Como é voar na Uzbekistan Airways, a quarta pior companhia aérea do mundo

Denis Carvalho 28 · agosto · 2013

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

O ranking da revista Business Insider, com as 20 piores companhias aéreas do mundo, continua dando o que falar aqui no Melhores Destinos. Após as avaliações da Ukraine e Air Koryo, hoje trazemos a Uzbekistan Airways, mais uma integrante da famigerada lista. A companhia aérea nasceu em 1992, a partir da divisão da Aeroflot com o fim da União Soviética, e é a companhia aérea oficial do Uzbequistão. Nosso corajoso leitor Marcos Niemeyer fez dois voos com a companhia, um deles meio por acaso, já que ela possui codeshare com a Air Baltic. Acompanhe como foi a experiência: 

Avaliacao_Uzbekistan_Airways

A revista Business Insider publicou recentemente um ranking das 20 piores companhias aéreas do mundo, com base em avaliações da consultoria internacional Skytrax, que traz a Uzbekistan Airways na quarta colocação. Entre os critérios avaliados estão segurança, conforto no assento, entretenimento, limpeza da cabine, eficiência do serviço e qualidade das refeições. 

O ranking é liderado pela Turkmenistan Airlines, companhia de bandeira do vizinho Turcomenistão, considerada a pior companhia aérea do mundo pela revista, seguida pela Sudan Airways e a Ukraine International Airlines. Essa pontuação é bem discutível pois companhias proibidas de voar na Europa por razões de segurança tem colocação no ranking próximas as de low costs seguríssimas como a Ryan Air.

Pessoalmente acho bem questionável comparar companhias low cost- low fare com companhias de bandeira, principalmente nos quesitos ligados a conforto e atendimento, que deveriam ser ranqueadas separadamente, assim como as questões de segurança e manutenção e acidentes e incidentes aéreos ou número de vítimas fatais.

Companhias que voam em aeronaves novas e têm excelentes índices de segurança, pontualidade e extravio de bagagens como a RyanAir, que está colocada na 19ª posição, vêm ranqueadas próximas à sucateada Cubana em 16º lugar…Enfim, é só mais um ranking pra dar manchete em revista e cuja metodologia deve ser bem pouco científica ou baseada em opiniões de leitores.

avaliacao-Uzbekistan_Airways

O ranking é liderado pela Turkmenistan Airlines, companhia de bandeira do vizinho Turcomenistão, considerada a pior companhia aérea do mundo pela revista, seguida pela Sudan Airways e a Ukraine International Airlines. Essa pontuação é bem discutível pois companhias proibidas de voar na Europa por razões de segurança tem colocação no ranking próximas as de low costs seguríssimas como a Ryan Air.

Pessoalmente acho bem questionável comparar companhias low cost- low fare com companhias de bandeira, principalmente nos quesitos ligados a conforto e atendimento, que deveriam ser ranqueadas separadamente, assim como as questões de segurança e manutenção e acidentes e incidentes aéreos ou número de vítimas fatais.

Companhias que voam em aeronaves novas e têm excelentes índices de segurança, pontualidade e extravio de bagagens como a RyanAir, que está colocada na 19ª posição, vêm ranqueadas próximas à sucateada Cubana em 16º lugar…Enfim, é só mais um ranking pra dar manchete em revista e cuja metodologia deve ser bem pouco científica ou baseada em opiniões de leitores.

Um Ilyushin da Uzbekistan Airways
Um Ilyushin da Uzbekistan Airways

Compra

Não posso avaliar como é feita a aquisição de bilhetes domésticos, pois foi feita pela operadora local que organizou toda a viagem. O site oficial http://www.uzairways.com/ é apenas em russo e não deve funcionar muito bem. Os cartões de crédito são praticamente desconhecidos no Uzbequistao. Entretanto, existe uma versão em inglês com cara de operadora autorizada, onde a compra com cartões é possível (http://www.uzbekistanairways.uk.com/ )

Primeiro voo

No primeiro voo que fiz, doméstico, entre a capital Tashkent e Bukhara, a terceira cidade do país, durou 50 minutos e foi pontual. Nos aeroportos do Uzbequistão (assim como na estação de Trem de Tashkent onde se toma o trem de alta velocidade Afrosilab) só passageiros podem entrar nos terminais.

Acompanhantes, guias, familiares, táxis, ônibus, só chegam a uma cerca de uns 100 metros de distância. Também nas chegadas, as pessoas têm que esperar ao relento, faça chuva, sol ou neve, e sem informação sobre as chegadas, atrasos etc. Também os passageiros devem levar suas bagagens sozinhos e ao relento para e desde o terminal, por supostas razões de segurança. Na cerca-limite são checados passaportes e passagens (ao que me pareceu os uzbeques usam passaporte para viajar dentro do país!). Na entrada do terminal é feita a primeira inspeção de bagagem (raio X) e a segunda de documentos.

Uzbekistan

O check-in foi rápido e seguido de nova conferência de documentos e inspeção de bagagem. O voo decolou e pousou no horário previsto. Desembaraço de bagagens também rápido, até porque era o único avião no pátio do aeroporto em Bukhara. Infelizmente não é permitido fotografar nos aeroportos e estações ferroviárias e do Metrô de Tashkent.

embarque em Tashkent
Embarque em Tashkent

O voo realizado em um Boeing 757 com bancos gastos e assentos afundados e encostos com incômodas barras ressaltadas era atendido por comissárias contemporâneas aos finados aviões Ilyushin, e bem pouco simpáticas.  O aparelho obviamente não tinha nenhum entretenimento. Uma revista de bordo antiga talvez pudesse ser considerada neste quesito. Foi servido apenas água e um refrigerante tipo Crush, ainda antes da decolagem. Parecia que vinha algo depois, mas não veio.

Segundo voo

O segundo voo foi um pouco mais digno de nota. O percurso, que também dispõe de classe executiva, entre Tashkent e Riga (Letônia) tem duração de 4:45  foi também uma surpresa, em vários sentidos. Primeiramente porque a aquisição do bilhete foi feita no site da Air Baltic, que não me avisou que voaria em codesharing com a cia uzbeque e que justamente meu voo de volta seria feito em aeronave daquela companhia.

Embarque
Embarque

O check-in foi ágil mas o embarque em Tashkent é sofrível. Os embarques internacionais são feitos em outro terminal, distante do terminal doméstico citado anteriormente, mas os procedimentos de embarque são iguais. Apresentação de passaportes verificação de passagens e boarding cards tem grandes filas ao contrário do voo doméstico. O voo saiu pontualmente, e chegou.. o que já é uma grande coisa. É provavelmente um “filet” da companhia, pois tinha destino final Nova York e apenas fazia escala em Riga.

cabine 767 uz airways TAS RIX

Foi realizado em um Boeing 767 antigo, com configuração 2-3-2 assentos por fila, não dispunha de entretenimento a bordo (os monitores apenas mostravam mapas descorados de difícil visualização), mas oferecia mantas e travesseiros (coisa que a Air Baltic, no mesmo voo não oferece) e serviço de bordo grátis (pago à parte na Air Baltic).

Logo antes da decolagem serviram bebidas (refrigerantes, sucos, vinhos branco e tintos de marcas desconhecidas),  e meia hora depois um café da manhã bastante razoável que poderia ser considerado um almoço pois incluía prato quente (arroz, bolo de carne e ervilhas) salada de pepino e tomante, além de pão, frios, queijo, requeijão manteiga, um mini-hambúrguer, abacaxi em calda, bolo, apricots secos, chá e café (péssimo. mas alguém já tomou um café descente na classe econômica de alguma companhia?).

café da manha TAS RIX uz airways

O voo da Uzbequistan não foi ruim e teve serviço bem superior ao da sua parceira de codeshare para o mesmo trecho, que por ser low cost, só oferece serviços pagos ou não oferece.

 

Instruções de segurança
Instruções de segurança

Avalio o voo como bem melhor que o oferecido, por exemplo, pela GOL, entre São Paulo/Rio e os Estados Unidos e que tive oportunidade de experimentar (na verdade para Santo Domingo, com aeronaves pequenas para a rota, igualmente sem entretenimento de bordo e com um lanche bem ruim, só ganhando da companhia uzbeque com relação à frota, bem mais nova, e comissários idem, e consequente segurança dos aviões.

As tarifas da Air Baltic são bem mais baratas que as praticadas diretamente pela Uzbequistan Airways ou companhias europeias inclusive as russas que voam para lá.

Não houve nenhum contratempo no restante do voo nem na chegada a Riga. As bagagens chegaram em ordem. Como disse, o voo tinha como destino final Nova Iorque e a maioria dos passageiros seguiu viagem. Eu ainda teria uma espera de muitas horas pela conexão da Air Baltic para Frankfurt, de quem comprei o bilhete.

Conclusão

Apesar de não ter comprado este trecho da Uzbequistan (comprei da Air Baltic que voa em codeshare com a Uz) recomendaria os serviços da companhia se o preço fosse conveniente. Se eu tivesse comprado direto deles e não da Air Baltic seria bem mais caro, assim como outras opções melhores para se chegar a Tashkent com companhias europeias, inclusive russas.

O avião, apesar de velho. não apresentou problemas e o serviço foi bem melhor que os nossos voos domésticos e com a própria ida com a Air Baltic, que como low cost, não dá nada de graça.

Não conheço os critérios do ranking da Business Insider nem sua metodologia, mas acredito que a má fama da Uzbekistan se deve a um histórico de acidentes com os velhos aviões russos, herdados da Aeroflot, que ao que parece não são mais utilizados nos voos internacionais. Pessoalmente não ligo pra este tipo de riscos… morrer num acidente aéreo ainda é uma das menos piores mortes disponíveis no mercado rs.

Avaliacao-Uzbekistan_Airways1

 

O serviço de bordo certamente não foi pior do que o da maioria das companhias ranqueadas. Como consumidor interessado em tarifas menores, não compraria diretamente com a Uzbequistan, repetiria a compra com Air Baltic podendo ou não voar no equipamento da UZ, e pesquisaria alguma das companhias russas.

Agradecemos ao Marcos por esta excelente avaliação, que certamente foi muito interessante mesmo para quem não tem planos de voar ao Uzbequistão.E você? Já voou com a Uzbekistan? O que acha dessa lista das piores do mundo? Deixe sua opinião nos comentários e participe! Se você fez ou vai fazer uma viagem com alguma empresa aérea que ainda não foi avaliada aqui no Melhores Destinos ficaremos felizes em publicar sua avaliação: entre em contato pelo e-mail dicas@melhoresdestinos.com.br Você pode conferir todas as avaliações publicadas pelo MD neste post. Não deixe de conferir também nosso Guia de Companhias Aéreas, com dezenas de avaliações e notas dos leitores.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe