Azul relança tarifa com desconto para clientes que não despacham bagagem

João Goldmeier 3 · maio · 2017

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A Azul acaba de anunciar os detalhes das suas passagens sem franquia de bagagem. Segundo a cia aérea com o reestabelecimento das regras integrais da Resolução 400 da Anac (depois de derrubada a liminar) será possível disponibilizar tarifas até 30% mais baratas.

Na prática o que a Azul divulgou é o mesmo que pretendia colocar em prática no dia 14 de março (falamos sobre o assunto neste post aqui), mas foi impedida pela decisão judicial.

As passagens da Azul estarão classificadas em duas categorias: a “Azul” e a “MaisAzul”.

Tarifa Azul

O cliente pagará mais barato pelo bilhete, quando comparado à tarifa MaisAzul, mas não terá direito a despachar nenhuma bagagem além de uma mala de mão de até 10kg. Ele poderá escolher a qualquer momento inserir o serviço por R$ 30,00. Essa tarifa irá pontuar para o programa TudoAzul.

Tarifa MaisAzul

É uma tarifa que mantém a prática atual, ou seja, inclui a franquia despachada de 23kg, além da mala de mão de 10kg. Também pontua normalmente no TudoAzul.

Quando inicia?

A tarifa “Azul” vai ser implementada a partir do dia 1º de junho, inicialmente para 14 destinos que partem do Aeroporto de Viracopos: Curitiba, Jaguaruna, Ponta Grossa, Divinópolis, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Belo Horizonte (Confins), Navegantes, Lages, Florianópolis, Londrina, Passo Fundo, Porto Alegre, Cascavel e também para o trecho entre Vitória e Campinas.

Depois ela será expandida para o resto da malha aérea da Azul.

“O lançamento desta nova opção de tarifa é um importante marco na aviação brasileira, permitindo que nossos Clientes tenha acesso à tarifas mais baixas e, ao mesmo tempo, aproveitem a maior e mais abrangente malha aérea do país”, diz Antonoaldo Neves, presidente da Azul.

Pesquisamos algumas datas para conferir a promessa do desconto, mas as tarifas ainda não estão disponíveis. Seguimos acompanhando!

Autor

João Goldmeier - Editor