Como é voar na South African Airways

Denis Carvalho 28 · fevereiro · 2011

Continuando a série de avaliações das Companhias Aéreas, publicamos o ótimo relato do leitor Vitor Borges, que detalhou para o Melhores Destinos sua experiência com a South African Airways. Acompanhe:

Em Janeiro, viajei com a família de férias para a África do Sul. Os vôos diretos de São Paulo (GRU) à Johannesburgo (JNB) são operados pela companhia sul-africana South African Airways (SAA) com os modernos aviões Airbus A340-200 e Airbus A340-300.

Reservas

Foram utilizados pontos do Fidelidade TAM e Mileage Plus da United. Apenas uma passagem precisou ser comprada. Normalmente, prefiro comprar diretamente com a companhia, mas a SAA é um pouco burocrática quando da emissão de passagens com cartão de crédito pelo telefone, pois pela internet não é possível comprar com o parcelamento de três vezes sem juros. Optei por fazer a emissão com meu agente de viagens, pois o preço era o mesmo e as condições de parcelamento também.

Voo de ida: GRU-JNB 19/01 – SAA 223

 

 

 

Check-in

Nota 08. O Check-in localiza-se no Terminal 2 Asa D, próximo a outras companhias da Star Alliance como Lufthansa, Swiss, e TAP.O voo parte diariamente de São Paulo às 18h30. O check-in abriu com quatro horas de antecedência. A fila era grande, principalmente pelo tamanho do avião, mas o atendimento foi rápido e objetivo. Foram preservados os assentos marcados no momento da reserva. A África do Sul não exige visto de cidadãos brasileiros, mas exige o comprovante de imunização contra a Febre Amarela. A vacina pode ser tomada nos principais postos de saúde do país e a carteira de vacinação internacional é emitida pela Anvisa no Aeroporto de Guarulhos no dia do embarque. Se possível, antes de fazer o check-in vá ao posto da Anvisa e emita a sua carteira gratuitamente, porque os cartões de embarque só são entregues aos passageiros que apresentarem a carteira válida.

Embarque

Nota 09 – O embarque ocorreu com atraso de 20 minutos, apesar disso, foi bastante organizado e rápido.

Voo

Nota 08 – O voo decolou com atraso de 45 minutos, embora todos os passageiros, exceto um, estivessem a bordo. A justificativa foi o atraso daquele passageiro e a mudança na pista de decolagem. Aos que entendem de aviação, a 27R foi substituída pela 9L. Sobre cada assento havia um travesseiro, cobertor (muito útil) e um kit de amenidades contendo tapa-olhos, meia e escova de dentes. O vídeo de segurança e os avisos da tripulação são feitos em inglês, embora algumas vezes haja legendas ou gravações em português. A configuração da cabine em classe econômica é 2-4-2 e a aeronave na ida foi um A340-200.

Alimentação

As refeições foram bastantes fartas. Foram servidos jantar e café da manhã, além do serviço de bebidas. O destaque fica para os talheres de metal mesmo em classe econômica. Quanto ao serviço de bebidas, sobre os trolleys – carrinhos usados no serviço – apenas ficam sucos e garrafas de água. Não deixe de perguntar pelas opções ocultas. Há refrigerantes, vinhos sul-africanos e até a famosa Amarula em garrafas pequenas, especialmente preparadas para o serviço de bordo. Essas opções são gratuitas, basta apenas pedir aos comissários.

Diversão

O entretenimento a bordo foi bastante limitado para um Airbus A340-200. Não havia televisões individuais na classe econômica e as opções de filmes coletivos eram fracas. Resta apenas a revista de bordo Sawubona que é bastante completa. Após o jantar, as luzes são apagadas para maior conforto dos passageiros. Durante a madrugada o uso do cobertor é indispensável, pois a temperatura a bordo fica bastante baixa e os comissários não atendem aos pedidos dos passageiros para que se aumente a temperatura. O voo dura entre 9 e 10 horas e a chegada em JNB ocorreu as 08h15 horário local. O desembarque, imigração e entrega de bagagens foram rápidos.

