Avaliação da Edelweiss

Marcel Bruzadin 3 · maio · 2016
Econômica
ZRH - GIG
WK 0096
Airbus A330
29/05/2016

Embarque

Previsto: 12:00h
Efetivo: 13:00h

Partida

Previsto: 12:40h
Efetivo: 13:45h

Chegada

Previsto: 20:45h
Efetivo: 21:00h

Hoje o Melhores Destinos publica mais uma avaliação de voo de nossos leitores. Dessa vez é de uma companhia inédita, a suíça Edelweiss. Fundada há pouco mais de 20 anos, a Edelweiss – pertencente ao grupo Lufthansa-Swiss, é uma das principais empresas aéreas da Suíça e hoje opera com uma frota total de 8 aeronaves, entre modelos Airbus e Boeing, voando para mais de 50 destinos pelo mundo. No Brasil, opera voos para o Rio de Janeiro desde de 2015.

como-e-voar-edelweiss-010

Essa avaliação foi escrita pela leitora Kelly Aguiar, que recentemente voou no trecho de Zurique até o Rio de Janeiro com a Edelweiss e nos conta todos os detalhes do voo.

Acompanhe o relato na íntegra e saiba como é voar com a Edelweiss. Caso também tenha voado com a companhia, não deixe compartilhar suas impressões nos comentários abaixo.

Boa leitura!


Quando comecei a pesquisar passagens para minha viagem até Moscou, na Rússia, o que levei em consideração foi o preço e o tempo dos voos em questão. Eu precisava estar no Rio de Janeiro no dia 30/05 e o meu voo de volta para o Brasil saía de Moscou às 09:00. Com o fuso horário ao meu favor, chegaria no Rio às 20:20 do mesmo dia, perfeito para conseguir dormir e trabalhar no dia seguinte.

Para a ida os voos foram operados pela companhia aérea Lufthansa e a volta de Moscou para Zurique foi com a SwissAir e de Zurique para o Rio de Janeiro pela Edelweiss, dessa avaliação em questão.

A compra da passagem foi feita diretamente pelo site da Lufthansa e ocorreu tudo bem, sem nenhum problema.

Check-in

10

Ao realizar o check-in online, tentei fazer pelo site da Lufthansa e não consegui. Logo depois eu me lembrei que os voos não seriam operados pela Lufthansa, então era possível que eu estivesse no site errado. Entrei no site da SwissAir e funcionou. O check-in deve ser sempre feito na empresa que opera o voo, que não necessariamente é a mesma que vendeu o bilhete.

Quando vi o mapa de assentos, já fiquei feliz em ver que as poltronas eram 2-4-2. O sistema já tinha escolhido os meus lugares e tinha a opção de trocar, mas no celular eu não consegui ver o mapa completo dos assentos, apenas a partir da 20ª fileira.

Como o sistema me colocou em uma das primeiras fileira, a 11ª e era na janela, mantive o meu lugar. Particularmente não gosto de ficar nas fileiras do meio para o fundo do avião. Check-in feito!

Ao chegar às 6:20 no aeroporto Domodedovo, em Moscou, fiquei procurando pelos guichês da Swiss e não achei. Depois que fui perceber que eu teria que fazer no guichê da Lufthansa, que apesar de ser a responsável por várias cias aéreas, quase não tinham pessoas na fila.

O atendimento foi bom e rápido. Me deram o meu bilhete e me informaram que a minha bagagem iria direto para o Rio de Janeiro. O aeroporto Domodedovo é enorme e tem vários free-shops, cafés,  lanchonetes e restaurantes, dá para se distrair bastante enquanto aguarda o voo.

Quando desembarquei em Zurique, tive um pouco de dificuldade de saber qual era o portão de embarque, pois não constava no bilhete e nem no telão com as informações sobre o voo.  Dizia apenas que estava atrasado. Esse foi um ponto que me deixou confusa, pois quando fiz o check-in, informava que o voo seria às 13:30, mas no bilhete estava 12:40.

Acabei avistando alguns brasileiros que estavam no mesmo voo e eles já estavam pedindo informações para uma funcionária do aeroporto que disse qual seria o portão de embarque.

Fui para o local para ver se estava tudo certo e estava, mas não tinha ninguém. Sendo assim, fui carregar meu celular. Vi que tinha algumas lojas, free-shops, cafés. Dica: É uma ótima oportunidade para comprar chocolates suíços! A moeda é o Franco Suíço, os euros eram aceitos apenas no free shop.

