atração paga a parte? Estive lá esse final de semana e não tinha nenhum brinquedo pago, todos estavam inclusos no ingresso.

  • LuRodamilans

    O povo tem mania de reclamar… O Parque é excelente e pra ser excelente precisa ter seus custos, vai quem pode… Muitos acham que ire a Orlando é o melhor negócio, sendo que lá, uma família de 4 pessoas se quiser fazer todos os parques terá que desembolsar no mínimo 10 mil reais só com os ingressos… Mania de acharem que lá fora é melhor!

  • Cristiano

    Faço questão de deixar minha opinião dizendo que o BEACH PARK VALE MUITO A PENA SIM!
    O preço é caro? É, para o padrão de parques no Brasil é sim, mas vale muito a visita, vale lembrar que a entrada nos parques da Disney é bem salgada também, mas quem vai paga com gosto. Então vamos parar com esse mania de desvalorizar tudo que é nacional.
    O Beach Park vale cada centavo do ingresso, tem inúmeras atrações excelentes e para todas as idades, recomendo a todos!!! 😀

    • Maria Carolina Paiva

      por favor, nao tem nem o que comparar ne… eu sou de Fortaleza, fui varias vezes, mas a Disney eh mais barata sim. E essa eh uma critica que escuto cada vez que estou em Fortaleza com amigos de fora, exatamente essa comparacao, como pode um parque como esse ser mais caro que a Disney….

      • Raone Neves

        quem fala isso nunca foi na disney… la sai em torno de 100 usd pessoa dia, isso se vc comprar pacote pra 4 dias, um parque por dia… fora 20 usd de estacionamento… os parques aquaticos de la ate podem ser mais barato, mas tbm, pelo que sei, o beach park é tao bom quanto os de la…

        • Raimundo Alves

          Concordo, Raone, a Disney é muito cara, e esse preço que vc falou é sem alimentação e bebidas, e tudo em dólar, que está a R$3,30, ou seja, a brincadeira lá sai muito cara. Além do câmbio, temos os preços das passagens, que tornam qualquer viagem para os EUA muito mais cara do que no Brasil. E em Orlando vc é obrigado a alugar um carro, não tem outra opção. Quem fala isso é pq nunca foi à Disney, fala de ouvir os outros falar. Ou gosta mesmo é de curtir o complexo de vira-latas.

          • Ricardo

            A Disney é muito grande (4 parques), um pacote de 6 dias sai por uns 75 dólares por dia. Que valem cada centavo!
            Mas o Beach Park obviamente não se pode comparar com a Disney, e sim, por exemplo, com o Aquática de Orlando, que custa 59 dólares (incluindo as taxas) e está aberto no verão de 9 da manhã a 7 da noite. Ou seja, muito mais barato!
            Não se trata de complexo de vira-latas, e sim de um produto muito caro que está aberto 6 horas por dia!
            Mas enfim, vai quem quer..Eu não, obrigado!

          • Maria Carolina Paiva

            eu moro nos EUA e quando vou para Fortaleza nao vou no Beach Park, porque sei que nao vale a pena, o custo eh altissimo sim comparado a Disney. Quando vc compra os tickets familia ou pacote sai bem em conta. E nao so comparando com a disney, como a outros parques e parques aquaticos, os horarios de funcionamento, servico, organizacao, etc… tudo deixa a desejar. Eu sinto muito mesmo, pois gostaria de ver florecer o turismo na minha cidade, porem o alto custo impossibilita. Para eu viajar de NYC para Fortaleza eu consigo na promocao passagem de 1300 USD, ja se eu for para Cartagena eu consigo de 400 USD, pensa em uma familia, o que vale mais a pena?

    • Raimundo Alves

      Exatamente, Cristiano, precisamos valorizar o que é nosso. Nossas praias
      são excelentes, estão entre as melhores do mundo e o Beach Park é um ótimo parque,
      caro realmente, mas ainda assim mais barato do que a Disney, sem falar dos
      preços das passagens e do câmbio, que tornam qualquer viagem para os EUA
      muito cara.

    • Marlene Oliveira

      Ok em pagar caro! O problema é pagar caro e enfrentar enormes filas para ir nos brinquedos. Fui num sábado e nos melhores brinquedos tinha muita fila, inclusive desisti de ir no “Insano” por causa da fila. Acho isso abusivo, porque vendem ingressos acima da capacidade ou a capacidade é mal calculada.

  • Eduardo

    Ou seja, como falaram, pra um pai de família a brincadeira sai por mil reais a diária. To fora!

  • É bem isso mesmo. Também não viria para cá para turismo.

  • Marlene Oliveira

    Só se agora tem meia entrada, quando fui em 2012 comprei ingresso na bilheteria, inclusive questionei sobre a meia entrada, falaram que não praticavam.