Azul relança tarifa com desconto para clientes que não despacham bagagem

João Goldmeier 3 · maio · 2017

A Azul acaba de anunciar os detalhes das suas passagens sem franquia de bagagem. Segundo a cia aérea com o reestabelecimento das regras integrais da Resolução 400 da Anac (depois de derrubada a liminar) será possível disponibilizar tarifas até 30% mais baratas.

Na prática o que a Azul divulgou é o mesmo que pretendia colocar em prática no dia 14 de março (falamos sobre o assunto neste post aqui), mas foi impedida pela decisão judicial.

As passagens da Azul estarão classificadas em duas categorias: a “Azul” e a “MaisAzul”.

Tarifa Azul

O cliente pagará mais barato pelo bilhete, quando comparado à tarifa MaisAzul, mas não terá direito a despachar nenhuma bagagem além de uma mala de mão de até 10kg. Ele poderá escolher a qualquer momento inserir o serviço por R$ 30,00. Essa tarifa irá pontuar para o programa TudoAzul.

Tarifa MaisAzul

É uma tarifa que mantém a prática atual, ou seja, inclui a franquia despachada de 23kg, além da mala de mão de 10kg. Também pontua normalmente no TudoAzul.

Quando inicia?

A tarifa “Azul” vai ser implementada a partir do dia 1º de junho, inicialmente para 14 destinos que partem do Aeroporto de Viracopos: Curitiba, Jaguaruna, Ponta Grossa, Divinópolis, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Belo Horizonte (Confins), Navegantes, Lages, Florianópolis, Londrina, Passo Fundo, Porto Alegre, Cascavel e também para o trecho entre Vitória e Campinas.

Depois ela será expandida para o resto da malha aérea da Azul.

“O lançamento desta nova opção de tarifa é um importante marco na aviação brasileira, permitindo que nossos Clientes tenha acesso à tarifas mais baixas e, ao mesmo tempo, aproveitem a maior e mais abrangente malha aérea do país”, diz Antonoaldo Neves, presidente da Azul.

Pesquisamos algumas datas para conferir a promessa do desconto, mas as tarifas ainda não estão disponíveis. Seguimos acompanhando!

 

 

Autor

João Goldmeier - Editor
  • Cassiano

    Ainda bem que o MD possui um histórico bom para podermos acompanhar e comparar as mudanças!

  • Denise Costa

    É isso aí, Fernando. Isso é pra Inglês ver. Além disso, será q a mala só custava R$ 30,00 mesmo? Parece a Net, que, se vc assina mais um ponto é X. Se vc cancela esse ponto, o valor é menor que X…

    • Daniel Nunes

      Acredito que vá ser R$30,00 por KG de bagagem despachada, preço parecido com o praticado por eles hoje para excesso de bagagem…

      • Guilherme Appolinario

        R$ 30 por kg? Ninguém vai despachar nada daí.

        • Daniel Nunes

          Pois é. Inclusive eles estão enchendo o saco com a história da bagagem de mão, de levar uma mala + um “item pessoal”, como bolsa, mochila. Ontem peguei um voo deles de CGH para POA e foi uma novela pra deixarem algo que sempre aconteceu.

        • Junior Galarce

          Nada, eles vão seguir o padrão dos EUA, por exemplo nos Estados Unidos, se vai despachar mala normalmente custa U$ 50, entendeu?

      • João

        Oi Daniel, é R$ 30,00 por bagagem despachada de até 23kg. Abraço!

  • Silvio

    E será que ao cobrar pela mala despachada o cuidado com as malas vai melhorar? Claro que não, né? Acabei de chegar em Kiev e quando fui abrir uma das malas tive a surpresa de ver duas caixas organizadoras de plástico que estavam dentro da mala totalmente quebradas. Fiquei imaginando como eles devem ter jogado as malas para quebrar algo dentro desse jeito!

  • Janine Procópio

    10kg de bagagem está ótimo, não é necessário mais do que isso. Eu sempre pago para os outros passageiros levarem a casa toda no avião.

  • LuRodamilans

    Tiraram o serviço de bordo alegando que era uma “fortuna” pras empresas manterem tal amenidade… O preço da passagem baixou?

    • Guilherme Appolinario

      Sim, baixou. Se olhar o histórico desde, sei lá, 2005, certamente baixou. Especialmente se comparar com a inflação e outros índices.

      • EuMesmo

        As passagens abaixaram bastante! Estava vendo uma página antiga da Varig e uma ponte Rio > SP era um salário mínimo. Detalhe, em promoção!

  • Guilherme Appolinario

    A Azul realmente tem trechos caros – especialmente nos trechos em que ela opera solitária, que são vários (salvo engano eles tem a malha mais abrangente do país). Mas eu costumo pegar trechos de CWB para outras capitais e quase sempre o melhor preço é da Azul.

    • EuMesmo

      Aqui do RJ a Azul nunca é mais barata, pelo menos nos trechos que costumo pesquisar!

      • Anderson Gabriel

        Exatamente! Só vejo vantagem em viajar com a Azul através do programa Tudo Azul, fora isso é sempre a tarifa mais alta aqui no Rio.

    • Todas as cias têm passagens muito baratas em algum trecho, mas sabemos bem o patamar de preços que elas praticam de modo geral. E de modo geral, a Azul é sempre a mais cara, beirando o absurdo.

      • EuMesmo

        Exatamente isso!

  • Leonardo Guimaraes

    Jogada de marketing genial essa da azul.
    As tarifas que são hoje caracterizadas como “promocional” serão as novas tarifas “azul” e as tarifas “mais azul” serão as que incluirão o valor da bagagem. Como são espertos e ainda ganham a fama que darão desconto para quem nao despachar bagagem.

  • Fernanda Caramaschi

    Quer dizer que posso comprar passagens da Azul com a regra antiga até quando de fato? Pq comprei passagens para depois de 1º de junho e acredito que ainda poderei despachar os 23kg, não é isso? Entendo que a regra passa a valer quando no ato da compra essa informação estiver explícita para o consumidor.

    • João

      Quem comprou pode ficar tranquila Fernanda. Você terá direito a despachar sua bagagem! Abraço!

      • Fernanda Caramaschi

        Ufa! rs Muito obrigada! Ainda posso comprar com a regra antiga enquanto essa tarifa nova não entra no ar ou essa regra já vale a partir de agora que eles anunciaram a mudança? Obrigada mais uma vez!

        • João

          Pode sim Fernanda. Só observar as regras do bilhete antes de emitir. Abraço!

          • Fernanda Caramaschi

            tá ótimo! 🙂

  • Ronaldinho Gaúcho

    hahaha boa! Essa daí é a brasileira “expertaaa”

  • Não concordo. Nenhuma cia atualmente tem um serviço excelente. Não há nada na Azul que esteja acima do mínimo desejável. Clareza na emissão, pontualidade, chegada ao destino são coisas presumíveis quando se escolhe voar com qualquer cia aérea, ou estaríamos voltando “à idade da pedra”.

  • José Silva

    Menos amigo, menos! Lembre que tem limites para se levar líquidos e cremes na bolsa!!!!

  • Eduardo

    Essa nova tarifa ou o valor reduzido estará disponível para resgate de passagens com milhas tbm?