Curiosidades

Duas peculiaridades da SAA. A primeira, num dos avisos da tripulação, os passageiros são informados de que é proibido deitar-se nos corredores do avião. A segunda, a tripulação é bastante enfática sobre o uso de cobertores durante pousos e decolagens. Os passageiros devem deixá-los sob os assentos ou nos compartimentos superiores. O problema, é que este aviso é dado apenas em inglês, então muitos passageiros ficam perdidos. Os comissários andam pelos corredores diversas vezes falando individualmente, em inglês, mesmo que a pessoa não entenda.

Mais voos

Fizemos três vôos internos nos trechos Johannesburgo- Cape Town – Durban – Johannesburgo. O padrão de atendimento é o mesmo do internacional. As aeronaves são Boeing 737-800. As refeições são fartas, exceto pelos talheres de metal. Um dos trechos foi operado pela parceira da South African Airways, a Mango Airlines, que é uma companhia low-cost. Neste voo, o serviço de bordo é pago. Porém, como emiti os bilhetes dos vôos internos no site da South African Airways, os comissários pediram os cartões de embarque e imediatamente nos deram o que pedimos, gratuitamente, porque a SAA tem, naturalmente, um acordo com a Mango.

O voo de retorno a São Paulo foi o SAA 224 do dia 04/02 e não foi diferente do padrão de qualidade do voo da ida. Embora a aeronave fosse um A340-300, não havia, novamente, telas individuas na classe econômica. A SAA possui dez voos semanais entre São Paulo e Johannesburgo e nosso retorno foi num dos quatro voos extras que a companhia tem operado desde julho. A decolagem de Johannesburg foi às 18h30 no horário local e a chegada a Guarulhos à 00h30, horário de Brasília, sem maiores atrasos. Os vôos diários da África do Sul para o Brasil partem às 10h30 e pousam em Guarulhos às 16 horas.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Telma Moraes

    Quanto a South African eu também queria deixar minha avaliacao. O servico, dentro da aeronave, nao apresentou nenhum problema. Diria nota 7 para isso. Mas o meu problema foi em relacao ao servico de bagagem. Tanto na ida como na volta, minha bagagem foi extraviada. Na ida, ainda recuperei com todos os itens, já na volta, tinha 8kgs a menos em minha bagagem. Apesar de ter todos os documentos que comprovem esse roubo, nao quiseram me reembolsar. Me ofereceram um valor que nao paga nem um objeto que comprei. Ao entrar em contato com a companhia, ainda fizeram com que eu passasse por mentirosa. Enfim, estou entrando com o processo contra. Se vocë está viajando so com a bagagem de mao, diria que nao tem problema ir com eles, agora se esta viajando com objetos importantes, nao leve em mala de ziper e lacre bem com aqueles filmes que tem nos aeroportos. Vale tambem ter um seguro da bagagem.

    Outra coisa é, até hoje nao creditaram as milhas no meu cartao. Mostrei na hora do check in o cartao, ja enviei os documentos depois também e nada… Essa foi uma viagem que o barato acabou saindo muuuuuuuuuuuuuiito caro!!

    • Vitor Borges

      Boa Tarde Telma, alguns amigos que viajaram recentemente com a SAA, tambem tiveram problemas com suas bagagens. Felizmente, nada aconteceu com os 07 itens que despachamos. Foram 07 malas e todas com cadeado. Sobre as milhas, pontuamos os trechos no fidelidade TAM normalmente. Se voce fez o voo antes de 13/5 nao sera valido para a Tam. Se voce tiver outro programa dentro da Star Alliance deveria ter pontuado normalmente

  • Alexandre

    Parabéns pelo post.Assim temos como ter uma noção de como é voar em outras empresas aéreas.

  • Adoro os serviços da SAA, viajei pela cia 12 vezes e nunca tive problemas

  • Thomas

    Muito obrigado Vitor…..Semana que vem vamos experimentar a SAA e as dicas serão válidas, principalmente da Amarula…rsrsr

  • Mariana

    Viajei São Paulo – Hong Kong via Johanesburg e gostei muito da companhia áerea.

    • Bell

      Gostaria de fazer este voo. Tenho um casamento em Johanesbug e queria depois seguir para Hong Kong. Poderia me dar alguma dica? Quantas horas de JHB a HK?
      E como comprou a viagem , usou milha ou comprou de JHB?
      Obrigada
      Bell

  • Fabiano

    Eu fiz São Paulo p/ Cape Town na executiva entre setembro e outubro do ano passado e adorei. O assento vira cama mesmo 180 graus, cordialidade dos funcionários, temperatura baixa na madrugada também, muita comida, configuração dos assentos 2-2-2 no trecho internacional. Recomendo.

  • Também voei pela South African quando meu destino final era Hong Kong, porém a jornada obrigatória era de ter a escala em (JNB), vôo tranquilo, comida agradável, enfim tudo muito gostoso e confortável. Porém, queria deixar a minha manifestação a respeito dos funcionários da aeronave, os comissários, que oras são mau humorados, grossos e mal educados. Dão broncas em passageiros pelo simples fato de estarem esperando para utilizar o banheiro. Achei invasivo a abordagem deles. Mas vale muito a pena!

  • Rogerio Junior

    A ssa pra mim eh exelentee , eu morava na africa do sul, e em outros lugares da africa, foram 15 anos morando forado brasil , e a ssa pra mim nunk tive nenhum problema, tanto em bagagem e em atedimento…uma vez deu overbook qnd eu ia pra madagascar, eu ia de executiva, eles me mandaram em outro voo pra la , e pagaram tudo pra mim… Sem contar q amo o aeroporto de jhb =D a primeira class dos avioes da saa eh um conforto … Nota 9 pra eles =D podem viajar pela ssa q vcs vao gostar

  • Andrea Gouvea

    Viajei pela South African na época da copa do mundo. Fui de economica para Johannesburg onde tive que trocar de aeronave para ir pra Cape Town. Nossas malas demoraram dando a aparecer na esteira que pernemos nossa conexão, q tinha um intervalo de 2h.

    La na Africa do Sul peguei mais um 5 voos com a cia aerea e não tive mais problemas.

    Na volta para São Paulo tambem, nenhum problema e viajei sempre com 2 malas de + ou – 20kg, pois estava a trabalho e tinha muita bagagem.

    Nos voos internos que fiz tiveram alguma implicancia por ter 2 malas, mas explicava que precisava estava em conexões para o Brasil e não me foi cobrado nada em nenhuma situação.

    As refeições foram ok, não lembro qual avião viajei, mas tinham TVs para cada assento com uma infidade de filmes, alguns inclusive que estavam em cartaz nos cinemas na epoca.

    No meio da noite serviram sorvete häggen datz para os notivagos e passavam pandeijinhas com água com freqüencia.

    Enfim, tive uma ótima experiencia com a cia aerea e voaria de novo com certeza!

    Sobre as milhas assim que voltei pedi para creditar na TAM de todos os voos que fiz, 7 no total, e em mais ou menos de 1 mes isso foi feito.

    Nota 9!

  • Carla

    Eu já viajei com a SAA e adorei! Se pudesse dava nota 11! Fui e voltei de SP para Johannesburg de classe executiva, e tudo foi excelente! Poltronas super confortáveis que inclinavam 180 graus, comida farta e MUITO boa, infinidade de filmes para ver e bom atendimento. Aeronave moderna, seriço de primeiro mundo. Fiquei com vontade de viajar com a SAA para os Estados Unidos! Se pudesse! 🙂

  • cecilia pretti Assef

    Tive uma experiencia horrivel com eles tb. Fui pra India em 2010 e a minha bagagem não chegou em Mumbai. Só recebi 4 dias depois, assim mesmo tive que ir ao aeroporto busca-la, um absurdo!

    South African nunca mais!!

  • Sander Souto

    Viajei pela SSA para Maputo, Moçambique, há duas semanas. O serviço foi realmente muito bom. Servem muita comida e tinha bebida à vontade o tempo todo. Era só pedir. Suco de caixinha mesmo tomei um monte! Quanto à aeronave, embora tenha ido no mesmo voo 223 do relato (GRU/JNB – 18:30/7:45), foi um Airbus A340-600! Super moderno! Havia telas individuais. Assisti a dois filmes, séries, joguei xadrez, ouvi dezenas de músicas… quase nem tive tempo pra dormir… a revista, só li na volta, no voo 222 (10:50/16:40), que foi operado por um Airbus A340-200, antiga e com sistema de entretenimento coletivo que deu pane várias vezes. Já no voo que fiz de JNB a Maputo, num Airbus A319, fiquei impressionado também com o serviço de bordo! Pra um voo de 1h, serviram bebida à vontade e um super sanduíche feito com quatro fatias de pão e muito recheio! Quanto aos comissários, pelo menos os voos que fiz, eram muito solícitos e sorridentes. Quanto às milhas, foram creditadas três dias depois da viagem no meu TAM Fidelidade. Em relação às bagagens, já tinha ouvido falar de alguns transtornos com a SAA, por isso botei cadeados e passei protect bag. Enfim, não tive problemas! Foi tudo muito bom. Nota 9, só por causa da aeronave A340-200… rsrs…

  • Telma Moraes

    Eu viagei em setembro do ano passado para um casamento no Japao. Entao, A SAA já estava dentro do programa de milhas da TAM. Era SAA até Hong Kong e de Hong Kong para Osaka de ANA. em todos os trechos eu mostrei a carteirinha de milhas. A direfenca é que a ANA organizadissima computou direto as minhas milhas e pela SAA eu ainda estou correndo atrás para receber as milhas. Náo digo que náo vou receber. Vou, mas tenho mais trabalho.

    O servico dentro do aviao foi bom (nao o melhor), mas QUAL É A CHANCE DE PERDEREM SUA MALA TANTO NA IDA COMO NA VOLTA? E ainda voltar com itens faltando da mala?? A minha mala tb tinha cadeado, mas eu já vi no youtube como o pessoal faz para abrir malas com ziper sem rasgar a mala. Náo adianta, tem que viajar com malas duras mesmo. Eu só deixei coisas de valor dentro da mala para desppachar porque ficariamos 2 dias em Hong Kong para conhecer.

  • Raphael

    Fui para Hong Kong com a South African e tive a sorte de não ter minha bagagem furtada. Em um grupo de 10 pessoas, 6 pessoas tiveram as malas arrombadas e perfumes, tenis, laptops e outros objetos roubados. Dizem que existe uma máfia de furto de bagagens no aeroporto de Johannesburgo, principalmente para quem vá fazer conexões para o Oriente.

  • Fernanda

    Ola! Li os comentarios e tambem queria deixar registrado o meu. Voei para Johannesburg e Cape Town pela South African e sinceramente, nao consigo entender como essa cia pode estar no ranking das melhores da Star Alliance.

    1) Check-in em SP foi horroroso. A atendente mega mal-educada me disse que eu nao poderia sentar na saida de emergencia, porque era politica da empresa so colocar pessoas com mais de 1,8 m nessa fileira. Ai minha amiga disse – mas a media de estatura no Brasil eh bem mais baixa e a atendente bem ironica disse que a gente era baixinha, ja o filho dela tinha 1,95m. Grossa demais! Bom, entramos no aviao e como estava vazio, sentamos la mesmo na saida de emergencia e ninguem falou nada da nossa altura.

    2) Voo da ida foi um pouco melhor porque foi noturno, entao a falta de entretenimento a bordo nao foi tao ruim assim. Os avioes sao super velhos e nao tem TV individual. Alias, nem a TV coletiva foi ligada durante o meu voo da ida.

    3) Comida – tirando a amarula que me fez capotar no voo e a sobremesa, o resto era sofrivel. Tudo super, hiper, mega apimentado. Nao consegui comer nada e o pao para dificultar, estava duro.

    4) Por sorte o voo estava bem vazio, entao peguei uma janela e corredor so para mim e fui deitada a noite inteira. Os comissarios extremamente estupidos ficaram implicando com o cobertor na hora da decolagem e aterrisagem e pasmem, me fizeram prender o cobertor (como se fosse uma crianca) com o cinto de seguranca. Sem comentarios! Tive que riz sozinha, mas fico feliz que o cobertor chegou sao e salvo na Africa.

    Para nao dizer que tudo eh ruim na cia – tem bastante espaco para as pernas, os voos quase sempre estao vazios, entao da para escolher onde quer sentar e vc pode pedir o quanto quiser de vinho, cerveja e amarula que isso as comissarias nao reclamam.

    Mas, todo o resto enche o saco. Parece que vc ta num quartel – uma hora elas mandam recolher o cobertor, depois mandam fechar todas as janelas do aviao (mesmo que vc nao queira dormir). O voo da volta fica super cansativo, pq nao tem filmes e fica aquela escuridao dentro da aeronave e eh diurno.

    Minha dica – carregue o laptop com o maximo de filmes que conseguir, pois esse sera seu entretenimento de bordo.

    Ah! E na volta, eles adiantaram nosso voo e comecaram a anunciar que estava na hora de embarcar (1 hora antes). E eu e metade do voo, estavamos felizes da vida la fila para pegar o dinheiro do VAT. Ai, comecou uma correria, os caras falando que era a ultima chamada, todos os brasileiros correndo. Cheguei la sem ar e o voo estava vazio. Fiquei mais de 1 hora sentada ate o voo sair e a comissaria se limitou a dizer que deve ter havido um equivoco na hora de anunciar a ultima chamada.

  • Alexandre

    ei, desculpa mas eu dou razão à atendente quanto à queixa número 1… um pouco de egoísmo querer sentar na saida de emergência se você é "baixinha"… alguém mais alto, como eu que tenho mais de 1.90 e as pernas compridas teria que se contorcer todo só para voce ter esse pequeno conforto a mais.

  • eduardo andrioli

    Acabei de fazer GRU-CPT-GRU.

    Nao entendo porque a South African é tida como uma companhia 4 estrelas no Skytrax!

    De fato as refeiçoes foram boas, e os voos sairam sem atraso, chegando em seusa destinos pontualmente.

    O fato de nao ter tela individual, no meu ponto de vista, é algo inaceitavel!!!!!! A cabina não esta bem limpa, os assentos estavam meio que gasto!!!!!!!

    O serviço foi bom! me leembrou a Varig no inicio dos anos 90.

    abs

    eduardo andrioli

  • Fred

    Concordo com Alexandre, mas também o maior motivo de não poder ir na saída de emergência é que só é permitido pessoas que não sejam crianças, pessoas com idade muito avançada, quem tem algum problema físico ou mental e também pessoas de outra nacionalidade. Mesmo que você fale inglês, em alguma situação de risco o pânico pode fazer com que você não entenda o que os comissarios estejam tentando te falar.

    Outra coisa, se mandarem colocar os cobertores dentro do nariz, é pra fazer e não achar ruim, pois se tem essas regras é pra previnir acidentes, ou seja, em uma situação de risco e essa coberta não estiver no seu devido lugar ela pode cair no meio do corredor fazendo alguém talvez caísse e consequentemente outras pessoa e dificultando uma evacuação rápida e eficiente.

  • Luís Alberto

    Muito bom o post!.

    Viajei em julho do ano passado para a África do Sul com a SAA, particularmente acho uma das melhores que já viajei… Única coisa que percebi é que quando viajei existiam telas individuais, tanto na ida, quanto na volta. Não me lembro qual a340 que era.

    Parabéns, excelente "relatório".

  • Eduardo

    Vou fazer GRU-CPT agora sexta-feira e pelo visto vou ter que me embebedar com vinho sul-africano, para conseguir dormir, já que não existe entreternimento a bordo. =/ Acho um absurdo não ter nada! Principalmente para pessoas como eu, que não conseguem dormir em voos!

  • Ana

    Viajei SP-Johanesburgo-Cidade do Cabo- Johanesburgo-SP em 2009 pela South African e só tenho elogios a fazer.

    Sou vegetariana e há opção vegetariana inclusive nos vôos locais, coisa que não temos no Brasil.

    As poltronas são confortáveis e inclinam muito.

    Nos vôos internacionais tinha tela individual e inúmeras opções de filmes, incluindo filmes africanos que jamais teria a oportunidade de assistir se não fosse lá.

    E bebidas à vontade, como as pequenas garrafas de Amarula.

  • Maria

    Amanha vamos de Joanesburgo a sao Paulo o voo é tranquilo mesmo , viemos de sydney e páramos aqui, amanha seguimos p casa com Fe em Deus

  • Marcio

    Viajei GRU-JNB-CPT-JNB-GRU na semana passada e não tenho do que reclamar. Aeronave moderna (A340-600) nos vôos de ida (18:30) e volta (10:20), serviço de bordo bom com opção de cerveja, vinhos e amarula…é só pedir. Atendimento cordial e entretenimento com telas individuais. Melhor do que muitas companhias internacionais, em especial as americanas…ao menos se falando em classe econômica. Com relação às bagagens, não tivemos problemas…mas encontramos um casal de brasileiros em Cape Town reclamando que as 2 malas vieram abertas e quebradas de JNB…acho que o problema deve ser na empresa que administra o aeroporto de JNB, independente da cia áerea.

  • Lucia

    Pessoal, vou a turismo para a Africa do Sul e passarei por Cape Town e pelo Kruger Park. Escutei dizer que nos voos domesticos não são aceitas malas duras, apenas "soft bag". Alguem já fez esse roteiro e poderia confirmar (ou não) a informação? O que acontece se eu for com uma bagagem 'dura'? Obrigada!

  • Leonardo

    Viajei pela SAA do RJ para JNB e nossas malas só chegaram no dia seguinte ao desembarque em JNB. Pelo menos entregaram no hotel em que estávamos.

  • José Pereira

    Sirvo-me desta página após diversas tentativas de contatos pelo endereço bagru@flaysaa.com, sem sucesso, bem como tentativa de contacto pelo telefone fornecido em São Paulo(quando do desvio de minha bagagem) voo SA222de20/05/12, cuja bagagem chegou depois com mala avariada, etc… Assim sendo solicito fornecer um endereço verdadeiro e que funcione para de uma forma ou de outra encerrarmos o assunto.E-mail alternativo: jopeal51@yahoo.com.br , José Pereira Alves

  • Alexandre Schneider

    Oi gente ,gostaria de deichar a minha opiniao,eu ja voei pela soth africa varias vezes e a comida,a rapidez e os aviaoes nao sao o problema,o problema eh o atendimento no aviao,os caras sao muito sinicos e arrogantes,parece um quartel.Por este motivo nao voarei mais por esta empressa,ah e esqueci de mencionar a bagagem que eh normal eles "perderem".

  • Barbara

    Bom saber que você gostou, Mariana! Viajo para HKG no próximo mês e meu vôo será via Johannesburg também, passarei 1 ano em HKG.

    Espero não ter problemas quanto a extravio de bagagem.

  • Laura

    Alguém sabe o peso máximo das bagagens (sem taxas extras) para ir de Porto Alegre a Sydney em classe econômica?

    Procurei no site da South African mas não entendi, não tá claro e é muita informação! Mandei email tb questionando mas até agora nenhum retorno…

    E quanto a malas extraviadas, alguém já teve mala extraviada mesmo enrolando com aquele plástico?

  • Todo voo internacional (exceto América do Sul) que sai do Brasil tem direito a duas malas de 32kg por passageiro

  • salvatore

    Algo mais, senhor? Uma xícara de chá? Torradas para acompanhar?

  • Vanessa

    Não, Denis, está errada essa sua informação. Vôo pra Perth, por exemplo, são duas malas de 32kg.

  • Vanessa

    ops, 2 malas de 23kg 😉

  • Ricardo

    Primeiro comentário, de fato a minha unica experiência de extravio de bagagem foi com a South African, num voo Guarulhos/ Johannesburg / Bangkok. Felizmente o serviço do aeroporto de Bangkok é eficientissimo, de imediato e sem burocracia já me deram algum dinheiro para indenização (acho que foi quase uns USD100) e no dia seguinte entregaram a minha mala no hotel (e quem fez tudo isso foi a Thai Airways).

    Segundo comentário, MUITO cuidado mesmo com o aeroporto de Johannesburg e isso deve se aplicar a bagagens no hotel e aeroporto. Fiquei surpreso de ter pessoas com uniforme dentro do aeroporto nos pedindo dinheiro só por uma simples informação.

    Terceiro comentário, estou ha 85 dias esperando a Tam me creditar as milhas de outro voo pela SAA de Gru/Jnb/Hgk/Pek/Jnb/Gru e ate agora nada!

    Quarto comentário, acho ótima opção a rota Brasil/Asia pela SAA, as tarifas são sempre boas, não tenho que reclamar do serviço (apesar dos problemas de bagagem), e a comida de bordo é decente apesar de ser um pouco insonsa (e servem vinho, amarula, whiskey, etc). Vale a pena pedir alimentação especial, como refeição de frutos do mar.

  • Paulo

    Viajei pela SSA em 2011 e também tive minha bagagem extraviada na volta ao Brasil no vôo pra SP. Fiz todo o procedimento de extravio e só recebi minha mala 6 dias depois toda estragada. Pena que desisti de entrar na justiça pela burocracia e demora do processo.

  • SERGIO STANGLER

    Extraviaram uma bagagem minha, enviaram uma mala que nao e a minha para casa e afirmarm que o caso esta encerrado e que eu estou mentindo!

    Acabo de chegar de Maputo via South Africa, no dia 08 de out de 2012. Na ida nenhuma bagagem chegou em Maputo, mas no dia seguinte estavam disponiveis no aeroporto onde tivemos de ri busca-las. No retorno a SP, uma bagagem nao chegou. Reclamação, burocracias, etc… 2 dias após enviaram uma outra mala com o numero da minha etiqueta (talvez no check in alguem tenha etiquetado equivocadamente, nao sei), mas que nao tem nada a ver com a minha mala. Ao ligar para desfazer a troca, me afirmaram que como o numero da etiqueta é o mesmo, o caso estava encerrado e minha bagagem considerada entregue. O processo no sistema esta encerrado e nao sera feito mais nada pela companhia. Eu que busque meus direitos, me afirmou o funcionario Rafael, ontem pelo telefone 11 24452615, atendimento apenas a tarde!

    COmpletamente injusto e irracional. Só quero a minha mala correta e nao ser chamado de mentiroso!

  • SERGIO STANGLER

    meu mail se alguem estiver interessado em saber minha opiniao sobre o atendimento da companhia é stangler@terra.com.br!

    A companhia tem obrigação de localizar e entregar a bagagem do seus usuários e no mínimo tratá-los com respeito. Tudo isso me faltou na South Africa.

    Sergio Stangler

  • Denise

    Estranho esses comentários negativos. Viajei pela SAA em 2007, 2009, 2011 e fevereiro deste ano e nunca tive nenhum problema. Somente no vôo de 2007 não haviam telas individuais, nas demais vezes haviam ótimos filmes e a comida e o atendimento foram nota 10.

  • Renata Gerfi Gorla

    Bom dia pessoal! Alguém aí tem algo para me dizer da aeronave da South African Airways A332? Estou em dúvida quanto a fechar por esta cia aérea. Estou indo para India em Novembro. Agradeço qq comentário!

    • natasha

      Eu to indo para India semana que vem e todos esses comentarios me deixaram em duvida quanto a bagagem e a segurança da mesma também nao sei o que fazer pelo que vi tem mais elogios que reclamações mas as principais reclamaçoes sao bagagem extraviada tem como evitar?

  • Claudia

    Pessoal,

    Já voei quatro vezes pela SAA e só tenho elogios:comida boa, poltrona espaçosa e uma tripulação extremeanete amável.Nos dois voos que fiz, GRU-JNB tinha TV individual.Nunca tive problema de bagagem e em um dos voos minha mala viajou sem cadeado ou lacre.

