Azul recebe seu primeiro avião grande porte para os voos aos Estados Unidos

Denis Carvalho 25 · junho · 2014

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A Azul recebeu hoje seu primeiro avião de fuselagem larga, que será usado nos voos de Campinas aos Estados Unidos, previsto para ser iniciado no início de 2015. O Airbus A330-200 – matriculado PR-AIZ e batizado “América Azul” – pousou no Aeroporto Internacional de Confins, em Belo Horizonte. A aeronave partiu de Lake Charles, nos Estados Unidos. Outras cinco aeronaves deste modelo ainda serão recebidas para inaugurar os serviços internacionais.

Em abril, a Azul anunciou o início de voos para os Estados Unidos a partir de princípios de 2015. Entretanto, a companhia está bastante engajada no objetivo de oferecer o novo serviço já em dezembro deste ano. “A intenção é dar aos nossos clientes a oportunidade de voar nas férias de fim de ano a bordo de nossas novas aeronaves”, afirma Antonoaldo Neves, presidente da Azul. 

azul-airbus2

No pedido que a companhia fez ao governo norte-americano voos de Campinas dezembro já consta como previsão para o início das operações. “Estamos trabalhando intensamente para estruturar e antecipar a operação internacional em tempo recorde. Os próximos meses serão de grandes desafios para tornar esse sonho uma realidade”, complementa Neves.

A companhia prometeu que fará profundas alterações na configuração interna de seus A330-200. “As aeronaves receberão um pacote completo de melhorias, que incluirá total remodelagem interna em todas as cabines”, informou a Azul, que não deu mais detalhes sobre o programa de reconfiguração interna.

Além dos seis A330-200, a companhia incorporará à frota cinco modelos A350-900, os mais modernos jatos comerciais da atualidade, a partir de março de 2017.

Dica dos leitores Rodrigo Aguiar e Thiago Cavalcante

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe