Azul anuncia novos voos para os Estados Unidos a partir de Belo Horizonte e Belém

João Goldmeier 11 · agosto · 2017

Atenção mineiros e belenenses! A Azul acaba de anunciar dois novos voos para a Florida, partindo destas cidades. O voo de Belo Horizonte é para Orlando e o que parte de Belém vai para Fort Lauderdale! As duas rotas terão início em dezembro e devem facilitar a viagem dos moradores dessas cidades e de outras atendidas pela companhia, que poderão fazer conexão e seguir para a Flórida.

O voo de Belo Horizonte para Orlando será feito com o Airbus A330, maior avião da frota da Azul, com três classes de serviço: econômica, econômica premium e executiva, além do SkySofa, espaço na aeronave em que um grupo de quatro poltronas se transformam em uma cama.

Já o trecho entre Belém e  Fort Lauderdale será realizado com o Airbus A320neo, aeronave de menor porte mas muito moderna. Serão 174 assentos em classe econômica com tomadas de energia entre as poltronas além de entradas USB individuais.

“Estamos muito entusiasmados com os novos planos internacionais e o fortalecimento das operações domésticas nas cidades de Belém e Belo Horizonte. Agora, aguardamos apenas a aprovação das autoridades dar início à venda das passagens e colocar o plano em prática”, Abhi Shah, vice-presidente de Receitas na Azul.

A companhia planeja também a ampliação no número de voos, oferta de assentos e destinos em Belém, incluindo voos diretos partindo de Fortaleza e Cuiabá.

Confira os horários previstos para os novos voos:

Resta saber se a companhia terá preços competitivos nas duas rotas! E aí, gostaram da novidade?

 

Autor

João Goldmeier - Editor
  • Marcio Correa

    Excelente noticia. Espero que desta vez os voos para MCO partindo de CNF realmente continuem, e não façam como da ultima vez que duraram menos de dois meses. Mas, os tempos são outros agora. Meus parabéns ao pessoal de Belém, merecem mesmo um voo assim.

    • Diego Vargas

      Pois é, Márcio… Nem sabia que os voos pra Orlando, saindo de BH, tinham sido suspensos. Minha sobrinha foi pra lá num voo Azul, em dezembro de 2015. Lembro que o preço foi excelente na época, algo em torno de 1800 reais, se não me engano. Levando em consideração os preços criminosos que estão cobrando do início do ano pra cá, duvido que cheguem minimamente próximo disso. Voar voltou a ser privilégio de poucos. A elite conseguiu, enfim, tirar os pobres dos aeroportos.

      • Marcio Correa

        Pois é Diego, este é meu temor, preço. Acho pouco provável que fiquem por menos dos 4 ou 5 mil, ida e volta, em janeiro, que é quando quem tem crianças em idade escolar pode viajar. No meu caso, somos 2 adt e 2 chd. passa dos 15 mil em passagens, inviabilizaria. Vamos ver.

        • Diego Vargas

          Sim, meu caso é idêntico ao seu, dois adultos, duas crianças, com o agravante da minha esposa ser professora, ou seja, só posso tirar férias no período de altíssima temporada. Oremos! hahaha…

          • Idem, esposa professora e duas crianças! É um sufoco achar promos realmente boas em janeiro e julho. Nem contrafluxo existe mais.

          • Diego Vargas

            Nem fala, Alex. Tô há 8 meses esperando promoções de verdade, e nada. Fiquei mal acostumado com o período 2011-2016, e agora tô sofrendo com abstinência de planejamento de férias. Nos últimos anos, à essa altura, eu já tava com tudo planejado pra viajar em dezembro/janeiro. Agora, nem pro Nordeste tá dando. BH-Fortaleza, em janeiro, no mínimo 1100 reais por pessoa. Já paguei menos que isso pra ir para os EUA.

    • Wellington Sousa

      Marcio, também espero. Acho que com a frequência reduzida na baixa temporada essa rota tem tudo pra ficar. Oremos!

  • Francisco Teixeira da Costa

    Parabéns a Azul. Os Mineiros agradecem. São vários voos diretos saindo de BH para todo o Brasil e América do Sul (Buenos Aires). Agora mais este. Quem tem filhos pequenos sabe a importância de diretos.

    • Marcio Correa

      Espero que a AA se “mexa. Ela” reina sozinha no trecho CNF-USA(Mia) com seus “sucatões” 767 da década de 90, que dizem estão para serem substituídos.

      • LuRodamilans

        Vc foi gentil falando década de 90… Na verdade é da década de 50 e olhe lá kkkkkkkk

  • Marcelo Thomazi

    Torço muito para que dê tudo certo. #partiubhorlando

  • Hernando Junior

    É uma otima notícia resta saber o preço pois de nada adiantará ter os vôos mas com preços exorbitantes ai ninguem da conta. Fizeram um mega investimento em Confins/Bh e após o termino deu-se início a essa crise danada na qual o país vive e as companhias aéreas sairam cancelando os voos diretos de BH para USa. Espero que seja para melhor e não apenas mais um voo vazio com preços nas alturas pra compensar.

    • Wellington Sousa

      Hernando, a tendência é que tenhamos preços de passagens BR > USA mais baixos neste segundo semestre e especialmente em 2018. A razão é simples: mais oferta de assentos! Essa rota CNF > MCO teve preços bem atrativos quando começou, em 2015. Eu consegui emitir com 30K pontos ida e volta, logo quando abriu as vendas. Não creio que tenhamos esses valores agora, mas não duvido acharmos 50K ida e volta pro início de dezembro.

  • João

    Marcelo, os voos não foram nem aprovados. Calma que quando colocarem à venda a gente avisa.

    • Marcelo R. Bernardo ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Obrigado, João! E me desculpe a falta de atenção, pois passei batido pelo pronunciamento do executivo da Azul.

    • Marcio Correa

      Já estão disponíveis, mas os preços… nada de especial. Muito altos no meu entender, similares a concorrência. Pelo menos para jan/18.

  • Rodrigo Serrano

    A azul iniciou o voo REC -MCO (Orlando) diário no A330 com muito sucesso e ótimo horário: 10h-18h (7h55 min de voo) Esse passará a ser de 4 frequências semanais em baixa estação e 7 frequências em alta estação. Parabéns Azul tb pela consolidação do HUB do Nordeste em Recife com voos diretos para 23 dos 26 estados e Brasília, além dos internacionais.

    • Tem voos diretos de Recife para 23 dos 26 estados???? Não tem pra VIX, somos um dos 3 excluídos? :O

    • R.F.

      Acho que você se enganou, a Azul não tem voos diretos de Recife para Brasília, Florianópolis, Porto Alegre, Campo Grande, Cuiabá, Manaus…

  • Espero que isso faça abaixar um pouco os preços pra MCO saindo de VIX, com escala em CNF….

  • Ricardo Flores

    Azul, cadê os voos de Brasília para Orlando o Miami?
    Aqui a AA tá reinando com seus preços altos e com a aeronave das antigas!
    Antes tinha voos da Tam para Orlando e Miami que acabaram!

    • Marcelo Gomes

      Não vejo problema em outras cidades receberem voos para os Estados Unidos. Mas queria saber o motivo do preconceito das companhias aéreas com Brasília. Temos um aeroporto que foi todo reformulado e possui excelentes instalações, além de uma posição geográfica muito conveniente. No entanto, para não viajar com aquele Boeing 757 caindo aos pedaços e sem qualquer tipo de entretenimento da American Airlines, precisamos optar pela Copa Airlines, via Cidade do Panamá, ou fazer uma conexão geralmente em cidades mais ao sul, o que aumenta muito nosso tempo de voo. Voltei de Miami na última quarta-feira com a Latam, via Guarulhos. Lembrei que costumava fazer esse trecho em 7 horas direto. Agora foram 8 horas até Guarulhos, mais 2 horas de conexão, mais 1h30 até Brasília. Resultado: viagem cansativa.

    • Victor Joao

      Orlando e Punta Cana estão pra voltar pela LATAM, Miami eu já não sei, mas deve voltar em breve…

      • Ricardo Flores

        João, tomara que volte em breve!!

  • jorge moraes

    Preços Competitivos? Vai sonhando.

    • Wellington Sousa

      Os preços das Azul pra MCO (saindo de VCP) estão surreais de caro. Mas o aumento da oferta de assentos pros USA (de várias CIA’s) vai certamente trazer o patamar de preços pra baixo a partir de agora. É a boa e velha regra que rege o comércio há séculos: oferta vs procura 🙂

  • Wellington Sousa

    Galera, já abriu a venda de passagens CNF>MCO. Consegui emitir com 35K cada trecho pro final do ano/janeiro. Não tá barato, mas pra quem tem milhas às vezes vale a pena. Os preços em R$ estão absurdamente altos. Sinceramente fico me perguntando quem paga R$ 7K (ida+volta) pra ir pros USA de econômica …