  • Natalie Clarke Menez

    EVITE VIAJAR PARA ÁFRICA DO SUL OU AUSTRÁLIA COM A SOUTH AFRICAN AIRWAYS.

    Em Setembro 2012 a minha mala foi extraviada no meu retorno ao Brasil.

    O funcionário SAA em SP me disse que a mala so chegaria a mim em 3 dias… (Depois de mil ligações a SAA SP e 3 ligações a SAA Johannesburg) Mas precisava dela com urgência para a próxima viagem (na madrugada seguinte para o Chile), então tive que ir pessoalmente ao aeroporto buscar a mala.

    Ao pegar a minha mala, ela estava enrolada em plástico… Logo boba que não sou, tirei o plástico na hora e a mala se desentregou…

    A própria fuincionária da TAM (empresa que trouxe a minha mala) falou para eu fazer uma reclamação que isso não estava certo.

    Fiz a reclamação e o funcionário me disse que eu poderia comprar uma mala nova que o valor seria depositado na minha conta em 10 dias úteis. Tenho tudo documentado.

    Fiz a compra e cadê o dinheiro????

    Envio email para o funcionário e para a cia e não tenho resposta….

    É COM MUITA TRISTEZA QUE RELATO ISSO AFINAL, SOU PASSAGEIRA DA SOUTH AFRICAN DESDE 1985. E ESSE DESRESPEITO NÃO PODE EXISTIR!!!!

    #DICA DO DIA: South African Airways… NEVER MORE!!!

    Além de eu ter sido destratada pela aeromoça durante o meu retorno, quando ela estava destribuindo refrigerantes e eu perguntei se tinha Appletizer, ela me respondeu, não so tem esses e "eu não estou fazendo serviço agora". EU HEIM??? Ela é paga para fazer o que???

    Fiquei na minha até ver esse site e tive que falar isso. Sofri descriminação da funcionária!!!

  • Natalie Clarke Menez

    Eu viajo desde 1985….

    Nunca tinha tido problema até setembro….

    Minha mala chegou a mim dps de 3 dias destruida e após autorização da cia para nova compra (compro antes, envio a nota fiscal, espero 10 dias úteis e eles depositam)eles até hoje não depositaram o dinheiro e nem respondem mais aos meus emails….

  • Natalie Clarke Menez

    Quando a aeromoça estava entregando refrigerantes aos passageiros pedi um Appletizer e ela me respondeu que ela não estava fazendo serviço de bordo :S

    Eu que deveria estar fazendo então ne…

  • Giuliana Lorenzon

    viajei para cape town agora em dezembro, através da companhia TAM e SOUTH AFRICA AIRWAYS….fiz o trajeto vitoria-sao paulo(guarulhos)-joanesburgo-capetown

    sendo q quando xeguei em joanesburgo, descobri q minha mala havia sido deixada em sao paulo. Me trataram super mal, falavam em africano comigo e nao me deram nenhum apoio e satisfação. Entregaram minhas duas malas 3 dias depois, ambas VIOLADAS sem os cadeados, e com bastante coisa roubada.

    agora eis a questao….quem sera q furtou minhas malas? TAM OU SOUTH AFRICA???

    meu conselho é…LACREM SUAS MALAS! e comprem dakelas bem duras q nao sejam de ziper…

  • Pieter van der Meer

    Concordo.

    E outra coisa, existem muitas regras que são para o bem comum e segurança do voo.

    Alguem com 1,90 sentado em fileira normal, vai demorar mais pra sair, colocando a sua e a segurança dos outros em risco.

    Fechar as janelas, também é para o bem comum. Se um não fecha a janela, a claridade pode atrapalhar os demais passageiros. Quem nao quer dormir, tem luz individual.

    E por fim, prender o cobertor, também é correto. Não pela segurança do cobertor, mas pra segurança dos passageiros. Cobertor solto pode atrapalhar a saida das pessoas no caso de alguma emergencia.

    Ou seja… certas coisas são desagradáveis, mas necessárias para um ambiente com 200 pessoas ou mais, e onde os riscos não são pequenos, e todo o cuidado é pouco.

  • As refeiçoes são gratuitas na classe economica?