Aviação doméstica tem queda de 5,5% e perde 7 milhões de passageiros

Thayana Alvarenga 26 · janeiro · 2017

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A aviação doméstica registrou queda na demanda de 5,5% em 2016. Com a retração, 7 milhões de passageiros deixaram de embarcar no ano passado, na comparação com 2015. Os dados são parte de um balanço divulgado pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear).

Neste caso, os números já falam por si só. Em 2015, por exemplo, foram transportados 94,7 milhões de passageiros. Em 2016 a quantidade caiu para 87,6 milhões. Lembrando que os resultados são referentes à compilação das estatísticas das empresas que fazem parte da Abear: Avianca, Azul, GOL e Latam.

“A procura por voos domésticos e o número de passageiros transportados estão em redução há 17 meses consecutivos. Esses resultados são reflexo direto da crise econômica no país, de uma postura de cautela com os gastos por parte do consumidor comum e do recuo das atividades das empresas”, explica o presidente da Abear, Eduardo Sanovicz.

O ano de 2016 registrou o menor nível de oferta desde 2010. A demanda foi a mais baixa desde 2013, bem como o volume de passageiros, que foi o menor desde 2012.

Ainda de acordo com dados da Abear, a GOL foi a companhia aérea que mais teve participação no mercado doméstico, com 36,25%. A Latam aparece em segundo lugar com 35,01%, seguida da Azul que teve 17,19% e, por último, a Avianca, com 11,55%.

Autor

Thayana Alvarenga - Repórter