Avianca LifeMiles reduz valores de resgate de passagens saindo do Brasil

Leonardo Cassol 22 · outubro · 2015

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Uma boa notícia para clientes do programa LifeMiles da Avianca Internacional. O programa reduziu sem aviso prévio os valores de resgate de passagens aéreas com milhas de sua tabela oficial. A mudança, para melhor, vale para voos dentre o Brasil e a Europa, bem como entre o Brasil e a América do Norte, incluindo os Estados Unidos. Com a mudança, ficou mais barato resgatar passagens com milhas no programa, para voar Avianca ou qualquer outra companhia membro da Star Alliance.

Confira o que mudou na tabela de resgate do LifeMiles!

Passagens entre Brasil x Europa:

  • Classe econômica: reduziu de 60.000 milhas para 45.000 milhas o trecho
  • Classe executiva: reduziu de 97.500 milhas para 72.500 milhas o trecho
  • Primeira classe: reduziu de 129.000 milhas para 105.000 milhas o trecho

Passagens entre Brasil x Estados Unidos ou América do Norte:

  • Classe executiva: reduziu de 60.000 milhas para 50.000 milhas o trecho
  • Primeira classe: reduziu de 70.000 milhas para 67.500 milhas o trecho

Nova tabela de resgate:

FullSizeRender

Confira a tabela de regiões e países para resgate de passagens com milhas LifeMiles.

Parceiros Avianca LifeMiles

Confira as companhias membros da Star Alliance onde é possível resgatar pontos do LifeMiles:

Star Alliance
Star Alliance

Conclusão:

Uma boa novidade, de um bom programa, mas que pode ser aproveitada por poucos brasileiros. Afinal, o LifeMiles tem convênio no Brasil apenas com o Membership Rewards, dos cartões American Express, o que limita muito o acesso a suas milhas.

Bem que o programa Amigo, da co-irmã Avianca Brasil, poderia se inspirar nessa mudança e presentear seus clientes com uma redução da tabela de resgate, o que acham?

Com informações do One mile at time.

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos