Azul fez hoje seu voo inaugural de Belo Horizonte para Buenos Aires!

João Goldmeier 6 · março · 2017

Hoje a Azul realizou seu primeiro voo para Buenos Aires, partindo de Belo Horizonte. O Melhores Destinos foi convidado a acompanhar o voo inaugural e agora você confere em primeira mão como foi a experiência.

Após algumas conexões cheguei a Belo Horizonte a tempo de acompanhar o final da cerimônia de inauguração que envolveu discurso de autoridades e um pequeno coquetel com docinhos, bolo e, claro, um bom vinho argentino.

O avião utilizado na rota foi o bom e velho Embraer 195, com 22 assentos no Espaço Azul e 96 na classe econômica, todos com telas individuais de entretenimento e canais de tv via satélite.

O serviço do voo seguiu o padrão da Azul: as comissárias anotam os pedidos de bebida que vem em seguida e depois vem a cesta de guloseimas para que os passageiros se sirvam. Como diferencial neste voo foi servido o mesmo vinho tinto do coquetel, algo que não vai se repetir daqui pra frente.

A bordo deste voo especial diversos dirigentes da Azul, inclusive o presidente, Antonoaldo Neves, que pegou o microfone para agradecer aos presentes e falar um pouco da Azul e seus planos.

O voo foi muito tranquilo e o Embraer 195 revelou-se valente para enfrentar a distância sem nenhum desconforto maior.

Tanto na saída em Belo Horizonte como na chegada em Buenos Aires o avião foi saudado com um arco de água (você pode conferir o filme deste momento no nosso Instagram), tradição reservada a eventos aeronáuticos importantes.

A Azul demorou bastante tempo para entrar em Buenos Aires (já podia ter feito há muito tempo, eis que os seus jatos são capazes de cumprir o trajeto com sobras). E quando fez, fugiu do óbvio que seria oferecer o voo a partir de seu principal Hub em Campinas (VCP).

Isto porque ela sabe que lá a competição seria muito maior. Seu diferencial, além de oferecer um voo direto aos mineiros, é oferecer um voo à Argentina para mais de 40 cidades que antes não tinham esta ligação, como por exemplo Ipatinga.

E para nós, consumidores, quanto mais opções melhor, certo? Vai voar com a Azul para a Argentina? Comente e participe.

Autor

João Goldmeier - Editor
  • André

    Campinas precisa sim de uma conexão para a Argentina. Para quem está na região é uma tortura ir a GRU, pois o transito é pesado e nunca se sabe a duração do trajeto. Espero que logo tenham esse vôo.

  • Maximiliano Zoccarato

    concordo plenamente com o Andre, amo viajar com azul .Campinas para Argentina seria tudo de bom, facilita muito o povo do interior de São Paulo.

  • Renato Matos

    Bom, só uma correção a Azul oferece o vôo partindo de CNF e não VCP devido ao acordo bilateral Brasil-Argentina, VCP pertence ao TMA São Paulo e existem vôos partindo de GRU, mas sabiamente valendo-se do acordo de Fortaleza (permite ir além do bilateral de regiões não atendidas) e como BHZ não tinha vôo para BUE, CNF é o segundo hub da Azul somado o abandono da Aerolineas a Azul ocupou o espaço. Inclusive dizem que era esse o principal motivo da Aerolineas ter entrado e se mantido tanto tempo em CNF voando vazia e praticando preços impossíveis. Quem já teve oportunidade de usar o novo CNF sabe como é rápido e fácil para conexões e como ficou excelente o aeroporto, não tenho dúvidas do sucesso desse vôo se o dolar e a economia ajudar em breve vai ter que usar um avião maior. Algumas dúvidas é sobre a ocupação do vôo e principalmente como foi o vôo direto da Gol que foi inaugurado ontem a noite? Alguém tem notícias.

    • Tatiana Santos

      Olá, Renato! Td bem? Há quanto tempo a Aerolineas parou de operar em Confins para B.A.? Em 2013 fui de BH para lá a bordo da companhia argentina e pensei que até hoje ela atuava neste trecho. Ao ler a matéria fiquei me perguntando se se li errado ou se o jornalista estava desinformado (obviamente que não). kkkkk Abraços!

  • Lara Monteiro

    Nosa k bom. Tomara k esteja nos planos da AZUL um voo direto saindo de RECIFE tb.

  • Lucas Ribeiro

    O que ocorre com o IFE quando sai do Brasil? Continua funcionando?

    • João

      Oi Lucas, funcionou praticamente o voo inteiro, com uma pequena interrupção quando sobrevoava o Uruguai. Abraço

  • Claudio, tudo bem? Não sei aonde você nos perguntou, desculpe não ter respondido! Primeiro é preciso entender que a composição da taxa de embarque inclui várias taxas, como combustível, taxa de segurança, taxa de conexão, etc. Algumas agências e viagem também incluem sua comissão com a taxa. Além disso, no exterior há países que permitem taxas de embarque flexíveis, ou seja, um determinado voo pode ter uma taxa mais barata que outro em horário de pico, para estimular o movimento dentro da estratégia do aeroporto e da companhia aérea.

  • Paulo

    Espero que em breve saia o voo VCP x AEP… Seria sem dúvida a melhor maneira de passar um final de semana confortável em Buenos Aires e escapar de perrengues de aeroporto/trajeto!

  • Cidadão

    Como alguns voos Brasil-Buenos Aires penam para se manter com uma ocupação boa, um voo feito em um E195 pode vingar por ser um avião menor e mais fácil de encher

    • João

      Oi cidadão, exatamente o pensamento da Azul: sentir o mercado! Abraço.

  • Sergio Campos

    E verdade Leonardo. Quem optar por pagar mais vai de Confins, eu moro em BH procurei passagem para maio para Buenos Aires e fazendo conexão em Guarulhos ficou de longe mais barato, para ir de Azul por pontos ficava o dobro. Tenho pontos da azul e não tive coragem de usar.

  • Sergio Campos

    Queria entender o pq de a passagem por pontos da Azul para Buenos Aires ser bem maior que outras companhias, comprei com pontos para maio pela Latam saindo aqui de BH com conexão em Guarulhos por 10.000 mil pontos sendo que na mesma data pela Azul saindo daqui era 18.000 mil.

  • Bruno Laine Alexandrino

    Estive no voo de inauguração da GOL entre Ezeiza-Confins no dia 06/03, check-in rápido mas a empresa solicitou para eu retirar 1kg de bagagem que tinha ultrapassado o limite por bagagem (23kg por pessoa), estavamos viajando em duas pessoas com limite total de 46kg, as duas bagagens juntas somavam 36kg… faltou bom senso no atendimento da GOL! No demais o voo saiu no horário de 02:30 da manhã e chegou ás 05:30 em Confins. Foi servido um bem casado de boas vindas ao novo voo e taças de espumante para todos os passageiros. Pelo voo ser de madrugada foi servido um sanduiche de peito de peru com queijo ou somente de queijo, acompanhado de bebidas diversas, exceto alcoolicas. Voo operado por um Boeing 737-800, com 24 poltronas para assento premium.

  • João

    Oi jetnba, a questão parece ser econômica: segundo ouvi do presidente da Azul os Embraer não são competitivos em voos com mais de 2h30 de duração. Abraço!

  • João

    Oi Marcio, que legal que você também estava a bordo. Fiz essa observação na avaliação completa do voo, confere lá: http://www.melhoresdestinos.com.br/avaliacao/avaliacao-azul-buenos-aires Abraço!