O aeroporto disponibiliza internet wi-fi de graça por até duas horas. Para utilizar basta fazer um breve cadastro e o código de acesso é enviado por SMS.

Quando retornei ao portão de embarque, às 13:28, estranhei ao ver só umas 3 pessoas na minha frente. Ao entrar avião entendi o porquê, na verdade a maioria das pessoas já tinha entrado. Decolamos às 13:45, ou seja, por pouco não fiquei em Zurique, o que não seria uma má ideia tirando o prejuízo financeiro.

Cabine

10

Logo na entrada do avião, a tripulação disponibilizou jornais de várias editoras.

Na minha poltrona encontrei um travesseiro bem confortável, com fronha de algodão (não era fronha de TNT), o lençol com um tecido sintético e macio e um kit com meias longas, máscara de dormir, tapa ouvidos, escova de dente, creme dental e lenços umedecidos. Tudo isso numa bolsinha super apresentável que dá para usar em outros lugares inclusive.

como-e-voar-edelweiss-001

A aeronave era nova e a poltrona bastante confortável. O encosto da cabeça era bem flexível, consegui reclinar a cadeira em duas posições e o melhor de tudo, tinha um espaço bom para as pernas, até consegui cruzar as pernas confortavelmente (tenho 1,66m de altura).

como-e-voar-edelweiss-003

Entretenimento

8

Fones de ouvido foram distribuídos pelas comissárias de bordo, que eram bem simpáticas e, pelo menos as que davam suporte ao local que eu estava, falavam inglês e alemão. Nada de português e isso também inclui no serviço de entretenimento que estava disponível em vários idiomas, exceto português. Mas nem tudo está perdido, tinham 26 opções de filmes dublados em português.

Também haviam outras opções, como playlists de vários tipos de música, alguns documentários, jogos e o clássico acompanhamento de voo.

Serviço de bordo

8

Alguns minutos após a decolagem as comissárias vieram perguntando a cada passageiro o qual era a preferência para a refeição, entre dois pratos (carne ou  vegetariana) para o almoço e anotava tudo em um cartão. Achei isso super legal porque facilitou muito a distribuição do almoço, além de deixar o atendimento um tanto personalizado. Distribuíram também alguns biscoitinhos salgados.

Após algum tempo, a tripulação começava a servir as bebidas e mais uma vez fiquei surpresa por oferecerem espumante, vinho tinto e branco, e várias outras bebidas como cervejas, chás, sucos, refrigerantes, água. Escolhi beber vinho tinto e tinham duas opções, italiano e suíço, escolhi o italiano e diferente de outras empresas que servem direto no copo,  me deram uma garrafa pequena. Mais um ponto positivo!

como-e-voar-edelweiss-004

Logo em seguida foi servido o almoço, que estava tão bom que nem precisei temperar com o sal ou pimenta que eles fornecem junto com os talheres de inox (talheres de verdade!). Legumes, purê de batata e uma carne com molho.

como-e-voar-edelweiss-005

A salada era feijão e (acho que era) aipo, tinha presunto de parma com picles e de sobremesa tinha um strudel de frutas. Também deram um queijo, manteiga, leite e um pãozinho quentinho, que serviram novamente após o almoço, e bebidas mais uma vez.

Um tempo depois do almoço, serviram café, chá, água em garrafa de 500 ml.

Cerca de duas horas depois serviram sorvete e mais bebidas aos passageiros. Horas depois foi a vez do jantar. Nesse não perguntaram qual seria a preferência, mas como me serviram frango, acredito que se basearam pela minha escolha no almoço. Mais bebidas e pão quentinho encerraram o cardápio da Edelweiss.

É difícil sentir fome, já que eles sempre oferecem alguma coisa para comer e beber durante o voo.

Comissários e equipe de solo

9

 

 

Não avaliado.

 

Programa de fidelidade

 

 

 

Não avaliado.

Nota final

7,5

Comparando o atendimento geral, conforto, cardápio de bebidas, o sabor da comida e limpeza com outras companhias aéreas que já voei, como a Delta, American Airlines e Lufthansa, com certeza a Edelweiss se destacou e foi, até então, a melhor de todas essas.

A qualidade do serviço de bordo da classe econômica me fez lembrar o da primeira classe da Delta, ou seja, super recomendo!