Avianca Brasil encomenda 62 aeronaves A320neo para modernizar frota

Thayana Alvarenga 15 · julho · 2016

A  Avianca Brasil anunciou encomenda de 62 aeronaves Airbus A320neo. Atualmente, a Avianca opera 40 aeronaves de passageiros, sendo elas dos modelos A318, A319 e AA320, além de um cargueiro A330. O jato A320neo chega para renovar a frota da companhia, já que esta é a mais nova versão do A320, modelo de aeronaves mais vendido do mundo, somando mais de 4,5 mil encomendas de 83 clientes desde o seu lançamento em 2010.

A320neo_Avianca_Brazil

Entre as características principais, a Família A320neo conta com tecnologias muito avançadas, entre elas motores de última geração que contribuem na economia de combustível em até 15%. Isso se dá por conta de dispositivos existentes na ponta das asas, que favorecem esta tecnologia.

A Avianca Brasil anunciou que pretende homologar estas novas aeronaves para futuramente operar na ponte aérea entre o Rio de Janeiro e São Paulo. Atualmente, o público é atendido com o A319, configurado com 132 assentos. Com o A320neo, a oferta poderá ser aumentada em 33 poltronas.

A Latam deve ser a primeira companhia da América do Sul a operar o novo jato da Airbus. A companhia já divulgou fotos de sua primeira aeronave na fábrica.

Publicado por

Thayana Alvarenga

Repórter

  • Fernando

    Gostei muito do serviço da Avianca , espero que prospere.

  • André Felipe

    Torço pelo sucesso da Avianca. Atualmente ela oferece o melhor serviço, com aeronaves realmente modernas, bem conservadas.
    Espero que ela não faça como a TAM, que antes era “magic red carpet” e atendimento de elevado padrão e hoje… e hoje… bem, vou me abster de comentar o que ela é hoje, pois todos nós já sabemos.

    • Marcos

      Nas últimas quatro vezes que fiz voo doméstico com a Tam (ainda era Tam), duas vezes deram problema no ar condicionado da aeronave, na terceira vez na hora que ia receber o lanchinho acendeu a luz de apertar cinto, recolheram o carrinho e depois que a luz apagou não mais retornaram com o serviço de bordo. Só uma dessas quatro vezes o voo foi sem problemas. Com relação ao serviço internacional costumo ouvir que a Tam (agora Latam) é primeiro mundo.

      • Jonatas Elias

        Também ouço falar que a ex-Tam é primeiro mundo no serviço internacional, apesar do desconforto do 3-4-3 nos 777. Porém, gringo não pega ponte aérea né.

      • EIion Tallet

        essa pegadinha do lanchinho é de praxe, na verdade é estrategia da cia para não distribuir e assim reduzir custos… Os pilotos e comissários são instruídos a isso, já vi passageiros de ponte aérea Congonhas-Santos Dumont brigar feio e soltar o verbo dentro do avião por causa disso…

  • jorge moraes

    Estranha notícia, pois a Avianca sempre teve um crescimento muito tímido de malha e agora vem com esta compra. Não acredito.

    • José Wanderson

      Acredito que essas a 62 aeronaves sejam distribuídas entre todas as Aviancas, não somente a Avianca Brasil, já que a frota dela é a mais nova de todo o mercado brasileiro.

      • Caco Nogueira

        No texto tem explícito Avianca Brasil.

    • EIion Tallet

      talvez seja uma compra a longo prazo… já que para se comprar um avião necessita-se de anos para que ele seja montado, registrado, até chegar a ponto de voo mesmo… tomara que seja verdade pois é uma empresa que tem tudo pra crescer!

  • Julius (Ser Onipresente)

    Há muita diferença entre o 737 e o a320 em termos de conforto? Já na parte técnica vi que o 737 max promete ser mais econômico que o a320, mas o a320 soma mais de 4.700 períodos (a319,a320 e a321) então, porque as Companhia áereas optaram pelo a320 neo? Vale lembrar que o a320 neo foi lançado antes que o 737 max. Será pelo fato das entregas começarem antes?

    • Bruno Bastos

      Talvez fator preço