Azul pede autorização da Anac para voos entre Belém e Fort Lauderdale, nos EUA

Bruna Scirea 22 · agosto · 2017

A Azul pediu nesta segunda-feira autorização da Agência Nacional de Aviação de Civil (Anac) para iniciar as operações da rota que ligará Belém, no Pará, a Fort Lauderdale, cidade vizinha de Miami, na Flórida. O primeiro voo da companhia está previsto para 10 de dezembro.

De acordo com o pedido, os voos sairão de Belém às segundas, quartas, sextas e domingos, às 14h30, e chegarão nos Estados Unidos às 20h30. Na volta, os voos partem de Fort Lauderdale às 23h15, chegando em Belém às 05h20.

O trecho será realizado com o Airbus A320neo, aeronave de menor porte mas muito moderna. Serão 174 assentos em classe econômica com tomadas de energia entre as poltronas além de entradas USB individuais.

Autor

Bruna Scirea - Editora
  • LuRodamilans

    A Azul “quer” voar pra tudo quanto é lugar, mas esquece que o preço influencia e muito a decisão de quem vai comprar uma passagem. Como diz o ditado, “quando maior a mangueira, maior será a queda”!

  • Pedro Oliveira

    Maravilha de notícia!

  • Pedro Oliveira

    LATAM oferece 2 voos semanais na rota operando A320. São apenas 340 assentos semanais. Hoje é impossível conseguir tarifa abaixo de R$ 2.200 na rota. A oferta subirá para 1.040 assentos semanais. Esperança de bons preços!!!

  • Pedro Oliveira

    Tô tentando entender o argumento.

    Na sua visão, só vale à pena se for um avião que possua 2 classes. Ou seja, o fato de aumentar a oferta de assentos na rota e baratear a tarifa não validam a novidade.

    Se não vale à pena por conta do tamanho da aeronave (o que não muda basicamente nada para o passageiro comum de classe econômica, como eu), então pergunto: o que vale à pena?

    Descer 3h:30min até SP ou RJ, fazer conexão, enfrentar 9h de voo e ir num equipamento maior (A330 ou 777)?